Novos Rumos e Conquistas na CAESB, por Fernando Rodrigues Ferreira Leite, CAESB

2.149 visualizações

Publicada em

CAIS 2008 - Congresso em Celebração ao Ano Internacional do Saneamento; 5 de novembro de 2008; Renaissance São Paulo Hotel

Publicada em: Tecnologia, Negócios
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Novos Rumos e Conquistas na CAESB, por Fernando Rodrigues Ferreira Leite, CAESB

  1. 1. COMPANHIA DE SANEAMENTO AMBIENTAL DO DF - CAESB
  2. 2. CAIS – CONGRESSO DE CELEBRAÇÃO AO ANO INTERNACIONAL DO SANEAMENTO Painel: Rumo à Universalização pela Via da Sustentabilidade NOVOS RUMOS E CONQUISTAS NA CAESB Fernando Rodrigues Ferreira Leite Presidente da CAESB São Paulo – 05 novembro 2008
  3. 3. DF Brasília e 18 localidades 2,5 Milhões de habitantes CAESB – Área de atuação
  4. 4. A CAESB <ul><li>2.447 empregados </li></ul><ul><li>R$ 780 milhões/ano de faturamento </li></ul><ul><li>Lucro Acumulado 99/07 – R$ 200 milhões </li></ul><ul><li>Tarifa Média R$ 2,64/m3 </li></ul><ul><li>R$ 1.344 milhões de patrimônio </li></ul>AGO 2008
  5. 5. Sistema de Abastecimento de Água <ul><li>Nível de Atendimento: 99 % </li></ul><ul><li>População Atendida: 2,4 milhões </li></ul><ul><li>Produção: 7,2 m3/s </li></ul>
  6. 6. Sistema de Abastecimento de Água <ul><li>Reservação: 392 mil m3 </li></ul><ul><li>Redes 6.469 km </li></ul><ul><li>Ligações: 518 mil </li></ul>AGO 2008
  7. 7. Sistema de Esgotamento Sanitário <ul><li>Nível de Atendimento: 93 % </li></ul><ul><li>Pop. Atendida: 2,1 milhões </li></ul><ul><li>Ligações: 395 mil </li></ul>AGO 2008
  8. 8. <ul><li>Estações de Tratamento: 17 </li></ul><ul><li>Índice de Tratamento: 100 % </li></ul>Sistema de Esgotamento Sanitário
  9. 9. <ul><li>Índice de Hidrometração: 100 % </li></ul><ul><li>Índíce de Macromedição: 100 % </li></ul><ul><li>Índice de Perdas de Água: 29% </li></ul><ul><li>Índice de Perdas de Faturamento: 26 % </li></ul><ul><li>Evasão de Receita: 2,94% </li></ul>AGO 2008 Alguns Indicadores
  10. 10. EVOLUÇÃO DO NÚMERO DE LIGAÇÕES
  11. 11. EVOLUÇÃO DA RECEITA X ARRECADAÇÃO
  12. 12. EVOLUÇÃO LIGAÇÕES POR EMPREGADO
  13. 13. PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO 2008 - 2010 A NOVA CAESB NOVOS RUMOS NOVA CAESB GESTÃO DE PESSOAS GESTÃO DE PROCESSOS GESTÃO DO MERCADO
  14. 14. <ul><li>EDUCAÇÃO CORPORATIVA </li></ul><ul><li>GESTÃO DE PESSOAS </li></ul><ul><li>GESTÃO POR COMPETÊNCIA </li></ul><ul><li>REMUNERAÇÃO VARIÁVEL </li></ul>GESTÃO DE PESSOAS GESTÃO DO MERCADO GESTÃO DE PROCESSOS EIXOS ESTRUTURAIS ESTRATÉGICOS PROGRAMAS
