Eyetrackpol

511 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
511
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
127
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Eyetrackpol

  1. 1. Eyetrack Como atrair a atenção do leitor online
  2. 6. Ponto 1 <ul><li>esmagadora maioria vai primeiro para o canto esquerdo no alto da página </li></ul><ul><li>depois ziguezaguea pelo texto até a parte inferior direita </li></ul>
  3. 8. Ponto 2 <ul><li>constatação contraria as afirmações de muitos designers de que a maioria dos leitores usa na leitura online a mesma atitude adotada na televisão, ou seja, sua atenção era dirigida para o centro da tela. </li></ul>
  4. 9. Ponto 3 <ul><li>as manchetes do lado esquerdo no alto da página são mais lidas que as demais. </li></ul><ul><li>dentro de cada manchete, as três primeiras palavras são as mais importantes para atrair a atenção dos leitores. </li></ul>
  5. 10. Ponto 4 <ul><li>os leitores prestam mais atenção no texto do que nas imagens num site de jornalismo online </li></ul>
  6. 11. Ponto 5 <ul><li>usuários mergulharam mais no texto quando a fonte é menor (por exemplo Verdana 2, no editor de HTML) do que quando os editores usam uma tipologia maior. </li></ul>
  7. 12. Ponto 6 <ul><li>a zona vermelha é a que atraiu mais a atenção enquanto a verde, menos </li></ul>
  8. 13. Ponto 7 <ul><li>os maiores índices de leitura ocorrem quando o titulo é grafado em negrito ( bold ) e é seguido, sem separações, pela chamada com o mesmo tipo de fonte. </li></ul><ul><li>Títulos separados por linhas ou espaços, induziram os leitores a ignorar a chamada. </li></ul>
  9. 16. Ponto 8 <ul><li>chamadas ou leads, as pessoas tendem a ler apenas a primeira terça parte do texto. </li></ul>
  10. 17. Ponto 9 <ul><li>Os leitores rolam as páginas muito longas. </li></ul><ul><li>O problema é que na parte baixa, ele prefere fazer leitura dinâmica ( scanning ) detendo-se apenas naquilo que lhe chamar a atenção ou se destacar do resto da página. </li></ul>
  11. 18. Ponto 10 <ul><li>Ferramentas de navegação funcionaram melhor quando colocadas na parte superior da página . </li></ul><ul><li>Surpreendentemente, a segunda opção ficou para o lado direito da página , contrariando a tendência de um grande número de designers virtuais que colocam os botões utilitários na coluna da esquerda. </li></ul>
  12. 20. Ponto 11 <ul><li>Os parágrafos curtos (menos de 50 palavras) e de no máximo duas frases atraíram o dobro da atenção dos mais longos. </li></ul>
  13. 22. Ponto 12 <ul><li>notícias produzidas no sistema multimídia (integrando texto, áudio, vídeo e interatividade) apresentaram um grau de retenção na memória do usuário três vezes maior do que quando apresentadas numa única mídia. </li></ul>
  14. 23. Eyetrack 2007
  15. 24. Ponto 1 <ul><li>usuário não é leitor tão superficial como se pensava ; </li></ul><ul><li>escolhem as notícias que mais agradam seus interesses e depois mergulham nelas com profundidade. </li></ul>
  16. 25. 77% 62% 57%
  17. 26. Ponto 2 <ul><li>Dois tipos de leitores: </li></ul><ul><ul><li>Metódicos </li></ul></ul><ul><ul><li>Scanning </li></ul></ul>
  18. 27. Metódicos <ul><li>Lêem do alto para baixo, sem escanear; </li></ul><ul><li>Lê em página inteira; </li></ul><ul><li>Relê algumas passagens; </li></ul><ul><li>Quando online, utilizam os menus e barra de navegação para localizar as notícias </li></ul>
  19. 28. Scanning <ul><li>Escaneam textos, imagens e outros elementos; </li></ul><ul><li>Lêem parte da notícia e depois focalizam outros elementos na página sem retornar ao texto; </li></ul><ul><li>Quando online, pulam de um elemento a outro e, algumas vezes, clicam em um link para ler a notícia </li></ul>
  20. 29. 75% metodicos 50% scanners
  21. 30. Ponto 3 <ul><li>Maior atenção a formatos não convencionais de escrita: </li></ul><ul><ul><li>Perguntas e respostas </li></ul></ul><ul><ul><li>Linha do tempo </li></ul></ul><ul><ul><li>Barras de texto na lateral </li></ul></ul><ul><ul><li>Listas </li></ul></ul>
  22. 31. 30% retenção 15% retenção
  23. 32. Ponto 4 <ul><li>Tamanho das fotos e manchetes </li></ul>
