Ciência e sociedade num cenário de   Mudanças Climáticas Globais               Marcos Buckeridge  Laboratório de Fisiologi...
Ar nas amostras de gelo da        Antartida
A concentração de CO2 segue as mudanças climáticas em                    nosso planeta                                    ...
Floresta Ombrófila Densa   Floresta Estacional Semidecidual                                 Mata Atlântica – um           ...
Como funciona o ciclo do Carbono               no planeta ?Ometto e colaboradores
Ruddiman, W.F. (2005) Scentific American n.35                    ANTROPOCENO
Ruddiman, W.F. (2005) Scentific American n.35
Aspectos biológicos importantes  no contexto das mudanças    climáticas no Brasil?• Teoria de redes (Network theory)• Efei...
Teoria de Redes   Network Theory
Aspectos biológicos importantes  no contexto das mudanças    climáticas no Brasil?• Teoria de redes• Efeitos sobre a biodi...
O que acontece com o CO2 no mar ?Berchez e colaboradores
Aumento na emissão de CO2                            Perda de biodiversidade marinhaBerchez e colaboradores
Florestas      &Biodiversidade
Global carbon stocks in vegetation and top 1 m of soils (based on WBGU, 1998).                                           A...
Respostas das plantas às MCG
Luz, água                                                     CO2        & nutrientes                        FOTOSSÍNTESE ...
JatobáJatobá e açaí crescendo em alto CO2     e alta temperatura (+3oC)
Sucessão ecológica – o processo que forma as florestas                                        t = +40anos                 ...
>100 anos                                                                             50-100 anos                         ...
40                              35Potencial de sequestro de C                              30                             ...
Respostas os animais às MCG
Espécies de sapinhos coloridos de chão de florestas de neblina. (A) Brachycephalus ephippium da Serra das Cabras,Município...
• Modelos de entropia máxima                      (MAXENT) da distribuição                      geográfica de Brachycephal...
Aspectos biológicos importantes  no contexto das mudanças    climáticas no Brasil?• Teoria de redes• Efeitos sobre a biodi...
Culturas agrícolas podem se dar melhorem regiões diferentes do que hoje em dia  • Café, algodão e milho – se dará melhor  ...
Aspectos biológicos importantes  no contexto das mudanças    climáticas no Brasil?• Teoria de redes• Efeitos sobre a biodi...
Segundo a NASA, a                          chuva que poderia   O processo de               amenizar este    urbanização   ...
Efeito “ilha de calor” em Atibaia
Faixa de variação de temperatura em 2005  MORTALIDADE HUMANA                              Faixa de variação de temperatura...
Aspectos biológicos importantes  no contexto das mudanças    climáticas no Brasil?• Teoria de redes• Efeitos sobre a biodi...
Empresas           TomadoresIgrejas           de decisão:            políticos,          parlamentos, ONGs     partidos et...
Igrejas            Tomadores       Empresas                        de decisão:                         políticos,         ...
Empresas      Igrejas           Tomadores                        de decisão:                         políticos,           ...
A evolução da Ciência• Para alguns autores, a ciência vem se alterando  bem no coração de seu paradigma:1)Ciência do Modo ...
Origens e consequências da       transdisciplinaridade• O aumento da complexidade levou à  necessidade de novas abordagens...
Inter X Multi X TransdisciplinarMultidisciplinar: disciplinas correm em  paralelo, mas sem interação (nossas  universidade...
Temas complexos exigem abordagens                  inter e transdisciplinares                Ciências Naturais: Biologia o...
FÍSICA       2   2            1           QUÍMICABIOLOGIA                2CIÊNCIAS AMBIENTAIS
Física           2    2                 1           Química  Biologia                          2CIÊNCIAS AMBIENTAIS
Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC)  Estrutura: 30 capítulos sobre diferentesaspectos das MCG escrito ...
Painel Intergovernamental de    Mudanças Climáticas (IPCC)   WGII – Impactos Regionais: Cap 27,       Americas do Sul e Ce...
