SlideShare uma empresa Scribd logo

Setemi News

O documento discute três tópicos principais: 1) O Brasil perdeu mais de 41 mil leitos hospitalares do SUS nos últimos dez anos, totalizando uma redução de 23 mil leitos. 2) Uma dieta pobre em FODMAP, carboidratos mal absorvidos, pode melhorar significativamente os sintomas da síndrome do intestino irritável. 3) O império do Facebook atingiu 2,6 bilhões de usuários em suas plataformas.

1 de 12
Baixar para ler offline
SETEMI NEWSS Sempre Trazendo Mais Informação!
Ano 6 - Edição 68Mogi das Cruzes, Novembro de 2018 Distribuição Gratuita
Brasil perdeu mais de 40 mil leitos
do SUS nos últimos dez anos
Levantamento divulgado pela
Confederação Nacional dos
Municípios (CNM) aponta que o
Brasil perdeu, nos últimos dez
anos, mais de 41 mil leitos hospi-
talares no âmbito do Sistema
Único de Saúde (SUS). Em 2008,
o total de leitos na rede pública era
de 344.573. Em 2018, o total Página 2
chegava a 303.185. Já os leitos
classificados como não SUS
aumentaram de 116.083 em 2008
para 134.380 este ano. De forma
geral, portanto, o sistema de
saúde brasileiro passou de
460.656 leitos em 2008 para
437.565 em 2018.
Educação
Acesso à educação é
insuficiente para diminuir
desigualdade
É possível reduzir a desigualdade
socioeconômica no Brasil só pela
via educacional? Especialistas
fizeram uma série de análises e
confirmaram que sim. Porém, o
resultado é muito aquém do que o
senso comum costuma acreditar.
Se a partir de 1994, ano do Plano
Real, tivéssemos um sistema
educacional “perfeito” para todos
os alunos, a desigualdade no
país seria apenas 2% menor do
que é hoje. O sistema educacio-
nal perfeito é aquele em que
todas as crianças e adolescentes
do país estão matriculadas.
Página 6
Tecnologia
Facebook chega a 2,6 bilhões
de usuários no mundo com
suas plataformas
O império Facebook chegou a 2,6
bilhões de usuários em todo o
mundo com suas plataformas
( W h a t s A p p , I n s t a g r a m e
Messenger, além da rede social
que dá nome à companhia). A
informação foi divulgada pelo
presidente da empresa, Mark
Zuckerberg, após a divulgação
dos resultados do terceiro trimes-
tre de 2018. Somente o Facebook
tem 2,3 bilhões de usuários
entrando na plataforma todo mês,
sendo 1,5 bilhão todo dia. Com
isso, a plataforma avança em sua
liderança no ranking mundial.
Página 9
Saúde
Alimentos como leite e derivados, frutas, feijões,
mel, dentre outros, possuem alguns tipos de
carboidratos que são mal absorvidos pelos seres
humanos, o que afeta o intestino.
Página 4
Síndrome do Intestino Irritável: dieta
é associada à redução de sintomas
Lei Rouanet e a polêmica envolvendo
artistas renomados
Cultura
Página 4
Criada em 1991, a Lei Federal 8.313, de Incentivo à
Cultura, mais conhecida como Lei Rouanet, surgiu
para promover projetos e ações culturais através da
política de incentivos fiscais.
Receitas
Página 8
BATATA
CHIPS
NO
FORNO
Novembro de 20182 SETEMI NEWS
SETEMI EDITORA
& COMUNICAÇÃO
Jornalista Profissional:
Marcos Dantas - MTB 55235
Arte e Revisão:
Luzia Miranda
Representante Comercial:
Geralda Cesário
Departamento Jurídico:
Dra. Virgínia M. Oliver da Silva
Gráfica:
Notícias do Alto Tietê Empresa
Jornalística, Gráfica e Ed. Ltda.
Distribuição:
Mogi das Cruzes
TODOS OS ANÚNCIOS AQUI PUBLICADOS
SÃO DE INTEIRA RESPONSABILIDADE
DO ANUNCIANTE
(11) 97538-0790
(11) 99927-0908 / (11) 99692-5791
atendimento@seteminews.com.br
E-mail
Fontes de notícias:
• agenciabrasil
• bbcbrasil
• jornaldausp.br
• google images
Imagens desta edição:
Levantamento divulgado pela
Confederação Nacional dos
Municípios (CNM) aponta que o
Brasil perdeu, nos últimos dez
anos, mais de 41 mil leitos hospi-
talares no âmbito do Sistema
Único de Saúde (SUS). Em 2008,
o total de leitos na rede pública era
de 344.573. Em 2018, o total
chegava a 303.185.
Já os leitos classificados como
não SUS aumentaram de 116.083
em 2008 para 134.380 este ano.
De forma geral, portanto, o
sistema de saúde brasileiro
passou de 460.656 leitos em 2008
para 437.565 em 2018, totalizan-
do 23.091 leitos a menos – o
equivalente a seis leitos fechados
por dia durante um período de dez
anos.
“O estudo mostra comportamen-
tos diferentes se compararmos
quantitativos de leitos SUS e não
SUS. Enquanto o primeiro teve
mais fechamentos que habilita-
ções, o segundo grupo mostrou
um aumento de aproximadamen-
te 18.300 unidades. Isso significa
que os leitos públicos diminuíram
mais drasticamente”, destacou a
CNM que usou a base de dados
do próprio Ministério da Saúde
Destaque Brasil perdeu mais de 40 mil
leitos do SUS nos últimos dez anos
S
Acesse:
www.seteminews.com.br
para lançar o estudo.
Ainda de acordo com a pesquisa,
em 2008, o Brasil contava com
2,4 leitos (SUS e não SUS) para
cada mil habitantes, caindo para o
índice de 2,1 leitos na mesma
proporção de pessoas em 2018.
“Considerando a quantidade de
leitos hospitalares segundo
especialidade, identifica-se que
os leitos denominados 'outras
especialidades, pediátricos e
obstétricos' apresentaram uma
redução considerável”, apontou o
levantamento.
Os números mostram que,
atualmente, nenhuma das
regiões do país atinge o índice
recomendado pelo próprio
Ministério da Saúde – entre 2,5 e
3 leitos para cada mil habitantes.
As regiões Sul e Centro-Oeste
são as que mais se aproximam,
com 2,4 e 2,3 respectivamente. A
pior situação é no Norte, com 1,7.
Já Nordeste e Sudeste têm,
ambos, 2 leitos para cada mil
habitantes.
Ao analisar o quantitativo de leitos
por unidade federativa nos anos
de 2008 e 2018, o estudo consta-
ta que 25 estados apresentaram
queda nos índices de leitos por
mil habitantes.
Somente Rondônia e Roraima
conseguiram obter um pequeno
avanço na disponibilidade de
leitos hospitalares.
