SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 22
Baixar para ler offline
MUSICALIZAÇÃO
Formação de Arte para RMDs - 24/04/2014
Lismara de Oliveira – Coordenação de Arte
Carlos Borges – Músico
PERCUSSÃO CORPORAL
https://www.youtube.com/watch?v=x0S5CzbcOLA
DIRETRIZES MUNICIPAIS DE EDUCAÇÃO
 “... O ensino da Arte tem como função
principal promover o acesso a este
conhecimento, por meio das diversas
manifestações artísticas, bem como promover
a sua produção através de estruturas artísticas
realizadas pelas crianças, adolescentes e
adultos, a partir das diferentes linguagens da
Arte: Artes Visuais, Dança, Música e Teatro.
Compreende-se que na escola, não deve haver
a intenção de formar artistas, mas ensinar arte
e proporcionar que os alunos a conheçam,
apreciem e possam fruir.”
PROPOSTATRIANGULAR
contextualizar
apreciar
fazer
MÚSICA
“A Música tem como objeto de estudo o som . Além dos elementos
estruturais do som, ou seja, altura, timbre, duração e intensidade, é
fundamental perceber o processo de criação em música como um elemento a
ser contextualizado historicamente pelo professor.
Estudar as composições produzidas regional, nacional e internacionalmente,
incluindo as veiculadas no mercado, possibilita ao aluno subsídios
importantes para o processo de criação e apreciação musical.
É importante que os alunos participem como ouvintes, intérpretes,
compositores e improvisadores, (...) valorizando a música enquanto
linguagem expressiva que se inscreve no tempo e na história.”
PERCUSSÃO CORPORAL
A percussão corporal utiliza o corpo humano como fonte sonora, com amplas
possibilidades de timbres. Combinando sons do corpo como palmas de mãos, estalos
de dedos e batidas no peito já é possível tocar uma infinidade de ritmos.
Grupos que utilizam a percussão corporal:
• Barbatuques ;
• Mayumana;
• Bobby McFerrin;
• Stomp;
• Palavra Cantada;
BARBATUQUES
Barbatuques é um grupo brasileiro de
percussão corporal.
Criado em 1995 pelo músico paulistano
Fernando Barba , o Barbatuques é
formado por 15 integrantes que
propõem fazer música a partir do
batuque com o próprio corpo, como
palmas, batidas no peito, estalos com
os dedos e a boca, assobios e
sapateados, resultando ritmos
do samba ao rap.
Além disso, mostra o resultado da
coletividade e da brasilidade como
tema.
http://barbatuques.com.br/pt/
https://www.youtube.com/watch?v=pFaWQhzaBJw
Exercício:
https://www.youtube.com/watch?v=Za5-W5jJp_U
MAYUAMA
O grupo foi fundado em 1996 por dois
percussionistas, Eylon Nuphar e Boaz
Berman, com o objetivo de criar um
espetáculo rítmico no qual pudessem
combinar elementos provenientes das
mais variadas artes.
Sendo constituído atualmente por
membros de diferentes culturas e países,
o grupo Mayumana procura transformar
cada pessoa numa performance e cada
indivíduo num grupo, preservando a
contribuição criativa de cada elemento
na concepção do espetáculo.
https://www.youtube.com/watch?v=WSF_mCGh3DY
BOBBY MCFERRIN
Bobby McFerrin, é um cantor com
forte influência de jazz.
Gravou vários clássicos do Jazz e da
música erudita, além de outros
gêneros. Fez grande sucesso sua
canção "Don't Worry, Be Happy", de
1988, ano em que venceu um
Grammy.
https://www.youtube.com/watch?v=81uJZIF9TCs
STOMP
Stomp é um famoso grupo de
percussão que faz musica com
variados objetos do lixo e também
se utiliza da dança e da
dramatização de filmes em seus
espetáculos.
Seus integrantes usam o corpo e
objetos comuns para
criar performances teatrais
físicas percussivas.
A palavra stomp pode se referir a um
subgênero distinto de teatro físico,
onde o corpo incorpora-se a outros
objetos como meio de produzir
percussão e movimento que ecoa as
danças tribais.
https://www.youtube.com/watch?v=Zu15Ou-jKM0&list=RDZu15Ou-
jKM0#t=0
PALAVRA CANTADA
Palavra Cantada é uma dupla musical
que tem suas músicas voltada ao
público infantil. É composta pelos
músicos Paulo Tatit e Sandra Peres e
foi formada em 1994.
É caracterizado por canções infantis
de linhas marcantes, que prezam pela
elaboração das letras, arranjos e
