SlideShare uma empresa Scribd logo

Devocional para seu casamento

L
L
Luh RosaConsultora Independente de Beleza - Mary Kay em MARY KAY

Devocional para seu casamento

Devocional para seu casamento

1 de 4
Baixar para ler offline
Devocional para seu Casamento: A missão
da Submissão
Eu sei, eu sei, aqui está essa palavra outra vez: submissão. Depois de ouvir essa
palavra, algumas mulheres fazem cara feia, outras sorriem e outras parecem
perplexas. Qualquer que seja a sua reação inicial, acho que você irá gostar desse
artigo, que resume o que escreveu Curt Whalen, o marido de uma mulher que
aprendeu uma valiosa lição sobre a submissão. Penso que as suas palavras tocarão
o seu coração e possivelmente lhe darão uma nova perspectiva sobre o assunto.
Hoje em dia muitas mulheres desejam um lar centrado em Cristo. Mantêm a família
envolvida em atividades da igreja, as famílias vão ao culto regularmente e passam
algum tempo em oração com as crianças. Ainda assim, enquanto os corações de
muitas mulheres anseiam pelo Senhor, seus maridos parecem indiferentes e
distantes. Foi assim com a minha mulher, Marybeth. Para alguém de fora que
examinasse as nossas vidas, pareceria que eu era tão devotado a Cristo como ela.
Infelizmente, isso não era verdade.
Houve uma época em que Deus, a igreja e o meu caminhar com Cristo não eram
importantes. Eu freqüentava a igreja (às vezes) e nós tínhamos (ela tinha) amigos
cristãos, mas eu não estava interessado em aproximar-me mais de Cristo. Orações
diárias, estudos bíblicos e amizades cristãs íntimas não faziam parte dos meus
planos. Minha mulher era a única que tentava levar nossa família à igreja.
Organizava nossas atividades cristãs. Ajudava outras pessoas em necessidade. Mas
eu não era seu parceiro nessas atividades. Na verdade, eu me ressentia pelo seu
amor a Deus. Olhando para trás, consigo ver o sofrimento que lhe causei. Lembro-
me de olhar nos olhos dela e ver a dor, a tristeza e a mágoa que causei.
Agora que estou tentando aproximar-me do Senhor, me pergunto quantas outras
mulheres não terão tido os mesmos sentimentos. Quantas têm maridos tão
devotados ao trabalho que se afastam da vida familiar? Quantas mulheres têm
maridos que passam o tempo absorvidos por qualquer coisa, exceto seus filhos?
Quantas têm maridos que deixam o lar para procurar um relacionamento adúltero?
Quantas mulheres tentam construir uma família cristã forte, embora se sintam
derrotadas pela pessoa que supostamente deveria ser o seu parceiro espiritual?
Tenho ainda um longo caminho a percorrer para desenvolver a minha relação com
Cristo e com a minha mulher, mas devagar, com o passar do tempo, sinto que a
dureza que rodeava o meu coração começou a se derreter. Você pode estar se
perguntando como pode acontecer algo assim. A mudança em minha vida começou
de uma maneira muito simples. Começou com uma oração. Em maio de 1996,
minha mulher e eu levamos nossos filhos para passar duas semanas de férias na
praia. Ela estava grávida, o parto previsto para o fim de julho, e eu tentava dar-lhe
algum tempo para relaxar e divertir-se antes da chegada do bebê. Durante essas
férias, ela estava lendo um livro devocional para mulheres, que a levou a orar por
três assuntos específicos. Ela orou para que o meu coração se voltasse ao Senhor,
para que a nossa família se tornasse uma família centrada em Cristo, e para que
Deus comovesse o coração dela com as coisas que comoviam o dEle.
Nossa família passou por tremendos sofrimentos desde aquelas orações daquele
verão. Mas ao longo desses tempos de dificuldades, comecei a sentir mudanças em
mim mesmo. Senti um novo desejo de aprender mais sobre o Senhor. Comecei a
buscar a Deus e quis aprender tudo o que pudesse a seu respeito. Eu ansiava por
Cristo, não apenas para preencher o meu coração, mas para modificá-lo. Agora
parece tão óbvio, mas comecei a entender que nada é mais importante nesta vida
que a minha relação pessoal com o Senhor, amando a minha esposa, sendo um
bom pai para os meus filhos e ajudando outras pessoas em nossa igreja.
E tudo começou com a oração de uma mulher cujo coração ansiava que sua família
seguisse a Cristo.