  24. 33. Grandes manchetes Grandes imagens Barra de navegação Chamadas Listas de notícias
  25. 34. Ponto 5 <ul><li>Fotografias </li></ul><ul><ul><li>Coloridas X P&B </li></ul></ul><ul><ul><li>Instantâneos X estúdio </li></ul></ul><ul><ul><li>Qualidade </li></ul></ul>
  26. 35. Dicas para redaçao na web
  27. 41. Estratificação da informação
  28. 42. Titulação e chamada
  29. 44. CMS – Sistema de Gerenciamento de conteúdo
  30. 52. TEXTO <ul><li>Seja conciso, não ultrapasse 50% do tamanho de uma notícia de jornal impresso </li></ul><ul><li>O texto deve ser de fácil leitura, com subtítulos e parágrafos curtos </li></ul><ul><li>As informações longas devem ser segmentadas através de hipertextos </li></ul><ul><li>Use verbos fortes, que tornam texto mais atraente </li></ul>
  31. 53. TEXTO <ul><li>Revise o seu texto para evitar erros. Não confie na correção gramatical de seu computador. </li></ul><ul><li>Apresente os textos na ordem lógica, partindo de uma afirmação para uma conclusão </li></ul><ul><li>Evite o uso de adjetivos nos textos. </li></ul><ul><li>Leia o texto em voz alta antes da publicação. Se o ar faltar, o texto não está claro para o internauta. </li></ul><ul><li>Escrever por extenso os números de zero a dez. </li></ul>
  32. 54. DESIGN <ul><li>Use título em negrito ou colorido e o bigode em itálico, sem espaço entre os dois </li></ul><ul><li>Sempre dê espaço entre os parágrafos </li></ul><ul><li>Utilize termos simples e parágrafos curtos, para facilitar a leitura e entendimento do leitor digital </li></ul>
  33. 55. DESIGN <ul><li>Evite mensagens dispensáveis, do tipo “boas-vindas” </li></ul><ul><li>Estruture artigos com dois ou três níveis de títulos (título geral e subtítulos) </li></ul><ul><li>Escreva textos em tópicos, usando marcadores (bullets) </li></ul>
  34. 56. DESIGN <ul><li>Destaque as palavras importantes, para chamar a atenção do usuário </li></ul><ul><li>Utilize recursos multimídia para enriquecer as resenhas, aproximando o leitor do assunto em questão. </li></ul>
  35. 57. LINGUAGEM <ul><li>Limite o uso de metáforas, principalmente nos títulos. Os usuários podem interpretá-los ao pé da letra. Também evite clichês </li></ul><ul><li>Use o humor com muito cuidado. Os usuários podem não perceber quando você está sendo engraçado ou sarcástico </li></ul><ul><li>. </li></ul>
  36. 58. LINGUAGEM <ul><li>Evite trocadilhos, pois não funcionam para usuários internacionais que podem não estar muito familiarizados com seu idioma </li></ul><ul><li>O uso de palavras estrangeiras deve ser evitado na Internet, a não ser que seja essencial para a contextualização de certo tipo de informação e que a tradução venha em seguida, grifada em parênteses </li></ul>
  37. 59. OUTRAS DICAS
  38. 60. <ul><li>Não existe periodicidade de publicação das notícias da Internet, mas o importante é dar a notícia o quanto antes, isto é, ser factual </li></ul>
  39. 61. <ul><li>Faça a edição levando em conta o tempo gasto pelo usuário com a leitura de notícias, o horário de maior visita ao site e a audiência que se pretende atingir </li></ul>
  40. 62. <ul><li>Os recursos multimídia disponíveis conduzem a um novo planejamento da redação jornalística, exigindo que o jornalista se prepare para saber como organizar e apresentar aquilo que escreve. </li></ul>
  41. 63. <ul><li>O título é o que mais chama a atenção dos leitores de notícias na Web. Logo em seguida vêm as fotos, chamadas, conteúdo e lead. </li></ul>
  42. 64. <ul><li>A leitura de uma notícia na rede tem duração média de 15 a 30 minutos. Os usuários preferem matérias que contenham hipertextos e sejam estruturadas em forma de pirâmide invertida. </li></ul>
  43. 65. <ul><li>Elabore as pesquisas de opinião com antecedência, a menos que sejam provocadas por fatos jornalísticos que exijam repercussão imediata. </li></ul>
  44. 66. NOSSO MODELO <ul><li>Fonte sem serifa (verdana ou arial) </li></ul><ul><li>Manchete em negrito, corpo 12 </li></ul><ul><li>Chamada curta, em itálico, corpo 10 </li></ul><ul><li>Link na manchete </li></ul><ul><li>Espaço entre os parágrafos, sem recuo </li></ul><ul><li>Textos complementares em “Leia também” </li></ul><ul><li>Indicações de sites em “Saiba mais” </li></ul>

×