Limpeza E..

3.375 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.375
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
149
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Limpeza E..

  1. 1. Geralmente um programa de higienização é constituído por duas fases: 1ª: Remoção de todo o tipo de sujidade agarrada às superfícies, objectos e utensílios 2ª:Desinfecção As superfícies, após a limpeza, devem ser secas com panos limpos e de utilização única A limpeza a seco, com varredura, deve ser evitada pois pode levar à propagação das poeiras e microrganismos por superfícies já higienizadas
  2. 2. Produtos Cada produto deverá ter uma ficha técnica, onde constem as especificações e cuidados a ter no manuseamento Devem ser escolhidos consoante o tipo de sujidade a remover, o material ou a superfície a que se destinam e o tempo de acção pretendido O doseamento dos produtos deve ser realizado segundo as indicações do fabricante do produto Subdosagem: poderá não Sobredosagem: difícil remoção e ser a suficiente para uma consequente contaminação limpeza ou desinfecção eficaz química dos alimentos
  3. 3. Produtos – Continuação Detergente Produto de limpeza, substância que elimina a sujidade Remoção dos Aplicação do Remoção com água resíduos sólidos detergente limpa Desinfectante Substância que elimina total ou parcialmente os microrganismos (m.o.) Quando a eliminação é parcial, só pode resultar um nível não prejudicial de m.o. para a saúde humana
  4. 4. Ficha de Limpeza Para cada tipo de equipamento, superfície ou utensílio deve existir uma ficha técnica de limpeza Deve constar Onde – local ou Controlo – equipamento onde se verificação visual e executa a limpeza análises Como – Quem – dosagem, método, executantes utensílios Quando – Cuidados especiais – periodicidade Instruções de Segurança
  5. 5. Verificação Devem ser implementados procedimentos de monitorização e verificação da higienização Se necessário, devem ser estabelecidas medidas correctivas Para a monitorização e verificação podem ser realizadas inspecções visuais, análises microbiológicas ou outras análises
  6. 6. Frequência UTENSÍLIOS E APARELHOS Dia Semana Mês Tábuas e superfícies de trabalho LeD Utensílios LeD Aparelhos de preparação LeD Máquinas de preparar carnes e facas eléctricas LeD Misturadores e Batedeiras LeD Fritadeiras L Banho-maria L Microondas, fornos e marmitas L L: limpar D: desinfectar
  7. 7. LOCAL DE PREPARAÇÃO Dia Semana Mês Pavimento L Paredes (zonas de trabalho) L Tectos L Janelas e peitoris L Portas L Puxadores de portas LeD Torneiras e cabos LeD Pias e lavabos LeD Caleiras de escoamento LeD Recipientes do lixo LeD Blocos de cozedura L Fornos L Exaustores L Grelhas L ( 3 em 3 meses) L: limpar D: desinfectar
  8. 8. LOCAIS DE ARMAZENAGEM Dia Semana Mês Pavimentos L Paredes L (3 em 3 meses) Prateleiras L (3 em 3 meses) Puxadores LeD Local de armazenagem do lixo LeD Escovas LeD Veículos de Transporte L Refrigeradores e armários L LeD frigoríficos Congeladores L (3 em 3 meses) L: limpar D: desinfectar
  9. 9. SALAS DE REFEIÇÕES Dia Semana Mês Mesas L Cadeiras L Pavimentos L Paredes L (3 em 3 meses) Portas e janelas L INSTALAÇÕES SANITÁRIAS Dia Semana Mês Retretes e urinóis LeD Torneiras e Puxadores LeD Lavabos LeD Vestiários L Paredes LeD Pavimentos LeD VESTUÁRIO E ACESSÓRIOS Dia Semana Mês Vestuário de Trabalho M Guardanapos e Toalhas M L: limpar D: desinfectar M: mudar

×