SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 30
Baixar para ler offline
Open Innovation eos Living Labs
Redes de Inovação
• a corporação está
  olhando para fora
  dela mesma no
  intuito de buscar
  forças e inspiração
  para o
  desenvolvimento
  de produtos e
  processos que
  alavanquem seus
  resultados
Redes de Inovação
       • O fato de haver cada vez
         menos espaço para
         muitos ciclos de
         tentativa-errono
         desenvolvimento de
         inovações;
       • A necessidade de
         desenvolvimento de
         novos produtos em ciclos
         de tempo cada vez
         menores.
Redes de Inovação
       • A busca por processos e
         equipamentos mais
         eficientes;
       • Diminuição de custos
         de desenvolvimento
         tecnológico, de
         operação e de
         transação;
Redes de Inovação
       • Diminuição do risco
         inerente à inovação;
       • Para promover o
         desenvolvimento do
         conhecimento a
         respeito de mercados e
         tecnologias, dentre
         outras.
         TIDD etal, 2005; NOOTEBOOM, 2004; CASSIMAN &
         VEUGELERS, 2000 & WITZEMAN etal, 2007
Redes de Inovação
• As tecnologias e o
  próprio ambiente de
  negócios se tornam
  cada vez mais
  complexos, com
  sistemas multi-
  integrados, plataformas
  tecnológicas e
  dispositivos que
  evoluem continuamente
  e em velocidades cada
  vez maiores.
Open Innovation
Open Innovation


Com                    Modelos de
  oaumentodacompl       desenvolvimento
  exidade, tanto das    de inovações com
  tecnologiasquanto     maiorsofisticação,
  dos modelos de        maisabertosedistrib
  negócios              uídos
Closed Innovation
• “Devemoscontratar as
  melhoresemaisbrilhantesp
  essoas de forma que as
  pessoasmaisinteligentes
  do
  mercadotrabalhemparanó
  s”;
• “Com oobjetivo de
  levarnovosprodutoseservi
  çosparaomercado,
  devemosdescobrí-los
  edesenvolvê-los
  pornósmesmos”;
Closed Innovation
• “Se
  descobrimososprodutose
  serviçospornósmesmos,
  podemosentregá-los
  paraomercadoprimeiro”.
• Temosqueprotegernossasi
  déias com patentes, dessa
  forma,
  nossoscompetidoresnãol
  ucrarão com nossasidéias.
Open Innovation
           • “Nemtodos as
             pessoasmaisinteligent
             es do
             mercadotrabalhampa
             ranós.
             Temosquetrabalhar
             com
             pessoasinteligentesde
             ntroeforadanossaemp
             resa”;
           • “P&D
             externopodecriar
             valor significativopara
             a empresa;
Open Innovation
           • P&D
             internoénecessáriopa
             raalavancar parte do
             valor”;
           • Podemosgerar valor a
             partir das
             nossaspatentes,
             através de
             licenciamentoepode
             moslicenciarpatentes
             de outrasempresas.
Criar valor ecapturar valor
Os modelos de
 negóciosabertosajudam
 nacriação de valor,
 pormeiodaalavancagem
 de muitomaisidéias,
 frutodainclusão de
 possibilidadesprovenie
 ntes do
 ambienteexternoàemp
 resa.
Criar valor ecapturar valor
Modelos de
 negóciosabertostambé
 mpermitem a captura
 de valor
 maiorpormeiodaexplora
 çãode tecnologias,
 recursosouposicioname
 nto-chaves,
 queanteriormenteeram
 usadossomenteinterna
 mentepelaempresa,
 nosnegócios de
 outrasempresas
O Lidere a InovaçãoAberta
        Gerenteselíderes,
         acostumados com
         modelos de
         inovaçãomaisfechado
         s,
         demoramerelutamem
         desenvolver a
         habilidade de lidar
         com
         elementosecompone
         ntestecnológicose de
Parceria com osclientes
 PrahaladeRamaswamy




B2B (Business to            “Consumer to
  Business) e B2C             Business to
  (Business to                Consumer –
  Consumer)                   C2B2C”

• as empresascriametrocam valor com
  osconsumidores
• ambos co-criam valor empontos de interação
Parceria com osclientes
PrahaladeRamaswamy
Parceria com osclientes
PrahaladeRamaswamy
Parceria com osclientes
PrahaladeRamaswamy
Parceria com osclientes
PrahaladeRamaswamy
O ConsumidorModerno
O ConsumidorModerno
• tem acessoàinformaçãoatravés de várioscanais;
• possuemvisão global;
• atuamemredesde contatosquetrocamposições,
  opiniões, críticas, experiênciaseinteressesem tempo
  real;
• experimentame se lançamemnovidades com
  muitomenosmedoecritério;
• sãoativistas, se envolvememocionalmentecom
  osprodutoseserviços, buscamencorajar amigos
  eoutrosconsumidores a agire a protestar;
• fornecemfeedbackpara as empresasquandonãogostam
  de um determinadoprodutoouserviço; dentreoutros.
A democratizaçãodainovação
Hippel (2006)


