Uma Cadeia de Valor Chamada Experiência

3.893 visualizações

Publicada em

Florianópolis, 25 de junho de 2009.

Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte de Santa Catarina.

A palestra aborda a importância de políticas associativistas para o desenvolvimento de um turismo de qualidade em Santa Catarina ao traçar um paralelo com a experiência ocorrida na indústria de transformação.

Palestrantes:
Osvaldo Coni Jr. (Monbaza Marketing Corporativo)
Luis Alt (El Born Service Design)

Publicada em: Design, Tecnologia, Negócios
0 comentários
22 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.893
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
294
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
22
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Osvaldo/Betinho
    As pessoas consomem experiências e não produtos.
  • Betinho
    - Experiência é o produto do turismo!
    - Mas o que é uma experiência?
    >>> Experiência, usada no presente, se refere à natureza subjetiva da existência atual de alguém. Experiência, usada no passado, se refere ao produto acumulado de experiências passadas.
  • Betinho
    Cadeia de Valor nos Serviços: Starbucks
    - desenvolvimento de fornecedores
    - “negócio da starbucks”: terceiro lugar e criação de experiência
    * - estar preparado para: “starbucks em baixa”, “entrada no mercado de instantâneos”, novos concorrentes (mcCafé, nespresso, etc.).
  • Betinho
    Cadeia de Valor nos Serviços: Starbucks
    - desenvolvimento de fornecedores
    - “negócio da starbucks”: terceiro lugar e criação de experiência
    * - estar preparado para: “starbucks em baixa”, “entrada no mercado de instantâneos”, novos concorrentes (mcCafé, nespresso, etc.).
  • Betinho
    Cadeia de Valor nos Serviços: Starbucks
    - desenvolvimento de fornecedores
    - “negócio da starbucks”: terceiro lugar e criação de experiência
    * - estar preparado para: “starbucks em baixa”, “entrada no mercado de instantâneos”, novos concorrentes (mcCafé, nespresso, etc.).
  • Betinho
    Cadeia de Valor nos Serviços: Starbucks
    - desenvolvimento de fornecedores
    - “negócio da starbucks”: terceiro lugar e criação de experiência
    * - estar preparado para: “starbucks em baixa”, “entrada no mercado de instantâneos”, novos concorrentes (mcCafé, nespresso, etc.).
  • Betinho
    Cadeia de Valor nos Serviços: Starbucks
    - desenvolvimento de fornecedores
    - “negócio da starbucks”: terceiro lugar e criação de experiência
    * - estar preparado para: “starbucks em baixa”, “entrada no mercado de instantâneos”, novos concorrentes (mcCafé, nespresso, etc.).
  • Betinho
    Cadeia de Valor nos Serviços: Starbucks
    - desenvolvimento de fornecedores
    - “negócio da starbucks”: terceiro lugar e criação de experiência
    * - estar preparado para: “starbucks em baixa”, “entrada no mercado de instantâneos”, novos concorrentes (mcCafé, nespresso, etc.).
  • Betinho
    Cadeia de Valor nos Serviços: Starbucks
    - desenvolvimento de fornecedores
    - “negócio da starbucks”: terceiro lugar e criação de experiência
    * - estar preparado para: “starbucks em baixa”, “entrada no mercado de instantâneos”, novos concorrentes (mcCafé, nespresso, etc.).
  • Betinho
    Cadeia de Valor nos Serviços: Starbucks
    - desenvolvimento de fornecedores
    - “negócio da starbucks”: terceiro lugar e criação de experiência
    * - estar preparado para: “starbucks em baixa”, “entrada no mercado de instantâneos”, novos concorrentes (mcCafé, nespresso, etc.).
  • Betinho
    Cadeia de Valor nos Serviços: Starbucks
    - desenvolvimento de fornecedores
    - “negócio da starbucks”: terceiro lugar e criação de experiência
    * - estar preparado para: “starbucks em baixa”, “entrada no mercado de instantâneos”, novos concorrentes (mcCafé, nespresso, etc.).
  • Uma Cadeia de Valor Chamada Experiência

