Apostila 2º encontro

906 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

Apostila 2º encontro

  1. 1. 1 GOVERNO MUNICIPAL DE CAUCAIA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO - SME COORDENADORIA DE DESENVOLVIMENTO PEDAGÓGICO ANOS FINAISAPOSTILA DE APOIO PEDAGÓGICO 6º ANO 2º ENCONTRO DE MATEMÁTICAPROFESSORES FORMADORES: ANTUNES SIMON, JAKELINE GOMES E LÚCIA OLIVEIRA Caucaia – Ce 2012
  2. 2. 2Caro (a) Professor (a) É indiscutível o poder de fascinação das máquinas sobre alunos e professores.O computador já não é mais coisa de outro mundo, porém a presença dele em sala deaula ainda não é a realidade das nossas escolas públicas, no entanto podemos mudarnossas metodologias ensinando conteúdos matemáticos de uma forma mais atrativa,chamando a atenção do aluno por meio de entretenimentos, como jogos e softwaresexistentes e disponíveis na Internet. O jogo é considerado uma atividade necessária para que se desenvolva aaprendizagem. Segundo Piaget (1971), os jogos são essenciais na vida da criança,sendo a atividade lúdica o berço das suas atividades intelectuais, indispensável, porisso, à prática educativa. Jogos Educacionais podem ser definidos como motivadores do processo deaprendizagem. Na maioria dos jogos educativos, o aluno aprende através da descobertade relações e da interação com o software. O professor assume o papel de moderadordando orientações e selecionando softwares adequados e condizentes com a suaprática pedagógica. O grande desafio é apoiar o aluno para que sua atenção não seja focada somentena competição, deixando de lado os conceitos a serem desenvolvidos. Por isso, areflexão do aluno e a observação do professor são fatores essenciais quando utilizamossoftwares educacionais em sala de aula com fins pedagógicos. Esperamos, com isso,que este material seja útil a você, professor, para ser utilizado em suas aulas, demaneira que consigamos adequar este conteúdo às suas práticas em sala de aula.
  3. 3. 3 JOGOS PEDAGÓGICOS  TANGRAM Tangram é um jogo milenar que exige astúcia e reflexão. Da sua simplicidadenasce sua maior riqueza; pelo corte de um quadrado, sete peças criam, juntas, formashumanas, abstratas e objetos de diversos formatos. Originário da China, e anterior aoséculo 18, pouco se sabe da verdadeira origem do Tangram. Existem inúmeras lendas sobre a história do tangram. Dentre elas a maiscomentada é que: um monge chinês deu uma tarefa a seu discípulo, pediu que elefosse percorrer o mundo em busca de ver e relatar todas as belezas do mundo, assimdeu para ele um quadrado de porcelana e vários outros objetos, para que pudesseregistrar o que encontrasse. Muito descuidado deixou a porcelana cair, essa se dividiuem 7 pedaços em forma de quadrado, paralelogramo e triângulo. Com essas peças elenotou que poderia construir todas as maravilhas do mundo.  CONSTRUINDO O TANGRAM (Passo a passo) 1- Utilizando uma folha de papel dobradura ou similar, recorte um quadrado. Nomeie os vértices desse quadrado ABCD, conforme a figura.
  4. 4. 42- Dobre o quadrado pela diagonal BD. Abra e risque essa linha de dobra com lápis colorido.3- Dobre o quadrado pela outra diagonal AC e “vinque” apenas a linha que, partindo do vértice A, encontra a diagonal BD já traçada. Abra, risque essa linha e nomeie o ponto de encontro das diagonais de O. A partir dessa dobra, obtivemos duas peças do Tangram: os triângulos grandes AOB e AOD.4- Dobre de maneira que o vértice C “encontre” o ponto O. Abra e risque a linha de dobra.
  5. 5. 55- Dobre novamente a diagonal AC e faça um vinco até o encontro do segmento EF. Nomeie o ponto de intersecção de G. Risque essa linha de dobra. Dobre, então, de modo que o ponto E toque o ponto O. Vinque a dobra entre o ponto G e a diagonal BD. Abra e risque esse segmento.6- Para obter o quadrado e o outro triângulo pequeno, você deve dobrar o quadrado de maneira que o vértice D toque o ponto O.
  6. 6. 6Algumas figuras confeccionadas com as peças do tangramFonte: http://4pilares.zi-yu.com/?page_id=385
  7. 7. 7
  8. 8. 8
  9. 9. 9 SOFTWARE Tangram http://voxcast.dedegames.com/games/tangram-32.swf OFICINA CONSTRUÇÃO NUMÉRICAEXPLORANDO O MATERIAL DIDÁTICO – ESCALA CUISENAIRE
  10. 10. 10 Feito originalmente de madeira, o Cuisenaire é constituído por modelos deprismas quadrangulares com alturas múltiplas da do cubo – representante do número 1em 10 cores diferentes e 10 alturas proporcionais.MATERIALO material Cuisenaire é constituído por 241 barras de madeira, sem divisão em unidadese com tamanhos variando de uma até dez unidades. Cada tamanho corresponde a umacor específica. NÚMERO COR REPRESENTADO Branco (ou cor de 1 madeira) Vermelho 2 Verde-claro 3 Rosa (ou lilás) 4 Amarelo 5 Verde-escuro 6 Preto 7 Castanho ( ou marrom) 8 Azul 9 Cor de laranja 10OBJETIVO DA ESCALA: permitir que a aprendizagem se processe através dadescoberta por “ensaio e erro”, tornando a criança um agente ativo desse processo. Osnúmeros são representados por grandezas contínuas.
