W t 20110815

1.403 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.403
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

W t 20110815

  1. 1. 34567 15 DE AGOSTO DE 2011 ˜ EDICAO DE ESTUDO ¸ ARTIGOS DE ESTUDO PARA AS SEMANAS DE: 26 de setembro–2 de outubro Eles esperavam o Messias ´ ˆ PAGINA 8 C ANTICOS: 116, 30 3-9 de outubro Eles acharam o Messias! ´ ˆ PAGINA 12 C ANTICOS: 109, 5 10-16 de outubro ´ ´ Jeova — ‘o Deus que da paz’ ´ ˆ PAGINA 23 C ANTICOS: 39, 76 17-23 de outubro Empenhe-se pela paz ´ ˆ PAGINA 27 C ANTICOS: 53, 73
  2. 2. 34567 6 15 DE AGOSTO DE 2011 ´ ´O OBJETIVO DESTA REVISTA, A Sentinela, e honrar a Jeova Deus, o Supremo Governante do Universo.Assim como as torres de vigia nos tempos antigos possibilitavam que uma pessoa observasse de longe ´ `os acontecimentos, esta revista mostra para nos o significado dos acontecimentos mundiais a luz das ´profecias bıblicas. Consola as pessoas com as boas novas de que o Reino de Deus, um governo real no ´ ´ ´ ´ ´ceu, em breve acabara com toda a maldade e transformara a Terra num paraıso. Incentiva a fe em Jesus ´ ´Cristo, que morreu para que nos pudessemos ter vida eterna e que agora reina como Rei do Reino de ˜ ´ ˜ ´ ´Deus. Esta revista, publicada sem interrupc¸ ao pelas Testemunhas de Jeova desde 1879, nao e polıtica. ` ´Adere a Bıblia como autoridade. ˜ ˜ ´ ´ ˜Esta publicac¸ ao nao e vendida. Ela faz parte de uma obra educativa bıblica, mundial, mantida por donativos. A menos que haja outra indicac¸ ao, os textos ´ ˜ ˜ ˆbıblicos citados sao da Traducao do Novo Mundo das Escrituras Sagradas com Referencias. ¸ ´ ´OBJETIVO DOS ARTIGOS DE ESTUDO TAMB EM NESTE N UMERO 3 Internet — como usar bem esse instrumento global 6 Ideias para ˜ adorac¸ ao ´ em famılia e estudo pessoal ) ´ARTIGOS DE ESTUDO 1 E 2 PAGINAS 8-16 - ˆAs Escrituras Hebraicas contem muitas pro- ˆfecias messianicas. Examinar algumas delas ´ ˆpermitira que voce identifique o prometido ˜Messias. Espera-se que as informac¸ oes nesses ´ ´artigos lhe sejam uteis no seu ministerio. Essa ´ ´ ´ ´ ´materia sem duvida tambem fortalecera sua fe 17 Perguntas dos Leitores ´ ´na palavra profetica de Jeova. ´ ˜ARTIGOS DE ESTUDO 3 E 4 PAGINAS 23-31 18 Uma reuniao muito especial ˜ ´ ´A uniao das Testemunhas de Jeova e sem ´igual, e jamais devemos considera-la corriquei- ´ 22 Perguntas dos Leitoresra. O primeiro artigo destaca exemplos bıbli-cos que nos incentivam a ser pessoas de paz.O segundo mostra como podemos nos empe- 32 Lembra-se?nhar pela paz. ´ ˜ ´ ´ ´A Sentinela e publicada e impressa quinzenalmente pela Associac¸ ao Torre de Vigia de Bıblias e Tratados. Sede e grafica: Rodovia SP-141, km 43, Cesario ´ ´Lange, SP, 18285-000. Diretor e editor responsavel: A. S. Machado Filho. Revista registrada sob o numero de ordem 508. 5 2011 Watch Tower Bible and TractSociety of Pennsylvania. Todos os direitos reservados. Impressa no Brasil.Vol. 132, N.° 16 Semimonthly PORTUGUESE (Brazilian Edition)
  3. 3. Internet Como usar bem esse instrumento global ˜ ˜A INVENCAO da impressao com tipos ´ ¸ ´ ´ moveis, seculos atras, mudou a manei-ra de as pessoas se comunicarem. A invenc¸ ao ˜ nos corromper moralmente. Vejamos como ´ usar de maneira benefica esse instrumento global.da internet nos tempos modernos tem sido ˜ ´comparada a essa mudanca. Tal ferramenta ¸ Informacoes — confiaveis ou falsas? ¸ ´ ˜pratica tem sido chamada, apropriadamen- Jamais presuma que todas as informac¸ oes ˜ ˜ ´ ´te, de instrumento global de comunicac¸ ao. na internet sao confiaveis e beneficas. Os ˜ ´Ao percorrer a “super-rodovia da informa- sites de busca na internet sao comparaveis ˜ ˆ ´ a um grupo de colhedores de cogume-c¸ ao” voce pode colher fatos, estatısticas e ˜ los que colhe sem parar todo tipo de cogu-opinioes sobre ampla variedade de assuntos. ´ ´ melos — comestıveis e venenosos —, lanca- ¸ A capacidade de se comunicar e um pre- ´sente maravilhoso do Criador. Podemos tro- os numa so vasilha e os serve para serem ˜ ˆ ´car ideias e compartilhar informac¸ oes com consumidos. Voce os comeria sem examina- ´ ´ ´ ˜outros. Jeova foi o primeiro a se comunicar los com cuidado? E obvio que nao! Os sites ´ ˜ de busca na internet usam uma quantidadecom a famılia humana, dando informac¸ oesclaras e precisas de como ter uma vida signi- enorme de computadores para colher, ou ˆ ˜ ˜ ´ficativa. (Gen. 1:28-30) Mas, como no caso selecionar, informac¸ oes nos bilhoes de pagi- ´ ´ ˆdo que aconteceu no inıcio da historia hu- nas da internet que contem de tudo, do que ˜ ´ ´mana, o presente da comunicac¸ ao pode ser ha de melhor ao que ha de pior. Precisamos ´ ˜ ter discernimento para separar o trigo domal-usado. Satanas deu a Eva informac¸ oes ˜totalmente falsas. Ela aceitou e repassou es- joio, por assim dizer, a fim de nao envene- ˜ ˜ ˜sas informac¸ oes a Adao, que levou a huma- nar a mente com informac¸ oes enganosas. ˆnidade a um rumo desastroso. — Gen. 3:1-6; Em 1993, uma revista bem conhecida pu-Rom. 5:12. ´ blicou uma historia em quadrinhos com ˜ Que dizer da internet? Embora ela possa dois caes em frente a um computador. Um ˜ ´nos fornecer dados valiosos, poupar nosso cao explica ao outro: “Na internet, ninguem ´ ´ ˆ ´ ˜ ´tempo e ser util, pode tambem nos enganar, sabe que voce e um cao.” La no passado, Sa- ´ ´desperdicar enorme quantidade de tempo e ¸ tanas escondeu-se atras de uma serpente A SENTINEL A ˙ 15 DE AGOS TO DE 2011 3
