SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 22
Baixar para ler offline
CÂNCER DE PRÓSTATA
PROFESSOR: FRANCISCO MEDRADOS
DISCIPLINA: SAÚDE DO ADULTO E DO IDOSO
ALUNA:
LORENA SERENITA TELLES – RA: 0050064804
Clarice Leite da Silva – RA: 0050061052
Juliana Baptista Rodrigues – RA: 0050066953
Rosana Caetano da Oliveira – RA: 0050080118
Ana Paula mendes – RA: 0000011883
Objetivos
• Conhecer o Câncer de Próstata.
• Fatores de Risco.
• Possíveis agravos.
• Informações básicas.
• PSA / Toque retal.
• Sinais e Sintomas.
• Conhecer as Intervenções de Enfermagem para o paciente de câncer de próstata.
• Métodos Diagnósticos.
• Tratamentos.
• Efeitos do tratamento.
• Acompanhamento.
• Prevenção.
• NHB afetadas.
• Diagnostico de Enfermagem.
• Prescrição de Enfermagem.
INTRODUÇÃO
• O que é câncer de próstata?
R: É o tipo de câncer que ocorre na próstata: Grândola localizada abaixo da
bexiga e que envolve a uretra, canal que liga a bexiga.
• Tumor sólido mais frequente em homens.
• 53.000 casos novos, 8.000 mortes ( Brasil, 2010).
• 1 em cada 6 homens são acometidos.
• Incidência aumentando.
• 2ª maior causa de óbito.
• Mudança da apresentação clínica.
• Doença Ocidental.
FATORES DE RISCO
• Idade.
• Hereditariedade.
• Estilo de vida.
• Raça.
História familiar Risco (%)
Nenhuma 8
Pai ou irmão 15
Pai /irmão <60 a 20
CaP hereditário 35-45
PATOLOGIA
• Adenocarcinoma acinar.
• 70% Zona Periférica.
• Tumor sólido, endurecido, branco-
Amarelado.
• Escala de Gleason ( 2-10).
• Papel da Testosterona.
RASTREAMENTO
• Discutível.
• Orientações SBU/ AUA:
• 40 anos ( HF / raça negra) – TR + PSA.
• 45 anos ( sem fatores de risco) – TR + PSA.
• Após 50 anos: Acompanhamento anual – TR + PSA
QUADRO CLÍNICO
Sinais e sintomas:
• Hematúria: Sangue na urina.
• ASSINTOMÁTICO.
• Disfunção miccional.
• Invasão de órgãos adjacentes.
• Hemospermia.
• Fraturas patológicas.
• Metastáses.
PSA
Diagnóstico:
• Prostatic Specific Antigen, 1980.
• Aumenta quando há ruptura de células prostáticas.
• Condições benignas.
• Ponto de corte.
• Refinamentos.
• Estadiamento.
• Controle pós-tratamento.
PSA CaP (%)
<0,5 7
0,6-1,0 10
1,1-2,0 17
2,1-3,0 24
3,1-4,0 27
DIAGNÓSTICO
• Toque retal
• Exame complementar.
• Estadiamento.
DIAGNÓSTICO
• Biópsia Prostática por Ultrassom
Transretal.
• No mínimo, 12 fragmentos.
• Indicações:
• TR retal alterado.
• PSA > 4,0.
• PSA> 2,5 (< 55 a).
• Velocidade PSA> 0,75/ano.
ESTRATIFICAÇÃO DE RISCO
BAIXO RISCO INTERMEDIÁRIO ALTO RISCO
PSA <10 10-20 >20
GLEASON <6 7 >8
TOQUE RETAL <50% RESTRITO À
PROSTATA
INVADE OUTRAS
ESTRUTURAS
TRATAMENTO
• Visando à cura:
• Cirurgia ( Prostatectomia Radical).
• Radioterapia.
• Braquiterapia.
• Visando o Controle:
• Hormonioterapia.
• Quimioterapia.
TRATAMENTO
• Estratégias de acompanhamento:
• Vigilância ativa.
• Observação.
CIRURGIA
• Retirada da Próstata, Vesículas
Seminais, Ductos Deferentes
e Gânglios Linfáticos.
• Convencional /Aberta.
CIRURGIA
• Videolaparoscopia.
• Robô
RADIOTERAPIA
• Resultados similiares.
HORMONIOTERAPIA
• Castração ( Retirada da Testosterona):
• Química.
• Cirúrgica.
QUIMIOTERAPIA
• Casos refratários.
• Metástases.
EFEITOS DO TRATAMENTO
• Incontinência Urinária.
• Impotência Sexual.
Prevenção
• Vitamina E.
• Licopeno.
• Selênio.
• Quimioprevenção.
Quais são as NHB afetadas?
• Eliminação e troca
• Percepção / Cognição
• Princípios de vida
• Sexualidade
• Segurança e proteção
DIAGNÓSTICO DE ENFERMAGEM
• Eliminação urinaria prejudicada
• Deambulação prejudicada
• Sentimento de impotência
• Manutenção do lar prejudicada
• Padrões de sexualidade ineficazes
• Medo, ansiedade, tristeza crônica
• Risco de queda
• Risco de síndrome do estresse por mudança
• Sentimento de pesar disfuncional
PRESCRIÇÃO DE ENFERMAGEM
• O profissional de enfermagem deve orientar o
paciente como seus familiares a receber
informações sobre as possíveis ocorrências após
a cirurgia e sobre os cuidados que devem ser
realizados em casa. Ter uma boa alimentação.
• Consultas periódicas. Atividades físicas.
• Incluindo lazer e princípios de vida com objetivo
de proporcionar bem estar e tranquilidade
mental, física e espiritual deste paciente.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Tudo sobre Câncer do Colo do Útero
Tudo sobre Câncer do Colo do ÚteroTudo sobre Câncer do Colo do Útero
Tudo sobre Câncer do Colo do ÚteroOncoguia
 
