SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 51
Baixar para ler offline
Asas para voar
             Luci Bonini
   Dra. Com. Semiótica – PUC-SP
 Certified Professional Coach – ICA
  http://lucibonini.blogspot.com
Sumário
•   Concepção de linguagem
•   Gêneros do discurso
•   Avaliação por competências
•   Inteligências Múltiplas
•   Inteligência Emocional
•   Importância das emoções
•   Que uso eu faço das minhas inteligências?
Objetivos




    Compreender a linguagem como
produtora de informação e conhecimento
Específicos
O efetivo domínio da língua garante ao sujeito maior
capacidade de análise e compreensão do mundo



Os gêneros textuais são formas mais ou menos estáticas de
comunicação



Identificar o estilo de aprendizagem de seus alunos, e das
pessoas ao seu redor – respeitando as diferenças


Compreender que cada ser humano é único e tem um estilo de
aprendizagem diferente, vê o mundo de maneira diferente e o
entende de acordo com sua maneira, com sua história de vida;
Concepção de Linguagem
• Linguagem é interação humana
• Signos portadores de significados
• Macro universo: verbal, visual, sonoro
  e híbrido
• Complexidade do pensamento
  humano expresso por meio de signos
(matemática, ciências, história e
  geografia, língua)
Processo comunicacional
• Quem escreve? Como escreve?
• Qual o objetivo da mensagem?
• Quem vai ler? Como vai ler? Por que vai
  ler?
• Onde vai circular a mensagem?
• Quais são os valores e/ou o sistema de
  crenças de quem produz/decodifica a
  mensagem?
• Quais os estilos de aprendizagem de
  quem vai produzir e/ou decodificar a
  mensagem?
Gêneros do discurso
• Dependem de quem produz, do
  objetivo da mensagem, de quem lê, do
  veículo no qual ela vai circular
• São paradigmas flexíveis na medida
  em que ‘evoluem’ acompanhando o
  progresso tecnológico, linguístico,
  científico
O efetivo domínio da língua...
• Garante aos falantes maior
  capacidade de análise e compreensão
  do mundo.
• Viabiliza maior acesso à informação
• Gera recursos para criticar o espaço
  em que vive
• Faz emergir uma atuação mais
  consciente de sua cidadania
DESPERTAR?         GERENCIAR?


         Avaliação por
         competência?



PROVER MAIS       RESPEITAR AS
 RECURSOS?       DIVERSIDADES?
Conceito de competência


             Uma        • CONHECIMENTO
         combinação
          básica de 3   • HABILIDADES
            coisas:     • ATITUDES
O processo de desenvolvimento da
competência
• se dá ao longo da vida, na medida que fazemos e refletimos
  sobre o que fazemos.


Isso requer um ambiente especial
onde regras
• são necessárias para introduzir os mais jovens, mas as pessoas
  mais avançadas, sistematicamente quebram as regras se uma
  determinada situação requer

E um aprendizado
constante
• Para que ocorra um conhecimento criativo, auto organização e
  ‘empowerment’
Experiência usando as 8 inteligências
                                  Em pé, levante o pé direito
                                   e gire-o no sentido do relógio,
                                  Agora desenhe o número 6 no ar
        Qual lição você
                                   com sua mão direita
        aprendeu com                                        Se você tivesse de
        seu último erro?                                    fazer um amigo hoje
                                                            o que você faria?

                                                              Um cowboy vê 13
Lembre-se de                                                  vacas e cada uma
um poema                                                      tem um passarinho na
 de 4 linhas                                                  cabeça, quantas
                                                              pernas ele vê no
                                                              pasto?

  Cante o hino
  nacional fazendo                              Qual a última coisa
  huuuummmm                                      interessante que você
                                                viu na natureza?
                           Desenhe um animal
Como você faz um
   diagrama?
Lógico-Matemática
• Exploração, observação,
  investigação
• Pensamento crítico e analítico
• Construção de modelos mentais
• Planejamento, avaliação sistemática
• Trabalha com números atuais
• Gosta de desafios de soluções de
  problemas
Se seu aluno tem uma inteligência
matemática desenvolvida ele aprende
          melhor quando:
•   Faz ou lê gráficos
•   Faz pesquisas tabula e analisa dados
•   Faz análise e crítica de situações
•   Lê e entende infográficos e tabelas
•   Trabalha com números
•   Adora desafios e quebra-cabeças
Inteligência visual no aprendizado
   COMO VOCÊ DESENHA?

