SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 106
Prof. LEONARDO DE SOUZA
              Farmacêutico-bioquímico
Mestrando em Imunologia e Parasitologia
                 Farmacologista clínico
ATENÇÃO: O conteúdo a seguir
 tem finalidade DIDÁTICA.

NÃO DAMOS SUPORTE, NEM
 PROCEDEMOS À
 AUTOMEDICAÇÃO OU
 QUALQUER OUTRA ATITUDE
 QUE CONFIGURE O EXERCÍCIO
 ILEGAL DA MEDICINA.
   Anti-hipertensivos
     Diuréticos
     Simpatolíticos
     Vasodilatadores
     Bloqueadores  dos canais de cálcio
     Inibidores de enzima conversora de angiotensina
     Antagonistas de receptor de angiotensina 2
   Antiarrítmicos
   Vasodilatadores coronarianos
   Glicosídeos digitálicos
   Anticoagulantes
PA = DC x RPT
PA: Pressão arterial
DC: Débito cardíaco
RPT: Resistência periférica

Elasticidade dos grandes vasos, viscosidade sanguínea
  e volemia
   Débito cardíaco (DC)
     Relação:   volume sistólico(VS) x frequência cardíaca (FC)

     Volume   sistólico – em repouso 6 L/min
                                em atividade 30L/min
   Resistência Periférica (RPT)
    ›   Vasocontratilidade da rede arteriolar

    ›   Arteríolas possuem abundantes fibras musculares na
        sua camada média

    ›   SN simpático dependente (receptores α e β)
    ›   Influência humoral: angiotensina, adrenalina,
        noradrenalina, bradicinina, catecolaminas,
        prostaglandinas, vasopressina, Ca2+, K +, Mg 3+, Na+
   Atuam sobre o coração ou vaso sanguíneo
    com o objetivo de normalizar a pressão
    arterial
   Diuréticos
   Indicações:
     edema (associado a ICC, disfunção renal, terapia
     por estrogênio ou corticóides ou cirrose
     hepática)




     hipertensão   arterial.
   Diuréticos
   Reações adversas
     Aumento  da glicose no sangue ou urina
     Aumento de ácido úrico no sangue
     Diminuição de potássio no sangue (fraqueza
      muscular; evolução de paralisia muscular)
   Interações medicamentosas
     Fenoterol
     Formoterol
     Salbutamol
     Colestiramina  = ação diminuída HCTZ
     Digoxina = risco de intoxicação
     Lítio = aumento da toxicidade
   Diuréticos
   Reações adversas
     Fenoterol
     Formoterol
     Salbutamol
     Aumento  da glicose no sangue
     Aumento da glicose na urina
     Aumento do ácido úrico
     Diminuição do potássio
     Diminuição do sódio
   Interações medicamentosas
     Colestiramina  = ação diminuída HCTZ
     Digoxina = risco de intoxicação
     Lítio = aumento da toxicidade
   Diuréticos
   Reações adversas
     Zumbido   no ouvido
     Descontrole de eletrólitos
     Queda da pressão ao levantar
     Sensibilidade a luz
     Tontura
   Interações medicamentosas
     Anticoagulantetem ação diminuida
     AINEs diminuem a ação da furosemida
     Fenoterol
     Salbutamol
     formoterol
   Diuréticos
   Reações adversas
     Aumento    do potássio no sangue
     Diarreia
     Faltade apetite
     Náusea
     Vômito
     Dor de cabeça
   Interações medicamentosas
     Aumento   do potássio no sangue: IECA (captopril,
      enalapril), AINE
     Anticoagulante tem ação diminuída
     Lítio: aumento da toxicidade
   Diuréticos
   Indicações:
     Edema
     Hipertensão  arterial
     Hirsutismo feminino
     Ovário policístico
     Hipopotassemia
   Reações adversas
     Coceira  e erupção na pele
     Irritação gastrintestinal
     Náusea
     Vômito
     Cólicas
     Aumento de potássio no sangue
   Interações medicamentosas
     Aumento   do potássio no sangue: IECA (captopril,
      enalapril), AINE
     Anticoagulante tem ação diminuída
     Lítio: aumento da toxicidade
   Simpatolíticos
   Indicações:
     Hipertensão   arterial

   Reações adversas
     Sedação
     Dor de cabeça
     Queda da pressão ao mudar de posição
     Inchaço (edema)
     Congestão nasal
     Boca seca
   Interações medicamentosas
     Norepinefrina,  fenilefrina, efedrina,
      pseudoefedrina = diminuição da ação da
      metildopa
     Mucato de isometepteno
     Sais de ferro = ↓ absorção da metildopa
     IMAO = aumento dos riscos das reações adversas
     Imipramina, nortriptilina, amitriptilina,
      clomipramina = diminuição da ação da metildopa
   Simpatolíticos
   Indicações:
     Hipertensão arterial (comprimido)
     Analgésico e adjuvante em anestesia (injetável)


   Reações adversas
     Boca seca
     Constipação intestinal
     Coceira
     Desmaio
     Fraqueza
     Sedação
     tontura
   Interações medicamentosas
     Imipramina,  nortriptilina, amitriptilina,
      clomipramina = diminuição da ação anti-
      hipertensiva
     Betabloqueadores (propranolol, atenolol,
      metoprolol) = crises hipertensivas, efeito
      hipertensivo rebote
   Simpatolíticos
   Indicações:
     angina  de peito
     Enxaqueca (profilático)
     arritmia cardíaca
     hipertensão arterial
     Infarto do miocárdio
     Tremor senil
     Ansiedade (taquicardia) **
   Reações adversas
     Fadiga
     Letargia
     Broncoespasmo
     Faringite
     agranulocitose
   Interações medicamentosas
     Amiodarona  = aumento do efeito bradicárdico
     AINEs = diminuição do efeito anti-hipertensivo
     Antidiabéticos orais: risco de hiperglicemia
     Ação e reações adversas do propranolol
      aumentadas = clonidina, bloqueadores de canal
      de cálcio
     Ação diminuída: aminofilina e teofilina
   Simpatolíticos
   Indicações:
     Angina  de peito
     Hipertensão arterial
     Infarto do miocárdio
     Enxaqueca (profilático)


   Reações adversas
     Fadiga
     Tontura
     Pressão   baixa
   Interações medicamentosas
     Amiodarona  = aumento do efeito bradicárdico
     AINEs = diminuição do efeito anti-hipertensivo
     Antidiabéticos orais: risco de hiperglicemia
     Ação e reações adversas do propranolol
      aumentadas = clonidina, bloqueadores de canal
      de cálcio
     Ação diminuída: aminofilina e teofilina
   Simpatolíticos
   Indicações: hipertensão arterial