                A
                    inovaçãoestádemo
                    craticamenteabert
                    a de forma
                    queosusuárioseem
                    presasestãocadave
                    zmaisaptos a
                    inovarparasimesm
                    oseparaosoutros
A democratizaçãodainovação
Hippel (2006)
A democratizaçãodainovação
Os Living Labs
Niitamo et al (2006)

Os Living Labs sãomodelosemergentes de
  ParceriasPúblicoPrivadasquebuscamodesenvol
  vimento de inovaçõespara a resolução de
  problemasreconhecidospor um grupo de
  usuários
• User-driven
• Open Innovation
• Ecosystems
Os Living Labs
Niitamo et al (2006)
Os Living Labs
Niitamo et al (2006)
Archipelabo video
Living Labs emergentes no Brasil

•Cidadania Digital, UFES, Espírito Santo
•Responsabilidade Social, Unicamp, São Paulo
•Inclusão, FPF, Amazonas
• Well Being, INdT, Amazonas
• Workplaces, INdT, Amazonas

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Open Innovation Seminar 2008 - Mesa 3 - Ary Plonski - Anprotec/PGT-USP
Open Innovation Seminar 2008 - Mesa 3 - Ary Plonski - Anprotec/PGT-USPOpen Innovation Seminar 2008 - Mesa 3 - Ary Plonski - Anprotec/PGT-USP
Open Innovation Seminar 2008 - Mesa 3 - Ary Plonski - Anprotec/PGT-USPAllagi Open Innovation Services
 
Open Innovation e o Cenário Brasileiro Palestra FIA Junho 08 Bruno Rondani - ...
Open Innovation e o Cenário Brasileiro Palestra FIA Junho 08 Bruno Rondani - ...Open Innovation e o Cenário Brasileiro Palestra FIA Junho 08 Bruno Rondani - ...
Open Innovation e o Cenário Brasileiro Palestra FIA Junho 08 Bruno Rondani - ...Allagi Open Innovation Services
 
Open Innovation Seminar 2008 - Mesa 1 - Sônia Tuccori - Natura
Open Innovation Seminar 2008 - Mesa 1 - Sônia Tuccori - NaturaOpen Innovation Seminar 2008 - Mesa 1 - Sônia Tuccori - Natura
Open Innovation Seminar 2008 - Mesa 1 - Sônia Tuccori - NaturaAllagi Open Innovation Services
 
PROSPECTIVA . ESTRATÉGIA . INOVAÇÃO / FORESIGHT . STRATEGY . INNOVATION
PROSPECTIVA . ESTRATÉGIA . INOVAÇÃO  /  FORESIGHT . STRATEGY . INNOVATIONPROSPECTIVA . ESTRATÉGIA . INOVAÇÃO  /  FORESIGHT . STRATEGY . INNOVATION
PROSPECTIVA . ESTRATÉGIA . INOVAÇÃO / FORESIGHT . STRATEGY . INNOVATIONPaulo Carvalho
 
O papel-do-vc-na-open-innovation-andr-saito-gvcepe-1212873754080198-8
O papel-do-vc-na-open-innovation-andr-saito-gvcepe-1212873754080198-8O papel-do-vc-na-open-innovation-andr-saito-gvcepe-1212873754080198-8
O papel-do-vc-na-open-innovation-andr-saito-gvcepe-1212873754080198-8Manuel Fernandes
 
PROSPECTIVA, ESTRATÉGIA E INOVAÇÃO / FORESIGHT, STRATEGY AND INNOVATION (ISE...
PROSPECTIVA, ESTRATÉGIA E INOVAÇÃO / FORESIGHT, STRATEGY AND INNOVATION  (ISE...PROSPECTIVA, ESTRATÉGIA E INOVAÇÃO / FORESIGHT, STRATEGY AND INNOVATION  (ISE...
PROSPECTIVA, ESTRATÉGIA E INOVAÇÃO / FORESIGHT, STRATEGY AND INNOVATION (ISE...Paulo Carvalho
 
Unlocking innovation with design thinking
 Unlocking innovation with design thinking Unlocking innovation with design thinking
Unlocking innovation with design thinkingHi Interactive
 
Inovação Radical e Open Innovation Palestra FGV Junho08 Bruno Rondani Allagi ...
Inovação Radical e Open Innovation Palestra FGV Junho08 Bruno Rondani Allagi ...Inovação Radical e Open Innovation Palestra FGV Junho08 Bruno Rondani Allagi ...
Inovação Radical e Open Innovation Palestra FGV Junho08 Bruno Rondani Allagi ...Allagi Open Innovation Services
 
Open Innovation X Fisicos V2
Open Innovation X Fisicos V2Open Innovation X Fisicos V2
Open Innovation X Fisicos V2Arlima
 