“Semelhantemente, vós, mulheres, sede sujeitas ao vosso próprio marido, para que
também, se algum não obedece à palavra, pelo procedimento de sua mulher seja
ganho sem palavra, considerando a vossa vida casta, em temor” (l Pé 3.1,2).
Posso ver como este versículo era verdadeiro na vida cotidiana de Marybeth. Ela
não tentou convencer-me a seguir a Cristo. Ela vivia isso. E ela orava por mim. Ela
me ensinou sobre o amor e sobre a graça de Deus em ocasiões em que eu a
magoava terrivelmente. Ela permaneceu ao meu lado nas épocas em que as
pessoas lhe diziam que o seu casamento deveria terminar. E, o mais importante,
continuou a orar por mim durante os bons e os maus momentos.
Para as esposas que lerem esta mensagem, e entenderem o sofrimento de que
estou falando, por favor, encontrem aqui palavras de encorajamento. Deus lhe ama
profundamente e entende o sofrimento do seu coração. Ele ama o seu marido. Ele
ama cada pessoa pelo que realmente é, sem levar em conta erros ou pecados.
Nosso Deus é o pai amoroso que todos os dias contempla o horizonte à espera do
retorno do filho pródigo, para que possa correr em sua direção, abraçá-lo e levá-lo
para casa. Deus ouvirá as suas orações. Ele anseia penetrar no coração de cada
marido, exatamente como penetrou no meu.1
Quando li as palavras deste homem, o meu coração se derreteu. Quando seguimos
o padrão de submissão de Deus, levamos o coração de nosso marido a Deus.
Leiamos o versículo outra vez: “Semelhantemente, vós, mulheres, sede sujeitas ao
vosso próprio marido, para que também, se algum não obedece à palavra, pelo
procedimento de sua mulher seja ganho sem palavra, considerando a vossa vida
casta, em temor” (l Pé 3.1,2). Ser submissa não significa ser um capacho nem
permitir que o seu marido se aproveite de você.
A definição de Cynthia Heald é muito vivida: “Abaixe a sua cabeça o suficiente para
que Deus possa tocar o seu marido”. Quando lhe perguntei sobre submissão,
Cynthia disse: “Durante uma época eu tentava fazer com que Jack fosse mais
espiritual, e fizesse o que eu pensava que ele deveria fazer como o líder de nosso
lar, e ficava realmente frustrada porque ele não o estava fazendo. Um dia o Senhor
me perguntou se eu estava disposta a desistir de Jack e deixá-lo livre. E eu disse:
‘Não, não estou. Ainda há algumas coisas que preciso fazer’”. Ela continuou
dizendo: “Isso foi um pouquinho antes que eu quisesse dizer ‘Está certo, Deus, ele
é todo seu’. Quando saí do caminho, Deus começou a fazer coisas incríveis na vida
de Jack — mas não do meu modo ou conforme a minha programação”.2
Marybeth aprendeu que importunar Curt ou revoltar-se contra ele nunca ajudaria.
Então, como Cynthia, ela voltou seus apelos ao Senhor. Lentamente, o Senhor
modificou o coração de Curt e transformou um casamento que estava arruinado.
Embora Marybeth fosse rápida em dizer que o seu comportamento não foi sempre
puro e reverente, e que as suas orações muitas vezes eram nada mais do que
apelos de um coração partido, em prantos, ela sabia que somente Deus poderia
modificar o seu marido. E afinal, Deus o fez.
Construindo o Seu Relacionamento – Seja submissa ao seu marido hoje. Abaixe a
sua cabeça o suficiente para que Deus possa tocar o seu marido.
Em vez de concentrar-me em todas as coisas que o meu marido não fazia direito,
ou deixar que a sua aprovação ou desaprovação me consumissem, aprendi a ir a
Deus e dizer: “Senhor, eu sei que você me ama, e ama o meu marido. Então, por
favor, faça com que ele se modifique, ou modifique o meu coração no que se refere
a esse problema que estamos enfrentando”. Algumas vezes Ele suaviza o meu
marido, mas o número de vezes em que Deus me modifica é muito maior.
Freqüentemente eu digo em conferências e encontros que Deus me ensinou o que
significa viver para um público de uma pessoa. Ao invés de tentar ser uma boa
esposa para conseguir a aprovação do meu marido, tentar ser uma boa mãe para
conseguir a aprovação dos meus filhos, e tentar ser uma boa amiga para conseguir
a aprovação das minhas amigas, agora eu simplesmente tento agradar a Deus.
Procuro apenas o seu favor e sigo os preceitos. Fazendo isso, me torno uma boa
esposa, uma boa mãe e uma boa amiga.
Anúncio