“Vale ressaltar que, em 14 esta-
dos, identifica-se a abertura de
leitos. No entanto, esta ação não
satisfaz ao aumento populacional
ocorrido para a área no período.
Isto é, mesmo com a abertura de
leitos hospitalares, houve queda
no índice de leitos por mil habitan-
tes em razão do aumento popula-
cional expressivo”, informou o
estudo. Alagoas, por exemplo,
tinha 6.146 leitos em 2008 para
atender 3.127.557 pessoas. Dez
anos depois, o estado passou a
contar com 6.424 leitos, um
crescimento de 4%. A população
alagoana, entretanto, cresceu 8%
e passou a contabilizar 3.375.823
pessoas.
E assim inicia-se a chamada
"nova Era". Uma Era em que a
esquerda se mostra desesperada
e sente-se ao mesmo tempo
cerceada por um homem que há
anos combate de forma feroz a
corrupção e o velho toma lá dá cá,
no caso, a agora combalida
maneira de se fazer política.
E esse novo estágio tem nome e
s o b r e n o m e : J a i r M e s s i a s
Bolsonaro. Um parlamentar que
sim, está há quase 30 anos na
política elaborando mais de 600
projetos de lei em todo esse
tempo. E só para efeito comparati-
vo, podemos usar a figura
coronelista e ditatorial de Ciro
Gomes - tão amado pela esquer-
da, o qual como deputado federal
foi um dos mais improdutivos da
h i s t ó r i a d a C â m a r a d o s
Deputados, faltando em metade
de seu mandato e não apresenta-
do um projeto legislativo sequer.
E por quais motivos faço essa
comparação? Oras, a turminha do
"mais amor, por favor" adora
argumentar que Bolsonaro nada
fez enquanto parlamentar, e aí
eles questionam: "mas se ele
nada fez como deputado, vai fazer
como presidente?"
Talvez esse tipo de pensamento
não esteja ligado somente a
canalhice, mas acredito que a
preguiça de dar um "google" é a
que se sobresae.
Mas tudo bem. A verdade é uma
só. Nós brasileiros resolvemos,
em razão da vontade de mudan-
ça, entoar gritos pró Brasil em
busca de um país melhor com
algumas coisas que, por incrível
que possa parecer, não temos
sequer o básico como por exem-
plo, saúde, segurança, educação
e talvez o mais importante que é o
respeito à família.
E diante dessa onda "bolsonaria-
na" que surge para ficar, surge o
grupo político "Direita Mogi" , o
qual fará verdadeira oposição a
essa política rasteira dessa
cidade ainda provinciana, mas
que tem grande desejo de mudar.
Mas mudar pra valer sem essa de
ser "nem de esquerda, nem de
direita". Fazer real enfrentamento
contra o coronelismo que está
acabando com nossa querida
terra do caqui. Um grupo político
formado por pessoas comuns,
como este que aqui escreve e
como você que está lendo. Uma
união de ideias e de valores
incorruptíveis, os quais estão
ancorados na ânsia de se fazer o
que esses velhacos da Câmara
mogiana não fazem que é respei-
to ao nosso dinheiro e compro-
misso com os seus eleitores.
Portanto, saiba que a tal "nova
Era" não chegou para ficar
somente em Brasília, mas tam-
bém em nossa amada cidade e
região.
Mogi acima de tudo, Deus acima
de todos! S
Opinião Uma nova Era para o Brasil e
para nossa cidade de Mogi das Cruzes
Felipe Lintz
Sou mogiano com muito orgulho. Atuo
na política jovem há muito tempo. Não
aceito a velha política. Quero renovação
de verdade!
O Jacaré de Tanga
@ojacaredetanga
O Jacaré de Tanga
Direita Mogi
Primeiro movimento
de direita
genuinamente
MOGIANO!
Curta também:
@Felipelintzjacare
Novembro de 2018 3SETEMI NEWS
Mercearia - Padaria - Açougue - Hortifruti
Endereços: R. Thuller, 875 - Jardim Universo - Loja 1 / Tel. 4722-2270
R. Expedicionário Raimundo Antão da Silva, 65 - Jd. Planalto - Loja 2 / Tel. 2758-9295
Ofertas válidas de
10/11/18 até 20/11/18
Rafa Gomes,
12 anos
Cantora e aluna
do kumon
NiHEiSUPERMERCADO
Ofertas de
Verão
Refrigerante Fanta
2 litros
R$
5,99
Cerveja Skol Hops
350 ml
R$
2,69
Cerveja Petra
puro malte 350 ml
R$
2,59
Cerveja Lokal
350 ml
R$
1,69
Suco Sufresh
1 litroR$
4,99
Suco de Uva integral
Aurora 1,5 litro
R$
10,99
Refresco em pó
Tang 25g (unid.)
R$
0,99
Sorvete Kibon
Cremosíssimo 1,5 litro
R$
14,90
Refrigerante Antarctica
Caçulinha 237 ml
R$
0,99
Refrigerante Coca Cola
2 litros
R$
6,99
Novembro de 20184 SETEMI NEWS
Saúde
Síndrome do Intestino Irritável: dieta é
associada à redução de sintomas
Alimentos como leite e derivados,
frutas, feijões, mel, dentre outros,
possuem alguns tipos de carboi-
dratos que são mal absorvidos
pelos seres humanos devido ao
seu pequeno tamanho, alta
absorção de água (atividade
osmótica) e a velocidade com que
eles são fermentados pela micro-
biota intestinal. Estes carboidra-
tos, conhecidos como FODMAP
(oligossacarídeos, dissacarídeos,
monossacarídeos e poliois
fermentáveis), causam dor
abdominal, diarréia, constipação
e inchaço, sintomas da síndrome
do intestino irritável (SII). Na
Faculdade de Saúde Pública
(FSP) da USP, pesquisa aponta
que uma dieta com baixo teor de
FODMAP leva a uma melhoria
significativa nos sintomas dos
pacientes com SII.
Estudos sobre a dieta com baixo
teor de FODMAP para reduzir os
sintomas apresentados por
pacientes que têm sintomas da
síndrome do intestino irritável (SII)
têm crescido, o que motivou os
pesquisadores a desenvolverem
este trabalho. A pesquisa foi
realizada entre fevereiro e setem-
bro de 2017, a partir da análise de
bancos de dados eletrônicos que
foram utilizados para buscar as
seguintes palavras ou expres-
sões: “FODMAP Diet”, “baixa
dieta FODMAP”, “síndrome do
intestino irritável” e “dieta na SII”.
Durante a pesquisa, foi identifica-
do que a dieta pobre em FODMAP
consiste em duas fases. Na
primeira fase, os carboidratos
associados aos sintomas são
reduzidos ou eliminados em
pacientes com SII. Na segunda
fase, os grupos eliminados são
gradualmente reintroduzidos de
acordo com a sintomatologia
apresentada. Ao final, os pesqui-