O Papel do Venture Capital em um ambiente de Open Innovation Palestra FGV Jun...
O Papel do Venture Capital em um ambiente de Open Innovation Palestra FGV Jun...O Papel do Venture Capital em um ambiente de Open Innovation Palestra FGV Jun...
O Papel do Venture Capital em um ambiente de Open Innovation Palestra FGV Jun...Allagi Open Innovation Services
 
Institucional Innovation Office
Institucional Innovation OfficeInstitucional Innovation Office
Institucional Innovation OfficeInnovation Office
 
Inovação Tecnologica
Inovação TecnologicaInovação Tecnologica
Inovação TecnologicaLiana Padilha
 
Aula 04 - Inovação e Criatividade
Aula 04 - Inovação e CriatividadeAula 04 - Inovação e Criatividade
Aula 04 - Inovação e CriatividadeGustavo Zanotto
 
Lean innovation, implantando Lean Startup em corporação, a aceleradora corpor...
Lean innovation, implantando Lean Startup em corporação, a aceleradora corpor...Lean innovation, implantando Lean Startup em corporação, a aceleradora corpor...
Lean innovation, implantando Lean Startup em corporação, a aceleradora corpor...fernandodelariva
 
Innovation SCORECARD final v2003
Innovation SCORECARD final v2003Innovation SCORECARD final v2003
Innovation SCORECARD final v2003Naval School
 
Tecnologias Disruptivas - Blending Visions - ESPM
Tecnologias Disruptivas - Blending Visions - ESPMTecnologias Disruptivas - Blending Visions - ESPM
Tecnologias Disruptivas - Blending Visions - ESPMNei Grando
 
A Aceleradora Corporativa, Lean innovation, Agile Trends SP, 2013
A Aceleradora Corporativa, Lean innovation, Agile Trends SP, 2013A Aceleradora Corporativa, Lean innovation, Agile Trends SP, 2013
A Aceleradora Corporativa, Lean innovation, Agile Trends SP, 2013fernandodelariva
 
A Bíblia da Inovação
A Bíblia da InovaçãoA Bíblia da Inovação
A Bíblia da InovaçãoSerge Rehem
 

Mais procurados (20)

Open Innovation Seminar 2008 - Mesa 3 - Ary Plonski - Anprotec/PGT-USP
Open Innovation Seminar 2008 - Mesa 3 - Ary Plonski - Anprotec/PGT-USPOpen Innovation Seminar 2008 - Mesa 3 - Ary Plonski - Anprotec/PGT-USP
Open Innovation Seminar 2008 - Mesa 3 - Ary Plonski - Anprotec/PGT-USP
 
Open Innovation e o Cenário Brasileiro Palestra FIA Junho 08 Bruno Rondani - ...
Open Innovation e o Cenário Brasileiro Palestra FIA Junho 08 Bruno Rondani - ...Open Innovation e o Cenário Brasileiro Palestra FIA Junho 08 Bruno Rondani - ...
Open Innovation e o Cenário Brasileiro Palestra FIA Junho 08 Bruno Rondani - ...
 
Open Innovation Seminar 2008 - Mesa 1 - Sônia Tuccori - Natura
Open Innovation Seminar 2008 - Mesa 1 - Sônia Tuccori - NaturaOpen Innovation Seminar 2008 - Mesa 1 - Sônia Tuccori - Natura
Open Innovation Seminar 2008 - Mesa 1 - Sônia Tuccori - Natura
 
PROSPECTIVA . ESTRATÉGIA . INOVAÇÃO / FORESIGHT . STRATEGY . INNOVATION
PROSPECTIVA . ESTRATÉGIA . INOVAÇÃO  /  FORESIGHT . STRATEGY . INNOVATIONPROSPECTIVA . ESTRATÉGIA . INOVAÇÃO  /  FORESIGHT . STRATEGY . INNOVATION
PROSPECTIVA . ESTRATÉGIA . INOVAÇÃO / FORESIGHT . STRATEGY . INNOVATION
 
O papel-do-vc-na-open-innovation-andr-saito-gvcepe-1212873754080198-8
O papel-do-vc-na-open-innovation-andr-saito-gvcepe-1212873754080198-8O papel-do-vc-na-open-innovation-andr-saito-gvcepe-1212873754080198-8
O papel-do-vc-na-open-innovation-andr-saito-gvcepe-1212873754080198-8
 
PROSPECTIVA, ESTRATÉGIA E INOVAÇÃO / FORESIGHT, STRATEGY AND INNOVATION (ISE...
PROSPECTIVA, ESTRATÉGIA E INOVAÇÃO / FORESIGHT, STRATEGY AND INNOVATION  (ISE...PROSPECTIVA, ESTRATÉGIA E INOVAÇÃO / FORESIGHT, STRATEGY AND INNOVATION  (ISE...
PROSPECTIVA, ESTRATÉGIA E INOVAÇÃO / FORESIGHT, STRATEGY AND INNOVATION (ISE...
 