Painel Intergovernamental de   Mudanças Climáticas (IPCC)        CIÊNCIA versus POLÍTICA             Relatório completo   ...
IPCCChapter 27. Central and South AmericaCoordinating Lead AuthorsGraciela Odilia Magrin (Argentina), Jose Marengo (Brazil...
Obrigado         msbuck@usp.brhttp://msbuckeridge.wordpress.br        Coluna NEOTRÓPICAS   no site da Revista Pesquisa FAP...
Prof. Marcos Buckeridge (IB-USP)
Prof. Marcos Buckeridge (IB-USP)
Prof. Marcos Buckeridge (IB-USP)
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Prof. Marcos Buckeridge (IB-USP)

646 visualizações

Publicada em

Conferência de imprensa com o Prof. Marcos Buckeridge (IB-USP) - módulo Amazônia - Projeto Repórter do Futuro

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
646
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Prof. Marcos Buckeridge (IB-USP)

  1. 1. Ciência e sociedade num cenário de Mudanças Climáticas Globais Marcos Buckeridge Laboratório de Fisiologia Ecológica de Plantas Departamento de Botânica, USP São Paulo, Brasil Reporter do futuro, 2012
  2. 2. Ar nas amostras de gelo da Antartida
  3. 3. A concentração de CO2 segue as mudanças climáticas em nosso planeta inter- inter- glacial inter- inter- inter- glacial glacial glacial glacial glacial glacial glacial glacial
  4. 4. Floresta Ombrófila Densa Floresta Estacional Semidecidual Mata Atlântica – um Cerrado complexo de ecossistemasAmazônia Restinga Mangue Floresta Temperada
  5. 5. Como funciona o ciclo do Carbono no planeta ?Ometto e colaboradores
  6. 6. Ruddiman, W.F. (2005) Scentific American n.35 ANTROPOCENO
  7. 7. Ruddiman, W.F. (2005) Scentific American n.35
  8. 8. Aspectos biológicos importantes no contexto das mudanças climáticas no Brasil?• Teoria de redes (Network theory)• Efeitos sobre a biodiversidade – No mar (the sea) – Na terra (the land)• Dimensão humana – Agricultura (agriculture) – Saúde (health) – Comunicação & Políticas Públicas
  9. 9. Teoria de Redes Network Theory
  10. 10. Aspectos biológicos importantes no contexto das mudanças climáticas no Brasil?• Teoria de redes• Efeitos sobre a biodiversidade – No mar – Na terra• Dimensão humana – Agricultura – Saúde – Comunicação & Políticas Públicas
  11. 11. O que acontece com o CO2 no mar ?Berchez e colaboradores
  12. 12. Aumento na emissão de CO2 Perda de biodiversidade marinhaBerchez e colaboradores
  13. 13. Florestas &Biodiversidade
  14. 14. Global carbon stocks in vegetation and top 1 m of soils (based on WBGU, 1998). Area Carbon Stocks (Gt C)Biome (106 km2) Vegetation Soils TotalTropical forests 17.6 212 216 428Temperate forests 10.4 59 100 159Boreal forests 13.7 88 471 559Tropical savannas 22.5 66 264 330Temperate grasslands 12.5 9 295 304Deserts and semideserts 45.5 8 191 199Tundra 9.5 6 121 127Wetlands 3.5 15 225 240Croplands 16.0 3 128 131Total 151.2 466 2011 2477
  15. 15. Respostas das plantas às MCG
  16. 16. Luz, água CO2 & nutrientes FOTOSSÍNTESE SACAROSE AMIDOFlorestas e Serviços do EcossistemaMitigação das Emissões de C CRESCIMENTO Agricultura e Biocombustíveis CELULOSE
