SlideShare uma empresa Scribd logo
RONALDO SCARAVONATTI
ENGENHEIRO CIVIL
CREA 82.596-D
Rua Garibaldi 530/201 3454 42 64
PROJETO ARQUITETÔNICO
OBRA: EDIFÍCIO RESIDENCIAL MULTIFAMILIAR
LOCAL: RUA ANGELO DALLA COLLETTA Nº 130
PROPRIETÁRIO: COSNTRUTORA ENGEPAS LTDA
EMPREENDIMENTO:
OBJETIVO:
O presente memorial tem por objetivo discriminar materiais e estabelecer normas
para a construção de um prédio residencial multifamiliar composto de 02 Pavimentos de
garagens sendo um deles com hall de entrada, outro com reservatórios inferior,
totalizando ao todo 14 vagas de garagens e mais seis pavimentos tipo todo residencial a
saber:
Pavimento tipo contendo dois apartamentos por andar. Do 201 ao 701, do 202 ao
702. doze apartamentos compostos de 02 dormitórios, banho social, banho privativo no
dormitório casal, cozinha com área de serviço integrada com sala de estar/jantar,
sacadas e circulação.
Para o apartamento 202 contamos ainda com um terraço descoberto, o prédio
terá reservatório superior, sendo a casa de máquinas embutida no próprio poço.
01 - SERVIÇOS INICIAIS:
SERVIÇOS TÉCNICOS:
PROJETO ARQUITETÔNICO:
- Projeto: Engº Civil Ronaldo B. Scaravonatti
- Execução: Engº Civil Ronaldo B. Scaravonatti
PROJETO INSTALAÇÕES HIDROSSANITÁRIAS
- Projeto: Engº Civil Ronaldo B. Scaravonatti
- Execução: Engº Civil Ronaldo B. Scaravonatti
PROJETO ELÉTRICO E TELEFÔNICO
- Projeto: Engº Eletricista Enivar Zeni
- Execução: Engº Civil Ronaldo B. Scaravonatti
PROJETO ESTRUTURAL
- Projeto: Eng. Civil Ronaldo B. Scaravonatti
- Execução: Eng. Civil Ronaldo B. Scaravonatti
INSTALAÇÕES PROVISÓRIAS
TAPUMES, BARRACO, PLACAS:
Foram previstos tapumes na frente do terreno para isolar a obra do tráfego de veículos e
pessoas.
O barraco da obra servirá como escritório, almoxarifado e depósito, O mesmo será
localizado de tal forma que não atrapalhe a circulação e o desenvolvimento da obra. As placas
serão presas logo acima do tapume, com armação própria.
INSTALAÇÕES DE ÁGUA, LUZ, FORÇA E ESGOTO:
Estas instalações provisórias serão pedidas aos órgãos competentes.
LOCAÇÃO DA OBRA:
A obra deverá ser locada com rigor, os esquadros conferidos e as medidas tomadas em
nível. Como ponto de referência para a devida marcação tomaremos o alinhamento fornecido
pela Prefeitura local.
LIMPEZA DA OBRA:
O mestre deverá controlar para que seja feita uma limpeza permanente na obra afim de
evitar acúmulo de entulhos que atrapalhe a circulação e posterior atraso nos serviços.
TRABALHOS EM TERRA:
LIMPEZA DO TERRENO:
O terreno deverá estar limpo, para em seguida marcarmos as escavações.
ESCAVAÇÃO E DETONAÇÃO:
Após feita a marcação dos níveis teremos os serviços de escavações e detonações de
rochas (se estas existirem), e escavado o terreno até o nível do subsolo. Para tanto será
indispensável a contratação de empresa registrada e habilitada, com as devidas anotações de
responsabilidade técnica e deliberações junto aos órgãos competentes. Depois de remarcada a
obra teremos as escavações para as vigas, sapatas e cortinas.
REATERROS:
Executadas as fundações teremos os serviços de reaterro das valas e buracos feitos e
compactadas as partes aterradas.
02 - INFRA-ESTRUTURA:
CONCRETO ARMADO:
Todos os elementos da infra-estrutura atenderão as necessidades constantes dos
projetos e serão calculados, dimensionados e executados de acordo com as normas da NBR
6118/2003, deverão ser observados rigorosamente a todas as particularidades deste projeto,
bem com os detalhes do projeto arquitetônico.
03 - ESTRUTURA COM REBOCO:
As vigas internas, externas, pilares dos pavimentos tipo e escadas. O concreto receberá
reboco, este deverá ser uniforme para evitar trincas.
04 - IMPERMEABILIZAÇÃO E CONTRAPISO:
.
CONTRAPISOS:
Todos os pisos em contato com a terra serão executados com aditivo impermeabilizante.
A dosagem do mesmo será de acordo com indicações do fabricante.
Os contrapisos só serão executados após o terreno ter sido bem compactado e feitas as
instalações sanitárias e passagens de demais tubulações.
05 - PAREDES E PAINÉIS:
PAREDES:
As paredes em geral serão executadas com tijolos cerâmicos vazados nas dimensões
indicadas em plantas baixas do projeto arquitetônico. As alvenarias de 15cm de espessura
serão com tijolos de seis furos de cutelo formando fiadas e contrafiadas. Quando for indicado
alvenaria de 20cm os tijolos serão assentados deitados também formando fiadas e contrafiadas.
OBS.: As dimensões indicadas em planta baixa incluem o reboco.
ESQUADRIAS EXTERNAS:
Nos apartamentos será colocado esquadrias de alumínio já com pintura a ser definido
pela construtora, sendo que nas garagens em aço, nas escadas será em aço com espessura
3mm.
PAVIMENTO TIPO:
Banheiros: Serão do tipo maxim-ar.
Escada: Teremos esquadrias em aço com espessura 3 mm.
Sala de Estar/Jantar, Lavanderia e dormitórios, as esquadrias serão em vidros
translúcidos do tipo de correr com caxilhos de alumínio.
PAVIMENTO TÉRREO:
A porta de acesso principal será de vidros, conforme detalhamento de esquadrias.
ESQUADRIAS DE FERRO:
Acesso de veículos: Os portões serão automáticos de levantar com comando a
distância.
ESQUADRIAS INTERNAS DE MADEIRA:
Portas de acesso aos apartamentos serão maciças do tipo (PRF).
Portas internas dos apartamentos: Serão semi ocas para pintura.
OBS.: Todas as esquadrias deverão seguir dimensões das plantas baixas e executadas
conforme detalhes específicos.
SOLEIRAS:
Nas janelas usaremos soleiras de granito assentados com argamassa antes de
executada a massa externa.
VIDROS:
Vidro mini-boreal: Nas esquadrias dos banheiros.
Vidro laminado: No fechamento das sacadas, até altura do peitoril 1,20m (3+3)
06 - COBERTURA E PROTEÇÕES:
TELHADO:
A estrutura do telhado será de madeira, conforme projeto. Como material de cobertura