Recomendados

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Jovens estudo 5 - Namoro e Casamento
Jovens estudo 5 - Namoro e CasamentoJovens estudo 5 - Namoro e Casamento
Jovens estudo 5 - Namoro e Casamentouriank
 
ENCONTRO DE CASAIS
ENCONTRO DE CASAISENCONTRO DE CASAIS
ENCONTRO DE CASAISKarla Lopes
 
Sermonario MJ SOJA IASD 2017_port
Sermonario MJ SOJA IASD 2017_portSermonario MJ SOJA IASD 2017_port
Sermonario MJ SOJA IASD 2017_portLuilson Santos
 
Carta Para Encontrista!
Carta Para Encontrista!Carta Para Encontrista!
Carta Para Encontrista!DanielD15
 
Buscando a intimidade com Deus
Buscando a intimidade com DeusBuscando a intimidade com Deus
Buscando a intimidade com DeusPastor Wanderley
 
Um exame de consciência para adultos
Um exame de consciência para adultosUm exame de consciência para adultos
Um exame de consciência para adultosluisribeiro074
 
Charo e-paul-washer-a-mulher-de-deus-tornando-se-ester
Charo e-paul-washer-a-mulher-de-deus-tornando-se-esterCharo e-paul-washer-a-mulher-de-deus-tornando-se-ester
Charo e-paul-washer-a-mulher-de-deus-tornando-se-estersilvania67
 
A decisão mais importante que você deve tomar
A decisão mais importante que você deve tomarA decisão mais importante que você deve tomar
A decisão mais importante que você deve tomarLuiz Santos
 
Apostilaimpacto 130720022214-phpapp02
Apostilaimpacto 130720022214-phpapp02Apostilaimpacto 130720022214-phpapp02
Apostilaimpacto 130720022214-phpapp02Mariano Silva
 
Jornal A Família Católica, 16 edição, setembro 2014
Jornal A Família Católica, 16 edição, setembro 2014Jornal A Família Católica, 16 edição, setembro 2014
Jornal A Família Católica, 16 edição, setembro 2014Thiago Guerino
 
A tua vontade senhor, nao a minha benny hinn
A tua vontade senhor, nao a minha   benny hinnA tua vontade senhor, nao a minha   benny hinn
A tua vontade senhor, nao a minha benny hinnAristoteles Rocha
 
6481950 curando-feridas-emocionais-j-m-
6481950 curando-feridas-emocionais-j-m-6481950 curando-feridas-emocionais-j-m-
6481950 curando-feridas-emocionais-j-m-Wstallony Gomes
 
155856 eu e_minha_boca_grande
155856 eu e_minha_boca_grande155856 eu e_minha_boca_grande
155856 eu e_minha_boca_grandezanzasilva
 
Estudo bíblico para jovens - namoro noivado e casamento
Estudo bíblico para jovens -  namoro noivado e casamentoEstudo bíblico para jovens -  namoro noivado e casamento
Estudo bíblico para jovens - namoro noivado e casamentoR Gómez
 

Mais procurados (19)

Jovens estudo 5 - Namoro e Casamento
Jovens estudo 5 - Namoro e CasamentoJovens estudo 5 - Namoro e Casamento
Jovens estudo 5 - Namoro e Casamento
 
Jovens Adventistas E O Casamento
Jovens Adventistas E O CasamentoJovens Adventistas E O Casamento
Jovens Adventistas E O Casamento
 
ENCONTRO DE CASAIS
ENCONTRO DE CASAISENCONTRO DE CASAIS
ENCONTRO DE CASAIS
 
Dicas de santidade
Dicas de santidadeDicas de santidade
Dicas de santidade
 
Sermonario MJ SOJA IASD 2017_port
Sermonario MJ SOJA IASD 2017_portSermonario MJ SOJA IASD 2017_port
Sermonario MJ SOJA IASD 2017_port
 
Carta Para Encontrista!
Carta Para Encontrista!Carta Para Encontrista!
Carta Para Encontrista!
 