Novembro Azul: Faça parte desse movimento!
Novembro Azul: Faça parte desse movimento!Novembro Azul: Faça parte desse movimento!
Novembro Azul: Faça parte desse movimento!Oncoguia
 
Slide saude da mulher (1).pptx
Slide saude da mulher (1).pptxSlide saude da mulher (1).pptx
Slide saude da mulher (1).pptxMicaelMota2
 
Palestra sobre Cânce do cólo do Útero e Câncer de Mama
Palestra sobre Cânce do cólo do Útero e Câncer de MamaPalestra sobre Cânce do cólo do Útero e Câncer de Mama
Palestra sobre Cânce do cólo do Útero e Câncer de Mamapralucianaevangelista
 
Câncer de próstata - Enfermagem Médica
Câncer de próstata - Enfermagem MédicaCâncer de próstata - Enfermagem Médica
Câncer de próstata - Enfermagem MédicaRuan Aragão
 
Tudo Sobre Câncer de Próstata
Tudo Sobre Câncer de PróstataTudo Sobre Câncer de Próstata
Tudo Sobre Câncer de PróstataOncoguia
 
Câncer de próstata
Câncer de próstataCâncer de próstata
Câncer de próstataAmália Beims
 
Câncer de Colo do Útero
Câncer de Colo do ÚteroCâncer de Colo do Útero
Câncer de Colo do ÚteroOncoguia
 
Câncer de mama - Palestra para comunidade
Câncer de mama -  Palestra para comunidadeCâncer de mama -  Palestra para comunidade
Câncer de mama - Palestra para comunidadeMaylu Souza
 
Novembro azul troque o preconceito pela vida
Novembro azul troque o preconceito pela vidaNovembro azul troque o preconceito pela vida
Novembro azul troque o preconceito pela vidaEmilio Matos Rocha
 
Trabalho sobre a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem
Trabalho sobre a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem Trabalho sobre a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem
Trabalho sobre a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem Faculdade União das Américas
 
Cancer de prostata
Cancer de prostataCancer de prostata
Cancer de prostataDCRDANYLA
 
Câncer de Mama uma visão mais objetiva do assunto.
Câncer de Mama uma visão mais objetiva do assunto.Câncer de Mama uma visão mais objetiva do assunto.
Câncer de Mama uma visão mais objetiva do assunto.biankathamara
 

Mais procurados (20)

Cancer do cólo do útero pronto
Cancer do cólo do útero prontoCancer do cólo do útero pronto
Cancer do cólo do útero pronto
 
Novembro azul
Novembro azulNovembro azul
Novembro azul
 
Tudo sobre Câncer do Colo do Útero
Tudo sobre Câncer do Colo do ÚteroTudo sobre Câncer do Colo do Útero
Tudo sobre Câncer do Colo do Útero
 
Novembro Azul: Faça parte desse movimento!
Novembro Azul: Faça parte desse movimento!Novembro Azul: Faça parte desse movimento!
Novembro Azul: Faça parte desse movimento!
 