   Reações adversas
     Tontura
     Síncope(perda súbita e transitória da
     consciência e consequentemente da postura)
   Interações medicamentosas
     Epinefrina, pseudoefedrina, fenilefrina: ação da
      prazosina diminuída
     AINES = diminuição do efeito da prazosina
     Outro medicamento hipotensor = efeito
      potencializado
   Simpatolíticos
   Indicações:
     Hipertensão  arterial
     Insuficiência cardíaca congestiva (ICC)


   Reações adversas
     Pressão baixa (também postural)
     Diarreia
     Aumento da glicose no sangue
     Aumento de peso
     Infecção respiratória
     Fraqueza
     Tontura
     fadiga
   Interações medicamentosas
     Antidiabético oral: risco de hiperglicemia
     Fluoxetina, paroxetina = aumento da
      concentração do carvedilol
     Diminui a excreção de: amiodarona, digoxina,
      loratadina, colchicina, verapamil, diltiazem
   Vasodilatadores
   Indicações: hipertensão arterial,ICC, pré-
    eclâmpsia ou eclâmpsia.

   Reações adversas
     Dor de cabeça
     Angina do peito
     Palpitação
     Náusea e vômito
     Diarreia
     Falta de apetite
     Constipação intestinal
   Interações medicamentosas

     Dinitrato   de isossorbida: risco de hipotensão

     AINEs   = diminuição dos efeitos anti-hipertensivos
   Bloqueadores dos canais de cálcio
   Indicações:
     hipertensão arterial
     angina de peito
     taquicardia supraventricular


   Reações adversas
     Pressão baixa transitória
     Constipação intestinal
   Bloqueadores dos canais de cálcio
   Indicações:
     Angina  de peito
     Hipertensão arterial
     Fibrilação atrial e flutter atrial


   Reações adversas
     Dorde cabeça
     edema
   Bloqueadores dos canais de cálcio
   Indicações:
     Angina de peito
     Hipertensão arterial


   Reações adversas
     Ruborização
     Edema    periférico
     Náusea
     Tontura
     Fraqueza
     Sensação   de queda iminente
   Bloqueadores dos canais de cálcio
   Indicações:
     Angina de peito
     Hipertensão arterial


   Reações adversas
     edema
   Interações medicamentosas
     Antifúngicos(cetoconazol, fluconazol,
     itraconazol), Macrolídeos (eritromicina,
     claritromicina), cimetidina = diminuição do
     metabolismo

     AINEs   = diminuição do efeito anti-hipertensivo

     Fenobarbital   e outros barbitúricos = aumento do
     metabolismo
   Inibidores de enzima conversora de
    angiotensina (IECA)
   Indicações:
     Hipertensão   arterial
     ICC


   Reações adversas
     Tosse seca, persistente e não produtiva
     Urticária
     Erupções na pele
   Inibidores de enzima conversora de
    angiotensina (IECA)
   Indicações:
     Hipertensão   arterial
     ICC


   Reações adversas
     Fraqueza
     Tosse   seca, persistente e não produtiva
   Inibidores de enzima conversora de
    angiotensina (IECA)
   Indicações:
     Hipertensão   arterial
     ICC


   Reações adversas
     Tontura
     Queda  de pressão ao mudar de posição
     Congestão nasal
     Diarreia
   Interações medicamentosas
     Antiácidos:   redução da concentração sanguínea
      dos IECA
     AINEs: diminuição do efeito anti-hipertensivo
     Bloqueadores do canal de cálcio, furosemida:
      aumento do efeito anti-hipertensivo
   Antagonista do receptor de angiotensina 2
    (ARA 2)
   Indicações:
     Hipertensão    arterial

   Reações adversas
     Fraqueza
     Fadiga
     Dor no peito
     Diarreia
     Anemia
     Tosse
     Bronquite
   Antagonista do receptor de angiotensina 2
    (ARA 2)
   Indicações
     Hipertensão   arterial

   Reações adversas
     Dor  de cabeça
     Faringite
     Infecção das vias respiratórias superiores
     Tontura
     rinite
   Antagonista do receptor de angiotensina 2
    (ARA 2)
   Indicações:
     Hipertensão   arterial

   Reações adversas
     Azia
     Diarreia
     Má digestão
     Fadiga
     Tontura
     queda da pressão ao se levantar
   Antagonista do receptor de angiotensina 2
    (ARA 2)
   Indicações:
     Hipertensão   arterial

   Reações adversas
     tontura
   Interações medicamentosas
     Varfarina,carvedilol, amiodarona, sertralina,
     nateglinida = diminuição de seus metabolismos

     Diuréticos   = aumento da ação dos ARA2

     Indometacina,   rifamicina = diminuição da ação
     dos ARA2
   Indicações:
     Arritmia   ventricular

   Reações adversas
     Fadiga
     Mal-estar
     Tremores
     Tontura
     Náusea/vômito
     Constipação   intestinal
     Distúrbios visuais
     Diminuição da função da tireóide
   Interações medicamentosas
     Aumento   da ação de anticoagulantes cumarínicos
     Aumento da ação e efeitos tóxicos da digoxina,
      fenitoína
     Diminui o metabolismo de: anlodipino,
      atorvastatina, bromazepam, carbamazepina,
      clonazepam, clorfeniramina, diazepam,
      colchicina, diltiazem, sinvastatina, teofilina,
      nifedipino, nateglinida
   Indicações:
     Angina   de peito (crise aguda)


   Reações adversas
     Dor de cabeça
     Queda de pressão ao mudar de posição
     Palpitação
     Edema no tornozelo
     ruborização
   Interações medicamentosas
     Aumento   do metabolismo do dinitrato de
      isossorbida = carbamazepina, fenitoína,
      fenobarbital
     Diminuição do metabolismo do dinitrato de
      isossorbida = diclofenaco, cetoconazol,
      claritromicina, itraconazol, cimetidina,
      eritromicina, fluconazol, sertralina, tetraciclina,
      verapamil
     Sildenafila, tadalafila, vardenafila = aumento do
      efeito vasodilatador ***EVITAR A COMBINAÇÃO
   Indicações:
     Angina   de peito crônica (prevenção e tratamento

