Comunicação conceitos fundamentos e históriapdf

770 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
770
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
28
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Comunicação conceitos fundamentos e históriapdf

  1. 1. Introdução à comunicação Dra. Lúcia Miranda
  2. 2. Comunicação – um processo  Processo – fenômeno marcado pela dinâmica.  Compreensão do fenômeno: voltar no tempo – buscar as origens da fala, o desenvolvimento das linguagens e as suas modificações ao longo do tempo (processo simbólico/representação)  Linguagem/cultura/tecnologia – elementos indissociáveis do processo de comunicação.
  3. 3.  Cultura e comunicação simbólica – surgiram simultaneamente com o gênero humano (comunicação e cultura – inerentes ao homem).  Cultura e comunicação – conceitos suplementares.  Tecnologia – qual a relação com os conceitos de cultura e comunicação?
  4. 4. Fundamentos científicos  Comunicação (dic.)  ato de comunicar; informação; aviso; passagem; caminho; ligação.  “capacidade comunicativa” – não é exclusividade humana  Comunicação (Marques de Melo) – (lat.) communis – ideia de comunhão, comunidade, comum  “processo de comunicação” – PROCESSO  qualquer fenômeno que apresente contínua mudança no tempo  Os ingredientes do processo agem uns sobre os outros  Homem – ser social  a comunicação é condição básica para a sociabilidade.
  5. 5.  Segundo Marques de Melo, a comunicação, por meio dos diversos conceitos (científico, filosófico e estrutural) pode ser compreendida como um processo de “transmissão e recuperação de informações”.
  6. 6. Do grunhido à internet  Tecnologia – qualquer mecanismo que possibilita ao homem executar suas tarefas; “extensão do organismo humano” (inicialmente, relacionada à sobrevivência – os primeiros instrumentos foram criados para auxiliar na alimentação – caçar e destrinchar ). “Para que a comunicação humana alcançasse o estágio atual, tanto em volumes e formatos, quanto em velocidade, foram necessárias diversas transformações fisiológicas e processo tecnológicos revolucionários.”(p. 5)
  7. 7. Linguagem e comunicação  Homens começaram por associar um determinado som ou gesto a um certo objeto ou ação  assim nasceram os SIGNOS  Qualquer coisa que se refere a outra/ “aquilo que está no lugar de algo para alguém (representação)
  8. 8. Comunicação visual  Pinturas rupestres – a importância da expressão visual para o homem – no início, o homem comunicava os acontecimentos na ordem em que aconteciam na sua rotina. “hoje, na idade do vídeo e infográfica, nossa vida cotidiana – desde a publicidade televisiva no café da manhã até as últimas notícias no telejornal da meia- noite – está permeada de mensagens visuais.” (SANTAELLA e NÖTH, 1998, p. 13 apud PERLES, 2010, p. 5)
  9. 9.  A invenção de uma quantidade de signos levou à necessidade de organizá-los e combiná-los  LINGUAGEM (expressão)  Signos – sonoros; visuais  Linguagem – a mensagem passa a vencer o âmbito familiar e grupal – invenção da escrita  a partir do século IV a. C – solução mais definitiva para o problema do alcance.
  10. 10. A escrita e a tradição oral  Mesmo após a invenção dos primeiros códigos escritos, a cultura continuou sendo transmitida oral e visualmente.  Durante a Idade Média, o povo não tinha acesso à linguagem escrita (restrita aos monges e às pessoas letradas).  Desenvolvimento da linguagem escrita  desenvolvimento dos suportes e meios de comunicação. (invenção do papel para substituir as superfícies de pedra, os papiros...)
  11. 11. Prensa, tecnologia e comunicação de massa  Prensa de Gutenberg – jornal; Bíblia; livros em escala  democratização da escrita e do saber – origem da comunicação de massa (1º método viável de disseminação de ideias, informações a partir de uma única fonte)  Era da eletricidade – rádio, telégrafo “O advento do rádio marcou uma nova era nas comunicações, porque suas ondas possibilitaram a quebra de uma barreira que subsistiu à tecnologia da impressão: o analfabetismo. (...) cristalizou-se o processo de massificação, cuja abrangência o viabilizou como principal instrumento político da época.” (p. 9)
  12. 12. A estética da imagem  “A tecnologia que propiciou a imagem em movimento e adicionou a ela o elemento sonoro, rompeu com as experiências estéticas até então vivenciadas por meio da técnica de impressão.” (p.10)  Televisão surgiu a partir de um conjunto de descobertas iniciadas em 1817 – descoberta do selênio (produzia uma corrente de elétrons sempre que atingido por um feixe de luz.)
  13. 13.  Primeiras experiências de transmissão – 1930. (década importante para os estudos em comunicação – surgimento das primeiras correntes teóricas)  1950 – retomada das tentativas de transmissão de imagens.  Brasil – 5º país do mundo a possuir emissora de TV (PRF3-T, futura Rede Tupi de São Paulo – 18/set/1950)
  14. 14. Invenção do satélite  1963/64 – primeiros satélites colocados no espaço, servindo simultâneas estações terrestres. “Mas o processo de integração dos meios de comunicação iria sofrer o mais profundo impacto com o advento da rede mundial de computadores, denominada Internet.” 1950 – primeiras experiências realizadas para fins militares. Cibercultura  internet, realidade virtual, hipertexto...
  15. 15. Efeitos convergentes  Controle sobre a velocidade, o tempo e o espaço.  Tecnologia de ponta – sensação de linearidade  promoção do bem-estar social.  (Usamos/consumimos, mas desconhecemos, a maior parte das vezes, a cadeia de produção, a concepção de serviços e consequente apropriação das estruturas econômicas e financeiras da sociedade.)

×