Buscando a intimidade com Deus
Buscando a intimidade com DeusBuscando a intimidade com Deus
Buscando a intimidade com Deus
 
NAMORO, NOIVADO E CASAMENTO
NAMORO, NOIVADO E CASAMENTONAMORO, NOIVADO E CASAMENTO
NAMORO, NOIVADO E CASAMENTO
 
Um exame de consciência para adultos
Um exame de consciência para adultosUm exame de consciência para adultos
Um exame de consciência para adultos
 
A Unção
A UnçãoA Unção
A Unção
 
Charo e-paul-washer-a-mulher-de-deus-tornando-se-ester
Charo e-paul-washer-a-mulher-de-deus-tornando-se-esterCharo e-paul-washer-a-mulher-de-deus-tornando-se-ester
Charo e-paul-washer-a-mulher-de-deus-tornando-se-ester
 
A decisão mais importante que você deve tomar
A decisão mais importante que você deve tomarA decisão mais importante que você deve tomar
A decisão mais importante que você deve tomar
 
Apostilaimpacto 130720022214-phpapp02
Apostilaimpacto 130720022214-phpapp02Apostilaimpacto 130720022214-phpapp02
Apostilaimpacto 130720022214-phpapp02
 
Jornal A Família Católica, 16 edição, setembro 2014
Jornal A Família Católica, 16 edição, setembro 2014Jornal A Família Católica, 16 edição, setembro 2014
Jornal A Família Católica, 16 edição, setembro 2014
 
A tua vontade senhor, nao a minha benny hinn
A tua vontade senhor, nao a minha   benny hinnA tua vontade senhor, nao a minha   benny hinn
A tua vontade senhor, nao a minha benny hinn
 
6481950 curando-feridas-emocionais-j-m-
6481950 curando-feridas-emocionais-j-m-6481950 curando-feridas-emocionais-j-m-
6481950 curando-feridas-emocionais-j-m-
 
155856 eu e_minha_boca_grande
155856 eu e_minha_boca_grande155856 eu e_minha_boca_grande
155856 eu e_minha_boca_grande
 
Estudo bíblico para jovens - namoro noivado e casamento
Estudo bíblico para jovens -  namoro noivado e casamentoEstudo bíblico para jovens -  namoro noivado e casamento
Estudo bíblico para jovens - namoro noivado e casamento
 
FRASES PONDERÁVEIS EVANGÉLICAS
FRASES PONDERÁVEIS EVANGÉLICASFRASES PONDERÁVEIS EVANGÉLICAS
FRASES PONDERÁVEIS EVANGÉLICAS
 

Semelhante a Devocional para seu casamento

JORMI - Jornal Missionário n° 98
JORMI - Jornal Missionário n° 98JORMI - Jornal Missionário n° 98
JORMI - Jornal Missionário n° 98Almir Rodrigues
 
JORMI - Jornal Missionário nº 87
JORMI - Jornal Missionário nº 87JORMI - Jornal Missionário nº 87
JORMI - Jornal Missionário nº 87Almir Rodrigues
 
ÍDOLOS DO CORAÇÃO - FITZPATRICK.PDF
ÍDOLOS DO CORAÇÃO - FITZPATRICK.PDFÍDOLOS DO CORAÇÃO - FITZPATRICK.PDF
ÍDOLOS DO CORAÇÃO - FITZPATRICK.PDFCleideCristina9
 
100 Devocionais E Orações Para Casais.pdf
100 Devocionais E Orações Para Casais.pdf100 Devocionais E Orações Para Casais.pdf
100 Devocionais E Orações Para Casais.pdfLeomarFerreira4
 
JORMI - Jornal Missionário nº 83
JORMI -  Jornal Missionário nº 83JORMI -  Jornal Missionário nº 83
JORMI - Jornal Missionário nº 83Almir Rodrigues
 
Manual moças 2014 completo
Manual moças 2014 completoManual moças 2014 completo
Manual moças 2014 completoDartagnan Freire
 
O Poder Do Marido Que Ora - Stormie Omartian.pdf
O Poder Do Marido Que Ora - Stormie Omartian.pdfO Poder Do Marido Que Ora - Stormie Omartian.pdf
O Poder Do Marido Que Ora - Stormie Omartian.pdfAlécio Vasconcelos
 
Boletim Jovem Novembro 2014
Boletim Jovem Novembro 2014Boletim Jovem Novembro 2014
Boletim Jovem Novembro 2014willams
 
Confessando a sua palavra para trazer fé
Confessando a sua palavra para trazer féConfessando a sua palavra para trazer fé
Confessando a sua palavra para trazer féAntonio Ferreira
 
Boletim 485 especial de 10 anos pr. ailton
Boletim 485   especial de 10 anos pr. ailtonBoletim 485   especial de 10 anos pr. ailton
Boletim 485 especial de 10 anos pr. ailtonIgreja Batista em Camobi
 
'O poder da esposa que ora stormie omartian' com você
 'O poder da esposa  que ora   stormie omartian' com você 'O poder da esposa  que ora   stormie omartian' com você
'O poder da esposa que ora stormie omartian' com vocêMICHELLE SMITH C. M. TEIXEIRA
 
Pai nossomeditado
Pai nossomeditadoPai nossomeditado
Pai nossomeditadoregins
 
Pai nosso - meditaçao
Pai nosso - meditaçaoPai nosso - meditaçao
Pai nosso - meditaçaoAnjovison .
 
