A CLASSIFICAÇÃO DOCONHECIMENTO:CURRÍCULOS,BIBLIOTECAS E ENCICLOPÉDIAS
A ANTROPOLOGIA DO   CONHECIMENTO E VARIEDADES DE          CONHECIMENTO• Antropologia e sua  definição.• O conhecimento no ...
CONTINUAÇÃO DE VARIEDADES DO       CONHECIMENTO• “Conhecimento dos  livros”.• Conhecimento  qualitativo e  quantitativo.• ...
CONHECIMENTO                                  A organização dos  Disciplinas e ensino                currículos• Disciplin...
A ordem das bibliotecas• A biblioteca era a 2ª perna do tripé intelectual do conhecimento :• Os catálogos das bibliotecas ...
Universidade de Oxford/Inglaterra
Biblioteca de Bodleian/Inglaterra
Conrad Gesner: 1516 a 1565     Naturalista suíço teve com obra marcante a 1ª bibliografiaimpressa(1545), foram compilados ...
Enciclopédia “Circulo do aprendizado” era a 3ª  perna do tripé intelectual do conhecimento• Enciclopédia O Speculum ou “Es...
Lugares-Comuns•   Cadernos organizados sistematicamente, frequentemente em•   ordem alfabética ou em tópicos, era forma co...
REORGANIZAÇÃO DO SISTEMA• Conhecimento acadêmico tradicional X Renascimento/ Iluminismo• Mudanças no nível teórico - esque...
REORGANIZAÇÃO DO SISTEMA• Novum organon  – Publicado em 1620  – Sucesso nos séculos XVII e    XVIII  – Usado em currículos...
REESTRUTURAÇÃO DO CURRÍCULO• Tendência para a  diferenciação,  especialização e  “balcanização”• História e Geografia   – ...
CONTINUAÇÃO DA REESTRUTURAÇÃO        DO CURRÍCULO• Necessidade  estatal:A inserção  da política e da  economia no  currícu...
A REESTRUTURAÇÃO DAS BIBLIOTECAS• O que a invenção da  imprensa proporcionou?• A multiplicação dos livros  e a reclassific...
A ORGANIZAÇÃO DOS MUSEUS
• Museus também conhecidos como “gabinetes  de curiosidades” proliferaram nos séculos XVI,  XVII e XVIII.• O museu de Worm...
A ALFABETAÇÃO DAS ENCICLOPÉDIAS• No caso das enciclopédias, o impulso para a  mudança veio da invenção da imprensa. O  sur...
O AVANÇO DO CONHECIMENTO• O uso dos números.• Conhecimento liberal e conhecimento útil.
CONTINUAÇÃO DO AVANÇO DO        CONHECIMENTO• Século XVII,o  conhecimento útil se  torna respeitável.• O conhecimento  oci...
CONCLUSÃO• A importância da enciclopédia• O ponto de vista do mundo atual• Aprimoração da árvore do  conhecimento• Contrib...
COMPONENTES•   Hosana Celeste Bulhões•   Lucimar S. Lino•   Maraysa Nunes•   Maria do Carmo•   Rachel Alves•   Raquel Silv...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A classificacao do conhecimento2

416 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
416
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
37
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A classificacao do conhecimento2

