Capacidade especificamente humana para aquisição e
utilização de sistemas complexos de comunicação

LINGUAGEM

Instância e...
Origens da Linguagem :
Concepção comunicacional
Hominídeos começaram cooperar, adaptando sistemas
anteriores de comunicaçã...
• Humana.

• Adquirida.

• Interação
social na
primeira
infância.
Filme: O menino selvagem
• http://www.youtube.com/watch?v=6ayViVvjm70
• Iniciar min. 16.
Filme: O enigma de Kaspar Hauser
• http://www.youtube.com/watch?v=geug75xNoAo
• Introdução
Filme: Nell
• Trailer
• http://www.youtube.com/watch?v=1UZp5v2Gj04
FILME: HELEN KELLER
• Comentar geral:
• Como? Discutir.
• Libertação
LINGUAGEM - COMUNICAÇÃO
• RELAÇÃO COM O OUTRO
• FORMAS DE VIDA/ REGRAS DE CONVÍVIO
Usos sociais e culturais:
Expressão de identidade;

Convívio social;

Manutenção da unidade em uma comunidade;

Entretenim...
Linguística
•Estudo científico da
linguagem, em qualquer
um de seus sentidos
Linguagem
Sistema de sinais para
codificação e
decodificação de
informações

Faculdade cognitiva
que permite aos seres
hum...
As línguas possuem…

Processo de semiose que relacionam um sinal com um
determinado significado

Sistema fonológico que re...
Língua

• Evolue e se diversifica ao
longo do tempo. Exemplos?

Língua

• Realidade essencialmente
variável, não há formas...
Outras orientações
Universalidade
* Linguagem - faculdade mental que permite aos seres
humanos realizarem qualquer tipo de comportamento
linguístico: aprend...
ESTRUTURALISMO
Linguagem : Sistema formal de signos regidos
por regras gramaticais que quando combinadas
geram significados.
As línguas h...
Linguagem como
sistema de comunicação

Linguagem como
sistema de comunicação

- Compartilhamento de
sentidos;

Pragmática;...
Linguística

TIPOS:

DIVISÕES:

Antropológica
Cognitiva
Gerativa

Pragmática

Comparativa

Fonologia

Aplicada

Morfologia...
Sobre: L. Vygotsky
• http://www.youtube.com/watch?v=YJla-2t-HRY
Virada Pragmática

Jogos de
Linguagem

O sentido da Linguagem
é o seu uso
L.Wittgenstein
INVESTIGAÇÕES
FILOSÓFICAS

Formas...
Pragmática
O conhecimento
é construído para
ação

O conhecimento é
provisório e sujeito
a modificações

O conhecimento
não...
Pragmática
- os significados não estão atrelados às palavras;
- os significados não são conceitos e nem outro tipo de cois...
Virada Pragmática
ESCOLA DE
OXFORD

- Opunham-se ao Objetivismo
e ao Cientificismo;

G. Ryle
J. Austin
P. Strawson
P. Gric...
Pragmática
LINGUAGEM
É O SEU
USO

Wittgenstein
Austin
Searle
Grice

Norte-Americanos
Peirce
James
Dewey

J Habermas
Pragmática
AUSTIN
TEORIA DOS ATOS DA FALA
SUCESSO NA COMUNICAÇÃO

A LINGUAGEM
NÃO É USADA
PARA
DESCREVER
FATOS

A LINGUAGE...
Pragmática
ATO DE FALA
UNIDADE BÁSICA DE SIGNIFICAÇÃO

LOCUCIONÁRIOS
(PALAVRAS E
SENTENÇAS DE
UMA LÍNGUA)

ILOCUCIONÁRIOS
...
Pragmática
SEARLE
-MODO DE REALIZAÇÃO
-CONDIÇÃO RELATIVA AO CONTEÚDO
-CONDIÇÃO PREPARATÓRIA

ILOCUCIONÁRIOS
(FORÇA)

-COND...
Pragmática
GRICE
-SIGNIFICAÇÃO DEPENDE EXCLUSIVAMENTE DO OUVINTE
- NECESSÁRIO RECONHECER A INTENÇÃO DO FALANTE

PRINCÍPIO ...
Pragmática
HABERMAS
PRAGMÁTICA UNIVERSAL
TEORIA DA AÇÃO COMUNICATIVA

RACIONALIDADE
INSTRUMENTAL
ESTÁ SUBORDINADA
A RACION...
Aula 3: Estudos da linguagem - Introdução
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aula 3: Estudos da linguagem - Introdução