gravações, com uma poética sensível
e respeito à inteligência das crianças
https://www.youtube.com/watch?v=fFo1i8EIS74
O musical foi inspirado no conto ”Os Músicos de Bremen” recolhido pelos Irmãos
Grimm e adaptado por Sergio Bardotti como uma alegoria política, na qual o
Burro representaria os trabalhadores do campo; a galinha, a classe operária; o
cachorro, os militares e a gata, os artistas.
O barão, inimigo dos animais, é a personificação da elite, ou dos "detentores do
meio de produção".
Essa obra originou o disco “Os Saltimbancos”, lançado em 1977, com
participações de Nara Leão, MPB-4 e Chico Buarque.
ALTURA
É a frequência de emissão do som:
 Quanto maior a frequência, mais agudo é o som; (som de flauta)
 Quanto mais baixa a frequência, mais grave é som. (som de trombone)
Atividade:
1- Use a brincadeira do morto e vivo para explorar graves e agudos. Em vez de fazer a
brincadeira falada, use dois instrumentos (um grave e um agudo). O som mais grave
significará “morto”, enquanto o mais agudo, “vivo”.
TIMBRE
Timbre é a característica do som que nos possibilita diferenciar a voz de cada
pessoa, animal, instrumento ou qualquer coisa que emita um som
É por meio do timbre que reconhecemos o som de cada instrumento.
Ex: som de elefante, som de gato, voz de homem, voz de mulher, música da
gata cantada por várias intérpretes.
Atividade:
2- Jogo da memória auditiva:
Esse jogo pode ser brincado em duplas ou pequenos grupos. Os alunos
devem formar pares de acordo com o som . Vocês vão precisar de alguns
potinhos iguais que não sejam transparentes. Prepare-os com seus alunos,
cuidando para que cada pote do par tenha as mesmas quantidades de recheio
(arroz, feijão, milho, areia, água, etc).
DURAÇÃO
Refere-se a sons curtos, médios e longos que se alternam de maneira harmoniosa
na música. Na maior parte dos instrumentos musicais a duração do som depende
do modo como são manuseados.
Ex: música do esconde-esconde.
Atividade:
3- Sonorize os cabelos de cada aluno. Compare a duração dos sons com o
comprimento dos cabelos dos alunos. Deslize suas mãos pelos cabelos de cada
criança inventando um som para cada cabelo-um som engraçado, para ser mais
divertido.
Ao comparar os diferentes comprimentos, os alunos se conscientizam que nem
todos os curtos, médios e longos são idênticos-assim como acontece com a
duração dos sons.
INTENSIDADE
Em música, a intensidade diz respeito à intenção expressiva do autor ou do
intérprete, indicando se o som é mais forte ou fraco.
A intensidade está relacionada à dinâmica que vai determinar os trechos que
devem ser executados com maior ou menos força, crescendo ou diminuindo.
Ex: música da gata.
Atividade:
4- Jogo do A:
Anote as sequências numa folha de papel e distribua-as no chão da sala.
São sinais que representam a altura do som musical. Apesar de serem inúmeros os
sons empregados na música, para representá-los bastam apenas sete notas:
DÓ – RÉ – MI – FÁ – SOL – LÁ – SI
NOTAS MUSICAIS
DOrme a cidade
REsta um coração
MIsterioso
FAz uma ilusão
SOLetra um verso
LÁ na melodia
SIngelamente
DOlorosamente
DOce a música
SIlenciosa
LArga o meu peito
SOLta-se no espaço
FAz-se certeza
MInha canção
RÉstia de luz onde
DOrme o meu irmão
MINHA CANÇÃO
Chico Buarque/Enriquez/Bardotti
CHICO BUARQUE
Chico Buarque de Holanda (1944-) é músico, dramaturgo e escritor brasileiro. Revelou-se ao
público quando ganhou com a música "A Banda", interpretada por Nara Leão, o primeiro
Festival de Música Popular Brasileira.
Chico logo conquistou reconhecimento de críticos e público. Fez parceria com compositores e
intérpretes de grande destaque, entre eles, Vinícius de Moraes, Tom Jobim, Toquinho, Milton
Nascimento, Caetano Veloso, Edu Lobo e Francis Hime.
Mais biografia: http://www.e-biografias.net/chico_buarque/
Referências:
http://www.barbatuques.com.br
http://www.stomponline.com/
http://www.mayumana.com/
http://www.palavracantada.com.br/
https://www.youtube.com/watch?v=81uJZIF9TCs Bobby McFerrin
Música – Soluções para dez desafios do professor
Ana Elisa Medeiros
Editora Ática

