Regulameto futebol campo 2ª divisão 2013.

472 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
472
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
257
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Regulameto futebol campo 2ª divisão 2013.

  1. 1. R E G U L A M E N T OCAPÍTULO I  DA INSTITUIÇÃO E INSCRIÇÕESArt.. 1º  O Conselho Municipal de Desportos - CMD, tendo em vista seu calendário,instituiu, organizou e dirigirá o Campeonato Municipal de Futebol de Campo 2ª Divisão, CategoriaAdulto, Edição 2013, que será denominado “Danilo do Couto“, com participação de 16 Equipes.Parágrafo 1º - Este Campeonato tem por finalidade classificar o Campeão e o Vice Campeãopara participar do Campeonato Municipal de Futebol de Campo da 1ª Divisão de 2014.Parágrafo 2º – A adesão do presente regulamento se efetivara com as inscrições das equipes,pelos seus dirigentes e não compactuará qualquer ressalva.Art. 2º - Participarão do presente Campeonato as equipes que confirmaram suas inscrições atédia 22/03/2013 no CMD.Art. 3º - As fichas de inscrição deverão ser devolvidas ao CMD em data a ser definida, comno mínimo 15 atletas regularmente assinados, comissão técnica e dirigentes.Art. 4º - As equipes terão até antes do 3º jogo de sua equipe para completarem o númeromáximo de atletas que é 22 (vinte e dois), esta inscrição deverá ser feita obrigatoriamente no CMD em seuhorário de expediente.Parágrafo Único - Após a ficha de Inscrição ser entregue ao CMD, não será feita substituiçõesde atletas.Art. 5º - Poderão participar do Campeonato atletas naturais ou residentes no município a seisou mais meses.Parágrafo 1º - A comprovação de residência deverá ser através de contrato de locação ouescritura do imóvel, não será aceito como comprovante contas de água, luz, telefone ou outras.Parágrafo 2º - A idade mínima para participar do campeonato será de dezesseis anos, atletasnascidos até 1997.Art. 6º - A troca de membros da comissão técnica pelas equipes deverá ser feita no CMD,através de ofício.Art. 7º - O Conselho Municipal de Desportos reserva o direito de retirar da competição aqualquer momento os clubes e atletas que apresentam uma conduta antidesportiva durante a competição,assim como, as que infligirem dos dispositivos do Regulamento, em decisão do Conselho com direito adefesa dos envolvidos.CAPÍTULO II - DA FORMA DE DISPUTAArt. 8º - O Campeonato será disputado na seguinte fórmula:1ª Fase - Serão divididos em 4 (quatro) chaves, com 4 (quatro) equipes, jogando entre sidentro das chaves, classificando-se os 02 (dois) primeiros de cada chave.
  2. 2. 2ª Fase - Será realizada com 02 (duas) chaves, com 4 (quatro) equipes compostas da seguinteforma:Chave E: 1º da chave A, 2º da chave B, 1º da chave C e 2º da chave D:Chave F: 2º da chave A, 1º da chave B, 2º da chave C e 1ª da chave D.Na semifinal – Será feito o Cruzamento Olímpico, da seguinte forma:1º da chave E versos o 2º da chave F e 1º da chave F versos o 2º da chave E. Os vencedoresclassificam-se para a final.Art. 9º - Em caso de empate entre duas (02) equipes em pontos ganhos serão utilizados osseguintes critérios de desempate:a) Confronto direto;b) Maior número de vitórias;c) Menor número de gols sofridos;d) Saldo de gols;e) Sorteio no CMD.Art. 10 - Em caso de empate entre três (03) ou mais equipes em pontos, serão utilizados osseguintes critérios de desempate:a) Maior número de vitórias;b) Menor número de gols sofridos;c) Saldo de gols;e) Sorteio no CMD.Parágrafo Único – Os critérios de desempate serão independentes em cada fase.Art. 11 - No caso de empate os jogos semifinais e finais, serão disputados, diretos nospênaltis, serão cobradas cinco (05) penalidades máximas, intercaladas, para cada equipe. não havendovencedor, serão cobradas tantas series de uma (01) penalidade máxima, intercalada, até que haja umvencedor. Persistindo o empate após todos os atletas terem cobrarem suas penalidades máximas,recomeçará pela ordem inicial: Estarão aptos para as cobranças das penalidades todos os atletas queterminarem a partida. No caso de uma das Equipes estiver com o número reduzidos de atletas a outradeverá excluir tantos atletas necessários para que haja a igualdade.CAPÍTULO III  DOS JOGOSArt. 12 - Os jogos terão seu início previsto em carnê, sendo que as equipes deverão estar emcondições de jogo quinze (15) minutos antes do horário estabelecido.
