SlideShare uma empresa Scribd logo

Colonização e Resistência (Luis Felipe Ulloa) / Colonización y Resistencia

Descrição básica dos conceitos. AV da Palestra História de America III. Semestre letivo 2012.2 / Departamento de História/ UFPB / João Pessoa, PB, Brasil. Prof Luis Felipe Ulloa, 31-01-2013-Aprimorada em Juno 15 2013

1 de 17
COLONIZAÇÃO E RESISTÊNCIA
Parte 01: Descrição geral

Luis Felipe Ulloa Forero
Luisfelipeulloa@gmail.com

PALESTRINHAS PARA CLASES.... HISTÓRIA DE AMÉRICA III, UFPB. SEMESTRE LEITIVO 2012/2 . DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA, UFPB, JOÃO PESSOA.

ATUALIZAÇÃO 13/NOV/2013
Colonização

Converter o nosso “no seu”
Apreciar o nosso com os
“seus” olhos

Luis Felipe Ulloa F
Luis Felipe Ulloa F

Formas da colonização

+
Memória

+
Misturas
Formas da colonização

Espionagem
Pela Economía
Pelo Poderio militar

Pela Penetração
Luis Felipe Ulloa F

1. Colonização desde a economia
A Sensação
de Quebra

A apropriação direita
ou tercerizada
(Dentro ou Fora do país)

BLOQUEIO
EMBARGO
2. Colonização pelo Poderio Militar
1. Derrota com as armas (combate ou massacre)
2. Entrega pelo medo de um poderio militar
superior certo
3. Entrega pelo medo de um poderio militar
aparentemente superior
Depois: Usurpação direta ou tercerizada

Luis Felipe Ulloa F
Luis Felipe Ulloa F

3. Colonização por Penetração
Chegar ao mais
íntimo
1. Colonização Intelectual: Pensar como/para eles
2. Colonização Estética: A vida-outra é beleza a
nossa não é - não deve ser
3. Colonização dos afetos: Amar o
colonizador, amar o que é do colonizador, amar o
estado de colonizado, odiar o inimigo do
colonizador
4. Colonização da espiritualidade: Acreditar no que
eles acreditam ou querem para nós acreditar.
GANHAR
A colonização por penetração ocorre
na vida cotidiana.

Em cada dinâmica
comunitária

Chegar ao mais
íntimo
Luis Felipe Ulloa F
Como ver a colonização na...
1.
2.
3.
4.
5.
6.
7.
8.
9.
10.
11.

Dinâmica econômica-produtiva
Dinâmica do cuidado ambiental
Dinâmica pela vida saudável e o pamãxepakirã
Dinâmica espiritual-religiosa
Dinâmica artística
Dinâmica esportiva
Dinâmica comemorativa e recreativo-festiva:
Dinâmica intelectual
Dinâmica de intervenção nos serviços públicos
Dinâmica jurídica política
Dinâmica para evitar a exclusão, violência e delito
Estratégias sob a memória
Só memória “boa”
é “autorizada”, “aceitável", “decente”,
É “história oficial”
1. Afirmar a importancia da “boa” memória
2. Afirmar a des-memória como valor o moda (tempos
líquidos)
3. Encurralar as memórias alternativas vivas
1. Eliminar
2. mudar
3. Re-interpretar

A historia do povo

Luis Felipe Ulloa F
Os colonizadores Séc. XX-Séc. XXI
TEM…
1. Uma imagen de futuro (Seu futuro)
2. Uma perspectiva global
3. Uma perspectiva de colonizador
BUSCAM O AVAL ...
1. … de outros colonizadores
2. … de outros paises colonizados
3. … de seu proprio povo

BUSCAM APOIOS DENTRO DO PAIS POR COLONIZAR...
1. de pessoas-chave (intencional ou não)
2. Dos medios (Comunicação)
3. Instituições
Luis Felipe Ulloa F
Nós resistentes do Séc. XXI…
TEMOS construida…
1. Uma imagen de futuro (Seu futuro)?
2. Uma perspectiva global?
3. Uma perspectiva de colonizados-resistentes?
BUSCAMOS O AVAL ...
1. … de outros colonizados?
2. … de outros paises colonizados?
3. … de seu proprio povo?
BUSCAMOS APOIOS DENTRO DOS PAISES COLONIZADORES...
1. De pessoas-chave ?
2. De latinoamericanos residentes lá?
3. Dos medios (Comunicação)?
4. De Instituições?
Luis Felipe Ulloa F
Luis Felipe Ulloa F

