Arte grega

4.279 visualizações

Publicada em

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.279
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2.045
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
117
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Arte grega

  1. 1. Arte GregaProf. Adriano
  2. 2.  Enquanto a arte egípcia é uma arteligada ao espírito, a arte grega liga-se àinteligência, pois os seus reis não eramdeuses, mas seres inteligentes e justosque se dedicavam ao bem-estar dopovo. A arte grega volta-se para o gozo davida presente. Contemplando a natureza,o artista se empolga pela vida e tenta,através da arte, exprimir suasmanifestações. Na sua constante busca da perfeição, oartista grego cria uma arte deelaboração intelectual em quepredominam o ritmo, o equilíbrio, aharmonia ideal. Eles tem como características: oracionalismo; amor pela beleza e ademocracia.
  3. 3.  As edificações que despertaram maior interesse são os templos. Acaracterística mais evidente dos templos gregos é a simetria entreo pórtico de entrada e o dos fundos. O templo era construídosobre uma base de três degraus. O degrau mais elevadochamava-se estilóbata e sobre ele eram erguidas as colunas. Ascolunas sustentavam um entablamento horizontal formado por trêspartes: a arquitrave, o friso e a cornija. As colunas e entablamentoeram construídos segundo os modelos da ordem dórica, jônica ecoríntia.
  4. 4.  • Ordem Dórica - era simples e maciça. O fuste da coluna eramonolítico e grosso. O capitel era uma almofada de pedra.Nascida do sentir do povo grego, nela se expressa o pensamento.Sendo a mais antiga das ordens arquitetônicas gregas, a ordemdórica, por sua simplicidade e severidade, empresta uma idéia desolidez e imponência
  5. 5.  • Ordem Jônica - representava a graça e o feminino. A colunaapresentava fuste mais delgado e não se firmava diretamente sobreo estilóbata, mas sobre uma base decorada. O capitel era formadopor duas espirais unidas por duas curvas. A ordem dórica traduz aforma do Iníciom e a ordem jônica traduz a forma da mulher.
  6. 6.  • Ordem Coríntia -o capitel eraformado comfolhas de acantoe quatro espiraissimétricas, muitousado no lugar docapitel jônico, deum modo a variare enriqueceraquela ordem.Sugere luxo eostentação.
  7. 7.  Os principais monumentos da arquitetura grega: • Templos, dos quais o mais importante é o Partenon de Atenas. NaAcrópole, também, se encontram as Cariátides Inícionageavam as mulheres deCária. • Teatros, que eram construídos em lugares abertos (encosta) e que compunhamde três partes: a skene ou cena, para os atores; a konistra ou orquestra, para o coro;o koilon ou arquibancada, para os espectadores. Um exemplo típico é o Teatro deEpidauro, construído, no séc. IV a.C., ao ar livre, composto por 55 degraus divididosem duas ordens e calculados de acordo com uma inclinação perfeita. Chegava aacomodar cerca de 14.000 espectadores e tornou-se famoso por sua acústicaperfeita. • Ginásios, edifícios destinados à cultura física. • Praça - Ágora onde os gregos se reuniam para discutir os mais variadosassuntos, entre eles; filosofia.
  8. 8.  A pintura grega encontra-se na arte cerâmica. Os vasos gregos sãotambém conhecidos não só pelo equilíbrio de sua forma, mas tambémpela harmonia entre o desenho, as cores e o espaço utilizado para aornamentação. Além de servir para rituais religiosos, esses vasos eramusados para armazenar, entre outras coisas, água, vinho, azeite emantimentos. Por isso, a sua forma correspondia à função para que eramdestinados:• Ânfora - vasilha em forma de coração, com o gargalo largo ornado comduas asas;• Hidra - (derivado de ydor, água) tinha três asas, uma vertical parasegurar enquanto corria a água e duas para levantar;• Cratera - tinha a boca muito larga, com o corpo em forma de um sinoinvertido, servia para misturar água com o vinho (os gregos nunca bebiamvinho puro), etc.
  9. 9.  As pinturas dos vasos representavam pessoas em suasatividades diárias e cenas da mitologia grega. O maiorpintor de figuras negras foi Exéquias.A pintura grega se divide em três grupos:• figuras negras sobre o fundo vermelho• figuras vermelhas sobre o fundo negro• figuras vermelhas sobre o fundo branco