sadores identificaram que a dieta
com baixo teor de FODMAP
restringe a ingestão de certos
alimentos e isso leva a uma
melhoria significativa nos
sintomas dos pacientes com
síndrome do intestino irritável. S
Lei Rouanet e a polêmica envolvendo
artistas renomados
Criada em 1991, a Lei Federal
8.313, de Incentivo à Cultura,
mais conhecida como Lei
Rouanet, surgiu para promover
projetos e ações culturais através
da política de incentivos fiscais,
por meio da qual cidadãos e
empresas podem deduzir do
Imposto de Renda os investimen-
tos aplicados na área cultural
O mecanismo de incentivos
fiscais da Lei Rouanet é uma
forma de o Estado estimular o
apoio da iniciativa privada ao
setor cultural através de renúncia
fiscal, ou seja, o governo abre
mão de parte dos impostos para
que esses valores sejam investi-
dos pelas empresas nas produ-
ções culturais.
O professor João Luiz Passador,
da Faculdade de Economia,
Administração e Contabilidade de
Ribeirão Preto (FEA-RP) da USP,
explica, entre outras questões,
que a lei foi desviada de seu foco
original, que era o de incentivar
artistas desconhecidos.
“Na verdade, não é a lei que
produziu isso, mas essa é uma
das críticas que a lei recebe,
porque, no final das contas, quem
decide o que vai ser patrocinado
ou não, qual o projeto que será
implementado ou não, em parte
ou em totalidade, é o empresário
ou investidor individual. Se o
empresário usar parte do seu
imposto devido, irá utilizar o
benefício fiscal para patrocinar
aquilo que ele, como empresário,
entenda como atividade que
tenha maior retorno. Nesse
sentido, vai vincular sua marca a
artistas que são mais populares
ou artistas que incluem imagem
institucional mais favorável do
ponto de vista mercadológico, o
que faz com que as pessoas
comprem mais do seu produto.”
Alguns artistas que tiveram seus
projetos aprovados e receberam:
Claudia Leitte (R$ 5.8 milhão);
Espetáculo Peppa Pig (1,8 milhão);
Maria Bethânia (1,4 milhão); Luan
Santana (4,1 milhões); MC Guimé
(514 mil reais).
Cultura
S
SETEMI NEWS Novembro de 2018 5
Novembro de 20186 SETEMI NEWS
Educação
Acesso à educação é insuficiente
para diminuir desigualdade
É possível reduzir a desigualdade
socioeconômica no Brasil só pela
via educacional? Especialistas
fizeram uma série de análises
com dados estatísticos e confir-
maram que sim. Porém, o resulta-
do é muito aquém do que o senso
comum costuma acreditar. Se a
partir de 1994, ano do Plano Real,
tivéssemos um sistema educacio-
nal “perfeito” para todos os
alunos, a desigualdade no país
seria apenas 2% menor do que é
hoje. Por sistema educacional
perfeito, os especialistas enten-
dem que é aquele em que todas
as crianças e adolescentes do
país estão matriculadas regular-
mente, não repetem de ano, não
evadem da escola e após se
formar no ensino médio conse-
guem emprego.
O Índice de Gini é a maneira mais
comum no Brasil de medir a
desigualdade a partir da renda.
Conforme o IBGE, o Gini de 2017
no Brasil foi de 0,549, conforme a
renda média mensal domiciliar per
capita. o indicador varia de zero a
um, quanto mais próximo de zero,
mais perto de uma situação ideal
de absoluta desigualdade.
“É fundamental que a desigualda-
de no Brasil caia. Só que isso é
pouco [2%] diante do grande
esforço educacional que nós
teríamos feito. É pouco diante do
grande desafio que a gente tem de
combater a desigualdade e a
pobreza.
A conclusão disso é que nós
precisamos de educação e algo
mais para combater desigualdade
e pobreza. O discurso 'basta
investir em educação que o
problema será resolvido' é um
discurso errado”, pondera
Marcelo Medeiros, um dos
autores do estudo.
Além de efeito diminuto, a mudan-
ça no quadro social é mais lenta
do que se idealiza. Se tivéssemos
tornado o sistema educacional
brasileiro perfeito em 1956, no
início do Plano de Metas de JK,
“só hoje a força de trabalho seria
completamente diferente”. S
Facebook chega a 2,6 bilhões de usuários
no mundo com suas plataformas
O império Facebook chegou a 2,6
bilhões de usuários em todo o
mundo com suas plataformas
( W h a t s A p p , I n s t a g r a m e
Messenger, além da rede social
que dá nome à companhia). A
informação foi divulgada pelo
presidente da empresa, Mark
Zuckerberg, após a divulgação
dos resultados do terceiro trimes-
tre de 2018. Somente o Facebook
tem 2,3 bilhões de usuários
entrando na plataforma todo mês,
sendo 1,5 bilhão todo dia. Com
isso, a plataforma avança em sua
liderança no ranking mundial de
redes sociais e plataformas
digitais. A empresa chega com
seus produtos a 34% da popula-
ção mundial, se considerados os
7,5 bilhões de pessoas, de acordo
com dados do Banco Mundial.
Segundo o ranking de redes
sociais divulgado pela consultoria
internacional de levantamento de
dados Statista, com informações
atualizadas em outubro, seguindo
a liderança do Facebook vêm
YouTube (1,9 bilhão de usuários),
WhatsApp (1,5 bilhão), Facebook
Messenger, (1,3 bilhão), WeChat,
(1,05 bilhão), Instagram (1 bilhão),
QQ (803 milhões), Qzone (548
milhões), Tik Tok (500 milhões) e
Sina Weibo (431 milhões).
A empresa é responsável por
cinco das seis primeiras redes
sociais. As exceções são o
YouTube, pertencente à Google, e
o WeChat, espécie de WhatsApp
chinês. No ranking das 10 princi-
pais plataformas, outros aplicati-
vos chineses estão bem coloca-
dos, como QQ, Qzone e Tik Took.
Contudo, os números de usuários
dessas redes são ancorados pela
grande população chinesa
residindo no país e imigrante em
outras nações, com menor
expressão em países de outras
línguas. Em seu comunicado,
Mark Zuckerberg destacou o
aumento das receitas no trimes-
tre, que foi de 33% sobre o mesmo
período no ano passado, atingin-
do US$ 13,7 bilhões (mais de R$
50 bilhões).
Tecnologia
S