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Em guia de estudo de Educação Musical
Em guia de estudo de Educação MusicalEm guia de estudo de Educação Musical
Em guia de estudo de Educação MusicalFátima Rocha
 
1254243394 aulas expressão musical e corporal
1254243394 aulas expressão musical e corporal1254243394 aulas expressão musical e corporal
1254243394 aulas expressão musical e corporalanadtavaresngktime
 
Plano de aula de fabiane viana dantas educação musical
Plano de aula de fabiane viana dantas   educação musicalPlano de aula de fabiane viana dantas   educação musical
Plano de aula de fabiane viana dantas educação musicalfabianedantas
 
Os sons do corpo
Os sons do corpoOs sons do corpo
Os sons do corpomonicigomes
 
A criança e a música
A criança e a músicaA criança e a música
A criança e a músicaRita Otoni
 
Brinquedos Cantados fundamentos
Brinquedos Cantados fundamentosBrinquedos Cantados fundamentos
Brinquedos Cantados fundamentossilvia gomes
 
Apostila musica ef 06
Apostila musica ef 06Apostila musica ef 06
Apostila musica ef 06Elvis Live
 
Musicalização apostila de teoria musical
Musicalização apostila de teoria musicalMusicalização apostila de teoria musical
Musicalização apostila de teoria musicalFernando Santos
 
Foi na loja do Mestre André
Foi na loja do Mestre AndréFoi na loja do Mestre André
Foi na loja do Mestre AndréProfessora Cida
 
Plano de aula franciela moises
Plano de aula franciela moisesPlano de aula franciela moises
Plano de aula franciela moisesFranciela Araújo
 
Apostila musica ef 08
Apostila musica ef 08Apostila musica ef 08
Apostila musica ef 08Elvis Live
 
A musica na educacao infantil 01
A musica na educacao infantil 01A musica na educacao infantil 01
A musica na educacao infantil 01Elvis Live
 
Apostila musica ef 09
Apostila musica ef 09Apostila musica ef 09
Apostila musica ef 09Elvis Live
 
Apostila de musicalizacao
Apostila de musicalizacao Apostila de musicalizacao
Apostila de musicalizacao Cristina Zoya
 

Mais procurados (19)

Em guia de estudo de Educação Musical
Em guia de estudo de Educação MusicalEm guia de estudo de Educação Musical
Em guia de estudo de Educação Musical
 
Planificação
PlanificaçãoPlanificação
Planificação
 
1254243394 aulas expressão musical e corporal
1254243394 aulas expressão musical e corporal1254243394 aulas expressão musical e corporal
1254243394 aulas expressão musical e corporal
 
Plano de aula de fabiane viana dantas educação musical
Plano de aula de fabiane viana dantas   educação musicalPlano de aula de fabiane viana dantas   educação musical
Plano de aula de fabiane viana dantas educação musical
 
Os sons do corpo
Os sons do corpoOs sons do corpo
Os sons do corpo
 
Jogos E Brincadeiras Musicais
Jogos E Brincadeiras MusicaisJogos E Brincadeiras Musicais
Jogos E Brincadeiras Musicais
 
