Tudo em nome de jesus

947 visualizações

Publicada em

Descrição, do estudo tudo em nome de Jesus

Publicada em: Espiritual
  • Seja o primeiro a comentar

Tudo em nome de jesus

  1. 1. INTRODUÇÃO: Está se tornando comum escutarmos orações sendo finalizadas em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Também é comum vermos baptismos sendo realizados em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. O que as Escrituras nos dizem a respeito?
  2. 2. As nossas orações devem ser em nome de Quem? Tiago 5:14
  3. 3. As advertências e repreensões devem ser em nome de Quem? Atos 16:18
  4. 4. Os milagres foram feitos em nome de Quem? Atos 3:6
  5. 5. Somos salvos através de qual nome? Atos 4:12
  6. 6. Os baptismos na Igreja apostólica foram realizados em nome de Quem? Atos 2:38; Atos 8:16; Atos 10:48; Atos 19:5; Atos 22:16; Romanos 6:3; I Coríntios 6:11; 1 Coríntios 1:13; Gálatas 3:27
  7. 7. "A fórmula baptismal foi mudada do nome de Jesus Cristo para as palavras Pai, Filho e Espírito Santo pela Igreja Católica no 2º Século." "Sempre nas fontes antigas menciona que o batismo era em nome de Jesus Cristo." Enciclopédia Britânica: - 11ª Edição, Vol.3 - págs. 365-366, pág.82. (em inglês)...
  8. 8. Enciclopédia da Religião - Canney: "A religião primitiva sempre baptizava em nome do Senhor Jesus até o desenvolvimento de doutrina da trindade no 2° Século." - pág. 53 (em inglês). Nova Enciclopédia Internacional: "O termo "trindade" se originou com Tertuliano, padre da Igreja Católica Romana." - Vol. 22 pág. 477 (em inglês).
  9. 9. Enciclopédia Da Religião - Hastings: "O baptismo cristão era administrado usando o nome de Jesus. O uso da fórmula trinitariana de nenhuma forma foi sugerida pela história da igreja primitiva; o baptismo foi sempre em nome do Senhor Jesus até o tempo do mártir Justino quando a fórmula da trindade foi usada." - Vol.2 pág. 377-378-389.
  10. 10. E o que dizer da ordem de Jesus em Mateus 28:19?
  11. 11. a) Em toda a Bíblia só existe este verso (“baptizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo"). Leia as passagens paralelas em Marcos 16:15-17 e Lucas 24:47-48 e perceba que elas falam “em meu nome” e não tem a expressão “em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo”. b) Se Jesus realmente mandou baptizar em nome de uma Trindade, por que os discípulos não obedeceram? c) Paulo diz que tudo (Colossenses 3:17) deve ser em nome de Jesus. E os baptismos realizados pelos discípulos foram feitos em nome de Jesus. d) A própria Bíblia de Jerusalém comentando Mateus 28:19 no rodapé, admite que a expressão: “em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo”, foi inserida depois, pois os discípulos baptizavam em nome de Jesus.
  12. 12. Eusébio de Cesaréia, o escritor mais antigo do cristianismo, várias vezes em seus livros antes do Concílio de Nicéia cita Mateus 28:19 da seguinte maneira: “Ide e tornais todas as nações discípulas em meu nome, ensinando-as a observar tudo que vos ordenei.”
  13. 13. Papa Bento XVI afirma: Mateus 28:19 é invenção de Roma
  14. 14. Livro : Introdução ao Cristianismo
  15. 15. "The basic form of our (Matthew 28:19 Trinitarian) profession of faith took shape during the course of the second and third centuries in connection with the ceremony of baptism. So far as its place of origin is concerned, the text (Matthew 28:19) came from the city of Rome." The Trinity baptism and text of Matthew 28:19 therefore did not originate from the original Church that started in Jerusalem around AD 33. It was rather as the evidence proves a later invention of Roman Catholicism completely fabricated. Very few know about these historical facts." --- Introduction to Christianity By Joseph Ratzinger. page 82-83. THE 1968 EDITION, Tradução: "A forma básica da nossa profissão de fé trinitariana (Mateus 28:19) tomou forma durante o curso dos séculos segundo e terceiro em conexão com a cerimônia de batismo. Medida em que o seu lugar de origem está em causa, o texto (Mateus 28:19) veio da cidade de Roma." O batismo da Trindade e texto de Mateus 28:19, portanto, não se originou a partir da Igreja original, que começou em Jerusalém por volta do ano 33. era um pouco como a evidência demonstra uma invenção posterior do catolicismo romano completamente inventada. Muito poucos sabem sobre estes fatos históricos." --- Introdução ao Cristianismo por Joseph Ratzinger. página 82-83. Edição de 1968,
  16. 16. Catecismo do Vaticano
  17. 17. O Catecismo do Vaticano confessa que o texto foi mudado: (traduzido da pg. 164) Em Cristo - Na Bíblia nos diz que os Cristãos foram batizados em Cristo. (n°6) Eles pertencem a Cristo. Em Atos dos Apóstolos (2:36--8:16--10:48--19:5) nos diz: "batizando em nome de Jesus". [pessoa] - uma melhor tradução diria:"para o nome de Jesus." [pessoa] Unicamente no 4° Século a fórmula "Em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo" tornou-se uma prática. (traduzido da pg. 166) Em adição, nós vimos como a igreja primitiva batizava: Primeiro o anúncio do Evangelho... consequentemente Fé e o ato com o qual era selado em forma perfeita com o batismo" em nome [pessoa] de Jesus Cristo. Aparece o que nós chamamos de Cristãos, que significa gente relacionada de especial forma con Cristo. Mais tarde, "no nome de Jesus" foi elaborado e tornou-se "no nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo
  18. 18. Outra versão é a seguinte: “Jesus, aproximando-se deles, disse-lhes: Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra. Ide e ensinai-os a observar todas as coisas que vos ordenei para sempre.” - Mateus 28:18-20 (Na Tradução de George Howard em Hebraico)
  19. 19. NOTA: George Howard é Professor Emérito e Chefe do Departamento de Religião e Professor de Religião da Universidade da Geórgia. Ele realiza pesquisas sobre o Novo Testamento e Judaísmo Intertestamental. Concluiu o PhD. no Hebrew Union College / Instituto Judaico de Religião (1964). Ele também estudou em Vanderbuilt e na Universidade Hebraica.

×