  4. 4. ´ Como evitar ser vıtimas de casa. Comparar precos pode nos ajudar ¸ ˜ ˜ ´ de informacoes enganosas? ¸ a economizar. Operac¸ oes bancarias on-line ˆ ´ ´ tem facilitado a vida de muitos; e possıvel cuidar de assuntos financeiros em qualquer momento no conforto do lar. Na internet te- mos meios de escolher um roteiro de viagem ˆ conveniente e economico e fazer as reservas ´ necessarias. Com pouco esforco podemos ¸ ´ procurar numeros de telefone, enderecos e ¸ roteiros para chegar ao nosso destino. As se- ´ des das Testemunhas de Jeova em todo o mundo usam muitos desses servicos para ¸ poupar tempo e recursos, envolvendo me- nos pessoas. ´ Mas ha um lado negativo a levar em con-para um “bate-papo” com Eva, e lhe disse ta: a quantidade de tempo que o uso da inter-que ela poderia ser como Deus. Hoje, qual- net pode consumir. Muitos a usam como um ` brinquedo fascinante, em vez de instrumen-quer pessoa conectada a internet pode tor- ´ ´nar-se um catedratico, fingindo ser especia- to util. Gastam tempo demais jogando, fa- ´ zendo compras, ‘batendo papo’, enviando elista em alguma area, sem sequer revelar seu ˜ lendo e-mails, pesquisando e ‘navegando’.nome. E nao existem regras sobre quem ˜ Por fim, talvez negligenciem as coisas maispode divulgar ideias, informac¸ oes, imagens ˜ ´e sugestoes. importantes, como a famılia, os amigos e a ˜ ˜ ´ Nao se torne uma “Eva da internet”. Seja congregac¸ ao. A internet pode ate mesmo se ´ ˜ ´crıtico e desconfie das informac¸ oes. Antes de tornar um vıcio. Por exemplo, segundo umaacreditar nelas, pergunte-se: (1) quem publi- estimativa publicada em 2010, 18,4% dos ´ ´ ˜ adolescentes coreanos eram viciados em in-cou essa materia? Qual e a formac¸ ao do au- ˜tor? (2) Por que foi´ publicada? Que motiva- ternet. Pesquisadores alemaes disseram que ˜ ´c¸ ao tinha o autor? E tendenciosa? (3) Onde o “cada vez mais mulheres se queixam do vı- ˜ cio de seus parceiros”. Certa mulher lamen-autor conseguiu as informac¸ oes? Ele cita as ´ ˆ ˜ tou que o vıcio da internet mudou radical-fontes de referencia? (4) As informac¸ oes es- ˜ ´ ´ mente seu marido a ponto de destruir otao atualizadas? No primeiro seculo, o apos- ´ casamento.tolo Paulo deu a Timoteo um conselho que ´ainda vale hoje. Ele escreveu: “Guarda o que Uma sede das Testemunhas de Jeova rece- ´ beu uma carta de um autodenominado vi-te foi confiado, desviando-te dos falatorios ` ´ ˜ ´ ciado em internet. As vezes ele gastava atevaos, que violam o que e santo, e das contra- ˜ dez horas por dia na internet. Depois de di-dic¸ oes do falsamente chamado ‘conheci- ´mento’.” — 1 Tim. 6:20. zer que “de inıcio tudo parecia muito ino- cente”, ele acrescentou: “Com o tempo, eu Poupa ou desperdica tempo? ¸ ˜ faltava a muitas reunioes e parei de orar.” ´ ˜ ˜ A internet bem usada pode, sem duvida, Durante as reunioes, para as quais nao sepoupar tempo, energia e recursos. Pode- ´ preparava, ele quase so pensava em chegarmos comprar algo com facilidade, sem sair em casa para “conectar-se de novo”. Feliz-4 A SENTINEL A ˙ 15 DE AGOS TO DE 2011
  5. 5. ˜ ´ ´mente, ele percebeu a gravidade do proble- que motivac¸ ao vamos divulgar? Sera que ema e tomou medidas para corrigi-lo. Jamais um mero desejo de impressionar outros?permitamos que o uso da internet se torne Usado da forma correta, o e-mail pode ser ´ ´ ´ ´um vıcio para nos. muito util. Mas pode tambem nos inundar ˜ ´ ˜ ˜ de informac¸ oes. Sera que estamos sobrecar- Informacoes — proveitosas ou nao? ¸ regando outros, enviando novidades e trivia- Em 1 Tessalonicenses 5:21, 22, lemos: lidades a uma longa lista de contatos, talvez“Certificai-vos de todas as coisas; apegai-vos ˜ ´ consumindo o valioso tempo deles? Nao de-ao que e excelente. Abstende-vos de toda for- ´ ˜ verıamos avaliar nossa motivac¸ ao antes dema de iniquidade.” Temos de determinar se ˜ dar o comando “enviar”? O que pretende-as informac¸ oes que encontramos na inter- mos realmente com isso? As pessoas costu-net se enquadram naquilo que Deus aprova, ` ´ ˜ mavam escrever cartas para contar a famıliade acordo com seus elevados padroes. De- ´ e aos amigos o que acontecia na vida delas.vem ser moralmente impecaveis e apropria- ˜ ˜ Nao deveria ser esse o objetivo de nossosdas para o cristao. A pornografia na internet ˜ ˜ e-mails? Por que repassar algo que nao pode-tornou-se muito comum e, se nao tivermos mos confirmar?cuidado, poderemos com facilidade cair na ˜ ˜ `sua armadilha. Entao, o que devemos fazer em relac¸ ao a ´ Seria bom que cada um se perguntasse: internet? Deixar de usa-la? Em alguns casos, ´ ´‘Aquilo que vejo na tela e algo que eu rapida- talvez isso seja necessario. A pessoa viciada ˆ ´mente esconderia de meu conjuge, de meus em internet, a que ja nos referimos, fez ˜ ˜ ´pais ou de irmaos cristaos que entrassem na isso para superar um vıcio de muitos anos. ´ ´ ´ Por outro lado, usar a internet pode sersala?’ Em caso afirmativo, sera sabio so usar ´ ´a internet quando outros estiverem por per- util, desde que deixemos ‘o raciocınio nos ´ guardar e o discernimento nos resguardar’.to. A internet sem duvida mudou a maneirade as pessoas se comunicarem e fazerem — Pro. 2:10, 11. ´compras. Mas deu tambem origem a um ´modo totalmente novo de ‘cometer adulte- ˜rio no corac¸ ao’. — Mat. 5:27, 28. Devo encaminhar a mensagem? Usar a internet inclui receber e distribuir ˜informac¸ oes. Embora tenhamos a liberdade ˜de obter e repassar informac¸ oes, temos tam- ´bem o dever de nos certificar da veracidade e ´da moralidade de seu conteudo. Podemos ˜nos responsabilizar pela exatidao daquiloque escrevemos ou encaminhamos a ou- ˜tros? Temos permissao para divulgar essas ˜informac¸ oes?1 Vale a pena? Edifica? Com 1 Pode-se dizer o mesmo a respeito de fotografias. Em- ˜bora possamos tirar fotos para uso pessoal, talvez nao te- ˜ ´nhamos autorizac¸ ao para distribuı-las e, muito menos,para divulgar nome e endereco das pessoas fotografadas. ¸ ˆ O que voce deve analisar antes de dar o comando “enviar”?