Recomendados

Eubiose 23 fev-2014 idhm 2010 do sgi-sgr-sgsm
Eubiose 23 fev-2014 idhm 2010 do sgi-sgr-sgsmEubiose 23 fev-2014 idhm 2010 do sgi-sgr-sgsm
Eubiose 23 fev-2014 idhm 2010 do sgi-sgr-sgsmNumeric Contadores
 
Setemi news novembro
Setemi news novembroSetemi news novembro
Setemi news novembroSetemi News
 
Setemi News Dezembro/16
Setemi News Dezembro/16Setemi News Dezembro/16
Setemi News Dezembro/16Setemi News
 
Artigos dos alunos blog pdf
Artigos dos alunos blog pdfArtigos dos alunos blog pdf
Artigos dos alunos blog pdfsesijaiara
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (15)

I Conferência Municipal Livre LGBT de Mogi das Cruzes
I Conferência Municipal Livre LGBT de Mogi das CruzesI Conferência Municipal Livre LGBT de Mogi das Cruzes
I Conferência Municipal Livre LGBT de Mogi das Cruzes
 
04973 Cor
04973 Cor04973 Cor
04973 Cor
 
Setemi News
Setemi NewsSetemi News
Setemi News
 
Atualidades
AtualidadesAtualidades
Atualidades
 
Ermelino192 net
Ermelino192 netErmelino192 net
Ermelino192 net
 
Jornal O Ibrappiano - Volume XIII, Nº. 02/2018
Jornal O Ibrappiano - Volume XIII, Nº. 02/2018Jornal O Ibrappiano - Volume XIII, Nº. 02/2018
Jornal O Ibrappiano - Volume XIII, Nº. 02/2018
 
Jn6 11
Jn6 11Jn6 11
Jn6 11
 
04973 Pb
04973 Pb04973 Pb
04973 Pb
 
Jose Serra Progama Gov 2006
Jose Serra Progama Gov 2006Jose Serra Progama Gov 2006
Jose Serra Progama Gov 2006
 
Jornal digital 31-03-17
Jornal digital 31-03-17Jornal digital 31-03-17
Jornal digital 31-03-17
 
Documentos I Conferencia Municipal Livre LGBT Mogi das Cruzes
Documentos I Conferencia Municipal Livre LGBT Mogi das CruzesDocumentos I Conferencia Municipal Livre LGBT Mogi das Cruzes
Documentos I Conferencia Municipal Livre LGBT Mogi das Cruzes
 
Documentos Conferencia Municipal Mogi das Cruzes
Documentos Conferencia Municipal Mogi das Cruzes Documentos Conferencia Municipal Mogi das Cruzes
Documentos Conferencia Municipal Mogi das Cruzes
 
Setemi News
Setemi NewsSetemi News
Setemi News
 
Jornal digital 18 09-2018
Jornal digital 18 09-2018Jornal digital 18 09-2018
Jornal digital 18 09-2018
 
Jornal Metro 02/08/2017
Jornal Metro 02/08/2017Jornal Metro 02/08/2017
Jornal Metro 02/08/2017
 

Semelhante a Setemi News

ESCOLA VIDA & CIDADANIA - MESTRE OLIVEIRA
ESCOLA VIDA & CIDADANIA - MESTRE OLIVEIRAESCOLA VIDA & CIDADANIA - MESTRE OLIVEIRA
ESCOLA VIDA & CIDADANIA - MESTRE OLIVEIRAE1R2I3
 
Jornal setemi news (julho 2013)
Jornal setemi news (julho 2013)Jornal setemi news (julho 2013)
Jornal setemi news (julho 2013)JEFFFREITAS
 
Quais os desafios para que o controle social se concretize
Quais os desafios para que o controle social se concretizeQuais os desafios para que o controle social se concretize
Quais os desafios para que o controle social se concretizeJota Lopes
 
Seminário Direitos Humanos na Terceira Idade
Seminário Direitos Humanos na Terceira IdadeSeminário Direitos Humanos na Terceira Idade
Seminário Direitos Humanos na Terceira IdadeSebastian Fernandes
 
QUESTAO_Questoes_interpretacao_de_textos.pdf
QUESTAO_Questoes_interpretacao_de_textos.pdfQUESTAO_Questoes_interpretacao_de_textos.pdf
QUESTAO_Questoes_interpretacao_de_textos.pdfEdigleumaThatianydeO
 
37ª edição do jornal Mapa da Notícia
37ª edição do jornal Mapa da Notícia37ª edição do jornal Mapa da Notícia
37ª edição do jornal Mapa da NotíciaÉrika Souza
 
ESCOLA VIDA E CIDADANIA - MESTRE OLIVEIRA
ESCOLA VIDA E CIDADANIA - MESTRE OLIVEIRAESCOLA VIDA E CIDADANIA - MESTRE OLIVEIRA
ESCOLA VIDA E CIDADANIA - MESTRE OLIVEIRAE1R2I3
 
Brasil em Debate - volume 1: O Governo Lula e o Combate à Corrupção
Brasil em Debate - volume 1: O Governo Lula e o Combate à CorrupçãoBrasil em Debate - volume 1: O Governo Lula e o Combate à Corrupção
Brasil em Debate - volume 1: O Governo Lula e o Combate à CorrupçãoEdinho Silva
 
Nota informativa oxfam_datafolha_nos_desigualdades
Nota informativa oxfam_datafolha_nos_desigualdadesNota informativa oxfam_datafolha_nos_desigualdades
Nota informativa oxfam_datafolha_nos_desigualdadesEditora 247
 
Informativo Nós Podemos Santa Catarina - 2014
Informativo Nós Podemos Santa Catarina - 2014Informativo Nós Podemos Santa Catarina - 2014
Informativo Nós Podemos Santa Catarina - 2014ObsDrFurb
 
748 quilici rfm-a_importancia_da_ciencia
748 quilici rfm-a_importancia_da_ciencia748 quilici rfm-a_importancia_da_ciencia
748 quilici rfm-a_importancia_da_cienciagilson
 
Curso Planejamento Governamental p/ Concurso APO-MPOG
Curso Planejamento Governamental p/ Concurso APO-MPOGCurso Planejamento Governamental p/ Concurso APO-MPOG
Curso Planejamento Governamental p/ Concurso APO-MPOGEstratégia Concursos
 
Setemi News Março/2015
Setemi News Março/2015Setemi News Março/2015
Setemi News Março/2015Setemi News
 
Setemi news maio
Setemi news maioSetemi news maio
Setemi news maioSetemi News
 
Jornal Setemi News
Jornal Setemi NewsJornal Setemi News
Jornal Setemi NewsSetemi News
 
MUDAR O PT PARA CONTINUAR MUDANDO O BRASIL
MUDAR O PT PARA CONTINUAR MUDANDO O BRASILMUDAR O PT PARA CONTINUAR MUDANDO O BRASIL
MUDAR O PT PARA CONTINUAR MUDANDO O BRASILRui Falcão
 

Semelhante a Setemi News (20)

ESCOLA VIDA & CIDADANIA - MESTRE OLIVEIRA
ESCOLA VIDA & CIDADANIA - MESTRE OLIVEIRAESCOLA VIDA & CIDADANIA - MESTRE OLIVEIRA
ESCOLA VIDA & CIDADANIA - MESTRE OLIVEIRA
 
