PROFESSOR JOSEMAR ADEMAR – HISTÓRIA                                  1- Guerra de movimento: momentos iniciais do conflito...
 A razão desta invasão foi o fato da Polônia ter conseguido (através    períodos da história humana. Entre os principais ...
Um texto pode ser constituído apenas de linguagem             Interpretação de textos não verbais e mistosverbal, como oco...
Considere o título de um texto jornalístico transcrito a seguir:          Veja os exemplos a seguir:Velloso diz que ACM nã...
IV. O encontro de duas massas de ar de características térmicas(A) reencantar a vida pelo mistério com que os fatos banais...
E) reúnem poucas reservas de recursos minerais e possuem mão           coletividades para lugares próximos e distantes, en...
agrupamento, em nível ministerial. As Cortes Supremas assinaram       a) Qual é a altura máxima que a bola atinge após dua...
não abrange mais de 30 páginas impressas, é um modelo de                Continuando a análise, Mendel contou que em F², o ...
Imagine que, em uma certa espécie animal, a cor dos pêlos sejadeterminada por um par de genes alelos A e a, no qual o gene...
enquanto as plantas Vv podem produzir descendentes de flores           No Mundobrancas.                                   ...
2 GERAÇÃO                                                              matéria-prima ser abundante e facilmente encontrada...
E)        A importância geopolítica do Brasil foi revigorada, desde oinício deste século, devido à redescoberta do potenci...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Material escrito aulão sao mateus os especialistas

1.975 visualizações

Publicada em

MATERIAL ESCRITO DO 2º AULÃO, OS ESPECIALISTAS

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.975
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Material escrito aulão sao mateus os especialistas

  1. 1. PROFESSOR JOSEMAR ADEMAR – HISTÓRIA 1- Guerra de movimento: momentos iniciais do conflito. O jogo de Alianças e as hostilidades arrastaram vários países para o OS MAIORES CONFLITOS DO SÉCULO XX. conflito 1 – PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL (1914-1918). 2- Guerra de Trincheiras: consistia na construção de trincheiras FATORES: pelos alemães em solo francês. Nesse momento foram O mundo encontrava-se dividido e submisso às grandes potências introduzidas novas armas como as metralhadoras e os tanques. européias e aos Estados Unidos. Não existiam mais territórios Ofensivas. sem dono e as grandes potências brigavam entre si na tentativa  Em 1915, Japão e Itália entraram na guerra, porém, o primeiro se de expandir suas áreas de dominação econômica e política. retirou do conflito após tomar os territórios alemães na China e A Revolução Industrial trouxe transformações importantes para a algumas colônias. economia capitalista: surgiram as máquinas elétricas e os motores a combustão. As indústrias mais importantes extraiam  Os EUA vendiam alimentos, combustível, produtos industriais e petróleo, fabricavam aço, máquinas e navios. máquinas para a França e a Inglaterra. Tudo pelo sistema de crediário (“compre agora e pague depois da guerra”). A competição capitalista estimulou o crescimento de algumas empresas; porém, levou ao fracasso muitas outras. Empresas  Em março de 1917, os alemães afundaram alguns navios mais fracas foram compradas ou faliram, enquanto que as americanos que iam comerciar com a Inglaterra e no dia 6 de grandes ficaram maiores ainda. abril o Congresso americano votava favoravelmente a declaração de guerra à Alemanha. Os chamados monopólios (grandes empresas) passaram a controlar os grandes setores da economia. Tais empresas  O presidente dos EUA (Woodrow Wilson), em 1918, levou essas queriam crescer e enriquecer cada vez mais. Desejavam ideias ao Congresso no chamado “Programa dos 14 Pontos”. matérias-primas (minério, algodão, cacau), mão-de-obra barata (para trabalhar nas minas com salários reduzidos e lucros para  Em março de 1918 (após a revolução socialista) o governo russo os patrões) e mercados consumidores. assinava a paz com a Alemanha e se retirava da guerra. Para conseguir tudo isso as empresas (monopólios) precisavam  Em 1918, a Alemanha foi transformada em República e o novo investir capital em outros lugares do mundo e criar impérios governo aceitou o armistício dando por encerrado o conflito. econômicos (principalmente em países de economia mais frágil) e tudo isso com a ajuda de seus respectivos governos.  Em 1919, iniciou-se a Conferência de Paris (no Palácio de Versalhes), onde seriam tomadas as decisões diplomáticas do Economistas alemães e ingleses do início do século XX chamaram pós-guerra. Os 27 países “vencedores” participaram da essa nova fase do capitalismo mundial de Imperialismo. conferência. Esse choque de imperialismos acabou deflagrando a Primeira  O Tratado de Versalhes colocou de lado o “Programa dos 14 Grande Guerra. Pontos” e os “vencedores” impuseram duras penalidades à No começo do século XX, a indústria alemã estava ultrapassando a Alemanha: inglesa. Tanto alemães quanto ingleses não queriam competir no - A Alemanha perdeu suas colônias; mercado e para acabar de vez com a concorrência, seus - Ficou proibida de ter forças armadas; governos decidiram que uma guerra seria muito bem-vinda. - Foi considerada culpada pela guerra; - Teve que pagar uma indenização aos “vencedores”. A imprensa foi fundamental, e cada país usava os jornais para  Com tudo isso, a Alemanha perdeu muito dinheiro e mergulhou na tentar destruir moralmente o outro. maior crise econômica de sua história.  Na Alemanha, não havia mais imperador, agora o país era uma Em 1871, a Alemanha se tornou um país unificado. república democrática e esse período foi chamado de “República de Weimar” que durou até 1933, quando os nazistas tomaram o A França foi obrigada a entregar a região de Alsácia-Lorena, fato poder impondo um regime ditatorial. que levou os franceses a quererem vingança.  Até então, essa foi a pior guerra que o mundo conhecera, foram 9 milhões de mortos e além deles, 6 milhões de soldados voltaram Os países disputavam novas colônias. mutilados.  Os EUA tornaram-se o país mais rico do mundo. A situação se agravou ainda mais quando o arquiduque Francisco  O desemprego aumentou na Europa Ferdinando (herdeiro do trono austríaco) visitou Sarajevo e foi assassinado. Esse fato é considerado a causa imediata da 2 – SEGUNDA GUERRA MUNDIAL (1939-1945). Primeira Guerra. FATORES:  Podemos dizer que uma das principais causas da Segunda Grande Vários outros fatores também contribuíram para o advento da Guerra foi o Tratado de Versalhes. Isso é claro, trouxe revolta guerra. aos alemães, que consideraram estas obrigações uma 1º A construção da estrada de ferro Berlin-Bagdá: sua construção verdadeira humilhação. colocaria à disposição da Alemanha os lençóis petrolíferos do Golfo Pérsico e os mercados orientais, além de ameaçar as rotas O INÍCIO DA GUERRA de comunicação entre a Inglaterra e seu Império.  Uma guerra entre Aliados e as Potências do Eixo. 2º Pan-Eslavismo Russo (união de todos os povos eslavos sob a  China, França, Grã-Bretanha, União Soviética e EUA formavam os proteção da Rússia): o Pan-Eslavismo servia de justificativa para Aliados. os interesses imperialistas da Rússia de dominar regiões da  Alemanha, Japão e Itália formavam as Potências do Eixo. Estes Europa Oriental habitadas por outros povos eslavos (poloneses, últimos tinham governos fascistas e tinham por objetivo dominar ucranianos, tchecos, eslovacos, sérvios, búlgaros, croatas…). os povos, que na opinião deles eram inferiores, e construir 3º A Alemanha e a Itália eram imperialistas, queriam e grandes impérios. precisavam de colônias, para isso precisariam tomar as colônias  Os fascistas acreditavam que a democracia era um regime fraco e de outros países, já que não havia mais quase locais para serem incapaz de resolver a crise econômica. dominados. 4º Crises no Marrocos: alemães, ingleses e franceses  PRINCIPAIS DITADORES FASCISTAS disputavam essa área.  Benito Mussolini: Itália.  Hitler: Alemanha. FORMAÇÃO DAS ALIANÇAS.  Franco: Espanha. - Tríplice Entente (Inglaterra, França e Rússia).  Na Alemanha, Hitler queria formar uma “raça ariana”, ou seja, uma raça superior a todas as outras. - Tríplice Aliança (Alemanha, Império Austro – Húngaro e Itália)  O início da guerra se deu quando Hitler invadiu a Polônia em A primeira guerra dividiu-se em 3 fases: setembro de 1939.