usaremos telhas de fibro cimento ondulada 6mm. As algerosas serão de chapa galvanizada.
CALHAS E CONDUTORES:
As calhas deverão ser executadas em chapa galvanizada dobrada nas dimensões e
detalhes anexos.
Os condutores serão em pvc embutidos nas paredes.
IMPERMEABILIZAÇÕES:
-Boxes de banheiros; usaremos como elemento impermeabilizante massa asfáltica ou
membrana e depois dado o acabamento desejado.
07 - REVESTIMENTOS, FORROS E SERRALHERIA:
REVESTIMENTOS:
CHAPISCO:
Todas as paredes, tanto interna quanto externamente, escadas e pilares serão
chapiscados aplicado uniformemente sobre a superfície a ser revestida.
EMBOÇO:
Será aplicado internamente com uma espessura média de 1cm devendo ser conferidos
os prumos, esquadros e nivelamento com mestras.
GUARNECIMENTO:
Todas as superfícies internas que não levarem revestimento com azulejo ou gesso,
serão guarnecidos com uma espessura de 0,5cm, acabado com desempenadeira, devendo
apresentar uma superfície sem irregularidade.
REBOCO MISTO:
Todas as superfícies externas que receberam chapisco terão revestimento com
argamassa mista.
PLAQUETAS:
Em algumas partes do prédio teremos este revestimento, sendo assentado com a
argamassa específica para uso externo.
AZULEJOS:
Teremos azulejos até o forro nos banheiros, e parte das cozinhas e lavanderias. Estes
azulejos deverão ser lisos de primeira qualidade, da marca Cecrisa ou similar.
Na colocação deste revestimento deverão ser rigorosamente controlados os esquadros
das peças, alinhamento e prumo das juntas, uniformidade no rejunte e o cuidado para que a
argamassa colante abranja toda a pedra antes do assentamento.
Os rejuntes serão da cor a ser definida pela construtora.
.
CORREÇÃO COM NATA DE CIMENTO
Nos forros e pilares das garagens dos dois pavimentos.
FORROS ESPECIAIS:
No hall de entrada do prédio, e nas demais dependências dos apartamentos teremos
rebaixo com forro de gesso.
08 - SERRALHERIA:
Todos os corrimãos das escadas serão de ferro.
09 - PINTURA:
REBOCO:
MASSA TEXTURA PVA:
Nas escadas, circulações comuns, hall de entrada, teremos este revestimento com
massa textura e pintura com tinta acrílica até o forro na cor a ser definida.
PINTURA ACRÍLICA:
Em todas as superfícies externas ou internas que receberam reboco misto ou gesso,
usaremos como revestimento final em pintura acrílica.
ESQUADRIAS E PROTEÇÕES:
ESMALTE SINTÉTICO NA MADEIRA:
Todas as esquadrias, portas e janelas, se estas forem em madeira, receberão esmalte
sintético como proteção.
*As esquadrias de alumínio, terão a pintura no próprio alumínio.
ESMALTE SINTÉTICO NO FERRO:
Os portões de estrutura metálica, bem como os corrimão das escadas e grades de ferro
da central de gás deverão receber uma demão de zarcão e após pintura com esmalte sintético.
FORROS ESPECIAIS E RODAPÉS:
10 - PAVIMENTAÇÃO:
PISO LAMINADO:
Este revestimento será usado no interior dos apartamentos nas seguintes dependências:
dormitórios e circulações. Será dispensado especial cuidado na argamassa de regularização na
colocação dos guarnecimentos para evitar ondulações.
O piso laminado fornecido pela obra será da marca Eucatex ou similar.
PISO PORCELANATO:
Este revestimento será usado nas salas de estar/jantar, nas cozinhas/áreas de serviço e
também no hall de entrada do pavimento térreo.
PISO CERÂMICO:
Este revestimento será usado em todos os banheiros, escadaria e no acesso de entrada
dos apartamentos. A variação do tipo de piso cerâmico deverá ser de acordo com a solicitação
da resistência, será da marca Cecrisa ou similar.
CIMENTO ALISADO:
Vamos ter acabamento com cimento alisado nas garagens, central de gás e casa de
reservatórios.
BASALTO REGULAR:
Será usado no passeio e acesso de pedestres, sendo em lajes de basalto regular.
RODAPÉS:
Teremos rodapé de madeira nas áreas onde tivermos piso laminado, na espessura de
6,0mm.
11 - INSTALAÇÕES DE APAREHOS:
EQUIPAMENTOS DE BANHEIROS E SERVIÇOS:
LOUÇAS:
Banheiros do pavimento tipo: As louças destes banheiros serão de cor a ser definida, da
marca Icasa ou similar.
METAIS:
Os metais serão cromados de primeira qualidade da marca Meber ou similar.
12 - FERRAGENS:
FECHADURAS:
Nas portas de entrada dos apartamentos usaremos fechaduras de cilindro, bem como na
porta externa do prédio. Nos banheiros usaremos fechadura com tranqueta.
No restante das portas teremos fechaduras comuns. O acabamento destas fechauras
será cromado ou latonado.
DOBRADIÇAS:
As dobradiças serão cromadas ou latonadas.
13 - INSTALAÇÕES:
INSTALAÇÕES ELÉTRICAS E TELEFÔNICAS:
Obedecerão ao projeto e especificações próprias.
INSTALAÇÕES HIDROSSANITÁRIAS E GÁS:
Estas instalações seguirão projetos e memoriais específicos, serão de água fria e terão
esperas para água quente.
- O EMPREENDIMENTO CONTARÁ COM MEDIDOR INDIVIDUAL DE ÁGUA.
Também em função de não se cumprir o percentual de área de infiltração no próprio
terreno, faremos uso do reaproveitamento da água da chuva, para tanto estamos com dois
reservatórios de 3000l, um no subsolo e outro junto com os reservatórios superiores.
14 - COMPLEMENTAÇÃO DA OBRA:
PAISAGISMO:
A área externa não pavimentada será ajardinada com grama e vegetação de baixo porte.
LIMPEZA GERAL:
Concluída a obra faremos uma limpeza geral no prédio, bem como testadas todas as
instalações.
15 - DIVERSOS:
Havendo modificações, estas deverão ser definidas com o responsável pelo projeto e
com o proprietário.
Proprietário: ____________________________________________
CONTRUTORA ENGEPAS LTDA
Resp. Projeto: ___________________________________________
ENGº CIVIL RONALDO B. SCARAVONATTI
Crea: 82596
Bento Gonçalves, Novembro de 2011.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Memorial Descritivo do Residencial Al Nur
Memorial Descritivo do Residencial Al NurMemorial Descritivo do Residencial Al Nur
Memorial Descritivo do Residencial Al Nur
Lucio Borges
 