Perguntas sobre os resistentes
1. Resistem…. (Que é “resistir”?)
2. Tentam ganhar ou apenas resistir?
3. Suas ações são locais o locais + latinoamericanas
+ globais?
4. Estão articulados com outras lutas ou sua
fragmentação é muita?
5. Sacrificam a crítica interna para se-proteger? 
6. Tem participantes contaminados da perspectiva
do colonizador? 
PARA REFLETIR…
• Que temos de colonização? E de resistência?
• Reconhecemos o que há de colonização e de
resistência em cada dinâmica comunitário do
SAB, hoje?
• Como podemos trasgredir a colonização em
cada dinâmica comunitaria?

Luis Felipe Ulloa F
PODE COMBINAR OS SEGUINTES ITENS?
Qual é a relação com Colonização?
Alemania NAZI
Phantasie

FANTA
Max Keith
Sanções
40s -II Guerra
“Mondial”

E104
Itália 1955
Luis Felipe Ulloa F

Recomendados

Slide aulao-de-historia-0111 (1)
Slide aulao-de-historia-0111 (1)Slide aulao-de-historia-0111 (1)
Slide aulao-de-historia-0111 (1)PIBIDSolondeLucena
 
Conceito de modernidade eurocentrismo
Conceito de modernidade eurocentrismoConceito de modernidade eurocentrismo
Conceito de modernidade eurocentrismoFRANCISCO PALOSQUE
 
O GOVERNO POPULISTA NA AMÉRICA LATINA
O GOVERNO POPULISTA NA AMÉRICA LATINA O GOVERNO POPULISTA NA AMÉRICA LATINA
O GOVERNO POPULISTA NA AMÉRICA LATINA WILLIAN BRANDT DIRAMI
 
Análise Iconográfica e Iconológica das Cédulas: fim do Império e formação da ...
Análise Iconográfica e Iconológica das Cédulas: fim do Império e formação da ...Análise Iconográfica e Iconológica das Cédulas: fim do Império e formação da ...
Análise Iconográfica e Iconológica das Cédulas: fim do Império e formação da ...Igor Guedes
 
Eua, imperialismo cultura economico e politico
Eua, imperialismo cultura economico e politicoEua, imperialismo cultura economico e politico
Eua, imperialismo cultura economico e politico@umquedeMARX Arquivos PDF
 
Florestan fernandes nova republica
Florestan fernandes   nova republicaFlorestan fernandes   nova republica
Florestan fernandes nova republicaDaylson Lima
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Nova ordem mundial - O mundo está cada vez menor
Nova ordem mundial - O mundo está cada vez menorNova ordem mundial - O mundo está cada vez menor
Nova ordem mundial - O mundo está cada vez menorGérley Adriano
 
ENEM - QUESTÕES DAS CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS 2012 - Prof. Noe Assu...
ENEM - QUESTÕES DAS CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS 2012 - Prof. Noe Assu...ENEM - QUESTÕES DAS CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS 2012 - Prof. Noe Assu...
ENEM - QUESTÕES DAS CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS 2012 - Prof. Noe Assu...Prof. Noe Assunção
 
Capítulo 9 Sociologia
Capítulo 9 SociologiaCapítulo 9 Sociologia
Capítulo 9 SociologiaMiro Santos
 
Regionalização do espaço mundial
Regionalização do espaço mundialRegionalização do espaço mundial
Regionalização do espaço mundialPrivada
 
Modelo de plano de curso hist. econ 1
Modelo de plano de curso hist. econ 1 Modelo de plano de curso hist. econ 1
Modelo de plano de curso hist. econ 1 eduardo carneiro
 
31 história rafael - era vargas
31  história   rafael  - era vargas31  história   rafael  - era vargas
31 história rafael - era vargasRafael Noronha
 
Governos militares no Brasil
Governos militares no Brasil Governos militares no Brasil
Governos militares no Brasil Alunos Alunos
 
Soy cuba - Análise crítica
Soy cuba - Análise críticaSoy cuba - Análise crítica
Soy cuba - Análise críticaFILIPE NERI
 
41 brasil-modernizacaoe conflito
41 brasil-modernizacaoe conflito41 brasil-modernizacaoe conflito
41 brasil-modernizacaoe conflitoAlunos Alunos
 
Jornal Inconfidência nº 272
Jornal Inconfidência nº 272Jornal Inconfidência nº 272
Jornal Inconfidência nº 272Lucio Borges
 
