GERENCIAMENTO INTEGRADO DE RESÍDUOS
SÓLIDOS URBANOS
Município de Bituruna – PR
Convênio: Universidade Federal de Viçosa
Au...
ESTUDOS PRELIMINARES
1- CARACTERIZAÇÃO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS
URBANOS GERADOS EM BITURUNA – PR
 
2- BALANÇO DE MASSA E REINT...
Composição Gravimétrica dos Resíduos Sólidos
Urbanos de Bituruna - PR
9,17Outros
0,53Madeira REJEITOS
15,22%
6,40Metais
0,...
Composição Gravimétrica do Município de
Bituruna - PR
56,49
15,22
28,29
Reciclaveis
Rejeitos
Materia Orgânica
PRODUÇÃO DE
LIXO 100%
4,73 t/dia
MATERIAIS
POTENCIALMENTE
RECICLÁVEIS
28,29%
1,34 t/dia
MATÉRIA ORGÂNCIA
56,49%
2,67 t/dia...
RECICLAGEM E COMPOSTAGEM COM ATERRO DE
REJEITOS
 
Sistema Comprometido com a Proteção Ambiental
Propicia a Economia de Ene...
Por ser uma solução de baixo custo se comparada a outros
processos que trazem benefícios para a saúde pública e ao ambient...
5.9 – CUSTO ESTIMADO DA UNIDADE
3.352,07Instalações Hidráulico-Sanitárias da administração/vestiário/deposito/ refeitório
...
Situação Atual - Bituruna - PR
Centro Administrativo - Bituruna - PR
Galpão de Recicláveis - Bituruna - PR
Mesa de Triagem - Bituruna - PR
Pátio de Compostagem - Bituruna - PR
Pátio de Maturação e Galpão Para
Composto Pronto - Bituruna - PR
Estação de Tratamento dos Efluentes
Líquidos - Bituruna - PR
Plano de Gerenciamento Integrado (PGIRS)
Solução para coleta diferenciada dos resíduos
Operação da Unidade de Triagem e Compostagem
Aterro sanitário de rejeitos
Aterro sanitário de rejeitos - Bituruna - PR
Aterro sanitário de rejeitos atual - Bituruna - PR
Aterro Sanitário Ampliação da Trincheira III – Módulo Final
LEI 11.445, de 05 de janeiro de
2007
Estabelece diretrizes nacionais para o
saneamento básico; altera as Leis nos
6.766, d...
Art. 7o  Para os efeitos desta Lei, o serviço público de
limpeza urbana e de manejo de resíduos sólidos urbanos é
composto...
UNIVERSIDADE DO
CONTESTADO
CAMPUS CANOINHAS
Presidência
(47) 3622-9978
batista@cni.unc.br
leoquadros@cni.unc.br
Bituruna
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Bituruna

423 visualizações

Publicada em

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
423
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Bituruna

