A verdadeira felicidade encontra-se
nas coisas simples e banais.
Mas para estar consciente das coisas
pequenas e tranquilas, é preciso estarmos
É preciso um nível elevado de atenção.
[Fic...
[Fica] consciente dos vários sons subtis da
Natureza -
o som das folhas a esvoaçar ao vento,
o som das gotas de chuva a cair,
o zumbido de um insecto,
o cantar de um pássaro ao amanhecer.
[Entregua-te] por completo
ao ato de escutar.
Para lá dos sons
há algo maior: algo sagrado
que não pode ser compreendido
p...
[Olha] para uma árvore, uma flor, uma planta.
[Deixa] a [tua] consciência repousar sobre elas.
[Vê] como estão tranquilas,...
Todas as coisas naturais, todas as flores e árvores,
todos têm uma lição importante
para nos ensinar; basta-nos
parar, esc...
Observar atentamente um animal é o que basta
para nos libertar da nossa mente e transportar
até ao momento presente, que é...
É maravilhoso ver um animal,
porque o animal não tem qualquer opinião
acerca de si próprio.
Ele simplesmente é.
É por isso que o cão é tão alegre
e é por isso que o gato ronrona.
Quando se faz festas a um
cão ou se ouve um
gato a ronronar, o
pensamento pára por um
momento e abre-se um
espaço de tranq...
Ainda não foi dado aos animais de estimação o
reconhecimento que merecem pelo papel que
desempenham neste mundo.
Eles mant...
Eles são os Guardiões do Ser.
Quase todos nós vivemos num mundo de
abstrações mentais, conceptualizações e
imagens - um mundo de pensamentos.
Estamos im...
Tal como o cão adora roer um belo osso,
a mente humana adora os seus problemas.
Perdemo-nos a fazer, a pensar, a recordar, a
antecipar. A Natureza pode mostrar-nos como
regressar, como escapar à prisão ...
[Fecha] os olhos e [diz] para si próprio:
“Qual será o meu próximo pensamento?”
Depois, [fica] alerta, como um gato a vigi...
Já vivi com
muitos
Mestres Zen,
todos eles
gatos.
Milhões de pessoas, que de outra forma
estariam perdidas nos seus pensamentos e
preocupadas com o passado e o futuro, são
...
Já nos esquecemos daquilo que as pedras, as
plantas e os animais ainda sabem. Esquecemo-
nos de Ser – de estar tranquilos,...
As pessoas dizem “amo-me” ou “odeio-me”.
O cão diz “au, au”, o que traduzido quer dizer
Eu sou quem sou.
A isso é o que eu...
O cão não tem autoconsciência,
Não tem uma imagem nem boa nem má de si
mesmo, por isso não precisa de desempenhar
papéis.
...
«A chave da transformação é
fazer amizade com o momento presente.
Seja qual for o momento
[Aceita-o]. [Deixa-o] ser. [Fica...
[Deixa] que o [teu] cão
[te] leve a passear todos os dias.
Faz bem ao corpo
e faz bem à alma.
Os cães oferecem uma oportunidade valiosa,
até às pessoas que estão encurraladas nos
seus egos, de amar e ser amado
incond...
Como os cães e os gatos ainda vivem no
estado natural de ligação ao Ser, podem
ajudar-nos a recuperar esse estado.
Contudo...
Não descemos abaixo do nível do
pensamento subimos acima dele.
Quando não enchemos o mundo de
palavras e rótulos, regressa à [nossa] vida
uma sensação de milagre que se perdeu há
muito ...
O que é que tantas pessoas acham
encantador nos animais?
A sua essência – o seu Ser – não está
encoberta pela mente, como ...
O amor é uma empatia profunda com “o
ser” do outro.
Reconhece-se a si mesmo, à sua essência,
no outro.
E deixa de poder ca...
[Tu] não estás separado do todo.
[Tu] fazes parte do Sol, da Terra, do Ar.
[Tu] não tens uma vida.
[Tu] és a vida.
Reflexões/Exploração
o O QUE MAIS GOSTASTE NA OBRA?
o PROQUÊ QUE A TRANQUILIDADE E A
MENTE PARADA É TÃO IMPORTANTE?
o OS ANIMAIS TÊM UM PAPEL
P...