O Declínio Das Oligarquias (1914 30) Conclusão
O Declínio Das Oligarquias (1914 30) ConclusãoO Declínio Das Oligarquias (1914 30) Conclusão
O Declínio Das Oligarquias (1914 30) Conclusãodayanbotelho2
 

Mais procurados (20)

Descritores História 3º bimestre
Descritores História 3º bimestreDescritores História 3º bimestre
Descritores História 3º bimestre
 
Nova ordem mundial - O mundo está cada vez menor
Nova ordem mundial - O mundo está cada vez menorNova ordem mundial - O mundo está cada vez menor
Nova ordem mundial - O mundo está cada vez menor
 
ENEM - QUESTÕES DAS CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS 2012 - Prof. Noe Assu...
ENEM - QUESTÕES DAS CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS 2012 - Prof. Noe Assu...ENEM - QUESTÕES DAS CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS 2012 - Prof. Noe Assu...
ENEM - QUESTÕES DAS CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS 2012 - Prof. Noe Assu...
 
Revolução de 1930
Revolução de 1930Revolução de 1930
Revolução de 1930
 
Capítulo 9 Sociologia
Capítulo 9 SociologiaCapítulo 9 Sociologia
Capítulo 9 Sociologia
 
Capítulo 9 do livro de Sociologia
Capítulo 9 do livro de Sociologia Capítulo 9 do livro de Sociologia
Capítulo 9 do livro de Sociologia
 
07
0707
07
 
prova
provaprova
prova
 
Regionalização do espaço mundial
Regionalização do espaço mundialRegionalização do espaço mundial
Regionalização do espaço mundial
 
Modelo de plano de curso hist. econ 1
Modelo de plano de curso hist. econ 1 Modelo de plano de curso hist. econ 1
Modelo de plano de curso hist. econ 1
 
31 história rafael - era vargas
31  história   rafael  - era vargas31  história   rafael  - era vargas
31 história rafael - era vargas
 
11 república velha iii
11 república velha iii11 república velha iii
11 república velha iii
 
Revolução de 1932
Revolução de 1932Revolução de 1932
Revolução de 1932
 
Governos militares no Brasil
Governos militares no Brasil Governos militares no Brasil
Governos militares no Brasil
 
Soy cuba - Análise crítica
Soy cuba - Análise críticaSoy cuba - Análise crítica
Soy cuba - Análise crítica
 
Consciência negra
Consciência negraConsciência negra
Consciência negra
 
20687474 resumo-esquematico
20687474 resumo-esquematico20687474 resumo-esquematico
20687474 resumo-esquematico
 
41 brasil-modernizacaoe conflito
41 brasil-modernizacaoe conflito41 brasil-modernizacaoe conflito
41 brasil-modernizacaoe conflito
 
Jornal Inconfidência nº 272
Jornal Inconfidência nº 272Jornal Inconfidência nº 272
Jornal Inconfidência nº 272
 
O Declínio Das Oligarquias (1914 30) Conclusão
O Declínio Das Oligarquias (1914 30) ConclusãoO Declínio Das Oligarquias (1914 30) Conclusão
O Declínio Das Oligarquias (1914 30) Conclusão
 

Semelhante a Colonização e Resistência (Luis Felipe Ulloa) / Colonización y Resistencia

Resumos de Português: Felizmente há luar!
Resumos de Português: Felizmente há luar!Resumos de Português: Felizmente há luar!
Resumos de Português: Felizmente há luar!Raffaella Ergün
 
PROGRAMA DE HISTÓRIA 2009 CEN 6º ANO DO EF AO 3º ANO DO EM II
PROGRAMA DE HISTÓRIA 2009 CEN 6º ANO DO EF AO 3º ANO DO EM IIPROGRAMA DE HISTÓRIA 2009 CEN 6º ANO DO EF AO 3º ANO DO EM II
PROGRAMA DE HISTÓRIA 2009 CEN 6º ANO DO EF AO 3º ANO DO EM IINelson Silva
 
Felizmente Há Luar
Felizmente Há LuarFelizmente Há Luar
Felizmente Há LuarAna Tapadas
 
Historia 8º ano slides_aula 61
Historia 8º ano slides_aula 61Historia 8º ano slides_aula 61
Historia 8º ano slides_aula 61Raquel Sousa
 
IntroduçãO6
IntroduçãO6IntroduçãO6
IntroduçãO6rogerio
 
Imperialismo - Ciências Sociais
Imperialismo - Ciências SociaisImperialismo - Ciências Sociais
Imperialismo - Ciências SociaisLewy
 
