Marketing Sensorial

661 visualizações

Publicada em

O comportamento do consumidor é a interacção dinâmica da percepção, do comportamento, e do ambiente no qual os seres humanos conduzem as trocas, as experiências e o seu sentido de vida.

O Marketing sensorial faz uma abordagem inovadora, socorrendo-se dos meios e inovações tecnológicas disponíveis para criar sensações dirigidas aos cinco sentidos dos consumidores, provocando uma grande atractividade no processo de compra, e criando novas sensações que potenciam o reconhecimento das marcas e dos produtos.

Publicada em: Marketing
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
661
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
24
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Marketing Sensorial

  1. 1. • Objectivo • Introdução • Consumidor do século XXI • Os 5 Sentidos • Marketing Sensorial • Exemplos de acções • Exemplos de empresas • Conclusões
  2. 2. Identificação das situações comportamentais relativamente ao consumidor numa perspectiva do marketing sensorial.
  3. 3. • O comportamento do consumidor é a interacção dinâmica da percepção, do comportamento, e do ambiente no qual os seres humanos conduzem as trocas, as experiências e o seu sentido de vida. • O Marketing sensorial faz uma abordagem inovadora, socorrendo- se dos meios e inovações tecnológicas disponíveis para criar sensações dirigidas aos cinco sentidos dos consumidores, provocando uma grande atractividade no processo de compra, e criando novas sensações que potenciam o reconhecimento das marcas e dos produtos.
  4. 4. • As marcas são desafiadas a manter o interesse dos seus clientes. O gosto pela novidade e pela originalidade são características bem definidas no consumidor do século XXI. • O século XXI depara-se com um consumidor muito particular. Uma estranha mistura de exigência, expectativa pela novidade, auto complacência, egocentrismo, sensibilidade e desejo de poder projectar através dos seus pertences, a forma como entende a vida. • A inovação e o Design são as únicas armas que as empresas dispõem para enfrentar o consumidor do século XXI.
  5. 5. • Novidade e originalidade • A exploração do lado emocional dos consumidores • O produto tem que chegar aos sentidos do consumidor fazendo-o sent alguém especial. • A especificidade como sinónimo de evolução, raciocínio e eficácia • O preço adicional é preferido quando o benefício compensa • A globalidade da mensagem vai potenciar as opções de venda
  6. 6. • É através dos nossos sentidos que percebemos o mundo, e são eles as verdadeiras portas de entrada para qualquer reacção, atitude, aprovação ou não aprovação, a quaisquer produtos, ambientes ou serviços.
  7. 7. Cores, tamanhos e formatos são entendidos de imediato, influenciando de forma mais directa as nossas emoções. Algumas cores quentes, como a vermelha ou alaranjada, criam sentimentos de excitação e estimulam o apetite, enquanto cores frias como o azul e o verde são mais propícias ao relaxamento e à introspecção. A publicidade, a cor, o design, a luminosidade, o logótipo, o packaging, o design do produto, os websites e outros estímulos visuais tornam possível diferenciar os produtos, evitar cópias, aumentar o grau de lealdade entre o consumidor e as marcas e proteger as marcas contra a concorrência.
  8. 8. É dos sentidos menos trabalhado em ambientes empresariais, apesar de ser um dos mais poderosos sentidos para criar associações e evocar memórias. É pouco utilizado pois a grande maioria não tem conhecimento da sua importância. No marketing sensorial os aromas podem ser utilizados no marketing estratégico para expressar a identidade de uma marca e intensificar a sua imagem (scent signature) ou no marketing táctico para promover um produto.
  9. 9. Som, além de fazer parte do nosso dia- a-dia, influencia directamente o nosso humor e comportamento. Às vezes nem percebemos que o motivo que nos leva a tal local é o som – talvez seja uma verdade afirmar que, quanto menos se percebe o som ambiente, mais adequado ele seja. Diferentes formas de expressões sensoriais –jingles, vozes, música, sound brand ou assinatura musical) – podem facilitar uma experiência sonora e pode ser aplicada de forma consistente à estratégia de marketing para alcançar a diferenciação face à concorrência.