Bases de musica
Bases de musicaBases de musica
Bases de musica
 
A criança e a música
A criança e a músicaA criança e a música
A criança e a música
 
Brinquedos Cantados fundamentos
Brinquedos Cantados fundamentosBrinquedos Cantados fundamentos
Brinquedos Cantados fundamentos
 
Apostila musica ef 06
Apostila musica ef 06Apostila musica ef 06
Apostila musica ef 06
 
Musicalização apostila de teoria musical
Musicalização apostila de teoria musicalMusicalização apostila de teoria musical
Musicalização apostila de teoria musical
 
Foi na loja do Mestre André
Foi na loja do Mestre AndréFoi na loja do Mestre André
Foi na loja do Mestre André
 
Plano de aula franciela moises
Plano de aula franciela moisesPlano de aula franciela moises
Plano de aula franciela moises
 
Apostila musica ef 08
Apostila musica ef 08Apostila musica ef 08
Apostila musica ef 08
 
A musica na educacao infantil 01
A musica na educacao infantil 01A musica na educacao infantil 01
A musica na educacao infantil 01
 
Cartemas
CartemasCartemas
Cartemas
 
5. Som e música
5. Som e música5. Som e música
5. Som e música
 
Apostila musica ef 09
Apostila musica ef 09Apostila musica ef 09
Apostila musica ef 09
 
Apostila de musicalizacao
Apostila de musicalizacao Apostila de musicalizacao
Apostila de musicalizacao
 

Destaque (20)

Som, Ritmo e Movimento 2015
Som, Ritmo e Movimento 2015Som, Ritmo e Movimento 2015
Som, Ritmo e Movimento 2015
 
Efeito percussão e cordas
Efeito percussão e cordasEfeito percussão e cordas
Efeito percussão e cordas
 
Educação musical
Educação musicalEducação musical
Educação musical
 
Catalogo
CatalogoCatalogo
Catalogo
 
LOS CAMPOS DE LA PSICOLOGIA
LOS CAMPOS DE LA PSICOLOGIA LOS CAMPOS DE LA PSICOLOGIA
LOS CAMPOS DE LA PSICOLOGIA
 
Edu_musical6_testes_1
Edu_musical6_testes_1Edu_musical6_testes_1
Edu_musical6_testes_1
 
Membranofones no mundo
Membranofones no mundoMembranofones no mundo
Membranofones no mundo
 
Propriedades do som
Propriedades do somPropriedades do som
Propriedades do som
 
Membranofones em Portugal
Membranofones em PortugalMembranofones em Portugal
Membranofones em Portugal
 
Arte Postal na Educação Infantil
Arte Postal na Educação InfantilArte Postal na Educação Infantil
Arte Postal na Educação Infantil
 
Aula Introdutória sobre Ritmo
Aula Introdutória sobre RitmoAula Introdutória sobre Ritmo
Aula Introdutória sobre Ritmo
 
Musicalização Infantil no CEI
Musicalização Infantil no CEIMusicalização Infantil no CEI
Musicalização Infantil no CEI
 
Cordofones no mundo
Cordofones no mundoCordofones no mundo
Cordofones no mundo
 
Diretrizes Curriculares de Teresina
Diretrizes Curriculares de TeresinaDiretrizes Curriculares de Teresina
Diretrizes Curriculares de Teresina
 
Pozzoli
PozzoliPozzoli
Pozzoli
 
Leitura da obra Guernica
Leitura da obra GuernicaLeitura da obra Guernica
Leitura da obra Guernica
 
Apostila atabaques
Apostila atabaquesApostila atabaques
Apostila atabaques
 
Revista musica educacao_basica 3
Revista musica educacao_basica 3Revista musica educacao_basica 3
Revista musica educacao_basica 3
 
As propriedades do som
As propriedades do somAs propriedades do som
As propriedades do som
 
Cubismo
CubismoCubismo
Cubismo
 

Semelhante a Musicalização: Percussão corporal e grupos

Plano de trabalho series iniciais artes
Plano de trabalho series iniciais artesPlano de trabalho series iniciais artes
Plano de trabalho series iniciais artesPatricia Storch
 
