Música e Psicologia

14.374 visualizações

Publicada em

Trabalho Academico sobre os efeitos da música nos homens através da Mídia.

Publicada em: Tecnologia, Diversão e humor
2 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
14.374
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
940
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
2
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Música e Psicologia

  1. 1. M ÚSICA E P SICOLOGIA
  2. 2. Música é Linguagem Tão antiga quanto o homem, a Música Primitiva era usada para exteriorização de alegria, prazer, amor, dor, religiosidade e os anseios da alma. Darwin declarou que a fala humana não antecedeu a música, mas derivou dela.
  3. 4. Como se ouve música? Corrente referencialista: a escuta musical sempre busca um referencial – imagens situações – baseado em experiências de vida Corrente absolutista : é possível compreender a idéia da música pela própria organização dos sons, sem necessidade de suporte em outros sentidos.
  4. 5. Alguns ritmos levam ao céu, outros conduzem qualquer alma ao abismo, outros despertam o extinto da loucura, outros a ousadia, outros o desconforto, outros o desejo de descoberta e criação Como se ouve música?
  5. 7. <ul><li>“ As práticas musicais das crianças e dos adultos são relevantes porque auxiliam no desenvolvimento auditivo, motor, cognitivo e social, além de ajudar a fortalecer as ligações afetivas nas famílias.” Beatriz Ilari (UFPR). </li></ul><ul><li>O Efeito Mozart </li></ul>Para que serve a música?
  6. 9. Música na Mídia A fórmula precede a forma. “A canção de consumo surge então como um dos instrumentos mais eficazes para a coerção ideológica do cidadão numa sociedade de massa.” Umberto Eco
  7. 10. Considerações Finais

×