O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Farmacologia farmacocinética

15.797 visualizações

Publicada em

Publicada em: Saúde e medicina
  • Seja o primeiro a comentar

Farmacologia farmacocinética

  1. 1. Prof. Esp. LEONARDO DE SOUZAFarmacêutico-BioquímicoFarmacologista ClínicoFARMACOLOGIA  Farmacocinética
  2. 2. Farmacologia O que é?Ciência que como as substâncias interagem com o organismo humano. “modificações no organismo”
  3. 3. Farmacologia HISTÓRIA
  4. 4. Descobrindo umfármaco, desenvolvendo ummedicamento
  5. 5. Descobrindo umfármaco, desenvolvendo ummedicamento
  6. 6. UTILIZAMOS REMÉDIOS? OU SÃO MEDICAMENTOS?
  7. 7. TERMINOLOGIAS Fármaco: substância química conhecida e de estrutura química definida dotada de propriedade farmacológica
  8. 8. TERMINOLOGIAS Droga: qualquer substância química capaz de alterar os processos fisiológicos ou bioquímicos e os estados patológicos do organismo, com finalidade medicamentosa ou sanitária.
  9. 9. TERMINOLOGIAS Medicamento: produto farmacêutico tecnicamente obtido ou elaborado, com finalidade profilática, curativa, paliativa ou para fins de diagnóstico.
  10. 10. TERMINOLOGIAS Princípio ativo: substância quimicamente ativa, presente na composição do medicamento, que terá como finalidade a ação esperada do medicamento.
  11. 11. TERMINOLOGIAS Excipiente/veículo: substâncias presentes no medicamento que completam sua massa e volume. Funções: desintegrante, conservantes, aromatizantes.. .
  12. 12. FARMACOCINÉTICA “caminho que o fármaco faz no organismo” Absorção Distribuição Biotransformação ou metabolismo Eliminação
  13. 13. ABSORÇÃOA absorção é a passagem de substâncias do local decontato, que pode ser um órgão, a pele, os endotélios, para osangue.
  14. 14. MEMBRANA PLASMÁTICA
  15. 15. MEMBRANA PLASMÁTICA
  16. 16. MEMBRANA PLASMÁTICA Espessura 7 a 10 nm fosfolipídeos
  17. 17. PROPRIEDADES FÍSICO-QUÍMICAS QUE ALTERAM A ABSORÇÃO LIPOSSOLUBILIDADE HIDROSSOLUBILIDADE ESTABILIDADE QUÍMICA (manutenção da identidade molecular) PESO MOLECULAR (tamanho e volume da molécula) CARGA ELÉTRICA (polaridade, íons) FORMA FARMACÊUTICA VELOCIDADE DE DISSOLUÇÃO CONCENTRAÇÃO DA DROGA NO LOCAL DE ABSORÇÃO
  18. 18. MODALIDADES DE ABSORÇÃO Difusão simples ou passiva
  19. 19. MODALIDADES DE ABSORÇÃO Difusão facilitada
  20. 20. MODALIDADES DE ABSORÇÃO Vesicular - pinocitose e fagocitose
  21. 21. FARMACOCINÉTICA Absorção*Vias de administração Distribuição Biotransformação ou metabolismo Eliminação
  22. 22. LOCAIS DEABSORÇÃO DE FÁRMACOS
  23. 23. VIAS DE ADMINISTRAÇÃO LOCAIS DE ABSORÇÃO ≠ VIAS DE ADMINISTRAÇÃO“COMO ESCOLHER UMA VIA ?”1) TIPO DA AÇÃO: LOCAL OU SISTÊMICA?2) RAPIDEZ DA AÇÃO (EXISTE URGÊNCIA?)3) NATUREZA DO MEDICAMENTO
  24. 24. VIAS DE ADMINISTRAÇÃO1) Via digestiva (oral e retal)2) Via parenteral3) Via transmucosas4) Via transcutânea5) Via ocidental
  25. 25. BIODISPONIBILIDADE fração de uma dose administrada de uma droga não alterada que atinge a circulação sistêmica
  26. 26. FARMACOCINÉTICA Absorção √ Distribuição ← Biotransformação ou metabolismo Eliminação
  27. 27. DISTRIBUIÇÃO “transporte do fármaco, presente na corrente sanguínea, aos tecidos e órgãos alvo”
  28. 28. DISTRIBUIÇÃO
  29. 29. DISTRIBUIÇÃOLigação a proteínas plasmáticas
  30. 30. DISTRIBUIÇÃO Ligação a proteínas plasmáticas
  31. 31. DISTRIBUIÇÃO PERMEABILIDADE CAPILARExistem diferenças na entrado do fármaco em certas regiões do corpo?
  32. 32. DISTRIBUIÇÃO
  33. 33. PENSE UM POUCO:“Porque existem medicamentos que eu devo tomar de 4 em 4 horas, outros eu já posso usar em dose única, outros 1 vez ao dia, outros devem ser usados de 8 em 8 horas?Tente formular uma resposta para esse questionamento
  34. 34. MEIA VIDA DOS FÁRMACOS“tempo no qual um fármaco leva para ter sua concentração plasmática diminuída em 50%”
  35. 35. METABOLISMO OUBIOTRANSFORMAÇÃO“submete o fármaco a reações químicas, geralmente mediadas por enzimas, que o convertem em um composto diferente do originalmente administrado”OCORRE NO FÍGADO
  36. 36.  (1) lobo direito, (2) lobo esquerdo, (3) lobo caudado, (4) lobo quadrado, (5) artéria hepática e veia porta, (6) nódulos linfáticos hepáticos, (7) vesícula biliar.
  37. 37. Fase 1Fase 2
  38. 38. EFEITO DE 1ª PASSAGEM É a metabolização do fármaco pelo fígado e pela microbiota intestinal, antes que o fármaco chegue à circulação sistêmica. As vias de administração que estão sujeitas a esse efeito são: via oral e via retal (em proporções bem reduzidas)
  39. 39. Citocromo P450 (CYP-450) Conjunto de principais enzimas responsáveis pelo metabolismo de fármacos no fígado
  40. 40.  Qual é o objetivo do metabolismo na farmacocinética?FAVORECER A ELIMINAÇÃO DE FARMÁCOS!!
  41. 41. ELIMINAÇÃO Processo de retirar o fármaco do organismo através de:  Urina;  Fezes;  Suor;  Saliva;  Ar (expiração);  Lágrimas;  Leite materno

×