   Reações adversas
     Dor de cabeça
     Queda de pressão ao mudar de posição
     Palpitação
     Edema no tornozelo
     ruborização
   Interações medicamentosas
     Sildenafila,
                 tadalafila, vardenafila = aumento do
     efeito vasodilatador ***EVITAR A COMBINAÇÃO
   Indicações:
     Angina   de peito (prevenção e tratamento)

   Reações adversas
     Vômito
     Respiração   alterada
     Desmaio
     Dor de cabeça
     Inquietação
     Tontura
     Palidez azulada
   Interações medicamentosas

     Sildenafila,
                 tadalafila, vardenafila = aumento do
     efeito vasodilatador ***EVITAR A COMBINAÇÃO
   Indicações:
     Angina de peito crônica
     Hipertensão arterial


   Reações adversas
     Edema
     Coceira
     Sensação de formigamento, queimação ou
      agulhadas na pele
     Náusea
     Nervosismo, fraqueza, insônia, tontura
     Dor no peito, dificuldade de respirar
   Interações medicamentosas
     Diminuição  do metabolismo de pindolol:
      amiodarona, cetoconazol, difenidramina,
      imipramina, paroxetina, pioglitazona, lidocaína,
      sertralina
     Diminuição da ação ou diminuir a ação de:
      aminofilina, teofilina, efedrina, fenilefrina,
      pseudoefedrina
   Indicações:
     ICC
     Taquicardia  supraventricular
     Fibrilação atrial, flutter atrial
   Reações adversas
     Intoxicação digitálica
     Diminuição acentuada dos batimentos do coração
     Parada cardíaca
     Náusea
     Falta de apetite
   Interações medicamentosas
     Epinefrina,fenilefrina, pseudoefedrina = risco de
     arritmia cardíaca

     Verapamil,
              amiodarona, betabloqueadores =
     aumentam a concentração do deslanosídeo no
     sangue
   Reações adversas
     Agitação
     Fadiga
     Fraqueza  muscular
     Alucinações
     Falta de apetite
     Náusea
     Toxicidade digitálica
   Reações adversas
     Diarreia
     Faltade apetite
     Náusea
     Vômito
   Interações medicamentosas
     Efedrina, fenilefrina, sais de cálcio (via
      intravenosa) = riscos de arritmias cardíacas
     Risco de bloqueio cardíaco: bloqueador de canal
      de cálcio
     Diminuição da condução nodo atrioventricular =
      betabloqueador
     Amiodarona, betabloqueador = aumento da
      concentração de digoxina
   Indicações:
     Arritmia atrial (prevenção de embolia)
     Doença cardíaca reumática (com dano valvular)
     Embolia pulmonar
     Infarto do miocárdio
     Trombose venosa profunda


   Reações adversas
     Diarreia
     Constipação   intestinal
     febre
   Interações medicamentosas
     Amiodarona,   cimetidina, clofibrato, hormônio
      tireoidiano, metronidazol, esteroide
      anabolizante, cetoconazol, fluconazol,
      itraconazol, AINE, agente tireoideano, omeprazol
      = aumento da ação anticoagulante
     Aumento dos riscos de efeitos adversos =
      sertralina
     Risco de hemorragia = agente trombolítico
   Indicações:
     Inibidor   da agregação plaquetária

   Reações adversas
     Náusea
     Zumbido  no ouvido
     Perda da audição
     Tempo de sangramento prolongado
     Erupção na pele

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Farmacologia Respiratória
Farmacologia RespiratóriaFarmacologia Respiratória
Farmacologia RespiratóriaLeonardo Souza
 
Aula - Farmacologia básica - Farmacodinâmica
Aula - Farmacologia básica - FarmacodinâmicaAula - Farmacologia básica - Farmacodinâmica
Aula - Farmacologia básica - FarmacodinâmicaMauro Cunha Xavier Pinto
 
Analgésicos antipiréticos; analgésicos opiáceios e fármacos usados no tratame...
Analgésicos antipiréticos; analgésicos opiáceios e fármacos usados no tratame...Analgésicos antipiréticos; analgésicos opiáceios e fármacos usados no tratame...
Analgésicos antipiréticos; analgésicos opiáceios e fármacos usados no tratame...Auggoustt Eddson Jose
 
Medicamentos que atuam no sistema digestório
Medicamentos que atuam no sistema digestórioMedicamentos que atuam no sistema digestório
Medicamentos que atuam no sistema digestórioLeonardo Souza
 
Farmacologia: Diabetes mellitus
Farmacologia: Diabetes mellitusFarmacologia: Diabetes mellitus
Farmacologia: Diabetes mellitusLeonardo Souza
 
ANTI-INFLAMATÓRIOS NÃO ESTEROIDAIS
ANTI-INFLAMATÓRIOS NÃO ESTEROIDAISANTI-INFLAMATÓRIOS NÃO ESTEROIDAIS
ANTI-INFLAMATÓRIOS NÃO ESTEROIDAISpauloalambert
 
Fármacos que atuam no sistema Digestório
Fármacos que atuam no sistema DigestórioFármacos que atuam no sistema Digestório
Fármacos que atuam no sistema DigestórioSimara Alves
 
Aula - Farmacologia Básica - Metabolismo e Eliminação de Fármacos
Aula  - Farmacologia Básica - Metabolismo e Eliminação de FármacosAula  - Farmacologia Básica - Metabolismo e Eliminação de Fármacos
Aula - Farmacologia Básica - Metabolismo e Eliminação de FármacosMauro Cunha Xavier Pinto
 
Aula - Básica - Adsorção & Distribuição
Aula - Básica - Adsorção & DistribuiçãoAula - Básica - Adsorção & Distribuição
Aula - Básica - Adsorção & DistribuiçãoMauro Cunha Xavier Pinto
 
Farmacologia farmacocinética
Farmacologia farmacocinéticaFarmacologia farmacocinética
Farmacologia farmacocinéticaLeonardo Souza
 
Revisão sobre Diabetes Mellitus
Revisão sobre Diabetes MellitusRevisão sobre Diabetes Mellitus
Revisão sobre Diabetes MellitusCassyano Correr
 
12 diureticos ds
12 diureticos ds12 diureticos ds
12 diureticos dsMeninacerta
 
Aula de Farmacologia sobre Fármacos Antimicrobianos.
Aula de Farmacologia sobre Fármacos Antimicrobianos.Aula de Farmacologia sobre Fármacos Antimicrobianos.
Aula de Farmacologia sobre Fármacos Antimicrobianos.Jaqueline Almeida
 

Mais procurados (20)