Unlocking innovation with design thinking
 Unlocking innovation with design thinking Unlocking innovation with design thinking
Unlocking innovation with design thinking
 
Inovação Radical e Open Innovation Palestra FGV Junho08 Bruno Rondani Allagi ...
Inovação Radical e Open Innovation Palestra FGV Junho08 Bruno Rondani Allagi ...Inovação Radical e Open Innovation Palestra FGV Junho08 Bruno Rondani Allagi ...
Inovação Radical e Open Innovation Palestra FGV Junho08 Bruno Rondani Allagi ...
 
Open Innovation X Fisicos V2
Open Innovation X Fisicos V2Open Innovation X Fisicos V2
Open Innovation X Fisicos V2
 
O Papel do Venture Capital em um ambiente de Open Innovation Palestra FGV Jun...
O Papel do Venture Capital em um ambiente de Open Innovation Palestra FGV Jun...O Papel do Venture Capital em um ambiente de Open Innovation Palestra FGV Jun...
O Papel do Venture Capital em um ambiente de Open Innovation Palestra FGV Jun...
 
Inovação for dummies
Inovação for dummiesInovação for dummies
Inovação for dummies
 
Institucional Innovation Office
Institucional Innovation OfficeInstitucional Innovation Office
Institucional Innovation Office
 
Gestão empresarial aula 5 inovação
Gestão empresarial aula 5 inovaçãoGestão empresarial aula 5 inovação
Gestão empresarial aula 5 inovação
 
Inovação Tecnologica
Inovação TecnologicaInovação Tecnologica
Inovação Tecnologica
 
Aula 04 - Inovação e Criatividade
Aula 04 - Inovação e CriatividadeAula 04 - Inovação e Criatividade
Aula 04 - Inovação e Criatividade
 
Lean innovation, implantando Lean Startup em corporação, a aceleradora corpor...
Lean innovation, implantando Lean Startup em corporação, a aceleradora corpor...Lean innovation, implantando Lean Startup em corporação, a aceleradora corpor...
Lean innovation, implantando Lean Startup em corporação, a aceleradora corpor...
 
Innovation SCORECARD final v2003
Innovation SCORECARD final v2003Innovation SCORECARD final v2003
Innovation SCORECARD final v2003
 
Tecnologias Disruptivas - Blending Visions - ESPM
Tecnologias Disruptivas - Blending Visions - ESPMTecnologias Disruptivas - Blending Visions - ESPM
Tecnologias Disruptivas - Blending Visions - ESPM
 
A Aceleradora Corporativa, Lean innovation, Agile Trends SP, 2013
A Aceleradora Corporativa, Lean innovation, Agile Trends SP, 2013A Aceleradora Corporativa, Lean innovation, Agile Trends SP, 2013
A Aceleradora Corporativa, Lean innovation, Agile Trends SP, 2013
 
A Bíblia da Inovação
A Bíblia da InovaçãoA Bíblia da Inovação
A Bíblia da Inovação
 

Destaque

FIA - Formação de Recursos Humanos para Inovação - Eduardo Vasconcellos - Ope...
FIA - Formação de Recursos Humanos para Inovação - Eduardo Vasconcellos - Ope...FIA - Formação de Recursos Humanos para Inovação - Eduardo Vasconcellos - Ope...
FIA - Formação de Recursos Humanos para Inovação - Eduardo Vasconcellos - Ope...Allagi Open Innovation Services
 
TV digital interativa - UCL Innovation Party 2010
TV digital interativa - UCL Innovation Party 2010TV digital interativa - UCL Innovation Party 2010
TV digital interativa - UCL Innovation Party 2010Maurilio Alberone
 
Braskem - A experiência com Inovação Aberta da Braskem - Antonio Xavier - Ope...
Braskem - A experiência com Inovação Aberta da Braskem - Antonio Xavier - Ope...Braskem - A experiência com Inovação Aberta da Braskem - Antonio Xavier - Ope...
Braskem - A experiência com Inovação Aberta da Braskem - Antonio Xavier - Ope...Allagi Open Innovation Services
 
Innovation und Volition. DIKW in der Klimadiskussion: können Daten Verhalten ...
Innovation und Volition. DIKW in der Klimadiskussion: können Daten Verhalten ...Innovation und Volition. DIKW in der Klimadiskussion: können Daten Verhalten ...
Innovation und Volition. DIKW in der Klimadiskussion: können Daten Verhalten ...Hans-Christoph Hobohm
 
2015 CIO Outlook Presentation
2015 CIO Outlook Presentation2015 CIO Outlook Presentation
2015 CIO Outlook PresentationDNEWBOLD
 
Innovation @ ibm & leinn the hub 2013 v2
Innovation @ ibm & leinn the hub 2013 v2Innovation @ ibm & leinn the hub 2013 v2
Innovation @ ibm & leinn the hub 2013 v2Marco Laucelli
 
Presentación junta directiva cap 1 2 3_23sept
Presentación junta directiva cap 1 2 3_23septPresentación junta directiva cap 1 2 3_23sept
Presentación junta directiva cap 1 2 3_23septvalvaneravalencia
 
