SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 1
Baixar para ler offline
Chamam-me de bagaço do resto que não tem mais nada; que neguei o leite, a
lã e a gordura da carne. Disseram que estava extenuado, vencido e destruído, que sou
abnegado e desobediente e não tem como retornar.
        Mas, esqueceram que foram as suas mãos que ungiram a minha cabeça,
fazendo-me um projeto das suas profecias, para propagar as Boas Novas de paz que o
mundo precisar ouvir.
        Sei que sou o sonho de Deus, e jamais serei vencido, porque o meu fruto dar
vida abastece a incapacidade dos que atrofiaram ao longo da jornada ministerial, e se
entregam aos cicios das sinistras línguas que não prosperam e não desejam verem o
sucesso dos que são abrasados com o calor no campo missionário em que milhares de
vidas perecem nas sombras da ignorância espiritual.
        No entanto, até o sumo deste bagaço torna-se unção como balsamo que cura
as lanceadas nos corações dos que perderam o verdadeiro amor pela vida. E quando o
velho bagaço não tiver mais liquido para adoçar, suco para ungir e palha para ser
oferecida na grande fornalha da existência às suas cinzas servirão para adubar novas
fruteiras que dão continuidade ao ciclo de vida na face da terra.


Presbítero - Robson Colaço de Lucena

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Maravilhoso Pai Nosso
Maravilhoso Pai NossoMaravilhoso Pai Nosso
Maravilhoso Pai NossoRita Steter
 
Maravilhoso Pai Nosso Cida Maio08
Maravilhoso Pai Nosso Cida Maio08Maravilhoso Pai Nosso Cida Maio08
Maravilhoso Pai Nosso Cida Maio08Hcmaze
 
Pai Nosso No Violino
Pai Nosso No ViolinoPai Nosso No Violino
Pai Nosso No ViolinoBeatris Lopes
 
Maravilhoso pai nosso
Maravilhoso pai nossoMaravilhoso pai nosso
Maravilhoso pai nossogapski
 
MARAVILHOSO PAI NOSSO - SOLO VIOLINO
MARAVILHOSO PAI NOSSO - SOLO VIOLINOMARAVILHOSO PAI NOSSO - SOLO VIOLINO
MARAVILHOSO PAI NOSSO - SOLO VIOLINOeliane_ac
 
Pai nosso no violino
Pai nosso no violinoPai nosso no violino
Pai nosso no violinoDoni Cia
 
Maravilhoso Pai nosso violinos ciganos
Maravilhoso Pai nosso violinos ciganosMaravilhoso Pai nosso violinos ciganos
Maravilhoso Pai nosso violinos ciganosClaudia Ferreira
 
Maravilhoso pai nosso
Maravilhoso pai nossoMaravilhoso pai nosso
Maravilhoso pai nossoveralimaa
 
No Violino Pai Nosso
No Violino Pai NossoNo Violino Pai Nosso
No Violino Pai Nossomisterafonso
 
Maravilhoso pai nosso
Maravilhoso pai nossoMaravilhoso pai nosso
Maravilhoso pai nossojvcmarajoara
 
Pai Nosso Gitano
Pai Nosso GitanoPai Nosso Gitano
Pai Nosso GitanoSilvana
 
Maravilhoso pai nosso
Maravilhoso pai nossoMaravilhoso pai nosso
Maravilhoso pai nossopppmm
 

Mais procurados (16)

Maravilhoso Pai Nosso
Maravilhoso Pai NossoMaravilhoso Pai Nosso
Maravilhoso Pai Nosso
 
Maravilhoso Pai Nosso Cida Maio08
Maravilhoso Pai Nosso Cida Maio08Maravilhoso Pai Nosso Cida Maio08
Maravilhoso Pai Nosso Cida Maio08
 
Pai Nosso No Violino
Pai Nosso No ViolinoPai Nosso No Violino
Pai Nosso No Violino
 
Maravilhoso pai nosso
Maravilhoso pai nossoMaravilhoso pai nosso
Maravilhoso pai nosso
 
Pai Nosso No Violino
Pai Nosso No ViolinoPai Nosso No Violino
Pai Nosso No Violino
 
MARAVILHOSO PAI NOSSO - SOLO VIOLINO
MARAVILHOSO PAI NOSSO - SOLO VIOLINOMARAVILHOSO PAI NOSSO - SOLO VIOLINO
MARAVILHOSO PAI NOSSO - SOLO VIOLINO
 
Pai nosso no violino
Pai nosso no violinoPai nosso no violino
Pai nosso no violino
 
Maravilhoso Pai Nosso
Maravilhoso Pai NossoMaravilhoso Pai Nosso
Maravilhoso Pai Nosso
 