  2. 2.  A razão desta invasão foi o fato da Polônia ter conseguido (através períodos da história humana. Entre os principais fatores que do Tratado de Versalhes) a posse do porto de Dantzig. Hitler não estiveram na origem dos conflitos ocorridos durante a primeira queria isso, ele queria que Dantzig fosse incorporada à metade do século XX estão: Alemanha. Nos primeiros anos da guerra, as Potências do Eixo levaram A. a crise do colonialismo, a ascensão do nacionalismo e do vantagem. totalitarismo. A Alemanha tomou a Polônia, Bélgica, Noruega, Dinamarca e B. o enfraquecimento do império britânico, a Grande Depressão e Holanda. a corrida nuclear. Em 1940 a França se rendeu e em seguida foi a vez da Romênia, C. o declínio britânico, o fracasso da Liga das Nações e a Grécia e Iugoslávia. Revolução Cubana. A Inglaterra foi bombardeada, porém resistiu. D. a corrida armamentista, o terceiro-mundismo e o Em 1941, o Japão atacou Pearl Harbor e partia para dominar a expansionismo soviético. Ásia. Dias depois Hitler declarava guerra aos EUA. E. a Revolução Bolchevique, o imperialismo e a unificação da A entrada dos americanos na guerra reforçou o lado dos Aliados, Alemanha. pois os EUA possuíam uma variedade de recursos bélicos. 03. Os regimes totalitários da primeira metade do século XX Ao ordenar o ataque à URSS, os nazistas se depararam com uma apoiaram-se fortemente na mobilização da juventude em torno da grande muralha ofensiva e pela 1ª vez se sentiram acuados. defesa de ideias grandiosas para o futuro da nação. Nesses projetos, os jovens deveriam entender que só havia uma pessoa AS PERDAS NAZISTAS E O FIM DA GUERRA digna de ser amada e obedecida, que era o líder. Tais O final da guerra começou quando Hitler deslocou suas tropas em movimentos sociais juvenis contribuíram para a implantação e a direção ao Cáucaso, fonte de petróleo da URSS, pois foi nessa sustentação do nazismo, na Alemanha, e do fascismo, na Itália, região que aconteceu a Batalha de Stalingrado (entre setembro Espanha e Portugal. A atuação desses movimentos juvenis de 1942 e fevereiro de 1943), que deixou mais de um milhão de caracterizava-se: nazistas mortos. A Batalha de Stalingrado é considerada a maior derrota alemã na guerra. A. pelo sectarismo e pela forma violenta e radical com que Todas estas vitórias trouxeram conflitos internos entre os fascistas enfrentavam os opositores ao regime. e estas divergências acabaram por afastar Mussolini do poder. B. pelas propostas de conscientização da população acerca dos seus direitos como cidadãos. No dia 6 de junho de 1944 – chamado o Dia D – os aliados C. pela promoção de um modo de vida saudável, que mostrava tomaram a Normandia e o cerco alemão sobre a França foi os jovens como exemplos a seguir. vencido. D. pelo diálogo, ao organizar debates que opunham jovens Em agosto os Aliados libertaram Paris. idealistas e velhas lideranças conservadoras. Em abril de 45, tropas aliadas – americanas, inglesas e russas – E. pelos métodos políticos populistas e pela organização de invadiram a Alemanha. comícios multitudinários. Mussolini foi capturado ao tentar fugir para a Suíça. Ele foi condenado ao fuzilamento. Sua morte se deu no dia 28 de abril 04. Os Tratados de Paz assinados ao fim da Primeira Guerra de 1945, 2 dias depois Hitler se suicida e no dia 8 de maio a Mundial "aglutinaram vários povos num só Estado, outorgaram a Alemanha se rende. alguns o status de povos estatais e lhes confiaram o governo, No dia 6 de agosto de 1945, os EUA jogaram uma bomba atômica supuseram silenciosamente que os outros povos nacionalmente em Hiroshima e 3 dias depois, foi a vez de Nagasaki ser compactos (como os eslovacos na Tchecoslováquia ou os destruída pela bomba. croatas e eslovenos na Iugoslávia) chegassem a ser parceiros no Os nazistas eram anti-semitas. Eles odiavam judeus e queriam governo, o que naturalmente não aconteceu e, com igual eliminá-los para garantir a superioridade da raça ariana. arbitrariedade, criaram com os povos que sobraram um terceiro Milhares de soldados brasileiros foram lutar na guerra, que ao grupo de nacionalidades chamadas minorias, acrescentando voltarem para o Brasil foram considerados heróis. assim aos muitos encargos dos novos Estados o problema de A guerra terminou em 1945 e deixou para trás mais de 40 milhões observar regulamentos especiais, impostos de fora, para uma de mortos e cidades em ruínas, fora os que ficaram mutilados, parte de sua população. (... ) Os Estados recém-criados, por sua sem moradia e sem família. vez, que haviam recebido a independência com a promessa de Os Aliados instauraram o Tribunal de Nuremberg para julgar os plena soberania nacional, acatada em igualdade de condições fascistas por crimes de guerra. com as nações ocidentais, olhavam os Tratados das Minorias Logo após a guerra foi fundada a ONU (Organização das Nações como óbvia quebra de promessa e como prova de Unidas), localizada em Nova York. discriminação." (Hannah Arendt, AS ORIGENS DO Uma das maiores consequências da Segunda Guerra foram à TOTALITARISMO) rivalidade entre esses dois países, rivalidade esta, que resultou A alternativa mais condizente com o texto é: na Guerra Fria. a) após a Primeira Guerra, os Tratados de Paz estabelecidos QUESTÕES solaparam a soberania e estabeleceram condicionamentos aos novos Estados do Leste europeu através dos Tratados das 01. Os três tipos de poder representam três diversos tipos de Minorias, o que criou condições de conflitos entre diferentes motivações: no poder tradicional, o motivo da obediência é a povos reunidos em um mesmo Estado. crença na sacralidade da pessoa do soberano; no poder racional, b) o surgimento de novos Estados-nações se fez respeitando as o motivo da obediência deriva da crença na racionalidade do tradições e instituições dos povos antes reunidos nos impérios comportamento conforme a lei; no poder carismático, deriva da que desapareceram com a Primeira Guerra Mundial. crença nos dotes extraordinários do chefe. c) os Tratados de Paz e os Tratados das Minorias BOBBIO, N. Estado, Governo, Sociedade: para uma teoria geral restabeleceram, no mundo contemporâneo, o sistema de da política. dominação característico da Idade Média. São Paulo: Paz e Terra, 1999 (adaptado). d) apesar dos Tratados de Paz estabelecidos depois da Primeira Guerra terem tido algumas características arbitrárias em relação O texto apresenta três tipos de poder que podem ser aos novos Estados-nações do Leste europeu, o desenvolvimento identificados em momentos históricos distintos. Identifique o histórico destas regiões demonstra que foi possível uma período em que a obediência esteve associada convivência harmoniosa e gradativamente ocorreu a integração predominantemente ao poder carismático: entre as minorias e as maiorias nacionais. e) os Tratados de Paz depois da Primeira Guerra conseguiram A. República Federalista Norte-Americana. satisfazer os vários povos do Leste europeu. O que perturbou a B. República Fascista Italiana no século XX. convivência harmoniosa foi o movimento de refugiados das C. Monarquia Teocrática do Egito Antigo. revoluções comunistas. D. Monarquia Absoluta Francesa no século XVII. E. Monarquia Constitucional Brasileira no século XIX. PROFESSOR JOÃO LUCAS – PORTUGUES 02. A primeira metade do século XX foi marcada por conflitos e Configuração textual processos que a inscreveram como um dos mais violentos
  3. 3. Um texto pode ser constituído apenas de linguagem Interpretação de textos não verbais e mistosverbal, como ocorre com a notícia, a carta ou a anedota; nessecaso, ele é chamado de texto verbal. Também pode serconstituído de linguagem visual, como a fotografia e a pintura; oude linguagem musical, como uma música; ou da linguagem dadança, como um espetáculo de balé. Nesses casos, ele échamado de texto não verbal. E pode, ainda, ser constituído pelocruzamento de mais de uma linguagem, como, por exemplo, daslinguagens verbal e visual, como os gráficos, as histórias emquadrinhos, o cinema. Nesses casos, temos os textos emlinguagem mista.Gráficos e estatísticas Um tipo de linguagem que tem se tornado cada vezmais presente nos exames vestibulares é a dos gráficos e a dosdados estatísticos. Tal presença marca a intenção de osexaminadores verificarem em que medida os candidatos sãocapazes de reconhecer e analisar informações apresentadas emdiferentes linguagens.ENEM Conhecimento de mundo O nosso conhecimento de mundo desempenha um papel decisivo no estabelecimento da coerência: se o texto falar de coisas que absolutamente não conhecemos, será difícil calcularmos o seu sentido e ele nos parecerá destituído de coerência. É o que aconteceria a muitos de nós se nos defrontássemos com um tratado de física quântica.O gráfico e a frase acima, tirados de um jornal, estão ambosrelacionados à evolução média da violência no Estado de SãoPaulo. A associação entre estas duas linguagens – a gráfica e aescrita – permite concluir que, percentualmente,(A) a capital tornou-se mais rica.(B) as cidades do interior enriqueceram e “atraíram” roubos.(C) a região metropolitana enriqueceu e o crime se estabilizou. Identificação de pressupostos e subentendidos(D) diminui, em geral, a criminalidade no Estado.(E) diminui especialmente a incidência de roubos no Estado. Leitor perspicaz é aquele que consegue ler nasENEM entrelinhas. Caso contrário, ele pode passar por cima de significados importantes e decisivos ou – o que é pior – podePara convencer a população local da ineficiência da Companhia concordar com coisas que rejeitaria se as percebesse.Telefônica Vilatel na expansão da oferta de linhas, um político Não é preciso dizer que alguns tipos de texto exploram,publicou no jornal local o gráfico I, abaixo representado. A com malícia e com intenções falaciosas, esses aspectosCompanhia Vilatel respondeu publicando dias depois o gráfico II, subentendidos e pressupostos.onde pretende justificar um grande aumento na oferta de linhas. Que são pressupostos? São aquelas ideias nãoO fato é que, no período considerado, foram instaladas, expressas de maneira explícita, mas que o leitor pode perceber aefetivamente, 200 novas linhas telefônicas. partir de certas palavras ou expressões contidas na frase. Assim, quando se diz “Pedro deixou de fumar” diz-se explicitamente que, no momento da fala, Pedro não fumava. O verbo “deixar”, todavia, transmite a informação implícita de que Pedro fumava antes.Analisando os gráficos, pode-se concluir que(A) o gráfico II representa um crescimento real maior do que o dográfico I.(B) o gráfico I apresenta o crescimento real, sendo o II incorreto.(C) o gráfico II apresenta o crescimento real, sendo o gráfico Iincorreto. Os subentendidos são as insinuações escondidas por(D) a aparente diferença de crescimento nos dois gráficos trás de uma afirmação. Quando um transeunte com um cigarrodecorre da escolha das diferentes escalas. na mão pergunta: você tem fogo?, acharia muito estranho se(E) os dois gráficos são incomparáveis, pois usam escalas você dissesse: tenho e não lhe acendesse o cigarro. Na verdade,diferentes. por trás da pergunta subentende-se: Acenda-me o cigarro por favor.
