Podemos definir juros como o rendimento de uma aplicação financeira, valor
referente ao atraso no pagamento de uma prestaç...
Exemplo 2
Vamos construir uma planilha especificando passo a passo a aplicação de um
capital durante o período estabelecid...
J = 3000
i = 1,5% = 1,5/100 = 0,015
t = 45 dias = 45/30 = 1,5
J=C*i*t
3000 = C * 0,015 * 1,5
3000 = C * 0,0225
C = 3000 / ...
O juro de cada intervalo de tempo sempre é calculado sobre o capital
inicial emprestado ou aplicado. Raramente encontramos...
Então, descobrimos J através da fórmula:
J = (70 000 x 10,5 x 0,4027): 100
J = aproximadamente 2959,85
Portanto, temos o m...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Juros Simples

647 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
647
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Juros Simples

  1. 1. Podemos definir juros como o rendimento de uma aplicação financeira, valor referente ao atraso no pagamento de uma prestação ou a quantia paga pelo empréstimo de um capital. Atualmente, o sistema financeiro utiliza o regime de juros compostos, por ser mais lucrativo. Os juros simples eram utilizados nas situações de curto prazo, hoje não utilizamos a capitalização baseada no regime simples. Mas vamos entender como funcionava a capitalização no sistema de juros simples. No sistema de capitalização simples, os juros são calculados baseados no valor da dívida ou da aplicação. Dessa forma, o valor dos juros é igual no período de aplicação ou composição da dívida. A expressão matemática utilizada para o cálculo das situações envolvendo juros simples é a seguinte: J = C * i * t, onde J = juros C = capital i = taxa de juros t = tempo de aplicação (mês, bimestre, trimestre, semestre, ano...) M=C+J M = montante final C = capital J = juros Exemplo 1 Qual o valor do montante produzido por um capital de R$ 1.200,00, aplicado no regime de juros simples a uma taxa mensal de 2%, durante 10 meses? Capital: 1200 i = 2% = 2/100 = 0,02 ao mês (a.m.) t = 10 meses J=C*i*t J = 1200 * 0,02 * 10 J = 240 M=C+j M = 1200 + 240 M = 1440 O montante produzido será de R$ 1.440,00.
  2. 2. Exemplo 2 Vamos construir uma planilha especificando passo a passo a aplicação de um capital durante o período estabelecido inicialmente. Um capital de R$ 5.000,00 foi aplicado a uma taxa de juros mensais de 3% ao mês durante 12 meses. Determine o valor dos juros produzidos e do montante final da aplicação. O montante final foi equivalente a R$ 6.800,00, e os juros produzidos foram iguais a R$ 1.800,00. Exemplo 3 Determine o valor do capital que aplicado durante 14 meses, a uma taxa de 6%, rendeu juros de R$ 2.688,00. J=C*i*t 2688 = C * 0,06 * 14 2688 = C * 0,84 C = 2688 / 0,84 C = 3200 O valor do capital é de R$ 3.200,00. Exemplo 4 Qual o capital que, aplicado a juros simples de 1,5% ao mês, rende R$ 3.000,00 de juros em 45 dias?
  3. 3. J = 3000 i = 1,5% = 1,5/100 = 0,015 t = 45 dias = 45/30 = 1,5 J=C*i*t 3000 = C * 0,015 * 1,5 3000 = C * 0,0225 C = 3000 / 0,0225 C = 133.333,33 O capital é de R$ 133.333,33. Exemplo 5 Qual foi o capital que, aplicado à taxa de juros simples de 2% ao mês, rendeu R$ 90,00 em um trimestre? J=C*i*t 90 = C * 0,02 * 3 90 = C * 0,06 C = 90 / 0,06 C = 1500 O capital corresponde a R$ 1.500,00. Exemplo 6 Qual o tempo de aplicação para que um capital dobre, considerando uma taxa mensal de juros de 2% ao mês, no regime de capitalização simples? M = C * [1 + (i *t)] 2C = C * [1 + (0,02 * t)] 2C = C * 1 + 0,02t 2C/C = 1 + 0,02t 2 = 1 + 0,02t 2 – 1 = 0,02t 1 = 0,02t t = 1 / 0,02 t = 50 O tempo para que o capital aplicado a uma taxa mensal de 2% dobre é de 50 meses.
  4. 4. O juro de cada intervalo de tempo sempre é calculado sobre o capital inicial emprestado ou aplicado. Raramente encontramos uso para o regime de juros simples: é o caso das operações de curtíssimo prazo, e do processo de desconto simples de duplicatas. O regime de juros será simples quando o percentual de juros incidir apenas sobre o valor principal. Sobre os juros gerados a cada período não incidirão novos juros. Valor Principal ou simplesmente principal é o valor inicial emprestado ou aplicado, antes de somarmos os juros. Transformando em fórmula temos: J = (C . i . t): 100 OU J = C . (i:100) . t Obs: O C (capital), também é conhecido por P(principal), e o t (tempo), também é conhecido por n] Onde: J = juros C = Capital i = taxa de juros t = tempo A soma, capital+juros, resulta no montante. Então temos que: M=C+J Exemplo 1: Temos uma dívida de R$ 1 000,00 que deve ser paga com juros de 8% a.m. pelo regime de juros simples e devemos pagá-la em 2 meses. Quanto pagaremos de juros, e quanto pagaremos no total (montante)? Usamos a fórmula J=(cit): 100, e obtemos: J = (1 000 x 8 x 2): 100 J = 160 Usamos a fórmula M=C+J, e obtemos: M = 1 000 + 160 M = 1 160 resp: Pagaremos R$ 160,00 de juros ( R$ 80,00 para cada mês ), e no total, o montante, será de R$ 1 160,00. Exemplo 2: Calcule o montante resultante da aplicação de R$70 000,00 à taxa de 10,5% a.a. durante 145 dias. Repare que a taxa está ao ano, e o tempo em dias, então vamos passar o tempo para ano. Um ano = 360 dias Se temos 145 dias, então: 145 : 360 = aproximadamente 0,4027 Observe que expressamos a taxa, i, e o tempo, t, na mesma unidade de tempo, ou seja, anos. Daí ter dividido 145 dias por 360, para obter o valor equivalente em anos, já que um ano comercial possui 360 dias. Vamos raciocinar devagar: M=C+J C = 70 000 J=?
  5. 5. Então, descobrimos J através da fórmula: J = (70 000 x 10,5 x 0,4027): 100 J = aproximadamente 2959,85 Portanto, temos o montante de: M = 70 000 + 2959,85 = aprox. 72 959,85 resp: O montante será de aproximadamente R$ 72 959,85 1) Calcular os juros simples produzidos por R$40.000,00, aplicados à taxa de 36% a.a., durante 125 dias. Temos: J = C.(i:100).t A taxa de 36% a.a. equivale a 0,36/360 dias = 0,001 a.d. Agora, como a taxa e o período estão referidos à mesma unidade de tempo, ou seja, dias, poderemos calcular diretamente: J = 40000.0,001.125 = R$5000,00 2) Qual o capital que aplicado a juros simples de 1,2% a.m. rende R$3.500,00 de juros em 75 dias? Temos imediatamente: J = C.(i:100).t, ou seja, 3500 = C.(1,2/100).(75/30) Observe que expressamos a taxa, i, e o tempo, t, em relação à mesma unidade de tempo, ou seja, meses. Logo, 3500 = C. 0,012 . 2,5 = C . 0,030; Daí, vem: C = 3500 / 0,030 = R$116.666,67

×