     1. Um olho
     2. Uma viagem
     3. Uma noite de lua cheia
Inteligência visual-espacial

•   Desenha, pinta,
•   Constrói imagens e modelos visuais
•   Arranja, desenha, organiza
•   Constrói gráficos organizadores,
    símbolos, mapas, cartazes, mapas
    mentais e outras formas visuais de
    representação
Se seu aluno tem uma inteligência
     visual desenvolvida ele aprende
             melhor quando:
•   Estuda com imagens, gravuras
•   Assiste a vídeos
•   Usa recursos visuais
•   Faz previsões
•   Constrói quebra cabeças e outros
    jogos visuais
Inteligência musical no
              aprendizado
• Escolha um conceito que você esteja
  estudando
• Escreva algumas linhas sobre o assunto
• Faça uma canção sobre esse assunto
• Você pode usar uma música de uma
  canção que você já conhece
Inteligência Musical
• Toca música de fundo
• Toca/ouve música quando está bem
• Toca/ouve música quando não está
  bem
• Usa música para rever, para reforçar
  comportamentos ou estudar
Se seu aluno tem uma inteligência
    musical desenvolvida ele aprende
             melhor quando:
•   Ouve gravações
•   Fala consigo mesmo
•   Faz as próprias canções
•   Repete informações mentalmente
•   Lê alto
•   Cria ritmo e balanço enquanto lê ou
    fala
Corporal-cinestésica
• Ações, movimento, jogos, faça
  você mesmo
• Academias
• Artesanato,
• Organiza, decora, inventa,
  constrói
Se seu aluno tem uma inteligência
 corporal-cinestésica desenvolvida ele
       aprende melhor quando:
• Participa de teatro
• Constrói modelos e exemplos
  materiais (maquetes)
• Visita museus, instituições,
  parques
• Faz perguntas lógicas
• Usa a internet
Inteligência naturalista
Se seu aluno tem uma inteligência
naturalista desenvolvida ele aprende
           melhor quando:
• Estuda em lugares como praças, no
  quintal etc.
• Aprende na presença de plantas
• Relata tarefas ambientais
• Cheira, vê, toca, sente sabor
• Observa fenômenos naturais
Inteligência Linguística no
               aprendizado
  Imagine que você é uma maçã: agora
 escreva sobre a gravidade de Newton
 do ponto de vista de uma maçã,
 suculenta….

1. Como você se sente sobre a gravidade
  sendo uma maçã?
Inteligência linguística na
             aprendizagem

• Escreve bem, descreve experiências e
  sentimentos
• Fala bem, fala sobre experiências e
  sentimentos
• Elabora perguntas com clareza
• Redige com fluência, faz poesia, cria
  metáforas e outras figuras de linguagem
• Faz relatórios, cartas, memorandos etc.
Se seu aluno tem uma inteligência
Linguística desenvolvida ele aprende
           melhor quando:
• Lê
• Memoriza
• Faz palavras cruzadas e outros
  jogos similares
• Constrói rimas, poemas
• Redige textos
Inteligência interpessoal
•    Imagine que você está numa feira de livros
     e encontra um autor, cujo livro você já leu:
    1. O que você pensa? Como vai abordá-lo?
    2. O que você pretende perguntar a ele?
    3. Como você vai se preparar para perguntar?
    4. O que você deverá aprender com essa
       entrevista?
    5. Você pode aprender isso em algum outro
       lugar?
    6. Como você vai explicar essas novidades para
       seus alunos?
    Etc ….
Interpessoal
• Deixa as pessoas falarem
• Discute entre pares ou em grupos
• Gosta de debates, entrevistas e
  reuniões
• Gosta de tarefas em grupo, de
  estudar e aprender com pessoas
Se seu aluno tem uma inteligência
interpessoal desenvolvida ele aprende
           melhor quando:
• Estuda em grupos
• Compara informação entre outros
  colegas
• Entrevista especialistas
• Relata experiências pessoais
• Faz trabalhos e ou jogos
  cooperativos
Qual deles é mais inteligente?
Intrapessoal
• Meditação
• Visualiza, dramatiza sozinho
• Compartilha sentimentos, tem diálogos
  imaginários
• Reflete sobre suas lições de vida, auto-
  avalia-se
• Questiona a si mesmo, compara e
  constrasta pensamentos acerca de si
  mesmo
Se seu aluno tem uma inteligência
intrapessoal desenvolvida ele aprende
            melhor quando:
• Evita distrações
• Estabelece objetivos pessoais
• Joga jogos solitários
• Coloca-se em paz
• Trabalha sozinho
• Relata experiências pessoais
O que é Inteligência Emocional?
• Auto-Conhecimento Emocional - reconhecer um
  sentimento enquanto ele ocorre.
• Controle Emocional - habilidade de lidar com
  seus próprios sentimentos, adequando-os para a
  situação.
• Auto-Motivação - dirigir emoções a serviço de
  um objetivo é essencial para manter-se
  caminhando sempre em busca.
• Reconhecimento de emoções em outras pessoas.
• Habilidade em relacionamentos inter-pessoais.
Importância das Emoções 1
• Sobrevivência: Nossas emoções foram
  desenvolvidas naturalmente através de
  milhões de anos de evolução. Quando
  nos sentimos rejeitados, nossa
  necessidade é por aceitação.
• Tomadas de Decisão: Nossas emoções
  são uma fonte valiosa da informação.
  Nossas emoções nos ajudam a tomar
  decisões.
Importância das Emoções 2
• Ajuste de limites: Quando nos sentimos
  incomodados com o comportamento de uma
  pessoa, nossas emoções nos alertam. Se nós
  aprendermos a confiar em nossas emoções e
  sensações isto nos ajudará a ajustar nossos
  limites que são necessários para proteger nossa
  saúde física e mental.
• Comunicação: Nossas emoções ajudam-nos a
  comunicar com os outros.
• União: Nossas emoções são talvez a maior fonte
  potencial capaz de unir todos os membros da
  espécie humana.
E a que conclusão você chega?
Quão inteligente você é?
Como você pode fazer uso das
 diferentes inteligências para poder
 aprender e para poder ensinar?
Como você percebe o desenvolvimento
 de competências das pessoas – alunos,
 filhos, esposas, maridos?
Como você pode aplicar o que viu hoje
 na sua vida pessoal e profissional?
Referências
• Armstrong, Thomas (2001). Inteligências Múltiplas na sala de
  aula. Porto Alegre: Artmed. 2001
• ________________. Articles. In
  http://www.thomasarmstrong.com/articles.htm
• Bonini, Luci Vários: http://lucibonini.blogspot.com;
  http://slideshare.net/lucibonini
• Geraldi, J.W. (org) (1997) O texto na sala de aula. São Paulo:Ática
• Goleman, Daniel (1996). Emotional Intelligence, why it can
  matter more than IQ. Bloomsbury London.
• INTERNATIONAL COACH ACADEMY. (2009) Learning leader
  course.
• Google Imagens
A beleza de cada grupo está
 na diversidade de talentos