  17. 17. JatobáJatobá e açaí crescendo em alto CO2 e alta temperatura (+3oC)
  18. 18. Sucessão ecológica – o processo que forma as florestas t = +40anos ano anos 30 zero 10 Sesbania, jacarandá, solanaceas Jatobá, embaúba, copaíba Guapuruvú, pau-jacaré, ipês, pau-brasil Gramíneas, asteráceas
  19. 19. >100 anos 50-100 anos Hymenaea courbaril In prep Dalbergia nigra 5 a 10 anos 14 Kg per Ton (51 Kg of CO2 per ton) 25-30 anos Piptadenia gonoacantha 23 Kg per Ton 25-30 anos (84 Kg of CO2 per ton) Schyzolobium parahyba 137 Kg per Ton (487 Kg of CO2 per ton)Sesbania virgata 19 Kg per Ton(70 Kg of CO2 per ton)
  20. 20. 40 35Potencial de sequestro de C 30 Secundárias 25 Tardias 20 15 10 Secundárias 5 Iniciais 0 0 10 20 30 40 50 Tempo (anos)
  21. 21. Respostas os animais às MCG
  22. 22. Espécies de sapinhos coloridos de chão de florestas de neblina. (A) Brachycephalus ephippium da Serra das Cabras,Município de Campinas, São Paulo, que poderá ter sua área de distribuição bastante reduzida com a redução das florestasaltitudinais. Brachycephalus ferruginus do Pico Marumbi, Município de Morretes, Paraná, que poderá ser extinto pela granderedução ou mesmo eliminação de florestas de altitude no Estado do Paraná, como conseqüência do aquecimento global.Brachycephalus vertebralis e Brahycephalus sp. (espécie nova, ainda não descrita), pouco sofrerão com o aquecimento global....
  23. 23. • Modelos de entropia máxima (MAXENT) da distribuição geográfica de Brachycephalus spp. no sudeste e sul do Brasil: A) distribuição potencial de acordo com características bioclimáticas atuais (BIOCLIM v.1.4; Hijmans et al. 2005); B) distribuição de Brachycephalus spp. de acordo com mudanças bioclimáticas futuras resultantes da duplicação A) Atual da concentração de CO2 na atmosfera prevista no ano de 2100 AD ([CO2]710ppm; cenário CCM3; Govindasamy et al. 2003). Haddad e colaboradoresB) Futuro = 2CO2
  24. 24. Aspectos biológicos importantes no contexto das mudanças climáticas no Brasil?• Teoria de redes• Efeitos sobre a biodiversidade – No mar – Na terra• Dimensão humana – Agricultura – Saúde – Comunicação & Políticas Públicas
  25. 25. Culturas agrícolas podem se dar melhorem regiões diferentes do que hoje em dia • Café, algodão e milho – se dará melhor mais ao sul, como o Paraná • Cana – não mudará de região • Soja – pode mudar de região, mas depende da variedade Isso tudo gerará grandes gastos para adaptar o nosso sistema sócio-econômico
  26. 26. Aspectos biológicos importantes no contexto das mudanças climáticas no Brasil?• Teoria de redes• Efeitos sobre a biodiversidade – No mar – Na terra• Dimensão humana – Agricultura – Saúde – Comunicação & Políticas Públicas
  27. 27. Segundo a NASA, a chuva que poderia O processo de amenizar este urbanização fenômeno, acaba por intensa reduz se deslocar para cairconsideravelmente no entorno arborizado,a presença de áreas dificultando a verdes, o que “lavagem” da provoca as atmosfera poluída “Ilhas de Calor”. da cidade.