  6. 6. Ideias para ˜ ´adoracao em famılia ¸e estudo pessoal ´ ˜N O INICIO de 2009, as congregac¸ oes das Testemunhas de Jeova em todo omundo fizeram ajustes na programac¸ ao de ´ ˜ ideias. Essa atmosfera estimula a criativida- ˜ de, que pode tornar a ocasiao inesquecıvel e ´ agradavel para todos. ´ ˜ ˜ ˆsuas reunioes. As reunioes do meio da sema- Certo pai de tres filhos escreveu: “Em ge- ´ ´na passaram a ser realizadas numa so noite, ral, nos baseamos na leitura da Bıblia. Cada ´ ´ ˆ ´ ˆe todos nos fomos incentivados a usar a ou- um de nos le os capıtulos com antecedencia. ˜ ´tra noite para adorac¸ ao em famılia ou es- Meus filhos escolhem algo que desejam pes- ´ ˜tudo pessoal. Esta usando bem esse tem- quisar e entao apresentam o que descobri- ´po livre? Esta tirando pleno proveito desse ram. Michael, de 7 anos, costuma fazer umajuste? ´ desenho ou escrever um paragrafo. David, ´ de 13, e Kaitlyn, de 15, talvez escrevam sobre Alguns se perguntam que materia devem ˜ ´escolher para considerar na adorac¸ ao em fa- um relato bıblico do ponto de vista de um ´ ˜ observador. Por exemplo, quando lemos omılia. O Corpo Governante nao determina ˜ ´um padrao para ser seguido por todas as fa- relato em que Jose interpretou os sonhos do ´ ˆ ´ ´mılias. Visto que as circunstancias variam, e padeiro e do copeiro de Farao, Kaitlyn escre- ´ ˜bom que cada chefe de famılia ou cada pes- veu uma redac¸ ao do ponto de vista de ´ um prisioneiro observando essa conversa.”soa avalie qual e a melhor maneira de utili- ˜ ˆzar essa ocasiao semanal. — Gen., cap. 40. ˜ ˜ ˜ Alguns estao preparando as reunioes con- Naturalmente, as situac¸ oes variam. O que ˜ ´ ´ ´gregacionais, mas a adorac¸ ao em famılia da certo para uma famılia ou para determi- ˜ ˜nao precisa se limitar a isso. Outros fazem nada pessoa talvez nao funcione para outra. ´ ´ ˜ O quadro acompanhante apresenta diversasleitura, analise e ate encenac¸ ao de passagens ´ ˜ ´ ideias que podem ser uteis para suas sessoesbıblicas, em especial para ajudar criancas pe- ¸ ˜ ´ ˜ ´ ´ ´ de adorac¸ ao em famılia ou estudo pessoal.quenas. Nao e necessario nem recomenda- ´ ´ ˆ ´ ´ ´ E bem provavel que voce tambem tenha va-vel usar sempre o metodo de perguntas e ˜ rias outras ideias.respostas, como nas nossas reunioes. Umaatmosfera informal tem mais probabilidade ˜de incentivar uma interac¸ ao e a troca de6 A SENTINEL A ˙ 15 DE AGOS TO DE 2011
  7. 7. ´ ˜ ˜Famılias Casais Irmaos e irmas solteiroscom adolescentes: sem filhos: ou membros de uma ´ ´ famılia em que nem˙ Ler e analisar Os Jovens ˙ Analisar os capıtulos 1, 3 e ˜ ˜ Perguntam — Respostas 11-16 do livro O Segredo de todos sao cristaos: ´ ´ Praticas. Uma Famılia Feliz. ˙ Estudar os lancamentos do ¸ ˜ congresso de distrito.˙ Encenar situac¸ oes de “Co- ˙ Compartilhar pontos en- loque-se no lugar de . . .”. contrados na pesquisa fei- ´ ˙ Ler o Anuario do ano e os (Veja A Sentinela de 15 de ta para os destaques da anteriores. ´ ´ maio de 1996, pagina 14, leitura da Bıblia. ´ paragrafos 17-18.) ˙ Pesquisar como responder ˙ Preparar-se para o Estudo a perguntas comuns no ´ ˜ ´˙ Conversar sobre alvos de Bıblico de Congregac¸ ao territorio. ´ medio e longo prazo. ou para o Estudo de ˜ A Sentinela. ˙ Preparar apresentac¸ oes˙ De vez em quando, ver ´ ´ para o ministerio de e analisar vıdeos baseados ˙ Considerar maneiras de campo. ´ ´ na Bıblia. expandir seu ministerio ˜ como casal.˙ Considerar a sec¸ ao “Para os Jovens” de A Sentinela. ´ Famılias com filhos pequenos: ´ ˙ Encenar relatos bıblicos. ˙ Brincar com jogos de me- ´ ´ moria, como os das pagi- nas 30 e 31 da Despertai!. ˙ Vez por outra, fazer algo diferente. (Veja “Estuda- ´ ´ mos a Bıblia no zoologi- co!”, na Despertai! de 8 de marco de 1996, ¸ ´ paginas 16-19.) ˜ ˙ Considerar a sec¸ ao “Ensine Seus Filhos” de A Sentinela.
