Ideias revolucionárias ilumismo

1.477 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.477
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ideias revolucionárias ilumismo

  1. 1. IdeiasRevolucionárias História 2012
  2. 2. 1.Ideias RevolucionáriasDiversos estudiosos deram forma a uma nova maneira de pensar e de conhecer o mundo, opondo-se à visão teocêntrica ( Teo = Deus, deus no centro)que havia caracterizado a época medieval. Aos poucos, a compreensão racional ou científica foi substituindo a abordagem teocêntrica como meio de chegar ao conhecimento da realidade, pela abordagem antropocêntrica. Essas importantes mudanças não ocorreram de uma hora para outra. Um polonês, Nicolau Copérnico conseguiu observar e anotar o deslocamento dos corpos celestes no espaço, comprovando que eles se moviam em torno do Sol.
  3. 3. Antes da teoria de Copérnico só havia uma teoria, conhecida como geocentrismo ( geo=terra).A teoria de Copérnico foi batizada de heliocentrismo (helio=sol,sol no centro).
  4. 4. Alguns PensadoresGalileu Galilei, aperfeiçoou o telescópio e inventou o termoscópio e o microscópio.Johannes Kepler, ele demonstrou que os planetas giram em torno do Sol em órbitas elípticas e não circulares. Melhorou a luneta de Galileu. Isaac Newton, formulou a lei da gravitação universal.
  5. 5. “ Penso, logo existo”A verdadeira revolução do conhecimento teve em René Descartes. Matemático, cientista e filósofo, publicou diversos estudos sobre luz, fenômenos atmosféricos, meteoros etc. e estudou a aplicação da álgebra à geometria.Ele se propôs a encontrar uma verdade, para isso, passou a duvidar de tudo e de todos. Menos de sua própria teoria. E a partir daí, deduziu sua própria existência: “Penso, logo existo”.Considerado o pai da filosofia moderna. Criou 4 regras fundamentais do seu método científico.
  6. 6.  Jamais aceitar como verdadeiro algo que não seja absolutamente evidente, claro e indubitável( fora de dúvida). Dividir as dificuldades em quantas partes for possível e necessário para resolvê-las. Conduzir com ordem os pensamentos : ir dos mais simples aos mais complicados. Depois, fazer um resumo da realidade obtida. Fazer enumerações e revisões completas em todas as partes, para nada se omitir.
  7. 7. 2. As propostas inovadoras de John lockeSegundo ele todo o homem tem direitos naturais, dos quais não pode ser privado ou separado. São eles: os direitos à vida, à liberdade, à propriedade privada, que deveriam de ser garantidos por uma Constituição e respeitados pelos governantes.Ele é o pai do liberalismo político. Ao combater o absolutismo monárquico, Locke propõe uma mudança no papel do Estado. Enquanto, no Estado absolutista, o monarca exerce o poder de modo ilimitado e m todos os setores do sociedade e a população deve servi-lo, no Estado liberal, o governante é considerado uma representação da vontade popular, devendo servir à nação e não ao contrario.
  8. 8. Europa XIII e XIV Europa XV e XVIPolítica Auge dos estados nacionais e Auge do absolutismo na fortalecimento do poder real. Inglaterra e na França.Economia Transição de uma economia Fortalecimento do comércio; feudal para uma economia expansão marítima baseada no capital. ocasionando o surgimento de novos mercados.Sociedad Sociedade nas bases do senhor Surgimento de uma novae feudal: Rei, clero, nobreza e classe social: Burguesia, servos enfraquecimento do poder da igreja católica.
  9. 9. 3.Revoluções inglesas do século XVIIEuropa XVI e XVII: Monarquia absolutista; igreja católica desfragmentada; reforma absolutista; Nova classe social: Burguesia.Trono Inglês: Rainha Elizabeth I “ a virgem ”. Jaime I - governou de forma despótica ( Impostos, taxas, leis). Carlos I
  10. 10. Revoluções industrialJaime I e Carlos ITaxação de impostos. Tentar impor o Anglicanismo.Diminuir o poder do Parlamento
  11. 11. Rei v.s Parlamento  Em 1640 teve início uma guerra civil.Forças em luta Exércitos do Parlamento Exércitos do reiDenominação Cabeças –redondas Cavaleiros (defendem o (defendem o liberalismo absolutismo político) político)Composição Maioria de presbiterianos e Maioria de anglicanosreligiosa puritanosComposição Pequena nobreza rural, Alta nobreza e membrossocial burgueses, camponeses e do clero. artesãos
  12. 12.  1649: Fim da guerra – Oliver Cromuwell. Aumento de práticas comerciais por terra e marítima. Acabar com uma época feudal – capitalismo(Fim da era FEUDAL.)Dinastia Stuart Carlos I decapitado Carlos IIJaime II(revolução gloriosa- Jaime II foi deposto Guilherme de Orange -que assinou a Declaração de direitos, documento pelo qual o Parlamento impunha limites á autoridade do rei. Novo tipo de governo; Monarquia constitucional parlamentarista.
  13. 13. Inglaterra Idade Média 1640 - 1660 “ Idade das Trevas ”Política Monarquia constitucional Reis absolutistas parlamentaristaEconomia Capitalismo Feudal, trocas, agrária...Sociedade Burguesia Clero, nobreza e servos
  14. 14. 4.O Século das luzes Com base na teoria de Descarte (“Penso, logo existo”),que considera a razão como fonte de todo o conhecimento e luz que dissolve as “ trevas ” da ignorância, o movimento ficou conhecido como iluminismo, e o século XVIII como o século das luzes. Para os iluministas, somente com a razão o homem poderia alcançar o conhecimento, a convivência harmoniosa em sociedade, a liberdade individual e a felicidade. Deviam guiar a reorganização da sociedade para superar o antigo regime e , por extensão, todos os obstáculos ao pleno desenvolvimento da classe burguesa e do sistema capitalista, tais como o absolutismo, o mercantilismo, o misticismo e a sociedade de ordens e privilégios. Assim, os ideais iluministas respondiam às necessidades dos burgueses.
  15. 15. Os principais teóricos do iluminismoOs pensadores iluministas procuravam combater: a permanência de traços feudais, com a servidão no campo; o regime absolutista e a política mercantilista; a limitação ao direito à propriedade; a influência da igreja católica e seu predomínio do campo da educação e da cultura; a desigualdade de direitos e deveres entre os indivíduos.
  16. 16. Os principais pensadores iluministasPrincipais pensadores iluministas: Barão de Montesquieu – estuou as várias formas de governo: despotismo, monarquia, república e monarquia parlamentar. Defendeu a separação das funções do governo em 3 podres independentes: executivo, legislativo e judiciário.  Voltaire – defensor das liberdades individuais, criticou o absolutismo de direito divino e pregava a participação da burguesia esclarecida no governo.  Jean – Jacques Rousseau – defendeu as camadas poulares a construção de uma sociedade baseada na justiça, na igualdade e na soberania do povo.
  17. 17. Durante o século XVIII, surgiram pensadores voltados para oestudo da economia, que combatiam as práticasmercantilistas e a intervenção do Estado absolutista naeconomia. O mais importante deles foi o escocês Adam Smith, que defendeu o liberalismo econômico, um sistema baseado na livre concorrência.

×