  4. 4. Considere o título de um texto jornalístico transcrito a seguir: Veja os exemplos a seguir:Velloso diz que ACM não é homem de bemSILVANA DE FREITAS da Sucursal de Brasília O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal),ministro Carlos Velloso, sugeriu ontem que o presidente doSenado, Antônio Carlos Magalhães (PFL-BA), não é um "homem Sobre o emprego da forma verbal “lidera” no texto, assinale ade bem" e afirmou que evitará novos bate-bocas com o afirmativa CORRETA.parlamentar. A) O modo imperativo está apropriado ao diálogo que é "Daqui para frente, eu vou deixar que esse senhor fale estabelecido com o leitor.sozinho. Esse é o conselho, aliás, que tenho recebido de colegas B) O tempo (futuro do presente) tem relação com o carátere de inúmeras pessoas de bem. Afinal, eu tenho mais o que contemporâneo do texto jornalístico.fazer." C) A pluralização de dois termos impõe a flexão no singular da A declaração foi dada por meio de nota à imprensa três forma verbal para obter um efeito mais harmonioso na frase.dias após o último ataque do senador. Na quinta-feira, Velloso D) A flexão em desacordo com “transportes” pode estarhavia dito que fala porque tem "boca". No dia seguinte, ACM associada a uma ideia de singularidade, como em “ministério”afirmara: "Se ele disse que fala porque tem boca, é lamentável (dos transportes).que ele tenha”. E) A escolha de uma flexão em desarmonia com o termo Ontem, o ministro reafirmou que não aceita ser julgado responsável pela ação verbal pretende aproximação com o estilopelo senador, sugerindo que ACM não seria um homem de bem. formal da língua. "Esse senhor, eu já disse mais de uma vez, não tem A linguagem literáriacondições para julgar os meus atos. Não me interessa o que elepensa a meu respeito. Interessa-me, o que também já declarei, o Subi a porta e fechei a escada.julgamento dos homens de bem, nada mais." Tirei minhas orações e recitei meus sapatos. A polêmica entre os dois surgiu porque Velloso disse Desliguei a cama e deitei-me na luzque a proposta de emenda constitucional que institui acontribuição previdenciária dos servidores inativos poderá ser Tudo porquerejeitada pelo STF. ACM considerou que o ministro estava Ele me deu um beijo de boa noite...falando demais e não deveria comentar questões que ainda nãochegaram ao tribunal. Velloso reagiu inicialmente com (Autor anônimo)tranquilidade ao ser informado na sexta-feira sobre o teor daúltima declaração do presidente do Senado. O presidente do STF Nesse texto poético a desordem das palavras foihavia informado, por intermédio de sua assessoria de imprensa, proposital, e é ela que funciona como a instrução visível do queque não pretendia responder. Anteontem, Velloso antecipou o se quer dizer. No caso, ainda, o sentido do poema não está nosretorno a Brasília de viagem pessoal a Vila Velha (ES). sentidos do que está explicitado. Está na forma como as coisas foram ditas; melhor dizendo, está na desorganização da forma(Folha de São Paulo, setembro de 1999, adapt.) como as coisas foram ditas. Tudo isso, para que se conseguisse dizer, de um jeito bem particular, que os amantes veem paraObs.: Compare o título da matéria com as declarações do além das aparências das coisas; enxergam os significados maisministro vellozo. Observe que o ministro não diz, apenas sugere obtusos; subvertem a ordem natural das coisas.que ACM não é homem de bem. Explique como ele conseguetransmitir essa opinião sem se comprometer explicitamente comela. Texto I Gêneros textuais O Morcego Gêneros são tipos de enunciados relativamenteestáveis e normativos, que se constituem historicamente, Meia-noite. Ao meu quarto me recolho.elaborados pelas esferas de utilização da língua. Esses Meu Deus! E este morcego! E, agora, vede:enunciados se relacionam diretamente a diferentes situações Na bruta ardência orgânica da sede,sociais, que geram, por sua vez, um determinado gênero com Morde-me a goela ígneo e escaldante molho.características temáticas, composicionais e estilísticas próprias. "Vou mandar levantar outra parede..."(Bakhtin, 1929/1995) - Digo. Ergo-me a tremer. Fecho o ferrolho E olho o teto. E vejo-o ainda, igual a um olho,Diferentemente do texto escrito, que em geral compele os leitores Circularmente sobre a minha rede!a lerem numa onda linear – da esquerda para a direita e de cimapara baixo, na página impressa – hipertextos encorajam os Pego de um pau. Esforços faço. Chegoleitores a moverem-se de um bloco de texto a outro, rapidamente A tocá-lo. Minh’alma se concentra.e não sequencialmente. Considerando que o hipertexto oferece Que ventre produziu tão feio parto?!uma multiplicidade de caminhos a seguir, podendo ainda o leitorincorporar seus caminhos e suas decisões como novos A Consciência Humana é este morcego!caminhos, inserindo informações novas, o leitor navegador passa Por mais que a gente faça, à noite, ele entraa ter um papel mais ativo e uma oportunidade diferente da de um Imperceptivelmente em nosso quarto!leitor de texto impresso. Dificilmente dois leitores de hipertextosfarão os mesmos caminhos e tomarão as mesmas decisões. ANJOS, A. Obra completa. Rio de Janeiro: Aguiar, 1994.MARCUSCHI, L. A. Cognição, linguagem e práticas interacionais.Rio Lucema, 2007. Texto IINo que diz respeito à relação entre o hipertexto e o O lugar-comum em que se converteu a imagem de um poetaconhecimento por ele produzido, o texto apresentado deixa claro doentio, com o gosto do macabro e do horroroso, dificulta que seque o hipertexto muda a noção tradicional de autoria, porque veja, na obra de Augusto dos Anjos, o olhar clínico, o comportamento analítico, até mesmo certa frieza, certa(A) é o leitor que constrói a versão final do texto. impessoalidade científica.(B) o autor detém o controle absoluto do que escreve.(C) aclara os limites entre o leitor e o autor. CUNHA, F. Romantismo e modernidade na poesia. Rio de(D) propicia um evento textual-interativo em que apenas o autor é Janeiro: Cátedra, 1988 (adaptado).ativo.(E) só o autor conhece o que eletronicamente se dispõe para o Em consonância com os comentários do texto 2 acerca daleitor. poética de Augusto dos Anjos, o poema O Morcego apresenta- se, enquanto percepção do mundo, como forma estética capaz de
  5. 5. IV. O encontro de duas massas de ar de características térmicas(A) reencantar a vida pelo mistério com que os fatos banais são distintas gera uma frente e chuvas.revestidos na poesia.(B) expressar o caráter doentio da sociedade moderna por meio Estão CORRETASdo gosto pelo macabro. a) I e II. b) I e IV. c) II e III. d) II e IV.(C) representar realisticamente as dificuldades do cotidiano sem e) I, II, III e IV.associá-lo a reflexões de cunho existencial.(D) abordar dilemas humanos universais a partir de um ponto de PROBLEMAS URBANOSvista distanciado e analítico acerca do cotidiano. A grande aglomeração de pessoas nas cidades, quando essas(E) conseguir a atenção do leitor pela inclusão de elementos das não disponibilizam infraestrutura suficiente para a população, gerahistórias de horror e suspense na estrutura lírica da poesia. uma série de dificuldades de ordem ambiental e social. Diante desse contexto, pode-se enumerar os problemas geradosPROFESSOR DANILO CORTIZO GEOGRAFIA pelo processo de urbanização ocorrido principalmente em países subdesenvolvidos, dentre muitos estão:TIPOS DE CHUVAS * Desemprego: provoca um grande crescimento no número de pessoas que atuam no mercado informal, além de promover oChuva é um fenômeno natural através do qual ocorre a aumento da violência, pois muitas pessoas, pela falta deprecipitação de água em forma de gotas que caem sobre a crosta oportunidades, optam pelo crime.terrestre. As chuvas são formadas de várias formas, em razão • As favelas apresentam uma concentração de casebres edessa variação, recebem classificações de acordo com suas barracos em situação precária, desprovidos, em sua maioria, derespectivas características: serviços públicos básicos, geralmente estão situadas em áreas de risco e abrigam grandes grupos criminosos, como o tráfico de drogas. • Cortiço: corresponde a moradias que abrigam um grande número de famílias, quase sempre são cômodos alugados em antigas casas enormes situadas no centro, essas construções se encontram em condições deterioradas. Essa modalidade de moradia geralmente oferece péssimas condições sanitárias e de