  8. 8. ELES ESPERAVAM O MESSIAS “O povo estava esperando o Messias. E todos perguntavam a si mesmos ˜ ˜ ´ se Joao nao seria o Messias.” — LUC. 3:15, BIBLIA PASTORAL. ´ ˜ ´J A HAVIA anoitecido. Pastores estavam no campo, vigiando seus rebanhos. Co-mo ficaram surpresos quando o anjo de pente, “uma multidao do exercito celes- ´ tial” comecou a louvar a Jeova, dizendo: ´ ¸ “Gloria a Deus nas maiores alturas, e na ´ ´Jeova apareceu e a gloria de Deus relu- terra paz entre homens de boa vontade.”ziu em volta deles! O anjo fez uma pro- — Luc. 2:8-14. ˜ ˜clamac¸ ao espantosa: “Nao temais, pois, eis 2 Naturalmente, os pastores judeus sa-que vos declaro boas novas duma grande biam que a palavra “Messias”, ou “Cris- ´ ˆalegria que todo o povo tera, porque hoje to”, se referia ao “Ungido” de Deus. (Exo. ´vos nasceu . . . um Salvador, que e Cristo, 29:5-7) Mas como poderiam aprender maiso Senhor.” Esse seria o Messias. Os pastores ˆ e convencer outros de que o bebe mencio-poderiam encontrar a crianca numa man- ¸ nado pelo anjo seria o Messias designado ´ ´jedoura em uma cidade proxima. De re- por Jeova? Por examinar profecias das Es- ´ ˜ ´1. Que proclamac¸ ao angelica alguns pastores ouvi- crituras Hebraicas e compara-las com as ati-ram? vidades e a vida dessa crianca. ¸ Por que as pessoas estavam na expectativa? 3 Anos mais tarde, quando ˜ Joao Batista se tornou conheci- ˜ do, suas palavras e ac¸ oes leva- ram alguns a se perguntar se ele era ´ o Messias. (Leia Lucas ´ 3:15.) E possıvel que alguns te- nham entendido corretamen- ˆ te uma profecia messianica a respeito de “setenta semanas”. Nesse caso, eles podiam ter cal- culado quando o Messias apa- receria. A profecia dizia, em ´ parte: “Desde a saıda da pala- vra para se restaurar e recons- ´ ´ truir Jerusalem ate o Messias, 2. O que significa a palavra “Mes- sias”, e como ele poderia ser identifi- cado? ´ 3, 4. Qual e o nosso entendimento de Daniel 9:24, 25?8
  9. 9. ´ ´ ´o Lıder, havera sete semanas, tambem ses- dante (poder para comandar) permanece- ´senta e duas semanas.” (Dan. 9:24, 25) Di- ram nessa tribo. “Silo” significa “aquele de ˜ ´versos eruditos concordam que essas sao quem e; aquele a quem pertence”. A li- ´ ´semanas de anos. Por exemplo, a Revised nhagem real de Juda terminaria em “Silo”, ˜ ˜Standard Version (Versao Padrao Revisada) como Herdeiro real permanente, visto que ´diz: “Setenta semanas de anos foram decre- Deus disse a Zedequias, o ultimo rei de ´tadas.” Juda, que o governo seria dado a quem ti- ´ 4 Hoje, os servos de Jeova sabem que as nha o direito legal. (Eze. 21:26, 27) Depois ´69 semanas, ou 483 anos, de Daniel 9:25 de Zedequias, Jesus foi o unico descendentecomecaram em 455 AEC, quando o rei per- ¸ de Davi a quem se prometeu um reinado.sa Artaxerxes autorizou Neemias a restaurar Antes de Jesus nascer, o anjo Gabriel dis- ´ ´ ´e reconstruir Jerusalem. (Nee. 2:1-8) Essas se a Maria: “Jeova Deus lhe dara o trono de ´semanas terminaram 483 anos mais tarde, Davi, seu pai, e ele reinara sobre a casa de ´ ´ ˜ ´em 29 EC, quando Jesus de Nazare foi bati- Jaco para sempre, e nao havera fim do seu ´ ´ ´zado e depois ungido com espırito santo, reino.” (Luc. 1:32, 33) Silo com certeza e Je- ´tornando-se assim o Messias. — Mat. 3:13- sus Cristo, que era descendente de Juda e de17.1 Davi. — Mat. 1:1-3, 6; Luc. 3:23, 31-34. 5 Vejamos agora algumas de muitas ou- 7 O Messias nasceria em Belem. “Tu, Be- ´ ´tras profecias a respeito do Messias que se lem Efrata, pequena demais para chegar a ´cumpriram no nascimento, nos primeiros estar entre os milhares de Juda”, escreveu o ´ ´anos de vida e no ministerio de Jesus. Sem profeta Miqueias, “de ti me saira aquele ´ ´ ´ ´duvida, isso fortalecera nossa fe na palavra que ha de tornar-se governante em Israel, ´ ´ ´ ´profetica de Deus. Tambem fornecera evi- cuja origem e desde os tempos primitivos, ˆ desde os dias do tempo indefinido”. (Miq.dencias claras de que Jesus era mesmo o ˜ 5:2) O Messias nasceria na cidade de Be-tao aguardado Messias. ´ ´ lem, de Juda, que pelo visto em alguma Os primeiros anos da vida de Jesus ´ ´ epoca se chamava tambem Efrata. Embora 6 O Messias viria da tribo israelita de ˜ ´ ´ Maria, mae de Jesus, e Jose, seu pai adotivo,Juda. Quando estava para morrer, o patriar- ´ ´ morassem em Nazare, um decreto romanoca Jaco abencoou seus filhos e predisse: ¸ ´ ˜ ´ ´ os fez ir a Belem para se registrar, e Jesus“O cetro nao se afastara de Juda, nem o bas- nasceu ali em 2 AEC. (Mat. 2:1, 5, 6) Que ˜ ´ ´ ´tao de comandante de entre os seus pes, ate notavel cumprimento de profecia! ´ ´que venha Silo; e a ele pertencera a obe- 8 O Messias nasceria de uma virgem. ˆ ˆdiencia dos povos.” (Gen. 49:10) Muitos ´ (Leia Isaıas 7:14.) A palavra hebraicaeruditos judaicos do passado associaram es- ´ bethu·lah significa “virgem”, mas um ou-sas palavras ao Messias. Comecando com o ¸ ´ ´ ´ ´ tro termo (al·mah) e usado em Isaıas 7:14.governo do Rei Davi, da tribo de Juda, o ce- Ali foi profetizado que uma “donzela [ha- ´ ˜ ´ ´ ´tro (soberania regia) e o bastao de coman- al·mah]” teria um filho. A palavra al·mah e ` ˜ 1 Para uma considerac¸ ao detalhada sobre as “setenta usada para se referir a virgem Rebeca antes ´ ˜ `semanas”, veja o capıtulo 11 do livro Preste Atencao a ¸ ´Profecia de Daniel!. 7. Onde o Messias nasceu, e por que isso e impor- tante?5. Que profecias veremos agora? 8, 9. O que foi predito sobre o nascimento do Mes- ˆ6. Explique como Genesis 49:10 se cumpriu. sias e sobre o que aconteceria depois? A SENTINEL A ˙ 15 DE AGOS TO DE 2011 9