  11. 11. 11 UTILIZAÇÃO  análise-síntese  constância de percepção (forma,tamanho,cor)  idéia de número  comparação  adição  subtração  multiplicação  divisão  dobro/triplo  frações  mdc e mmc  expressão numérica ATIVIDADES Atividade 1 1. Quantas barras brancas são necessárias para formar uma barra do mesmo tamanho que a vermelha?_____________________________________________________ 2. Quantas barras brancas são necessárias para formar uma barra do mesmo tamanho que a verde-clara? __________________________________________________________________ 3. Quantas barras brancas são necessárias para formar uma barra do mesmo tamanho que a lilás? __________________________________________________________ 4. Quantas barras brancas são necessárias para formar uma barra do mesmo tamanho que a amarela? __________________________________________________________________ Atividade 2 Considere a barra branca como unidade de medida (a barra branca vale 1).1. Quanto vale a barra vermelha? ____________________________________________2. Quanto vale a barra amarela? ____________________________________________3. Quanto vale a barra marrom? ___________________________________________
  12. 12. 12Atividade 3 – Representar números1. Construa o número 7 com duas barras. Registre sua resposta.2. Sem repetir barras da mesma cor, de quantas maneiras diferentes podemos representar o número 9. Representa-as na folha.3. Forme o número 8, só com barras vermelhas e brancas. Quantas são as soluções? ____________________
  13. 13. 13 Registre-as.Atividade 4 - OperaçõesAdição 1. Que peças eu posso juntar para formar a peça preta? Faça todas as combinações possíveis com duas peças, depois com três, depois... Por exemplo: (Uma verde clara com uma lilás) 2. Escreva uma sentença numérica para cada solução do item (1). Por exemplo: (4 + 3 = 7) 3. Use apenas duas peças para “formar” a peça marrom. Encontre todas as soluções possíveis e escreva uma sentença matemática para cada solução.
  14. 14. 14Multiplicação 1. Duas peças vermelhas são do tamanho de que peça? Que relação tem este fato com a sentença: 2x2 = 4? 2. Três peças vermelhas são do tamanho de que peça? Que relação tem este fato com a sentença: 3x2 = 6? 3. Quatro peças vermelhas são do tamanho de que peças? E cinco? 4. Quatro peças verdes claros são iguais a quantas peças lilás?Atividade 5 - Frações 1. Com quantas barras vermelhas você obtém o tamanho da barra laranja? O que a barra vermelha é da barra laranja? 2. Com quantas barras verdes claras você forma uma barra azul? O que a barra verde claro é da barra azul? 3. Usando a barra laranja como unidade, complete a tabela abaixo com a medida de cada barra. Verde Verde Branca Vermelha Lilás Amarelo Preta Azul Laranja claro escuroComparando frações 1. O que a barra vermelha é da barra laranja? 2. O que duas barras brancas são da barra laranja? 3. O que é maior:
  15. 15. 15 a) Uma barra vermelha ou duas barras brancas? b) Uma barra amarela ou duas barras verdes-claro? 4. O que a barra vermelha é da barra verde escuro? 5. O que duas barras brancas é da barra verde escuro?Adição 1 11. A barra verde claro valeda barra verde escuro e a barra vermelha vale da 2 3 1 1barra verde escuro. Como podemos representar (  ) da barra verde escuro, usando 2 3as barras?2. Que fração da barra lilás é a barra verde claro? E a barra vermelha? Quanto dá1 3  ? Que procedimento você usou?2 43. O que a barra vermelha é da barra marrom? E a lilás? Que fração da barra marromdá uma barra vermelha mais uma barra lilás? Indique a expressão.Multiplicação 1. O que a barra lilás é da barra marrom? 2. Que barra é a metade da barra lilás? 1 1 3. Justifique com a escala de Cuisenaire o produto  2 2 4. O que a barra verde escuro é da barra azul? O que a barra verde claro é da barra 1 2 verde escuro? Quanto vale, use a escala de Cuisenaire para justificar,  ? 2 3Divisão1. Quantas vezes a barra verde claro cabe na verde escuro?2. Preencha a Quantas vezes a Peça1 cabe na Peça2? Responda na coluna resultado.
  16. 16. 16 PEÇA 1 PEÇA 2 RESULTADOVermelha MarromVermelha LaranjaAmarela LaranjaVermelha Verde ClaroVerde Claro PretaAmarela Verde ClaroLilás PretaPreta Lilás Sugestões de software – Frações LEITURA DE FRAÇÕES Descrição: Escreva por extenso a fração. Fonte: http://www.atividadeseducativas.com.br/atividades/522_fracoes.swf
  17. 17. 17  CRIANDO GRÁFICOSDescrição: Crie o gráfico para a fração apresentada.Fonte: http://www.atividadeseducativas.com.br/index.php?id=525

×