     lucibonini@gmail.com
http://lucibonini.blogspot.com

Mais conteúdo relacionado

Destaque

IRL - Aula 1
IRL - Aula 1IRL - Aula 1
IRL - Aula 1Henrique
 
Em busca do primeiro emprego
Em busca do primeiro empregoEm busca do primeiro emprego
Em busca do primeiro empregoQueroWorkar
 
Instalador e reparador de redes: HSMT (aula 02)
Instalador e reparador de redes: HSMT (aula 02)Instalador e reparador de redes: HSMT (aula 02)
Instalador e reparador de redes: HSMT (aula 02)Henrique
 
Distritos de Uberlândia
Distritos de UberlândiaDistritos de Uberlândia
Distritos de Uberlândiakatiabeatriz22
 
Canal digital: Marketing Pessoal em Entrevista de Emprego
Canal digital: Marketing Pessoal em Entrevista de EmpregoCanal digital: Marketing Pessoal em Entrevista de Emprego
Canal digital: Marketing Pessoal em Entrevista de EmpregoAllan Magalhães
 
Projeto social: primeiro emprego digital
Projeto social: primeiro emprego digitalProjeto social: primeiro emprego digital
Projeto social: primeiro emprego digitalPresença Online
 
Aula 07 empatia (rapport)
Aula 07   empatia (rapport)Aula 07   empatia (rapport)
Aula 07 empatia (rapport)Carlos Sousa
 
Simulado com descritores PROEB português 5º ano
Simulado com descritores PROEB português 5º anoSimulado com descritores PROEB português 5º ano
Simulado com descritores PROEB português 5º anoSilvânia Silveira
 

Destaque (19)

Guia do livro didático 2010
Guia do livro didático 2010Guia do livro didático 2010
Guia do livro didático 2010
 
Mapa empatia
Mapa empatiaMapa empatia
Mapa empatia
 
IRL - Aula 1
IRL - Aula 1IRL - Aula 1
IRL - Aula 1
 
Em busca do primeiro emprego
Em busca do primeiro empregoEm busca do primeiro emprego
Em busca do primeiro emprego
 
Instalador e reparador de redes: HSMT (aula 02)
Instalador e reparador de redes: HSMT (aula 02)Instalador e reparador de redes: HSMT (aula 02)
Instalador e reparador de redes: HSMT (aula 02)
 
20060209
2006020920060209
20060209
 
Marketing pessoal por thiago oliveira
Marketing pessoal por thiago oliveiraMarketing pessoal por thiago oliveira
Marketing pessoal por thiago oliveira
 