02 Memorial Descritivo
02 Memorial Descritivo02 Memorial Descritivo
02 Memorial Descritivo
estúdioSANZ
 
Memorial descritivo
Memorial descritivoMemorial descritivo
Memorial descritivo
Edson Junior
 
Memorial descritivo
Memorial descritivo Memorial descritivo
Memorial descritivo
Corretora Imóveis
 
Sax Itaim Memorial descritivo
Sax Itaim Memorial descritivoSax Itaim Memorial descritivo
Sax Itaim Memorial descritivo
ArrobaCasa
 
Memorial Descritivo Residencial - Projeto II
Memorial Descritivo Residencial -  Projeto IIMemorial Descritivo Residencial -  Projeto II
Memorial Descritivo Residencial - Projeto II
Moema L. B. Afonso
 
Modelo Contrato de Aluguel
Modelo Contrato de AluguelModelo Contrato de Aluguel
Modelo Contrato de Aluguel
SANTOS CMI
 
Advertencia
Advertencia Advertencia
Advertencia
sindiconet
 
Memorial descritivo - projeto comercial
Memorial descritivo - projeto comercialMemorial descritivo - projeto comercial
Memorial descritivo - projeto comercial
Moema L. B. Afonso
 
Memorial descritivo de desdobro
Memorial descritivo de desdobroMemorial descritivo de desdobro
Memorial descritivo de desdobro
Marlon Lopes
 
Projeto de Interiores Residenciais - Banho
Projeto de Interiores Residenciais - BanhoProjeto de Interiores Residenciais - Banho
Projeto de Interiores Residenciais - Banho
danilosaccomori
 
Unidade 03 planta baixa
Unidade 03   planta baixaUnidade 03   planta baixa
Unidade 03 planta baixa
nelsonpoer
 
Detalhamento - Áreas Molhadas
Detalhamento - Áreas MolhadasDetalhamento - Áreas Molhadas
Detalhamento - Áreas Molhadas
danilosaccomori
 
Memorial descritivo
Memorial descritivoMemorial descritivo
Memorial descritivo
Corretora Imóveis
 
Plantas Técnicas de Piso, Teto e Demolir-Construir
Plantas Técnicas de Piso, Teto e Demolir-ConstruirPlantas Técnicas de Piso, Teto e Demolir-Construir
Plantas Técnicas de Piso, Teto e Demolir-Construir
danilosaccomori
 
Planta baixa sue
Planta baixa suePlanta baixa sue
Planta baixa sue
Daebul University
 
Manual de Assentamento de Revestimentos Cerâmicos
Manual de Assentamento de Revestimentos CerâmicosManual de Assentamento de Revestimentos Cerâmicos
Manual de Assentamento de Revestimentos Cerâmicos
Gail Pisos
 
Multa aplicacao
Multa aplicacao Multa aplicacao
Multa aplicacao
sindiconet
 
Planejamento de canteiros de obras e gestão de processos
Planejamento de canteiros de obras e gestão de processosPlanejamento de canteiros de obras e gestão de processos
Planejamento de canteiros de obras e gestão de processos
Robson Peixoto
 
Memorial de unificações de lotes
Memorial de unificações de lotesMemorial de unificações de lotes
Memorial de unificações de lotes
Marlon Lopes
 

Mais procurados (20)

Memorial Descritivo do Residencial Al Nur
Memorial Descritivo do Residencial Al NurMemorial Descritivo do Residencial Al Nur
Memorial Descritivo do Residencial Al Nur
 
02 Memorial Descritivo
02 Memorial Descritivo02 Memorial Descritivo
02 Memorial Descritivo
 
Memorial descritivo
Memorial descritivoMemorial descritivo
Memorial descritivo
 
Memorial descritivo
Memorial descritivo Memorial descritivo
Memorial descritivo
 
Sax Itaim Memorial descritivo
Sax Itaim Memorial descritivoSax Itaim Memorial descritivo
Sax Itaim Memorial descritivo
 
Memorial Descritivo Residencial - Projeto II
Memorial Descritivo Residencial -  Projeto IIMemorial Descritivo Residencial -  Projeto II
Memorial Descritivo Residencial - Projeto II
 
Modelo Contrato de Aluguel
Modelo Contrato de AluguelModelo Contrato de Aluguel
Modelo Contrato de Aluguel
 
Advertencia
Advertencia Advertencia
Advertencia
 
Memorial descritivo - projeto comercial
Memorial descritivo - projeto comercialMemorial descritivo - projeto comercial
Memorial descritivo - projeto comercial
 
Memorial descritivo de desdobro
Memorial descritivo de desdobroMemorial descritivo de desdobro
Memorial descritivo de desdobro
 