    1. 1. UMA CADEIA DE VALOR CHAMADA EXPERIÊNCIA Osvaldo Coni Jr. Luis Alt
    2. 2. QUANTO CUSTA?
    3. 3. Depende...
    4. 4. Depende...
    5. 5. Nós não consumimos apenas produtos.
    6. 6. Nós consumimos produtos e significados e experiências!
    7. 7. Experiência se refere à natureza de evento que alguém ou algo p s assa, é o que nos acontece o tempo int eiro enquanto existim os.
    8. 8. “QUEREMOS PROVIDENCIAR TODOS OS CONFORTOS DE SUA CASA E ESCRITÓRIO. VOCÊ PODE SENTAR-SE EM UMA BOA POLTRONA, FALAR NO TELEFONE, OLHAR PELA JANELA E NAVEGAR NA INTERNET... AH! E TOMAR CAFÉ TAMBÉM!” Kelly (Gerente de Loja)
    9. 9. UMA VIAGEM A SANTA CATARINA UM ROTEIRO MUITO COMUM ...
    10. 10. UMA VIAGEM COMEÇA MUITO ANTES DA PARTIDA ...
    11. 11. VÁRIOS FATORES SÃO CONSIDERADOS PARA A ESCOLHA DO MEIO DE TRANSPORTE ... AS MALAS São UM DETALHE DE GRANDE IMPORTÂNCIA ...
    12. 12. ACOMODAÇÃO LOCOMOÇÃO ALIMENTAÇÃO
    13. 13. TRABALHO DIVERSÃO
    14. 14. A VOLTA PRA CASA ... ... GERALMENTE NÃO É ONDE ACABA A EXPERIÊNCIA!
    15. 15. CADEIA DE VALOR Uma cadeia de valor representa o conjunto de atividades desempenhadas por uma organização desde as relações com os fornecedores e ciclos de produção e de venda até à fase da distribuição final.
    16. 16. CADEIA DE VALOR
    17. 17. CADEIA DE VALOR
    18. 18. CLUSTERS
    19. 19. CLUSTERS Um cluster, no mundo da indústria, é uma concentração de atividades/empresas relacionadas entre si, numa zona geográfica relativamente definida, que conformam um polo produtivo especializado com vantagens competitivas.
    20. 20. CLUSTERS
    21. 21. CLUSTERS • Silicon Valley/CA (Ind. Tecnologia)
    22. 22. CLUSTERS • Silicon Valley/CA (Ind. Tecnologia) • ABC Paulista (Ind. Automobilística)
    23. 23. CLUSTERS • Silicon Valley/CA (Ind. Tecnologia) • ABC Paulista (Ind. Automobilística) • Franca/SP ou Novo Hamburgo/RS (Ind. Calçadista)
    24. 24. CLUSTERS • Silicon Valley/CA (Ind. Tecnologia) • ABC Paulista (Ind. Automobilística) • Franca/SP ou Novo Hamburgo/RS (Ind. Calçadista) • Joinville/SC (Ind. Metal Mecânica)
    25. 25. CLUSTERS • Silicon Valley/CA (Ind. Tecnologia) • ABC Paulista (Ind. Automobilística) • Franca/SP ou Novo Hamburgo/RS (Ind. Calçadista) • Joinville/SC (Ind. Metal Mecânica) • São Bento/SC (Ind. Moveleira)
    26. 26. CLUSTERS • Silicon Valley/CA (Ind. Tecnologia) • ABC Paulista (Ind. Automobilística) • Franca/SP ou Novo Hamburgo/RS (Ind. Calçadista) • Joinville/SC (Ind. Metal Mecânica) • São Bento/SC (Ind. Moveleira) • Blumenau/SC (Ind. Têxtil)
    27. 27. CLUSTERS • Silicon Valley/CA (Ind. Tecnologia) • ABC Paulista (Ind. Automobilística) • Franca/SP ou Novo Hamburgo/RS (Ind. Calçadista) • Joinville/SC (Ind. Metal Mecânica) • São Bento/SC (Ind. Moveleira) • Blumenau/SC (Ind. Têxtil) • Orlando/FL (Ind. do Turismo)