  3. 3. Art. 13 - Os jogos serão disputados no Estádio Municipal “Aristides Dias de Macedo”,conforme o carnê, o Conselho Municipal de Desportos, poderá alterar datas e horário dos jogos medianteprévia comunicação aos Clubes disputantes.Art. 14 - A contagem de pontos obedecerá aos seguintes critérios:a) Vitória valerá três (03) pontos;b) Empate valera um (01) ponto;c) Derrota valerá zero (00) ponto.Art. 15 - Não serão antecipados ou transferidos a pedido dos clubes nenhum dos jogos docampeonato, nem alterados os horários de inicio.Art. 16 - A bola do jogo será fornecida pelo Conselho Municipal de Desportos.Art. 17 - As equipes participantes do Campeonato obrigam–se a observar as disposições desteregulamento, bem como as demais resoluções do CMD e ressalta que nenhuma equipe poderá recorrer àJustiça Comum, sem esgotar todos os recursos da Justiça Esportiva.Art. 18 - Nenhuma partida da competição poderá ser disputada com menos de 07 (sete) atletas,por quaisquer das equipes disputantes.Parágrafo 1º - Na hipótese do não atendimento do previsto neste artigo, após o árbitro aguardarquinze (15) minutos de tolerância, após o horário estabelecido em carnê, serão observados os seguintesitens e penalizações:a) A equipe que negar–se a preencher a súmula com o número de atletas necessários parainiciar uma partida, depois de solicitado o preenchimento pelo mesário e ultrapassar os 15 (quinze)minutos de tolerância, após o horário estabelecido pelo carnê, será aplicado WO em favor da equiperegularmente presente para a realização da partida, sendo declarada esta equipe presente vencedora peloescore de 1 X 0 (um a zero).b) Não haverá qualquer tipo de punição enquanto o mesário encontra–se realizando o trabalhode preenchimento da súmula.Parágrafo 2º - A equipe mandante de campo (1º nome do carnê), terá que ser a primeira equipea relacionar seus atletas e comissão técnica.Parágrafo 3º - Se o fato previsto no parágrafo 1º ocorrer com ambas às equipes, as duas (02)serão declaradas perdedoras pelo escore de 1 X 0 ( um a zero).Art. 19 - Sempre que uma Equipe, atuando apenas com sete (07) atletas, tiver um ou maisatletas contundidos, poderá o árbitro conceder um prazo de até dez (10) minutos para o tratamento ourecuperação.Parágrafo Único - Esgotado o prazo previsto neste artigo, sem que o atleta tenha sidoreincorporado à sua equipe, dará o árbitro como encerrada a partida, procedendo–se da mesma formaprevista no parágrafo 3º do Art. 24.Art. 20 - Qualquer partida, em virtude de mau tempo ou outro motivo de força maior, poderáser adiada pelo representante do CMD, desde que este o faça até três (03) horas antes do seu início, dandociência da decisão aos representantes das equipes interessadas e ao árbitro da partida.