Maravilhoso Pai nosso violinos ciganos
Maravilhoso Pai nosso violinos ciganosMaravilhoso Pai nosso violinos ciganos
Maravilhoso Pai nosso violinos ciganos
 
Maravilhoso pai nosso
Maravilhoso pai nossoMaravilhoso pai nosso
Maravilhoso pai nosso
 
No Violino Pai Nosso
No Violino Pai NossoNo Violino Pai Nosso
No Violino Pai Nosso
 
No violino painosso
No violino painossoNo violino painosso
No violino painosso
 
Maravilhoso pai nosso
Maravilhoso pai nossoMaravilhoso pai nosso
Maravilhoso pai nosso
 
Pai Nosso Gitano
Pai Nosso GitanoPai Nosso Gitano
Pai Nosso Gitano
 
Maravilhoso pai nosso
Maravilhoso pai nossoMaravilhoso pai nosso
Maravilhoso pai nosso
 
Maravilhoso
MaravilhosoMaravilhoso
Maravilhoso
 

Mais de lucena

Vicário
VicárioVicário
Vicáriolucena
 
Verdade
VerdadeVerdade
Verdadelucena
 
Vara de Arão
Vara de ArãoVara de Arão
Vara de Arãolucena
 
Urim e Tumim
Urim e TumimUrim e Tumim
Urim e Tumimlucena
 
Tríplice Constituição do Homem
Tríplice Constituição do HomemTríplice Constituição do Homem
Tríplice Constituição do Homemlucena
 
Trichotomía
TrichotomíaTrichotomía
Trichotomíalucena
 
Trevas Egocêntricas
Trevas EgocêntricasTrevas Egocêntricas
Trevas Egocêntricaslucena
 
Tipologia Messianica
Tipologia MessianicaTipologia Messianica
Tipologia Messianicalucena
 
Suídicio Temática
Suídicio TemáticaSuídicio Temática
Suídicio Temáticalucena
 
Tesouro Oculto
Tesouro OcultoTesouro Oculto
Tesouro Ocultolucena
 
Templo e SantuáRio do Deus Vivo
Templo e SantuáRio do Deus VivoTemplo e SantuáRio do Deus Vivo
Templo e SantuáRio do Deus Vivolucena
 
Suídicio Temática
Suídicio TemáticaSuídicio Temática
Suídicio Temáticalucena
 
Sofrimento e Seus BenefíCios
Sofrimento e Seus BenefíCiosSofrimento e Seus BenefíCios
Sofrimento e Seus BenefíCioslucena
 
Shir Nash Sirim
Shir Nash SirimShir Nash Sirim
Shir Nash Sirimlucena
 
Segmentos da Nova Era
Segmentos da Nova EraSegmentos da Nova Era
Segmentos da Nova Eralucena
 
Sanguen de Christu
Sanguen de ChristuSanguen de Christu
Sanguen de Christulucena
 
Salvo em Cristo
Salvo em CristoSalvo em Cristo
Salvo em Cristolucena
 
Rosa de Sarom
Rosa de SaromRosa de Sarom
Rosa de Saromlucena
 
Resplandecer
ResplandecerResplandecer
Resplandecerlucena
 

Mais de lucena (20)

Vicário
VicárioVicário
Vicário
 
Verdade
VerdadeVerdade
Verdade
 
Vara de Arão
Vara de ArãoVara de Arão
Vara de Arão
 
Urim e Tumim
Urim e TumimUrim e Tumim
Urim e Tumim
 
Tríplice Constituição do Homem
Tríplice Constituição do HomemTríplice Constituição do Homem
Tríplice Constituição do Homem
 
Trichotomía
TrichotomíaTrichotomía
Trichotomía
 
Trevas Egocêntricas
Trevas EgocêntricasTrevas Egocêntricas
Trevas Egocêntricas
 
Tipologia Messianica
Tipologia MessianicaTipologia Messianica
Tipologia Messianica
 
Suídicio Temática
Suídicio TemáticaSuídicio Temática
Suídicio Temática
 
Tesouro Oculto
Tesouro OcultoTesouro Oculto
Tesouro Oculto
 
Templo e SantuáRio do Deus Vivo
Templo e SantuáRio do Deus VivoTemplo e SantuáRio do Deus Vivo
Templo e SantuáRio do Deus Vivo
 
Suídicio Temática
Suídicio TemáticaSuídicio Temática
Suídicio Temática
 
Sofrimento e Seus BenefíCios
Sofrimento e Seus BenefíCiosSofrimento e Seus BenefíCios
Sofrimento e Seus BenefíCios
 
Shir Nash Sirim
Shir Nash SirimShir Nash Sirim
Shir Nash Sirim
 
Sete
SeteSete
Sete
 
Segmentos da Nova Era
Segmentos da Nova EraSegmentos da Nova Era
Segmentos da Nova Era
 
