Ficha de trabalho para 8º ano de PCA

10.989 visualizações

Publicada em

Ficha de trabalho direcionada para 8º ano de PCA, elaborada a partir de um conto coreano .

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Ficha de trabalho para 8º ano de PCA

  1. 1. 8º D2- PERCURSO CURRICULAR ALTERNATIVO FICHA Nº 1 I Lê o texto com atenção e responde às questões com frases completas: ***UM CONTO DA ÁSIA*** As sete estrelas da Ursa Maior 1 5 10 15 20 25 30 35 A bondade, por muito que se queira esconder, há-de sempre vir ao de cima. Como nesta fábula que os naturais da Coreia contam sobre uma velhinha e os seus filhos. Há muitos, muitos anos, havia uma viúva velhinha que morava com os seus sete filhos numa zona rural a leste de Seul (Coreia do Sul), nas margens de uma ribeira. Os filhos adoravam a mãe. Antes de o Inverno chegar, os filhos costumavam ir todos os anos à serra ali em frente cortar lenha para manter a fogueira acesa na loja por debaixo da casa. Pensavam que o chão assim quentinho pudesse permitir à velha mãe dormir uns bons sonos. Mas, apesar de todos estes esforços, a mãe tinha sempre frio e o seu rosto macilento toldava-se de uma profunda, inexplicável tristeza. Quanto mais os jovens deitavam lenha no lume, mais e velha mãe parecia ter frio. Até mesmo durante o Verão, quando fazia muito calor lá fora, a mãe tremia de frio. Certa noite, o filho mais velho, acordou de repente com uma estranha sensação. Levantou-se e foi ver como estava a mãe, mas o quarto dela estava vazio. Bastante preocupado, o jovem voltou para a cama e fingiu dormir; mas, na realidade, os seus ouvidos estavam atentos ao mais pequeno ruído de passos. Eis senão quando, pouco antes do amanhecer, a mãe regressou a casa, caminhando de mansinho para não acordar os filhos. Na noite seguinte, quando a mãe saiu de casa com um saco na mão, o filho mais velho seguiu-a de longe, curioso de saber para onde ela ia. Em pleno Inverno, a natureza em redor parecia morta. Ao chegar às últimas casas da aldeia na margem da ribeira, a mulher levantou um pouco as saias e começou a atravessar as águas geladas em direcção à margem oposta, enquanto se ia lamentando: «Meu Deus, que gelada que está! Que frio! Que frio!» Aí chegada, deteve-se em frente de uma cabana em ruínas e, batendo à porta, começou a dizer baixinho: «Pai, pai, abre!» Apareceu então à porta um velhinho, que a convidou a entrar. Era um pobre ancião viúvo, muito conhecido nas redondezas, que ganhava uns cobres, que mal lhe davam para sobreviver, fazendo cestas de vimes. O jovem compreendeu então os sentimentos do nobre coração da mãe. Regressou rapidamente a casa, acordou os irmãos e, juntos, começaram a levar para a ribeira grandes pedregulhos, para fazerem uma passadeira, a fim de que a mãe pudesse atravessá-la sem molhar os pés. Depois regressaram a casa e, deitando-se nas esteiras, adormeceram como se nada tivesse acontecido. Quando a velha mãe saiu da cabana para regressar a casa, reparou naqueles pedregulhos, que nunca tinha visto ali. Mas nunca imaginou que fossem os filhos a levá-los para lá. A velhinha sentiu nascer-lhe no coração uma profunda gratidão e rezou assim: «Deuses do céu, 1
  2. 2. 40 fazei com que aqueles que esta obra executaram tenham a dita de se tornarem as sete estrelas do Norte!» Como recompensa da sua bondade, os sete amorosos filhos, quando morreram, foram sendo transformados pelos deuses nas sete estrelas da Ursa Maior, constelação que no Ocidente indica o Norte. In http://www.alem-mar.org 1. Localiza temporal e espacialmente a ação. _________________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________________ 2. Como descreves a relação entre a viúva velhinha e os seus sete filhos? _________________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________________ 2.1. O número sete é especialmente simbólico. Assim, faz uma pesquisa sobre as inúmeras expressões onde este número surja (como, por exemplo, sete dias da semana ou sete pecados mortais). Tens sete linhas para preencher! _________________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________________ 3. Porque é que os filhos da velhinha se preocupavam com ela? _________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________ 4. Que atitude estranha da velhinha fez com que um dos filhos a seguisse? _________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________ 5. Seleciona os adjetivos corretos que concluem a frase seguinte: A atitude dos filhos da velhinha, quando descobriram o seu segredo, mostra que eles eram · ambiciosos  · compreensivos  · bondosos  · imaturos  · egoístas · atentos  · preocupados  · generosos  2