segurança aos seus moradores. • Loteamentos populares: ocorrem em áreas periféricas, a camada da população que habita esses lugares é de baixa renda, os lotesOrográficas: esse nome é dado àquelas chuvas que têm sua possuem preços acessíveis e longos prazos para o pagamento. Oorigem a partir do contato de uma massa de ar úmida com uma maior problema desse tipo de habitação é que quase sempre osárea de relevo mais elevado. Desse modo, quando a massa de ar loteamentos são clandestinos. As casas são construídas pelose depara com um obstáculo imposto pelo relevo, ela se eleva e próprio morador ou em forma de mutirão.ganha altitude. Com isso, a temperatura do ar tende a cair, • Enchentes: os centros urbanos possuem extensas áreaspromovendo a condensação de água (estado gasoso), daí cobertas por concreto e asfalto, dificultando a infiltração da águaformam-se as nuvens que logo promovem a chuva. da chuva no solo. As chuvas em grandes proporções ocasionamConvectivas: chuvas que se originam da elevação do ar para um acúmulo muito grande de água e as galerias pluviais nãomaiores altitudes, com isso há o resfriamento do vapor conseguem absorver toda enxurrada e essas invademd’ água que promove a condensação das gotículas de água residências, prédios públicos, túneis e comprometem o trânsito.presentes nas nuvens, originando nuvens carregadas que se Esses são alguns dos problemas vividos nas cidades brasileiras erevertem em chuvas. Esse tipo de chuva tem uma incidência que podem ser realidade também em outros países, pois todas asmaior em regiões de predominância de clima tropical e equatorial, cidades possuem problemas, porém, os acima citados fazem partechamadas de torrenciais, geralmente são rápidas e com a de grandes aglomerações, e dificilmente serão solucionados. Asocorrência de trovões e relâmpagos. autoridades não conseguem monitorar todos os problemas devidoFrontais: chuva proveniente da colisão entre massas de ar de o acelerado crescimento ocorrido no passado.características distintas, por exemplo, massas de ar frio com uma Por Eduardo De Freitasde ar quente. Fato que causa as frentes frias e quentes. 2º) (SSA UPE 2ª FASE) Os moradores das grandes cidades doIndependentemente da origem das chuvas, as mesmas são mundo – principalmente as que se expandem aceleradamente, emfundamentais para as atividades humanas, como a agricultura, países emergentes – enfrentam desafios, como a degradação dosalém de contribuir para o bom funcionamento do ciclo hidrológico. centros, o ar poluído, as enchentes e a falta de lugar para dispor o lixo. Nos próximos 14 anos, 136 novas metrópoles entrarão na1º) (SSA UPE 1ªFASE) lista dos gigantes. Dessas novatas, 100 estarão na China, 13 na Índia e oito na América Latina. Nenhuma das novas é do Brasil. Mas as cidades de São Paulo e Rio de Janeiro, que hoje estão na lista das maiores, deverão permanecer nela, com populações maiores. Em 2025 terão, respectivamente, 21 milhões e 12 milhões de habitantes. Essas megacidades muitas vezes parecem inviáveis. “As altas taxas de urbanização trazem pobreza, desemprego, transporte inadequado, proliferação de assentamentos precários e favelas”. Fonte: Revista Época, junho de 2011. Adaptado. O texto lido acima revela condições sociais urbanas que se agravam aceleradamente, no mundo todo, principalmente no Brasil. Uma dessas condições é a expansão das cidades dos países denominados emergentes. Sobre estes, é CORRETO afirmar que: A) possuem uma situação política instável e adotam, como modelo econômico, o centralismo estatal e o planejamento estratégico. B) apresentam níveis de produção e exportação em crescimento eSobre o fenômeno geográfico representado na imagem de acatam investimentos de empresas estrangeiras nos diversossatélite, exibida acima, analise as seguintes afirmações: setores da economia.I. O sistema atmosférico, indicado pela convergência de setas, é C) revelam considerável aumento das desigualdades sociais,tipicamente equatorial e ocasiona chuvas orográficas. associado à diminuição do Produto Interno Bruto (PIB).II. Na área de encontro do ar quente e seco com o ar úmido e frio, D) investem, cada vez menos, nos mercados de capitais e emregistram-se chuvas fortes na região. setores de infraestrutura, como rodovias, portos, hidrelétricas.III. O ar quente e seco representa uma linha de estabilidadeequatorial que aumenta a possibilidade de chuvas convectivas.
  6. 6. E) reúnem poucas reservas de recursos minerais e possuem mão coletividades para lugares próximos e distantes, envolvendode obra em pequena quantidade e pouco qualificada. mudanças mais ou menos drásticas nas condições de vida e trabalho, em padrões e valores socioculturais. Deslocam-se para3º) (ENEM 2011) O Centro-Oeste apresentou-se como sociedades semelhantes ou radicalmente distintas, algumas vezesextremamente receptivo aos novos fenômenos da urbanização, já compreendendo culturas ou mesmo civilizações totalmenteque era praticamente virgem , não possuindo infraestrutura de diversas.monta. Nem outros investimentos fixos vindos do passado. Pôde, IANNI, O. A era do globalismo. Rio de Janeiro: Civilizaçãoassim, receber uma infraestrutura nova, totalmente a serviço de Brasileira, 1996.uma economia moderna.SANTOS, M. A Urbanização Brasileira. São Paulo: EdUSP, 2005 A mobilidade populacional da segunda metade do século XX teve(adaptado). um papel importante na formação social e econômica de diversosO texto trata da ocupação de uma parcela do território brasileiro. estados nacionais. Uma razão para os movimentos migratóriosO processo econômico diretamente associado a vessa ocupação nas últimas décadas e uma política migratória atual dos paísesfoi o avanço da desenvolvidos sãoa) industrialização voltada para o setor de base.b) economia da borracha no sul da Amazônia. a) a busca de oportunidades de trabalho e o aumento de barreirasc) fronteira agropecuária que degradou parte do cerrado. contra a imigração.d) exploração mineral na Chapada dos Guimarães. b) a necessidade de qualificação profissional e a abertura dase) extrativismo na região pantaneira. fronteiras para os imigrantes. c) o desenvolvimento de projetos de pesquisa e o acautelamentoAS MIGRAÇÕES INTERNACIONAIS dos bens dos imigrantes.Os fluxos populacionais foram incrementados a partir do d) a expansão da fronteira agrícola e a expulsão dos imigrantesdesenvolvimento do sistema de transporte (Rodoviário, hidroviário, qualificadosferroviário e aéreo) e das telecomunicações, que ofereceram e) a fuga decorrente dos conflitos políticos e o fortalecimento demaior mobilidade às pessoas em todo mundo. Segundo a ONU políticas sociais.(Organização das Nações Unidas), aproximadamente 175 milhõesde pessoas vivem fora do país de origem. BRICOs fluxos populacionais entre países são denominados de O peso econômico dos BRICS é certamente considerável. Entremigrações internacionais, essas podem ocorrer por atração ou por 2003 e 2007, o crescimento dos quatro países representou 65%repulsão, a primeira geralmente acontece quando as pessoas da expansão do PIB mundial. Em paridade de poder de compra, ovivem em países nos quais não há boas condições de vida e de PIB dos BRICS já supera hoje o dos EUA ou o da União Europeia.trabalho, são atraídas rumo a países desenvolvidos, como Para dar uma ideia do ritmo de crescimento desses países, emEstados Unidos, países da Europa desenvolvida e Japão, a 2003 os BRICs respondiam por 9% do PIB mundial, e, em 2009,segunda são migrações onde o indivíduo deixa seu país devido a esse valor aumentou para 14%. Em 2010, o PIB conjunto dosproblemas políticos, perseguições, guerras, entre outros. cinco países (incluindo a África do Sul), totalizou US$ 11 trilhões,A maioria das migrações internacionais ocorre pela busca de ou 18% da economia mundial. Considerando o PIB pela paridadetrabalho, as principais correntes migratórias emergem de Latino- de poder de compra, esse índice é ainda maior: US$ 19 trilhões,Americanos, Africanos e Asiáticos em direção aos EUA, Europa e ou 25%. Até 2006, os BRICs não estavam reunidos emJapão. Os trabalhadores migrantes enviam dinheiro para sua terra mecanismo que permitisse a articulação entre eles. O conceitonatal, algumas estimativas revelam que eles movimentam expressava a existência de quatro países que individualmenteanualmente cerca de 58 bilhões de dólares, o Brasil, por