Projeto de Interiores Residenciais - Banho
Projeto de Interiores Residenciais - BanhoProjeto de Interiores Residenciais - Banho
Projeto de Interiores Residenciais - Banho
 
Unidade 03 planta baixa
Unidade 03   planta baixaUnidade 03   planta baixa
Unidade 03 planta baixa
 
Detalhamento - Áreas Molhadas
Detalhamento - Áreas MolhadasDetalhamento - Áreas Molhadas
Detalhamento - Áreas Molhadas
 
Memorial descritivo
Memorial descritivoMemorial descritivo
Memorial descritivo
 
Plantas Técnicas de Piso, Teto e Demolir-Construir
Plantas Técnicas de Piso, Teto e Demolir-ConstruirPlantas Técnicas de Piso, Teto e Demolir-Construir
Plantas Técnicas de Piso, Teto e Demolir-Construir
 
Planta baixa sue
Planta baixa suePlanta baixa sue
Planta baixa sue
 
Manual de Assentamento de Revestimentos Cerâmicos
Manual de Assentamento de Revestimentos CerâmicosManual de Assentamento de Revestimentos Cerâmicos
Manual de Assentamento de Revestimentos Cerâmicos
 
Multa aplicacao
Multa aplicacao Multa aplicacao
Multa aplicacao
 
Planejamento de canteiros de obras e gestão de processos
Planejamento de canteiros de obras e gestão de processosPlanejamento de canteiros de obras e gestão de processos
Planejamento de canteiros de obras e gestão de processos
 
Memorial de unificações de lotes
Memorial de unificações de lotesMemorial de unificações de lotes
Memorial de unificações de lotes
 

Destaque

Modelo para elaboração de memorial descritivo
Modelo para elaboração de memorial descritivoModelo para elaboração de memorial descritivo
Modelo para elaboração de memorial descritivo
Elicio Lima
 
Wizz Iguacu Curitiba Memorial Descritivo da Obra
Wizz Iguacu Curitiba Memorial Descritivo da ObraWizz Iguacu Curitiba Memorial Descritivo da Obra
Wizz Iguacu Curitiba Memorial Descritivo da Obra
Imobiliária Curitiba
 
Memorial descritivo transolimpica
Memorial descritivo transolimpicaMemorial descritivo transolimpica
Memorial descritivo transolimpica
Lac2009
 
Modelo de memorial justificativo
Modelo de memorial justificativoModelo de memorial justificativo
Modelo de memorial justificativo
Janete Silva
 
Memorial Descritivo Web2010
Memorial Descritivo Web2010Memorial Descritivo Web2010
Memorial Descritivo Web2010
Eduardo Natario
 
Memorial descritivo do_creas (1)
Memorial descritivo do_creas (1)Memorial descritivo do_creas (1)
Memorial descritivo do_creas (1)
Raimundo Renato
 
Apresentação da casa com memorial descritivo
Apresentação da casa com memorial descritivoApresentação da casa com memorial descritivo
Apresentação da casa com memorial descritivo
minasinvest
 
Memorial descritivo
Memorial descritivoMemorial descritivo
Memorial descritivo
Corretora Imóveis
 
Rv5405 memorial descritivo
Rv5405 memorial descritivoRv5405 memorial descritivo
Rv5405 memorial descritivo
André Henrique Oliveira Costa
 
Memorial descritivo Terra Nova Rua Joao Dembinski, Fazendinha Curitiba
Memorial descritivo Terra Nova Rua Joao Dembinski, Fazendinha CuritibaMemorial descritivo Terra Nova Rua Joao Dembinski, Fazendinha Curitiba
Memorial descritivo Terra Nova Rua Joao Dembinski, Fazendinha Curitiba
Imobiliária Curitiba
 
Loft - justificativo
Loft - justificativoLoft - justificativo
Loft - justificativo
Mateus Mes
 
Memorial acadêmico
Memorial acadêmicoMemorial acadêmico
Memorial acadêmico
CNSR
 
19 projeto basico-2015-07-15_10_44_26
19 projeto basico-2015-07-15_10_44_2619 projeto basico-2015-07-15_10_44_26
19 projeto basico-2015-07-15_10_44_26
Francis Zeman
 
DPF portaria 387/2006
DPF portaria 387/2006DPF portaria 387/2006
DPF portaria 387/2006
Paulo Mello
 
2006 portaria dpf 387
2006 portaria dpf 3872006 portaria dpf 387
2006 portaria dpf 387
jpcadv
 
Memorial Justificativo Nova Cinelandia
Memorial Justificativo Nova CinelandiaMemorial Justificativo Nova Cinelandia
Memorial Justificativo Nova Cinelandia
Carlos Elson Cunha
 
Manual empreendedor
Manual empreendedorManual empreendedor
Manual empreendedor
Eng. Valtenor Silva
 
Monografia orçamento e controle de custos na construçao civil
Monografia orçamento e controle de custos na construçao civilMonografia orçamento e controle de custos na construçao civil
Monografia orçamento e controle de custos na construçao civil
Alessandra Sampaio
 
Lei Nº 2 548, CóDigo SanitáRio Araripina
Lei Nº  2 548, CóDigo SanitáRio AraripinaLei Nº  2 548, CóDigo SanitáRio Araripina
Lei Nº 2 548, CóDigo SanitáRio Araripina
Everaldo
 
Memorial descritivo
Memorial descritivoMemorial descritivo
Memorial descritivo
Lucianne Garcia
 

Destaque (20)

Modelo para elaboração de memorial descritivo
Modelo para elaboração de memorial descritivoModelo para elaboração de memorial descritivo
Modelo para elaboração de memorial descritivo
 
Wizz Iguacu Curitiba Memorial Descritivo da Obra
Wizz Iguacu Curitiba Memorial Descritivo da ObraWizz Iguacu Curitiba Memorial Descritivo da Obra
Wizz Iguacu Curitiba Memorial Descritivo da Obra
 
Memorial descritivo transolimpica
Memorial descritivo transolimpicaMemorial descritivo transolimpica
Memorial descritivo transolimpica
 
Modelo de memorial justificativo
Modelo de memorial justificativoModelo de memorial justificativo
Modelo de memorial justificativo
 