Marketing Pessoal
Marketing PessoalMarketing Pessoal
Marketing Pessoal
 
Distritos de Uberlândia
Distritos de UberlândiaDistritos de Uberlândia
Distritos de Uberlândia
 
Canal digital: Marketing Pessoal em Entrevista de Emprego
Canal digital: Marketing Pessoal em Entrevista de EmpregoCanal digital: Marketing Pessoal em Entrevista de Emprego
Canal digital: Marketing Pessoal em Entrevista de Emprego
 
Marketing pessoal
Marketing pessoalMarketing pessoal
Marketing pessoal
 
Projeto social: primeiro emprego digital
Projeto social: primeiro emprego digitalProjeto social: primeiro emprego digital
Projeto social: primeiro emprego digital
 
Apresentação primeiro emprego
Apresentação primeiro empregoApresentação primeiro emprego
Apresentação primeiro emprego
 
Empregabilidade e Marketing Pessoal
Empregabilidade e Marketing PessoalEmpregabilidade e Marketing Pessoal
Empregabilidade e Marketing Pessoal
 
Empatia a Grande Competência
Empatia a Grande CompetênciaEmpatia a Grande Competência
Empatia a Grande Competência
 
Sou Educadora...
Sou Educadora...Sou Educadora...
Sou Educadora...
 
Aula 07 empatia (rapport)
Aula 07   empatia (rapport)Aula 07   empatia (rapport)
Aula 07 empatia (rapport)
 
Língua portuguesa 5 ano
Língua portuguesa  5 anoLíngua portuguesa  5 ano
Língua portuguesa 5 ano
 
Simulado com descritores PROEB português 5º ano
Simulado com descritores PROEB português 5º anoSimulado com descritores PROEB português 5º ano
Simulado com descritores PROEB português 5º ano
 

Semelhante a Asas para voar

Competências e habilidades no ensino superior
Competências e habilidades no ensino superiorCompetências e habilidades no ensino superior
Competências e habilidades no ensino superiorLuci Bonini
 
Diversidade na sala de aula
Diversidade na sala de aulaDiversidade na sala de aula
Diversidade na sala de aulaLuci Bonini
 
PNAIC - Palestra alfabetização e letramento
PNAIC - Palestra alfabetização e letramentoPNAIC - Palestra alfabetização e letramento
PNAIC - Palestra alfabetização e letramentoElieneDias
 
Práticas na educação infantil
Práticas na educação infantilPráticas na educação infantil
Práticas na educação infantilCremilda Carmem
 
Planejamento fevereiro 2011
Planejamento fevereiro 2011Planejamento fevereiro 2011
Planejamento fevereiro 2011Susueli
 
Planificação - um exemplo
Planificação - um exemploPlanificação - um exemplo
Planificação - um exemplokicasmail
 
Pauta formativa pnaic 5º encontro
Pauta formativa pnaic   5º encontroPauta formativa pnaic   5º encontro
Pauta formativa pnaic 5º encontropnaicdertsis
 
Situação de aprendizagem construída a partir da crônica latife marangoni
Situação de aprendizagem construída a  partir da crônica   latife marangoniSituação de aprendizagem construída a  partir da crônica   latife marangoni
Situação de aprendizagem construída a partir da crônica latife marangonilatifem
 
Oficinas de Literatura
Oficinas de LiteraturaOficinas de Literatura
Oficinas de LiteraturaRebeca Santos
 

Semelhante a Asas para voar (20)

Competências e habilidades no ensino superior
Competências e habilidades no ensino superiorCompetências e habilidades no ensino superior
Competências e habilidades no ensino superior
 
Diversidade na sala de aula
Diversidade na sala de aulaDiversidade na sala de aula
Diversidade na sala de aula
 
Gêneros Textuais nos anos iníciais
Gêneros Textuais nos anos iníciaisGêneros Textuais nos anos iníciais
Gêneros Textuais nos anos iníciais
 
PNAIC - Palestra alfabetização e letramento
PNAIC - Palestra alfabetização e letramentoPNAIC - Palestra alfabetização e letramento
PNAIC - Palestra alfabetização e letramento
 
Estudo
EstudoEstudo
Estudo
 
Pausa
PausaPausa
Pausa
 
Práticas na educação infantil
Práticas na educação infantilPráticas na educação infantil
Práticas na educação infantil
 
Práticas na educação infantil
Práticas na educação infantilPráticas na educação infantil
Práticas na educação infantil
 
Planejamento fevereiro 2011
Planejamento fevereiro 2011Planejamento fevereiro 2011
Planejamento fevereiro 2011
 
Planificação - um exemplo
Planificação - um exemploPlanificação - um exemplo
Planificação - um exemplo
 
