Análise SWOT BIblioteca Jaime Cortesão

5.193 visualizações

Publicada em

Publicada em: Turismo, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.193
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
28
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
81
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Análise SWOT BIblioteca Jaime Cortesão

  1. 1. Tabela matriz a utilizar para a realização da 1ª parte da tarefa, conforme indicações do Guia da Sessão Conhecimento na área Biblioteca escolar Aspectos críticos que a Literatura Desafios. Acções Domínio Pontos fortes Fraquezas Oportunidades Ameaças identifica a implementar Professor bibliotecário deve/tem Actualização de competências de Afastada da realidade conhecimentos. investigação e de da Biblioteca durante Falta de valorização e Utilização de redes construção de 3 anos. apoio ao papel do sociais virtuais (Web conhecimentos Fraca valorização/ professor Formação em 2.0) auxiliando os alunos desconhecimento da bibliotecário. avaliação de Partilha de na exploração e Competências TICs e BE por alguns órgãos Possível falta de Competências do professor Biblioteca; experiências. análise de ideias, Biblioteconómicas. da Escola. cooperação/articulaçã bibliotecário Horário dedicado do Reflexão sobre a informações e pontos Pela diversidade de o entre professores e professor actividade. de vista e construindo tarefas, trabalho no professores bibliotecário; Implementar a o seu próprio PTE, número de bibliotecários do articulação entre conhecimento. reuniões e formações mesmo ciclos e entre níveis Professor o tempo falta para Agrupamento. de ensino iguais. bibliotecário deveria uma acção reflectida. ser especialista em literacia da informação. É crucial o número e Formação aos Em construção do Ter um novo espaço Falta de Formação do as qualificações dos professores/utentes catálogo on-line. de CRE mais equipamentos para o catálogo Organização e Gestão da BE funcionários que nos recursos da BE, Em separação de adequado à realidade novo CRE; Informatizado. colaboram com a BE. pesquisa, elaboração fundos reservado, de ensino da escola. Atrasos na entrega de Formação de Gestão da BE para de trabalhos, selecção passivo e activo. Promover maior mobiliário e colaboradores/equipa.
  2. 2. Conhecimento na área Biblioteca escolar um ambiente de de fontes,… Falta de formação adesão da equipa da equipamentos; Formação de aprendizagem do Arranque de biblioteconómica nos BE às tarefas Áreas e espaços de utilizadores. aluno. catalogação e elementos da equipa prioritárias do trabalho mal Efectuar avaliação Estabelecimento de tratamento técnico. da BE. momento. distribuídos. das acções /opções metas de PAA articulado. Funcionário Equipa da BE integra Falta de elementos da .implementadas aprendizagem Espaços de trabalho requisitado para elementos de grupos equipa da BE com (melhorar os diferenciados e com outras actividades na diferentes – conhecimentos de objectivos TICs. escola. pluridisciplinaridade. tratamento técnico. curriculares) Equipa da BE integra Falta avaliação Resistência à Efectuar avaliação. elementos de grupos estruturada para mudança e ao diferentes. permitir uma reflexão trabalho colaborativo. Apoio da RBEP. objectiva e Possibilidade de direccionada. inoperação durante o período de montagem. Recepção de ofertas Plano de Objectivos/fins da do PNL; desenvolvimento da colecção são os Ofertas vindas de Reduzido número de colecção. objectivos de outras instituições. obras adequadas ao 2º Fomentar a aprendizagem dos Participação de um Livro antigo (séc. e 3º Ciclos. participação dos alunos. catálogo comum e do XVI a XIX) As classes 3, 5 e 6 diferentes grupos no Gestão da Colecção Os alunos e as suas empréstimo inter – Áreas da literatura, da CDU Falta de verbas. PDC. necessidades são bibliotecas – RBEP obras de referência e desactualizadas e Realizar candidaturas centrais no ambiente Parceria com o S. arte. com poucos recursos. a projectos de de aprendizagem da Manuel para Falta de avaliação financiamento. BE. obtenção de obras em estrutura. Formalização da Braille. parceria com o . Instituto S. Manuel. A BE como espaço de Apoio a grupos Apetência para novos Falta de colaboração Articulação com Actividades de Resistência à conhecimento e aprendizagem. especiais. modos de trabalho e articulação de diferentes animação em mudança e ao Trabalho colaborativo e Apoio ao nomeadamente alguns departamentos e articulação com trabalho colaborativo. articulado com Departamentos planeamento e usando as TICs. grupos/elementos. diferentes ciclos. diferentes