Pai Nosso Meditado
Pai Nosso MeditadoPai Nosso Meditado
Pai Nosso Meditadomonicavitolo
 

Semelhante a Devocional para seu casamento (20)

JORMI - Jornal Missionário n° 98
JORMI - Jornal Missionário n° 98JORMI - Jornal Missionário n° 98
JORMI - Jornal Missionário n° 98
 
Três erros graves
Três erros gravesTrês erros graves
Três erros graves
 
Capítulo 1
Capítulo 1Capítulo 1
Capítulo 1
 
JORMI - Jornal Missionário nº 87
JORMI - Jornal Missionário nº 87JORMI - Jornal Missionário nº 87
JORMI - Jornal Missionário nº 87
 
ÍDOLOS DO CORAÇÃO - FITZPATRICK.PDF
ÍDOLOS DO CORAÇÃO - FITZPATRICK.PDFÍDOLOS DO CORAÇÃO - FITZPATRICK.PDF
ÍDOLOS DO CORAÇÃO - FITZPATRICK.PDF
 
100 Devocionais E Orações Para Casais.pdf
100 Devocionais E Orações Para Casais.pdf100 Devocionais E Orações Para Casais.pdf
100 Devocionais E Orações Para Casais.pdf
 
JORMI - Jornal Missionário nº 83
JORMI -  Jornal Missionário nº 83JORMI -  Jornal Missionário nº 83
JORMI - Jornal Missionário nº 83
 
Manual moças 2014 completo
Manual moças 2014 completoManual moças 2014 completo
Manual moças 2014 completo
 
O Poder Do Marido Que Ora - Stormie Omartian.pdf
O Poder Do Marido Que Ora - Stormie Omartian.pdfO Poder Do Marido Que Ora - Stormie Omartian.pdf
O Poder Do Marido Que Ora - Stormie Omartian.pdf
 
Boletim Jovem Novembro 2014
Boletim Jovem Novembro 2014Boletim Jovem Novembro 2014
Boletim Jovem Novembro 2014
 
Confessando a sua palavra para trazer fé
Confessando a sua palavra para trazer féConfessando a sua palavra para trazer fé
Confessando a sua palavra para trazer fé
 
Boletim 485 especial de 10 anos pr. ailton
Boletim 485   especial de 10 anos pr. ailtonBoletim 485   especial de 10 anos pr. ailton
Boletim 485 especial de 10 anos pr. ailton
 
1 t2017
1 t20171 t2017
1 t2017
 
Crentes periféricos
Crentes periféricosCrentes periféricos
Crentes periféricos
 
Crentes periféricos
Crentes periféricosCrentes periféricos
Crentes periféricos
 
'O poder da esposa que ora stormie omartian' com você
 'O poder da esposa  que ora   stormie omartian' com você 'O poder da esposa  que ora   stormie omartian' com você
'O poder da esposa que ora stormie omartian' com você
 
Pai nossomeditado
Pai nossomeditadoPai nossomeditado
Pai nossomeditado
 
Pai nosso - meditaçao
Pai nosso - meditaçaoPai nosso - meditaçao
Pai nosso - meditaçao
 
Pai Nosso Meditado
Pai Nosso MeditadoPai Nosso Meditado
Pai Nosso Meditado
 
Pai Nosso Meditado
Pai Nosso MeditadoPai Nosso Meditado
Pai Nosso Meditado
 

Último

Lição 7 - O Ministério da Igreja - 18fev2024.pptx
Lição 7 - O Ministério da Igreja - 18fev2024.pptxLição 7 - O Ministério da Igreja - 18fev2024.pptx
Lição 7 - O Ministério da Igreja - 18fev2024.pptxCelso Napoleon
 
mae de santo, tabagira de oxossi., de volta a america.
mae de santo, tabagira de oxossi., de volta a america.mae de santo, tabagira de oxossi., de volta a america.
mae de santo, tabagira de oxossi., de volta a america.cecilcavalcanti
 
Oração Da Sobriedade
Oração Da SobriedadeOração Da Sobriedade
Oração Da SobriedadeNilson Almeida
 
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptxSlide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptxRodrigoTavares484059
 
4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptx
4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptx4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptx
4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptxMarta Gomes
 