5. sistema nervoso
5. sistema nervoso5. sistema nervoso
5. sistema nervoso
 
Farmacologia Respiratória
Farmacologia RespiratóriaFarmacologia Respiratória
Farmacologia Respiratória
 
Aula - Farmacologia básica - Farmacodinâmica
Aula - Farmacologia básica - FarmacodinâmicaAula - Farmacologia básica - Farmacodinâmica
Aula - Farmacologia básica - Farmacodinâmica
 
Aula - Cardiovascular - Vasodilatadores
Aula - Cardiovascular - VasodilatadoresAula - Cardiovascular - Vasodilatadores
Aula - Cardiovascular - Vasodilatadores
 
Analgésicos antipiréticos; analgésicos opiáceios e fármacos usados no tratame...
Analgésicos antipiréticos; analgésicos opiáceios e fármacos usados no tratame...Analgésicos antipiréticos; analgésicos opiáceios e fármacos usados no tratame...
Analgésicos antipiréticos; analgésicos opiáceios e fármacos usados no tratame...
 
Medicamentos que atuam no sistema digestório
Medicamentos que atuam no sistema digestórioMedicamentos que atuam no sistema digestório
Medicamentos que atuam no sistema digestório
 
Aula - Farmacologia básica - Adsorção
Aula - Farmacologia básica - AdsorçãoAula - Farmacologia básica - Adsorção
Aula - Farmacologia básica - Adsorção
 
Farmacologia: Diabetes mellitus
Farmacologia: Diabetes mellitusFarmacologia: Diabetes mellitus
Farmacologia: Diabetes mellitus
 
AINES
AINESAINES
AINES
 
ANTI-INFLAMATÓRIOS NÃO ESTEROIDAIS
ANTI-INFLAMATÓRIOS NÃO ESTEROIDAISANTI-INFLAMATÓRIOS NÃO ESTEROIDAIS
ANTI-INFLAMATÓRIOS NÃO ESTEROIDAIS
 
Drogas do Sistema Digestório
Drogas do Sistema DigestórioDrogas do Sistema Digestório
Drogas do Sistema Digestório
 
Fármacos que atuam no sistema Digestório
Fármacos que atuam no sistema DigestórioFármacos que atuam no sistema Digestório
Fármacos que atuam no sistema Digestório
 
Aula - Farmacologia Básica - Metabolismo e Eliminação de Fármacos
Aula  - Farmacologia Básica - Metabolismo e Eliminação de FármacosAula  - Farmacologia Básica - Metabolismo e Eliminação de Fármacos
Aula - Farmacologia Básica - Metabolismo e Eliminação de Fármacos
 
Drogas que atuam no sistema nervoso central
Drogas que atuam no sistema nervoso centralDrogas que atuam no sistema nervoso central
Drogas que atuam no sistema nervoso central
 
Aula - Básica - Adsorção & Distribuição
Aula - Básica - Adsorção & DistribuiçãoAula - Básica - Adsorção & Distribuição
Aula - Básica - Adsorção & Distribuição
 
Farmacologia farmacocinética
Farmacologia farmacocinéticaFarmacologia farmacocinética
Farmacologia farmacocinética
 
Revisão sobre Diabetes Mellitus
Revisão sobre Diabetes MellitusRevisão sobre Diabetes Mellitus
Revisão sobre Diabetes Mellitus
 
Agonista e antagonista colinérgico
Agonista e antagonista colinérgicoAgonista e antagonista colinérgico
Agonista e antagonista colinérgico
 
12 diureticos ds
12 diureticos ds12 diureticos ds
12 diureticos ds
 
Aula de Farmacologia sobre Fármacos Antimicrobianos.
Aula de Farmacologia sobre Fármacos Antimicrobianos.Aula de Farmacologia sobre Fármacos Antimicrobianos.
Aula de Farmacologia sobre Fármacos Antimicrobianos.
 

Destaque

Destaque (17)

medicamentos cardiovasculares
medicamentos cardiovascularesmedicamentos cardiovasculares
medicamentos cardiovasculares
 
Farmacología-Sistema Cardiovascular
Farmacología-Sistema CardiovascularFarmacología-Sistema Cardiovascular
Farmacología-Sistema Cardiovascular
 
Fármacos cardiovasculares
Fármacos cardiovascularesFármacos cardiovasculares
Fármacos cardiovasculares
 
Farmacologia dos anti-hipertensivos
Farmacologia dos anti-hipertensivosFarmacologia dos anti-hipertensivos
Farmacologia dos anti-hipertensivos
 
Farmacos cardiovasculares
Farmacos cardiovascularesFarmacos cardiovasculares
Farmacos cardiovasculares
 
Medicamentos cardiaca
Medicamentos cardiacaMedicamentos cardiaca
Medicamentos cardiaca
 
Glosario de medicamentos cardiovasculares
Glosario de medicamentos cardiovasculares Glosario de medicamentos cardiovasculares
Glosario de medicamentos cardiovasculares
 
Manual de medicamentos
Manual de medicamentos Manual de medicamentos
Manual de medicamentos
 
Clasificacion General de Cardiovasculares
Clasificacion General de CardiovascularesClasificacion General de Cardiovasculares
Clasificacion General de Cardiovasculares
 
Farmacos antianginosos
Farmacos antianginososFarmacos antianginosos
Farmacos antianginosos
 
Farmacos Antianginosos.
Farmacos Antianginosos.Farmacos Antianginosos.
Farmacos Antianginosos.
 
FARMACOLOGÍA CARDIOVASCULAR
FARMACOLOGÍA CARDIOVASCULARFARMACOLOGÍA CARDIOVASCULAR
FARMACOLOGÍA CARDIOVASCULAR
 
Glosario de medicamentos
Glosario de medicamentosGlosario de medicamentos
Glosario de medicamentos
 
Farmacos antianginosos
Farmacos antianginosos Farmacos antianginosos
Farmacos antianginosos
 
Medicamentos Cardiovasculares
Medicamentos CardiovascularesMedicamentos Cardiovasculares
Medicamentos Cardiovasculares
 
Farmacos Cardiovasculares y definicion
Farmacos Cardiovasculares y definicion Farmacos Cardiovasculares y definicion
Farmacos Cardiovasculares y definicion
 
Bloqueantes beta adrenergicos (1)
Bloqueantes beta adrenergicos (1)Bloqueantes beta adrenergicos (1)
Bloqueantes beta adrenergicos (1)
 