  1. 1. GERENCIAMENTO INTEGRADO DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS Município de Bituruna – PR Convênio: Universidade Federal de Viçosa Autor do Projeto: João Tinôco Pereira Neto PhD. Ms. UFV. Coordenador: Luiz Cesar Batista Ms. UnC Responsável Técnico (Execução): Jozélia de Lima Ribas Engenheira Civil Leonardo Quadros Filho Gerente Projetos Janeiro de 2007
  2. 2. ESTUDOS PRELIMINARES 1- CARACTERIZAÇÃO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS GERADOS EM BITURUNA – PR   2- BALANÇO DE MASSA E REINTEGRAÇÃO AMBIENTAL  
  3. 3. Composição Gravimétrica dos Resíduos Sólidos Urbanos de Bituruna - PR 9,17Outros 0,53Madeira REJEITOS 15,22% 6,40Metais 0,58Couro 2,93Vidro 3,79Trapos 100,00100,00Total MAT. ORGÂNICA 56,49% 56,49Matéria orgânica 1,15Cerâmica 12,21Plástico 6,75Papel/Papelão MATERIAIS POTENCIALMENTE RECICLÁVEIS 28,29% %MATERIAL
  4. 4. Composição Gravimétrica do Município de Bituruna - PR 56,49 15,22 28,29 Reciclaveis Rejeitos Materia Orgânica
  5. 5. PRODUÇÃO DE LIXO 100% 4,73 t/dia MATERIAIS POTENCIALMENTE RECICLÁVEIS 28,29% 1,34 t/dia MATÉRIA ORGÂNCIA 56,49% 2,67 t/dia REJEITO DO LIXO BRUTO 15,22% 0,72 t/dia MATERIAIS RECICLÁVEIS 92% 1,23 t/dia REJEITOS DA RECICLAGEM 8% 0,11 t/dia REJEITO TOTAL (ATERRO DE REJEITOS) 23,26 % 1,1 t/dia REJEITO DA COMPOSTAGEM 10% 0,27 t/dia PERDAS NO PROCESSO DE COMPOSTAGEM 40 % 1,07 t/dia PRODUÇÃO DE COMPOSTO 50% 1,34 t/dia REINTEGRAÇÃO AMBIENTAL 76,95% 3,64 t/dia BITURUNA – PR BALANÇO DE MASSA DOS RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS População atendida: 8.212 hab Produção per capita de lixo: 0,576 kg/hab./dia
  6. 6. RECICLAGEM E COMPOSTAGEM COM ATERRO DE REJEITOS   Sistema Comprometido com a Proteção Ambiental Propicia a Economia de Energia e Recursos Naturais Proteção à Saúde Pública Cria Oportunidades de Trabalho e Renda Aumenta a Vida Útil da Área do Aterro (até 4 vezes) Recicla Resíduos Reintroduzindo-os no Processo Produtivo Porque os resíduos gerados apresentam elevado potencial de reintegração ambiental, em torno de 75% Para acabar com o lixão existente no município e suas conseqüências Por ser um sistema de tratamento, e não só de destinação final
  7. 7. Por ser uma solução de baixo custo se comparada a outros processos que trazem benefícios para a saúde pública e ao ambiente Por ser uma solução que suscitará no município várias outras atividades a exemplo de: - mobilização e participação da comunidade - implantação de projetos agregados ⇒ Geração de trabalho e renda ⇒ Inserção social dos catadores e familiares ⇒ Coleta seletiva ⇒ Horta comunitária ⇒ Horto florestal ⇒ Laboratório de ciências (UTC) ⇒ Oficina de reciclagem, entre outros.
  8. 8. 5.9 – CUSTO ESTIMADO DA UNIDADE 3.352,07Instalações Hidráulico-Sanitárias da administração/vestiário/deposito/ refeitório 88.700,50Total 2.998,89Instalações Elétricas Externas 6.600,00Equipamentos Eletromecânicos 24.323,47Galpão de Recepção, Triagem e Depósito de Recicláveis 25.017,82Administração/Vestiário/Depósito/Refeitório 4.378,93Instalações Hidráulico-Sanitárias da Área Externa 29.191,02Pátio de Compostagem e deposito de composto beneficiado 2.838,30Serviços Preliminares (Topografia, geologia, caracterização, projetos e taxas)
  9. 9. Situação Atual - Bituruna - PR
  10. 10. Centro Administrativo - Bituruna - PR
  11. 11. Galpão de Recicláveis - Bituruna - PR
  12. 12. Mesa de Triagem - Bituruna - PR
  13. 13. Pátio de Compostagem - Bituruna - PR
  14. 14. Pátio de Maturação e Galpão Para Composto Pronto - Bituruna - PR
  15. 15. Estação de Tratamento dos Efluentes Líquidos - Bituruna - PR
  16. 16. Plano de Gerenciamento Integrado (PGIRS)
  17. 17. Solução para coleta diferenciada dos resíduos
  18. 18. Operação da Unidade de Triagem e Compostagem
  19. 19. Aterro sanitário de rejeitos
  20. 20. Aterro sanitário de rejeitos - Bituruna - PR
  21. 21. Aterro sanitário de rejeitos atual - Bituruna - PR
  22. 22. Aterro Sanitário Ampliação da Trincheira III – Módulo Final
  23. 23. LEI 11.445, de 05 de janeiro de 2007 Estabelece diretrizes nacionais para o saneamento básico; altera as Leis nos 6.766, de 19 de dezembro de 1979, 8.036, de 11 de maio de 1990, 8.666, de 21 de junho de 1993, 8.987, de 13 de fevereiro de 1995; revoga a Lei no 6.528, de 11 de maio de 1978; e dá outras providências.
  24. 24. Art. 7o  Para os efeitos desta Lei, o serviço público de limpeza urbana e de manejo de resíduos sólidos urbanos é composto pelas seguintes atividades: I - de coleta, transbordo e transporte dos resíduos relacionados na alínea c do inciso I do caput do art. 3o desta Lei; II - de triagem para fins de reúso ou reciclagem, de tratamento, inclusive por compostagem, e de disposição final dos resíduos relacionados na alínea c do inciso I do caput do art. 3o desta Lei; III - de varrição, capina e poda de árvores em vias e logradouros públicos e outros eventuais serviços pertinentes à limpeza pública urbana.
  25. 25. UNIVERSIDADE DO CONTESTADO CAMPUS CANOINHAS Presidência (47) 3622-9978 batista@cni.unc.br leoquadros@cni.unc.br

×