UFOP 2010 discursiva
UFOP 2010 discursivaUFOP 2010 discursiva
UFOP 2010 discursivacursohistoria
 
O fim do regime
O fim do regime O fim do regime
O fim do regime Maria Gomes
 
História, Crise e Dependência do Brasil
História, Crise e Dependência do BrasilHistória, Crise e Dependência do Brasil
História, Crise e Dependência do Brasilcarlos ars
 
Brasil colonial as revoltas coloniais
Brasil colonial   as revoltas coloniaisBrasil colonial   as revoltas coloniais
Brasil colonial as revoltas coloniaisFrancidéia Carvalho
 
História 3º ano revisão Professor José Carlos
História 3º ano revisão Professor José CarlosHistória 3º ano revisão Professor José Carlos
História 3º ano revisão Professor José CarlosJosé Carlos
 
LIBERTADORES DA AMÉRICA COLONIAL.pptx
LIBERTADORES DA AMÉRICA COLONIAL.pptxLIBERTADORES DA AMÉRICA COLONIAL.pptx
LIBERTADORES DA AMÉRICA COLONIAL.pptxRejaneConceiodeArajo
 

Semelhante a Colonização e Resistência (Luis Felipe Ulloa) / Colonización y Resistencia (20)

Resumos de Português: Felizmente há luar!
Resumos de Português: Felizmente há luar!Resumos de Português: Felizmente há luar!
Resumos de Português: Felizmente há luar!
 
GEOPOLÍTICA III
GEOPOLÍTICA IIIGEOPOLÍTICA III
GEOPOLÍTICA III
 
PROGRAMA DE HISTÓRIA 2009 CEN 6º ANO DO EF AO 3º ANO DO EM II
PROGRAMA DE HISTÓRIA 2009 CEN 6º ANO DO EF AO 3º ANO DO EM IIPROGRAMA DE HISTÓRIA 2009 CEN 6º ANO DO EF AO 3º ANO DO EM II
PROGRAMA DE HISTÓRIA 2009 CEN 6º ANO DO EF AO 3º ANO DO EM II
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
 
Felizmente Há Luar
Felizmente Há LuarFelizmente Há Luar
Felizmente Há Luar
 
Imperialismo 2013b
Imperialismo 2013bImperialismo 2013b
Imperialismo 2013b
 
Independência da américa espanhola 2013
Independência da américa espanhola 2013Independência da américa espanhola 2013
Independência da américa espanhola 2013
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
 
Historia 8º ano slides_aula 61
Historia 8º ano slides_aula 61Historia 8º ano slides_aula 61
Historia 8º ano slides_aula 61
 
IntroduçãO6
IntroduçãO6IntroduçãO6
IntroduçãO6
 
Imperialismo - Ciências Sociais
Imperialismo - Ciências SociaisImperialismo - Ciências Sociais
Imperialismo - Ciências Sociais
 
UFOP 2010 discursiva
UFOP 2010 discursivaUFOP 2010 discursiva
UFOP 2010 discursiva
 
Ficha trabalho 9 a
Ficha trabalho 9 aFicha trabalho 9 a
Ficha trabalho 9 a
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
 
O fim do regime
O fim do regime O fim do regime
O fim do regime
 
História, Crise e Dependência do Brasil
História, Crise e Dependência do BrasilHistória, Crise e Dependência do Brasil
História, Crise e Dependência do Brasil
 
Brasil colonial as revoltas coloniais
Brasil colonial   as revoltas coloniaisBrasil colonial   as revoltas coloniais
Brasil colonial as revoltas coloniais
 
História 3º ano revisão Professor José Carlos
História 3º ano revisão Professor José CarlosHistória 3º ano revisão Professor José Carlos
História 3º ano revisão Professor José Carlos
 
LIBERTADORES DA AMÉRICA COLONIAL.pptx
LIBERTADORES DA AMÉRICA COLONIAL.pptxLIBERTADORES DA AMÉRICA COLONIAL.pptx
LIBERTADORES DA AMÉRICA COLONIAL.pptx
 
Utopia e Barbárie .
Utopia e Barbárie .Utopia e Barbárie .
Utopia e Barbárie .
 