Semelhante a medicamentos cardiovasculares

Farmacodinâmica e Farmacologia Clínica do Tratamento da Hipertensão Arterial
Farmacodinâmica e Farmacologia Clínica do Tratamento da Hipertensão ArterialFarmacodinâmica e Farmacologia Clínica do Tratamento da Hipertensão Arterial
Farmacodinâmica e Farmacologia Clínica do Tratamento da Hipertensão Arterialantoniohenriquedesou2
 
Farmacologia clínica dos Anti-hipertensivos
Farmacologia clínica dos Anti-hipertensivosFarmacologia clínica dos Anti-hipertensivos
Farmacologia clínica dos Anti-hipertensivosantoniohenriquedesou2
 
Farmacologia clínica dos Anti-hipertensivos
Farmacologia clínica dos Anti-hipertensivosFarmacologia clínica dos Anti-hipertensivos
Farmacologia clínica dos Anti-hipertensivosantoniohenriquedesou2
 
Anti-hipertensivos-1_66d9bbf89a2746d59ba54be8330f54e3.pdf
Anti-hipertensivos-1_66d9bbf89a2746d59ba54be8330f54e3.pdfAnti-hipertensivos-1_66d9bbf89a2746d59ba54be8330f54e3.pdf
Anti-hipertensivos-1_66d9bbf89a2746d59ba54be8330f54e3.pdfAngelicaCostaMeirele2
 
AULA DE HIPERTENSÃO ARTERIAL PULMONAR
AULA DE HIPERTENSÃO ARTERIAL PULMONARAULA DE HIPERTENSÃO ARTERIAL PULMONAR
AULA DE HIPERTENSÃO ARTERIAL PULMONARFlávia Salame
 
Insuficiencia cardiaca
Insuficiencia cardiacaInsuficiencia cardiaca
Insuficiencia cardiacaLAC
 
Aula Hipertensão Pulmonar
Aula Hipertensão PulmonarAula Hipertensão Pulmonar
Aula Hipertensão PulmonarEdienny Viana
 
Revista socesp-v25-n3
Revista socesp-v25-n3Revista socesp-v25-n3
Revista socesp-v25-n3gisa_legal
 
Guia_de_Interacoes_Medicamentosas.pdf
Guia_de_Interacoes_Medicamentosas.pdfGuia_de_Interacoes_Medicamentosas.pdf
Guia_de_Interacoes_Medicamentosas.pdfAmandaSOOliveira1
 
Metas internacionais de segurança do paciente
Metas internacionais de segurança do pacienteMetas internacionais de segurança do paciente
Metas internacionais de segurança do pacienteHospital Em Foco
 
HipertensãO Arterial
HipertensãO ArterialHipertensãO Arterial
HipertensãO Arteriallidypvh
 

Semelhante a medicamentos cardiovasculares (20)

Bulário
BulárioBulário
Bulário
 
Farmacodinâmica e Farmacologia Clínica do Tratamento da Hipertensão Arterial
Farmacodinâmica e Farmacologia Clínica do Tratamento da Hipertensão ArterialFarmacodinâmica e Farmacologia Clínica do Tratamento da Hipertensão Arterial
Farmacodinâmica e Farmacologia Clínica do Tratamento da Hipertensão Arterial
 
Farmacologia clínica dos Anti-hipertensivos
Farmacologia clínica dos Anti-hipertensivosFarmacologia clínica dos Anti-hipertensivos
Farmacologia clínica dos Anti-hipertensivos
 
Farmacologia clínica dos Anti-hipertensivos
Farmacologia clínica dos Anti-hipertensivosFarmacologia clínica dos Anti-hipertensivos
Farmacologia clínica dos Anti-hipertensivos
 
Farmacologia scv
Farmacologia scvFarmacologia scv
Farmacologia scv
 
Anti-hipertensivos-1_66d9bbf89a2746d59ba54be8330f54e3.pdf
Anti-hipertensivos-1_66d9bbf89a2746d59ba54be8330f54e3.pdfAnti-hipertensivos-1_66d9bbf89a2746d59ba54be8330f54e3.pdf
Anti-hipertensivos-1_66d9bbf89a2746d59ba54be8330f54e3.pdf
 
Hipertensão Pulmonar
Hipertensão PulmonarHipertensão Pulmonar
Hipertensão Pulmonar
 
AULA DE HIPERTENSÃO ARTERIAL PULMONAR
AULA DE HIPERTENSÃO ARTERIAL PULMONARAULA DE HIPERTENSÃO ARTERIAL PULMONAR
AULA DE HIPERTENSÃO ARTERIAL PULMONAR
 
Aula 7 Biomedicina
Aula 7 BiomedicinaAula 7 Biomedicina
Aula 7 Biomedicina
 
Insuficiencia cardiaca
Insuficiencia cardiacaInsuficiencia cardiaca
Insuficiencia cardiaca
 
Aula Hipertensão Pulmonar
Aula Hipertensão PulmonarAula Hipertensão Pulmonar
Aula Hipertensão Pulmonar
 
Revista socesp-v25-n3
Revista socesp-v25-n3Revista socesp-v25-n3
Revista socesp-v25-n3
 
hipertensao
hipertensaohipertensao
hipertensao
 
DVA's utilizadas na emergência
DVA's utilizadas na emergênciaDVA's utilizadas na emergência
DVA's utilizadas na emergência
 
Valvolopatias
ValvolopatiasValvolopatias
Valvolopatias
 
Guia_de_Interacoes_Medicamentosas.pdf
Guia_de_Interacoes_Medicamentosas.pdfGuia_de_Interacoes_Medicamentosas.pdf
Guia_de_Interacoes_Medicamentosas.pdf
 
HAS - atualizado.pptx
HAS - atualizado.pptxHAS - atualizado.pptx
HAS - atualizado.pptx
 
Metas internacionais de segurança do paciente
Metas internacionais de segurança do pacienteMetas internacionais de segurança do paciente
Metas internacionais de segurança do paciente
 
HipertensãO Arterial
HipertensãO ArterialHipertensãO Arterial
HipertensãO Arterial
 
INSUFICIENCIA RENAL AGUDA
 INSUFICIENCIA RENAL AGUDA  INSUFICIENCIA RENAL AGUDA
INSUFICIENCIA RENAL AGUDA
 

Mais de Leonardo Souza

Farmacocinética galeno
Farmacocinética galenoFarmacocinética galeno
Farmacocinética galenoLeonardo Souza
 