Apresentação da Campanha da Fraternidade 2024.pdf
Apresentação da Campanha da Fraternidade 2024.pdfApresentação da Campanha da Fraternidade 2024.pdf
Apresentação da Campanha da Fraternidade 2024.pdfengrobertomourafilho
 
Orações Cristãs Diárias
Orações Cristãs DiáriasOrações Cristãs Diárias
Orações Cristãs DiáriasNilson Almeida
 
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxjoseciceroroberto197
 
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Quadrado.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Quadrado.pptxSlide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Quadrado.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Quadrado.pptxjoseciceroroberto197
 
Oração Pedindo Sabedoria E Discernimento
Oração Pedindo Sabedoria E DiscernimentoOração Pedindo Sabedoria E Discernimento
Oração Pedindo Sabedoria E DiscernimentoNilson Almeida
 
ordem nova ordem irmandade e fraternidade
ordem nova ordem irmandade e fraternidadeordem nova ordem irmandade e fraternidade
ordem nova ordem irmandade e fraternidadececilcavalcanti
 
Poesia A arvore boa do livro Evangelho em quadrinhos
Poesia A arvore boa do livro Evangelho em quadrinhosPoesia A arvore boa do livro Evangelho em quadrinhos
Poesia A arvore boa do livro Evangelho em quadrinhosMiraSandre2
 
DESOBSESSÃO RECURSOS ESPÍRITAS. por josiete andrade
DESOBSESSÃO RECURSOS ESPÍRITAS. por josiete andradeDESOBSESSÃO RECURSOS ESPÍRITAS. por josiete andrade
DESOBSESSÃO RECURSOS ESPÍRITAS. por josiete andradeEduardoJuc8
 
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptxSlide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptxjoseciceroroberto197
 
Oração da Campanha da Fraternidade 2024 - Fraternidade e Amizade Social
Oração da Campanha da Fraternidade 2024 - Fraternidade e Amizade SocialOração da Campanha da Fraternidade 2024 - Fraternidade e Amizade Social
Oração da Campanha da Fraternidade 2024 - Fraternidade e Amizade SocialJuniorCavecchia
 

Último (17)

Lição 7 - O Ministério da Igreja - 18fev2024.pptx
Lição 7 - O Ministério da Igreja - 18fev2024.pptxLição 7 - O Ministério da Igreja - 18fev2024.pptx
Lição 7 - O Ministério da Igreja - 18fev2024.pptx
 
mae de santo, tabagira de oxossi., de volta a america.
mae de santo, tabagira de oxossi., de volta a america.mae de santo, tabagira de oxossi., de volta a america.
mae de santo, tabagira de oxossi., de volta a america.
 
Oração Da Sobriedade
Oração Da SobriedadeOração Da Sobriedade
Oração Da Sobriedade
 
Orações Vocacionais
Orações VocacionaisOrações Vocacionais
Orações Vocacionais
 
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptxSlide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptx
 
4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptx
4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptx4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptx
4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptx
 
Apresentação da Campanha da Fraternidade 2024.pdf
Apresentação da Campanha da Fraternidade 2024.pdfApresentação da Campanha da Fraternidade 2024.pdf
Apresentação da Campanha da Fraternidade 2024.pdf
 
Orações Cristãs Diárias
Orações Cristãs DiáriasOrações Cristãs Diárias
Orações Cristãs Diárias
 
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
 
Invocação À Luz
Invocação À LuzInvocação À Luz
Invocação À Luz
 
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Quadrado.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Quadrado.pptxSlide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Quadrado.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Quadrado.pptx
 
Oração Pedindo Sabedoria E Discernimento
Oração Pedindo Sabedoria E DiscernimentoOração Pedindo Sabedoria E Discernimento
Oração Pedindo Sabedoria E Discernimento
 
ordem nova ordem irmandade e fraternidade
ordem nova ordem irmandade e fraternidadeordem nova ordem irmandade e fraternidade
ordem nova ordem irmandade e fraternidade
 
Poesia A arvore boa do livro Evangelho em quadrinhos
Poesia A arvore boa do livro Evangelho em quadrinhosPoesia A arvore boa do livro Evangelho em quadrinhos
Poesia A arvore boa do livro Evangelho em quadrinhos
 
DESOBSESSÃO RECURSOS ESPÍRITAS. por josiete andrade
DESOBSESSÃO RECURSOS ESPÍRITAS. por josiete andradeDESOBSESSÃO RECURSOS ESPÍRITAS. por josiete andrade
DESOBSESSÃO RECURSOS ESPÍRITAS. por josiete andrade
 