Mais de Luis Felipe Ulloa Forero

Categorizar los favorables al “NO” que me rodean, para aumentar los favorable...
Categorizar los favorables al “NO” que me rodean, para aumentar los favorable...Categorizar los favorables al “NO” que me rodean, para aumentar los favorable...
Categorizar los favorables al “NO” que me rodean, para aumentar los favorable...Luis Felipe Ulloa Forero
 
Futureo inicial em REI-F(Luis Felipe Ulloa)
Futureo inicial em REI-F(Luis Felipe Ulloa)Futureo inicial em REI-F(Luis Felipe Ulloa)
Futureo inicial em REI-F(Luis Felipe Ulloa)Luis Felipe Ulloa Forero
 
Resgatar uma história (Luis Felipe Ulloa)
Resgatar uma história (Luis Felipe Ulloa)Resgatar uma história (Luis Felipe Ulloa)
Resgatar uma história (Luis Felipe Ulloa)Luis Felipe Ulloa Forero
 
Unir os nove pontos ("Nove pontos e um quadrado")
Unir os nove pontos  ("Nove pontos e um quadrado")Unir os nove pontos  ("Nove pontos e um quadrado")
Unir os nove pontos ("Nove pontos e um quadrado")Luis Felipe Ulloa Forero
 
Introdução na multi-inter-trans disciplina -I- (Luis Felipe Ulloa)
Introdução na multi-inter-trans disciplina -I- (Luis Felipe Ulloa)Introdução na multi-inter-trans disciplina -I- (Luis Felipe Ulloa)
Introdução na multi-inter-trans disciplina -I- (Luis Felipe Ulloa)Luis Felipe Ulloa Forero
 
Curva de empoderamiento- instrumento para planificar (Luis Felipe Ulloa)
Curva de empoderamiento- instrumento para planificar (Luis Felipe Ulloa)Curva de empoderamiento- instrumento para planificar (Luis Felipe Ulloa)
Curva de empoderamiento- instrumento para planificar (Luis Felipe Ulloa)Luis Felipe Ulloa Forero
 
Ruta para empoderamiento desde procesos de cambio *(Luis Felipe Ulloa)
Ruta para empoderamiento desde procesos de cambio *(Luis Felipe Ulloa)Ruta para empoderamiento desde procesos de cambio *(Luis Felipe Ulloa)
Ruta para empoderamiento desde procesos de cambio *(Luis Felipe Ulloa)Luis Felipe Ulloa Forero
 
Somos Pobres O Estamos Pobres (Luis Felipe Ulloa) New
Somos Pobres O Estamos Pobres (Luis Felipe Ulloa) NewSomos Pobres O Estamos Pobres (Luis Felipe Ulloa) New
Somos Pobres O Estamos Pobres (Luis Felipe Ulloa) NewLuis Felipe Ulloa Forero
 
INICIAR LA DISCUSION SOBRE DIAGNÓSTICO SOCIAL (Luis Felipe ULLOA)
INICIAR LA DISCUSION SOBRE DIAGNÓSTICO SOCIAL (Luis Felipe ULLOA)INICIAR LA DISCUSION SOBRE DIAGNÓSTICO SOCIAL (Luis Felipe ULLOA)
INICIAR LA DISCUSION SOBRE DIAGNÓSTICO SOCIAL (Luis Felipe ULLOA)Luis Felipe Ulloa Forero
 

Mais de Luis Felipe Ulloa Forero (9)

Categorizar los favorables al “NO” que me rodean, para aumentar los favorable...
Categorizar los favorables al “NO” que me rodean, para aumentar los favorable...Categorizar los favorables al “NO” que me rodean, para aumentar los favorable...
Categorizar los favorables al “NO” que me rodean, para aumentar los favorable...
 
Futureo inicial em REI-F(Luis Felipe Ulloa)
Futureo inicial em REI-F(Luis Felipe Ulloa)Futureo inicial em REI-F(Luis Felipe Ulloa)
Futureo inicial em REI-F(Luis Felipe Ulloa)
 
Resgatar uma história (Luis Felipe Ulloa)
Resgatar uma história (Luis Felipe Ulloa)Resgatar uma história (Luis Felipe Ulloa)
Resgatar uma história (Luis Felipe Ulloa)
 
Unir os nove pontos ("Nove pontos e um quadrado")
Unir os nove pontos  ("Nove pontos e um quadrado")Unir os nove pontos  ("Nove pontos e um quadrado")
Unir os nove pontos ("Nove pontos e um quadrado")
 
Introdução na multi-inter-trans disciplina -I- (Luis Felipe Ulloa)
Introdução na multi-inter-trans disciplina -I- (Luis Felipe Ulloa)Introdução na multi-inter-trans disciplina -I- (Luis Felipe Ulloa)
Introdução na multi-inter-trans disciplina -I- (Luis Felipe Ulloa)
 