  1. 1. A CLASSIFICAÇÃO DOCONHECIMENTO:CURRÍCULOS,BIBLIOTECAS E ENCICLOPÉDIAS
  2. 2. A ANTROPOLOGIA DO CONHECIMENTO E VARIEDADES DE CONHECIMENTO• Antropologia e sua definição.• O conhecimento no início da era moderna considerado como cultura.• Distinção entre conhecimento teórico e prático,público e privado,conhecimento legítimo e proibido,alto e baixo,liberal e útil.
  3. 3. CONTINUAÇÃO DE VARIEDADES DO CONHECIMENTO• “Conhecimento dos livros”.• Conhecimento qualitativo e quantitativo.• Conhecimento acadêmico e seus vários campos.• Árvores do conhecimento.
  4. 4. CONHECIMENTO A organização dos Disciplinas e ensino currículos• Disciplina associada aos • Currículo das universidades mosteiros,à penitência e à europeias. flagelação. • O bachalerado,as artes,o• Disciplinas científicas trivium e o quadrivium.• Institucionalização de • Como era o primeiro grau? “departamentos” • Sistema mulçumano. acadêmicos.• Linguagem das “faculdades”.
  5. 5. A ordem das bibliotecas• A biblioteca era a 2ª perna do tripé intelectual do conhecimento :• Os catálogos das bibliotecas publicas e privadas seguiam a mesma ordem:• A Biblioteca Bodleian (1605), organizava os livros em 4 grupos principais:• Artes, Teologia, Direito e medicina;• A 1ª bibliografia impressa (1545), obra de Conrad Gesner tinha• aproximadamente 10 mil livros de 3 mil autores era dividido em 21 seções:• Trivium; Quatrivium; poesia, astrologia [...] e finalmente as 3 faculdades mais importantes, Direito, Medicina e Teologia;• E finalmente a classificação chinesa do VII a XIX era composta por 4 grupos: Clássicos, História, Filosofia e Literatura.
  6. 6. Universidade de Oxford/Inglaterra
  7. 7. Biblioteca de Bodleian/Inglaterra
  8. 8. Conrad Gesner: 1516 a 1565 Naturalista suíço teve com obra marcante a 1ª bibliografiaimpressa(1545), foram compilados 10 mil livros de aprox. 3 mil autores
  9. 9. Enciclopédia “Circulo do aprendizado” era a 3ª perna do tripé intelectual do conhecimento• Enciclopédia O Speculum ou “Espelho” de Vincent de Beauvais, foi compilada 2 vezes em 1590 e 1624• A enciclopédia era dividida em 4 partes: Mundo da natureza, da Doutrina, da Moralidade e da História; (Vincent de Beauvais)• As enciclopédias do Sec. XVI eram organizadas tematicamente em 10 disciplinas da Universidade Medieval;• As enciclopédias chinesas das dinastias Ming e Qing tinha uma ordem típica com complexidade no sistema e simples classificação: Fenômenos Celestes; Geografia; Imperadores; Natureza e Conduta Humanas; Governo; [..] Artesanato; Xadrez; Taoísmo; Budismo; Álcool; Medicina e Historia Natural.
  10. 10. Lugares-Comuns• Cadernos organizados sistematicamente, frequentemente em• ordem alfabética ou em tópicos, era forma comum de ordenar• o conhecimento juntamente com os lugares da memória• artificial; os lugares comuns, ajudavam os escritores a produzir• novos textos e os leitores a fixá-los com mínimo de esforço;• Os livros de lugares-comuns ensinado nas escolas e• universidades influenciou o modo de ler no primórdios da• Europa Moderna.• ou seja, hoje podemos considerar os lugares-comuns como os• hipertextos que permitem a recuperação da informação• quando necessário por meio de novos links.
  11. 11. REORGANIZAÇÃO DO SISTEMA• Conhecimento acadêmico tradicional X Renascimento/ Iluminismo• Mudanças no nível teórico - esquemas para reformular a classificação do conhecimento: Classificação de Ramus: Outros esquemas: • Oposições binárias; • Proposta por Leibniz - • Tabula primi libri criada por reforma de bibliotecas e Andreas Libavius; enciclopédias; • Descrição da Toscana (1605); • Tableaux accomplis – • Enciclopédia Teatro de criado por Christofle de Zwinger; Savigny. • Manuais etc.
  12. 12. REORGANIZAÇÃO DO SISTEMA• Novum organon – Publicado em 1620 – Sucesso nos séculos XVII e XVIII – Usado em currículos, bibliotecas e enciclopédias – Base do esquema: • memória (história); • razão (filosofia); • imaginação (poesia). Francis Bacon
  13. 13. REESTRUTURAÇÃO DO CURRÍCULO• Tendência para a diferenciação, especialização e “balcanização”• História e Geografia – História internacional• “Filosofia natural” – Física e história natural• O “Princípio do arrasto” – Química e Botânica associa-se à Medicina
  14. 14. CONTINUAÇÃO DA REESTRUTURAÇÃO DO CURRÍCULO• Necessidade estatal:A inserção da política e da economia no currículo.Como se deu ? Qual era o nível de aceitabilidade ?
  15. 15. A REESTRUTURAÇÃO DAS BIBLIOTECAS• O que a invenção da imprensa proporcionou?• A multiplicação dos livros e a reclassificação nas bibliotecas.• A “ desordem dos livros”.• Universidade de Leiden,1610(os livros eram distribuídos por sete categorias).
  16. 16. A ORGANIZAÇÃO DOS MUSEUS
  17. 17. • Museus também conhecidos como “gabinetes de curiosidades” proliferaram nos séculos XVI, XVII e XVIII.• O museu de Worm inclui caixas rotuladas ”metal”, “pedra”, “madeira”, “conchas”, “Ervas”, “Raizes” etc. A descrição da coleção publicada pelo filho de Worm se divide em quatro livros, que se ocupam de pedras e metais; plantas; animais; e artefatos
  18. 18. A ALFABETAÇÃO DAS ENCICLOPÉDIAS• No caso das enciclopédias, o impulso para a mudança veio da invenção da imprensa. O surgimento da indústria da impressão teve duas consequências importantes: Tornou as enciclopédias disponíveis com mais rapidez e amplitude e tornou-as mais necessárias do que antes.
  19. 19. O AVANÇO DO CONHECIMENTO• O uso dos números.• Conhecimento liberal e conhecimento útil.
  20. 20. CONTINUAÇÃO DO AVANÇO DO CONHECIMENTO• Século XVII,o conhecimento útil se torna respeitável.• O conhecimento ocidental.• Mudança na concepção do conhecimento.• Francis Bacon e o avanço do conhecimento.• A inovação intelectual.
  21. 21. CONCLUSÃO• A importância da enciclopédia• O ponto de vista do mundo atual• Aprimoração da árvore do conhecimento• Contribuição do uso da ordem alfabética.
  22. 22. COMPONENTES• Hosana Celeste Bulhões• Lucimar S. Lino• Maraysa Nunes• Maria do Carmo• Rachel Alves• Raquel Silva• Rosa Maria Braga

×