  3. 3. II 1. Atenta na frase e sublinha a expressão que desempenha a função sintática de complemento direto: Os filhos adoravam a mãe. (l. 4) 1.1. Substitui o complemento direto que identificaste por um pronome pessoal. ___________________________________________________________________________________ 1.2. Identifica o tempo no qual se encontra a forma verbal, selecionando a opção correta: a) presente do indicativo.  b) pretérito imperfeito do indicativo.  c) futuro do indicativo.  1.3. O sujeito da frase é simples, composto ou nulo? _______________________________________ 1.3.1. Reescreve a frase substituindo o sujeito por um pronome. ___________________________________________________________________________________ 2. Completa o quadro seguinte com as formas verbais do modo indicativo: Verbos Presente Pretérito Perfeito Pretérito Imperfeito Futuro comer Eu como Tu Ela Nós sair Tu Nós saímos Eles Eu chegar Vós Eles Eu chegava Tu morrer Eles Eu Nós Vós morrereis 3. Associa os elementos sublinhados na coluna A às classes de palavras presentes na coluna B. A B a) Ela saiu de casa durante a noite. ___ b) Os filhos preocupavam-se bastante. ___ c) Um dia, apareceram umas pedras no rio. ___ d) Aquela estrela brilha mais que as outras. ___ e) Os filhos transformaram-se em belas estrelas. ___ f) Esta lenda tem origem na Ásia. ___ g) Os filhos eram muito amorosos. ___ h) De noite ninguém a via. ___ i) Evidentemente , os filhos amavam a mãe! ___ j) Há lendas muito interessantes! 1. Nome 2. Adjetivo 3. Verbo 4. Pronome 5. Preposição 6. Advérbio 7. Determinante 3.1. Distribui os nomes apresentados pela subclasse correspondente: Ásia, mulher, estrela, constelação, pedra, rio, turma, biblioteca, Sara, filhos: Nomes próprios Nomes comuns contáveis Nomes comuns coletivos contáveis 3
  4. 4. 4. Completa as frases que se seguem com adjetivos no grau normal. a) Gostei deste conto porque é ___________________________________. b) Para os seus filhos, a velhinha era _________________________________. c) Aquelas estrelas são mesmo _________________________________! 4.1. Atenta na frase: “O jovem compreendeu então os sentimentos do nobre coração da mãe.” (l. 28) 4.1.1. Qual é a forma correta do adjetivo “nobre” no grau superlativo absoluto sintético? nobríssimo  nobilíssimo  nobrérrimo  4.2. Regista o grau superlativo absoluto sintético dos adjetivos apresentados: pequeno __________________________________________ simpático _________________________________________ feliz ______________________________________________ pobre _____________________________________________ rico _______________________________________________ 5. Dos conjuntos de frases simples que se seguem, faz uma complexa, como no exemplo: O menino caiu. O menino chorou. O menino caiu e chorou. a) Estou com febre. Vou passear. _________________________________________________________ b) Gostas mais de carne? Preferes peixe? __________________________________________________ c) Sei jogar ténis. Sei tocar piano. ________________________________________________________ d) Cheguei atrasado à aula. O despertador não tocou. ________________________________________ ______________________________________________________________________________________ 5.1. Das frases anteriores, em qual delas se verifica uma alternativa? _____________ 5.2. Em que alínea se verifica uma relação de causa e efeito? ____________ A DOCENTE: Lucinda Cunha 4
  5. 5. PROPOSTA DE CORREÇÃO I 1. A ação situa-se numa zona rural, a leste de Seul, na Coreia do Sul, há muitos anos. 2. A relação entre a mãe e os seus sete filhos era muito positiva, pois eles gostavam tanto dela que se preocupavam bastante com o seu bem-estar e a sua felicidade. 2.1. Sete sacramentos; sete notas musicais; Deus criou o mundo em sete dias; sete cores do arco-íris; o gato tem sete vidas; ter a manha de sete raposas; Lisboa tem sete colinas; 3. Eles preocupavam-se porque a mãe estava sempre com frio e com um ar muito triste. 4. Como se preocupava muito com a mãe, um dos filhos, certa noite, foi ao quarto ver como ela estava e apercebeu-se de que tinha saído sem que ninguém notasse. 5. compreensivos;bondosos; atentos;preocupados; generosos II 1. a mãe 1.1. Os filhos adoravam-na. 1.2. b 1.3. simples 1.3.1. Eles adoravam a mãe. 2. Verbos Presente Pretérito Perfeito Pretérito Imperfeito Futuro comer Eu como Tu comeste Ela comia Nós comeremos sair Tu sais Nós saímos Eles saíam Eu sairei chegar Vós chegais Eles chegaram Eu chegava Tu chegarás morrer Eles morrem Eu morri Nós morríamos Vós morrereis 3. a) 4 b) 1 c) 3 d) 7 e) 4 f) 1 g) 2 h) 5 i) 6 j) 3 3.1. Nomes próprios Nomes comuns Nomes comuns coletivos 5
  6. 6. contáveis contáveis Ásia Sara mulher rio estrela filhos pedra constelação turma biblioteca 4. Gostei deste conto porque é bonito/ interessante/ instrutivo… Para os seus filhos, a velhinha era importante/ especial/ amorosa… Aquelas estrelas são mesmo lindas/ brilhantes/ enormes… 4.1.1. nobilíssimo 4.2. pequeníssimo; simpatiquíssimo; felicíssimo; paupérrimo; riquíssimo 5. a) Estou com febre, mas vou passear. b) Gostas mais de carne ou preferes peixe? c) Não só sei jogar ténis, como também sei tocar piano. / Sei jogar ténis e tocar piano. d) Cheguei atrasado à aula porque o despertador não tocou. 5.1. b 5.2. d 6
  7. 7. contáveis contáveis Ásia Sara mulher rio estrela filhos pedra constelação turma biblioteca 4. Gostei deste conto porque é bonito/ interessante/ instrutivo… Para os seus filhos, a velhinha era importante/ especial/ amorosa… Aquelas estrelas são mesmo lindas/ brilhantes/ enormes… 4.1.1. nobilíssimo 4.2. pequeníssimo; simpatiquíssimo; felicíssimo; paupérrimo; riquíssimo 5. a) Estou com febre, mas vou passear. b) Gostas mais de carne ou preferes peixe? c) Não só sei jogar ténis, como também sei tocar piano. / Sei jogar ténis e tocar piano. d) Cheguei atrasado à aula porque o despertador não tocou. 5.1. b 5.2. d 6

×