(3) aprender a pensar
(3) aprender a pensar(3) aprender a pensar
(3) aprender a pensar
 
Pnaic leitura 2016
Pnaic leitura 2016Pnaic leitura 2016
Pnaic leitura 2016
 
Pauta formativa pnaic 5º encontro
Pauta formativa pnaic   5º encontroPauta formativa pnaic   5º encontro
Pauta formativa pnaic 5º encontro
 
Situação de aprendizagem construída a partir da crônica latife marangoni
Situação de aprendizagem construída a  partir da crônica   latife marangoniSituação de aprendizagem construída a  partir da crônica   latife marangoni
Situação de aprendizagem construída a partir da crônica latife marangoni
 
Oficinas de Literatura
Oficinas de LiteraturaOficinas de Literatura
Oficinas de Literatura
 
Texto para reflexão
Texto para reflexãoTexto para reflexão
Texto para reflexão
 
Planejamento anual 1 ano
Planejamento anual 1 anoPlanejamento anual 1 ano
Planejamento anual 1 ano
 
andreia
andreiaandreia
andreia
 
Estratégias de leitura biologia 2014
Estratégias de leitura   biologia 2014Estratégias de leitura   biologia 2014
Estratégias de leitura biologia 2014
 
Como ser criativo
Como ser criativoComo ser criativo
Como ser criativo
 

Mais de Luci Bonini

Comunicação e expressão
Comunicação e expressãoComunicação e expressão
Comunicação e expressãoLuci Bonini
 
Uma longa caminhada para a liberdade - Mandela
Uma longa caminhada para a liberdade - MandelaUma longa caminhada para a liberdade - Mandela
Uma longa caminhada para a liberdade - MandelaLuci Bonini
 
Formação geral - ENADE 2013
Formação geral - ENADE 2013Formação geral - ENADE 2013
Formação geral - ENADE 2013Luci Bonini
 
DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA À LUZ DO ESTADO DE PROTEÇÃO SOCIAL
DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA À LUZ DO ESTADO DE PROTEÇÃO SOCIALDIGNIDADE DA PESSOA HUMANA À LUZ DO ESTADO DE PROTEÇÃO SOCIAL
DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA À LUZ DO ESTADO DE PROTEÇÃO SOCIALLuci Bonini
 
Apontamentos de Filosofia
Apontamentos de FilosofiaApontamentos de Filosofia
Apontamentos de FilosofiaLuci Bonini
 
Filosofia do Direito 2014
Filosofia do Direito 2014Filosofia do Direito 2014
Filosofia do Direito 2014Luci Bonini
 
O pacto federativo e a educação de qualidade
O pacto federativo e a educação de qualidadeO pacto federativo e a educação de qualidade
O pacto federativo e a educação de qualidadeLuci Bonini
 
Diversidade cultural e criatividade na cultura popular brasileira
Diversidade cultural e criatividade na cultura popular brasileiraDiversidade cultural e criatividade na cultura popular brasileira
Diversidade cultural e criatividade na cultura popular brasileiraLuci Bonini
 
Eu odeio política
Eu odeio políticaEu odeio política
Eu odeio políticaLuci Bonini
 
Federalismo e regionalização
Federalismo e regionalizaçãoFederalismo e regionalização
Federalismo e regionalizaçãoLuci Bonini
 
Federalismo fiscal brasileiro
Federalismo fiscal brasileiroFederalismo fiscal brasileiro
Federalismo fiscal brasileiroLuci Bonini
 
Atualidades: conteúdos de formação Geral ENADE
Atualidades: conteúdos de formação Geral ENADEAtualidades: conteúdos de formação Geral ENADE
Atualidades: conteúdos de formação Geral ENADELuci Bonini
 
Políticas públicas e dignidade humana
Políticas públicas e dignidade humanaPolíticas públicas e dignidade humana
Políticas públicas e dignidade humanaLuci Bonini
 
Dignidade humana no Alto Tietê
Dignidade humana  no Alto TietêDignidade humana  no Alto Tietê
Dignidade humana no Alto TietêLuci Bonini
 
Políticas públicas e formação humana
Políticas públicas e formação humanaPolíticas públicas e formação humana
Políticas públicas e formação humanaLuci Bonini
 
A apologia de sócrates
A apologia de sócratesA apologia de sócrates
A apologia de sócratesLuci Bonini
 
Período pós socrático a Idade Média
Período pós socrático a Idade Média Período pós socrático a Idade Média
Período pós socrático a Idade Média Luci Bonini
 
Filosofia Grécia
Filosofia GréciaFilosofia Grécia
Filosofia GréciaLuci Bonini
 
FORMAÇÃO GERAL
FORMAÇÃO GERALFORMAÇÃO GERAL
FORMAÇÃO GERALLuci Bonini
 

Mais de Luci Bonini (20)