Música: Compor e Interpretar
Música: Compor e InterpretarMúsica: Compor e Interpretar
Música: Compor e InterpretarLeonardo Soares
 
4 planejamento julho e agosto de 2018
4 planejamento julho e agosto de 2018 4 planejamento julho e agosto de 2018
4 planejamento julho e agosto de 2018 SimoneHelenDrumond
 
Trabalhos Espaciais Manuais Release
Trabalhos Espaciais Manuais ReleaseTrabalhos Espaciais Manuais Release
Trabalhos Espaciais Manuais ReleaseJoao Pedro Cé
 
Projeto mais um bamba ademir e convidados
Projeto mais um bamba ademir e convidadosProjeto mais um bamba ademir e convidados
Projeto mais um bamba ademir e convidadosAdemir da Silva
 
Musica na educação infantil teca alencar brito
Musica na educação infantil  teca alencar britoMusica na educação infantil  teca alencar brito
Musica na educação infantil teca alencar britoPathy Davies
 
Projeto mais um bamba ademir
Projeto mais um bamba ademirProjeto mais um bamba ademir
Projeto mais um bamba ademirAdemir da Silva
 
Release interativo tiago rubens pt
Release interativo tiago rubens ptRelease interativo tiago rubens pt
Release interativo tiago rubens ptTiago Rubens
 
PORTFÓLIO PALAVRA CANTADA - 2014 (PARTE II)
PORTFÓLIO PALAVRA CANTADA - 2014 (PARTE II)PORTFÓLIO PALAVRA CANTADA - 2014 (PARTE II)
PORTFÓLIO PALAVRA CANTADA - 2014 (PARTE II)Izabel Sampaio
 
Arte 1º ao 5ºano
Arte   1º ao 5ºanoArte   1º ao 5ºano
Arte 1º ao 5ºanoterezamaciel
 
Entrevista com Elieth leal d’araujo (lia mara)
Entrevista com Elieth leal d’araujo (lia mara)Entrevista com Elieth leal d’araujo (lia mara)
Entrevista com Elieth leal d’araujo (lia mara)cris1macedo
 
PercepçãO E DiscriminaçãO Auditiva
PercepçãO E DiscriminaçãO AuditivaPercepçãO E DiscriminaçãO Auditiva
PercepçãO E DiscriminaçãO AuditivaHOME
 
Apresentação 1.pdf
Apresentação 1.pdfApresentação 1.pdf
Apresentação 1.pdfhevellin1
 

Semelhante a Musicalização: Percussão corporal e grupos (20)

Plano de trabalho series iniciais artes
Plano de trabalho series iniciais artesPlano de trabalho series iniciais artes
Plano de trabalho series iniciais artes
 
Sesc mpb 2013
Sesc mpb 2013Sesc mpb 2013
Sesc mpb 2013
 
Música: Compor e Interpretar
Música: Compor e InterpretarMúsica: Compor e Interpretar
Música: Compor e Interpretar
 
4 planejamento julho e agosto de 2018
4 planejamento julho e agosto de 2018 4 planejamento julho e agosto de 2018
4 planejamento julho e agosto de 2018
 
MúSica 2º Ciclo
MúSica 2º CicloMúSica 2º Ciclo
MúSica 2º Ciclo
 
Trabalhos Espaciais Manuais Release
Trabalhos Espaciais Manuais ReleaseTrabalhos Espaciais Manuais Release
Trabalhos Espaciais Manuais Release
 
Danca anos finais2
Danca anos finais2Danca anos finais2
Danca anos finais2
 
Projeto mais um bamba ademir e convidados
Projeto mais um bamba ademir e convidadosProjeto mais um bamba ademir e convidados
Projeto mais um bamba ademir e convidados
 
Musica na educação infantil teca alencar brito
Musica na educação infantil  teca alencar britoMusica na educação infantil  teca alencar brito
Musica na educação infantil teca alencar brito
 
Projeto mais um bamba ademir
Projeto mais um bamba ademirProjeto mais um bamba ademir
Projeto mais um bamba ademir
 