Crowdsourcing – Cases und Praxistipps
Crowdsourcing – Cases und PraxistippsCrowdsourcing – Cases und Praxistipps
Crowdsourcing – Cases und PraxistippsCatharina van Delden
 
Jean Jacques Rousseau - Discurso sobre a origem da desigualdade
Jean Jacques Rousseau - Discurso sobre a origem da desigualdadeJean Jacques Rousseau - Discurso sobre a origem da desigualdade
Jean Jacques Rousseau - Discurso sobre a origem da desigualdadeFrancis Monteiro da Rocha
 
Chemtech - Estratégia de Inovação ou Inovação da Estratégia - Clarissa Pires ...
Chemtech - Estratégia de Inovação ou Inovação da Estratégia - Clarissa Pires ...Chemtech - Estratégia de Inovação ou Inovação da Estratégia - Clarissa Pires ...
Chemtech - Estratégia de Inovação ou Inovação da Estratégia - Clarissa Pires ...Allagi Open Innovation Services
 
Heiko Bartlog - Gastgeber für Innovation
Heiko Bartlog - Gastgeber für InnovationHeiko Bartlog - Gastgeber für Innovation
Heiko Bartlog - Gastgeber für InnovationHeiko Bartlog
 
EBSCOnet Usage Consolidation: Herramienta para la evaluación del uso de los r...
EBSCOnet Usage Consolidation: Herramienta para la evaluación del uso de los r...EBSCOnet Usage Consolidation: Herramienta para la evaluación del uso de los r...
EBSCOnet Usage Consolidation: Herramienta para la evaluación del uso de los r...FESABID
 
Web 2.0 What is it and what does it mean for Retail banks?
Web 2.0  What is it and what does it mean for Retail banks?Web 2.0  What is it and what does it mean for Retail banks?
Web 2.0 What is it and what does it mean for Retail banks?marc mcneill
 
Radiografía de Riesgos (Informática64)
Radiografía de Riesgos (Informática64)Radiografía de Riesgos (Informática64)
Radiografía de Riesgos (Informática64)CTIC Technology Centre
 
Redes sociales corporativas mireia ranera íncipy
Redes sociales corporativas mireia ranera íncipyRedes sociales corporativas mireia ranera íncipy
Redes sociales corporativas mireia ranera íncipyMICProductivity
 

Destaque (20)

FIA - Formação de Recursos Humanos para Inovação - Eduardo Vasconcellos - Ope...
FIA - Formação de Recursos Humanos para Inovação - Eduardo Vasconcellos - Ope...FIA - Formação de Recursos Humanos para Inovação - Eduardo Vasconcellos - Ope...
FIA - Formação de Recursos Humanos para Inovação - Eduardo Vasconcellos - Ope...
 
TV digital interativa - UCL Innovation Party 2010
TV digital interativa - UCL Innovation Party 2010TV digital interativa - UCL Innovation Party 2010
TV digital interativa - UCL Innovation Party 2010
 
RRHH 2.0
RRHH 2.0RRHH 2.0
RRHH 2.0
 
Braskem - A experiência com Inovação Aberta da Braskem - Antonio Xavier - Ope...
Braskem - A experiência com Inovação Aberta da Braskem - Antonio Xavier - Ope...Braskem - A experiência com Inovação Aberta da Braskem - Antonio Xavier - Ope...
Braskem - A experiência com Inovação Aberta da Braskem - Antonio Xavier - Ope...
 
Coaching eng port
Coaching eng portCoaching eng port
Coaching eng port
 
Innovation und Volition. DIKW in der Klimadiskussion: können Daten Verhalten ...
Innovation und Volition. DIKW in der Klimadiskussion: können Daten Verhalten ...Innovation und Volition. DIKW in der Klimadiskussion: können Daten Verhalten ...
Innovation und Volition. DIKW in der Klimadiskussion: können Daten Verhalten ...
 
2015 CIO Outlook Presentation
2015 CIO Outlook Presentation2015 CIO Outlook Presentation
2015 CIO Outlook Presentation
 
Innovation @ ibm & leinn the hub 2013 v2
Innovation @ ibm & leinn the hub 2013 v2Innovation @ ibm & leinn the hub 2013 v2
Innovation @ ibm & leinn the hub 2013 v2
 
Presentación junta directiva cap 1 2 3_23sept
Presentación junta directiva cap 1 2 3_23septPresentación junta directiva cap 1 2 3_23sept
Presentación junta directiva cap 1 2 3_23sept
 
Radiografía de los riesgos.
Radiografía de los riesgos.Radiografía de los riesgos.
Radiografía de los riesgos.
 