  10. 10. ˆde seu casamento. (Gen. 24:16, 43) Sob chegada do Ungido de Deus. Malaquias pre- ˜inspirac¸ ao, Mateus usou a palavra grega disse que “Elias, o profeta”, faria essa ´ ˜para “virgem” (par·the·nos) ao mostrar que obra, preparando o corac¸ ao das pessoas ´Isaıas 7:14 se cumpriu no nascimento de para a chegada do Messias. (Leia Mala- ´Jesus. Mateus e Lucas declaram em seus quias 4:5, 6.) O proprio Jesus identificouevangelhos que Maria era virgem quando ˜ Joao Batista como esse “Elias”. (Mat. 11:12- ´ ˜ ´ ´ficou gravida pela atuac¸ ao do espırito de 14) E Marcos esclareceu que o ministerioDeus. — Mat. 1:18-25; Luc. 1:26-35. ˜ ´ de Joao cumpriu as palavras profeticas de 9 Criancas seriam assassinadas depois do ´ ˜ ¸ Isaıas. (Isa. 40:3; Mar. 1:1-4) Jesus nao ma-nascimento do Messias. Algo similar acon- ˆ ˜ nipulou as circunstancias para que Joao fi- ´ ´ `teceu seculos antes, quando o Farao do Egi- zesse uma obra semelhante a de Eliasto decretou que meninos hebreus fossem como seu precursor. A atividade desse pre-jogados no rio Nilo assim que nascessem. ˆ dito “Elias” ocorreu em harmonia com a ´(Exo. 1:22) Mas e interessante que Jeremias vontade de Deus e foi um meio de identifi-31:15, 16 diz que Raquel chorava por seus car o Messias.filhos que haviam sido levados para a “ter- ˜ 12 Uma designacao dada por Deus ajuda- ¸ra do inimigo”. Seu choro foi ouvido na dis- ria a identificar o Messias. Na sinagoga em ´ ´ ´tante Rama, no territorio de Benjamim, ao Nazare, a cidade onde havia crescido, Jesus ´norte de Jerusalem. Mateus indica que as leu e aplicou a si mesmo as seguintes pala-palavras de Jeremias se cumpriram quando ´ ´ ´ ´ vras do rolo de Isaıas: “O espırito de Jeovao Rei Herodes ordenou o extermınio de me- ´ ´ esta sobre mim, porque me ungiu para de-ninos em Belem e nos arredores. (Leia Ma- clarar boas novas aos pobres, enviou-meteus 2:16-18.) Imagine como isso foi triste! para pregar livramento aos cativos e recu- 10 Assim como os israelitas, o Messias seria ˜ perac¸ ao da vista aos cegos, para mandarchamado do Egito. (Ose. 11:1) Antes de embora os esmagados, com livramento,Herodes decretar a morte dos meninos, ´ ´ ´ para pregar o ano aceitavel de Jeova.” Vistoum anjo ordenou que Jose, Maria e Je- que era mesmo o Messias, Jesus podia desus fossem para o Egito. Eles ficaram ali direito dizer: “Hoje se cumpriu esta escritu- ´“ate o falecimento de Herodes, para que se ra que acabais de ouvir.” — Luc. 4:16-21. ´ ´ ´cumprisse o que fora falado por Jeova por 13 O ministerio publico do Messias na Ga- ´ `intermedio do seu profeta [Oseias], dizen- lileia foi predito. Com respeito ‘a terra dedo: ‘Do Egito chamei o meu filho.’ ” (Mat. ´ ˜ ` ˜ Zebulao e a terra de Naftali, Galileia das na-2:13-15) E claro que Jesus nao poderia ter ˜ ´ ´ c¸ oes’, Isaıas escreveu: “O povo que andavamanipulado nenhum dos eventos profeti- ˜ na escuridao viu uma grande luz. Quantocos relacionados ao seu nascimento e pri- aos que moram na terra de sombra tene-meiros anos de vida. ´ brosa, resplandeceu sobre eles a propria ˜ ´ O Messias entra em acao ¸ luz.” (Isa. 9:1, 2) Jesus iniciou seu ministe- 11 O caminho devia ser preparado antes da rio na Galileia, morando em Cafarnaum, ´ onde diversos habitantes dos territorios de10. Explique como Oseias 11:1 se cumpriu em Je- ˜sus. 12. Que designac¸ ao ajuda a identificar o Messias? ´ ´11. Como o caminho foi preparado antes da chega- 13. Como foi predito o ministerio publico de Jesus ´da do Ungido de Jeova? na Galileia?10 A SENTINEL A ˙ 15 DE AGOS TO DE 2011
  11. 11. ˜ ´ ´Zebulao e Naftali se beneficiaram da luz es- nossas molestias.’ ” (Mat. 8:14-17) E esse epiritual que ele lhes trouxe. (Mat. 4:12-16) apenas um dos muitos exemplos registra-Na Galileia, Jesus proferiu seu surpreen- dos de Jesus curar doentes. ˜dente Sermao do Monte, escolheu seus 16 Apesar de todo o bem que seria realiza- ´ ˜apostolos e realizou seu primeiro milagre. do pelo Messias, muitas pessoas nao acredi- ´Foi provavelmente ali que ele apareceu a tariam nele. (Leia Isaıas 53:1.) Mostrando ´ ´ ´cerca de 500 discıpulos apos sua ressurrei- que essa profecia se cumpriu, o apostolo ˜ ˜c¸ ao. (Mat. 5:1–7:27; 28:16-20; Mar. 3:13, 14; Joao escreveu: “Embora tivesse realizado ˜ ˜Joao 2:8-11; 1 Cor. 15:6) Desse modo, ele tantos sinais na frente deles, nao deposita- ´ ´cumpriu a profecia de Isaıas por pregar ‘na vam fe [em Jesus], de modo que se cum- ˜ ´terra de Zebulao e na terra de Naftali’. priu a palavra de Isaıas, o profeta, que disse:Naturalmente, Jesus continuou a pregar a ´ ´ ‘Jeova, quem depositou fe na coisa ouvidamensagem do Reino em outras partes de Is- ´ ´ por nos? E quanto ao braco de Jeova, a ¸rael. ˜ quem tem sido revelado?’ ” ( Joao 12:37, ´ ´ 38) Alem disso, poucos exerceram fe nas Outras atividades do Messias ´ boas novas sobre Jesus, o Messias, durante 14 O Messias falaria usando parabolas, ou ´ ´ o ministerio do apostolo Paulo. — Rom. ˜ilustracoes. O salmista Asafe cantou: “Vou ¸ 10:16, 17. ˜abrir a boca numa expressao proverbial.” 17 O Messias seria odiado sem causa. (Sal.