Música na escola htpc
Música na escola  htpcMúsica na escola  htpc
Música na escola htpc
 
Release interativo tiago rubens pt
Release interativo tiago rubens ptRelease interativo tiago rubens pt
Release interativo tiago rubens pt
 
PORTFÓLIO PALAVRA CANTADA - 2014 (PARTE II)
PORTFÓLIO PALAVRA CANTADA - 2014 (PARTE II)PORTFÓLIO PALAVRA CANTADA - 2014 (PARTE II)
PORTFÓLIO PALAVRA CANTADA - 2014 (PARTE II)
 
Arte 1º ao 5ºano
Arte   1º ao 5ºanoArte   1º ao 5ºano
Arte 1º ao 5ºano
 
Artes
Artes Artes
Artes
 
Gêneros musicais
Gêneros musicaisGêneros musicais
Gêneros musicais
 
Entrevista com Elieth leal d’araujo (lia mara)
Entrevista com Elieth leal d’araujo (lia mara)Entrevista com Elieth leal d’araujo (lia mara)
Entrevista com Elieth leal d’araujo (lia mara)
 
PercepçãO E DiscriminaçãO Auditiva
PercepçãO E DiscriminaçãO AuditivaPercepçãO E DiscriminaçãO Auditiva
PercepçãO E DiscriminaçãO Auditiva
 
CADERNO_2_FINAL_NET.pdf
CADERNO_2_FINAL_NET.pdfCADERNO_2_FINAL_NET.pdf
CADERNO_2_FINAL_NET.pdf
 
Apresentação 1.pdf
Apresentação 1.pdfApresentação 1.pdf
Apresentação 1.pdf
 

Mais de Lismara de Oliveira (17)

Escolinha do mar
Escolinha do marEscolinha do mar
Escolinha do mar
 
Livro a casa sonolenta - ed infantil
Livro   a casa sonolenta - ed infantilLivro   a casa sonolenta - ed infantil
Livro a casa sonolenta - ed infantil
 
Formacao Anos Finais Abril 2014
Formacao Anos Finais Abril 2014Formacao Anos Finais Abril 2014
Formacao Anos Finais Abril 2014
 
Planejamento único
Planejamento únicoPlanejamento único
Planejamento único
 
Cores - Formação para RMDs dia 20/03/2014
Cores - Formação para RMDs dia 20/03/2014Cores - Formação para RMDs dia 20/03/2014
Cores - Formação para RMDs dia 20/03/2014
 
Formação de Arte dos Anos Finais - Jogos Teatrais
Formação de Arte dos Anos Finais - Jogos TeatraisFormação de Arte dos Anos Finais - Jogos Teatrais
Formação de Arte dos Anos Finais - Jogos Teatrais
 
Radio JK
Radio JKRadio JK
Radio JK
 
Teatro - Formação de Arte para RMD's - 18/09/2013
Teatro - Formação de Arte para RMD's - 18/09/2013 Teatro - Formação de Arte para RMD's - 18/09/2013
Teatro - Formação de Arte para RMD's - 18/09/2013
 
Dança - Anos Finais
Dança - Anos FinaisDança - Anos Finais
Dança - Anos Finais
 
Teatro do Oprimido
Teatro do OprimidoTeatro do Oprimido
Teatro do Oprimido
 
Commedia Dell'Arte
Commedia Dell'ArteCommedia Dell'Arte
Commedia Dell'Arte
 
Radio plano de_aula
Radio plano de_aulaRadio plano de_aula
Radio plano de_aula
 
Radio plano de_aula
Radio plano de_aulaRadio plano de_aula
Radio plano de_aula
 
Teoria editado2
Teoria editado2Teoria editado2
Teoria editado2
 
Slide autorretrato
Slide autorretratoSlide autorretrato
Slide autorretrato
 
Plano de aula
Plano de aulaPlano de aula
Plano de aula
 
A figura humana na arte
A figura humana na arteA figura humana na arte
A figura humana na arte
 