Curva de empoderamiento- instrumento para planificar (Luis Felipe Ulloa)
Curva de empoderamiento- instrumento para planificar (Luis Felipe Ulloa)Curva de empoderamiento- instrumento para planificar (Luis Felipe Ulloa)
Curva de empoderamiento- instrumento para planificar (Luis Felipe Ulloa)
 
Ruta para empoderamiento desde procesos de cambio *(Luis Felipe Ulloa)
Ruta para empoderamiento desde procesos de cambio *(Luis Felipe Ulloa)Ruta para empoderamiento desde procesos de cambio *(Luis Felipe Ulloa)
Ruta para empoderamiento desde procesos de cambio *(Luis Felipe Ulloa)
 
Somos Pobres O Estamos Pobres (Luis Felipe Ulloa) New
Somos Pobres O Estamos Pobres (Luis Felipe Ulloa) NewSomos Pobres O Estamos Pobres (Luis Felipe Ulloa) New
Somos Pobres O Estamos Pobres (Luis Felipe Ulloa) New
 
INICIAR LA DISCUSION SOBRE DIAGNÓSTICO SOCIAL (Luis Felipe ULLOA)
INICIAR LA DISCUSION SOBRE DIAGNÓSTICO SOCIAL (Luis Felipe ULLOA)INICIAR LA DISCUSION SOBRE DIAGNÓSTICO SOCIAL (Luis Felipe ULLOA)
INICIAR LA DISCUSION SOBRE DIAGNÓSTICO SOCIAL (Luis Felipe ULLOA)
 

Último

Slides Lição 10, CPAD, A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja, 1Tr2...
Slides Lição 10, CPAD, A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja, 1Tr2...Slides Lição 10, CPAD, A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja, 1Tr2...
Slides Lição 10, CPAD, A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja, 1Tr2...LuizHenriquedeAlmeid6
 
​Considerando o texto apresentado e o marketing na igreja de Cristo, apresent...
​Considerando o texto apresentado e o marketing na igreja de Cristo, apresent...​Considerando o texto apresentado e o marketing na igreja de Cristo, apresent...
​Considerando o texto apresentado e o marketing na igreja de Cristo, apresent...azulassessoriaacadem3
 
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...azulassessoriaacadem3
 
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...excellenceeducaciona
 
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento Mary Alvarenga
 
2. Qual a extensão dos Direitos Fundamentais às pessoas que se encontram sob ...
2. Qual a extensão dos Direitos Fundamentais às pessoas que se encontram sob ...2. Qual a extensão dos Direitos Fundamentais às pessoas que se encontram sob ...
2. Qual a extensão dos Direitos Fundamentais às pessoas que se encontram sob ...azulassessoriaacadem3
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...azulassessoriaacadem3
 
Chegou o momento de explorar de forma PRÁTICA os conteúdos aprendidos sobre a...
Chegou o momento de explorar de forma PRÁTICA os conteúdos aprendidos sobre a...Chegou o momento de explorar de forma PRÁTICA os conteúdos aprendidos sobre a...
Chegou o momento de explorar de forma PRÁTICA os conteúdos aprendidos sobre a...apoioacademicoead
 
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º anoReprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º anoMariaJoão Agualuza
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...apoioacademicoead
 
Chegou o momento de explorar de forma PRÁTICA os conteúdos aprendidos sobre a...
Chegou o momento de explorar de forma PRÁTICA os conteúdos aprendidos sobre a...Chegou o momento de explorar de forma PRÁTICA os conteúdos aprendidos sobre a...
Chegou o momento de explorar de forma PRÁTICA os conteúdos aprendidos sobre a...apoioacademicoead
 
Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...
Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...
Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...Prime Assessoria
 
Durante a rotina laboratorial, no setor de hematologia, a investigação dos el...
Durante a rotina laboratorial, no setor de hematologia, a investigação dos el...Durante a rotina laboratorial, no setor de hematologia, a investigação dos el...
Durante a rotina laboratorial, no setor de hematologia, a investigação dos el...Prime Assessoria
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...excellenceeducaciona
 
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...Prime Assessoria
 
Como os princípios da Psicopedagogia podem ser aplicados para melhorar a comp...
Como os princípios da Psicopedagogia podem ser aplicados para melhorar a comp...Como os princípios da Psicopedagogia podem ser aplicados para melhorar a comp...
Como os princípios da Psicopedagogia podem ser aplicados para melhorar a comp...azulassessoriaacadem3
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...azulassessoriaacadem3
 