Sanguen de Christu
Sanguen de ChristuSanguen de Christu
Sanguen de Christu
 
Salvo em Cristo
Salvo em CristoSalvo em Cristo
Salvo em Cristo
 
Rosa de Sarom
Rosa de SaromRosa de Sarom
Rosa de Sarom
 
Resplandecer
ResplandecerResplandecer
Resplandecer
 

Último

Série: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo Dia
Série: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo DiaSérie: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo Dia
Série: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo DiaDenisRocha28
 
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EGÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EMicheleRosa39
 
Oração dos Fiéis Festa da Palavra Catequese
Oração dos  Fiéis Festa da Palavra CatequeseOração dos  Fiéis Festa da Palavra Catequese
Oração dos Fiéis Festa da Palavra Catequeseanamdp2004
 
Taoismo (Origem e Taoismo no Brasil) - Carlos vinicius
Taoismo (Origem e Taoismo no Brasil) - Carlos viniciusTaoismo (Origem e Taoismo no Brasil) - Carlos vinicius
Taoismo (Origem e Taoismo no Brasil) - Carlos viniciusVini Master
 
ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............
ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............
ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............Nelson Pereira
 
A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).
A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).
A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).natzarimdonorte
 
AS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdf
AS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdfAS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdf
AS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdfnatzarimdonorte
 
O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .
O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .
O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .natzarimdonorte
 
9ª aula - livro de Atos dos apóstolos Cap 18 e 19
9ª aula - livro de Atos dos apóstolos Cap 18 e 199ª aula - livro de Atos dos apóstolos Cap 18 e 19
9ª aula - livro de Atos dos apóstolos Cap 18 e 19PIB Penha
 
Material sobre o jubileu e o seu significado
Material sobre o jubileu e o seu significadoMaterial sobre o jubileu e o seu significado
Material sobre o jubileu e o seu significadofreivalentimpesente
 

Último (12)

Série: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo Dia
Série: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo DiaSérie: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo Dia
Série: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo Dia
 
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EGÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
 
Mediunidade e Obsessão - Doutrina Espírita
Mediunidade e Obsessão - Doutrina EspíritaMediunidade e Obsessão - Doutrina Espírita
Mediunidade e Obsessão - Doutrina Espírita
 
Oração dos Fiéis Festa da Palavra Catequese
Oração dos  Fiéis Festa da Palavra CatequeseOração dos  Fiéis Festa da Palavra Catequese
Oração dos Fiéis Festa da Palavra Catequese
 
Taoismo (Origem e Taoismo no Brasil) - Carlos vinicius
Taoismo (Origem e Taoismo no Brasil) - Carlos viniciusTaoismo (Origem e Taoismo no Brasil) - Carlos vinicius
Taoismo (Origem e Taoismo no Brasil) - Carlos vinicius
 
ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............
ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............
ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............
 
A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).
A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).
A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).
 
AS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdf
AS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdfAS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdf
AS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdf
 
O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .
O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .
O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .
 
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.pptFluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
 
9ª aula - livro de Atos dos apóstolos Cap 18 e 19
9ª aula - livro de Atos dos apóstolos Cap 18 e 199ª aula - livro de Atos dos apóstolos Cap 18 e 19
9ª aula - livro de Atos dos apóstolos Cap 18 e 19
 
Material sobre o jubileu e o seu significado
Material sobre o jubileu e o seu significadoMaterial sobre o jubileu e o seu significado
Material sobre o jubileu e o seu significado
 

Bagaço

  • 1. Chamam-me de bagaço do resto que não tem mais nada; que neguei o leite, a lã e a gordura da carne. Disseram que estava extenuado, vencido e destruído, que sou abnegado e desobediente e não tem como retornar. Mas, esqueceram que foram as suas mãos que ungiram a minha cabeça, fazendo-me um projeto das suas profecias, para propagar as Boas Novas de paz que o mundo precisar ouvir. Sei que sou o sonho de Deus, e jamais serei vencido, porque o meu fruto dar vida abastece a incapacidade dos que atrofiaram ao longo da jornada ministerial, e se entregam aos cicios das sinistras línguas que não prosperam e não desejam verem o sucesso dos que são abrasados com o calor no campo missionário em que milhares de vidas perecem nas sombras da ignorância espiritual. No entanto, até o sumo deste bagaço torna-se unção como balsamo que cura as lanceadas nos corações dos que perderam o verdadeiro amor pela vida. E quando o velho bagaço não tiver mais liquido para adoçar, suco para ungir e palha para ser oferecida na grande fornalha da existência às suas cinzas servirão para adubar novas fruteiras que dão continuidade ao ciclo de vida na face da terra. Presbítero - Robson Colaço de Lucena