  4. 4. Parágrafo Único - Quando a partida for adiada pelo representante, conforme estabelecido nesteartigo, será determinado outro dia para a realização de novo jogo, hora e local, pelo CMD.Art. 21 - O árbitro é a única autoridade a decidir, a partir de três (03) horas antes do horáriopara o seu início, a cerca da transferência, bem como para decidir no campo a respeito da interrupção oususpensão de uma partida. Em tais casos, o árbitro fará chegar, com maior urgência, um relatóriominucioso dos fatos ao CMD.Parágrafo 1º - Uma partida só pode ser adiada, interrompida ou suspensa quando ocorrerem osseguintes motivos, que impeçam a sua realização ou continuação:a) Falta de garantia, devidamente comprovada;b) Mau estado de campo, que tornar a partida impraticável ou perigosa;c) Conflitos ou distúrbios graves, no campo ou estádio.Parágrafo 2º - Nos casos previstos nos incisos A, B e C deste artigo, a partida interrompidapoderá ser suspensa se não cessarem em após trinta (30) minutos os motivos que deram causa àinterrupção.Parágrafo 3º - Quando a partida for suspensa por qualquer dos motivos previstos nos incisos A,B e C deste artigo, assim se procederá:1) Se a equipe que houver dado causa à suspensão era na ocasião desta, ganhadora, será eladeclarada perdedora, pelo escore de um a zero (1 X 0), se era perdedora, a adversária será vencedora,prevalecendo o resultado constante do placar, no momento da suspensão.2) Se a partida estiver empatada, a equipe que houver dado causa à suspensão será declaradaperdedora pelo escore de um a zero (1 X 0).Art. 22 - As partidas suspensas ou não iniciadas, por quaisquer dos motivos enunciados nosparágrafos e incisos do Art. 21 serão complementadas ou jogadas integralmente em dia a ser marcado, senão cessados os motivos que a interromperam ou adiaram e nenhuma das duas (02) equipes houver dadocausa a suspensão.Parágrafo 1º - Na hipótese de que a partida não possa ser complementada no dia marcado,pelos motivos que a interrompam, caberá ao CMD marcar nova data para a sua integral realização, nomesmo local.Parágrafo 2º - Nos casos previstos neste regulamento, de transferência, interrupção oususpensão da partida, deverá o árbitro no seu relatório, narrar às ocorrências em todas as circunstâncias,indicando os responsáveis, quando for o caso.Parágrafo 3º - Somente poderão participar da complementação da partida, quando for o caso,os atletas que, no momento da suspensão, estavam participando efetivamente da partida.Parágrafo 4º - Na hipótese de marcação de nova data para a realização integral da partida, sópoderá atuar os atletas que na ocasião da suspensão, tinham condições legais de jogo.Parágrafo 5º - Se a suspensão prevista no “caput” do artigo ocorrer nos últimos (quinze) 15minutos de partida, esta será mantida, prevalecendo o resultado do jogo, se nenhuma das equipes houverdado causa às mesmas.