3.985 visualizações

Publicada em

Slides utilizados durante as aulas de Indexação Social no Curso de Especialização: Informação em Ambientes Digitais

1 comentário
4 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.985
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
298
Comentários
1
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 3: Estudos da linguagem - Introdução

  1. 1. Capacidade especificamente humana para aquisição e utilização de sistemas complexos de comunicação LINGUAGEM Instância específica de um sistema de comunicação complexo
  2. 2. Origens da Linguagem : Concepção comunicacional Hominídeos começaram cooperar, adaptando sistemas anteriores de comunicação baseado em sinais expressivos a fim de incluir a teoria da mente, compartilhando assim intencionalidade. A linguagem é processada em vários locais diferentes do cérebro humano, mas especialmente na área de Broca e na Área de Wernicke Coincide com o aumento do volume do cérebro, e muitos linguistas veem as estruturas da linguagem como tendo evoluído a fim de servir a funções comunicativas específicas
  3. 3. • Humana. • Adquirida. • Interação social na primeira infância.
  4. 4. Filme: O menino selvagem • http://www.youtube.com/watch?v=6ayViVvjm70 • Iniciar min. 16.
  5. 5. Filme: O enigma de Kaspar Hauser • http://www.youtube.com/watch?v=geug75xNoAo • Introdução
  6. 6. Filme: Nell • Trailer • http://www.youtube.com/watch?v=1UZp5v2Gj04
  7. 7. FILME: HELEN KELLER • Comentar geral: • Como? Discutir. • Libertação
  8. 8. LINGUAGEM - COMUNICAÇÃO • RELAÇÃO COM O OUTRO • FORMAS DE VIDA/ REGRAS DE CONVÍVIO
  9. 9. Usos sociais e culturais: Expressão de identidade; Convívio social; Manutenção da unidade em uma comunidade; Entretenimento.
  10. 10. Linguística •Estudo científico da linguagem, em qualquer um de seus sentidos
  11. 11. Linguagem Sistema de sinais para codificação e decodificação de informações Faculdade cognitiva que permite aos seres humanos aprender e usar sistemas de comunicação complexos
  12. 12. As línguas possuem… Processo de semiose que relacionam um sinal com um determinado significado Sistema fonológico que regem a forma como os sons ou os símbolos visuais são articulados a fim de formar as sequencias conhecidas como palavras ou morfemas Sistema sintático para reger a forma como as palavras e os morfemas são utilizados a fim de formar frases e enunciados.
  13. 13. Língua • Evolue e se diversifica ao longo do tempo. Exemplos? Língua • Realidade essencialmente variável, não há formas de falar intrinsecamente erradas. A noção de certo e errado tem origem na sociedade, não na estrutura da língua.
  14. 14. Outras orientações
  15. 15. Universalidade
  16. 16. * Linguagem - faculdade mental que permite aos seres humanos realizarem qualquer tipo de comportamento linguístico: aprender línguas, produzir e compreender enunciados. * Ciências cognitivas, neurolinguística. * Universalidade da linguagem entre todos os seres humanos; * Bases biológicas da capacidade humana para a linguagem como um desenvolvimento exclusivo do cérebro humano. * Haveria uma propensão inata do ser humano para a linguagem. Exemplos podem ser a gramática universal de Noam Chomsky.
  17. 17. ESTRUTURALISMO
  18. 18. Linguagem : Sistema formal de signos regidos por regras gramaticais que quando combinadas geram significados. As línguas humanas podem ser descritas como sistemas estruturais fechados constituídos de regras que relacionam sinais específicos com significados específicos. Visão estruturalista da linguagem Introduzido por Ferdinand de Saussure, Linguística atual. Noam Chomsky - linguagem como um conjunto particular de frases que podem ser geradas a partir de um determinado conjunto de regras. Estruturalismo - lógica formal, na semiótica, gramática formal, gramática descritiva. Na filosofia da linguagem esses pontos de vista estão associados com filósofos como Bertrand Russell, as primeiras obras de Ludwig Wittgenstein, Alfred Tarski e Gottlob Frege.