Dinamicasistemas
DinamicasistemasDinamicasistemas
Dinamicasistemas
 
Crowdsourcing – Cases und Praxistipps
Crowdsourcing – Cases und PraxistippsCrowdsourcing – Cases und Praxistipps
Crowdsourcing – Cases und Praxistipps
 
Jean Jacques Rousseau - Discurso sobre a origem da desigualdade
Jean Jacques Rousseau - Discurso sobre a origem da desigualdadeJean Jacques Rousseau - Discurso sobre a origem da desigualdade
Jean Jacques Rousseau - Discurso sobre a origem da desigualdade
 
Chemtech - Estratégia de Inovação ou Inovação da Estratégia - Clarissa Pires ...
Chemtech - Estratégia de Inovação ou Inovação da Estratégia - Clarissa Pires ...Chemtech - Estratégia de Inovação ou Inovação da Estratégia - Clarissa Pires ...
Chemtech - Estratégia de Inovação ou Inovação da Estratégia - Clarissa Pires ...
 
Heiko Bartlog - Gastgeber für Innovation
Heiko Bartlog - Gastgeber für InnovationHeiko Bartlog - Gastgeber für Innovation
Heiko Bartlog - Gastgeber für Innovation
 
EBSCOnet Usage Consolidation: Herramienta para la evaluación del uso de los r...
EBSCOnet Usage Consolidation: Herramienta para la evaluación del uso de los r...EBSCOnet Usage Consolidation: Herramienta para la evaluación del uso de los r...
EBSCOnet Usage Consolidation: Herramienta para la evaluación del uso de los r...
 
05. identidad digitalmenorestic (1)
05. identidad digitalmenorestic (1)05. identidad digitalmenorestic (1)
05. identidad digitalmenorestic (1)
 
Web 2.0 What is it and what does it mean for Retail banks?
Web 2.0  What is it and what does it mean for Retail banks?Web 2.0  What is it and what does it mean for Retail banks?
Web 2.0 What is it and what does it mean for Retail banks?
 
Radiografía de Riesgos (Informática64)
Radiografía de Riesgos (Informática64)Radiografía de Riesgos (Informática64)
Radiografía de Riesgos (Informática64)
 
Redes sociales corporativas mireia ranera íncipy
Redes sociales corporativas mireia ranera íncipyRedes sociales corporativas mireia ranera íncipy
Redes sociales corporativas mireia ranera íncipy
 

Semelhante a Open Innovation e Living Labs

Cria - Inovação
Cria - InovaçãoCria - Inovação
Cria - Inovaçãocriaglobal
 
Comunicação em cenários de cocriação Claudio Moreira
Comunicação em cenários de cocriação Claudio MoreiraComunicação em cenários de cocriação Claudio Moreira
Comunicação em cenários de cocriação Claudio MoreiraClaudio Moreira
 
Crowdsourcing e empresas
Crowdsourcing e empresasCrowdsourcing e empresas
Crowdsourcing e empresasAndrei Scheiner
 
2º Workshop Subvenção Economica à Inovação
2º Workshop Subvenção Economica à Inovação2º Workshop Subvenção Economica à Inovação
2º Workshop Subvenção Economica à InovaçãoBRAIN Brasil Inovação
 
Apresentação Inovadores
Apresentação InovadoresApresentação Inovadores
Apresentação InovadoresAndré Flores
 
Brasoftware palestra 05_07_ppt
Brasoftware palestra 05_07_pptBrasoftware palestra 05_07_ppt
Brasoftware palestra 05_07_pptkleber.torres
 
Digitalks simplez 2011 - inovando a inovação
Digitalks   simplez 2011 - inovando a inovaçãoDigitalks   simplez 2011 - inovando a inovação
Digitalks simplez 2011 - inovando a inovaçãoRodrigo Polydoro Oliva
 
Drarian caos focado_inn.pulse - v5
Drarian caos focado_inn.pulse - v5Drarian caos focado_inn.pulse - v5
Drarian caos focado_inn.pulse - v5Túlio Jannuzzelli
 
Apresentação Templo
Apresentação TemploApresentação Templo
Apresentação TemploTemplo
 
ECO.TIC 2016 PALESTRA GIB DE MEDEIROS NOV 24 - versão final
ECO.TIC 2016 PALESTRA GIB DE MEDEIROS NOV 24 - versão finalECO.TIC 2016 PALESTRA GIB DE MEDEIROS NOV 24 - versão final
ECO.TIC 2016 PALESTRA GIB DE MEDEIROS NOV 24 - versão finalGib de Medeiros
 
Como desenvolver melhores produtos usando inovação aberta
Como desenvolver melhores produtos usando inovação abertaComo desenvolver melhores produtos usando inovação aberta
Como desenvolver melhores produtos usando inovação abertaTarciso Vieira de Melo
 
Gestão do Conhecimento; Inteligência; Competitividade; Inovação
Gestão do Conhecimento; Inteligência; Competitividade; InovaçãoGestão do Conhecimento; Inteligência; Competitividade; Inovação
Gestão do Conhecimento; Inteligência; Competitividade; InovaçãoDeomari Fragoso
 
Ferramentas de inovação aberta
Ferramentas de inovação abertaFerramentas de inovação aberta
Ferramentas de inovação abertaInventta
 