  3. 3. Conhecimento na área Biblioteca escolar e docentes. trabalho do professor. Boa articulação e Falta de Actividades extra- departamentos e Partilha de colaboração com financiamento curriculares em diferentes ciclos. experiências com alguns grupos, como externo/patrocínios. coordenação com os Actividades extra- especialistas externos por exemplo, 300, o programas para curriculares em à escola. 400, entre outros. aprofundar os coordenação com os Recurso a outros Professor conhecimentos na programas para profissionais (pais, bibliotecário integra o Comunidade Escolar, aprofundar os tutores, voluntários, Conselho sensibilizar para a conhecimentos na …). Pedagógico. diferença e apoiar os Comunidade Escolar, Apoiar e diagnosticar currículos. sensibilizar para a os problemas de diferença e apoiar os aprendizagem. currículos. Outsourcing sobre Estabelecer parcerias pedagogia e com a comunidade aprendizagem. exterior. Ensino instrutucional. Convidar os pais a Avaliação para ajuste participar nas de práticas. actividades da BE. Reflexão sobre os Gerir as resultados. aprendizagens para o Melhorar a qualidade conhecimento de liderança. sustentado, interiorizado. BE para as novas Colaboração do Desenvolvimento das Promover/divulgar a experiências na Grupo 300 em actividades Falta de participação formação na área da aprendizagem. actividades variadas planificadas ao longo dos EEs nestas leitura e da literacia. Formação para a leitura e para BE para motivação. de promoção da do ano. Reduzida formação actividades. Cativar mais as literacias BE com avaliação leitura e de aumento Cativar mais nesta área da equipa Reduzida elementos para as para melhoria da dos níveis de elementos para da BE. participação de outros actividades já criadas. informação que é literacia, como por integrarem as grupos nestas Recolher sugestões emanada da sala de exemplo, actividades previstas. actividades. para novas aula. Concursos de leitura, Convidar os EE de actividades. BE conhece os hora do conto, escrita educação a
  4. 4. Conhecimento na área Biblioteca escolar curricula. criativa, livros à colaborarem com a BE estabelece solta, Ler + jornais, BE nas actividades de programas de leitura ler + revistas, promoção da leitura. activa. participação em Solicitar a BE participa em concursos. Contratos participação de outros formação sobre de leitura. grupos disciplinares leitura e literacia. Fomentar a leitura nestas actividades. autónoma e recreativa Recolher novas na BE. propostas de animação. Blog das Bibliotecas Falta de recursos do Agrupamento. Colaboração com Documentar o melhor Novas oportunidades informáticos mais Rede de 5 PCs de alguns elementos do Falta de formação possível a rede e o de aprendizagem para actualizados para a pesquisa e realização grupo 550. Utilizar nesta área. sistema informático melhorar o rede de pesquisa e de trabalhos, um PC ferramentas Web 2.0 Falta de no sentido de desempenho. realização de de consulta catálogo para disponibilização apoio/colaboração do autonomizar o BE e os novos ambientes Liderança com trabalhos. e 4 PCs de de conteúdos, gestor de redes da funcionamento dos digitais. avaliação e auto- Falta de mais PCs catalogação. formação, realização Escola. recursos informáticos correcção. para catalogação. A equipa da BE de trabalhos, Falha de da BE. Promover a formação Falta de outros integra dois divulgação de equipamentos de Formação na área de da equipa da BE em recursos elementos do grupo actividades da BE. rede. gestão de redes. TICs. informáticos/ 550. Lançar a BE digital. multimédia. Apoio da RBEP. Conhecer a realidade Implementação de Implementação de através da avaliação é inquéritos de inquéritos de fundamental para avaliação/Instrument Falta de avaliação de avaliação de efectuar ajustes os de avaliação. feedback das actividades e acções Gestão de evidências/ eficazes e aferir se a Recolha de Reflexão sobre o actividades e acções desenvolvidas pela avaliação. BE está a tingir os evidências trabalho desenvolvidas. BE. seus objectivos de desenvolvido, com o Reflexão sobre as transformar objectivo de actividades informação em ajustar/melhorar as desenvolvidas. conhecimento e estratégias
  5. 5. Conhecimento na área Biblioteca escolar compreensão implementadas. humana. A avaliação de eficácia mostra se os resultados estão a melhorara e se se devem estabelecer outros compromissos de colaboração.
  6. 6. Conhecimento na área Biblioteca escolar Gestão da mudança SÍNTESE Factores de sucesso Obstáculos a vencer Acções prioritárias Professor bibliotecário: ORGANIZA GERE APOIA Adequação da colecção aos curricula dos Melhorar a percepção da BE diferentes níveis de ensino. por parte da gestão da escola, Articulação da BE com todos os grupos. de modo que a sua intervenção Utilização das TIC para acesso, Construção do catálogo informatizado; ao nível da equipa e da atenção disponibilização, pesquisa, elaboração de Aquisição de obras adequadas à nova prestada seja continuada; trabalhos, divulgação das actividades e área Falta de verbas; realidade da escola – 2º e 3º ciclos. Utilização das TICs; partilha de opiniões. Falta de colaboração nas propostas para o Utilização de ferramentas Web 2.0 Formar para o pensamento Colaboração/articulação com os diferentes desenvolvimento da colecção - PDC; Registos de avaliação de actividades. crítico na capacidade de grupos disciplinares; Falta de colaboração em trabalho de equipa. Reflexão sobre os resultados e o trabalho resolver problemas; Articulação entre ciclos e entre os mesmos Alguma resistência à mudança. realizado. Formar para a aprendizagem ao níveis; Partilha de experiencias. longo da vida e para a Colaboração com EEs e entidades externas. transformação da informação Partilha de experiências; em conhecimento humano. Formação contínua em TIC e Bibliotecas. Fomentar a criatividade e a inovação; Desenvolver a ética e a responsabilidade social.

×