Jornal setemi news (julho 2013)
Jornal setemi news (julho 2013)Jornal setemi news (julho 2013)
Jornal setemi news (julho 2013)
 
Quais os desafios para que o controle social se concretize
Quais os desafios para que o controle social se concretizeQuais os desafios para que o controle social se concretize
Quais os desafios para que o controle social se concretize
 
Seminário Direitos Humanos na Terceira Idade
Seminário Direitos Humanos na Terceira IdadeSeminário Direitos Humanos na Terceira Idade
Seminário Direitos Humanos na Terceira Idade
 
Manifesto Reforma Tributária Solidária
Manifesto Reforma Tributária SolidáriaManifesto Reforma Tributária Solidária
Manifesto Reforma Tributária Solidária
 
QUESTAO_Questoes_interpretacao_de_textos.pdf
QUESTAO_Questoes_interpretacao_de_textos.pdfQUESTAO_Questoes_interpretacao_de_textos.pdf
QUESTAO_Questoes_interpretacao_de_textos.pdf
 
37ª edição do jornal Mapa da Notícia
37ª edição do jornal Mapa da Notícia37ª edição do jornal Mapa da Notícia
37ª edição do jornal Mapa da Notícia
 
Acontece agora ed386
Acontece agora ed386Acontece agora ed386
Acontece agora ed386
 
ESCOLA VIDA E CIDADANIA - MESTRE OLIVEIRA
ESCOLA VIDA E CIDADANIA - MESTRE OLIVEIRAESCOLA VIDA E CIDADANIA - MESTRE OLIVEIRA
ESCOLA VIDA E CIDADANIA - MESTRE OLIVEIRA
 
130 459-2-pb
130 459-2-pb130 459-2-pb
130 459-2-pb
 
Brasil em Debate - volume 1: O Governo Lula e o Combate à Corrupção
Brasil em Debate - volume 1: O Governo Lula e o Combate à CorrupçãoBrasil em Debate - volume 1: O Governo Lula e o Combate à Corrupção
Brasil em Debate - volume 1: O Governo Lula e o Combate à Corrupção
 
Nota informativa oxfam_datafolha_nos_desigualdades
Nota informativa oxfam_datafolha_nos_desigualdadesNota informativa oxfam_datafolha_nos_desigualdades
Nota informativa oxfam_datafolha_nos_desigualdades
 
Mercadante Governador 2006
Mercadante Governador 2006Mercadante Governador 2006
Mercadante Governador 2006
 
Informativo Nós Podemos Santa Catarina - 2014
Informativo Nós Podemos Santa Catarina - 2014Informativo Nós Podemos Santa Catarina - 2014
Informativo Nós Podemos Santa Catarina - 2014
 
748 quilici rfm-a_importancia_da_ciencia
748 quilici rfm-a_importancia_da_ciencia748 quilici rfm-a_importancia_da_ciencia
748 quilici rfm-a_importancia_da_ciencia
 
Curso Planejamento Governamental p/ Concurso APO-MPOG
Curso Planejamento Governamental p/ Concurso APO-MPOGCurso Planejamento Governamental p/ Concurso APO-MPOG
Curso Planejamento Governamental p/ Concurso APO-MPOG
 
Setemi News Março/2015
Setemi News Março/2015Setemi News Março/2015
Setemi News Março/2015
 
Setemi news maio
Setemi news maioSetemi news maio
Setemi news maio
 
Jornal Setemi News
Jornal Setemi NewsJornal Setemi News
Jornal Setemi News
 
MUDAR O PT PARA CONTINUAR MUDANDO O BRASIL
MUDAR O PT PARA CONTINUAR MUDANDO O BRASILMUDAR O PT PARA CONTINUAR MUDANDO O BRASIL
MUDAR O PT PARA CONTINUAR MUDANDO O BRASIL
 

Mais de Setemi News (20)