Inovamobi - Artigo do IHC'2013
Inovamobi - Artigo do IHC'2013Inovamobi - Artigo do IHC'2013
Inovamobi - Artigo do IHC'2013UNIFOR E UECE
 

Semelhante a Open Innovation e Living Labs (20)

Cria - Inovação
Cria - InovaçãoCria - Inovação
Cria - Inovação
 
Comunicação em cenários de cocriação Claudio Moreira
Comunicação em cenários de cocriação Claudio MoreiraComunicação em cenários de cocriação Claudio Moreira
Comunicação em cenários de cocriação Claudio Moreira
 
Crowdsourcing e empresas
Crowdsourcing e empresasCrowdsourcing e empresas
Crowdsourcing e empresas
 
2º Workshop Subvenção Economica à Inovação
2º Workshop Subvenção Economica à Inovação2º Workshop Subvenção Economica à Inovação
2º Workshop Subvenção Economica à Inovação
 
Apresentação Inovadores
Apresentação InovadoresApresentação Inovadores
Apresentação Inovadores
 
Brasoftware palestra 05_07_ppt
Brasoftware palestra 05_07_pptBrasoftware palestra 05_07_ppt
Brasoftware palestra 05_07_ppt
 
8 simples passos para inovar de forma revolucionaria
8 simples passos para inovar de forma revolucionaria8 simples passos para inovar de forma revolucionaria
8 simples passos para inovar de forma revolucionaria
 
Inovação: cultura como drive para tecnologias emergentes
Inovação: cultura como drive para tecnologias emergentesInovação: cultura como drive para tecnologias emergentes
Inovação: cultura como drive para tecnologias emergentes
 
Digitalks simplez 2011 - inovando a inovação
Digitalks   simplez 2011 - inovando a inovaçãoDigitalks   simplez 2011 - inovando a inovação
Digitalks simplez 2011 - inovando a inovação
 
Drarian caos focado_inn.pulse - v5
Drarian caos focado_inn.pulse - v5Drarian caos focado_inn.pulse - v5
Drarian caos focado_inn.pulse - v5
 
Apresentação Templo
Apresentação TemploApresentação Templo
Apresentação Templo
 
ECO.TIC 2016 PALESTRA GIB DE MEDEIROS NOV 24 - versão final
ECO.TIC 2016 PALESTRA GIB DE MEDEIROS NOV 24 - versão finalECO.TIC 2016 PALESTRA GIB DE MEDEIROS NOV 24 - versão final
ECO.TIC 2016 PALESTRA GIB DE MEDEIROS NOV 24 - versão final
 
Como desenvolver melhores produtos usando inovação aberta
Como desenvolver melhores produtos usando inovação abertaComo desenvolver melhores produtos usando inovação aberta
Como desenvolver melhores produtos usando inovação aberta
 
Gestao do conhecimento, inteligência competitiva e inovação
Gestao do conhecimento, inteligência competitiva e inovaçãoGestao do conhecimento, inteligência competitiva e inovação
Gestao do conhecimento, inteligência competitiva e inovação
 
Gestão do Conhecimento; Inteligência; Competitividade; Inovação
Gestão do Conhecimento; Inteligência; Competitividade; InovaçãoGestão do Conhecimento; Inteligência; Competitividade; Inovação
Gestão do Conhecimento; Inteligência; Competitividade; Inovação
 
Ferramentas de inovação aberta
Ferramentas de inovação abertaFerramentas de inovação aberta
Ferramentas de inovação aberta
 
Comp org inovacao
Comp org inovacaoComp org inovacao
Comp org inovacao
 
Cietec
CietecCietec
Cietec
 
Inovamobi - Artigo do IHC'2013
Inovamobi - Artigo do IHC'2013Inovamobi - Artigo do IHC'2013
Inovamobi - Artigo do IHC'2013
 
Empreendedorismo E Inovação
Empreendedorismo E InovaçãoEmpreendedorismo E Inovação
Empreendedorismo E Inovação
 

