Apresenta Ao Sobre Avalia Ao[1]

1.834 visualizações

Publicada em

Apresentação sobre a avaliação da disciplina de avaliação, Prof. Dinéia.

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.834
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
26
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresenta Ao Sobre Avalia Ao[1]

  1. 1. <ul><li>Universidade São Judas Tadeu </li></ul><ul><li>O Caminho da </li></ul><ul><li>Avaliação </li></ul>Ana Granado Elisa Kerr Luciana Raspa Maria Figueiredo 4o. APGNAS Profa. Dinéia Hypolitto ABRIL / 2007
  2. 2. Avaliação colocada em teste
  3. 3. Aferição da Aprendizagem Provas / Exames Avaliação
  4. 4. <ul><li>Papel do Educador </li></ul><ul><li>Razões de Resistência às Mudanças: </li></ul><ul><li>Psicológica / Biográfica / Pessoal </li></ul><ul><li>Histórica </li></ul><ul><li>Modelo de sociedade excludente </li></ul><ul><li>Mudança de concepção </li></ul>
  5. 5. O que a Escola Pratica: avaliação ou verificação?
  6. 6. Professor (autoritário, detentor do saber) Conteúdo Aluno verificação Quantificação de resultados
  7. 7. Exemplo de medida incoerente 0 4 o 6 4 10 10 Matemática 3 o Média final 2 o 1 o Bimestre Disciplina
  8. 8. aluno Educador avaliação desenvolvimento padrão Reflexão sobre uma nova ação
  9. 9. Professor (mediador, reflexivo) Avalia para diagnosticar Conhecimento significativo Qualidade de aprendizagem do educando avaliação Educador reflete e orienta possíveis dificuldades
  10. 10. “ Ensinamos mas os alunos não aprendem, o que devemos fazer?” A prática educativa deve ser capaz de levar à construção de resultados significativos da aprendizagem. Avaliar para o melhor desenvolvimento do educando
  11. 11. Quadro comparativo ato dinâmico passos estáticos e definitivos direciona o objeto &quot;congela&quot; o objeto não se encerra com valor ou qualidade -> posição a favor ou contra -> nova decisão -> manter como está ou atuar encerra-se com a obtenção do dado que se busca uma tomada de posição a seu favor ou contra ele. objeto ou ato é configurado coleta, análise e síntese dos dados acrescido de valor ou qualidade observação, obtenção, análise e síntese dos dados &quot;atribuir um valor ou qualidade a alguma coisa, ato ou curso de ação...&quot;, &quot;investigar a verdade de alguma coisa. .:&quot;. latim - a-valere , que quer dizer&quot;dar valor a..:&quot;. latim - verum facere - &quot;fazer verdadeiro&quot;. Avaliação Verificação
  12. 12. <ul><li>Encaminhamentos </li></ul><ul><li>1 – Uso da avaliação como uma atribuição de qualidade aos resultados da aprendizagem </li></ul><ul><ul><li>coletar, analisar e sintetizar as condutas cognitivas, afetivas, psicomotoras </li></ul></ul><ul><ul><li>atribuir uma qualidade a essa configuração da aprendizagem </li></ul></ul><ul><ul><li>tomar uma decisão sobre as condutas docentes e discentes: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>a reorientação imediata da aprendizagem </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>o encaminhamento dos educandos para passos subseqüentes </li></ul></ul></ul>
  13. 13. Encaminhamentos 2 – Estar interessado em que o educando aprenda e se desenvolva 3 – Rigor científico e metodológico.
  14. 14. Medida do Aproveitamento Escolar “ Medida é uma forma de comparar grandezas, tomado uma como padrão e outra como objeto a ser medido, ...” Por que é importante Escola Professores Educandos Pais
  15. 15. Nota ou conceito, qual a diferença? SS = superior = 10 MS = médio superior = 8 ME = médio = 6 MI = médio inferior = 4 IN = inferior = 2 SR = sem rendimento = 0
  16. 16. Medida é uma unidade de grandeza Instrumentos iguais ≠ medidas diferentes (medida linear, medidas de peso) Qual a unidade de medida do rendimento escolar? Qual o critério dessa medida?
  17. 17. Quem confere esta medida? Um ser humano como outro qualquer, com: histórias de vida diferentes, conceitos e pré-conceitos, classificações, juizes, imperfeitos. ...nós professores!
  18. 18. “ Na prática da avaliação, só existe um caminho: diagnosticar e reorientar sempre.” Cipriano Luckesi
  19. 19. Referências Bibliográficas HADJI, Charles. A avaliação desmistificada , Porto Alegre: Artmed Edicotra, 2001. LUCKESI, Cipriano C. Avaliação da Aprendizagem Escolar: São Paulo, Cortez, 1995. Revista Impressão Pedagógica - Ano XIII - No.36 - 2004 Site: www.luckesi.com.br

×