exemplo, tinham características que lhes permitiam ser considerados emrecebe anualmente cerca de 2,8 bilhões de dólares enviados por conjunto, mas não como um mecanismo. Isso mudou a partir dabrasileiros que vivem no exterior. Reunião de Chanceleres dos quatro países organizada à margemOs brasileiros por vários motivos saem do país, o movimento de da 61ª. Assembleia Geral das Nações Unidas, em 23 de setembrosaída do país é chamado de emigração, o de entrada de de 2006. Este constituiu o primeiro passo para que Brasil, Rússia,estrangeiro é denominado de imigração. O que levam os Índia e China começassem a trabalhar coletivamente. Pode-sebrasileiros a sair do país rumo a outro, são as sucessivas crises dizer que, então, em paralelo ao conceito “BRICs” passou a existireconômicas, hoje existem cerca de 2 milhões de brasileiros um grupo que passava a atuar no cenário internacional, o BRIC.vivendo no exterior de forma clandestina. Em 2011, após o ingresso da África do Sul, o mecanismo tornou-Outra modalidade de migração internacional é a de fluxo de se o BRICS (com "s" maiúsculo ao final). Como agrupamento,refugiados, indivíduos que sofrem perseguições de ordem política, o BRICS tem um caráter informal. Não tem um documentoreligiosa ou étnica. Na década de 1970, havia cerca de 2,5 constitutivo, não funciona com um secretariado fixo nem temmilhões de refugiados, hoje esse número chega aos 25 milhões, fundos destinados a financiar qualquer de suas atividades. Emdecorrentes de acontecimentos geopolíticos como: o fim do última análise, o que sustenta o mecanismo é a vontade políticasocialismo, a diminuição de ajudas financeiras e humanitárias e de seus membros. Ainda assim, o BRICS tem um grau deprincipalmente pela expansão do fundamentalismo Islâmico. institucionalização que se vai definindo, à medida que os cincoSão considerados migrantes refugiados cerca de 25 milhões de países intensificam sua interação. Etapa importante parapessoas, que foram obrigados a deixar seus lares devido a aprofundar a institucionalização vertical do BRICS foi a elevaçãoproblemas ambientais, como desmatamento, desertificação, do nível de interação política que, desde junho 2009, com aerosão dos solos e desastres químicos e nucleares. As origens Cúpula de Ecaterimburgo, alcançou o nível de Chefes dedos refugiados são as mais variadas, mas geralmente possuem Estado/Governo. A II Cúpula, realizada em Brasília, em 15 de abrilalgumas características, como origem de países de 2010, levou adiante esse processo. A III Cúpula ocorreu emsubdesenvolvidos, no qual a renda per capita média está abaixo Sanya, na China, em 14 de abril de 2011, e demonstrou que ade 500 dólares e há alto índice de analfabetismo, governos vontade política de dar seguimento à interlocução dos paísesditatoriais que violam os direitos humanos de determinada parcela continua presente até o nível decisório mais alto. A III Cúpulada população, na forma de perseguições políticas e torturas, reforçou a posição do BRICS como espaço de diálogo eextermínio étnico e discriminações religiosas e culturais. concertação no cenário internacional. Ademais, ampliou a voz dosPor fim, existe um fluxo, agora sem agravante, que é o turístico, cinco países sobre temas da agenda global, em particular osque são motivados pela busca de lazer, cultura e religião, esse econômico-financeiros, e deu impulso político para a identificaçãoprocesso motiva a comercialização de viagens em grande escala e o desenvolvimento de projetos conjuntos específicos, ema custos mais reduzidos (pacotes de viagens), mas esse tipo de setores estratégicos como o agrícola, o de energia e o científico-fluxo é privilégio de uma restrita parcela da população mundial. Os tecnológico. A IV Cúpula foi realizada em 29 de março de 2012,principais países que atraem turistas são Alemanha, Japão e em Nova Delhi. Além da institucionalização vertical, o BRICSEUA, o volume do faturamento decorrente a atividade é de também se abriu para uma institucionalização horizontal, ao incluiraproximadamente 4,5 trilhões de dólares, gerando cerca de 200 em seu escopo diversas frentes de atuação. A mais desenvolvida,milhões de empregos em todo o mundo. fazendo jus à origem do grupo, é a econômico-financeira.Por Eduardo De Freitas Ministros encarregados da área de Finanças e Presidentes dos4º) (ENEM 2011) As migrações transnacionais, intensificadas Bancos Centrais têm-se reunido com freqüência. Os Altosgeneralizadas nas últimas décadas do século XX, expressam Funcionários Responsáveis por Temas de Segurança do BRICS jáaspectos particularmente importantes da problemática racial, visto se reuniram duas vezes. Os temas segurança alimentar,como dilema também mundial. Deslocam-se indivíduos, famílias e agricultura e energia também já foram tratados no âmbito do
  7. 7. agrupamento, em nível ministerial. As Cortes Supremas assinaram a) Qual é a altura máxima que a bola atinge após duas colisõesdocumento de cooperação e, com base nele, foi realizado, no (ponto A)?Brasil, curso para magistrados dos BRICS. Já realizaram-se, b) Qual é a velocidade com que a bola atinge o chão na terceiraademais, eventos buscando a aproximação entre acadêmicos, colisão?empresários, representantes de cooperativas. Foram, ainda,assinados acordos entre os bancos de desenvolvimento. Osinstitutos estatísticos também se encontraram em preparação paraa II e a III Cúpulas e publicaram uma coletânea de dados. Versõesatualizadas da coletânea foram lançadas por ocasião da Cúpulade Sanya e da Cúpula de Nova Delhi. Em síntese, o BRICS abrepara seus cinco membros espaço para (a) diálogo, identificaçãode convergências e concertação em relação a diversos temas; e(b) ampliação de contatos e cooperação em setores específicos.5º) Figuram no atual quadro econômico mundial paísesconsiderados economias emergentes, também chamados de 4) O esquema abaixo mostra, em termos de potêncianovos países industrializados. Apresentam nível considerável de (energia/tempo), aproximadamente, o fluxo de energia, a partir deindustrialização e alto grau de investimentos externos, no entanto uma certa quantidade de combustível vinda do tanque deas populações desses países convivem com estruturas sociais e gasolina, em um carro viajando com velocidade constante.econômicas arcaicas e com o agravamento das condições de vidanas cidades. As principais economias emergentes que despertamo interesse dos empresários do mundo são: Brasil, Rússia, Índia eChina (BRIC). Tais países apresentam características comuns,como mão-de-obra abundante e significativas reservas derecursos minerais. Diante do quadro apresentado, é possívelinferir que a reunião desses países, sob a sigla BRIC, apontapara:a) um novo sistema socioeconômico baseado na superação dasdesigualdades que conferiam sentido à ideia de Terceiro Mundo.b) a razoabilidade do pleito de participarem do Conselho deSegurança da Organização das Nações Unidas (ONU).c) a melhoria natural das condições sociais em decorrência daaceleração econômica e da redução dos níveis de desemprego.d) a perspectiva de que se tornem, a médio prazo, economias O esquema mostra que, na queima da gasolina, no motor dedesenvolvidas com uma série de desafios comuns. combustão, uma parte considerável de sua energia é dissipada.e) a formação de uma frente diplomática com o objetivo de Essa perda é da ordem de:defender os interesses dos países menos desenvolvidos. a) 80% b) 70% c) 50% d) 30% e) 20%PROFESSOR: RIVALDO COSTA - FÍSICA 5) As lâmpadas fluorescentes iluminam muito mais que as lâmpadas incandescentes de mesma potência. Nas lâmpadas1) Um esqueitista inicia uma prova no ponto A da pista mostrada fluorescentes compactas, a eficiência luminosa, medida emna figura. Ele desce a pista após uma impulsão inicial, que faz lumens por watt (lm/W), é da ordem de 60 lm/W e, nas lâmpadascom que atinja a altura máxima do seu trajeto no ponto B da pista. incandescentes da ordem de 15 lm/W. Em uma residência, 10Desprezando qualquer atrito, calcule a velocidade inicial devido à lâmpadas incandescentes de 100W são substituídas porimpulsão, em m/s. fluorescentes compactas que fornecem iluminação equivalente (mesma quantidade de lumens). Admitindo que as lâmpadas ficam acesas, em média 6 horas por dia e que o preço da energia elétrica é de R$0,20 por kW.h, a ECONOMIA MENSAL na conta de energia elétrica