  10. 10. É um sentido fundamental no desenvolvimento do ser humano desde o nascimento. O toque é o sentido do prazer, do afecto: o carinho familiar, o abraço, o beijo, a cumplicidade. É através do toque que sentimos a textura de certos produtos – e muitas vezes somos seduzidos pela maciez deles, sendo essencial na decisão de compra de muitos produtos. Os materiais, as superfícies, a temperatura, o peso, a forma e a robustez podem contribuir positivamente para uma experiência táctil com a marca, diferenciá- la face aos seus concorrentes e aumentar o grau de lealdade dos consumidores face à marca.
  11. 11. O sentido do paladar é considerado o mais distinto dos sentidos do ponto de vista emocional, em virtude da sua capacidade para facilitar a interacção social, das suas relações estreitas com outros sentidos e do seu elevado grau de interacção entre as empresas e os consumidores a um nível personalizado. As empresas podem utilizar diversos sabores para “dar sabor a uma marca” e atribuir-lhe novas dimensões hedónicas.
  12. 12. • Conjunto de acções de comunicação não-verbal, normalmente de baixo custo, usado principalmente no ponto de venda, tendo por fim a fixar uma marca, produto ou serviço, criando sensações através dos cinco sentidos, provocando experiências inesquecíveis, e assim, um vínculo emocional com o consumidor. • O objectivo deste tipo de marketing é fazer com que os consumidores se sintam à vontade no ponto de venda, passem um grande tempo na loja, e se sintam atraídos para a compra dos produtos
  13. 13. • Este tipo de marketing ressalta o estudo e entendimento da percepção através dos sentidos. As estimulações externas chegam ao sistema nervoso através dos cinco sentidos, sendo, assim, estas que dão inicio ao processo perceptivo. • Em suma, a percepção é a recepção, por parte do cérebro, da chegada de um estímulo, a forma como o indivíduo selecciona, organiza e interpreta estímulos.. O processo de percepção divide-se em duas fases: • A sensação – mecanismo fisiológico através do qual os órgãos sensoriais registam e transmitem os estímulos externos; • A interpretação – permite organizar e dar um significado aos estímulos recebidos.
  14. 14. • O sentido de aplicar uma estratégia de marketing sensorial poderia ser dividido em 3 fontes: 1) Faz o consumidor permanecer mais tempo no ponto de venda; 2) Chama a atenção para uma acção específica; 3) Pode resultar em aumento de vendas;
  15. 15. • Algumas das técnicas de comunicação e promoção referidas já existem há algum tempo. Contrariamente ao marketing tradicional que valoriza a racionalidade dos argumentos, o marketing sensorial trabalha o lado afectivo, com os sentimentos e a memória do consumidor, porque entende o comportamento de compra como uma experiência física, biológica, sensorial e mental.
  16. 16. Espaços
  17. 17. Espaços
  18. 18. Produtos
  19. 19. http://www.youtube.com/watch?v=vWqur0grVDo Produtos
  20. 20. Eventos
  21. 21. Comunicação
  22. 22. Comunicação http://www.youtube.com/watch?v=R7aLWbSv0Dg
  23. 23. Comunicação http://www.youtube.com/watch?v=PdlDb74TwMo
  24. 24. A MEDIAflavors é uma empresa especializada em marketing sensorial. Desenvolvem produtos promocionais ligados à área dos sabores e dos aromas. A MY.SENSYS activa marcas, serviços e pessoas através da criação de eventos sensoriais diferenciadores, pela via de experiências multi- sensoriais, desenvolvidas em torno dos cinco sentidos.
  25. 25. • As necessidades genéricas que são estáveis e limitadas em número, diferenciam-se dos desejos que são múltiplos, alteráveis e continuamente influenciados pelas percepções sensoriais. • A implicação/desejos de um indivíduo afecta directamente o seu comportamento no processo de compra. • O Marketing sensorial faz uma abordagem inovadora, socorrendo-se dos meios e inovações tecnológicas disponíveis para criar sensações dirigidas aos cinco sentidos dos consumidores, provocando uma grande atractividade no processo de compra, e criando novas sensações que potenciam o reconhecimento das marcas e dos produtos
  26. 26. “As oportunidades normalmente apresentam-se disfarçadas de trabalho árduo, e é por isso que muitos não as reconhecem…” [Ann Landers]

×