Slide saude da mulher (1).pptx
Slide saude da mulher (1).pptxSlide saude da mulher (1).pptx
Slide saude da mulher (1).pptx
 
Palestra sobre Cânce do cólo do Útero e Câncer de Mama
Palestra sobre Cânce do cólo do Útero e Câncer de MamaPalestra sobre Cânce do cólo do Útero e Câncer de Mama
Palestra sobre Cânce do cólo do Útero e Câncer de Mama
 
Câncer de próstata - Enfermagem Médica
Câncer de próstata - Enfermagem MédicaCâncer de próstata - Enfermagem Médica
Câncer de próstata - Enfermagem Médica
 
Cancer de Próstata
Cancer de PróstataCancer de Próstata
Cancer de Próstata
 
Tudo Sobre Câncer de Próstata
Tudo Sobre Câncer de PróstataTudo Sobre Câncer de Próstata
Tudo Sobre Câncer de Próstata
 
Câncer de próstata
Câncer de próstataCâncer de próstata
Câncer de próstata
 
Novembro azul
Novembro azulNovembro azul
Novembro azul
 
Câncer de Colo do Útero
Câncer de Colo do ÚteroCâncer de Colo do Útero
Câncer de Colo do Útero
 
Câncer de mama - Palestra para comunidade
Câncer de mama -  Palestra para comunidadeCâncer de mama -  Palestra para comunidade
Câncer de mama - Palestra para comunidade
 
Saúde da mulher slides
Saúde da mulher  slidesSaúde da mulher  slides
Saúde da mulher slides
 
Cancer de pele
Cancer de peleCancer de pele
Cancer de pele
 
Novembro azul troque o preconceito pela vida
Novembro azul troque o preconceito pela vidaNovembro azul troque o preconceito pela vida
Novembro azul troque o preconceito pela vida
 
Trabalho sobre a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem
Trabalho sobre a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem Trabalho sobre a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem
Trabalho sobre a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem
 
Saude da mulher
Saude da mulherSaude da mulher
Saude da mulher
 
Cancer de prostata
Cancer de prostataCancer de prostata
Cancer de prostata
 
Câncer de Mama uma visão mais objetiva do assunto.
Câncer de Mama uma visão mais objetiva do assunto.Câncer de Mama uma visão mais objetiva do assunto.
Câncer de Mama uma visão mais objetiva do assunto.
 

Destaque (20)

CÂNCER DE PRÓSTATA
CÂNCER DE PRÓSTATACÂNCER DE PRÓSTATA
CÂNCER DE PRÓSTATA
 
Saúde do homem e câncer de próstata
Saúde do homem e câncer de próstataSaúde do homem e câncer de próstata
Saúde do homem e câncer de próstata
 
Cancro da próstata
Cancro da próstataCancro da próstata
Cancro da próstata
 
BIÓPSIA DA PRÓSTATA
BIÓPSIA DA PRÓSTATABIÓPSIA DA PRÓSTATA
BIÓPSIA DA PRÓSTATA
 
Câncer de próstata
Câncer de próstataCâncer de próstata
Câncer de próstata
 
Cancêr De Próstata
Cancêr De PróstataCancêr De Próstata
Cancêr De Próstata
 
Cancer de próstata
Cancer de próstataCancer de próstata
Cancer de próstata
 
Cáncer de Próstata
Cáncer de PróstataCáncer de Próstata
Cáncer de Próstata
 
Cancer De Prostata
Cancer De ProstataCancer De Prostata
Cancer De Prostata
 
Cáncer de prostata
Cáncer de prostataCáncer de prostata
Cáncer de prostata
 
Cáncer de próstata
Cáncer de próstataCáncer de próstata
Cáncer de próstata
 
Câncer de próstata
Câncer de próstataCâncer de próstata
Câncer de próstata
 
Cancer de prostata
Cancer de prostataCancer de prostata
Cancer de prostata
 
Cancer da prostata
Cancer da prostataCancer da prostata
Cancer da prostata
 
Aula+01+teorias+de+adm+e+a+enfermagem
Aula+01+teorias+de+adm+e+a+enfermagemAula+01+teorias+de+adm+e+a+enfermagem
Aula+01+teorias+de+adm+e+a+enfermagem
 
Marketing Digital Caxias do Sul | UCS
Marketing Digital Caxias do Sul | UCSMarketing Digital Caxias do Sul | UCS
Marketing Digital Caxias do Sul | UCS
 
Diretrizes SBU - Câncer de Próstata
Diretrizes SBU - Câncer de PróstataDiretrizes SBU - Câncer de Próstata
Diretrizes SBU - Câncer de Próstata
 