  19. 19. Linguagem como sistema de comunicação Linguagem como sistema de comunicação - Compartilhamento de sentidos; Pragmática; - função social ; - expressar e para manipular objetos em seu ambiente. Linguística cognitiva e interacional; Sociolinguística; Linguística antropológica - gramática funcional ; -estruturas gramaticais por suas funções comunicativas; - processo adaptativo da gramática a fim de atender as necessidades comunicativas de seus usuários Linguagem como sistema de comunicação Teorias funcionalistas : Gramática como um fenômeno dinâmico. Depende de como são empregados por seus falantes. Filosofia da linguagem Ludwig Wittgenstein, G Moore, Paul Grice, John Searle e John Austin
  20. 20. Linguística TIPOS: DIVISÕES: Antropológica Cognitiva Gerativa Pragmática Comparativa Fonologia Aplicada Morfologia Geolinguística Sintaxe Computacional Semântica Histórica Lexicologia Neurolinguística Estilística Política linguística Psicolinguística Sociolinguística
  21. 21. Sobre: L. Vygotsky • http://www.youtube.com/watch?v=YJla-2t-HRY
  22. 22. Virada Pragmática Jogos de Linguagem O sentido da Linguagem é o seu uso L.Wittgenstein INVESTIGAÇÕES FILOSÓFICAS Formas de Vida Regras
  23. 23. Pragmática O conhecimento é construído para ação O conhecimento é provisório e sujeito a modificações O conhecimento não é uma cópia fiel da realidade O conhecimento não tem pretensões de verdades absolutas
  24. 24. Pragmática - os significados não estão atrelados às palavras; - os significados não são conceitos e nem outro tipo de coisa; - compreender o significado de uma palavra é não ter nenhuma definição fixa sobre ela em mente / Rever Vygotsky; - o significado da palavra está relacionado a habilidade para utilizá-la em atividades nas quais seu uso é possível; - compreender o significado de uma palavra é saber quando usá-la (Forma de vida); - compreender o significado de uma palavra e saber como usá-la (regras/jogos de linguagem); - só o uso da palavra ensina o seu significado; - o significado da palavra é uma noção externa; - o que nós temos em mente sobre o significado de uma palavra não é necessário para entendermos o seu significado; - as circunstâncias são essenciais para determinar significados.
  25. 25. Virada Pragmática ESCOLA DE OXFORD - Opunham-se ao Objetivismo e ao Cientificismo; G. Ryle J. Austin P. Strawson P. Grice - Refutavam a possibilidade de construção de uma Linguagem Perfeita Entender as estruturas de funcionamento da Linguagem e não sua lógica
  26. 26. Pragmática LINGUAGEM É O SEU USO Wittgenstein Austin Searle Grice Norte-Americanos Peirce James Dewey J Habermas
  27. 27. Pragmática AUSTIN TEORIA DOS ATOS DA FALA SUCESSO NA COMUNICAÇÃO A LINGUAGEM NÃO É USADA PARA DESCREVER FATOS A LINGUAGEM É USADA PARA REALIZAR ALGO
  28. 28. Pragmática ATO DE FALA UNIDADE BÁSICA DE SIGNIFICAÇÃO LOCUCIONÁRIOS (PALAVRAS E SENTENÇAS DE UMA LÍNGUA) ILOCUCIONÁRIOS (FORÇA) PERLOCUCIONÁRIOS (CONSEQÜÊNCIAS)
  29. 29. Pragmática SEARLE -MODO DE REALIZAÇÃO -CONDIÇÃO RELATIVA AO CONTEÚDO -CONDIÇÃO PREPARATÓRIA ILOCUCIONÁRIOS (FORÇA) -CONDIÇÃO DE SINCERIDADE ANÁLISE DOS ATOS DE FALA INDIRETOS (MAIORIA DOS ATOS DE FALA)
  30. 30. Pragmática GRICE -SIGNIFICAÇÃO DEPENDE EXCLUSIVAMENTE DO OUVINTE - NECESSÁRIO RECONHECER A INTENÇÃO DO FALANTE PRINCÍPIO DE COOPERAÇÃO PRINCÍPIO CONVERSACIONAL COOPERATIVO -QUANTIDADE -QUALIDADE (VERDADE) -RELAÇÃO (RELEVÂNCIA) -MODO (CLAREZA)
  31. 31. Pragmática HABERMAS PRAGMÁTICA UNIVERSAL TEORIA DA AÇÃO COMUNICATIVA RACIONALIDADE INSTRUMENTAL ESTÁ SUBORDINADA A RACIONALIDADE COMUNICATIVA

×