  28. 28. Efeito “ilha de calor” em Atibaia
  29. 29. Faixa de variação de temperatura em 2005 MORTALIDADE HUMANA Faixa de variação de temperatura em 2050 Frio QuenteAdaptado de Paulo Saldiva
  30. 30. Aspectos biológicos importantes no contexto das mudanças climáticas no Brasil?• Teoria de redes• Efeitos sobre a biodiversidade – No mar – Na terra• Dimensão humana – Agricultura – Saúde – Comunicação & Políticas Públicas
  31. 31. Empresas TomadoresIgrejas de decisão: políticos, parlamentos, ONGs partidos etc. Conhecimento Científico
  32. 32. Igrejas Tomadores Empresas de decisão: políticos, parlamentos, ONGs partidos etc. ConhecimentoConexões de Fraca Intensidade e Científico Baixa Qualidade
  33. 33. Empresas Igrejas Tomadores de decisão: políticos, parlamentos, ONGs partidos etc. Conhecimento CientíficoConexôes de alta intensidade e Alta Qualidade
  34. 34. A evolução da Ciência• Para alguns autores, a ciência vem se alterando bem no coração de seu paradigma:1)Ciência do Modo 1: ciência normal, como a conhecemos;2)Ciência do Modo 2: transdisciplinar ou pós- normal A ciência do Modo 2 é considerada uma ciência voltada para a sociedade e, portanto, acredita-se que seja “socialmente robusta”. O problema é que teremos que desenvover novos métodos para lidar com ela.
  35. 35. Origens e consequências da transdisciplinaridade• O aumento da complexidade levou à necessidade de novas abordagens e a ciência do Modo 2 está emergindo com base nelas;• Em partes do mundo onde há sociedades civilizadas, existe a necessidade de melhora das conexões entre os vários setores da sociedade. O uso de ciência transdisciplinar parece ser um dos melhores meios de responder a isto e para encontrar soluções.
  36. 36. Inter X Multi X TransdisciplinarMultidisciplinar: disciplinas correm em paralelo, mas sem interação (nossas universidades)Interdisciplinar:Disciplinas correm em paralelo com interaçãoTransdisciplinar: processo interdisciplinar com participação da sociedade
  37. 37. Temas complexos exigem abordagens inter e transdisciplinares Ciências Naturais: Biologia ou Ciências da Vida, Química, Ciências da Terra, Matemática e FísicaCLIMÁTICAS Ciências Sociais : Antropologia, CiênciasMUDANÇAS Políticas, Psicologia e Sociologia Ciências Humanas : Arte, História da Arte, História, Literatura, Música, Filosofia, Teologia Profissões aplicadas: Economia, Comunicações, Educação, Engenharia, Direito, Trabalho Social, Enfermagem, Medicina Allen F. Repko, 2008
  38. 38. FÍSICA 2 2 1 QUÍMICABIOLOGIA 2CIÊNCIAS AMBIENTAIS
  39. 39. Física 2 2 1 Química Biologia 2CIÊNCIAS AMBIENTAIS
  40. 40. Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC) Estrutura: 30 capítulos sobre diferentesaspectos das MCG escrito em conjunto por mais de 300 cientistas WGI – O que são MCGs? Elas realmente existem? WGII – Quais os impactos das MCGs? WGIII – Quais as possíveis soluções ou medidas adaptativas
  41. 41. Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC) WGII – Impactos Regionais: Cap 27, Americas do Sul e Central•Bibliografia•Uso de literatura científica versus “grey literature”•Vários “drafts”, encontros regionais e mundiais paraentregar os capítulos em agosto de 2014•Revisão pelos pares•Revisão pelos governos
  42. 42. Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC) CIÊNCIA versus POLÍTICA Relatório completo (ca.2000 pg em 30 capítulos) Haverá um Summary for policy makersPara cada capítulo e para o relatório completo
  43. 43. IPCCChapter 27. Central and South AmericaCoordinating Lead AuthorsGraciela Odilia Magrin (Argentina), Jose Marengo (Brazil)Lead AuthorsJean-Phillipe Boulanger (France), Marcos Buckeridge(Brazil), Edwin Castellanos (Guatemala), Germán Poveda(Colombia), Carlos Nobre (Brazil), Fabio Scarano (Brazil),Sebastian Vicuña (Chile)Review Editors Leonidas Osvaldo Girardin (Argentina), Jean Ometto(Brazil)Volunteer Chapter ScientistNina Becker (Germany)
  44. 44. Obrigado msbuck@usp.brhttp://msbuckeridge.wordpress.br Coluna NEOTRÓPICAS no site da Revista Pesquisa FAPESP www.revistapesquisa.fapesp.br

×