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptxSlide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptx
 
Oração da Campanha da Fraternidade 2024 - Fraternidade e Amizade Social
Oração da Campanha da Fraternidade 2024 - Fraternidade e Amizade SocialOração da Campanha da Fraternidade 2024 - Fraternidade e Amizade Social
Oração da Campanha da Fraternidade 2024 - Fraternidade e Amizade Social
 

Devocional para seu casamento

  • 1. Devocional para seu Casamento: A missão da Submissão Eu sei, eu sei, aqui está essa palavra outra vez: submissão. Depois de ouvir essa palavra, algumas mulheres fazem cara feia, outras sorriem e outras parecem perplexas. Qualquer que seja a sua reação inicial, acho que você irá gostar desse artigo, que resume o que escreveu Curt Whalen, o marido de uma mulher que aprendeu uma valiosa lição sobre a submissão. Penso que as suas palavras tocarão o seu coração e possivelmente lhe darão uma nova perspectiva sobre o assunto. Hoje em dia muitas mulheres desejam um lar centrado em Cristo. Mantêm a família envolvida em atividades da igreja, as famílias vão ao culto regularmente e passam algum tempo em oração com as crianças. Ainda assim, enquanto os corações de muitas mulheres anseiam pelo Senhor, seus maridos parecem indiferentes e distantes. Foi assim com a minha mulher, Marybeth. Para alguém de fora que examinasse as nossas vidas, pareceria que eu era tão devotado a Cristo como ela. Infelizmente, isso não era verdade. Houve uma época em que Deus, a igreja e o meu caminhar com Cristo não eram importantes. Eu freqüentava a igreja (às vezes) e nós tínhamos (ela tinha) amigos cristãos, mas eu não estava interessado em aproximar-me mais de Cristo. Orações diárias, estudos bíblicos e amizades cristãs íntimas não faziam parte dos meus planos. Minha mulher era a única que tentava levar nossa família à igreja. Organizava nossas atividades cristãs. Ajudava outras pessoas em necessidade. Mas eu não era seu parceiro nessas atividades. Na verdade, eu me ressentia pelo seu amor a Deus. Olhando para trás, consigo ver o sofrimento que lhe causei. Lembro- me de olhar nos olhos dela e ver a dor, a tristeza e a mágoa que causei. Agora que estou tentando aproximar-me do Senhor, me pergunto quantas outras mulheres não terão tido os mesmos sentimentos. Quantas têm maridos tão devotados ao trabalho que se afastam da vida familiar? Quantas mulheres têm maridos que passam o tempo absorvidos por qualquer coisa, exceto seus filhos? Quantas têm maridos que deixam o lar para procurar um relacionamento adúltero? Quantas mulheres tentam construir uma família cristã forte, embora se sintam derrotadas pela pessoa que supostamente deveria ser o seu parceiro espiritual?
  • 2. Tenho ainda um longo caminho a percorrer para desenvolver a minha relação com Cristo e com a minha mulher, mas devagar, com o passar do tempo, sinto que a dureza que rodeava o meu coração começou a se derreter. Você pode estar se perguntando como pode acontecer algo assim. A mudança em minha vida começou de uma maneira muito simples. Começou com uma oração. Em maio de 1996, minha mulher e eu levamos nossos filhos para passar duas semanas de férias na praia. Ela estava grávida, o parto previsto para o fim de julho, e eu tentava dar-lhe algum tempo para relaxar e divertir-se antes da chegada do bebê. Durante essas férias, ela estava lendo um livro devocional para mulheres, que a levou a orar por três assuntos específicos. Ela orou para que o meu coração se voltasse ao Senhor, para que a nossa família se tornasse uma família centrada em Cristo, e para que Deus comovesse o coração dela com as coisas que comoviam o dEle. Nossa família passou por tremendos sofrimentos desde aquelas orações daquele verão. Mas ao longo desses tempos de dificuldades, comecei a sentir mudanças em mim mesmo. Senti um novo desejo de aprender mais sobre o Senhor. Comecei a buscar a Deus e quis aprender tudo o que pudesse a seu respeito. Eu ansiava por Cristo, não apenas para preencher o meu coração, mas para modificá-lo. Agora parece tão óbvio, mas comecei a entender que nada é mais importante nesta vida que a minha relação pessoal com o Senhor, amando a minha esposa, sendo um bom pai para os meus filhos e ajudando outras pessoas em nossa igreja. E tudo começou