Reprodução nas plantas

51.619 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios, Diversão e humor
1 comentário
2 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
51.619
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.380
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
265
Comentários
1
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Reprodução nas plantas

  1. 1. Reprodução nas Plantas LUÍS GONÇALVES 6º B Nº 16
  2. 2. Como se reproduzem as plantas <ul><li>As plantas com flor reproduzem-se por </li></ul><ul><li>(sementes). </li></ul>
  3. 3. Como se reproduzem as plantas <ul><li>As sementes resultam de uma reprodução sexuada </li></ul><ul><li>a célula sexual masculina se encontra com a célula sexual feminina . </li></ul><ul><li>Os orgãos reprodutores das plantas com são os estames – orgãos masculinos – e os carpelos – orgãos femininos. </li></ul>
  4. 4. Como se reproduzem as plantas
  5. 5. Como se formam as sementes <ul><li>Polonização: </li></ul><ul><li>Os grãos de pólen encerrados nas anteras precisam de se encontrarcom os óvulos que existem no ovário. Assim, quando as antenas estão maduras, abrem-se e libertam os grãos de pólen, que caem do estigma, ou seja, dá-se a polonização. </li></ul><ul><li>transporte do pólen desde as anteras até ao estigma da </li></ul>
  6. 6. Como se formam as sementes <ul><li>Polonização directa: Quando o pólen de uma flor cai sobre o seu próprio estigma. </li></ul><ul><li>Polinização cruzada: Quando om polén de uma flor chega ao estigma de uma outra flor da mesma espécie através de um agente de polonização. </li></ul>
  7. 7. Como se formam as sementes <ul><li>O estigma produz uma substância pegajosa. Quando o grão de pólen cai sobre ele, fixa-se e germina . Forma-se um tubo polínico, que se desenvolve e desce através do estilete até ao ovário, transportando a célula sexual masculina. </li></ul>
  8. 8. Fecundação e Frutificação <ul><li>No ovário </li></ul><ul><li>fecundação </li></ul><ul><li>ovo </li></ul><ul><li>Após a fecundação, a flor vai sofrer várias transformações: </li></ul>
  9. 9. Fecundação e Frutificação Os estames, as pétalas e as sépalas secam e caem. As paredes do ovário engrossam e formam o pericarpo do fruto. Os ovos desemvolvem-se e originam as sementes. A transformação da flor em fruto chama-se frutificação.
  10. 10. Fecundação e Frutificação <ul><li>Os frutos podem ser carnudos </li></ul><ul><li>ou secos . </li></ul>
  11. 11. Como é que uma semente origina uma nova planta <ul><li>As sementes encontram-se no interior do fruto, protegidas pelo pericarpo. </li></ul><ul><li>Uma é constituida por duas partes: </li></ul><ul><li>Tegumento : fina película exterior, denominada por casca. </li></ul><ul><li>Amêndoa : Parte interna, formada por um ou dois </li></ul><ul><li>Cotilédones e pelo Embrião. </li></ul>
  12. 12. Como é que uma semente origina uma nova planta <ul><li>Os cotilédones contêm substâncias nutitivas necessárias para uma germinação, pois vão servir de alimento à nova planta, enquanto ela não consegue alimentar-se sozinha, isto é, realizar a folossíntese. </li></ul><ul><li>O embrião, ao germinar, dará origem à nova planta. N o ebrião podem distinguir-se três partes: </li></ul>Radícula: parte do embrião que dará origem à raiz da nova planta. Caulículo: parte do embrião que dará origem ao caule da nova planta Gémulas: parte do embrião que dará origem às folhas da nova planta.
  13. 13. Como se faz a disseminação das sementes <ul><li>Para que se desenvolvam e possam crescer nas melhores condições, há necessidade das plantas se disseminarem. </li></ul><ul><li>Por esta razão, as sementes vão germinar para longebdas plantas que as produziram, através do (vento), </li></ul><ul><li>(àgua) e através da acção dos (animais). </li></ul>
  14. 14. Como se reproduzem as plantas sem flor. <ul><li>Os (fetos) e os (musgos) são algumas </li></ul><ul><li>Plantas que não dão flor e, por isso, não podem produzir sementes. Estas plantas reproduzem-se por esporos . </li></ul><ul><li>Os esporos são pequenos grãos que se formam nos esporângios, ou soros, e que germinam quando encontram boas condições de humidade e temperatura, dando origem à nova planta. </li></ul>

×