Recorda/reflete
“A verdadeira ________
encontra-se nas coisas simples e
…banais.”
“Olhe para uma árvore, uma flor, uma
planta. Deixe a sua consciência
repousar sobre elas. (…)Deixe que a
_________ lhe ens...
«A chave da transformação é
________________
Seja qual for o momento
Aceite-o. Deixe-o ser. Esteja com ele.»
Ah, isto foi ...
«Quando não enchemos o mundo
de ____________
regressa à [nossa] vida uma
sensação de milagre que se perdeu
há muito tempo ...
Atividade prática de pós-leitura
Compota da tranquilidade
Compota da tranquilidade:
É uma compota constituída por todas as
recordações de momentos que insp...
Compota da tranquilidade
Ingredientes:
1 frasco/boião;
3 etiquetas – uma para a tampa, duas para a parte de trás do
frasco...
Compota da tranquilidade
Cada interveniente escreve em vários papeis tudo o que acha que
inspire tranquilidade, situações ...
Compota da tranquilidade
Cada interveniente conta aos outros tudo o que colocou no
boião/frasco como sendo a sua “compota ...
Proposta de atividade em
casa
(Realização em casa com a ajuda dos
Encarregados de Educação e com
avaliação posterior pelo ...
Construir um teatro de
marionetes/sombra, em grupos
pequenos ou individual, com ajuda dos
pais, que ilustre a parte(s) que...
Bibliografia
TOLLE, Echart – Os guardiões do ser.
Lisboa: Bertrand Editora, 2009.
CONANGLA, Maria Mercê; SOLER, Jaume
– As...
Créditos
Equipa da BE/CRE da EBS Rodrigues de Freitas constituída por
Maria Helena Almeida, Maria José Alves Pereira de So...
Guardiões do Ser de Eckhart Tolle
Guardiões do Ser de Eckhart Tolle
Guardiões do Ser de Eckhart Tolle
Guardiões do Ser de Eckhart Tolle
Guardiões do Ser de Eckhart Tolle
Guardiões do Ser de Eckhart Tolle
Guardiões do Ser de Eckhart Tolle
Guardiões do Ser de Eckhart Tolle
Guardiões do Ser de Eckhart Tolle
Guardiões do Ser de Eckhart Tolle
Guardiões do Ser de Eckhart Tolle
Guardiões do Ser de Eckhart Tolle
Guardiões do Ser de Eckhart Tolle
Guardiões do Ser de Eckhart Tolle
Guardiões do Ser de Eckhart Tolle
Guardiões do Ser de Eckhart Tolle
Guardiões do Ser de Eckhart Tolle
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Guardiões do Ser de Eckhart Tolle

2.713 visualizações

Publicada em

PowerPoint de um excerto da obra

Publicada em: Educação
0 comentários
10 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.713
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
16
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
109
Comentários
0
Gostaram
10
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Guardiões do Ser de Eckhart Tolle

  1. 1. A verdadeira felicidade encontra-se nas coisas simples e banais.
  2. 2. Mas para estar consciente das coisas pequenas e tranquilas, é preciso estarmos É preciso um nível elevado de atenção. [Fica] tranquilo. [Observa]. [Escuta]. [Mantem-te] presente. tranquilosnonossointerior.
  3. 3. [Fica] consciente dos vários sons subtis da Natureza -
  4. 4. o som das folhas a esvoaçar ao vento,
  5. 5. o som das gotas de chuva a cair,
  6. 6. o zumbido de um insecto,
  7. 7. o cantar de um pássaro ao amanhecer.
  8. 8. [Entregua-te] por completo ao ato de escutar. Para lá dos sons há algo maior: algo sagrado que não pode ser compreendido pelo pensamento.
  9. 9. [Olha] para uma árvore, uma flor, uma planta. [Deixa] a [tua] consciência repousar sobre elas. [Vê] como estão tranquilas, como estão profundamente imersas no Ser. Deixa] que a Natureza [te] ensine a tranquilidade
  10. 10. Todas as coisas naturais, todas as flores e árvores, todos têm uma lição importante para nos ensinar; basta-nos parar, escutar e olhar.
