Uso pedagógico de vídeos

207 visualizações

Publicada em

Oficina pedagógica para professores do ensino fundamental.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
207
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Uso pedagógico de vídeos

  1. 1. Oficina Pedagógica: Uso pedagógico de vídeos Núcleo de Tecnologia Educacional de Aquidauana Escola Estadual Romalino Alves de Albres Maio / 2014
  2. 2. Qual a percepção que nós, professores, temos a respeito do vídeo como uma ferramenta pedagógica? Como está sendo utilizado o vídeo enquanto recurso pedagógico na escola?
  3. 3. Diante disto... Refletir sobre a importância do trabalho do professor/mediador na utilização do vídeo como ferramenta pedagógica no desenvolvimento e aprendizagem dos alunos, bem como, verificar as dificuldades encontradas em trabalhar com o vídeo em sala de aula. (Reflexão coletiva / Leitura do texto: O Uso do vídeo como recurso pedagógico)
  4. 4. Pontos importantes a serem observados/Como utilizar o vídeo em sala de aula: •Assista ao programa pelo menos duas vezes, antes de utilizá-lo. A primeira, para conhecê-lo e planejar seu uso. E depois, quantas mais for necessário – para anotar informações, escolher passagens que irá priorizar, observar detalhes etc. •Planeje a utilização: faça uma lista dos conteúdos que quer abordar, com os objetivos que pretende alcançar.
  5. 5. • Converse com seus alunos antes da exibição, explicando-lhes o propósito da atividade. Se a proposta e o objetivo forem claros, o envolvimento e o interesse serão muito maiores. • Um programa pode ser usado de muitas maneiras:  como ‘porta de entrada’ de um assunto,  fonte adicional de informação,  pretexto para debater um tema, etc. Mas, em qualquer circunstância, o fundamental é que você faça um uso didático proveitoso, sem que o vídeo sirva apenas como passatempo.
  6. 6. O uso do vídeo em sala de aula pode contribuir para que o professor possa explorar, durante suas aulas, uma diversidade de conteúdos de forma que esses possam ser contextualizados de diferentes maneiras. O professor pode tornar sua aula mais criativa despertando em seus alunos a sensibilidade, emoção e a criatividade resultando em condições favoráveis para a aprendizagem.
  7. 7. Atividade em Grupo Ler e discutir o texto. Cada grupo ficará responsável por sugerir vídeos e seu uso pedagógico, conforme os seguintes tópicos do texto: •Grupo 1: Vídeo como SENSIBILIZAÇÃO; Vídeo como ILUSTRAÇÃO; •Grupo 2: Vídeo como SIMULAÇÃO; Vídeo como CONTEÚDO DE ENSINO. Baixar o programa aTube Catcher, para fazer o download dos vídeos encontrados. Apresentar as ideias do grupo discutidas acerca do texto lido. Compartilhar os downloads, bem como sugestões de utilização.
  8. 8. Atividades com Vídeo em Sala de Aula O uso do vídeo nas salas de aula são usados com mais frequência como lazer, mas se for usado como ferramenta pedagógica com objetivo definido dentro do planejamento curricular torna-se uma ferramenta motivadora, rica e significativa para os alunos e os conteúdos que o professor pode explorar terão um alcance maior.
  9. 9. E o professor, dessa forma, faz do vídeo o uso duplamente proveitoso: unindo o lazer com a motivação aos conteúdos. Abaixo estão sugestões de uso do vídeo em sala de aula, dos quais o professor pode se inspirar para encontrar nestes ou em outros o que pode fazer parte de suas ações pedagógicas.
  10. 10. 1- Vídeo motivação – se o professor trabalhar um projeto de pesquisa (ciências, geografia, biologia, história...) use um vídeo sobre o tema – isso vai despertar ideias e estimular a criatividade e haverá uma diversidade de aspectos pesquisados- que o próprio vídeo provocará. Um vídeo traz para a sala de aula, realidades distantes dos alunos: um período histórico, uma região de clima desconhecido, a evolução das espécies... tudo o que concretamente torna-se abstrato, e inimaginável torna-se mais real através de um vídeo (mesmo que o tema seja aventura ou drama).
  11. 11. https://www.youtube.com/watch? feature=player_embedded&v=gyuT- x6a6W8 Com imagens do filme Amistad, realizado por Steven Spielberg. Escute Tragédia no mar (ou O navio negreiro) de Castro Alves, na voz de Paulo Autran. O poeta Castro Alves escreveu O navio negreiro aos 22 anos, em 1869. A lei Eusébio de Queirós, que proibia o tráfico de escravos, fora promulgada quase vinte anos antes. Cada parte do poema tem métrica própria, de maneira que o ritmo de cada estrofe retrata a situação apresentada nela. Motivação para uma aula de história - Brasil Colônia - (aproveitar o tema interdisciplinar)
  12. 12. 2-Veja este vídeo para ser usado, em matemática, Donald no País da Matemática: muita criatividade!! Donald no País da Matemágica ("Donald in Mathmagic Land") é um curta de 27 minutos que estrela o Pato Donald, foi lançados nos EUA em 26 de junho de 1959, foi dirigido por Hamilton Luske. O filme foi disponibilizado para as várias escolas, e se tornou um dos mais populares filmes educativos já feitos pela Disney. Em 1959, foi indicado ao Oscar como Melhor Curta-documentário. Walt Disney uma vez, fez uma explicação sobre o filme: O desenho é um bom meio para estimular o interesse. Nos recentemente temos explicado a matemática em um filme animado e, dessa forma estimulado o interesse do público neste assunto muito importante. https://www.youtube.com/watch? v=TphWfs_OXkU&feature=player_embedded
  13. 13. 3-Sugestão: Turma da Mônica - "Um dia no zoológico" - animais, espécies; geografia: regiões, conto reconto - produção de texto - séries iniciais ( com a possibilidade de gravar o reconto - feito pelas crianças - e ser revisto em vídeo) - é uma animação muito divertida! https://www.youtube.com/watch? v=XOyzPPGeqbs&feature=player_embedd ed
  14. 14. O QUE NÃO PODE FALTAR QUANDO USAR VÍDEO Sempre passar informações básicas: Tema – autor, duração do vídeo, e não antecipar o os alunos irão assistir e nem expor sua opinião (isso implica que o professor tenha assistido antes de passar aos seus alunos); E no final abrir o tema para discussão, deixando que os alunos se expressem primeiro, não impor suas ideias, ou o objetivo, mas conduzir a discussão com seus argumentos e ideias sem se esquecer à visão moral: a realidade e o que seria o ideal (modelo)

×