Sobrafo 2009 cancer de prostata - carlos f pinto
Sobrafo 2009   cancer de prostata - carlos f pintoSobrafo 2009   cancer de prostata - carlos f pinto
Sobrafo 2009 cancer de prostata - carlos f pinto
 
Saúde do Homem
Saúde do HomemSaúde do Homem
Saúde do Homem
 
Cáncer de próstata
Cáncer de próstataCáncer de próstata
Cáncer de próstata
 

Semelhante a Cancer de prostata

Semelhante a Cancer de prostata (20)

Aula-Novembro-Azul-2022.pptx
Aula-Novembro-Azul-2022.pptxAula-Novembro-Azul-2022.pptx
Aula-Novembro-Azul-2022.pptx
 
3ª aula teórica de urologia hiperplasia prostática benigna - prof. rommel
3ª aula teórica de urologia   hiperplasia prostática benigna - prof. rommel3ª aula teórica de urologia   hiperplasia prostática benigna - prof. rommel
3ª aula teórica de urologia hiperplasia prostática benigna - prof. rommel
 
Cancer de próstata
Cancer de próstata Cancer de próstata
Cancer de próstata
 
antonio inacio ferraz-câncer de prostata
antonio inacio ferraz-câncer de prostataantonio inacio ferraz-câncer de prostata
antonio inacio ferraz-câncer de prostata
 
Câncer de próstata final
Câncer de próstata finalCâncer de próstata final
Câncer de próstata final
 
Pos Asco Tgu Novartis 2006
Pos Asco Tgu Novartis 2006Pos Asco Tgu Novartis 2006
Pos Asco Tgu Novartis 2006
 
cancer-de-prostata.pptx
cancer-de-prostata.pptxcancer-de-prostata.pptx
cancer-de-prostata.pptx
 
O QUE SE SABE DE PSA
O QUE SE SABE DE PSAO QUE SE SABE DE PSA
O QUE SE SABE DE PSA
 
Trabalho de biologia
Trabalho de biologiaTrabalho de biologia
Trabalho de biologia
 
Rastreamneto do cancer de prostata
Rastreamneto do cancer de prostata Rastreamneto do cancer de prostata
Rastreamneto do cancer de prostata
 
Novembro azul
Novembro azulNovembro azul
Novembro azul
 
Palestra_Novembro_Azul.ppt
Palestra_Novembro_Azul.pptPalestra_Novembro_Azul.ppt
Palestra_Novembro_Azul.ppt
 
Neoplasia de próstata 25.04.pdf
Neoplasia de próstata 25.04.pdfNeoplasia de próstata 25.04.pdf
Neoplasia de próstata 25.04.pdf
 
Psa
Psa Psa
Psa
 
Doenca metastatica
Doenca metastaticaDoenca metastatica
Doenca metastatica
 
Doenca metastatica
Doenca metastaticaDoenca metastatica
Doenca metastatica
 
Cartilha cancer prostata
Cartilha cancer prostataCartilha cancer prostata
Cartilha cancer prostata
 
Neoplasias em Transplante Renal: uma atualização
Neoplasias em Transplante Renal: uma atualizaçãoNeoplasias em Transplante Renal: uma atualização
Neoplasias em Transplante Renal: uma atualização
 
