Leni Riefenstahl
BIOGRAFIA•   Helene Bertha Amalie "Leni" Riefenstahl — (Berlim, 22 de agosto de 1902 —    Pöcking, 8 de setembro de 2003) ...
•   Toda a preparação do filme foi desenhada para sublinhar esse objectivo e todos    os recursos técnicos foram oferecido...
Técnica e Equipamento•   Leni Riefenstahl é lembrada na História do Cinema por ter desenvolvido novas    técticas nos seus...
Portfólio                   A primeira experiência de Leni Riefenstahl na                   realização. DAS BLAUE LICHT é ...
Portfólio                        Foi o primeiro documentário dirigido por Leni                        Riefenstahl.    O   ...
Portfólio                       Triumph des Willens, ou O triunfo da vontade, é                       um filme de propagan...
Portfólio                  Leni Riefenstahl faz do seu documentário sobre os                  Jogos de Berlim uma celebraç...
Portfólio                  Leni Riefenstahl faz do seu documentário sobre os                  Jogos de Berlim uma celebraç...
Portfólio                       Pedro, um pastor, está dormindo na sua            cabana de montanha, quando o seu rebanho...
Portfólio                            O documentário baseia-se principalmente em torno                            Papa Nova...
Principais como atrizDER HEILIGE BERG   STÜRME ÜBER DEM MONTBLANC      1926                    1930
Webgrafia• http://www.dec.ufcg.edu.br/biografias/LeniRie  f.html• http://www.ipv.pt/forumedia/4/8.htm• http://ofimdomundoi...
Realizado porLúcia Vieira Nº51665Produção AudiovisualComunicação e Multimédia 2011/2012Universidade de Trás-os-Montes e Al...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Leni Riefenstahl

757 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
757
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
86
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Leni Riefenstahl

  1. 1. Leni Riefenstahl
  2. 2. BIOGRAFIA• Helene Bertha Amalie "Leni" Riefenstahl — (Berlim, 22 de agosto de 1902 — Pöcking, 8 de setembro de 2003) foi uma cineasta alemã da era nazista. As suas obras mais famosas são os filmes de propaganda que ela realizou para o Partido Nazista alemão. Submetida ao ostracismo na indústria cinematográfica após a guerra, ela tornou-se fotógrafa e mergulhadora. Destaca-se como actriz nos anos 1920, vinda da dança, actuando especialmente em filmes sobre a natureza, um género extremamente popular no período. Cineasta oficial de Hitler e a última das grandes figuras da era do nazismo, admirada e condenada pelos seus documentários, que apresentavam técnicas cinematográficas pioneiras, mas glorificavam o nazismo. Estudou pintura e começou a carreira artística como dançarina. Assim ela ganhou fama, mas um problema no joelho acabou com essa sua carreira. Depois disso, ela ficou famosa como atriz, diretora, produtora e repórter cinematográfica.• Em 1932, passa à direcção filmando "A Luz Azul", a partir do roteiro feito em conjunto com Bela Balázs. O sucesso do filme abre à jovem Leni Riefenstahl, linda e glamorosa, o caminho para a fama. Em 1934, convidada por seu admirador Adolf Hitler, ela prepara e produz "O Triunfo da Vontade" (Triumph des willens), um documentário sobre o monumental Congresso do Partido Nazista realizado em Nuremberg. Um documentário considerado por muitos como uma das melhores obras de cinema já produzidas. O filme acabou por se tornar um símbolo do III Reich. A partir daí, o nome de Leni associou-se para sempre ao Partido Nazista. Em 1936 Leni Riefenstahl filma um novo documentário para o III Reich, desta vez sobre as Olimpíadas de Berlim, nas quais Hitler pretendia que fosse demonstrada a superioridade da raça ariana.