  15. 15. <ul><li>PROGRAMA CAESB DE QUALIDADE </li></ul><ul><li>EFICIÊNCIA ADMINISTRATIVA </li></ul><ul><li>MODERNIZAÇÃO COMERCIAL </li></ul><ul><li>OTIMIZAÇÃO DA ESTRUTURA ORGANIZACIONAL </li></ul><ul><li>COMUNICAÇÃO INTERNA E EXTERNA </li></ul><ul><li>GESTÃO DE NEGÓCIOS DE TI </li></ul><ul><li>MODERNIZAÇÃO DA CONTROLADORIA / JURÍDICA </li></ul><ul><li>CONTRATO DE GESTÃO </li></ul>GESTÃO DE PESSOAS GESTÃO DO MERCADO GESTÃO DE PROCESSOS EIXOS ESTRUTURAIS ESTRATÉGICOS PROGRAMAS
  16. 16. GESTÃO DE PESSOAS GESTÃO DO MERCADO GESTÃO DE PROCESSOS EIXOS ESTRUTURAIS ESTRATÉGICOS PROGRAMAS <ul><li>RELACIONAMENTO COM O CLIENTE </li></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>ÁGUA EM TODA CASA </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>ÁGUA BOA </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>ÁGUA SEM FRONTEIRAS </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><li>NOVOS NEGÓCIOS </li></ul><ul><li>EXPANSÃO </li></ul>
  17. 17. <ul><li>REDUÇÃO E CONTROLE DE PERDAS </li></ul><ul><li>AUTOMAÇÃO </li></ul><ul><li>RECUPERAÇÃO E MODERNIZAÇÃO DE UOs </li></ul><ul><li>EXPANSÃO DOS SISTEMAS DE ÁGUA E ESGOTOS </li></ul><ul><li>EFICIENTIZAÇÃO ENERGÉTICA </li></ul>GESTÃO DA INFRA-ESTRUTURA GESTÃO DA RESPONSABILIDADE SÓCIO-AMBIENTAL GESTÃO FINANCEIRA EIXOS ESTRUTURAIS COMPLEMENTARES PROGRAMAS
  18. 18. PROGRAMAS GESTÃO DA INFRA-ESTRUTURA GESTÃO FINANCEIRA GESTÃO DA RESPONSABILIDADE SÓCIO-AMBIENTAL <ul><li>CAPTAÇÃO DE RECURSOS PARA INVESTIMENTOS </li></ul><ul><li>PROGRAMA DE REDUÇÃO DE DESPESAS </li></ul><ul><li>MERCADO DE CAPITAIS </li></ul><ul><li>ORÇAMENTO REAL </li></ul>EIXOS ESTRUTURAIS COMPLEMENTARES
  19. 19. PROGRAMAS <ul><li>CAESB DE RESPONSABILIDADE SOCIAL </li></ul><ul><li>EDUCAÇÃO AMBIENTAL </li></ul><ul><li>CAESB LEGAL </li></ul><ul><li>PROTEÇÃO DE PEQ. MANANCIAIS E CORPOS RECEPTORES </li></ul><ul><li>PROTEÇÃO DO SISTEMA DESCOBERTO </li></ul><ul><li>PROTEÇÃO DO SISTEMA SÃO BARTOLOMEU-CORUMBÁ </li></ul>GESTÃO DA INFRA-ESTRUTURA GESTÃO FINANCEIRA EIXOS ESTRUTURAIS COMPLEMENTARES GESTÃO DA RESPONSABILIDADE SÓCIO-AMBIENTAL
  20. 20. PRINCIPAIS DESAFIOS
  21. 21. <ul><li>Obras do PAC: R$ 241 milhões </li></ul><ul><li>Novos SAAs SESs – Por do Sol/Sol Nascente – V. Pires </li></ul><ul><li>Automação dos Sistemas de Água e Esgotos </li></ul><ul><li>Ações de Redução de Perdas de Água </li></ul><ul><li>Melhorias em ETEs – Destinação final de Lodos </li></ul><ul><li>Novos Sistemas Produtores de Água: R$ 543 milhões </li></ul><ul><li>Sistema São Bartolomeu/Paranoá </li></ul><ul><li>Sistema Bananal </li></ul><ul><li>Sistema Produtor de Corumbá Sul - SANEAGO </li></ul>Novos SAAs e SESs – Condomínios horizontais
  22. 22. Investimentos Realizados
  23. 23. PROGRAMA DE INVESTIMENTOS – 2008 – 2017 – R$ 2,66 bi
  24. 24. ESTIMATIVA DE CRESCIMENTO – Nº DE LIGAÇÕES
  25. 25. SANEAMENTO BÁSICO x MORTALIDADE INFANTIL
  26. 26. Muito Obrigado !! [email_address]

×