Comunicação e expressão
Comunicação e expressãoComunicação e expressão
Comunicação e expressão
 
Uma longa caminhada para a liberdade - Mandela
Uma longa caminhada para a liberdade - MandelaUma longa caminhada para a liberdade - Mandela
Uma longa caminhada para a liberdade - Mandela
 
Formação geral - ENADE 2013
Formação geral - ENADE 2013Formação geral - ENADE 2013
Formação geral - ENADE 2013
 
DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA À LUZ DO ESTADO DE PROTEÇÃO SOCIAL
DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA À LUZ DO ESTADO DE PROTEÇÃO SOCIALDIGNIDADE DA PESSOA HUMANA À LUZ DO ESTADO DE PROTEÇÃO SOCIAL
DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA À LUZ DO ESTADO DE PROTEÇÃO SOCIAL
 
Apontamentos de Filosofia
Apontamentos de FilosofiaApontamentos de Filosofia
Apontamentos de Filosofia
 
Filosofia do Direito 2014
Filosofia do Direito 2014Filosofia do Direito 2014
Filosofia do Direito 2014
 
O pacto federativo e a educação de qualidade
O pacto federativo e a educação de qualidadeO pacto federativo e a educação de qualidade
O pacto federativo e a educação de qualidade
 
Diversidade cultural e criatividade na cultura popular brasileira
Diversidade cultural e criatividade na cultura popular brasileiraDiversidade cultural e criatividade na cultura popular brasileira
Diversidade cultural e criatividade na cultura popular brasileira
 
Eu odeio política
Eu odeio políticaEu odeio política
Eu odeio política
 
Federalismo e regionalização
Federalismo e regionalizaçãoFederalismo e regionalização
Federalismo e regionalização
 
Federalismo fiscal brasileiro
Federalismo fiscal brasileiroFederalismo fiscal brasileiro
Federalismo fiscal brasileiro
 
Atualidades: conteúdos de formação Geral ENADE
Atualidades: conteúdos de formação Geral ENADEAtualidades: conteúdos de formação Geral ENADE
Atualidades: conteúdos de formação Geral ENADE
 
Políticas públicas e dignidade humana
Políticas públicas e dignidade humanaPolíticas públicas e dignidade humana
Políticas públicas e dignidade humana
 
Dignidade humana no Alto Tietê
Dignidade humana  no Alto TietêDignidade humana  no Alto Tietê
Dignidade humana no Alto Tietê
 
Políticas públicas e formação humana
Políticas públicas e formação humanaPolíticas públicas e formação humana
Políticas públicas e formação humana
 
A apologia de sócrates
A apologia de sócratesA apologia de sócrates
A apologia de sócrates
 
Período pós socrático a Idade Média
Período pós socrático a Idade Média Período pós socrático a Idade Média
Período pós socrático a Idade Média
 