(Sal. 78:2) Como sabemos que isso se apli- ´ ˜ 69:4) Segundo o apostolo Joao, Jesus disse:cou profeticamente a Jesus? Mateus nos in- ˜ ˜ “Se eu nao tivesse feito entre [o povo] asforma isso. Depois de narrar as ilustrac¸ oes ´ ˜ ˜ obras que ninguem mais fez, nao teriamem que Jesus comparou o Reino a um grao ˆ ˆ pecado; mas agora eles tem visto e temde mostarda e ao fermento, Mateus diz: ˜ odiado tanto a mim como a meu Pai. Mas,“Nada lhes falava sem ilustrac¸ ao; para que ´ ´ e para que se cumpra a palavra escrita nase cumprisse o que fora dito por interme- ˜ Lei deles: ‘Odiaram-me sem causa.’ ” ( Joaodio do profeta, que disse: ‘Abrirei a boca ˜ 15:24, 25) Geralmente, o termo “Lei” secom ilustrac¸ oes, publicarei as coisas escon- ˜ refere ao inteiro conjunto das Escrituras.didas desde a fundac¸ ao.’ ” (Mat. 13:31-35) ˜ ´ ´ ( Joao 10:34; 12:34) Os Evangelhos provamO uso de proverbios ou parabolas era um ´ ´ que Jesus foi odiado, em especial pelos lı-dos eficazes metodos de ensino de Jesus. ´ ´ 15 O Messias curaria pessoas. Isaıas pre- deres religiosos judaicos. Alem disso, Cristo ˜ ˜ disse: “O mundo nao tem razao para vosdisse: “Verdadeiramente, foram as nossas odiar, mas odeia a mim, porque dou teste-doencas que ele mesmo carregou; e quanto ¸ ˜ ´ ` munho dele de que as suas obras sao inı-as nossas dores, ele as levou.” (Isa. 53:4) ˜ quas.” — Joao 7:7.Mateus salientou que, depois de curar a so- ˜ 18 Os cristaos do primeiro seculo tinham ´gra de Pedro, Jesus curou outros “para que ´ certeza de que Jesus era o Messias, visto quese cumprisse o que fora falado por interme- ´ ´ ˜dio de Isaıas, o profeta, dizendo: ‘Ele mes- 16. Como o apostolo Joao mostrou que Jesus cum- ´mo tomou as nossas doencas e levou as ¸ priu Isaıas 53:1? ˜ 17. Como Joao aplicou o Salmo 69:4?14. De que modo Jesus cumpriu o Salmo 78:2? ´ ´ 18. Que analise adicional fortalecera nossa convic- ´ ˜ ´15. Explique como Isaıas 53:4 se cumpriu. c¸ ao de que Jesus e o Messias? A SENTINEL A ˙ 15 DE AGOS TO DE 2011 11
  12. 12. ele realmente havia cumprido as profecias ˆmessianicas registradas nas Escrituras He- Como responderia?braicas. (Mat. 16:16) Como vimos, algumas ˙ Que profecias se cumpriram no nasci-delas tiveram cumprimento nos primeiros mento de Jesus? ´anos da vida de Jesus de Nazare e no seu ˙ Como se preparou o caminho antes ´ ´ministerio. No proximo artigo analisare- da chegada do Messias? ˆ ´ ´mos outras profecias messianicas. Meditar ˙ Que palavras profeticas do capıtu- ´ ´nelas certamente fortalecera nossa convic- lo 53 de Isaıas se cumpriram em ˜ ´c¸ ao de que Jesus Cristo e mesmo o Messias Jesus? ´designado por nosso Pai celestial, Jeova. ELES ACHARAM O MESSIAS! ˜ “Achamos o Messias.” — JOAO 1:41. ˜ ´J OAO BATISTA estava com dois de seus ´ discıpulos. Enquanto Jesus se aproxi- ˜mava, Joao exclamou: “Eis o Cordeiro de Jerusalem. A profecia de Zacarias dizia: “Ju- ´ ˜ bila grandemente, o filha de Siao. Brada em ´ ´ triunfo, o filha de Jerusalem. Eis que vem a ´ ´ ´ ´Deus!” Andre e o outro discıpulo logo se- ti o teu proprio rei. Ele e justo, sim, salvo;guiram Jesus e passaram o dia com ele. Mais humilde, e montado num jumento, sim, ´ ˜ num animal plenamente desenvolvido, fi-tarde, Andre encontrou Simao Pedro, seu ir- ˜ lho de jumenta.” (Zac. 9:9) O salmista es-mao, e o levou a Jesus depois de dar a sur- ´ creveu: “Bendito Aquele que vem em nomepreendente notıcia: “Achamos o Messias.” ˜ ´ ˜— Joao 1:35-41. de Jeova.” (Sal. 118:26) Jesus nao poderia ´ ˜ ˜ 2 Com o tempo, Andre, Pedro e outros ti- ter manipulado as ac¸ oes da multidao. Noveram muitas oportunidades de pesquisar entanto, em cumprimento dessa profecia, ˜as Escrituras, e declararam sem reservas que tal multidao espontaneamente se expres- ´ sou com enorme euforia. Ao ler o relato, vi-Jesus de Nazare era o prometido Messias. A ´ ´ ´ sualize a cena e ouca os brados de alegria. ¸nossa propria fe na Bıblia e no Ungido de ´Deus sera fortalecida por continuarmos o — Leia Mateus 21:4-9. ˆ 4 Embora muitos rejeitassem a Jesus apesarestudo de profecias messianicas. ˜ de sua qualificacao como Messias, ele seria ¸ ´ “O teu Rei esta vindo” precioso para Deus. Como predito, Jesus ‘foi 3 O Messias faria uma entrada triunfal em desprezado e considerado indigno de ser le- ˜ ´ vado em conta’ pelas pessoas que nao acei-1. O que levou Andre a declarar: “Achamos o Mes- ˆsias”? tavam as evidencias. (Isa. 53:3; Mar. 9:12)2. Como nos beneficiaremos de continuar a estu- Mas Deus havia inspirado o salmista a dizer: ˆdar profecias messianicas? “A pedra que os construtores rejeitaram3. Que profecias se cumpriram na entrada triunfal ´de Jesus em Jerusalem? 4. Explique como o Salmo 118:22, 23 se cumpriu.12 A SENTINEL A ˙ 15 DE AGOS TO DE 2011
  13. 13. de Davi ao referir-se a seu ´ traidor e dizer aos apostolos: ˜ “Nao estou falando a respei- ´ to de todos vos; conheco os ¸ ´ que tenho escolhido. Mas, e para que se cumpra a escri- tura: ‘Aquele que costumava ˜ alimentar-se do meu pao er- gueu o seu calcanhar contra ˜ mim.’ ” — Joao 13:18. 