Memorial Descritivo Web2010
Memorial Descritivo Web2010Memorial Descritivo Web2010
Memorial Descritivo Web2010
 
Memorial descritivo do_creas (1)
Memorial descritivo do_creas (1)Memorial descritivo do_creas (1)
Memorial descritivo do_creas (1)
 
Apresentação da casa com memorial descritivo
Apresentação da casa com memorial descritivoApresentação da casa com memorial descritivo
Apresentação da casa com memorial descritivo
 
Memorial descritivo
Memorial descritivoMemorial descritivo
Memorial descritivo
 
Rv5405 memorial descritivo
Rv5405 memorial descritivoRv5405 memorial descritivo
Rv5405 memorial descritivo
 
Memorial descritivo Terra Nova Rua Joao Dembinski, Fazendinha Curitiba
Memorial descritivo Terra Nova Rua Joao Dembinski, Fazendinha CuritibaMemorial descritivo Terra Nova Rua Joao Dembinski, Fazendinha Curitiba
Memorial descritivo Terra Nova Rua Joao Dembinski, Fazendinha Curitiba
 
Loft - justificativo
Loft - justificativoLoft - justificativo
Loft - justificativo
 
Memorial acadêmico
Memorial acadêmicoMemorial acadêmico
Memorial acadêmico
 
19 projeto basico-2015-07-15_10_44_26
19 projeto basico-2015-07-15_10_44_2619 projeto basico-2015-07-15_10_44_26
19 projeto basico-2015-07-15_10_44_26
 
DPF portaria 387/2006
DPF portaria 387/2006DPF portaria 387/2006
DPF portaria 387/2006
 
2006 portaria dpf 387
2006 portaria dpf 3872006 portaria dpf 387
2006 portaria dpf 387
 
Memorial Justificativo Nova Cinelandia
Memorial Justificativo Nova CinelandiaMemorial Justificativo Nova Cinelandia
Memorial Justificativo Nova Cinelandia
 
Manual empreendedor
Manual empreendedorManual empreendedor
Manual empreendedor
 
Monografia orçamento e controle de custos na construçao civil
Monografia orçamento e controle de custos na construçao civilMonografia orçamento e controle de custos na construçao civil
Monografia orçamento e controle de custos na construçao civil
 
Lei Nº 2 548, CóDigo SanitáRio Araripina
Lei Nº  2 548, CóDigo SanitáRio AraripinaLei Nº  2 548, CóDigo SanitáRio Araripina
Lei Nº 2 548, CóDigo SanitáRio Araripina
 
Memorial descritivo
Memorial descritivoMemorial descritivo
Memorial descritivo
 

Semelhante a Memorial descritivo

Bin 89 j9ovnh4w
Bin 89 j9ovnh4wBin 89 j9ovnh4w
Bin 89 j9ovnh4w
karen cruz
 
Memorial Descritivo - Equilíbrio
Memorial Descritivo - EquilíbrioMemorial Descritivo - Equilíbrio
Memorial Descritivo - Equilíbrio
FernandoKowalski
 
Especificacoes tecnicas casa36_35m2_pag30a36
Especificacoes tecnicas  casa36_35m2_pag30a36Especificacoes tecnicas  casa36_35m2_pag30a36
Especificacoes tecnicas casa36_35m2_pag30a36
charlessousa192
 
Especificações técnicas
Especificações técnicasEspecificações técnicas
Especificações técnicas
João Manoel Malaquias de Oliveira Neto
 
Especificacoes tecnicas modulo_sanitario_pag37a42
Especificacoes tecnicas modulo_sanitario_pag37a42Especificacoes tecnicas modulo_sanitario_pag37a42
Especificacoes tecnicas modulo_sanitario_pag37a42
charlessousa192
 
RESIDENCIAS DA FLORESTA-LANÇAMENTO RUA FLORESTA MIRANDA - NOVA IGUAÇU
RESIDENCIAS DA FLORESTA-LANÇAMENTO RUA FLORESTA MIRANDA - NOVA IGUAÇURESIDENCIAS DA FLORESTA-LANÇAMENTO RUA FLORESTA MIRANDA - NOVA IGUAÇU
RESIDENCIAS DA FLORESTA-LANÇAMENTO RUA FLORESTA MIRANDA - NOVA IGUAÇU
Monica França
 
Memorial descritivo
Memorial descritivoMemorial descritivo
Memorial descritivo
prefeitodeipu
 
Residências da Floresta - 2 e 3 quartos - Nova Iguaçu
 Residências da Floresta - 2 e 3 quartos - Nova Iguaçu Residências da Floresta - 2 e 3 quartos - Nova Iguaçu
Residências da Floresta - 2 e 3 quartos - Nova Iguaçu
Antonio Neto
 
Residencial sun life
Residencial sun lifeResidencial sun life
Residencial sun life
Empreendimentos Life
 
Residencial sun life
Residencial sun lifeResidencial sun life
Residencial sun life
Empreendimentos Life
 
Residencias da floresta
Residencias da florestaResidencias da floresta
Residencias da floresta
imoveisnorj
 
Marcela, Rafael e Thais - Arquitetura residencial vertical.pdf
Marcela, Rafael e Thais - Arquitetura residencial vertical.pdfMarcela, Rafael e Thais - Arquitetura residencial vertical.pdf
Marcela, Rafael e Thais - Arquitetura residencial vertical.pdf
diogenesfm
 
Memorial descritivo comercial2
Memorial descritivo comercial2Memorial descritivo comercial2
Memorial descritivo comercial2
Marlon Lopes
 
Modelo memorial habitação e equipamentos (1)
Modelo memorial habitação e equipamentos (1)Modelo memorial habitação e equipamentos (1)
Modelo memorial habitação e equipamentos (1)
Manu Guimarães
 
Papel-de-parede, revestimentos granílicos e pisos elevados
Papel-de-parede, revestimentos granílicos e pisos elevadosPapel-de-parede, revestimentos granílicos e pisos elevados
Papel-de-parede, revestimentos granílicos e pisos elevados
antoniocgnoatto
 
Memorial descritivo unidade_residencial
Memorial descritivo unidade_residencialMemorial descritivo unidade_residencial
Memorial descritivo unidade_residencial
Sidney Monti
 