com a oração de uma mulher cujo coração ansiava que sua família seguisse a Cristo. “Semelhantemente, vós, mulheres, sede sujeitas ao vosso próprio marido, para que também, se algum não obedece à palavra, pelo procedimento de sua mulher seja ganho sem palavra, considerando a vossa vida casta, em temor” (l Pé 3.1,2). Posso ver como este versículo era verdadeiro na vida cotidiana de Marybeth. Ela não tentou convencer-me a seguir a Cristo. Ela vivia isso. E ela orava por mim. Ela me ensinou sobre o amor e sobre a graça de Deus em ocasiões em que eu a magoava terrivelmente. Ela permaneceu ao meu lado nas épocas em que as pessoas lhe diziam que o seu casamento deveria terminar. E, o mais importante, continuou a orar por mim durante os bons e os maus momentos. Para as esposas que lerem esta mensagem, e entenderem o sofrimento de que estou falando, por favor, encontrem aqui palavras de encorajamento. Deus lhe ama profundamente e entende o sofrimento do seu coração. Ele ama o seu marido. Ele
  • 3. ama cada pessoa pelo que realmente é, sem levar em conta erros ou pecados. Nosso Deus é o pai amoroso que todos os dias contempla o horizonte à espera do retorno do filho pródigo, para que possa correr em sua direção, abraçá-lo e levá-lo para casa. Deus ouvirá as suas orações. Ele anseia penetrar no coração de cada marido, exatamente como penetrou no meu.1 Quando li as palavras deste homem, o meu coração se derreteu. Quando seguimos o padrão de submissão de Deus, levamos o coração de nosso marido a Deus. Leiamos o versículo outra vez: “Semelhantemente, vós, mulheres, sede sujeitas ao vosso próprio marido, para que também, se algum não obedece à palavra, pelo procedimento de sua mulher seja ganho sem palavra, considerando a vossa vida casta, em temor” (l Pé 3.1,2). Ser submissa não significa ser um capacho nem permitir que o seu marido se aproveite de você. A definição de Cynthia Heald é muito vivida: “Abaixe a sua cabeça o suficiente para que Deus possa tocar o seu marido”. Quando lhe perguntei sobre submissão, Cynthia disse: “Durante uma época eu tentava fazer com que Jack fosse mais espiritual, e fizesse o que eu pensava que ele deveria fazer como o líder de nosso lar, e ficava realmente frustrada porque ele não o estava fazendo. Um dia o Senhor me perguntou se eu estava disposta a desistir de Jack e deixá-lo livre. E eu disse: ‘Não, não estou. Ainda há algumas coisas que preciso fazer’”. Ela continuou dizendo: “Isso foi um pouquinho antes que eu quisesse dizer ‘Está certo, Deus, ele é todo seu’. Quando saí do caminho, Deus começou a fazer coisas incríveis na vida de Jack — mas não do meu modo ou conforme a minha programação”.2 Marybeth aprendeu que importunar Curt ou revoltar-se contra ele nunca ajudaria. Então, como Cynthia, ela voltou seus apelos ao Senhor. Lentamente, o Senhor modificou o coração de Curt e transformou um casamento que estava arruinado. Embora Marybeth fosse rápida em dizer que o seu comportamento não foi sempre puro e reverente, e que as suas orações muitas vezes eram nada mais do que apelos de um coração partido, em prantos, ela sabia que somente Deus poderia modificar o seu marido. E afinal, Deus o fez. Construindo o Seu Relacionamento – Seja submissa ao seu marido hoje. Abaixe a sua cabeça o suficiente para que Deus possa tocar o seu marido.
  • 4. Em vez de concentrar-me em todas as coisas que o meu marido não fazia direito, ou deixar que a sua aprovação ou desaprovação me consumissem, aprendi a ir a Deus e dizer: “Senhor, eu sei que você me ama, e ama o meu marido. Então, por favor, faça com que ele se modifique, ou modifique o meu coração no que se refere a esse problema que estamos enfrentando”. Algumas vezes Ele suaviza o meu marido, mas o número de vezes em que Deus me modifica é muito maior. Freqüentemente eu digo em conferências e encontros que Deus me ensinou o que significa viver para um público de uma pessoa. Ao invés de tentar ser uma boa esposa para conseguir a aprovação do meu marido, tentar ser uma boa mãe para conseguir a aprovação dos meus filhos, e tentar ser uma boa amiga para conseguir a aprovação das minhas amigas, agora eu simplesmente tento agradar a Deus. Procuro apenas o seu favor e sigo os preceitos. Fazendo isso, me torno uma boa esposa, uma boa mãe e uma boa amiga.