  5. 5. Parágrafo 6º - Ao árbitro da partida caberá, através do seu relatório, definir se uma equipe deucausa a suspensão, cabendo ao CMD, declarar a equipe perdedora.Parágrafo 7º - Poderão ser utilizados os feriados durante a semana e sábados em caso departidas atrasadas.Art. 23 - As equipes deverão, obrigatoriamente, ter dois (02) fardamentos de cores diferentes(o oficial e um substituto) na hora do jogo, sempre que houver coincidência de cores, o árbitro determinaráà equipe mandante de campo (1º nome do carnê), proceda à troca do fardamento.Art. 24 - A equipe, depois de advertida pelo árbitro e após cinco (05) minutos se recusar acontinuar competindo, ainda que permaneça no campo, sofrerá as seguintes punições:I. Se estava vencendo ou se havia empate, no momento da recusa, será considerada perdedorada partida pelo escore de um a zero (1 X O) em favor da adversária;II. Se era perdedora, no momento da recusa, será mantido o escore desse momento;III. Excluída do Campeonato.Parágrafo Único - A equipe ainda será impedida de participar da competição subsequentepromovida pelo CMD.Art. 25 - A equipe que deixar de comparecer a qualquer partida da competição, ficará impedidade participar dos jogos subseqüentes, independente das sanções de competência da Junta Disciplinar.Parágrafo 1º - Se uma (01) equipe abandonar ou for desligada do campeonato depois de seuinício e/ou depois de sua confirmação como participante, ficará excluída da competição em andamento.Parágrafo 2º - A equipe que incorrer nos fatos elencados nos parágrafos anteriores deste artigoterá, como consequencia, considerada sem nenhum efeito todos os resultados obtidos nas partidas que jáhouver disputado.Parágrafo 3º - As equipes adversárias da equipe punida pelo parágrafo 2º deste artigo não terãoadjudicado os pontos não obtidos ou já obtidos, assim como os futuros adversários, tendo como nãorealizadas as partidas, para todos os efeitos.Art. 26 - Os jogos terão duração de 90 minutos, com intervalo de 15 minutos após os 45minutos iniciais.Art. 27 - Quando os pontos por motivos disciplinares forem adjudicados a uma associação pordecisão administrativa do CMD, o resultado será sempre um a zero (01 a 0), em seu favor.Art. 28 - A equipe que não comparecer em campo até quinze (15) minutos após a horamarcada para o início da partida, será aplicado WO, e considerada perdedora do jogo, sendo eliminada doatual campeonato.Art. 29 - Os atletas, comissão técnica e dirigentes inscritos e assinados nas equipes faltosas quenão assinarem a súmula, ficarão suspensos pelo período de um (01) ano, de todas as competiçõesrealizadas pelo CMD.Art. 30 - Atletas, comissão técnica e dirigente que forem faltosos ao Art. 28 deste regulamento,terão até o 2º dia útil após a partida oficial marcada em carnê, no horário de expediente para apresentarem
  6. 6. sua justificativa pelo fato do não comparecimento à referida partida, junto ao CMD. Depois deste prazo, oCMD vai considerar indeferidos os pedidos dos mesmos.Art. 31 - As equipes que possuírem apenas o número mínimo de sete (07) atletas no horário deinício da partida, poderá incluir a qualquer momento, até mais quatro (04) atletas, desta formacompletando os 11 (onze) jogadores. Sendo cumpridas as formalidades previstas, não poderão inscreveratletas para comporem o bando de reservas depois do apito inicial do árbitro.Art. 32 - A respeito do fardamento, se o atleta optar pelo uso de malha térmica, terá esta queser obrigatoriamente da cor do calção; camisetas de manga comprida usadas por baixo do fardamento,somente se todos os atletas da equipe usarem, deverão ser da mesma cor, caso contrário, os atletas nãopoderão atuar por seus clubes.Art. 33 - O mesário entregará ao responsável pela equipe uma pré-súmula 15 minutos antes dohorário marcado em carnê que deverá ser devolvida preenchida no horário marcado em carnê para iniciaro jogo. Exemplo: Jogo marcado em carnê para iniciar as 13:30h, a pré-súmula será entregue as 13:15h edevolvida para o mesário até as 13:30hParágrafo Único: Após a equipe entrar em campo a súmula deverá ser assinada pelo capitão daequipe.Art. 34 - Além dos atletas reservas, poderá permanecer dentro do alambrado um (01) treinador,um (01) preparador físico, um (01) médico, um (01) massagista, credenciados na ficha de inscrição emaiores de dezoito (18) anos.CAPÍTULO IV  DOS ATLETASArt. 35 - Durante o tempo regulamentar, as substituições serão limitadas no número de cinco(5) e os atletas substituídos não poderão voltar a campo.Art. 36 - O atleta que for substituído, para permanecer no banco de reservas, deverápermanecer fardado, caso contrário deverá retirar–se para o vestiário.Art. 37 - O atleta que assinar em mais de uma (01) equipe ficará eliminado do Campeonato.Art. 38 - A Associação que incluir em sua equipe Atleta e Comissão Técnica, que não tenhamcondição legal de jogo, A partir do momento que o CMD apurar os fatos, a equipe faltosa perderá cinco(05), pontos na contagem que houver obtido no Campeonato.Parágrafo 1º – O escore e pontuação obtida no referido jogo será mantido, e a equipe faltosaterá cinco ( 05 ) pontos diminuídos de sua pontuação total.Parágrafo 2º - O atleta ou membro da comissão técnica que der origem a infração terá umapena de dois ( 02 ) jogos de suspenção.Art. 39 - A Associação infratora que ainda não houver ganhado pontos no Campeonato ficarácom cinco pontos negativos ( - 5).