Agora observe a imagem a seguir, onde foi realizada uma lâmina histológica co...
Agora observe a imagem a seguir, onde foi realizada uma lâmina histológica co...Agora observe a imagem a seguir, onde foi realizada uma lâmina histológica co...
Agora observe a imagem a seguir, onde foi realizada uma lâmina histológica co...Prime Assessoria
 
2. De que forma a realidade retratada no curta metragem se relaciona com a at...
2. De que forma a realidade retratada no curta metragem se relaciona com a at...2. De que forma a realidade retratada no curta metragem se relaciona com a at...
2. De que forma a realidade retratada no curta metragem se relaciona com a at...azulassessoriaacadem3
 

Último (20)

Slides Lição 10, CPAD, A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja, 1Tr2...
Slides Lição 10, CPAD, A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja, 1Tr2...Slides Lição 10, CPAD, A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja, 1Tr2...
Slides Lição 10, CPAD, A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja, 1Tr2...
 
​Considerando o texto apresentado e o marketing na igreja de Cristo, apresent...
​Considerando o texto apresentado e o marketing na igreja de Cristo, apresent...​Considerando o texto apresentado e o marketing na igreja de Cristo, apresent...
​Considerando o texto apresentado e o marketing na igreja de Cristo, apresent...
 
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
 
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
 
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
 
2. Qual a extensão dos Direitos Fundamentais às pessoas que se encontram sob ...
2. Qual a extensão dos Direitos Fundamentais às pessoas que se encontram sob ...2. Qual a extensão dos Direitos Fundamentais às pessoas que se encontram sob ...
2. Qual a extensão dos Direitos Fundamentais às pessoas que se encontram sob ...
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
 
Chegou o momento de explorar de forma PRÁTICA os conteúdos aprendidos sobre a...
Chegou o momento de explorar de forma PRÁTICA os conteúdos aprendidos sobre a...Chegou o momento de explorar de forma PRÁTICA os conteúdos aprendidos sobre a...
Chegou o momento de explorar de forma PRÁTICA os conteúdos aprendidos sobre a...
 
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º anoReprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
 
Namorar não és ser don .
Namorar não és ser don                  .Namorar não és ser don                  .
Namorar não és ser don .
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
Chegou o momento de explorar de forma PRÁTICA os conteúdos aprendidos sobre a...
Chegou o momento de explorar de forma PRÁTICA os conteúdos aprendidos sobre a...Chegou o momento de explorar de forma PRÁTICA os conteúdos aprendidos sobre a...
Chegou o momento de explorar de forma PRÁTICA os conteúdos aprendidos sobre a...
 
Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...
Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...
Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...
 
Durante a rotina laboratorial, no setor de hematologia, a investigação dos el...
Durante a rotina laboratorial, no setor de hematologia, a investigação dos el...Durante a rotina laboratorial, no setor de hematologia, a investigação dos el...
Durante a rotina laboratorial, no setor de hematologia, a investigação dos el...
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...
 
Como os princípios da Psicopedagogia podem ser aplicados para melhorar a comp...
Como os princípios da Psicopedagogia podem ser aplicados para melhorar a comp...Como os princípios da Psicopedagogia podem ser aplicados para melhorar a comp...
Como os princípios da Psicopedagogia podem ser aplicados para melhorar a comp...
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
 
Agora observe a imagem a seguir, onde foi realizada uma lâmina histológica co...
Agora observe a imagem a seguir, onde foi realizada uma lâmina histológica co...Agora observe a imagem a seguir, onde foi realizada uma lâmina histológica co...
Agora observe a imagem a seguir, onde foi realizada uma lâmina histológica co...
 
2. De que forma a realidade retratada no curta metragem se relaciona com a at...
2. De que forma a realidade retratada no curta metragem se relaciona com a at...2. De que forma a realidade retratada no curta metragem se relaciona com a at...
2. De que forma a realidade retratada no curta metragem se relaciona com a at...
 

