O digital e as novas formas  de , e  para , aprender Luis Borges Gouveia [email_address]  |  http://www.ufp.pt/~lmbg   Uni...
Ficará tudo igual com o digital? <ul><li>o digital assume-se como o máximo representante do potencial que advém do uso de ...
<ul><li>e-Learning aprendizagem de base electrónica </li></ul><ul><li>aproveitar as novas tecnologias multimédia e a Inter...
O tradicional... Modelo passivo Baseado em “lembrar” Baseado no indivíduo Centrado no professor Orientado ao objectivo Man...
Management of change An expression defining methods deployed by organisations to adapt to the new challenges posed by the ...
O novo... Partilha Colaboração Empreender Inovar SERÁ?
 
 
 
 
E-sociedade : questões A largura de banda (infraestrutura) canais de comunicação com alta capacidade, acesso fácil e baixo...
E-sociedade : desafios e-Acessibilidades  abrange os direitos e a capacidade de pessoas em utilizar e se adaptar ao uso de...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O digital e as novas formas de, e para, aprender

1.516 visualizações

Publicada em

Conferência ELES, 2004 Aveiro

Publicada em: Educação, Tecnologia
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.516
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
25
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O digital e as novas formas de, e para, aprender

  1. 1. O digital e as novas formas de , e para , aprender Luis Borges Gouveia [email_address] | http://www.ufp.pt/~lmbg Universidade Fernando Pessoa O digital e as novas formas de, e para,...
  2. 2. Ficará tudo igual com o digital? <ul><li>o digital assume-se como o máximo representante do potencial que advém do uso de computadores e redes </li></ul><ul><li>Constante da Sociedade de Informação e Conhecimento </li></ul><ul><ul><li>computadores e redes </li></ul></ul><ul><li>e o ensino superior? </li></ul><ul><ul><li>é também ele tomado por uma novo modo de representar e lidar com a realidade? </li></ul></ul><ul><li>a adopção de práticas baseadas ou influenciadas pelo digital afecta a forma como o indivíduo se apercebe do tempo e do espaço </li></ul><ul><ul><li>a aprendizagem e o próprio conhecimento são influenciados, afectando dessa forma dois dos aspectos mais essenciais da universidade. </li></ul></ul>O digital e as novas formas de, e para,...
  3. 3. <ul><li>e-Learning aprendizagem de base electrónica </li></ul><ul><li>aproveitar as novas tecnologias multimédia e a Internet para melhorar a qualidade de aprendizagem e facilitar o acesso a recursos e serviços, bem como a partilha, a troca remota e a colaboração </li></ul><ul><li>TICs (Tecnologias de Informação e Comunicação) </li></ul><ul><li>Literacia Digital </li></ul><ul><li>e o ensino? </li></ul><ul><li>e a motivação? </li></ul><ul><li>e a transição tradicional/digital? </li></ul><ul><li>e as instituições </li></ul>
  4. 4. O tradicional... Modelo passivo Baseado em “lembrar” Baseado no indivíduo Centrado no professor Orientado ao objectivo Mantido por mais de 400 anos, apenas com absorção de tecnologia
  5. 5. Management of change An expression defining methods deployed by organisations to adapt to the new challenges posed by the Information Society, as new organisational models emerge as a result of new learning systems and the central place allotted to information. Network learning learning in which information and communication technologies (ICTs) are used to promote connections: between one learner and other learners and tutors; between a learning community and its learning resources (Jones and Steeples 2001, in ‘Networked Learning: Perspectives and issues’). ODL (Open and distance learning) The possibility of learning at a distance, outside the classroom and with a high degree of autonomy, with the help of different systems, outstandingly e-learning. School Twinning The use of multimedia and exchange tools (e-mail, videoconference, joint web development…) to establish co-operation links between schools. Seniors gap Expression alluding to the fact that the elderly participate less in the Information Society. For example, the low numbers of elderly people with Internet connection compared to the population as a whole.
  6. 6. O novo... Partilha Colaboração Empreender Inovar SERÁ?
  7. 11. E-sociedade : questões A largura de banda (infraestrutura) canais de comunicação com alta capacidade, acesso fácil e baixo custo os direitos no digital Protecção de dados, direitos, liberdades e garantias Protecção intelectual e direitos de autor As competências e saberes básicos devem existir, devem ser ministrados, devem ser reforçados? Quais são? aprendizagem ao longo da vida (versus aprendizagem para toda a vida) “ Lifelong learning” quem paga? Quando é necessária? Como, onde e quando o fazer? Direitos dos indivíduos, direitos das instituições Mobilidade e universidade virtual … .
  8. 12. E-sociedade : desafios e-Acessibilidades abrange os direitos e a capacidade de pessoas em utilizar e se adaptar ao uso de sistemas e tecnologias &quot; on-line access ramps ” e-Comércio (comércio electrónico) a venda de bens e serviços em linha, com recurso a sistemas de base digital e-Inclusão (inclusão e cidadania) ultrapassar a divisão digital pelo desenvolvimento de esforços que minimizem a exclusão digital ou de informação por parte dos indivíduos Digital divide (inforicos e infopobres) risco que um indivíduo ou grupo social possui de ser excluído da sociedade da informação O genero e a tecnologia (gender gap) segregação da mulher em relação ao homem. Acorre na obtenção de especialidades tecnologicas, na oferta de emprego do sector e de serviços

×