A república no brasil

823 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
823
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
328
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A república no brasil

  1. 1. Coronelismo A República no Brasil
  2. 2. Voto a cabresto  Ficou popularmente conhecido como voto de cabresto o sistema tradicional de controle de poder político por meio do abuso de autoridade, compra de votos ou utilização da máquina pública para favorecimento pessoal ou de simpatizantes políticos.
  3. 3.  Nas regiões mais pobres do Brasil a prática foi (e, de certo modo ainda é) bastante recorrente, uma das principais características do que se costuma definir como corononelismo. Desde os tempos do Império, onde se realizaram as primeiras eleições do Brasil como país independente, a prática da fraude eleitoral é uma praga de difícil combate. No período áureo do coronelismo, no início do século XX, o eleitor só precisava levar um pedaço de papel com o nome do seu candidato e depositar na urna.
  4. 4. Tratava-se de um papel qualquer, trazido de casa mesmo. Para os coronéis, bastava entregar a cada um de seus empregados um papel já preenchido, e como a grande maioria destes "eleitores" era analfabeta, estes apenas assinavam seus nomes (lembrando que analfabetos não podiam votar).
  5. 5. Isso não era de modo algum problema para os coronéis, já que eles mesmos escreviam nos papéis o que bem desejassem. Como os criados não sabiam ler, muitas vezes eles votavam sem sequer saber o que estava escrito no papel que depositavam na urna. Aliás, era prática do coronel fornecer o transporte a estes pretensos eleitores, que recebiam as "instruções" ao irem votar.
  6. 6. Baseado na aula ministrada a respeito da Primeira República e no conhecimento construído a partir do contexto político desse período, analise a letra da musica: “O Coronelismo de Gerson Guimarães”
  7. 7. Música O Coronelismo - Gerson Guimarães Na República das Oligarquias Na política do café com leite Entre são Paulo e Minas o poder se dividia E o resto que aceite E o coronelismo então foi Tratando o homem feito boi Era o voto de cabresto Meu candidato é meu coronel quem diz Meu padrinho, meu juiz Meu delegado, meu prefeito
  8. 8. E o convênio de Taubaté Valorizava o café, era bom pros produtores Quem era contra não podia fazer a crítica Mantendo-se a política dos governadores E o coronelismo então foi Tratando o homem feito boi Era o voto de cabresto Meu candidato é meu coronel quem diz Meu padrinho, meu juiz Meu delegado, meu prefeito
  9. 9. Cangaço e canudos reação nordestina Facão na cintura e a fé pra se crer Revolta da Chibata e Revolta da Vacina O povo encontra um jeito de se defender E o coronelismo então foi Tratando o homem feito boi Era o voto de cabresto Meu candidato é meu coronel quem diz Meu padrinho, meu juiz Meu delegado, meu prefeito
  10. 10. Observe agora as duas charges seguintes e em seguida construa um texto dissertativo comparando o voto de cabresto na primeira república e as praticas atuais utilizadas por políticos desonestos.

×