  11. 11. Observar atentamente um animal é o que basta para nos libertar da nossa mente e transportar até ao momento presente, que é onde o animal vive sempre – rendido à vida.
  12. 12. É maravilhoso ver um animal, porque o animal não tem qualquer opinião acerca de si próprio. Ele simplesmente é.
  13. 13. É por isso que o cão é tão alegre
  14. 14. e é por isso que o gato ronrona.
  15. 15. Quando se faz festas a um cão ou se ouve um gato a ronronar, o pensamento pára por um momento e abre-se um espaço de tranquilidade dentro de si, uma porta para o Ser.
  16. 16. Ainda não foi dado aos animais de estimação o reconhecimento que merecem pelo papel que desempenham neste mundo. Eles mantêm a sanidade de milhões de pessoas.
  17. 17. Eles são os Guardiões do Ser.
  18. 18. Quase todos nós vivemos num mundo de abstrações mentais, conceptualizações e imagens - um mundo de pensamentos. Estamos imersos num barulho mental constante. Parece que não conseguimos parar de pensar.
  19. 19. Tal como o cão adora roer um belo osso, a mente humana adora os seus problemas.
  20. 20. Perdemo-nos a fazer, a pensar, a recordar, a antecipar. A Natureza pode mostrar-nos como regressar, como escapar à prisão das nossas mentes.
  21. 21. [Fecha] os olhos e [diz] para si próprio: “Qual será o meu próximo pensamento?” Depois, [fica] alerta, como um gato a vigiar o ninho de um rato. [Verás] que, se [estiveres] completamente alerta, o próximo pensamento não surgirá…
  22. 22. Já vivi com muitos Mestres Zen, todos eles gatos.
  23. 23. Milhões de pessoas, que de outra forma estariam perdidas nos seus pensamentos e preocupadas com o passado e o futuro, são frequentemente trazidas de volta ao momento presente pelo seu gato ou pelo seu cão, que lhes recordam a alegria do ser.
  24. 24. Já nos esquecemos daquilo que as pedras, as plantas e os animais ainda sabem. Esquecemo- nos de Ser – de estar tranquilos, de ser quem somos, de estar onde a vida está: Aqui e agora.
  25. 25. As pessoas dizem “amo-me” ou “odeio-me”. O cão diz “au, au”, o que traduzido quer dizer Eu sou quem sou. A isso é o que eu chamo integridade – ser uno consigo mesmo.
  26. 26. O cão não tem autoconsciência, Não tem uma imagem nem boa nem má de si mesmo, por isso não precisa de desempenhar papéis. Ele não se odeia nem se ama a si próprio. Ele não tem um EU! Viver livre do peso do Eu - que grande ensinamento espiritual.
  27. 27. «A chave da transformação é fazer amizade com o momento presente. Seja qual for o momento [Aceita-o]. [Deixa-o] ser. [Fica] com ele.» Ah, isto foi o cão que disse. Eu só traduzi para palavras.
  28. 28. [Deixa] que o [teu] cão [te] leve a passear todos os dias. Faz bem ao corpo e faz bem à alma.
  29. 29. Os cães oferecem uma oportunidade valiosa, até às pessoas que estão encurraladas nos seus egos, de amar e ser amado incondicionalmente.
  30. 30. Como os cães e os gatos ainda vivem no estado natural de ligação ao Ser, podem ajudar-nos a recuperar esse estado. Contudo, quando o fazemos esse estado original aprofunda-se e transforma-se em consciência.
  31. 31. Não descemos abaixo do nível do pensamento subimos acima dele.
  32. 32. Quando não enchemos o mundo de palavras e rótulos, regressa à [nossa] vida uma sensação de milagre que se perdeu há muito tempo quando, em vez de usar o pensamento, a humanidade se deixou possuir pelo pensamento. A profundidade regressa à [nossa] vida. As coisas recuperam a sua novidade, a sua frescura.