Relatório obra-alto-de-pinheiros
Relatório obra-alto-de-pinheirosRelatório obra-alto-de-pinheiros
Relatório obra-alto-de-pinheiros
Pró Ativa Serviços de Engenharia
 
Imóveis da Real Consultoria Imobiliária: Estilo Bela Vista
Imóveis da Real Consultoria Imobiliária: Estilo Bela VistaImóveis da Real Consultoria Imobiliária: Estilo Bela Vista
Imóveis da Real Consultoria Imobiliária: Estilo Bela Vista
Real Imóveis Consultoria
 
Histórico de obra res. unifamiliar-marco aurelio-1a fase
Histórico de obra res. unifamiliar-marco aurelio-1a faseHistórico de obra res. unifamiliar-marco aurelio-1a fase
Histórico de obra res. unifamiliar-marco aurelio-1a fase
Pró Ativa Serviços de Engenharia
 
Apresentação tahiti 1 semestre 2010
Apresentação tahiti 1 semestre 2010Apresentação tahiti 1 semestre 2010
Apresentação tahiti 1 semestre 2010
magctba
 

Semelhante a Memorial descritivo (20)

Bin 89 j9ovnh4w
Bin 89 j9ovnh4wBin 89 j9ovnh4w
Bin 89 j9ovnh4w
 
Memorial Descritivo - Equilíbrio
Memorial Descritivo - EquilíbrioMemorial Descritivo - Equilíbrio
Memorial Descritivo - Equilíbrio
 
Especificacoes tecnicas casa36_35m2_pag30a36
Especificacoes tecnicas  casa36_35m2_pag30a36Especificacoes tecnicas  casa36_35m2_pag30a36
Especificacoes tecnicas casa36_35m2_pag30a36
 
Especificações técnicas
Especificações técnicasEspecificações técnicas
Especificações técnicas
 
Especificacoes tecnicas modulo_sanitario_pag37a42
Especificacoes tecnicas modulo_sanitario_pag37a42Especificacoes tecnicas modulo_sanitario_pag37a42
Especificacoes tecnicas modulo_sanitario_pag37a42
 
RESIDENCIAS DA FLORESTA-LANÇAMENTO RUA FLORESTA MIRANDA - NOVA IGUAÇU
RESIDENCIAS DA FLORESTA-LANÇAMENTO RUA FLORESTA MIRANDA - NOVA IGUAÇURESIDENCIAS DA FLORESTA-LANÇAMENTO RUA FLORESTA MIRANDA - NOVA IGUAÇU
RESIDENCIAS DA FLORESTA-LANÇAMENTO RUA FLORESTA MIRANDA - NOVA IGUAÇU
 
Memorial descritivo
Memorial descritivoMemorial descritivo
Memorial descritivo
 
Residências da Floresta - 2 e 3 quartos - Nova Iguaçu
 Residências da Floresta - 2 e 3 quartos - Nova Iguaçu Residências da Floresta - 2 e 3 quartos - Nova Iguaçu
Residências da Floresta - 2 e 3 quartos - Nova Iguaçu
 
Residencial sun life
Residencial sun lifeResidencial sun life
Residencial sun life
 
Residencial sun life
Residencial sun lifeResidencial sun life
Residencial sun life
 
Residencias da floresta
Residencias da florestaResidencias da floresta
Residencias da floresta
 
Marcela, Rafael e Thais - Arquitetura residencial vertical.pdf
Marcela, Rafael e Thais - Arquitetura residencial vertical.pdfMarcela, Rafael e Thais - Arquitetura residencial vertical.pdf
Marcela, Rafael e Thais - Arquitetura residencial vertical.pdf
 
Memorial descritivo comercial2
Memorial descritivo comercial2Memorial descritivo comercial2
Memorial descritivo comercial2
 
Modelo memorial habitação e equipamentos (1)
Modelo memorial habitação e equipamentos (1)Modelo memorial habitação e equipamentos (1)
Modelo memorial habitação e equipamentos (1)
 
Papel-de-parede, revestimentos granílicos e pisos elevados
Papel-de-parede, revestimentos granílicos e pisos elevadosPapel-de-parede, revestimentos granílicos e pisos elevados
Papel-de-parede, revestimentos granílicos e pisos elevados
 
Memorial descritivo unidade_residencial
Memorial descritivo unidade_residencialMemorial descritivo unidade_residencial
Memorial descritivo unidade_residencial
 
Relatório obra-alto-de-pinheiros
Relatório obra-alto-de-pinheirosRelatório obra-alto-de-pinheiros
Relatório obra-alto-de-pinheiros
 
Imóveis da Real Consultoria Imobiliária: Estilo Bela Vista
Imóveis da Real Consultoria Imobiliária: Estilo Bela VistaImóveis da Real Consultoria Imobiliária: Estilo Bela Vista
Imóveis da Real Consultoria Imobiliária: Estilo Bela Vista
 
Histórico de obra res. unifamiliar-marco aurelio-1a fase
Histórico de obra res. unifamiliar-marco aurelio-1a faseHistórico de obra res. unifamiliar-marco aurelio-1a fase
Histórico de obra res. unifamiliar-marco aurelio-1a fase
 
Apresentação tahiti 1 semestre 2010
Apresentação tahiti 1 semestre 2010Apresentação tahiti 1 semestre 2010
Apresentação tahiti 1 semestre 2010
 