    28. 28. CLUSTERS
    29. 29. CLUSTERS • Interdependência
    30. 30. CLUSTERS • Interdependência • Associativismo
    31. 31. CLUSTERS • Interdependência • Associativismo • Desenvolvimento em Conjunto
    32. 32. CLUSTERS • Interdependência • Associativismo • Desenvolvimento em Conjunto • Atividades/Empresas Satélites
    33. 33. CLUSTERS • Interdependência • Associativismo • Desenvolvimento em Conjunto • Atividades/Empresas Satélites • “Coopetição” Competição e Cooperação
    34. 34. MARCA
    35. 35. MARCA Relembrando, o que é Marca?
    36. 36. MARCA Relembrando, o que é Marca? • Atestado de Procedência
    37. 37. MARCA Relembrando, o que é Marca? • Atestado de Procedência • Certificado de Origem
    38. 38. MARCA Relembrando, o que é Marca? • Atestado de Procedência • Certificado de Origem • Um resumo de Significados
    39. 39. A CADEIA DE VALOR E A MARCA
    40. 40. A CADEIA DE VALOR E A MARCA Os problemas em qualquer ponto da cadeia têm impactos sobre a Marca
    41. 41. A CADEIA DE VALOR E A MARCA Os problemas em qualquer ponto da cadeia têm impactos sobre a Marca Todos os elos da cadeia são sócios da Marca Guarda-Chuva
    42. 42. A CADEIA DE VALOR E A MARCA Os problemas em qualquer ponto da cadeia têm impactos sobre a Marca Todos os elos da cadeia são sócios da Marca Guarda-Chuva INTERDEPENDÊNCIA
    43. 43. UM EXEMPLO DE ABORDAGEM
    44. 44. UM EXEMPLO DE ABORDAGEM PRODUTO
    45. 45. UM EXEMPLO DE ABORDAGEM PRODUTO + MARCA
    46. 46. UM EXEMPLO DE ABORDAGEM ( PRODUTO + MARCA )x ACESSO
    47. 47. UM EXEMPLO DE ABORDAGEM COMUNICAÇÃO [( PRODUTO + MARCA )x ACESSO ]
    48. 48. UM EXEMPLO DE ABORDAGEM COMUNICAÇÃO [( PRODUTO + OFERTA MARCA )x ACESSO ]
    49. 49. PRODUTO + MARCA OFERTA
    50. 50. MARCA SANTA CATARINA PRODUTO + MARCA OFERTA
    51. 51. MARCA SANTA CATARINA PRODUTO + MARCA OFERTA = EXPERIÊNCIA
    52. 52. MARCA SANTA CATARINA PRODUTO + MARCA DESIGN OFERTA DE SERVIÇOS = EXPERIÊNCIA
    53. 53. facilidade.satisfação.lealdade.eficiência
    54. 54. facilidade.satisfação.lealdade.eficiência ambientes.comunicações.produtos
    55. 55. Pessoas!
    56. 56. 5 conceitos fundamentais.
    57. 57. $
    58. 58. $
    59. 59. $
    60. 60. $
    61. 61. $
    62. 62. $
    63. 63. $
    64. 64. Quanto melhor a experiência de usuário, maior o retorno. Cadeia de Valor . Clusters . Coopetição . Marca SC . Experiência
    65. 65. UMA CADEIA DE VALOR CHAMADA EXPERIÊNCIA
    66. 66. UMA CADEIA DE VALOR CHAMADA EXPERIÊNCIA Catarina em Santa OBRIGADO Osvaldo Coni Jr. Luis Alt osvaldo.coni@monbaza.com.br luis@elborn.com.br

    ×