dessa residência será de, aproximadamente, a) R$ 12,00 b) R$ 20,00 c) R$ 27,00 d) R$ 36,00 e) R$ 144,00 PROFESSOR LUCILO CAMPOS- BIOLOGIA HEREDITARIEDADE HUMANA A primeira lei de Mendel, chamda de lei da segregação ou lei daa) 2,0 b) 3,0 c) 4,0 d) 5,0 e) 6,0 pureza dos gametas, pode ser enunciada da seguinte forma: na formação dos gametas, os pares de fatores se segregam.2) Um pequeno bloco, posto em movimento a partir do ponto Acom velocidade v0 = 6 m/s, desliza sem atrito até o ponto B, ondea sua velocidade é v. O intervalo de tempo de trânsito entre A e Bé Δt = 1,0 s. Calcule a componente horizontal da aceleraçãomédia do bloco, entre os pontos A e B, em m/s². Despreze aresistência do ar. (g = 10m/s²) Gregor Johan Mendel O Trabalho de Mendel Gregor Johan Mendel nasceu em 1822, na Silésia. Segundo consta, era pobre, e aos 21 anos de idade entrou para um convento da Ordem de Santo Agostinho, de onde seus superiores o enviaram a3) Uma bola metálica cai da altura de 1,0m sobre um chão duro. A Viena a fim de estudar história natural. Indicado depois parabola repica no chão várias vezes, conforme a figura adiante. Em professor-substituto dessa matéria, jamais consegui, entretanto, acada colisão, a bola perde 20% de sua energia. Despreze a aprovação nos exames para se tornar efetivo no cargo. Seuresistência do ar (g=10m/s²). trabalho genial, colocou-o no nível dos maiores cientistas da humanidade. Sua obra Experiências com hibridação de plantas, que
  8. 8. não abrange mais de 30 páginas impressas, é um modelo de Continuando a análise, Mendel contou que em F², o número de demétodo científico. O que descobriu, e vem sendo ensinado desde indivíduos com caráter recessivo, e verificou que eles ocorrem1900, se tornou absolutamente imprenscindível para a compreensão sempre na proporção de 3 dominantes para 1 recessivo.da Biologia moderna. Mendel chegou a conclusão que o fator para verde só se manifestaGregor Johan Mendel. Baseado em trabalhos já existentes acerca em individuos puros, ou seja com ambos os fatores iguais a V. Emde hibridação de plantas ornamentais, mas que não haviam sido F¹ as plantas possuiam tanto os fatores A quanto o fator V sendo,bem-sucedidos, tais como o trabalho de Kolreuter, Gartner, e outros, assim, necessariamente amarelas. Podemos representar osMendel decidiu estudar o mesmo problema. O primeiro cuidado que individuos da geração F¹ como AV. Logo para poder formarteve foi selecionar devidamente o material de estudo; para isso, individuos VV na geração F² os gametas formados na fecundaçãoestabeleceu alguns critérios e procurou material que se lhes só poderiam ser VV.adequassem. Baseado nesses critérios, depois de várias análises, Esse fato não seria possivel se a geração desse origem a gametasMendel escolheu algumas variedades e espécies de ervilhas (Pisum com fatores iguais aos deles (AV). Isso só seria possivel se aoSativum), conseguindo um total de sete pares de caracteres ocorrer a fecundação houvesse uma segregação dos fatores A e Vdistintos. presentes na geração F¹, esse fatores seriam misturados entre osO estudo fatores A e V provenientes do pai e os fatores A e V provenientes daVamos chamar de linhagem os descendentes de um ancestral mãe. Os possiveis resultados sendo: AA, AV, VA e VV.comum. Mendel observou que as diferentes linhagens, para os Esse fato foi posteriormente explicado pela meiose, que ocorrediferentes caracteres escolhidos, eram sempre puras, isto é, não durante a formação dos gametas. Mendel havia criado então suaapresentavam variações ao longo das gerações. Por exemplo, a teoria sobre a hereditariedade e da segregação dos fatores.linhagem que apresentava sementes da cor amarela produziamdescendentes que apresentavam exclusivamente a semente Mecanismos hereditários não previstos por Mendelamarela. O mesmo caso ocorre com as ervilhas com sementes Co-dominânciaverdes. Essas duas linhagens eram, assim, linhagens puras. Mendel Alelos múltiplosresolveu então estudar esse caso em especifico.A flor de ervilha é uma flor típica da família das Leguminosae. Genes LetaisApresenta cinco pétalas, duas das quais estão opostas formando acarena, em cujo interior ficam os órgãos reprodutores masculinos e Importância dos estudos de Mendelfemininos. Por isso, nessa família, a norma é haver autofecundação; Embora as conclusões de mendel tenham se baseado em trabalhosou seja, o grão de pólen da antera de uma flor cair no pistilo da com uma única espécie de planta, os princípios enunciados nasprópia flor, não ocorrendo fecundação cruzada. Logo para cruzar duas leis aplicam-se a todos os organismos de reprodução sexuada.uma linhagem com a outra era necessário evitar a autofecundação. Pode-se tomar como exemplo um caso de herança animal.Mendel escolheu alguns pés de ervilha de semente amarela e Cobaias pretas homozigotas cruzadas com cobaias brancasoutros de semente verde, emasculou as flores ainda jovens, ainda homozigotas originarão descendentes pretos heterozigotos, quenão-maduras. Para isso, retirou das flores as anteras imaturas, cruzados entre si, originarão cobaias pretas e brancas na proporçãotornando-as, desse modo, completamente femininas. Depois de 3:1.algum tempo, quando as flores se desenvolveram e estavam Mendel criou a base da genética moderna. Embora seus estudosmaduras, polinizou as flores de ervilha amarela com o pólen das tenham permanecidos obscuros até o seculo XX eles influenciaramflores verdes, e vice-versa. Essas plantas constituem portanto as a biologia como um todo dando origem a todos os estudoslinhagens parentais. Os descendentes desses cruzamentos anteriores sobre hereditariedade e genética.constituem a primeira geração em estudo designada por geração F¹,assim como as seguintes são designadas por F², F³, etc. PRIMEIRA LEI DE MENDEL Monoibridismo sem Dominância Há pares de genes em que um não é capaz de impedir a manifestação do outro. Dizemos se tratar de um par de genes alelos com ausência de dominância (codominância ou dominância incompleta). Um exemplo é a determinação da cor das flores de Mirabilis jalappa, conhecida como "maravilha". Há duas variedades puras, com flores brancas ou vermelhas. Quando cruzadas, os híbridos resultantes têm flores rosas, o que representa um fenótipo intermediário entre os dois apresentados pelos indivíduos parentais. Quando essas plantas de flores rosas são autofecundadas, a geração F2 apresenta 25% de plantas com flores vermelhas, 50% com flores rosas e 25% com flores brancas. (P) flores vermelhas (Fv Fv) X flores brancas (Fb Fb) (F1) 100% flores rosas (Fv Fb X flores rosas ( Fv Fb ) Esquema de formação de gametasResultados em F¹Todas as sementes obtidas em F¹, foram amarelas, portanto iguaisa um dos pais.Uma vez ques todas as sementes era iguais,Mendel plantou-as edeixou que as plantas quando florescessem, autofecundassem,produzindo assim a geração F².Resultados em F²As sementes obtidas na geração F² foram amarelas e verdes,sempre na proporção de 3 para 1.Intepretação dos resultados (F2) 1/4 flores vermelhas: Fv FvEsquema de formação de gametas. Para explicar a ocorrência de 2/4 flores rosas: Fv Fbsomente sementes amarelas em F¹ os dois tipos em F², Mendel 1/4 flores brancas: Fb Fbcomeçou admitindo a existência de fatores que passassem dos pais Proporção genotípica:para os filhos por meio dos gametas. Cada fator seria responsável 1 Fv Fv : 2 Fv Fb : 1 Fb Fbpelo aparecimento de um caráter. Proporção fenotípica:Assim, existiria um fator que condiciona o caráter amarelo e que 1 vermelha : 2 rosas : 1 brancapodemos representar por A, e um fator que condiciona o caráter Genes com Penetrância Incompletaverde e que podemos representar por V. Quando a ervilha amarelapura é cruzada com uma ervilha verde pura, o híbrido F¹, recebe o Alguns genes não se expressam em todos os indivíduos que osfator A e o fator V, sendo portanto, portador de ambos os fatores. As possuem, mesmo quando estão em homozigose. Diz-se que têmervilhas obtidas em F¹ eram todas amarelas, isso quer dizer que, penetrância incompleta. O valor da penetrância gênica pode serembora tendo o fator V para verde, esse não se manifestou. Mendel determinado pela proporção de indivíduos que manifestam umchamou de dominante o fator que se manifesta em F¹, e de determinado fenótipo, dentro do total de indivíduos portadoresrecessivo o que não aparece. daquele gene.