Jornal Setemi News
Jornal Setemi NewsJornal Setemi News
Jornal Setemi News
 
Jornal Setemi News
Jornal Setemi NewsJornal Setemi News
Jornal Setemi News
 
Jornal Setemi News
Jornal Setemi NewsJornal Setemi News
Jornal Setemi News
 
Jornal Setemi News
Jornal Setemi NewsJornal Setemi News
Jornal Setemi News
 
Setemi News
Setemi NewsSetemi News
Setemi News
 
Setemi News
Setemi NewsSetemi News
Setemi News
 
Setemi News
Setemi NewsSetemi News
Setemi News
 
Setemi News
Setemi NewsSetemi News
Setemi News
 
Setemi News
Setemi NewsSetemi News
Setemi News
 
Jornal Setemi News
Jornal Setemi NewsJornal Setemi News
Jornal Setemi News
 
Janeiro
JaneiroJaneiro
Janeiro
 
Jornal Setemi News
Jornal Setemi NewsJornal Setemi News
Jornal Setemi News
 
Setemi News
Setemi NewsSetemi News
Setemi News
 
Setemi News
Setemi NewsSetemi News
Setemi News
 
Setemi News
Setemi NewsSetemi News
Setemi News
 
Setemi News
Setemi NewsSetemi News
Setemi News
 
Setemi News
Setemi NewsSetemi News
Setemi News
 
Setemi News
Setemi NewsSetemi News
Setemi News
 
Setemi News
Setemi NewsSetemi News
Setemi News
 
Setemi News
Setemi NewsSetemi News
Setemi News
 

Setemi News

  • 1. SETEMI NEWSS Sempre Trazendo Mais Informação! Ano 6 - Edição 68Mogi das Cruzes, Novembro de 2018 Distribuição Gratuita Brasil perdeu mais de 40 mil leitos do SUS nos últimos dez anos Levantamento divulgado pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM) aponta que o Brasil perdeu, nos últimos dez anos, mais de 41 mil leitos hospi- talares no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). Em 2008, o total de leitos na rede pública era de 344.573. Em 2018, o total Página 2 chegava a 303.185. Já os leitos classificados como não SUS aumentaram de 116.083 em 2008 para 134.380 este ano. De forma geral, portanto, o sistema de saúde brasileiro passou de 460.656 leitos em 2008 para 437.565 em 2018. Educação Acesso à educação é insuficiente para diminuir desigualdade É possível reduzir a desigualdade socioeconômica no Brasil só pela via educacional? Especialistas fizeram uma série de análises e confirmaram que sim. Porém, o resultado é muito aquém do que o senso comum costuma acreditar. Se a partir de 1994, ano do Plano Real, tivéssemos um sistema educacional “perfeito” para todos os alunos, a desigualdade no país seria apenas 2% menor do que é hoje. O sistema educacio- nal perfeito é aquele em que todas as crianças e adolescentes do país estão matriculadas. Página 6 Tecnologia Facebook chega a 2,6 bilhões de usuários no mundo com suas plataformas O império Facebook chegou a 2,6 bilhões de usuários em todo o mundo com suas plataformas ( W h a t s A p p , I n s t a g r a m e Messenger, além da rede social que dá nome à companhia). A informação foi divulgada pelo presidente da empresa, Mark Zuckerberg, após a divulgação dos resultados do terceiro trimes- tre de 2018. Somente o Facebook tem 2,3 bilhões de usuários entrando na plataforma todo mês, sendo 1,5 bilhão todo dia. Com isso, a plataforma avança em sua liderança no ranking mundial. Página 9 Saúde Alimentos como leite e derivados, frutas, feijões, mel, dentre outros, possuem alguns tipos de carboidratos que são mal absorvidos pelos seres humanos, o que afeta o intestino. Página 4 Síndrome do Intestino Irritável: dieta é associada à redução de sintomas Lei Rouanet e a polêmica envolvendo artistas renomados Cultura Página 4 Criada em 1991, a Lei Federal 8.313, de Incentivo à Cultura, mais conhecida como Lei Rouanet, surgiu para promover projetos e ações culturais através da política de incentivos fiscais. Receitas Página 8 BATATA CHIPS NO FORNO
  • 2. Novembro de 20182 SETEMI NEWS SETEMI EDITORA & COMUNICAÇÃO Jornalista Profissional: Marcos Dantas - MTB 55235 Arte e Revisão: Luzia Miranda Representante Comercial: Geralda Cesário Departamento Jurídico: Dra. Virgínia M. Oliver da Silva Gráfica: Notícias do Alto Tietê Empresa Jornalística, Gráfica e Ed. Ltda. Distribuição: Mogi das Cruzes TODOS OS ANÚNCIOS AQUI PUBLICADOS SÃO DE INTEIRA RESPONSABILIDADE DO ANUNCIANTE (11) 97538-0790 (11) 99927-0908 / (11) 99692-5791 atendimento@seteminews.com.br E-mail Fontes de notícias: • agenciabrasil • bbcbrasil • jornaldausp.br • google images Imagens desta edição: Levantamento divulgado pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM) aponta que o Brasil perdeu, nos últimos dez anos, mais de 41 mil leitos hospi- talares no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). Em 2008, o total de leitos na rede pública era de 344.573. Em 2018, o total chegava a 303.185. Já os leitos classificados como não SUS aumentaram de 116.083 em 2008 para 134.380 este ano. De forma geral, portanto, o sistema de saúde brasileiro passou de 460.656 leitos em 2008 para 437.565 em 2018, totalizan- do 23.091 leitos a menos – o equivalente a seis leitos fechados por dia durante um período de dez anos. “O estudo mostra comportamen- tos diferentes se compararmos quantitativos de leitos SUS e não SUS. Enquanto o primeiro teve mais fechamentos que habilita- ções, o segundo grupo mostrou um aumento de aproximadamen- te 18.300 unidades. Isso significa que os leitos públicos diminuíram mais drasticamente”, destacou a CNM que usou a base de dados do próprio Ministério da Saúde Destaque Brasil perdeu mais de 40 mil leitos do SUS nos últimos dez anos S Acesse: www.seteminews.com.br para lançar o estudo. Ainda de acordo com a pesquisa, em 2008, o Brasil contava com 2,4 leitos (SUS e não SUS) para cada mil habitantes, caindo para o índice de 2,1 leitos na mesma proporção de pessoas em 2018. “Considerando a quantidade de leitos hospitalares segundo especialidade, identifica-se que os leitos denominados 'outras especialidades, pediátricos e obstétricos' apresentaram uma redução considerável”, apontou o levantamento. Os números mostram que, atualmente, nenhuma das regiões do país atinge o índice recomendado pelo próprio Ministério da Saúde – entre 2,5 e 3 leitos para cada mil habitantes. As regiões Sul e Centro-Oeste são as que mais se aproximam, com 2,4 e 2,3 respectivamente. A pior situação é no Norte, com 1,7. Já Nordeste e Sudeste têm, ambos, 2 leitos para cada mil habitantes. Ao analisar o quantitativo de leitos por unidade federativa nos anos de 2008 e 2018, o estudo consta- ta que 25 estados apresentaram queda nos índices de leitos por mil habitantes. Somente Rondônia e Roraima conseguiram obter um pequeno avanço na disponibilidade de leitos hospitalares. “Vale ressaltar que, em 14 esta- dos, identifica-se a abertura de leitos. No entanto, esta ação não satisfaz ao aumento populacional ocorrido para a área no período. Isto é, mesmo com a abertura de leitos hospitalares, houve queda no índice de leitos por mil habitan- tes em razão do aumento popula- cional expressivo”, informou o estudo. Alagoas, por exemplo, tinha 6.146 leitos em 2008 para atender 3.127.557 pessoas. Dez anos depois, o estado passou a contar com 6.424 leitos, um crescimento de 4%. A população alagoana, entretanto, cresceu 8% e passou a contabilizar 3.375.823 pessoas. E assim inicia-se a chamada "nova Era". Uma Era em que a