Interações e efeito adverso galeno
Interações e efeito adverso galenoInterações e efeito adverso galeno
Interações e efeito adverso galenoLeonardo Souza
 
Farmacodinâmica galeno
Farmacodinâmica galenoFarmacodinâmica galeno
Farmacodinâmica galenoLeonardo Souza
 
Noções de legislação farmacêutica
Noções de legislação farmacêuticaNoções de legislação farmacêutica
Noções de legislação farmacêuticaLeonardo Souza
 
Principios do atendimento farmácia e drogaria
Principios do atendimento farmácia e drogariaPrincipios do atendimento farmácia e drogaria
Principios do atendimento farmácia e drogariaLeonardo Souza
 
Farmacologia interações e RAM
Farmacologia interações e RAMFarmacologia interações e RAM
Farmacologia interações e RAMLeonardo Souza
 
Farmacoterapia aplicada a algumas doenças parasitológicas
Farmacoterapia aplicada  a algumas doenças parasitológicasFarmacoterapia aplicada  a algumas doenças parasitológicas
Farmacoterapia aplicada a algumas doenças parasitológicasLeonardo Souza
 
Cepss reprodutor humano
Cepss reprodutor humanoCepss reprodutor humano
Cepss reprodutor humanoLeonardo Souza
 

Mais de Leonardo Souza (20)

Farmacocinética galeno
Farmacocinética galenoFarmacocinética galeno
Farmacocinética galeno
 
Interações e efeito adverso galeno
Interações e efeito adverso galenoInterações e efeito adverso galeno
Interações e efeito adverso galeno
 
Farmacodinâmica galeno
Farmacodinâmica galenoFarmacodinâmica galeno
Farmacodinâmica galeno
 
Noções de legislação farmacêutica
Noções de legislação farmacêuticaNoções de legislação farmacêutica
Noções de legislação farmacêutica
 
Anti histamínicos
Anti histamínicosAnti histamínicos
Anti histamínicos
 
Antifúngicos
AntifúngicosAntifúngicos
Antifúngicos
 
Principios do atendimento farmácia e drogaria
Principios do atendimento farmácia e drogariaPrincipios do atendimento farmácia e drogaria
Principios do atendimento farmácia e drogaria
 
Contraceptivos
ContraceptivosContraceptivos
Contraceptivos
 
Sistema urinário
Sistema urinárioSistema urinário
Sistema urinário
 
Farmacologia interações e RAM
Farmacologia interações e RAMFarmacologia interações e RAM
Farmacologia interações e RAM
 
Medicamentos
MedicamentosMedicamentos
Medicamentos
 
Farmacoterapia aplicada a algumas doenças parasitológicas
Farmacoterapia aplicada  a algumas doenças parasitológicasFarmacoterapia aplicada  a algumas doenças parasitológicas
Farmacoterapia aplicada a algumas doenças parasitológicas
 
Parasitas
ParasitasParasitas
Parasitas
 
Vírus
VírusVírus
Vírus
 
Farmacodinâmica
FarmacodinâmicaFarmacodinâmica
Farmacodinâmica
 
Cepss reprodutor humano
Cepss reprodutor humanoCepss reprodutor humano
Cepss reprodutor humano
 