Filosofia Grécia
Filosofia GréciaFilosofia Grécia
Filosofia Grécia
 
filosofia
filosofiafilosofia
filosofia
 
FORMAÇÃO GERAL
FORMAÇÃO GERALFORMAÇÃO GERAL
FORMAÇÃO GERAL
 

Asas para voar

  • 1. Asas para voar Luci Bonini Dra. Com. Semiótica – PUC-SP Certified Professional Coach – ICA http://lucibonini.blogspot.com
  • 2. Sumário • Concepção de linguagem • Gêneros do discurso • Avaliação por competências • Inteligências Múltiplas • Inteligência Emocional • Importância das emoções • Que uso eu faço das minhas inteligências?
  • 3. Objetivos Compreender a linguagem como produtora de informação e conhecimento
  • 4. Específicos O efetivo domínio da língua garante ao sujeito maior capacidade de análise e compreensão do mundo Os gêneros textuais são formas mais ou menos estáticas de comunicação Identificar o estilo de aprendizagem de seus alunos, e das pessoas ao seu redor – respeitando as diferenças Compreender que cada ser humano é único e tem um estilo de aprendizagem diferente, vê o mundo de maneira diferente e o entende de acordo com sua maneira, com sua história de vida;
  • 5.
  • 6. Concepção de Linguagem • Linguagem é interação humana • Signos portadores de significados • Macro universo: verbal, visual, sonoro e híbrido • Complexidade do pensamento humano expresso por meio de signos (matemática, ciências, história e geografia, língua)
  • 7. Processo comunicacional • Quem escreve? Como escreve? • Qual o objetivo da mensagem? • Quem vai ler? Como vai ler? Por que vai ler? • Onde vai circular a mensagem? • Quais são os valores e/ou o sistema de crenças de quem produz/decodifica a mensagem? • Quais os estilos de aprendizagem de quem vai produzir e/ou decodificar a mensagem?
  • 8. Gêneros do discurso • Dependem de quem produz, do objetivo da mensagem, de quem lê, do veículo no qual ela vai circular • São paradigmas flexíveis na medida em que ‘evoluem’ acompanhando o progresso tecnológico, linguístico, científico
  • 9.
  • 10. O efetivo domínio da língua... • Garante aos falantes maior capacidade de análise e compreensão do mundo. • Viabiliza maior acesso à informação • Gera recursos para criticar o espaço em que vive • Faz emergir uma atuação mais consciente de sua cidadania
  • 11.
  • 12. DESPERTAR? GERENCIAR? Avaliação por competência? PROVER MAIS RESPEITAR AS RECURSOS? DIVERSIDADES?
  • 13. Conceito de competência Uma • CONHECIMENTO combinação básica de 3 • HABILIDADES coisas: • ATITUDES
  • 14. O processo de desenvolvimento da competência • se dá ao longo da vida, na medida que fazemos e refletimos sobre o que fazemos. Isso requer um ambiente especial onde regras • são necessárias para introduzir os mais jovens, mas as pessoas mais avançadas, sistematicamente quebram as regras se uma determinada situação requer E um aprendizado constante • Para que ocorra um conhecimento criativo, auto organização e ‘empowerment’
  • 15. Experiência usando as 8 inteligências Em pé, levante o pé direito e gire-o no sentido do relógio, Agora desenhe o número 6 no ar Qual lição você com sua mão direita aprendeu com Se você tivesse de seu último erro? fazer um amigo hoje o que você faria? Um cowboy vê 13 Lembre-se de vacas e cada uma um poema tem um passarinho na de 4 linhas cabeça, quantas pernas ele vê no pasto? Cante o hino nacional fazendo Qual a última coisa huuuummmm interessante que você viu na natureza? Desenhe um animal
  • 16. Como você faz um diagrama?
  • 17.
  • 18. Lógico-Matemática • Exploração, observação, investigação • Pensamento crítico e analítico • Construção de modelos mentais • Planejamento, avaliação sistemática • Trabalha com números atuais • Gosta de desafios de soluções de problemas
  • 19. Se seu aluno tem uma inteligência matemática desenvolvida ele aprende melhor quando: • Faz ou lê gráficos • Faz pesquisas tabula e analisa dados • Faz análise e crítica de situações • Lê e entende infográficos e tabelas • Trabalha com números • Adora desafios e quebra-cabeças
  • 20.
  • 21. Inteligência visual no aprendizado COMO VOCÊ DESENHA? 1. Um olho 2. Uma viagem 3. Uma noite de lua cheia
  • 22.
  • 23. Inteligência visual-espacial • Desenha, pinta, • Constrói imagens e modelos visuais • Arranja, desenha, organiza • Constrói gráficos organizadores, símbolos, mapas, cartazes, mapas mentais e outras formas visuais de representação
  • 24. Se seu aluno tem uma inteligência visual desenvolvida ele aprende melhor quando: • Estuda com imagens, gravuras • Assiste a vídeos • Usa recursos visuais • Faz previsões • Constrói quebra cabeças e outros jogos visuais
  • 25. Inteligência musical no aprendizado • Escolha um conceito que você esteja estudando • Escreva algumas linhas sobre o assunto • Faça uma canção sobre esse assunto • Você pode usar uma música de uma canção que você já conhece
  • 26. Inteligência Musical • Toca música de fundo • Toca/ouve música quando está bem • Toca/ouve música quando não está bem • Usa música para rever, para reforçar comportamentos ou estudar
  • 27. Se seu aluno tem uma inteligência musical desenvolvida ele aprende melhor quando: • Ouve gravações • Fala consigo mesmo • Faz as próprias canções • Repete informações mentalmente • Lê alto • Cria ritmo e balanço enquanto lê ou fala