esquerda se mostra desesperada e sente-se ao mesmo tempo cerceada por um homem que há anos combate de forma feroz a corrupção e o velho toma lá dá cá, no caso, a agora combalida maneira de se fazer política. E esse novo estágio tem nome e s o b r e n o m e : J a i r M e s s i a s Bolsonaro. Um parlamentar que sim, está há quase 30 anos na política elaborando mais de 600 projetos de lei em todo esse tempo. E só para efeito comparati- vo, podemos usar a figura coronelista e ditatorial de Ciro Gomes - tão amado pela esquer- da, o qual como deputado federal foi um dos mais improdutivos da h i s t ó r i a d a C â m a r a d o s Deputados, faltando em metade de seu mandato e não apresenta- do um projeto legislativo sequer. E por quais motivos faço essa comparação? Oras, a turminha do "mais amor, por favor" adora argumentar que Bolsonaro nada fez enquanto parlamentar, e aí eles questionam: "mas se ele nada fez como deputado, vai fazer como presidente?" Talvez esse tipo de pensamento não esteja ligado somente a canalhice, mas acredito que a preguiça de dar um "google" é a que se sobresae. Mas tudo bem. A verdade é uma só. Nós brasileiros resolvemos, em razão da vontade de mudan- ça, entoar gritos pró Brasil em busca de um país melhor com algumas coisas que, por incrível que possa parecer, não temos sequer o básico como por exem- plo, saúde, segurança, educação e talvez o mais importante que é o respeito à família. E diante dessa onda "bolsonaria- na" que surge para ficar, surge o grupo político "Direita Mogi" , o qual fará verdadeira oposição a essa política rasteira dessa cidade ainda provinciana, mas que tem grande desejo de mudar. Mas mudar pra valer sem essa de ser "nem de esquerda, nem de direita". Fazer real enfrentamento contra o coronelismo que está acabando com nossa querida terra do caqui. Um grupo político formado por pessoas comuns, como este que aqui escreve e como você que está lendo. Uma união de ideias e de valores incorruptíveis, os quais estão ancorados na ânsia de se fazer o que esses velhacos da Câmara mogiana não fazem que é respei- to ao nosso dinheiro e compro- misso com os seus eleitores. Portanto, saiba que a tal "nova Era" não chegou para ficar somente em Brasília, mas tam- bém em nossa amada cidade e região. Mogi acima de tudo, Deus acima de todos! S Opinião Uma nova Era para o Brasil e para nossa cidade de Mogi das Cruzes Felipe Lintz Sou mogiano com muito orgulho. Atuo na política jovem há muito tempo. Não aceito a velha política. Quero renovação de verdade! O Jacaré de Tanga @ojacaredetanga O Jacaré de Tanga Direita Mogi Primeiro movimento de direita genuinamente MOGIANO! Curta também: @Felipelintzjacare
  • 3. Novembro de 2018 3SETEMI NEWS Mercearia - Padaria - Açougue - Hortifruti Endereços: R. Thuller, 875 - Jardim Universo - Loja 1 / Tel. 4722-2270 R. Expedicionário Raimundo Antão da Silva, 65 - Jd. Planalto - Loja 2 / Tel. 2758-9295 Ofertas válidas de 10/11/18 até 20/11/18 Rafa Gomes, 12 anos Cantora e aluna do kumon NiHEiSUPERMERCADO Ofertas de Verão Refrigerante Fanta 2 litros R$ 5,99 Cerveja Skol Hops 350 ml R$ 2,69 Cerveja Petra puro malte 350 ml R$ 2,59 Cerveja Lokal 350 ml R$ 1,69 Suco Sufresh 1 litroR$ 4,99 Suco de Uva integral Aurora 1,5 litro R$ 10,99 Refresco em pó Tang 25g (unid.) R$ 0,99 Sorvete Kibon Cremosíssimo 1,5 litro R$ 14,90 Refrigerante Antarctica Caçulinha 237 ml R$ 0,99 Refrigerante Coca Cola 2 litros R$ 6,99
  • 4. Novembro de 20184 SETEMI NEWS Saúde Síndrome do Intestino Irritável: dieta é associada à redução de sintomas Alimentos como leite e derivados, frutas, feijões, mel, dentre outros, possuem alguns tipos de carboi- dratos que são mal absorvidos pelos seres humanos devido ao seu pequeno tamanho, alta absorção de água (atividade osmótica) e a velocidade com que eles são fermentados pela micro- biota intestinal. Estes carboidra- tos, conhecidos como FODMAP (oligossacarídeos, dissacarídeos, monossacarídeos e poliois fermentáveis), causam dor abdominal, diarréia, constipação e inchaço, sintomas da síndrome do intestino irritável (SII). Na Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP, pesquisa aponta que uma dieta com baixo teor de FODMAP leva a uma melhoria significativa nos sintomas dos pacientes com SII. Estudos sobre a dieta com baixo teor de FODMAP para reduzir os sintomas apresentados por pacientes que têm sintomas da síndrome do intestino irritável (SII) têm crescido, o que motivou os pesquisadores a desenvolverem este trabalho. A pesquisa foi realizada entre fevereiro e setem- bro de 2017, a partir da análise de bancos de dados eletrônicos que foram utilizados para buscar as seguintes palavras ou expres- sões: “FODMAP Diet”, “baixa dieta FODMAP”, “síndrome do intestino irritável” e “dieta na SII”. Durante a pesquisa, foi identifica- do que a dieta pobre em FODMAP consiste em duas fases. Na primeira fase, os carboidratos associados aos sintomas são reduzidos ou eliminados em pacientes com SII. Na segunda fase, os grupos eliminados são gradualmente reintroduzidos de acordo com a sintomatologia apresentada. Ao final, os pesqui- sadores identificaram que a dieta com baixo teor de FODMAP restringe a ingestão de certos alimentos e isso leva a uma melhoria significativa nos sintomas dos pacientes com síndrome do intestino irritável. S Lei Rouanet e a polêmica envolvendo artistas renomados Criada em 1991, a Lei Federal 8.313, de Incentivo à Cultura, mais conhecida como Lei Rouanet, surgiu para promover projetos e ações culturais através da política de incentivos fiscais, por meio da qual cidadãos e empresas podem deduzir do Imposto de Renda os investimen- tos aplicados na área cultural O mecanismo de incentivos fiscais da Lei Rouanet é uma forma de o Estado estimular o apoio da iniciativa privada ao setor cultural através de renúncia fiscal, ou seja, o governo abre mão de parte dos impostos para que esses valores sejam investi- dos pelas empresas nas produ- ções culturais. O professor João Luiz Passador, da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto (FEA-RP) da USP, explica, entre outras questões, que a lei foi desviada de seu foco original, que era o de incentivar artistas desconhecidos. “Na verdade, não é a lei que produziu isso, mas essa é uma das críticas que a lei recebe, porque, no final das contas, quem decide o que vai ser patrocinado ou não, qual o projeto que será implementado ou não, em parte ou em totalidade, é o empresário ou investidor individual. Se o empresário usar parte do seu imposto devido, irá utilizar o benefício fiscal para patrocinar aquilo que ele, como empresário, entenda como atividade que tenha maior retorno. Nesse sentido, vai vincular sua marca a artistas que são mais populares ou artistas que incluem imagem institucional mais favorável do ponto de vista mercadológico, o que faz com que as pessoas comprem mais do seu produto.” Alguns artistas que tiveram seus projetos aprovados e receberam: Claudia Leitte (R$ 5.8 milhão); Espetáculo Peppa Pig (1,8 milhão); Maria Bethânia (1,4 milhão); Luan Santana (4,1 milhões); MC Guimé (514 mil reais). Cultura S