Cepss nervoso
Cepss nervosoCepss nervoso
Cepss nervoso
 
Cepss digestório
Cepss digestórioCepss digestório
Cepss digestório
 
Cepss respiratório
Cepss respiratórioCepss respiratório
Cepss respiratório
 
Cepss imunológico
Cepss imunológicoCepss imunológico
Cepss imunológico
 

medicamentos cardiovasculares

  • 1. Prof. LEONARDO DE SOUZA Farmacêutico-bioquímico Mestrando em Imunologia e Parasitologia Farmacologista clínico
  • 2. ATENÇÃO: O conteúdo a seguir tem finalidade DIDÁTICA. NÃO DAMOS SUPORTE, NEM PROCEDEMOS À AUTOMEDICAÇÃO OU QUALQUER OUTRA ATITUDE QUE CONFIGURE O EXERCÍCIO ILEGAL DA MEDICINA.
  • 3. Anti-hipertensivos  Diuréticos  Simpatolíticos  Vasodilatadores  Bloqueadores dos canais de cálcio  Inibidores de enzima conversora de angiotensina  Antagonistas de receptor de angiotensina 2  Antiarrítmicos  Vasodilatadores coronarianos  Glicosídeos digitálicos  Anticoagulantes
  • 4. PA = DC x RPT PA: Pressão arterial DC: Débito cardíaco RPT: Resistência periférica Elasticidade dos grandes vasos, viscosidade sanguínea e volemia
  • 5. Débito cardíaco (DC)  Relação: volume sistólico(VS) x frequência cardíaca (FC)  Volume sistólico – em repouso 6 L/min em atividade 30L/min
  • 6. Resistência Periférica (RPT) › Vasocontratilidade da rede arteriolar › Arteríolas possuem abundantes fibras musculares na sua camada média › SN simpático dependente (receptores α e β) › Influência humoral: angiotensina, adrenalina, noradrenalina, bradicinina, catecolaminas, prostaglandinas, vasopressina, Ca2+, K +, Mg 3+, Na+
  • 7.
  • 8.
  • 9. Atuam sobre o coração ou vaso sanguíneo com o objetivo de normalizar a pressão arterial
  • 10.
  • 11. Diuréticos
  • 12. Indicações:  edema (associado a ICC, disfunção renal, terapia por estrogênio ou corticóides ou cirrose hepática)  hipertensão arterial.
  • 13. Diuréticos
  • 14. Reações adversas  Aumento da glicose no sangue ou urina  Aumento de ácido úrico no sangue  Diminuição de potássio no sangue (fraqueza muscular; evolução de paralisia muscular)
  • 15. Interações medicamentosas  Fenoterol  Formoterol  Salbutamol  Colestiramina = ação diminuída HCTZ  Digoxina = risco de intoxicação  Lítio = aumento da toxicidade
  • 16. Diuréticos
  • 17. Reações adversas  Fenoterol  Formoterol  Salbutamol  Aumento da glicose no sangue  Aumento da glicose na urina  Aumento do ácido úrico  Diminuição do potássio  Diminuição do sódio
  • 18. Interações medicamentosas  Colestiramina = ação diminuída HCTZ  Digoxina = risco de intoxicação  Lítio = aumento da toxicidade
  • 19. Diuréticos
  • 20. Reações adversas  Zumbido no ouvido  Descontrole de eletrólitos  Queda da pressão ao levantar  Sensibilidade a luz  Tontura
  • 21. Interações medicamentosas  Anticoagulantetem ação diminuida  AINEs diminuem a ação da furosemida  Fenoterol  Salbutamol  formoterol
  • 22. Diuréticos
  • 23. Reações adversas  Aumento do potássio no sangue  Diarreia  Faltade apetite  Náusea  Vômito  Dor de cabeça
  • 24. Interações medicamentosas  Aumento do potássio no sangue: IECA (captopril, enalapril), AINE  Anticoagulante tem ação diminuída  Lítio: aumento da toxicidade
  • 25. Diuréticos
  • 26. Indicações:  Edema  Hipertensão arterial  Hirsutismo feminino  Ovário policístico  Hipopotassemia
  • 27. Reações adversas  Coceira e erupção na pele  Irritação gastrintestinal  Náusea  Vômito  Cólicas  Aumento de potássio no sangue
  • 28. Interações medicamentosas  Aumento do potássio no sangue: IECA (captopril, enalapril), AINE  Anticoagulante tem ação diminuída  Lítio: aumento da toxicidade
  • 29. Simpatolíticos
  • 30. Indicações:  Hipertensão arterial  Reações adversas  Sedação  Dor de cabeça  Queda da pressão ao mudar de posição  Inchaço (edema)  Congestão nasal  Boca seca
  • 31. Interações medicamentosas  Norepinefrina, fenilefrina, efedrina, pseudoefedrina = diminuição da ação da metildopa  Mucato de isometepteno  Sais de ferro = ↓ absorção da metildopa  IMAO = aumento dos riscos das reações adversas  Imipramina, nortriptilina, amitriptilina, clomipramina = diminuição da ação da metildopa
  • 32. Simpatolíticos
  • 33. Indicações:  Hipertensão arterial (comprimido)  Analgésico e adjuvante em anestesia (injetável)  Reações adversas  Boca seca  Constipação intestinal  Coceira  Desmaio  Fraqueza  Sedação  tontura
  • 34. Interações medicamentosas  Imipramina, nortriptilina, amitriptilina, clomipramina = diminuição da ação anti- hipertensiva  Betabloqueadores (propranolol, atenolol, metoprolol) = crises hipertensivas, efeito hipertensivo rebote
  • 35. Simpatolíticos
  • 36. Indicações:  angina de peito  Enxaqueca (profilático)  arritmia cardíaca  hipertensão arterial  Infarto do miocárdio  Tremor senil  Ansiedade (taquicardia) **
  • 37. Reações adversas  Fadiga  Letargia  Broncoespasmo  Faringite  agranulocitose
  • 38. Interações medicamentosas  Amiodarona = aumento do efeito bradicárdico  AINEs = diminuição do efeito anti-hipertensivo  Antidiabéticos orais: risco de hiperglicemia  Ação e reações adversas do propranolol aumentadas = clonidina, bloqueadores de canal de cálcio  Ação diminuída: aminofilina e teofilina
  • 39. Simpatolíticos
  • 40. Indicações:  Angina de peito  Hipertensão arterial  Infarto do miocárdio  Enxaqueca (profilático)  Reações adversas  Fadiga  Tontura  Pressão baixa
  • 41. Interações medicamentosas  Amiodarona = aumento do efeito bradicárdico  AINEs = diminuição do efeito anti-hipertensivo  Antidiabéticos orais: risco de hiperglicemia  Ação e reações adversas do propranolol aumentadas = clonidina, bloqueadores de canal de cálcio  Ação diminuída: aminofilina e teofilina
  • 42. Simpatolíticos
  • 43. Indicações: hipertensão arterial  Reações adversas  Tontura  Síncope(perda súbita e transitória da consciência e consequentemente da postura)
  • 44. Interações medicamentosas  Epinefrina, pseudoefedrina, fenilefrina: ação da prazosina diminuída  AINES = diminuição do efeito da prazosina  Outro medicamento hipotensor = efeito potencializado
  • 45. Simpatolíticos
  • 46. Indicações:  Hipertensão arterial  Insuficiência cardíaca congestiva (ICC)  Reações adversas  Pressão baixa (também postural)  Diarreia  Aumento da glicose no sangue  Aumento de peso  Infecção respiratória  Fraqueza  Tontura  fadiga
  • 47. Interações medicamentosas  Antidiabético oral: risco de hiperglicemia  Fluoxetina, paroxetina = aumento da concentração do carvedilol  Diminui a excreção de: amiodarona, digoxina, loratadina, colchicina, verapamil, diltiazem
  • 48. Vasodilatadores
  • 49. Indicações: hipertensão arterial,ICC, pré- eclâmpsia ou eclâmpsia.  Reações adversas  Dor de cabeça  Angina do peito  Palpitação  Náusea e vômito  Diarreia  Falta de apetite  Constipação intestinal
  • 50. Interações medicamentosas  Dinitrato de isossorbida: risco de hipotensão  AINEs = diminuição dos efeitos anti-hipertensivos