6 O traidor do Messias re- ceberia 30 moedas de pra- ta — o preco de um escravo! ¸ Com base em Zacarias 11:12, 13, Mateus indicou que Jesus ´ foi traıdo por essa quantia ´ ´A entrada triunfal de Jesus em Jerusalem irrisoria. Mas por que Ma-cumpriu que profecias? teus disse que isso foi predito ´ “por intermedio de Jeremias, ˆtem-se tornado a principal do angulo. Isto o profeta”? Nos dias de Mateus, Jeremias ´ ´veio a ser da parte do proprio Jeova.” (Sal. talvez aparecesse em primeiro lugar num ` ´ ´118:22, 23) Jesus trouxe essa passagem a grupo de livros bıblicos que incluıa Zaca- ˜ ˜atenc¸ ao de seus opositores religiosos, e Pe- rias. (Note Lucas 24:44.) Judas nao desfru-dro disse que ela se cumpriu em Cristo. tou desse dinheiro sujo, pois o lancou no ¸(Mar. 12:10, 11; Atos 4:8-11) Jesus realmente templo e depois se matou. — Mat. 26:14-16;se tornou a “pedra angular de alicerce” da 27:3-10. ˜ ˜ ´ 7 Ate´ mesmo os discıpulos do Messias se ´congregac¸ ao crista. Rejeitado pelos ımpios,ele foi ‘escolhido e era precioso para Deus’. dispersariam. “Golpeia o pastor”, escreveu— 1 Ped. 2:4-6. Zacarias, “e sejam espalhadas as ovelhas do ˜ ´ rebanho”. (Zac. 13:7) Em 14 de nisa de Traıdo e abandonado ´ 33 EC, Jesus disse aos discıpulos: “Esta noi- 5 O Messias seria entregue aos inimigos por ´ ˜ te, todos vos tropecareis em conexao comi- ¸um companheiro traidor. Davi profetizou: ´ go, pois esta escrito: ‘Golpearei o pastor, e as“O homem que estava em paz comigo, em ˜ ˜ ovelhas do rebanho ficarao espalhadas.’ ”quem confiei, que comia meu pao, en- Foi isso mesmo o que aconteceu, pois se-grandeceu seu calcanhar contra mim.” (Sal. ´ ˜ gundo Mateus ‘todos os discıpulos abando-41:9) Comer pao com outra pessoa era tido naram Jesus e fugiram’. — Mat. 26:31, 56. ˆcomo gesto de amizade. (Gen. 31:54) Por-tanto, o ato de Judas Iscariotes foi uma trai- Acusado e golpeado ˜ ´ ˜c¸ ao da pior especie. Jesus chamou a atenc¸ ao O Messias seria julgado e condenado. 8 ´ ´para o cumprimento das palavras profeticas (Leia Isa ıas 53:8.) Ao amanhecer de ˜5, 6. O que foi predito sobre a traic¸ ao contra o Mes- 7. Como Zacarias 13:7 se cumpriu? ˆ ´sias e como isso se cumpriu? 8. Em que circunstancias se cumpriu Isaıas 53:8? A SENTINEL A ˙ 15 DE AGOS TO DE 2011 13
  14. 14. ˜ ´ ´14 de nisa, o Sinedrio inteiro se reuniu, 11 Isaıas profetizou que o Messias seria es-mandou amarrar Jesus e o enviou ao gover- pancado. “Dei as minhas costas aos que gol- ˆnador romano Poncio Pilatos. Ele interro- peavam e as minhas faces aos que arranca- ˜ ˜gou Jesus e nao viu nele nenhuma culpa. vam o cabelo”, escreveu o profeta. “NaoMas, quando Pilatos sugeriu livrar Jesus, a escondi a minha face de coisas humilhan- ˜multidao gritou: “Para a estaca com ele!” e tes e do escarro.” (Isa. 50:6) Miqueias pre- ˜ ´ ˜pediu a libertac¸ ao do criminoso Barrabas. disse: “Com a vara golpearao a face do ˜Para agradar a multidao, Pilatos libertou juiz de Israel.” (Miq. 5:1) Confirmando o ´Barrabas, mandou chicotear Jesus e o entre- cumprimento dessas profecias, o evangelis-gou para ser pregado numa estaca. — Mar. ta Marcos disse: “Alguns principiaram a cus-15:1-15. pir [em Jesus], e a encobrir-lhe o rosto todo, 9 Testemunhas falsas testificariam contra ´ e a esmurra-lo, e a dizer-lhe: ‘Profetiza!’ E oso Messias. “Levantam-se testemunhas vio- oficiais de justica levaram-no, esbofetean- ¸lentas”, disse o salmista Davi. “Perguntam- do-lhe o rosto.” Marcos acrescentou que os ˜ ´me o que nao sei.” (Sal. 35:11) Como profe- soldados “batiam-lhe tambem com umatizado, “os principais sacerdotes e todo o cana na cabeca e cuspiam nele, e, dobran- ¸ ´Sinedrio estavam procurando falso teste- do os joelhos [zombando], prestavam-lhe `munho contra Jesus, para o entregarem a homenagem”. (Mar. 14:65; 15:19) Natural-morte”. (Mat. 26:59) “Muitos, de fato, da- mente, Jesus nada fez que justificasse essesvam testemunho falso contra ele, mas os maus-tratos. ˜seus testemunhos nao estavam em acordo.” ´(Mar. 14:56) Aqueles furiosos inimigos de Fiel ate a morte ´ ˜ 12 Alguns detalhes da execucao de Jesus na ˜Jesus, dispostos a mata-lo, nao se importa- ¸vam com a falsidade dos testemunhos. estaca foram preditos. “Rodeou-me a assem- ˆ ´ 10 O Messias ficaria em silencio na frente bleia dos proprios malfeitores”, disse o sal- ´ ˜de seus acusadores. Isaıas profetizou: “Viu- mista Davi. “Iguais a um leao atacam as mi- ˜ ´se apertado e deixou-se atribular; contudo, nhas maos e os meus pes.” (Sal. 22:16) ˜ ´ Relatando um evento bem conhecido dosnao abria a sua boca. Foi trazido qual ovı- ´deo ao abate; e como a ovelha fica muda leitores da Bıblia, o evangelista Marcos diz: ˜diante dos seus tosquiadores, tampouco ele “Era entao a terceira hora [por volta dasabria a sua boca.” (Isa. 53:7) “Enquanto es- ˜ 9 da manha], e pregaram-no numa estaca.”tava sendo acusado pelos principais sacer- ´ (Mar. 15:25) Tambem havia sido predito ˜ ˜dotes e anciaos”, Jesus “nao deu nenhuma que o Messias morreria entre pecadores. ˜ ´ ´resposta”. Pilatos perguntou: “Nao ouves “Esvaziou a sua alma ate a propria morte”,quantas coisas testificam contra ti?” Mas Je- ´ escreveu Isaıas, “e foi contado com os trans- ˜sus “nao lhe respondeu . . . nem com uma gressores”. (Isa. 53:12) Assim, ‘dois saltea- ´so palavra, de modo que o governador fi- dores foram pregados em estacas com Jesus,cou muito admirado”. (Mat. 27:12-14) Je- ` ` um a sua direita e outro a sua esquerda’. ˜sus nao insultou seus acusadores. — Rom. — Mat. 27:38.12:17-21; 1 Ped. 2:23. ´ 11. O que ocorreu em cumprimento de Isaıas 50:69. O que aconteceu nos dias de Jesus em cumpri- e Miqueias 5:1? ´mento do Salmo 35:11? 12. Como o Salmo 22:16 e Isaıas 53:12 se aplicaram ´10. Explique como Isaıas 53:7 se cumpriu. a Jesus?14 A SENTINEL A ˙ 15 DE AGOS TO DE 2011
