Triste fim de policarpo quaresma

3.361 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Triste fim de policarpo quaresma

  1. 1.  Terceira Pessoa: É quando o narrador está fora dos acontecimentos;podemos dizer que ele paira acima de tudo e de todos.Essa situação lhe permite saber de tudo, do passado e do futuro das emoções e dos pensamentos dos personagens.
  2. 2. Narrador onisciente:Exemplo:“Quaresma era um homempequeno, magro, que usava pince-nez, olhava semprebaixo, mas, quando fixava alguém oualguma coisa, os seus olhostomavam, por detrás das lentes...”pág.28 capítulo I
  3. 3. As vezes na narrativa são apresentados alguns fatos para, em flashback, voltar atrás e explicar como as coisas sucederam. Como por exemplo no terceiro capítulo, Genelício da a notícia de que o major Quaresma fora internado em um hospício.E só no capítulo quarto é que iremos saber as causas e circunstâncias desse internamento.
  4. 4. Variantes de Narrador em terceira pessoa:Narrador “parcial” É o narrador que se identifica com determinado personagem da história e, mesmo não o defendendo explicitamente, permite que ele tenha mais espaço, isto é maior destaque na história
  5. 5. Exemplo: [...] Acabava de entrar na casa do major Quaresma o senhor Ricardo coração dos Outros, homem célebre pela sua habilidade em cantar modinhas.. pág.32 cap.I
  6. 6. NARRADOR NÃO É AUTORÉ muito comum que as pessoas confundam afigura do narrador (quem nos conta os fatos)com o próprio autor. O autor é quem idealiza ecria a história e o seu corpo inclusive o narrador.Mesmo que o os verbos estejam em 1ª pessoa,quem narra, quem dialoga com o leitor, quemcomenta os fatos é o narrador, não o autor dotexto.O narrador é um ser que pertence a história queestá sendo narrada, está claro que é um prepostodo autor, mas isso não significa que defenda nemcompartilhe suas ideias.
  7. 7. OBRIGADO PELA ATENÇÃO BOM DIA!!

×