Musicalização: Percussão corporal e grupos

  • 1. MUSICALIZAÇÃO Formação de Arte para RMDs - 24/04/2014 Lismara de Oliveira – Coordenação de Arte Carlos Borges – Músico
  • 3. DIRETRIZES MUNICIPAIS DE EDUCAÇÃO  “... O ensino da Arte tem como função principal promover o acesso a este conhecimento, por meio das diversas manifestações artísticas, bem como promover a sua produção através de estruturas artísticas realizadas pelas crianças, adolescentes e adultos, a partir das diferentes linguagens da Arte: Artes Visuais, Dança, Música e Teatro. Compreende-se que na escola, não deve haver a intenção de formar artistas, mas ensinar arte e proporcionar que os alunos a conheçam, apreciem e possam fruir.”
  • 5. MÚSICA “A Música tem como objeto de estudo o som . Além dos elementos estruturais do som, ou seja, altura, timbre, duração e intensidade, é fundamental perceber o processo de criação em música como um elemento a ser contextualizado historicamente pelo professor. Estudar as composições produzidas regional, nacional e internacionalmente, incluindo as veiculadas no mercado, possibilita ao aluno subsídios importantes para o processo de criação e apreciação musical. É importante que os alunos participem como ouvintes, intérpretes, compositores e improvisadores, (...) valorizando a música enquanto linguagem expressiva que se inscreve no tempo e na história.”
  • 6. PERCUSSÃO CORPORAL A percussão corporal utiliza o corpo humano como fonte sonora, com amplas possibilidades de timbres. Combinando sons do corpo como palmas de mãos, estalos de dedos e batidas no peito já é possível tocar uma infinidade de ritmos. Grupos que utilizam a percussão corporal: • Barbatuques ; • Mayumana; • Bobby McFerrin; • Stomp; • Palavra Cantada;
  • 7. BARBATUQUES Barbatuques é um grupo brasileiro de percussão corporal. Criado em 1995 pelo músico paulistano Fernando Barba , o Barbatuques é formado por 15 integrantes que propõem fazer música a partir do batuque com o próprio corpo, como palmas, batidas no peito, estalos com os dedos e a boca, assobios e sapateados, resultando ritmos do samba ao rap. Além disso, mostra o resultado da coletividade e da brasilidade como tema. http://barbatuques.com.br/pt/ https://www.youtube.com/watch?v=pFaWQhzaBJw
  • 9. MAYUAMA O grupo foi fundado em 1996 por dois percussionistas, Eylon Nuphar e Boaz Berman, com o objetivo de criar um espetáculo rítmico no qual pudessem combinar elementos provenientes das mais variadas artes. Sendo constituído atualmente por membros de diferentes culturas e países, o grupo Mayumana procura transformar cada pessoa numa performance e cada indivíduo num grupo, preservando a contribuição criativa de cada elemento na concepção do espetáculo. https://www.youtube.com/watch?v=WSF_mCGh3DY
  • 10. BOBBY MCFERRIN Bobby McFerrin, é um cantor com forte influência de jazz. Gravou vários clássicos do Jazz e da música erudita, além de outros gêneros. Fez grande sucesso sua canção "Don't Worry, Be Happy", de 1988, ano em que venceu um Grammy. https://www.youtube.com/watch?v=81uJZIF9TCs
  • 11. STOMP Stomp é um famoso grupo de percussão que faz musica com variados objetos do lixo e também se utiliza da dança e da dramatização de filmes em seus espetáculos. Seus integrantes usam o corpo e objetos comuns para criar performances teatrais físicas percussivas. A palavra stomp pode se referir a um subgênero distinto de teatro físico, onde o corpo incorpora-se a outros objetos como meio de produzir percussão e movimento que ecoa as danças tribais. https://www.youtube.com/watch?v=Zu15Ou-jKM0&list=RDZu15Ou- jKM0#t=0
  • 12. PALAVRA CANTADA Palavra Cantada é uma dupla musical que tem suas músicas voltada ao público infantil. É composta pelos músicos Paulo Tatit e Sandra Peres e foi formada em 1994. É caracterizado por canções infantis de linhas marcantes, que prezam pela elaboração das letras, arranjos e gravações, com uma poética sensível e respeito à inteligência das crianças https://www.youtube.com/watch?v=fFo1i8EIS74
