Lágrima de preta- ficha de trabalho

29.539 visualizações

Publicada em

Ficha de trabalho simples sobre o poema "Lágrima de preta", de António Gedeão.

Publicada em: Educação
0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
29.539
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
20.757
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
596
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Lágrima de preta- ficha de trabalho

  1. 1. FICHA DE TRABALHO DE PORTUGUÊS- 7º ANO I- LEITURA *** O TEXTO POÉTICO*** Poema “Lágrima de preta” de António Gedeão 1 5 10 15 20 Encontrei uma preta que estava a chorar, pedi-lhe uma lágrima para a analisar. Recolhi a lágrima com todo o cuidado num tubo de ensaio bem esterilizado. Olhei-a de um lado, do outro e de frente: tinha um ar de gota muito transparente. Mandei vir os ácidos, as bases e os sais, as drogas usadas em casos que tais. Ensaiei a frio, experimentei ao lume, de todas as vezes deu-me o que é costume: nem sinais de negro, ___________________________________________________________________________________________________________________________________________ Sede - Escola Básica e Secundária de Felgueiras, Pombeiro de Ribavizela  Rua de Pombeiro de Ribavizela, 600 - 4610-642 POMBEIRO DE RIBAVIZELA 255340310 - Fax: 255340319 e-mail: A.E.Lagares.FLG@gmail.com
  2. 2. nem vestígios de ódio. Água (quase tudo) e cloreto de sódio. 1. Este poema tem sido considerado desde sempre como uma denúncia do racismo. 1.1. Explica porquê. 2. Justifica o comportamento da “preta” referida na primeira estrofe. 3. Transcreve todas as palavras ou expressões que se relacionam, pelo sentido, com uma experiência científica. 4. Identifica os versos que, na última estrofe, mostram que a humanidade é só uma. 5. Faz a análise formal do poema, respondendo às questões: 5.1. Como classificas as estrofes? 5.2. Qual é o tipo de rima? ___________________________________________________________________________________________________________________________________________ Sede - Escola Básica e Secundária de Felgueiras, Pombeiro de Ribavizela  Rua de Pombeiro de Ribavizela, 600 - 4610-642 POMBEIRO DE RIBAVIZELA 255340310 - Fax: 255340319 e-mail: A.E.Lagares.FLG@gmail.com
  3. 3. 5.3. Na primeira estrofe, a rima é rica ou pobre? 5.4. A rima entre as palavras “chorar” (v. 2) e “analisar” (v. 4) é consoante ou toante? 5.5. Faz o esquema rimático da primeira estrofe. II PRODUÇÃO ESCRITA Observa o cartoon ao lado e faz uma breve reflexão sobre as semelhanças e diferenças com o poema que acabaste de analisar. BOM TRABALHO!!!!!!!!!!!! A PROFESSORA: Lucinda Cunha ___________________________________________________________________________________________________________________________________________ Sede - Escola Básica e Secundária de Felgueiras, Pombeiro de Ribavizela  Rua de Pombeiro de Ribavizela, 600 - 4610-642 POMBEIRO DE RIBAVIZELA 255340310 - Fax: 255340319 e-mail: A.E.Lagares.FLG@gmail.com
  4. 4. Proposta de correção (algumas questões- e respostas- foram retiradas do manual “Entre Palavras 7”, Sebenta) 1. Este poema tem sido, justamente, considerado como uma denúncia do racismo porque mostra, através da análise de uma lágrima, como todas as lágrimas são iguais, logo todos os seres humanos são iguais. 2. O comportamento da “preta” justifica-se, pois, historicamente, a discriminação racial atinge essencialmente a população de raça negra. Como se sabe através da História, os negros sofreram a escravatura. Por outro lado, quando este poema foi publicado, Portugal era uma potência colonial: o racismo exercia-se sobre os negros, em África, e não só nas ex- colónias portuguesas. 3. analisar/ tubo de ensaio/ esterilizado/ ácidos/ bases/ sais/ drogas/ ensaiei a frio/ experimentei ao lume/ água/cloreto de sódio. 4. Os dois últimos versos. 5. 5.1. Quadras; 5.2. Cruzada; 5.3. Pobre; 5.4. Consoante; 5.5. ABCB. II- Resposta livre Tópicos: Tanto o poema como o cartoon abordam a mesma temática: racismo ou discriminação; No poema o racismo parte da diferença de cor, no cartoon a causa da discriminação é a religião. ___________________________________________________________________________________________________________________________________________ Sede - Escola Básica e Secundária de Felgueiras, Pombeiro de Ribavizela  Rua de Pombeiro de Ribavizela, 600 - 4610-642 POMBEIRO DE RIBAVIZELA 255340310 - Fax: 255340319 e-mail: A.E.Lagares.FLG@gmail.com

×