O Discurso do ReiO filme “O Discurso do Rei” é um filme britânico de 2010, escrito por David Seidler.que conta a história ...
gravar a própria voz para ouvi-la depois, exercícios de respiração, repetir travalínguas para o fortalecimento dos músculo...
O filme
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O filme

294 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
294
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O filme

  1. 1. O Discurso do ReiO filme “O Discurso do Rei” é um filme britânico de 2010, escrito por David Seidler.que conta a história baseada em fatos reais que se passou na década de 1930,período em que o rei Albert, George VI, pai da atual rainha Elizabet prepara-se paraassumir o trono. O Duque Albert, apelidado pela família por Bertie era canhoto ecom a severidade do pai, George V que era um ótimo orador, o obrigava a escrevercom a mão direita, as críticas da família, a zombaria por parte do irmão mais velho ea preferencia da babá com os seus irmãofez com que Bertie ficasse traumatizado ecom baixo estima.A gagueiraera adificuldade de se expressar e principalmente defalar em público era o seu problema. Bertiese sentia um caso perdido e achava quenão seria o bom rei para o povo, pois na época o Reino Unido passava por conflitosde guerra e precisava urgentemente de um líder para falar diretamente com o povodo seu reino, onde exatamente na época estava surgindo a monarquia moderna,com o uso da radiofônico, onde falaria para toda uma nação, porém, por conta dosproblemas de gagueira o rei não conseguia falar em público.A chave para a cura de sua gagueira não está em uma questão fisiológica, mas nostraumas de infância do menino reprimido.Por diversas vezes o rei procuroutratamento com os melhores médico e especialistas da Inglaterra para superar otranstorno, mais nenhum deles com sucesso. Com a ajuda da sua esposa Elizabeth,resolve mudar o foco e procurar o terapeuta Lionel Logue. Uma tarefa complicadapara o fonoaudiólogo Lionel (que não tinha formação médica, era apenas um atorque entendia do assunto),usa um tipo peculiar de tratamento e métodosextremamente excêntricos. Ao saber que precisa assumir, a contragosto, a coroareal no lugar de seu irmão Edward , que abdica do trono para viver uma aventuraamorosa tendo um país à beira de entrar numa nova guerra mundial, George se vêainda mais inseguro com relação a seu problema e se entrega ao tratamentoincomum do fonoaudiólogo Lionel Logue.Ao conversarem pela primeira vez, Lionel já estabelece que vai tratar seu o membroda realeza sem cordialidades, secretamente buscando uma intimidade entre os dois.Apenas dessa forma, com confiança e humildade, chegarão à evolução. No início opríncipe resiste à terapia subversiva, mas aos poucos, quando sente os primeirosfrutos desta terapêutica, vai cedendo e abrindo espaço para uma convivência maisíntima com Lionel.Seus exercícios e técnicas incomuns levam o rei a criar uma maiorautoestima e uma segurança nunca antes demonstradas. Os outros médicos que opríncipe havia procurado que fazia fumar cigarros para acalmar os nervos edarconfiança, inserir bolinhas de vidro na boca, técnica usada na Grécia antiga porDemostenes, e o mandava ler textos para fortalecer a articulação, bem diferentesdos métodos que Lionel Logue utiliza com o futuro rei, eram técnicas teatrais, quetrazem à tona a história do ator apaixonado por Shakespeare que, sem obtersucesso nos palcos, utiliza exercícios como ler poemas como fone nos ouvidos e
  2. 2. gravar a própria voz para ouvi-la depois, exercícios de respiração, repetir travalínguas para o fortalecimento dos músculos da mandíbula e a língua, rolar pelo chão,entre outras formas peculiares, porém algumas usadas até hoje.Percebe-se também que no filme, além do fato histórico, o tema evidentee sério,agagueira, um problema que atinge mais de 2 milhões de brasileiros. Esse é umtranstorno que dificulta a comunicação e forma de expressar, trazendo sériosproblemas. Assim como no filme, existem famílias que não sabem lhe dar com oproblema, podendo levar ao agravamento do transtorno.O filme mostrado teve um papel importante para a Fonoaudiologia no Brasil, além dedivulgar a profissão, mostra também a sua importância para o entendimento e acomunicação clara das pessoas. Mas, por outro lado, o filme mostra a falta de basecientífica e as constantes formas de “tentativas” ainda existem, em alguns casos nãose sabe a razão pela qual acontece, mais se sabe como tratar. O fonoaudiólogo,Lionel Logue, apesar de ser de dois séculos atrás e não ter a modernidade atual, elefez o principal: foi capaz de perceber o seu paciente, juntou a sabedoria com o afetoe usou palavras para libertar seu paciente e lhe devolver o prazer de viver e reinar,podendo se comunicar com o seu povo com pensamentos e sentimento, umexemplo para o mundo como um fonoaudiólogo pode e deve atuar.

×