  7. 7. Art. 40 - O Conselho Municipal de Desportos exclui–se de toda e qualquer responsabilidadecom acidentes com atletas, comissão técnica e dirigentes antes, durante e depois do decorrer dos jogos. Aresponsabilidade ficará a cargo da diretoria da associação.Art. 41 - Os atletas nascidos até 1995 (18 anos, juniores), e os até 1978 (35 anos) não serãocontados como atletas da 1ª divisão, portanto ficarão “LIVRE” para jogar na 2ª divisão.CAPÍTULO V - DA ARBITRAGEMArt. 42 - Todos os jogos do Campeonato Municipal de Futebol de Campo organizado peloConselho Municipal de Desportos, categorias 2ª Divisão edição de 2013, será dirigido por árbitrosdefinido pelo CMD, não cabendo direito de veto por parte das associações disputantes.Art. 43 - Caso não compareça o trio de arbitragem, o jogo será cancelado pelo conselheiro doCMD, ou delegado da partida.Art. 44 - É proibido ao trio de arbitragem, ao conselheiro do CMD ou delegado da partida, darconhecimento do que contiver na súmula da partida.Art. 45 - Não é permitido o lançamento de protestos em súmula, nem a juntada de documentoscontendo reclamações dos disputantes.Art. 46 - Após ter sido preenchido a súmula e assinada pelo capitão da equipe, poderá ocorrermodificações na mesma, desde que não tenha sido iniciada a partida.Art. 47 - O protesto poderá ser efetuado pelo presidente do clube, até dois (02) dias úteis apósa realização da partida, com o devido recolhimento da taxa de protesto no valor de 40 por cento do saláriomínimo nacional, pago na Secretaria da Fazenda, anexando o recibo ao protesto.CAPÍTULO IX  DAS INFRAÇÕES E SUAS PENALIDADESArt. 48 - Os atos de infrações disciplinares serão julgados pelo Regulamento Disciplinar doCMD, utilizando o CBJD (Código Brasileiro da Justiça Desportiva).Art. 49 - A pena de expulsão de campo, é irreversível, e o punido não poderá retornar acampo, no mesmo jogo, ainda que haja prorrogação assim como não poderá ser substituído.Art. 50 - Quando ocorrer ato de indisciplina, antes do apito inicial do jogo, o árbitro poderáimpedir o seu autor de atuar, podendo, entretanto, ser substituído por um dos suplentes.Art. 51 - Perde a condição de jogo da Partida subseqüente, o atleta advertido pelo árbitro comcartão amarelo, cada série de três (03) advertências.Art. 52 - Os cartões amarelo e vermelho não serão zerados nas trocas de fase.Art. 53 - Mesmo até quarenta e oito (48) horas após o término de uma partida, qualquer atleta,comissão técnica ou dirigente poderão ser citados em súmula por qualquer ato de indisciplina contra aarbitragem e CMD, sujeitos as penalizações em Lei.