Colonização e Resistência (Luis Felipe Ulloa) / Colonización y Resistencia

  • 1. COLONIZAÇÃO E RESISTÊNCIA Parte 01: Descrição geral Luis Felipe Ulloa Forero Luisfelipeulloa@gmail.com PALESTRINHAS PARA CLASES.... HISTÓRIA DE AMÉRICA III, UFPB. SEMESTRE LEITIVO 2012/2 . DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA, UFPB, JOÃO PESSOA. ATUALIZAÇÃO 13/NOV/2013
  • 2. Colonização Converter o nosso “no seu” Apreciar o nosso com os “seus” olhos Luis Felipe Ulloa F
  • 3. Luis Felipe Ulloa F Formas da colonização + Memória + Misturas
  • 4. Formas da colonização Espionagem Pela Economía Pelo Poderio militar Pela Penetração
  • 5. Luis Felipe Ulloa F 1. Colonização desde a economia A Sensação de Quebra A apropriação direita ou tercerizada (Dentro ou Fora do país) BLOQUEIO EMBARGO
  • 6. 2. Colonização pelo Poderio Militar 1. Derrota com as armas (combate ou massacre) 2. Entrega pelo medo de um poderio militar superior certo 3. Entrega pelo medo de um poderio militar aparentemente superior Depois: Usurpação direta ou tercerizada Luis Felipe Ulloa F
  • 7. Luis Felipe Ulloa F 3. Colonização por Penetração Chegar ao mais íntimo 1. Colonização Intelectual: Pensar como/para eles 2. Colonização Estética: A vida-outra é beleza a nossa não é - não deve ser 3. Colonização dos afetos: Amar o colonizador, amar o que é do colonizador, amar o estado de colonizado, odiar o inimigo do colonizador 4. Colonização da espiritualidade: Acreditar no que eles acreditam ou querem para nós acreditar.
  • 9. A colonização por penetração ocorre na vida cotidiana. Em cada dinâmica comunitária Chegar ao mais íntimo Luis Felipe Ulloa F
  • 10. Como ver a colonização na... 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10. 11. Dinâmica econômica-produtiva Dinâmica do cuidado ambiental Dinâmica pela vida saudável e o pamãxepakirã Dinâmica espiritual-religiosa Dinâmica artística Dinâmica esportiva Dinâmica comemorativa e recreativo-festiva: Dinâmica intelectual Dinâmica de intervenção nos serviços públicos Dinâmica jurídica política Dinâmica para evitar a exclusão, violência e delito
  • 11. Estratégias sob a memória Só memória “boa” é “autorizada”, “aceitável", “decente”, É “história oficial” 1. Afirmar a importancia da “boa” memória 2. Afirmar a des-memória como valor o moda (tempos líquidos) 3. Encurralar as memórias alternativas vivas 1. Eliminar 2. mudar 3. Re-interpretar A historia do povo Luis Felipe Ulloa F
  • 12. Os colonizadores Séc. XX-Séc. XXI TEM… 1. Uma imagen de futuro (Seu futuro) 2. Uma perspectiva global 3. Uma perspectiva de colonizador BUSCAM O AVAL ... 1. … de outros colonizadores 2. … de outros paises colonizados 3. … de seu proprio povo BUSCAM APOIOS DENTRO DO PAIS POR COLONIZAR... 1. de pessoas-chave (intencional ou não) 2. Dos medios (Comunicação) 3. Instituições Luis Felipe Ulloa F
  • 13. Nós resistentes do Séc. XXI… TEMOS construida… 1. Uma imagen de futuro (Seu futuro)? 2. Uma perspectiva global? 3. Uma perspectiva de colonizados-resistentes? BUSCAMOS O AVAL ... 1. … de outros colonizados? 2. … de outros paises colonizados? 3. … de seu proprio povo? BUSCAMOS APOIOS DENTRO DOS PAISES COLONIZADORES... 1. De pessoas-chave ? 2. De latinoamericanos residentes lá? 3. Dos medios (Comunicação)? 4. De Instituições? Luis Felipe Ulloa F
  • 14. Luis Felipe Ulloa F Perguntas sobre os resistentes 1. Resistem…. (Que é “resistir”?) 2. Tentam ganhar ou apenas resistir? 3. Suas ações são locais o locais + latinoamericanas + globais? 4. Estão articulados com outras lutas ou sua fragmentação é muita? 5. Sacrificam a crítica interna para se-proteger?  6. Tem participantes contaminados da perspectiva do colonizador? 
  • 15. PARA REFLETIR… • Que temos de colonização? E de resistência? • Reconhecemos o que há de colonização e de resistência em cada dinâmica comunitário do SAB, hoje? • Como podemos trasgredir a colonização em cada dinâmica comunitaria? Luis Felipe Ulloa F
  • 16. PODE COMBINAR OS SEGUINTES ITENS? Qual é a relação com Colonização? Alemania NAZI Phantasie FANTA Max Keith Sanções 40s -II Guerra “Mondial” E104 Itália 1955