  9. 9. Imagine que, em uma certa espécie animal, a cor dos pêlos sejadeterminada por um par de genes alelos A e a, no qual o genedominante A condiciona pelagem marrom, e o seu alelo recessivo a,pelagem albina (ou branca). O gene A tem penetrância de 60%. Issosignifica que, dentre os indivíduos de genótipos AA ou Aa, quedeveriam ser marrons, apenas 60% de fato são.Expressividade VariávelExistem certos padrões de herança em que a característica pode semanifestar de diversas formas ou com diferentes graus deintensidade. Um exemplo humano é o lábio leporino, doençadeterminada geneticamente, que pode aparecer em diversos grausde intensidade, desde defeitos pequenos restritos aos lábios, até Quando gêmeos monozigóticos são criados em ambientes distintos,grandes defeitos labiais associados à falta de fechamento do pálato todas as diferenças fenotípicas observadas entre eles devem-se a(ou "céu-da-boca"). ações ambientais. Quanto maior for a concordância entre eles,Há determinadas plantas nas quais a cor das flores é determinada maior deve ser a contribuição do genótipo na determinação dapor um par de genes alelos, em que um gene condiciona flores característica; quanto maior for a discordância, maior a interferênciavermelhas e o seu alelo, flores brancas. Entre os heterozigotos, do ambiente. O papel que o genótipo tem, na determinação de umapodem ser encontradas plantas com flores de diferentes tonalidades característica, chama-se herdabilidade.de rosa, o que dificulta agrupá-las nas mesmas linhagens. Tambémse trata de um caso de expressividade variável. Gêmeos Dizigóticos (DZ) Habitualmente, em cada ciclo menstrual, a mulher gera apenas umPleiotropia gameta. Entretanto, pode ocorrer a produção, em um mesmo ciclo,Existem pares de genes que atuam simultaneamente sobre duas ou de dois ou mais gametas. Caso ela tenha relação sexual em seumais características. São chamados genes pleiotrópicos. Um período fértil, os dois gametas deverão ser fecundados, uma vezexemplo humano é o gene causador da fenilcetonúria, doença que espermatozóides existem em quantidade mais que suficiente.causada por um gene recessivo que provoca alterações nometabolismo do aminoácido fenilalanina. Esses aminoácidos e osseus derivados metabólicos passam a se acumular no corpo, ecausam retardo mental, alteração na cor da pele, na composiçãoquímica da urina, etc.Genes LetaisQuando um gene causa a morte do indivíduo, é considerado umgene letal. Esses genes podem exercer o seu efeito letal antes oudepois do nascimento. Se o efeito é tardio, ele não provocaalteração nas proporções genotípica e fenotípica. Porém, há genesletais que provocam a morte dos embriões, antes do nascimento. Como esses gêmeos surgem pela fecundação de dois óvulosNesses casos, as proporções obtidas na descendência de um diferentes por dois espermatozóides diferentes, geneticamente nãocruzamento serão diferentes das proporções clássicas do são mais que dois irmãos quaisquer. Os sexos podem ou não ser osmonoibridismo. mesmos, assim como a cor dos olhos, o grupo sangüíneo, etc.Um exemplo é o par de alelos que controla a cor da pelagem doscamundongos. O gene dominante A determina pelagem amarela, e Parodia 1ª Lei de Mendel (Epitáfio – Titãs)é letal em dose dupla (AA). Os embriões com esse genótipo não sedesen-volvem e não chegam a nascer. O alelo recessivo a 1ª lei de Mendel trazcondiciona o aparecimento de pelagem "aguti" ou "selvagem", que Segregação e mais: Hibridação de F1pode ser preta ou cinza. As gerações são parentais eVamos ver qual é a descendência do cruzamento entre dois animais F2 nos traz proporção 3 para 1amarelos heterozigotos. Traços que são dominantesanimal amarelo (Aa) X animal amarelo (Aa) Aparecem na primeira geração Traços que são recessivos em F2 reaparecerão Meiose vai Acontecer Pro gene segregar garantido (BIS) Meiose vai Acontecer Pro gene segregar... 1ª lei de Mendel trazNa prole desse cruzamento, em vez da proporção clássica de 3:1, Segregação e mais: Hibridação de F1...encontra-se a proporção de dois animais amarelos para um animal"aguti". Os embriões homo-zigotos AA não se expressam QUESTÕES.fenotipicamente. 1) Mendel cruzou plantas puras de ervilha com flores vermelhas eOs Gêmeos plantas puras com flores brancas, e observou que todos os descendentes tinham flores vermelhas. Nesse caso, MendelEventualmente, na espécie humana, ocorrem as gestações chamou a cor vermelha de dominante e a cor branca de recessiva.gemelares ou múltiplas. Podem ocorrer graças a dois mecanismos: A explicação oferecida por ele para esses resultados era a de quepoliembrionia ou ovulação múltipla, e levam à formação dos gêmeos plantas de flores vermelhas da geração inicial (P) possuíam doismonozigóticos e dos gêmeos dizigóticos, respectivamente. fatores dominantes iguais para essa característica (VV), e as plantasGêmeos Monozigóticos (MZ) de flores brancas possuíam dois fatores recessivos iguais (vv).São conhecidos como gêmeos idênticos, e surgem por divisão do Todos os descendentes desse cruzamento, a primeiraembrião em um estágio precoce do desenvolvimento. Como se geração de filhos (F1), tinham um fator de cada progenitor e eramoriginam de um único zigoto, são geneticamente idênticos, e todas Vv, combinação que assegura a cor vermelha nas flores. Tomando-as características cujas expressões dependem apenas do genótipo se um grupo de plantas cujas flores são vermelhas, como distinguirsão iguais para ambos: sexo, cor de olhos, grupo sangüíneo, etc. aquelas que são VV das que são Vv? A) Cruzando-as entre si, é possível identificar as plantas que têm o fator v na sua composição pela análise de características exteriores dos gametas masculinas, os grãos de pólen. B) Cruzando-as com plantas recessivas, de flores brancas. As plantas VV produzirão apenas descendentes de flores vermelhas,
  10. 10. enquanto as plantas Vv podem produzir descendentes de flores No Mundobrancas. - Petróleo: 37%C) Cruzando-as com plantas de flores vermelhas da geração P. Os - Carvão: 25%cruzamentos com plantas Vv produzirão descendentes de flores - Gás Natural: 23%brancas. - Nuclear: 6%D) Cruzando-as entre si, é possível que surjam plantas de flores - Biomassa 4%brancas. As plantas Vv cruzadas com outras Vv produzirão apenas - Hídrica: 3%descendentes vermelhas, portanto as demais serão VV. - Solar: 0,5%E) Cruzando-as com plantas recessivas e analisando as - Eólica: 0,3%características do ambiente onde se dão os cruzamentos, é possível - Geotérmica: 0,2%identificar aquelas que possuem apenas fatores V. - Biocombustíveis: 0,2%2) Quando adquirimos frutas no comércio, observamos com mais - Fotovoltaica: 0,04%frequência frutas sem ou com poucas sementes. Essas frutas têmgrande apelo comercial e são preferidas por uma parcela cada vezmaior da população. Em plantas que normalmente são diplóides,isto é, apresentam dois cromossomos de cada par, uma dasmaneiras de produzir frutas sem sementes é gerar plantas com umaploidia diferente de dois, geralmente triplóide. Uma das técnicas deprodução dessas plantas triplóides é a geração de uma plantatetraplóide (com 4 conjuntos de cromossomos), que produz gametasdiplóides e promove a reprodução dessa planta com uma plantadiplóide normal. A planta triplóide oriunda desse cruzamento apresentaráuma grande dificuldade de gerar gametas viáveis, pois como asegregação dos cromossomos homólogos na meiose I é aleatória eindependente, espera-se que:a) os gametas gerados sejam diplóides.b) as cromátides irmãs sejam separadas ao final desse evento.c) o número de cromossomos encontrados no gameta seja 23. MATRIZ ENERGÉTICAd) um cromossomo de cada par seja direcionado para uma célula O Brasil possui a matriz energética mais renovável do mundofilha. industrializado com 45,3% de sua produção proveniente dee) um gameta raramente terá o número correto de cromossomos da fontes como recursos hídricos, biomassa e etanol, além dasespécie. energias eólica e solar. As usinas hidrelétricas são responsáveis pela geração de mais de 75% da eletricidade do País. Vale lembrar3) Em um experimento, preparou-se um conjunto de plantas por que a matriz energética mundial é composta por 13% de fontestécnica de clonagem a partir de uma planta original que apresentava renováveis no caso de Países industrializados, caindo para 6%folhas verdes. Esse conjunto foi dividido em dois grupos, que foram entre as nações em desenvolvimento.tratados de maneira idêntica, com exceção das condições de OS BIOCOMBUSTÍVEISiluminação, sendo um grupo exposto a ciclos de iluminação solar Os Biocombustíveis são combustíveis de origem biológica. Sãonatural e outro mantido no escuro. Após alguns dias, observou-se fabricados a partir de vegetais, tais como, milho, soja, cana-de-que o grupo exposto à luz apresentava folhas verdes como a planta açúcar, mamona, canola, babaçu, cânhamo, entre outros. O lixooriginal e o grupo cultivado no escuro apresentava folhas orgânico também pode ser usado para a fabricação deamareladas. biocombustível.Ao final do experimento, os dois grupos de plantas apresentaram: VANTAGENS X DESVANTAGENS ALGUNS PONTOS...a) os genótipos e os fenótipos idênticos. POSITIVOSb) os genótipos idênticos e os fenótipos diferentes. • REDUÇÃO EMISSÃO DE GASES DOS AUTOMÓVEISc) diferenças nos genótipos e fenótipos. • RENOVÁVEISd) o mesmo fenótipo e apenas dois genótipos diferentes. • GERAÇÃO DE EMPREGOSe) o mesmo fenótipo e grande variedade de genótipos • DESENVOLVIMENTO DE TECNOLOGIAS • AUTO SUFICIENCIA ENERGÉTICA PROFESSOR GILTON NASCIMENTO – QUÍMICAQUÍMICA – GILTON NASCIMENTO NEGATIVOS • DIMINUIÇÃO DAS FLORESTAS PARA AUMENTO DA2012: Ano Internacional da Energia Sustentável para todos ÁREA CULTIVADA • DESVIO DE GRÃOS DA ALIMENTAÇÃOMetas a serem alcançadas até o ano de 2030 • AUMENTO DO PREÇO DOS ALIMENTOS  Assegurar a que todos tenham acesso a serviços Processo de Produção de Biodiesel modernos e mais sustentáveis de energia; A molécula de óleo vegetal é formada por três moléculas de ácidos  Reduzir em 40% a intensidade energética global graxos ligadas a uma molécula de glicerina, o que faz dele um  Aumentar em 30% o uso de energias renováveis em todo triglicídio. O processo para a transformação do óleo vegetal em o mundo. biodiesel chama-se TRANSESTERIFICAÇÃO.Mas o que é energia sustentável e quais são as fontes?Energia sustentável é gerada e fornecida de modo a atender asnecessidades atuais, sem comprometer a capacidadedas gerações futuras de satisfazerem também as suasnecessidades. As principais fontes de energia sustentável são asconsideradas renováveis e limpas, com nenhum ou muito poucoíndice de geração de dióxido de carbono e outros gases queprovocam o efeito estufa.Principais Fontes ( em %)No Brasil- Petróleo: 34,31%- Eletricidade: 19.30%- Bagaço de cana: 10,70% OS BIOCOMBUSTÍVEIS EM 4 GERAÇÕES- Álcool etílico: 9.99% 1 GERAÇÃO- Lenha: 8,40% Os de primeira geração utilizam como matéria-prima produtos- Outros: 7,50% agrícolas e agroindustriais como insumo na produção de- Gás Natural: 6,00% biocombustíveis, como o etanol de cana-de-açúcar e o biodiesel de- Carvão mineral: 3,80% óleos vegetais.