  • 6. Novembro de 20186 SETEMI NEWS Educação Acesso à educação é insuficiente para diminuir desigualdade É possível reduzir a desigualdade socioeconômica no Brasil só pela via educacional? Especialistas fizeram uma série de análises com dados estatísticos e confir- maram que sim. Porém, o resulta- do é muito aquém do que o senso comum costuma acreditar. Se a partir de 1994, ano do Plano Real, tivéssemos um sistema educacio- nal “perfeito” para todos os alunos, a desigualdade no país seria apenas 2% menor do que é hoje. Por sistema educacional perfeito, os especialistas enten- dem que é aquele em que todas as crianças e adolescentes do país estão matriculadas regular- mente, não repetem de ano, não evadem da escola e após se formar no ensino médio conse- guem emprego. O Índice de Gini é a maneira mais comum no Brasil de medir a desigualdade a partir da renda. Conforme o IBGE, o Gini de 2017 no Brasil foi de 0,549, conforme a renda média mensal domiciliar per capita. o indicador varia de zero a um, quanto mais próximo de zero, mais perto de uma situação ideal de absoluta desigualdade. “É fundamental que a desigualda- de no Brasil caia. Só que isso é pouco [2%] diante do grande esforço educacional que nós teríamos feito. É pouco diante do grande desafio que a gente tem de combater a desigualdade e a pobreza. A conclusão disso é que nós precisamos de educação e algo mais para combater desigualdade e pobreza. O discurso 'basta investir em educação que o problema será resolvido' é um discurso errado”, pondera Marcelo Medeiros, um dos autores do estudo. Além de efeito diminuto, a mudan- ça no quadro social é mais lenta do que se idealiza. Se tivéssemos tornado o sistema educacional brasileiro perfeito em 1956, no início do Plano de Metas de JK, “só hoje a força de trabalho seria completamente diferente”. S Facebook chega a 2,6 bilhões de usuários no mundo com suas plataformas O império Facebook chegou a 2,6 bilhões de usuários em todo o mundo com suas plataformas ( W h a t s A p p , I n s t a g r a m e Messenger, além da rede social que dá nome à companhia). A informação foi divulgada pelo presidente da empresa, Mark Zuckerberg, após a divulgação dos resultados do terceiro trimes- tre de 2018. Somente o Facebook tem 2,3 bilhões de usuários entrando na plataforma todo mês, sendo 1,5 bilhão todo dia. Com isso, a plataforma avança em sua liderança no ranking mundial de redes sociais e plataformas digitais. A empresa chega com seus produtos a 34% da popula- ção mundial, se considerados os 7,5 bilhões de pessoas, de acordo com dados do Banco Mundial. Segundo o ranking de redes sociais divulgado pela consultoria internacional de levantamento de dados Statista, com informações atualizadas em outubro, seguindo a liderança do Facebook vêm YouTube (1,9 bilhão de usuários), WhatsApp (1,5 bilhão), Facebook Messenger, (1,3 bilhão), WeChat, (1,05 bilhão), Instagram (1 bilhão), QQ (803 milhões), Qzone (548 milhões), Tik Tok (500 milhões) e Sina Weibo (431 milhões). A empresa é responsável por cinco das seis primeiras redes sociais. As exceções são o YouTube, pertencente à Google, e o WeChat, espécie de WhatsApp chinês. No ranking das 10 princi- pais plataformas, outros aplicati- vos chineses estão bem coloca- dos, como QQ, Qzone e Tik Took. Contudo, os números de usuários dessas redes são ancorados pela grande população chinesa residindo no país e imigrante em outras nações, com menor expressão em países de outras línguas. Em seu comunicado, Mark Zuckerberg destacou o aumento das receitas no trimes- tre, que foi de 33% sobre o mesmo período no ano passado, atingin- do US$ 13,7 bilhões (mais de R$ 50 bilhões). Tecnologia S
  • 7. Novembro de 2018 7SETEMI NEWS A cárie se inicia quando os alimentos ingeridos e as bactérias interagem, produzindo ácidos que podem destruir o esmalte e a dentina e, em alguns casos, a raiz do dente. Se não for diagnosticada e tratada a tempo, atinge a dentina, produzindo a sensibilidade. Seu progresso continua gerando a dor até provocar a morte da polpa e, final- mente, um abcesso. Clínico Geral e Prótese Dentária Adultos e Crianças Dra. Gisele Lopes da Silva Figueiredo Cirurgiã-Dentista CRO-SP 110758 (11)4722-6211 / 97400-3226 Av. Anchieta, 803 - Brás Cubas - Mogi das Cruzes (Próximo da Estação de Trem de Brás Cubas) Trabalhamos com Laboratório Especializado em Prótese Dentária há 40 anos. As principais causas do mau hálito são falta de higiene bucal adequada, cárie e doenças perio- dontais. Além disso, esse incômodo pode ser causado por diabetes, sinusite e alterações diges- tivas, entre outras doenças. Halit (ma hálit ) Evoluçã d Cári É recomendado consultar um dentista periodica- mente, a cada 6 meses ou em casos de dores e desconfortos. Quand dev consultar u dentist ?
  • 8. Novembro de 20188 SETEMI NEWS Confira como fazer batata chips no forno! Abatata fica deliciosa frita, cozida, assada, no purê, na torta… Esse ingrediente é muito versátil e delicioso! São tantas receitas deliciosas: como batata suíça, salada de batata com presunto, batata recheada com estrogonofe, pão de batata e muitas outras. Mas se o que você quer é um lanche ou um petisquinho simples e fácil de fazer, vamos ensinar como fazer batata chips no forno. Deu vonta- de de experimentar? Então, vem com a gente aprender! Ingredientes: - 1 kg de batata - azeite, sal e temperos a gosto (pimenta-do-reino, alecrim, tomilho, orégano, etc). Modo de preparo: O primeiro passo é higienizar bem as batatas, deixando-as bem limpinhas. Assim que elas estive- rem limpas, remova as cascas se preferir. Na sequência, corte-as em lâminas bem fininhas, com cuidado para não despedaçá-las. Você pode usar um fatiador para facilitar o processo. Seque bem as fatias de batata com ajuda do papel-toalha. Depois, em uma assadeira untada com um pouco de azeite e sal, coloque as fatias de batatas uma ao lado da outra. Salpique sal e os temperos a gosto. Se quiser, espalhe um pouco mais de azeite. Leve para assar em forno preaquecido a 180º C por 30 minutos ou até que elas estejam crocantes. Preparo: 15 minutos. Rendimento: 1 porção. Receitas BATATA CHIPS NO FORNO Labirinto Vamos preencher o quadro abaixo com números de 1 a 9? Não vale repetir na horizontal, vertical, nem dentro dos quadrinhos menores. Divirta-se! Resposta:
  • 9. Novembro de 2018SETEMI NEWS 9 Alimentação Classificados
  • 10. Novembro de 201810 SETEMI NEWS Auto e Afins Moda, Beleza e Acessórios DICAS DE BELEZA- PREVENINDOAS RUGAS A forma como nos expressamos e o passar dos anos deixam pequenas marcam no rosto, as chamadas rugas. É possível suavizá-las de uma maneira bem simples, misturando batata crua e chá de camomila. Essa receita caseira consegue prevenir e amenizar as rugas. Amistura pode ser usada diariamente, sendo necessária espalha-lá pelo rosto e deixando agir por aproximadamente 15 minutos.
  • 11. Novembro de 2018SETEMI NEWS 11 Serviços Artes Gráficas ETEMIS Flyer 90g A partir de R$ 190,00 (5.000 unidades) Cartão de Visita A partir de R$ 48,00 (1.000 unidades) 2867-6433 / 99692-5791
  • 12. Novembro de 201812 SETEMI NEWS