O meu olhar e o do outro

1.217 visualizações

Publicada em

Produzido por alunos da Escola Municipal Pe. Guilherme Peters, em Belo Horizonte
Programa Um Computador por Aluno.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.217
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
431
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O meu olhar e o do outro

  1. 1. Alunos da Escola Municipal Padre Guilherme Peters Programa Um Computador por Aluno - UCA
  2. 2. Meu nome é Romilda Rabelo Duarte, sou Como estava sendo difícil para mim, imagineiprofessora da RME/BH, e trabalho com que seria quase impossível para alguns dosIntervenção Pedagógica para alunos que meus alunos. Manifestei minha insegurançaapresentam grande defasagem no processo de em relação a isto e a professora Alessandraaprendizagem, na E.M.P.G.P. Marinho que sempre nos incentivou bastante, disse-me que eu ainda teria boas surpresasSempre busquei novas alternativas e novos com o desempenho deles.recursos didáticos. Felizmente a própria Alessandra Marinho veioQuando soube do Projeto UCA, fiquei feliz atuar como orientadora do projeto UCA empelos alunos, mas, apreensiva com meu nossa escola e tem colaborado muito numdesempenho no uso da tecnologia móvel, pois pequeno projeto estou desenvolvendo commal sabia ligar e desligar um computador. meus alunos.Como não costumo fugir de novos desafios, Este consiste em produzir um bloco deiniciei o curso presencial e apresentei todas as anotações com uma capa trabalhada a partirdificuldades que se pode imaginar... do aprendizado de como usar os recursos de imagem do “Uquinha”. E tem como objetivo,Foi mais fácil do que nunca, refletir sobre também a construção da identidade e ominha prática, colocando-me no lugar de cada desenvolvimento da autoestima positiva.um dos meus alunos. Primeiramente cada aluno seSenti na própria pele o quanto é fotografou,escolheu a foto que mais gostou edesconfortante perceber-se aquém num buscou num site de fotoimagens a molduraprocesso de ensino/aprendizagem. preferida. Feita a montagem,fizemos um trabalho com scrap book, que se tornou oCompreendi melhor que o baixo desejo de bloco de anotações de cada um.aprender pode ser decorrente da dificuldadevivida, sem a intervenção adequada. Tivemos uma grata surpresa tanto com desempenho dos alunos, quanto com aDurante o curso presencial, muitos colegas felicidade demonstrada no processo deforam solidários, assim como os professores trabalho e com o resultado final.do curso.

×