  11. 11. 2 GERAÇÃO matéria-prima ser abundante e facilmente encontrada, o que impedeOs Biocombustíveis de segunda geração são o Bioetanol (etanol de a geração de novos empregos.lignocelulose* ou lenhinocelulósicas) produzido de fontes diversas D) sendo de primeira e segunda geração, são produzidos porda biomassa, não usadas na alimentação humana. tecnologias que devem passar por uma avaliação criteriosa quanto ao uso, pois uma enfrenta o problema da falta de espaço paraEtanol a partir da celulose plantio da matéria-prima e a outra impede a geração de novasPara obter etanol a partir da celulose, é preciso submeter a fontes de emprego.biomassa ao processo de hidrólise — que objetiva quebrar as E) podem acarretar sérios problemas econômicos e sociais, pois amoléculas da celulose, que forma caule e folhas, em moléculas de substituição do uso de petróleo afeta negativamente toda umaglicose. Essa glicose — açúcar — é depois fermentada em etanol. A cadeia produtiva na medida em que exclui diversas fontes deextração da celulose da biomassa pode ser feita por hidrólise ácida emprego nas refinarias, postos de gasolina e no transporte deou por hidrólise enzimática — a primeira é uma rota química, que petróleo e gasolina.utiliza ácidos para quebrar a celulose; a segunda é uma rotabiológica, em que usa enzimas para a quebra. No Brasil, as fontes 2) Metade do volume de óleo de cozinha consumido anualmente node matéria-prima de celulose são os resíduos da produção de cana- Brasil, cerca de dois bilhões de litros, é jogada incorretamente emde-açúcar: a palha, que fica no campo após a colheita, e o bagaço ralos, pias e bueiros. Estima-se que cada litro de óleo descartadoda cana, resultante do processo convencional de produção de polua milhares de litros de água. O óleo no esgoto tende a cria umaaçúcar e etanol nas usinas. barreira que impede a passagem da água, causa entupimentos e,3 ª Geração consequentemente, enchentes. Além disso, ao contaminar osConsiderando que a segunda geração intervém no passo de mananciais, resulta na mortandade de peixes. A reciclagem do óleobioconversão, a terceira geração de biocombustíveis é baseada em de cozinha, além de necessária, tem mercado na produção deavanços feitos na fonte - a produção de biomassa. Esta geração biodiesel. Há uma demanda atual de 1,2 bilhões de litros deaproveita-se de novas colheitas de energia especialmente biodiesel no Brasil. Se houver planejamento na coleta, transporte eprojetadas. produção, estima-se que se possa pagar até R$ 1,00 por de óleo aHá progresso significante a ser feito neste respeito. Avanços ser reciclado.recentes em biologia de planta, o aparecimento de técnicas deprocriação rápida e extremamente eficiente (procriação molecular), De acordo com o texto, o destino inadequado do óleo de cozinhaos rápidos avanços no campo da genômica, e design clássico de traz diversos problemas. Com o objetivo de contribuir para resolvercolheitas transgênicas promete resultar em plantas com esses problemas, deve-se...propriedades que as tornam mais apropriadas para a conversão embioprodutos a) utilizar o óleo para a produção de biocombustíveis, como etanol.Os exemplos recentes oferecem uma amostra do que nós b) Coletar o óleo devidamente e transportá-lo às empresas depodemos esperar no futuro próximo. produção de biodiesel.Recentemente, árvores de eucalipto criadas com baixo conteúdo de c) Limpar periodicamente os esgotos das cidades para evitarlignina que permitem uma conversão mais fácil em etanol entupimentos e enchentes.celulósico. d) Utilizar o óleo como alimento para peixes, uma vez que preservaPlantações com teor de açúcar mais alto (sorgo doce) que seu valor nutritivo após o descarte.prosperam em condições mais áridas foram desenvolvidas e estão e) Descartar o óleo diretamente em ralos, pias e bueiros, semsendo testadas com a produção de etanol em mente. tratamento prévio com agentes dispersantes.Em um caso especial, pesquisadores criaram uma colheita de milhoque já contém as enzimas necessárias para converter sua 3)biomassa em combustíveis. Este é um exemplo de colheitas deterceira geração radicais.4 ª GeraçãoUm desenvolvimento particular em biologia da planta deve sermencionado, porque ele nos leva diretamente à “quarta geração” debiocombustíveis. Duas equipes de cientistas anunciaramrecentemente que eles obtiveram sucesso com árvores modificadasque armazenam significativamente mais gás carbônico que suascongêneres comuns. O feito foi alcançado com eucalipto.QUESTÕES1º) Os biocombustíveis de primeira geração são derivados da soja, www.biodieselbr.commilho e cana-de-açúcar e sua produção ocorre através da Em relação à charge apresentada, marque a única respostafermentação. Biocombustíveis derivados de material celulósico ou INCORRETA com relação à temática do BIODIESEL.bicombustíveis de segunda geração — coloquialmente chamados A) A produção das matérias-primas (etanol e óleo de soja)de “gasolina de capim” — são aqueles produzidos a partir de importantes para a geração de biodiesel é uma tradição naresíduos de madeira (serragem, por exemplo), talos de milho, palha economia brasileira. Tal fato expõe, internacionalmente, o país e ode trigo ou capim de crescimento rápido e se apresentam como uma coloca como carro-chefe na discussão geopolítica em torno dosalternativa para os problemas enfrentados pelos de primeira caminhos a serem tomados pelos investidores mundiais, a partir dageração, já que as matérias-primas são baratas e abundantes. possível substituição dos combustíveis fósseis pelos que geram “energias limpas”.DALE, B. E.; HUBER, G. W. Gasolina de capim e outros vegetais. B) Devido à extensão territorial do Brasil e à existência deScientific American Brasil. Ago. 2009, no 87 (adaptado). áreas de fronteiras agrícolas, ainda há possibilidades de incorporação de novos espaços produtivos, em larga escala, para oO texto mostra um dos pontos de vista a respeito do uso dos cultivo de matérias-primas voltadas para a geração de biodiesel, obiocombustíveis na atualidade, os quais que gera forte interesse internacional.A) são matrizes energéticas com menor carga de poluição para o C) A geopolítica energética do mundo mudou, no século XXI,ambiente e podem propiciar a geração de novos empregos, com a adoção, pelas potências centrais e emergentes, do discursoentretanto, para serem oferecidos com baixo custo, a tecnologia da ambiental nos seus projetos de gestão. Segundo elas, o cultivodegradação da celulose nos biocombustíveis de segunda geração agrícola voltado para a geração de biodiesel é uma necessidadedeve ser extremamente eficiente. para as agendas de proteção ambiental no mundo, que precisa deB) oferecem múltiplas dificuldades, pois a produção é de alto custo, “combustíveis limpos”, o que torna o Brasil um importante país parasua implantação não gera empregos, e deve-se ter cuidado com o a produção e exportação de biodieselrisco ambiental, pois eles oferecem os mesmos riscos que o uso de D) O Brasil, com muita tradição na produção e uso decombustíveis fósseis. biodiesel em escala industrial, faz com que “os olhos do mundo” seC) sendo de segunda geração, são produzidos por uma tecnologia voltem para si devido à possibilidade de substituição, com intuito deque acarreta problemas sociais, sobretudo decorrente do fato de a modernização rural, dos cultivos voltados para a alimentação básica por outros destinados à geração de biocombustíveis.
  12. 12. E) A importância geopolítica do Brasil foi revigorada, desde oinício deste século, devido à redescoberta do potencial do país emfornecer, na atualidade, aos mercados internacionais, matérias-primas geradoras do biodiesel (óleos e gorduras), que são maisbaratas do que o preço do barril de petróleo e seus derivados.4) O debate atual em torno dos biocombustíveis, como o álcool decana-de-açúcar e o biodiesel, inclui o efeito estufa. Tal efeitogarante temperaturas adequadas à vida na Terra, mas seu aumentoindiscriminado é danoso. Com relação a esse aumento, osbiocombustíveis são alternativas preferíveis aos combustíveisfósseis porque:A) são renováveis e sua queima impede o aquecimento global.B) retiram da atmosfera o CO2 gerado em outras eras.C) abrem o mercado para o álcool, cuja produção diminuiu odesmatamento.D) são combustíveis de maior octanagem e de menores taxas deliberação de carbono.E) contribuem para a diminuição da liberação de carbono, presentenos combustíveis fósseis.5) Os sistemas de cogeração representam uma prática de utilizaçãoracional de combustíveis e de produção de energia. Isto já se praticaem algumas indústrias de açúcar e de álcool, nas quais se aproveitao bagaço da cana, um de seus subprodutos, para produção deenergia. Esse processo está ilustrado no esquema que segue.Entre os argumentos favoráveis a esse sistema de cogeração pode-se destacar que ele(A) otimiza o aproveitamento energético, ao usar queima do bagaçonos processos térmicos da usina e na geração de eletricidade.(B) aumenta a produção de álcool e de açúcar, ao usar o bagaçocomo insumo suplementar.(C) economiza na compra da cana-de-açúcar, já que o bagaçotambém pode ser transformado em álcool.(D) aumenta a produtividade, ao fazer uso do álcool para a geraçãode calor na própria usina.(E) reduz o uso de máquinas e equipamentos na produção deaçúcar e álcool, por não manipular o bagaço da cana.PROFESSOR LAURO CAMPOS - MATEMÁTICA

×