  8. 8. Art. 54 - A suspensão por partida será cumprida na mesma competição em que se verificou ainfração. Quando a suspensão não puder ser cumprida na mesma competição o seu cumprimento seráobrigatório na próxima competição que o CMD organize e execute.Art. 55 - A suspensão em dias priva o punido de participar de qualquer competição,independente da modalidade e categoria, que o CMD organize e execute.Art. 56 - A arbitragem será considerada em função de trabalho desde a escalação até o terminodo prazo fixado para a entrega dos documentos da competição para o CMD e de 24 horas após o terminoda partida;Art. 57 - Todo atleta integrante da comissão técnica e dirigente expulso e/ou citado em sumulaem uma partida cumprira suspensão de acordo com os seguintes critérios:INFRAÇÃO PUNIÇÃOA) Expulsão normal de jogo................................................................................................................ 01 jogoB) Praticar ato hostil, ofender o adversário ou companheiro de equipe...............................................01 jogoC) Praticar jogada violenta, até .........................................................................................................03 jogosD) Agredir fisicamente o adversário ou companheiro de equipe .......................................................360 diasE) Agredir fisicamente a arbitragem, integrantes do CMD................................................................720 diasF) Segurar o adversário (último homem)..............................................................................................01 jogoG) Desrespeitar por gestos ou palavras, o árbitro ou seus auxiliares, até ..........................................03 jogosH) Ofender o adversário, até ..............................................................................................................02 jogosI) Tentativa de agressão ao adversário, até .......................................................................................06 jogosJ) Revidar falta sofrida, até ..............................................................................................................03 jogosK) Tentativa de agressão ao árbitro ou auxiliares, membros do CMD e delegado da partida, até ....06 jogosL) Jogador que for expulso e sair ofendendo o árbitro ou auxiliares, até ..........................................06 jogosM) O jogador que for expulso e agredir o adversário, até ..................................................................06 jogosN) O jogador que cuspir no seu colega de equipe ou adversário terá uma pena de 180 dias de suspensão.O) O jogador e o dirigente (diretor, treinador, massagista) que for expulso e pegar pena em jogos ou dias,vier a perturbar durante a realização de algum jogo do campeonato, e o mesmo for relatado em súmulapelo juiz da partida, poderá ter a sua pena aumentada.P) O jogador que jogar a bola no arbitro ou auxiliares e for citado em súmula ficará suspenso por 90 dias.(na reincidência 180 dias).Q) O jogador que der um empurrão no arbitro ou auxiliares e que venha provocar a sua queda e for citadoem súmula ficará suspenso por 180 dias. ( na reincidência 360 dias)R) O jogador que agredir com soco, pontapé, cusparada ou qualquer outra maneira árbitro ou auxiliares efor citado em súmula ficará suspenso por setecentos e vinte dias (720) dias.
  9. 9. Art. 58 - Todo atleta suspenso que tenha sua pena a ser cumprida em JOGOS, deverá cumprirdentro da modalidade, independente da equipe e competição que estiver. E todo atleta suspenso que tenhapena prescrita em dias, não participará de nenhum evento promovido pelo C.M.D durante este período.Art. 59 - As dúvidas e os casos omissos surgidos na interpretação do presente regulamento serãodirimidos pelos membros do Conselho Municipal de Desportos.DA PREMIAÇÃOArt. 60 - Os prêmios a serem conferidos por títulos conquistados no campeonato serão osseguintes: Troféus ao campeão, vice e disciplina (no contexto geral), goleador e defesa menos vazada(goleiro) e Medalhas aos Atletas e Comissão Técnica que sagrarem–se Campeões.Parágrafo Único  Será considerado terceiro colocado a Equipe que for derrotada na fasesemifinal pela Equipe que sagrar–se Campeã.O presente regulamento foi aprovado pelos membros do Conselho Municipal de Desportos edirigentes das Equipes, entrando imediatamente em vigor, ficando revogadas todas as disposições emcontrário.Caçapava do Sul, abril de 2013.Régis Martins de Souza Alexandre Severo Nilmar Quintana MarquesArioci Nunes Maciel Ronaldo Mota da SilveiraElenilton Ilha Flores José Carlos Silveira Flores

×