Memorial descritivo

  • 1. RONALDO SCARAVONATTI ENGENHEIRO CIVIL CREA 82.596-D Rua Garibaldi 530/201 3454 42 64 PROJETO ARQUITETÔNICO OBRA: EDIFÍCIO RESIDENCIAL MULTIFAMILIAR LOCAL: RUA ANGELO DALLA COLLETTA Nº 130 PROPRIETÁRIO: COSNTRUTORA ENGEPAS LTDA EMPREENDIMENTO: OBJETIVO: O presente memorial tem por objetivo discriminar materiais e estabelecer normas para a construção de um prédio residencial multifamiliar composto de 02 Pavimentos de garagens sendo um deles com hall de entrada, outro com reservatórios inferior, totalizando ao todo 14 vagas de garagens e mais seis pavimentos tipo todo residencial a saber: Pavimento tipo contendo dois apartamentos por andar. Do 201 ao 701, do 202 ao 702. doze apartamentos compostos de 02 dormitórios, banho social, banho privativo no dormitório casal, cozinha com área de serviço integrada com sala de estar/jantar, sacadas e circulação. Para o apartamento 202 contamos ainda com um terraço descoberto, o prédio terá reservatório superior, sendo a casa de máquinas embutida no próprio poço. 01 - SERVIÇOS INICIAIS: SERVIÇOS TÉCNICOS: PROJETO ARQUITETÔNICO: - Projeto: Engº Civil Ronaldo B. Scaravonatti - Execução: Engº Civil Ronaldo B. Scaravonatti PROJETO INSTALAÇÕES HIDROSSANITÁRIAS - Projeto: Engº Civil Ronaldo B. Scaravonatti - Execução: Engº Civil Ronaldo B. Scaravonatti PROJETO ELÉTRICO E TELEFÔNICO - Projeto: Engº Eletricista Enivar Zeni - Execução: Engº Civil Ronaldo B. Scaravonatti PROJETO ESTRUTURAL - Projeto: Eng. Civil Ronaldo B. Scaravonatti - Execução: Eng. Civil Ronaldo B. Scaravonatti
  • 2. INSTALAÇÕES PROVISÓRIAS TAPUMES, BARRACO, PLACAS: Foram previstos tapumes na frente do terreno para isolar a obra do tráfego de veículos e pessoas. O barraco da obra servirá como escritório, almoxarifado e depósito, O mesmo será localizado de tal forma que não atrapalhe a circulação e o desenvolvimento da obra. As placas serão presas logo acima do tapume, com armação própria. INSTALAÇÕES DE ÁGUA, LUZ, FORÇA E ESGOTO: Estas instalações provisórias serão pedidas aos órgãos competentes. LOCAÇÃO DA OBRA: A obra deverá ser locada com rigor, os esquadros conferidos e as medidas tomadas em nível. Como ponto de referência para a devida marcação tomaremos o alinhamento fornecido pela Prefeitura local. LIMPEZA DA OBRA: O mestre deverá controlar para que seja feita uma limpeza permanente na obra afim de evitar acúmulo de entulhos que atrapalhe a circulação e posterior atraso nos serviços. TRABALHOS EM TERRA: LIMPEZA DO TERRENO: O terreno deverá estar limpo, para em seguida marcarmos as escavações. ESCAVAÇÃO E DETONAÇÃO: Após feita a marcação dos níveis teremos os serviços de escavações e detonações de rochas (se estas existirem), e escavado o terreno até o nível do subsolo. Para tanto será indispensável a contratação de empresa registrada e habilitada, com as devidas anotações de responsabilidade técnica e deliberações junto aos órgãos competentes. Depois de remarcada a obra teremos as escavações para as vigas, sapatas e cortinas. REATERROS: Executadas as fundações teremos os serviços de reaterro das valas e buracos feitos e compactadas as partes aterradas. 02 - INFRA-ESTRUTURA: CONCRETO ARMADO: Todos os elementos da infra-estrutura atenderão as necessidades constantes dos projetos e serão calculados, dimensionados e executados de acordo com as normas da NBR 6118/2003, deverão ser observados rigorosamente a todas as particularidades deste projeto, bem com os detalhes do projeto arquitetônico. 03 - ESTRUTURA COM REBOCO: As vigas internas, externas, pilares dos pavimentos tipo e escadas. O concreto receberá reboco, este deverá ser uniforme para evitar trincas. 04 - IMPERMEABILIZAÇÃO E CONTRAPISO: .
  • 3. CONTRAPISOS: Todos os pisos em contato com a terra serão executados com aditivo impermeabilizante. A dosagem do mesmo será de acordo com indicações do fabricante. Os contrapisos só serão executados após o terreno ter sido bem compactado e feitas as instalações sanitárias e passagens de demais tubulações. 05 - PAREDES E PAINÉIS: PAREDES: As paredes em geral serão executadas com tijolos cerâmicos vazados nas dimensões indicadas em plantas baixas do projeto arquitetônico. As alvenarias de 15cm de espessura serão com tijolos de seis furos de cutelo formando fiadas e contrafiadas. Quando for indicado alvenaria de 20cm os tijolos serão assentados deitados também formando fiadas e contrafiadas. OBS.: As dimensões indicadas em planta baixa incluem o reboco. ESQUADRIAS EXTERNAS: Nos apartamentos será colocado esquadrias de alumínio já com pintura a ser definido pela construtora, sendo que nas garagens em aço, nas escadas será em aço com espessura 3mm. PAVIMENTO TIPO: Banheiros: Serão do tipo maxim-ar. Escada: Teremos esquadrias em aço com espessura 3 mm. Sala de Estar/Jantar, Lavanderia e dormitórios, as esquadrias serão em vidros translúcidos do tipo de correr com caxilhos de alumínio. PAVIMENTO TÉRREO: A porta de acesso principal será de vidros, conforme detalhamento de esquadrias. ESQUADRIAS DE FERRO: Acesso de veículos: Os portões serão automáticos de levantar com comando a distância. ESQUADRIAS INTERNAS DE MADEIRA: Portas de acesso aos apartamentos serão maciças do tipo (PRF). Portas internas dos apartamentos: Serão semi ocas para pintura. OBS.: Todas as esquadrias deverão seguir dimensões das plantas baixas e executadas conforme detalhes específicos. SOLEIRAS: Nas janelas usaremos soleiras de granito assentados com argamassa antes de executada a massa externa. VIDROS: Vidro mini-boreal: Nas esquadrias dos banheiros. Vidro laminado: No fechamento das sacadas, até altura do peitoril 1,20m (3+3) 06 - COBERTURA E PROTEÇÕES: TELHADO:
  • 4. A estrutura do telhado será de madeira, conforme projeto. Como material de cobertura usaremos telhas de fibro cimento ondulada 6mm. As algerosas serão de chapa galvanizada. CALHAS E CONDUTORES: As calhas deverão ser executadas em chapa galvanizada dobrada nas dimensões e detalhes anexos. Os condutores serão em pvc embutidos nas paredes. IMPERMEABILIZAÇÕES: -Boxes de banheiros; usaremos como elemento impermeabilizante massa asfáltica ou membrana e depois dado o acabamento desejado. 07 - REVESTIMENTOS, FORROS E SERRALHERIA: REVESTIMENTOS: CHAPISCO: Todas as paredes, tanto interna quanto externamente, escadas e pilares serão chapiscados aplicado uniformemente sobre a superfície a ser revestida. EMBOÇO: Será aplicado internamente com uma espessura média de 1cm devendo ser conferidos os prumos, esquadros e nivelamento com mestras. GUARNECIMENTO: Todas as superfícies internas que não levarem revestimento com azulejo ou gesso, serão guarnecidos com uma espessura de 0,5cm, acabado com desempenadeira, devendo apresentar uma superfície sem irregularidade. REBOCO MISTO: Todas as superfícies externas que receberam chapisco terão revestimento com argamassa mista. PLAQUETAS: Em algumas partes do prédio teremos este revestimento, sendo assentado com a argamassa específica para uso externo. AZULEJOS: Teremos azulejos até o forro nos banheiros, e parte das cozinhas e lavanderias. Estes azulejos deverão ser lisos de primeira qualidade, da marca Cecrisa ou similar. Na colocação deste revestimento deverão ser rigorosamente controlados os esquadros das peças, alinhamento e prumo das juntas, uniformidade no rejunte e o cuidado para que a argamassa colante abranja toda a pedra antes do assentamento. Os rejuntes serão da cor a ser definida pela construtora. . CORREÇÃO COM NATA DE CIMENTO Nos forros e pilares das garagens dos dois pavimentos. FORROS ESPECIAIS: No hall de entrada do prédio, e nas demais dependências dos apartamentos teremos rebaixo com forro de gesso. 08 - SERRALHERIA: Todos os corrimãos das escadas serão de ferro.
  • 5. 09 - PINTURA: REBOCO: MASSA TEXTURA PVA: Nas escadas, circulações comuns, hall de entrada, teremos este revestimento com massa textura e pintura com tinta acrílica até o forro na cor a ser definida. PINTURA ACRÍLICA: Em todas as superfícies externas ou internas que receberam reboco misto ou gesso, usaremos como revestimento final em pintura acrílica. ESQUADRIAS E PROTEÇÕES: ESMALTE SINTÉTICO NA MADEIRA: Todas as esquadrias, portas e janelas, se estas forem em madeira, receberão esmalte sintético como proteção. *As esquadrias de alumínio, terão a pintura no próprio alumínio. ESMALTE SINTÉTICO NO FERRO: Os portões de estrutura metálica, bem como os corrimão das escadas e grades de ferro da central de gás deverão receber uma demão de zarcão e após pintura com esmalte sintético. FORROS ESPECIAIS E RODAPÉS: 10 - PAVIMENTAÇÃO: PISO LAMINADO: Este revestimento será usado no interior dos apartamentos nas seguintes dependências: dormitórios e circulações. Será dispensado especial cuidado na argamassa de regularização na colocação dos guarnecimentos para evitar ondulações. O piso laminado fornecido pela obra será da marca Eucatex ou similar. PISO PORCELANATO: Este revestimento será usado nas salas de estar/jantar, nas cozinhas/áreas de serviço e também no hall de entrada do pavimento térreo. PISO CERÂMICO: Este revestimento será usado em todos os banheiros, escadaria e no acesso de entrada dos apartamentos. A variação do tipo de piso cerâmico deverá ser de acordo com a solicitação da resistência, será da marca Cecrisa ou similar. CIMENTO ALISADO: Vamos ter acabamento com cimento alisado nas garagens, central de gás e casa de reservatórios. BASALTO REGULAR: Será usado no passeio e acesso de pedestres, sendo em lajes de basalto regular. RODAPÉS: Teremos rodapé de madeira nas áreas onde tivermos piso laminado, na espessura de 6,0mm.
  • 6. 11 - INSTALAÇÕES DE APAREHOS: EQUIPAMENTOS DE BANHEIROS E SERVIÇOS: LOUÇAS: Banheiros do pavimento tipo: As louças destes banheiros serão de cor a ser definida, da marca Icasa ou similar. METAIS: Os metais serão cromados de primeira qualidade da marca Meber ou similar. 12 - FERRAGENS: FECHADURAS: Nas portas de entrada dos apartamentos usaremos fechaduras de cilindro, bem como na porta externa do prédio. Nos banheiros usaremos fechadura com tranqueta. No restante das portas teremos fechaduras comuns. O acabamento destas fechauras será cromado ou latonado. DOBRADIÇAS: As dobradiças serão cromadas ou latonadas. 13 - INSTALAÇÕES: INSTALAÇÕES ELÉTRICAS E TELEFÔNICAS: Obedecerão ao projeto e especificações próprias. INSTALAÇÕES HIDROSSANITÁRIAS E GÁS: Estas instalações seguirão projetos e memoriais específicos, serão de água fria e terão esperas para água quente. - O EMPREENDIMENTO CONTARÁ COM MEDIDOR INDIVIDUAL DE ÁGUA. Também em função de não se cumprir o percentual de área de infiltração no próprio terreno, faremos uso do reaproveitamento da água da chuva, para tanto estamos com dois reservatórios de 3000l, um no subsolo e outro junto com os reservatórios superiores. 14 - COMPLEMENTAÇÃO DA OBRA: PAISAGISMO: A área externa não pavimentada será ajardinada com grama e vegetação de baixo porte. LIMPEZA GERAL: Concluída a obra faremos uma limpeza geral no prédio, bem como testadas todas as instalações. 15 - DIVERSOS: Havendo modificações, estas deverão ser definidas com o responsável pelo projeto e com o proprietário.
  • 7. Proprietário: ____________________________________________ CONTRUTORA ENGEPAS LTDA Resp. Projeto: ___________________________________________ ENGº CIVIL RONALDO B. SCARAVONATTI Crea: 82596 Bento Gonçalves, Novembro de 2011.