  15. 15. Jesus morreu pelos nossos pecados, mas agora ele governa como Rei ˆ messianico ‘Sou Filho de Deus.’ ” (Mat. 27:39- 43) No entanto, Jesus suportou tudo isso com dignidade. Que belo exem- ´ plo para nos! 14 Seriam lancadas sortes para re- ¸ partir a roupa do Messias. “Repartem entre si a minha roupa”, escreveu o salmista, “e lancam sortes sobre a ¸ minha vestimenta”. (Sal. 22:18) As- sim aconteceu, pois “tendo [os sol- dados romanos] pregado [ Jesus] ´ numa estaca, distribuıram a sua rou- pagem exterior por lancar sortes”. ¸ ˜ — Mat. 27:35; leia Joao 19:23, 24. 15 Vinagre e bebida amarga seriam dados ao Messias. “Por alimento me deram uma planta venenosa”, disse o salmista, “e para a minha sede ten- taram fazer-me beber vinagre”. (Sal. 69:21) Mateus nos conta: “Deram [a Jesus] a beber vinho misturado ´ 13 Davi profetizou que o Messias seria in- com fel; mas ele, depois de prova-lo, recu-sultado. (Leia Salmo 22:7, 8.) Jesus foi in- sou-se a beber.” Mais tarde, ‘um deles cor-sultado enquanto sofria na estaca, pois Ma- reu e, tomando uma esponja, ensopou-a ˆteus relata: “Os que passavam comecaram ¸ em vinho acre e a pos numa cana, dando-. . . a falar dele de modo ultrajante, sacudin- lhe de beber’. — Mat. 27:34, 48. ´ 16 O Messias seria aparentemente abando-do a cabeca e dizendo: ‘O tu, pretenso der- ¸rubador do templo e construtor dele em nado por Deus. (Leia Salmo 22:1.) Segundo ˆ ´ `tres dias, salva-te a ti mesmo! Se tu es fi- a profecia, “a nona hora [por volta daslho de Deus, desce da estaca de tortura!’ ” 3 da tarde], Jesus clamou com voz alta: ˜ ˆOs principais sacerdotes, escribas e anciaos ‘Eli, Eli, lama sabactani?’ que significa, tra- ´ duzido: ‘Deus meu, Deus meu, por que metambem zombaram dele, dizendo: “A ou- ˜ ˜ abandonaste?’ ” (Mar. 15:34) Jesus nao ha-tros ele salvou; a si mesmo nao pode salvar! ´ ´ via perdido a fe no seu Pai celestial.Ele e Rei de Israel; desca agora da estaca de ¸ ` ˜ ´ Deus abandonou Jesus as maos de seustortura, e nos acreditaremos nele. Deposi-tou a sua confianca em Deus; que Ele o so- ¸ 14, 15. Explique o cumprimento das profecias so-corra agora, se Ele o quiser, pois este disse: bre a roupa do Messias e o fato de lhe terem ofereci- do vinagre.13. De que modo o Salmo 22:7, 8 se cumpriu em Je- ´ 16. Explique como se cumpriram as palavras profe-sus? ticas do Salmo 22:1. A SENTINEL A ˙ 15 DE AGOS TO DE 2011 15
  16. 16. ˜inimigos por retirar Sua protec¸ ao para que a mulheres que foram ao local do sepulta-integridade de Jesus pudesse ser provada ca- mento de Jesus. Elas se depararam com umbalmente. E o clamor de Cristo cumpriu o anjo materializado, que lhes disse: “Parai de ˆ ´Salmo 22:1. ficar atonitas. Vos estais procurando Jesus, o 17 O Messias seria furado com uma lanca, ¸ nazareno, que foi pregado numa estaca. Ele ˜ ˜ ´mas seus ossos nao seriam quebrados. Mora- foi levantado, nao esta aqui. Eis o lugar ´ ´dores de Jerusalem ‘olhariam para Aquele a onde o deitaram.” (Mar. 16:6) O apostolo ` ˜ ´quem traspassaram’. (Zac. 12:10) E o Sal- Pedro declarou a multidao em Jerusalemmo 34:20 diz: “[Deus] guarda-lhe todos os no Pentecostes de 33 EC: “[Davi] previu e ˜ossos; nem sequer um deles foi quebra- falou a respeito da ressurreic¸ ao do Cristo, ´ que ele nem foi abandonado no Hades,do.” Confirmando esses detalhes, o aposto- ˜ ˜ nem viu a sua carne a corrupc¸ ao.” (Atoslo Joao escreveu: “Um dos soldados furou- ˜lhe o lado [de Jesus] com uma lanca, e saiu ¸ 2:29-31) Deus nao permitiu que o corpo de ´ seu amado Filho entrasse em decomposi-imediatamente sangue e agua. E aquele que ˜ ´ ˜ c¸ ao. Alem disso, Jesus foi ressuscitado mila-viu isso [Joao] tem dado testemunho, e o ´ grosamente para a vida espiritual. — 1 Ped.seu testemunho e verdadeiro . . . Estas coisasocorreram, a fim de que se cumprisse a es- 3:18. ´ 20 Conforme predito, Deus declarou que Je-critura: ‘Nenhum osso seu sera esmaga- ´do.’ E, novamente, uma escritura diferente sus e seu Filho. (Leia Salmo 2:7; Mateus ´ ˜ ˜diz: ‘Olharao para Aquele a quem traspassa- 3:17.) Alem disso, multidoes aclamaram Je- ˜ ´ram.’ ” — Joao 19:33-37. sus e o futuro Reino, e nos hoje falamos ale- 18 O Messias seria sepultado entre os ricos. gremente sobre ele e seu abencoado gover- ¸ ´ ´ no. (Mar. 11:7-10) Cristo em breve destruira(Leia Isaıas 53:5, 8, 9.) Ao entardecer de ˜ seus inimigos quando ‘cavalgar na causa da14 de nisa, “um homem rico de Arimateia, ´ verdade, humildade e justica’. (Sal. 2:8, 9; ¸de nome Jose”, pediu a Pilatos o corpo de ´ 45:1-6) O seu reinado resultara em paz eJesus, e o pedido foi atendido. O relato de ´ prosperidade em toda a Terra. (Sal. 72:1, 3,Mateus acrescenta: “Jose tomou o corpo, 12, 16; Isa. 9:6, 7) Como suas testemunhas,enrolou-o em puro linho fino e deitou-o no ´ ´ ´ e nosso grandioso privilegio proclamar es-seu novo tumulo memorial, que ele tinha ´ sas verdades a respeito de Jeova, cujo Filhoaberto na rocha. E, depois de rolar uma ´ ´ ˆ ` ´ amado ja governa no ceu como Rei messia-grande pedra a porta do tumulo memorial, nico!partiu.” — Mat. 27:57-60. ˆ 20. Como se cumpre o que foi predito sobre o go- Aclame o Rei messianico! verno do Messias? 19 O Messias seria ressuscitado. Davi escre- ´ ˜ ´veu: ‘Jeova nao deixara a minha alma noSeol.’ (Sal. 16:10) Imagine a surpresa das Como responderia? ´ ˙ Como Jesus foi traıdo e abandonado?17. Como se cumpriram Zacarias 12:10 e o Sal- ˙ Quais foram alguns detalhes preditosmo 34:20? ˜ sobre a execuc¸ ao de Jesus na estaca?18. Como se deu que Jesus foi sepultado entre os ri- ´cos? ˙ O que o convence de que Jesus e o19. O que aconteceu em harmonia com as palavras prometido Messias? ´profeticas do Salmo 16:10?16 A SENTINEL A ˙ 15 DE AGOS TO DE 2011

×