Cancer de próstata
Cancer de próstataCancer de próstata
Cancer de próstata
 
novembro azul.pptx
novembro azul.pptxnovembro azul.pptx
novembro azul.pptx
 

Cancer de prostata

  • 1. CÂNCER DE PRÓSTATA PROFESSOR: FRANCISCO MEDRADOS DISCIPLINA: SAÚDE DO ADULTO E DO IDOSO ALUNA: LORENA SERENITA TELLES – RA: 0050064804 Clarice Leite da Silva – RA: 0050061052 Juliana Baptista Rodrigues – RA: 0050066953 Rosana Caetano da Oliveira – RA: 0050080118 Ana Paula mendes – RA: 0000011883
  • 2. Objetivos • Conhecer o Câncer de Próstata. • Fatores de Risco. • Possíveis agravos. • Informações básicas. • PSA / Toque retal. • Sinais e Sintomas. • Conhecer as Intervenções de Enfermagem para o paciente de câncer de próstata. • Métodos Diagnósticos. • Tratamentos. • Efeitos do tratamento. • Acompanhamento. • Prevenção. • NHB afetadas. • Diagnostico de Enfermagem. • Prescrição de Enfermagem.
  • 3. INTRODUÇÃO • O que é câncer de próstata? R: É o tipo de câncer que ocorre na próstata: Grândola localizada abaixo da bexiga e que envolve a uretra, canal que liga a bexiga. • Tumor sólido mais frequente em homens. • 53.000 casos novos, 8.000 mortes ( Brasil, 2010). • 1 em cada 6 homens são acometidos. • Incidência aumentando. • 2ª maior causa de óbito. • Mudança da apresentação clínica. • Doença Ocidental.
  • 4. FATORES DE RISCO • Idade. • Hereditariedade. • Estilo de vida. • Raça. História familiar Risco (%) Nenhuma 8 Pai ou irmão 15 Pai /irmão <60 a 20 CaP hereditário 35-45
  • 5. PATOLOGIA • Adenocarcinoma acinar. • 70% Zona Periférica. • Tumor sólido, endurecido, branco- Amarelado. • Escala de Gleason ( 2-10). • Papel da Testosterona.
  • 6. RASTREAMENTO • Discutível. • Orientações SBU/ AUA: • 40 anos ( HF / raça negra) – TR + PSA. • 45 anos ( sem fatores de risco) – TR + PSA. • Após 50 anos: Acompanhamento anual – TR + PSA
  • 7. QUADRO CLÍNICO Sinais e sintomas: • Hematúria: Sangue na urina. • ASSINTOMÁTICO. • Disfunção miccional. • Invasão de órgãos adjacentes. • Hemospermia. • Fraturas patológicas. • Metastáses.
  • 8. PSA Diagnóstico: • Prostatic Specific Antigen, 1980. • Aumenta quando há ruptura de células prostáticas. • Condições benignas. • Ponto de corte. • Refinamentos. • Estadiamento. • Controle pós-tratamento. PSA CaP (%) <0,5 7 0,6-1,0 10 1,1-2,0 17 2,1-3,0 24 3,1-4,0 27
  • 9. DIAGNÓSTICO • Toque retal • Exame complementar. • Estadiamento.
  • 10. DIAGNÓSTICO • Biópsia Prostática por Ultrassom Transretal. • No mínimo, 12 fragmentos. • Indicações: • TR retal alterado. • PSA > 4,0. • PSA> 2,5 (< 55 a). • Velocidade PSA> 0,75/ano.
  • 11. ESTRATIFICAÇÃO DE RISCO BAIXO RISCO INTERMEDIÁRIO ALTO RISCO PSA <10 10-20 >20 GLEASON <6 7 >8 TOQUE RETAL <50% RESTRITO À PROSTATA INVADE OUTRAS ESTRUTURAS
  • 12. TRATAMENTO • Visando à cura: • Cirurgia ( Prostatectomia Radical). • Radioterapia. • Braquiterapia. • Visando o Controle: • Hormonioterapia. • Quimioterapia.
  • 13. TRATAMENTO • Estratégias de acompanhamento: • Vigilância ativa. • Observação.
  • 14. CIRURGIA • Retirada da Próstata, Vesículas Seminais, Ductos Deferentes e Gânglios Linfáticos. • Convencional /Aberta.
  • 17. HORMONIOTERAPIA • Castração ( Retirada da Testosterona): • Química. • Cirúrgica. QUIMIOTERAPIA • Casos refratários. • Metástases.
  • 18. EFEITOS DO TRATAMENTO • Incontinência Urinária. • Impotência Sexual.
  • 19. Prevenção • Vitamina E. • Licopeno. • Selênio. • Quimioprevenção.
  • 20. Quais são as NHB afetadas? • Eliminação e troca • Percepção / Cognição • Princípios de vida • Sexualidade • Segurança e proteção
  • 21. DIAGNÓSTICO DE ENFERMAGEM • Eliminação urinaria prejudicada • Deambulação prejudicada • Sentimento de impotência • Manutenção do lar prejudicada • Padrões de sexualidade ineficazes • Medo, ansiedade, tristeza crônica • Risco de queda • Risco de síndrome do estresse por mudança • Sentimento de pesar disfuncional
  • 22. PRESCRIÇÃO DE ENFERMAGEM • O profissional de enfermagem deve orientar o paciente como seus familiares a receber informações sobre as possíveis ocorrências após a cirurgia e sobre os cuidados que devem ser realizados em casa. Ter uma boa alimentação. • Consultas periódicas. Atividades físicas. • Incluindo lazer e princípios de vida com objetivo de proporcionar bem estar e tranquilidade mental, física e espiritual deste paciente.