  3. 3. • Toda a preparação do filme foi desenhada para sublinhar esse objectivo e todos os recursos técnicos foram oferecidos para registar a beleza e o vigor do corpo humano.• A guerra afasta Leni das actividades cinematográficas. Em 1945, considerada participante do regime nazista, é presa. Acaba libertada em 1948, pois nunca foi possível provar que tenha exercido actividades políticas. No entanto ficou marcada pela sua colaboração cinematográfica com o nazismo. Leni tentou produzir outros filmes no pós-guerra, mas cada tentativa era boicotada por resistências, protestos e duras críticas. O boicote impediu Leni de financiar as suas produções. Leni Riefenstahl foi vítima da sua extraordinária competência artística. A sua beleza e os seus múltiplos talentos (bailarina, actriz, directora e fotógrafa) não foram suficientes para reduzir as marcas da sua colaboração com o nazismo.• Perto dos seus 80 anos, Leni Riefenstahl começou a praticar fotografia submarina. Ela lançou um novo filme, intitulado Impressionen unter Wasser.• Leni Riefenstahl morreu enquanto dormia no dia 8 de Setembro de 2003, em sua casa em Pöcking, na Alemanha. Em seu obituário, foi dito que Leni foi a última figura famosa da era nazista na Alemanha a morrer.
  4. 4. Técnica e Equipamento• Leni Riefenstahl é lembrada na História do Cinema por ter desenvolvido novas técticas nos seus filmes, especialmente em relação a ângulos de câmera, enquadramentos, movimentos de massas e nus.Técnica do céu• Um dirigível levava uma câmera automática, com objectivas até 600 mm, o limite máximo da época. O resultado eram panorâmicas aéreas do evento.Técnica Do trampolim• Saltos filmados em plongée (de cima para baixo) e de baixo para cima, do trampolim, dão impressão de voo.Dentro de água• Equipamentos à prova de água. Diferentes lentes captam detalhes do músculo, da respiração e da expressão dos atletas / actores.
  5. 5. Portfólio A primeira experiência de Leni Riefenstahl na realização. DAS BLAUE LICHT é uma variação dentro do género dos filmes de montanha, na linha dos trabalhos de Arnold Fanck (com quem Riefenstahl colaborara assiduamente). É a história do amor trágico entre uma aldeã e um artista citadino, numa atmosfera de romântico lirismo que remonta aos contos e tradições populares da Alemanha. O próprio Fanck, encantado com a habilidade revelada pela sua pupila, foi um dos maiores entusiastas do filme.Das Blaue Licht 1932
  6. 6. Portfólio Foi o primeiro documentário dirigido por Leni Riefenstahl. O filme relata o 5º Reichsparteitag do NSDAP, que ocorreu em Nuremberg de 30 de Agosto a 3 de Setembro de 1933. O filme tem o mesmo formato de outras produções de Riefenstahl como Triumph des Willens e Tag der Freiheit (produzidos em 1934 e 1935 respectivamente). Mostra a chegada do Führer ao aeroporto, seu encontro com membros do partido, discursos de representantes, além de desfiles da SA. Ernst Röhm, líder da SA, está presente no filme. Em junho de 1934, durante a noite das facas longas, Röhm, homossexual assumido, e vários outros líderes da SA foram executados. Todas as evidências de Röhm deveriam ser apagadas da história da Alemanha, o que incluiria destruir todas as cópias do filme, então Triumph des Willens foi produzido para substituí-lo. Uma cópia de Der Sieg des Glaubens só foi encontrada em 1986.Der Sieg des Glaubens 1933
  7. 7. Portfólio Triumph des Willens, ou O triunfo da vontade, é um filme de propaganda política da cineasta alemã Leni Riefenstahl, documentando o Congresso do Partido Nazista de 1934 em Nuremberg. É um dos filmes de propaganda política mais conhecidos na história do cinema, com grande reconhecimento das técnicas utilizadas por Riefenstahl, que depois passaram a influenciar filmes, documentários e comerciais. O filme mostra muitos membros do Partido Nazista assim como soldados, marchando ao som de música clássica, cantando, jogando e cozinhando; também inclui trechos sonoros de discursos dados por vários conselheiros para Adolf Hitler, porções de discursos do próprio Hitler. O filme tenta mostrar como os alemães mostravam a sua lealdade à pessoa de Hitler. Por este filme Riefenstahl recebeu uma medalha de ouro na Feira Mundial de Paris em 1937, também recebeu premiações nos Estados Unidos e Suécia. O filme está banido na Alemanha.Triumph des Willens 1935