  • 51. Bloqueadores dos canais de cálcio
  • 52. Indicações:  hipertensão arterial  angina de peito  taquicardia supraventricular  Reações adversas  Pressão baixa transitória  Constipação intestinal
  • 53. Bloqueadores dos canais de cálcio
  • 54. Indicações:  Angina de peito  Hipertensão arterial  Fibrilação atrial e flutter atrial  Reações adversas  Dorde cabeça  edema
  • 55. Bloqueadores dos canais de cálcio
  • 56. Indicações:  Angina de peito  Hipertensão arterial  Reações adversas  Ruborização  Edema periférico  Náusea  Tontura  Fraqueza  Sensação de queda iminente
  • 57. Bloqueadores dos canais de cálcio
  • 58. Indicações:  Angina de peito  Hipertensão arterial  Reações adversas  edema
  • 59. Interações medicamentosas  Antifúngicos(cetoconazol, fluconazol, itraconazol), Macrolídeos (eritromicina, claritromicina), cimetidina = diminuição do metabolismo  AINEs = diminuição do efeito anti-hipertensivo  Fenobarbital e outros barbitúricos = aumento do metabolismo
  • 60.
  • 61. Inibidores de enzima conversora de angiotensina (IECA)
  • 62. Indicações:  Hipertensão arterial  ICC  Reações adversas  Tosse seca, persistente e não produtiva  Urticária  Erupções na pele
  • 63. Inibidores de enzima conversora de angiotensina (IECA)
  • 64. Indicações:  Hipertensão arterial  ICC  Reações adversas  Fraqueza  Tosse seca, persistente e não produtiva
  • 65. Inibidores de enzima conversora de angiotensina (IECA)
  • 66. Indicações:  Hipertensão arterial  ICC  Reações adversas  Tontura  Queda de pressão ao mudar de posição  Congestão nasal  Diarreia
  • 67. Interações medicamentosas  Antiácidos: redução da concentração sanguínea dos IECA  AINEs: diminuição do efeito anti-hipertensivo  Bloqueadores do canal de cálcio, furosemida: aumento do efeito anti-hipertensivo
  • 68. Antagonista do receptor de angiotensina 2 (ARA 2)
  • 69. Indicações:  Hipertensão arterial  Reações adversas  Fraqueza  Fadiga  Dor no peito  Diarreia  Anemia  Tosse  Bronquite
  • 70. Antagonista do receptor de angiotensina 2 (ARA 2)
  • 71. Indicações  Hipertensão arterial  Reações adversas  Dor de cabeça  Faringite  Infecção das vias respiratórias superiores  Tontura  rinite
  • 72. Antagonista do receptor de angiotensina 2 (ARA 2)
  • 73. Indicações:  Hipertensão arterial  Reações adversas  Azia  Diarreia  Má digestão  Fadiga  Tontura  queda da pressão ao se levantar
  • 74. Antagonista do receptor de angiotensina 2 (ARA 2)
  • 75. Indicações:  Hipertensão arterial  Reações adversas  tontura
  • 76. Interações medicamentosas  Varfarina,carvedilol, amiodarona, sertralina, nateglinida = diminuição de seus metabolismos  Diuréticos = aumento da ação dos ARA2  Indometacina, rifamicina = diminuição da ação dos ARA2
  • 77.
  • 78. Indicações:  Arritmia ventricular  Reações adversas  Fadiga  Mal-estar  Tremores  Tontura  Náusea/vômito  Constipação intestinal  Distúrbios visuais  Diminuição da função da tireóide
  • 79. Interações medicamentosas  Aumento da ação de anticoagulantes cumarínicos  Aumento da ação e efeitos tóxicos da digoxina, fenitoína  Diminui o metabolismo de: anlodipino, atorvastatina, bromazepam, carbamazepina, clonazepam, clorfeniramina, diazepam, colchicina, diltiazem, sinvastatina, teofilina, nifedipino, nateglinida
  • 80.
  • 81.
  • 82. Indicações:  Angina de peito (crise aguda)  Reações adversas  Dor de cabeça  Queda de pressão ao mudar de posição  Palpitação  Edema no tornozelo  ruborização
  • 83. Interações medicamentosas  Aumento do metabolismo do dinitrato de isossorbida = carbamazepina, fenitoína, fenobarbital  Diminuição do metabolismo do dinitrato de isossorbida = diclofenaco, cetoconazol, claritromicina, itraconazol, cimetidina, eritromicina, fluconazol, sertralina, tetraciclina, verapamil  Sildenafila, tadalafila, vardenafila = aumento do efeito vasodilatador ***EVITAR A COMBINAÇÃO
  • 84. Indicações:  Angina de peito crônica (prevenção e tratamento  Reações adversas  Dor de cabeça  Queda de pressão ao mudar de posição  Palpitação  Edema no tornozelo  ruborização
  • 85. Interações medicamentosas  Sildenafila, tadalafila, vardenafila = aumento do efeito vasodilatador ***EVITAR A COMBINAÇÃO
  • 86.
  • 87. Indicações:  Angina de peito (prevenção e tratamento)  Reações adversas  Vômito  Respiração alterada  Desmaio  Dor de cabeça  Inquietação  Tontura  Palidez azulada
  • 88. Interações medicamentosas  Sildenafila, tadalafila, vardenafila = aumento do efeito vasodilatador ***EVITAR A COMBINAÇÃO
  • 89.
  • 90. Indicações:  Angina de peito crônica  Hipertensão arterial  Reações adversas  Edema  Coceira  Sensação de formigamento, queimação ou agulhadas na pele  Náusea  Nervosismo, fraqueza, insônia, tontura  Dor no peito, dificuldade de respirar
  • 91. Interações medicamentosas  Diminuição do metabolismo de pindolol: amiodarona, cetoconazol, difenidramina, imipramina, paroxetina, pioglitazona, lidocaína, sertralina  Diminuição da ação ou diminuir a ação de: aminofilina, teofilina, efedrina, fenilefrina, pseudoefedrina
  • 92.
  • 93. Indicações:  ICC  Taquicardia supraventricular  Fibrilação atrial, flutter atrial
  • 94.
  • 95. Reações adversas  Intoxicação digitálica  Diminuição acentuada dos batimentos do coração  Parada cardíaca  Náusea  Falta de apetite
  • 96. Interações medicamentosas  Epinefrina,fenilefrina, pseudoefedrina = risco de arritmia cardíaca  Verapamil, amiodarona, betabloqueadores = aumentam a concentração do deslanosídeo no sangue
  • 97.
  • 98. Reações adversas  Agitação  Fadiga  Fraqueza muscular  Alucinações  Falta de apetite  Náusea  Toxicidade digitálica
  • 99. Reações adversas  Diarreia  Faltade apetite  Náusea  Vômito
  • 100. Interações medicamentosas  Efedrina, fenilefrina, sais de cálcio (via intravenosa) = riscos de arritmias cardíacas  Risco de bloqueio cardíaco: bloqueador de canal de cálcio  Diminuição da condução nodo atrioventricular = betabloqueador  Amiodarona, betabloqueador = aumento da concentração de digoxina
  • 101.
  • 102.
  • 103. Indicações:  Arritmia atrial (prevenção de embolia)  Doença cardíaca reumática (com dano valvular)  Embolia pulmonar  Infarto do miocárdio  Trombose venosa profunda  Reações adversas  Diarreia  Constipação intestinal  febre
  • 104. Interações medicamentosas  Amiodarona, cimetidina, clofibrato, hormônio tireoidiano, metronidazol, esteroide anabolizante, cetoconazol, fluconazol, itraconazol, AINE, agente tireoideano, omeprazol = aumento da ação anticoagulante  Aumento dos riscos de efeitos adversos = sertralina  Risco de hemorragia = agente trombolítico
  • 105.
  • 106. Indicações:  Inibidor da agregação plaquetária  Reações adversas  Náusea  Zumbido no ouvido  Perda da audição  Tempo de sangramento prolongado  Erupção na pele