  • 13. O musical foi inspirado no conto ”Os Músicos de Bremen” recolhido pelos Irmãos Grimm e adaptado por Sergio Bardotti como uma alegoria política, na qual o Burro representaria os trabalhadores do campo; a galinha, a classe operária; o cachorro, os militares e a gata, os artistas. O barão, inimigo dos animais, é a personificação da elite, ou dos "detentores do meio de produção". Essa obra originou o disco “Os Saltimbancos”, lançado em 1977, com participações de Nara Leão, MPB-4 e Chico Buarque.
  • 14. ALTURA É a frequência de emissão do som:  Quanto maior a frequência, mais agudo é o som; (som de flauta)  Quanto mais baixa a frequência, mais grave é som. (som de trombone) Atividade: 1- Use a brincadeira do morto e vivo para explorar graves e agudos. Em vez de fazer a brincadeira falada, use dois instrumentos (um grave e um agudo). O som mais grave significará “morto”, enquanto o mais agudo, “vivo”.
  • 15. TIMBRE Timbre é a característica do som que nos possibilita diferenciar a voz de cada pessoa, animal, instrumento ou qualquer coisa que emita um som É por meio do timbre que reconhecemos o som de cada instrumento. Ex: som de elefante, som de gato, voz de homem, voz de mulher, música da gata cantada por várias intérpretes. Atividade: 2- Jogo da memória auditiva: Esse jogo pode ser brincado em duplas ou pequenos grupos. Os alunos devem formar pares de acordo com o som . Vocês vão precisar de alguns potinhos iguais que não sejam transparentes. Prepare-os com seus alunos, cuidando para que cada pote do par tenha as mesmas quantidades de recheio (arroz, feijão, milho, areia, água, etc).
  • 16. DURAÇÃO Refere-se a sons curtos, médios e longos que se alternam de maneira harmoniosa na música. Na maior parte dos instrumentos musicais a duração do som depende do modo como são manuseados. Ex: música do esconde-esconde. Atividade: 3- Sonorize os cabelos de cada aluno. Compare a duração dos sons com o comprimento dos cabelos dos alunos. Deslize suas mãos pelos cabelos de cada criança inventando um som para cada cabelo-um som engraçado, para ser mais divertido. Ao comparar os diferentes comprimentos, os alunos se conscientizam que nem todos os curtos, médios e longos são idênticos-assim como acontece com a duração dos sons.
  • 17. INTENSIDADE Em música, a intensidade diz respeito à intenção expressiva do autor ou do intérprete, indicando se o som é mais forte ou fraco. A intensidade está relacionada à dinâmica que vai determinar os trechos que devem ser executados com maior ou menos força, crescendo ou diminuindo. Ex: música da gata. Atividade: 4- Jogo do A: Anote as sequências numa folha de papel e distribua-as no chão da sala.
  • 18.
  • 19. São sinais que representam a altura do som musical. Apesar de serem inúmeros os sons empregados na música, para representá-los bastam apenas sete notas: DÓ – RÉ – MI – FÁ – SOL – LÁ – SI NOTAS MUSICAIS
  • 20. DOrme a cidade REsta um coração MIsterioso FAz uma ilusão SOLetra um verso LÁ na melodia SIngelamente DOlorosamente DOce a música SIlenciosa LArga o meu peito SOLta-se no espaço FAz-se certeza MInha canção RÉstia de luz onde DOrme o meu irmão MINHA CANÇÃO Chico Buarque/Enriquez/Bardotti
  • 21. CHICO BUARQUE Chico Buarque de Holanda (1944-) é músico, dramaturgo e escritor brasileiro. Revelou-se ao público quando ganhou com a música "A Banda", interpretada por Nara Leão, o primeiro Festival de Música Popular Brasileira. Chico logo conquistou reconhecimento de críticos e público. Fez parceria com compositores e intérpretes de grande destaque, entre eles, Vinícius de Moraes, Tom Jobim, Toquinho, Milton Nascimento, Caetano Veloso, Edu Lobo e Francis Hime. Mais biografia: http://www.e-biografias.net/chico_buarque/