  8. 8. Portfólio Leni Riefenstahl faz do seu documentário sobre os Jogos de Berlim uma celebração ao corpo humano, combinando a poesia de corpos em movimento com close-up de atletas no calor de competição. No volume 1, destaque para a maratona e Jesse Owens, primeiro atleta a conquistar 4 medalhas de ouro em uma única olimpíada.Olympia Vol. 1 1938
  9. 9. Portfólio Leni Riefenstahl faz do seu documentário sobre os Jogos de Berlim uma celebração ao corpo humano, combinando a poesia de corpos em movimento com close-up de atletas no calor de competição. No volume 2, os destaques são Glen Morris, vecedor do Pentatlo e do Decatlo e o triunfal encerramento dos jogos.Olympia Vol. 2 1938
  10. 10. Portfólio Pedro, um pastor, está dormindo na sua cabana de montanha, quando o seu rebanho é atacado por um lobo solitário. Ele desperta para defender as suas ovelhas, e estrangula o lobo. A construção de um canal está concluído e desvia a água das fazendas e campos dos camponeses para apoiar os touros premiado do fazendeiro, D. Sebastião, Marquês de Roccabruno. Marta, uma "dançarina mendiga", chegou à aldeia, e entretém as pessoas. Sebastião vê-a e leva-a para seu castelo, encantado com sua beleza e graça. Ele mantém como sua amante em uma "gaiola dourada". Marta discute com ele para ouvir o sofrimento dos camponeses, mas ele rejeita o pedido novamente. Vendo sua arrogância e desumanidade ela foge. Ela cai em exaustão nas montanhas, onde Pedro a encontra e a leva para sua cabana. Os homens de Sebastião localizam-na e levam-na para o castelo. Sebastião na extrema necessidade para liquidar as suas finanças evoca um plano. Ele vai casar-se com Amélia, mas mantem a Martha como amante, - ele quer que ela se case com alguém que ele possa manipular e controlar. Pedro é convidado a se casar com ela. Martha despreza Pedro no início, mas depois ela percebe que ele se casou com ela por amor. Uma briga começa entre Pedro e Sebastião, e Pedro estrangula-lo como tinha feito com o lobo. Na cena final, Pedro e Marta caminham até as montanhas.Tiefland 1954
  11. 11. Portfólio O documentário baseia-se principalmente em torno Papa Nova Guiné , e é uma colecção de imagens, dirigidas por Leni Riefenstahl entre 1970 e 2000. Outras partes do filme incluem as Ilhas Maldivas, Quénia , Tanzânia , Indonésia , o Mar Vermelho , algumas Ilhas do Pacífico e Mar as caraibas Cuba. Riefenstahl negou que o filme foi um retorno; "Eu sempre fui activa e continuarei a sê-lo. O Meu filme mostra a beleza do mundo subaquático. espero que toque a consciência do espectador, uma vez que ilustra exactamente o que o mundo irá perder quando nada for feito para parar a destruição dos nossos oceanos. Uma vez eu disse que eu sou fascinada pela beleza da vida. Procuro a harmonia e, debaixo de água descobri-a. " Riefenstahl também contribuiu uma introdução, discutindo o trabalho e suas viagens marítimasImpressionen unter Wasser 2002
  12. 12. Principais como atrizDER HEILIGE BERG STÜRME ÜBER DEM MONTBLANC 1926 1930
  13. 13. Webgrafia• http://www.dec.ufcg.edu.br/biografias/LeniRie f.html• http://www.ipv.pt/forumedia/4/8.htm• http://ofimdomundoimperfeito.blogspot.com/201 1/12/leni-riefenstahl-deusa-perfeita.html• http://pt.wikipedia.org/wiki/Leni_Riefenstahl• http://www.mnemocine.com.br/aruanda/leni.htm• http://historia.abril.com.br/politica/cineast a-hitler-485431.shtml• http://cinema.sapo.pt/pesquisa/?terms=Leni+Ri efenstahl
  14. 14. Realizado porLúcia Vieira Nº51665Produção AudiovisualComunicação e Multimédia 2011/2012Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro

×