Open Innovation e Living Labs

  • 1. Open Innovation eos Living Labs
  • 2. Redes de Inovação • a corporação está olhando para fora dela mesma no intuito de buscar forças e inspiração para o desenvolvimento de produtos e processos que alavanquem seus resultados
  • 3. Redes de Inovação • O fato de haver cada vez menos espaço para muitos ciclos de tentativa-errono desenvolvimento de inovações; • A necessidade de desenvolvimento de novos produtos em ciclos de tempo cada vez menores.
  • 4. Redes de Inovação • A busca por processos e equipamentos mais eficientes; • Diminuição de custos de desenvolvimento tecnológico, de operação e de transação;
  • 5. Redes de Inovação • Diminuição do risco inerente à inovação; • Para promover o desenvolvimento do conhecimento a respeito de mercados e tecnologias, dentre outras. TIDD etal, 2005; NOOTEBOOM, 2004; CASSIMAN & VEUGELERS, 2000 & WITZEMAN etal, 2007
  • 6. Redes de Inovação • As tecnologias e o próprio ambiente de negócios se tornam cada vez mais complexos, com sistemas multi- integrados, plataformas tecnológicas e dispositivos que evoluem continuamente e em velocidades cada vez maiores.
  • 8. Open Innovation Com Modelos de oaumentodacompl desenvolvimento exidade, tanto das de inovações com tecnologiasquanto maiorsofisticação, dos modelos de maisabertosedistrib negócios uídos
  • 9. Closed Innovation • “Devemoscontratar as melhoresemaisbrilhantesp essoas de forma que as pessoasmaisinteligentes do mercadotrabalhemparanó s”; • “Com oobjetivo de levarnovosprodutoseservi çosparaomercado, devemosdescobrí-los edesenvolvê-los pornósmesmos”;
  • 10. Closed Innovation • “Se descobrimososprodutose serviçospornósmesmos, podemosentregá-los paraomercadoprimeiro”. • Temosqueprotegernossasi déias com patentes, dessa forma, nossoscompetidoresnãol ucrarão com nossasidéias.
  • 11. Open Innovation • “Nemtodos as pessoasmaisinteligent es do mercadotrabalhampa ranós. Temosquetrabalhar com pessoasinteligentesde ntroeforadanossaemp resa”; • “P&D externopodecriar valor significativopara a empresa;
  • 12. Open Innovation • P&D internoénecessáriopa raalavancar parte do valor”; • Podemosgerar valor a partir das nossaspatentes, através de licenciamentoepode moslicenciarpatentes de outrasempresas.
  • 13. Criar valor ecapturar valor Os modelos de negóciosabertosajudam nacriação de valor, pormeiodaalavancagem de muitomaisidéias, frutodainclusão de possibilidadesprovenie ntes do ambienteexternoàemp resa.
  • 14. Criar valor ecapturar valor Modelos de negóciosabertostambé mpermitem a captura de valor maiorpormeiodaexplora çãode tecnologias, recursosouposicioname nto-chaves, queanteriormenteeram usadossomenteinterna mentepelaempresa, nosnegócios de outrasempresas
  • 15. O Lidere a InovaçãoAberta Gerenteselíderes, acostumados com modelos de inovaçãomaisfechado s, demoramerelutamem desenvolver a habilidade de lidar com elementosecompone ntestecnológicose de
  • 16. Parceria com osclientes PrahaladeRamaswamy B2B (Business to “Consumer to Business) e B2C Business to (Business to Consumer – Consumer) C2B2C” • as empresascriametrocam valor com osconsumidores • ambos co-criam valor empontos de interação
  • 22. O ConsumidorModerno • tem acessoàinformaçãoatravés de várioscanais; • possuemvisão global; • atuamemredesde contatosquetrocamposições, opiniões, críticas, experiênciaseinteressesem tempo real; • experimentame se lançamemnovidades com muitomenosmedoecritério; • sãoativistas, se envolvememocionalmentecom osprodutoseserviços, buscamencorajar amigos eoutrosconsumidores a agire a protestar; • fornecemfeedbackpara as empresasquandonãogostam de um determinadoprodutoouserviço; dentreoutros.
  • 23. A democratizaçãodainovação Hippel (2006) A inovaçãoestádemo craticamenteabert a de forma queosusuárioseem presasestãocadave zmaisaptos a inovarparasimesm oseparaosoutros
  • 26. Os Living Labs Niitamo et al (2006) Os Living Labs sãomodelosemergentes de ParceriasPúblicoPrivadasquebuscamodesenvol vimento de inovaçõespara a resolução de problemasreconhecidospor um grupo de usuários • User-driven • Open Innovation • Ecosystems
  • 27. Os Living Labs Niitamo et al (2006)
  • 28. Os Living Labs Niitamo et al (2006)
  • 30. Living Labs emergentes no Brasil •Cidadania Digital, UFES, Espírito Santo •Responsabilidade Social, Unicamp, São Paulo •Inclusão, FPF, Amazonas • Well Being, INdT, Amazonas • Workplaces, INdT, Amazonas

Notas do Editor

  1. Múltiplasdisciplinas
  2. estudosempíricosmostramquemuitosusuários – entre 10 e 40 por cento – se engajam no desenvolvimentooumodificação de produtos. Apesarquenão se tem, com clareza, a representatividade de modificações nesses produtosquerealmentesejainovadora, ninguémnegaofato de queusuáriosestãofazendomuitasmodificaçõesedesenvolvimento de produtosemmuitosmercados
  3. Normalmente ele é formado com uma coordenação central, localizada em uma universidade ou em um ICT. A partir dessa coordenação, os outros membros passam a se aglomerar no entorno de uma situação, condição ou necessidade que usuários reais estejam enfrentando. Usuários, na forma usada aqui, não significa somente indivíduos ou cidadãos, mas também empresas-usuárias, que também precisam de produtos e serviços