  10. 10.  A estatuária grega representa os mais altos padrões jáatingidos pelo Iníciom. Na escultura, o antropomorfismo- esculturas de formas humanas - foi insuperável. Asestátuas adquiriram, além do equilíbrio e perfeição dasformas, o movimento.No Período Arcaico os gregos começaram a esculpir,em mármores, grandes figuras de Inícions.Primeiramente aparecem esculturas simétricas, emrigorosa posição frontal, com o peso do corpoigualmente distribuído sobre as duas pernas. Esse tipode estátua é chamado Kouros (palavra grega: Iníciomjovem).
  11. 11.  Kleóbis e Bíton, kouroi doperíodo Arcaico, ca. 580a.C. Museu Arqueológicode Delfos.
  12. 12.  Koré de Keratea (ou Koré de Berlim), ca. 570-560 a.C.Encontrada em um cemitério perto de Atenas, esta é uma dasestátuas femininas arcaicas mais antigas encontradas até hoje.Esta koré veste um “peplo”, traje tradicional ateniense, e ummanto. Segura uma romã na mão direita, e provavelmenterepresenta Perséfone, filha de Deméter, que foi raptada porHades, deus do submundo, e forçada a retornar ao submundocomo sua esposa três meses por ano, por ter comido três bagosde romã, quando lá estivera. A estátua foi encontradaenterrada, cuidadosamente protegida por uma espécie defolha de chumbo.
  13. 13. As estátuas de Kouros dominam o período arcaico da arte grega. Todas asestátuas de Kouroi (rapazes) e Korai (garotas) representam indivíduospatrocinados pela cidade ou foram concebidos como decoração de edifíciosreligiosos, ou ainda como lembretes imortais das virtudes de um defunto.Entretanto, o caráter profano e secular começa a aflorar na cultura e na artegrega arcaicas, de forma sutil, por exemplo, na assinatura do artista e do patronoda obra que aparecem em algumas esculturas, e também na maneira como asvirtudes pessoais de indivíduos ricos tornam-se um tema subjacente nas estátuasde templos e santuários.Formalmente as estátuas de Kouros seguem uma fórmula escultural que divide ocorpo humano em partes geométricas proporcionalmente harmônicas. Aestilização da figura em planos diferentes, junto com as poses rígidas, permitemao escultor recriar mais facilmente a figura humana, uma vez que ele deveapenas seguir uma fórmula tradicionalmente estabelecida a fim de representaras diferentes partes que compõem a figura humana.
  14. 14.  No Período Clássico passou-se a procurar movimentonas estátuas, para isto, se começou a usar o bronze queera mais resistente do que o mármore, podendo fixar omovimento sem se quebrar. Surge o nu feminino, pois noperíodo arcaico, as figuras de mulher eram esculpidassempre vestidas. consequentemente, os olhos e a boca apresentamproporções e colocações apropriadas. A massa muscular não é mais maciça, e sim distribuídaharmoniosamente na estrutura corpórea. Os ombros sealargam e se arredondam; o busto mais largo exprimepoder.
  15. 15.  A arcada epigástrica torna-se mais arqueada.Os joelhos se afinam e as proporções do corpotornam-se mais delgadas. O material mais usado pela arte severa foi obronze: as figuras eram em primeiro lugarmodeladas com argila e depois revestidas comuma camada de cera, que era novamenterecoberta de argila para criar o molde ondeera derramado o bronze fundido (a chamadatécnica de fusão com cera perdida). Uma das estátuas mais célebres deste período éo Efebo ou garoto de Kritios.
  16. 16.  Mestre da "Exaltação da flor",fragmento de estela funerária.Duas mulheres, usando peplose kekryphalos (redes decabelo), seguram flores depapoula ou romã, e talvez umsaquinho de sementes.Mármore de Paros, feito emPharsalos, Tessália, ca. 470-460aC. Estilo severo.
  17. 17.  Período Helenístico podemos observar o crescentenaturalismo: os seres humanos não eram representadosapenas de acordo com a idade e apersonalidade, mas também segundo as emoções e oestado de espírito de um momento. O grande desafio ea grande conquista da escultura do período helenísticofoi a representação não de uma figura apenas, mas degrupos de figuras que mantivessem a sugestão demobilidade e fossem bonitos de todos os ângulos quepudessem ser observados.
  18. 18. Diadúmeno de Policleto, MuseuArqueológico Nacional deAtenas, original de ca. 430a.C., 1,86Doríforo de Policleto, cópia emmármore do original(provavelmente de bronze) de ca.445 a.C., 2,12 m.
  19. 19.  iscóbulo deMíron, cópia romanaem mármore originalem bronze de ca. 455a.C.
  20. 20.  “O Soldado Gálata e sua Mulher” (cópia romana, o original gregose perdeu e data do século IIIa.C.)

×