  • 28.
  • 29. Corporal-cinestésica • Ações, movimento, jogos, faça você mesmo • Academias • Artesanato, • Organiza, decora, inventa, constrói
  • 30. Se seu aluno tem uma inteligência corporal-cinestésica desenvolvida ele aprende melhor quando: • Participa de teatro • Constrói modelos e exemplos materiais (maquetes) • Visita museus, instituições, parques • Faz perguntas lógicas • Usa a internet
  • 32. Se seu aluno tem uma inteligência naturalista desenvolvida ele aprende melhor quando: • Estuda em lugares como praças, no quintal etc. • Aprende na presença de plantas • Relata tarefas ambientais • Cheira, vê, toca, sente sabor • Observa fenômenos naturais
  • 33.
  • 34.
  • 35. Inteligência Linguística no aprendizado Imagine que você é uma maçã: agora escreva sobre a gravidade de Newton do ponto de vista de uma maçã, suculenta…. 1. Como você se sente sobre a gravidade sendo uma maçã?
  • 36. Inteligência linguística na aprendizagem • Escreve bem, descreve experiências e sentimentos • Fala bem, fala sobre experiências e sentimentos • Elabora perguntas com clareza • Redige com fluência, faz poesia, cria metáforas e outras figuras de linguagem • Faz relatórios, cartas, memorandos etc.
  • 37. Se seu aluno tem uma inteligência Linguística desenvolvida ele aprende melhor quando: • Lê • Memoriza • Faz palavras cruzadas e outros jogos similares • Constrói rimas, poemas • Redige textos
  • 38. Inteligência interpessoal • Imagine que você está numa feira de livros e encontra um autor, cujo livro você já leu: 1. O que você pensa? Como vai abordá-lo? 2. O que você pretende perguntar a ele? 3. Como você vai se preparar para perguntar? 4. O que você deverá aprender com essa entrevista? 5. Você pode aprender isso em algum outro lugar? 6. Como você vai explicar essas novidades para seus alunos? Etc ….
  • 39. Interpessoal • Deixa as pessoas falarem • Discute entre pares ou em grupos • Gosta de debates, entrevistas e reuniões • Gosta de tarefas em grupo, de estudar e aprender com pessoas
  • 40. Se seu aluno tem uma inteligência interpessoal desenvolvida ele aprende melhor quando: • Estuda em grupos • Compara informação entre outros colegas • Entrevista especialistas • Relata experiências pessoais • Faz trabalhos e ou jogos cooperativos
  • 41. Qual deles é mais inteligente?
  • 42. Intrapessoal • Meditação • Visualiza, dramatiza sozinho • Compartilha sentimentos, tem diálogos imaginários • Reflete sobre suas lições de vida, auto- avalia-se • Questiona a si mesmo, compara e constrasta pensamentos acerca de si mesmo
  • 43. Se seu aluno tem uma inteligência intrapessoal desenvolvida ele aprende melhor quando: • Evita distrações • Estabelece objetivos pessoais • Joga jogos solitários • Coloca-se em paz • Trabalha sozinho • Relata experiências pessoais
  • 44. O que é Inteligência Emocional? • Auto-Conhecimento Emocional - reconhecer um sentimento enquanto ele ocorre. • Controle Emocional - habilidade de lidar com seus próprios sentimentos, adequando-os para a situação. • Auto-Motivação - dirigir emoções a serviço de um objetivo é essencial para manter-se caminhando sempre em busca. • Reconhecimento de emoções em outras pessoas. • Habilidade em relacionamentos inter-pessoais.
  • 45.
  • 46. Importância das Emoções 1 • Sobrevivência: Nossas emoções foram desenvolvidas naturalmente através de milhões de anos de evolução. Quando nos sentimos rejeitados, nossa necessidade é por aceitação. • Tomadas de Decisão: Nossas emoções são uma fonte valiosa da informação. Nossas emoções nos ajudam a tomar decisões.
  • 47. Importância das Emoções 2 • Ajuste de limites: Quando nos sentimos incomodados com o comportamento de uma pessoa, nossas emoções nos alertam. Se nós aprendermos a confiar em nossas emoções e sensações isto nos ajudará a ajustar nossos limites que são necessários para proteger nossa saúde física e mental. • Comunicação: Nossas emoções ajudam-nos a comunicar com os outros. • União: Nossas emoções são talvez a maior fonte potencial capaz de unir todos os membros da espécie humana.
  • 48.
  • 49. E a que conclusão você chega? Quão inteligente você é? Como você pode fazer uso das diferentes inteligências para poder aprender e para poder ensinar? Como você percebe o desenvolvimento de competências das pessoas – alunos, filhos, esposas, maridos? Como você pode aplicar o que viu hoje na sua vida pessoal e profissional?
  • 50. Referências • Armstrong, Thomas (2001). Inteligências Múltiplas na sala de aula. Porto Alegre: Artmed. 2001 • ________________. Articles. In http://www.thomasarmstrong.com/articles.htm • Bonini, Luci Vários: http://lucibonini.blogspot.com; http://slideshare.net/lucibonini • Geraldi, J.W. (org) (1997) O texto na sala de aula. São Paulo:Ática • Goleman, Daniel (1996). Emotional Intelligence, why it can matter more than IQ. Bloomsbury London. • INTERNATIONAL COACH ACADEMY. (2009) Learning leader course. • Google Imagens
  • 51. A beleza de cada grupo está na diversidade de talentos lucibonini@gmail.com http://lucibonini.blogspot.com