  33. 33. O que é que tantas pessoas acham encantador nos animais? A sua essência – o seu Ser – não está encoberta pela mente, como acontece com muitos seres humanos. E sempre que sentimos essa essência nos outros, sentimo-la em nos próprios.
  34. 34. O amor é uma empatia profunda com “o ser” do outro. Reconhece-se a si mesmo, à sua essência, no outro. E deixa de poder causar sofrimento ao outro.
  35. 35. [Tu] não estás separado do todo. [Tu] fazes parte do Sol, da Terra, do Ar. [Tu] não tens uma vida. [Tu] és a vida.
  36. 36. Reflexões/Exploração
  37. 37. o O QUE MAIS GOSTASTE NA OBRA? o PROQUÊ QUE A TRANQUILIDADE E A MENTE PARADA É TÃO IMPORTANTE? o OS ANIMAIS TÊM UM PAPEL PREPONDERANTE NO LIVRO? E A NATUREZA? PORQUE SERÁ? o QUAIS OS SENTIDOS/FACULDADES QUE SE DESTACAM NA OBRA? o O QUE NOS TORNA FELIZES? o PORQUÊ VIVER NO PRESENTE? o EXPLICA O TÍTULO DA OBRA
  38. 38. Recorda/reflete
  39. 39. “A verdadeira ________ encontra-se nas coisas simples e …banais.”
  40. 40. “Olhe para uma árvore, uma flor, uma planta. Deixe a sua consciência repousar sobre elas. (…)Deixe que a _________ lhe ensine a tranquilidade.”
  41. 41. «A chave da transformação é ________________ Seja qual for o momento Aceite-o. Deixe-o ser. Esteja com ele.» Ah, isto foi o cão que disse. Eu só traduzi para palavras.
  42. 42. «Quando não enchemos o mundo de ____________ regressa à [nossa] vida uma sensação de milagre que se perdeu há muito tempo quando, em vez de usar o pensamento, a humanidade se deixou possuir pelo pensamento.»
  43. 43. Atividade prática de pós-leitura
  44. 44. Compota da tranquilidade Compota da tranquilidade: É uma compota constituída por todas as recordações de momentos que inspirem tranquilidade, situações tranquilas, imagens tranquilas, sons tranquilos, cheiros que inspirem tranquilidade e sensações de paz e serenidade.
  45. 45. Compota da tranquilidade Ingredientes: 1 frasco/boião; 3 etiquetas – uma para a tampa, duas para a parte de trás do frasco; Papeis pequeninos e caneta; Elementos de decoração do frasco.
  46. 46. Compota da tranquilidade Cada interveniente escreve em vários papeis tudo o que acha que inspire tranquilidade, situações tranquilas, imagens tranquilas, sons tranquilos, cheiros que inspirem tranquilidade e sensações de paz e serenidade. Adicionar outro rótulo na parte de trás do frasco onde devem especificar os ingredientes e as condições de utilização. Na etiqueta da tampa escrever “Compota da tranquilidade” e na etiqueta da parte de trás do frasco colocar “Sem prazo de validade”, o nome e a data. Receita:
  47. 47. Compota da tranquilidade Cada interveniente conta aos outros tudo o que colocou no boião/frasco como sendo a sua “compota da tranquilidade”. Degustação:
  48. 48. Proposta de atividade em casa (Realização em casa com a ajuda dos Encarregados de Educação e com avaliação posterior pelo professor da disciplina de EVT/EV/Tecnologia)
  49. 49. Construir um teatro de marionetes/sombra, em grupos pequenos ou individual, com ajuda dos pais, que ilustre a parte(s) que consideras mais significativa(s).
  50. 50. Bibliografia TOLLE, Echart – Os guardiões do ser. Lisboa: Bertrand Editora, 2009. CONANGLA, Maria Mercê; SOLER, Jaume – As energias e relações para crescer: Uma abordagem criativa para gerir as emoções. Lisboa: Edicare, 2013. ISBN: 789 896 792 343
  51. 51. Créditos Equipa da BE/CRE da EBS Rodrigues de Freitas constituída por Maria Helena Almeida, Maria José Alves Pereira de Sousa, Maria de Fátima Espanha, Daniela Borges de Almeida.

×