DAS TECNOLOGIAS COM FIOS AO WIRELESS: IMPLICAÇÕES NO TRABALHO ESCOLAR INDIVIDUAL E COLABORATIVO EM PARES Adelina Moura  An...
A educação na era da globalização <ul><li>Aprendizagem ao longo da vida para todos (life long learning for all);  </li></u...
Do eLearning ao mLearning <ul><li>A aprendizagem a distância trouxe alguns benefícios - a formação é feita quando é precis...
Estudo: do computador fixo ao computador portátil <ul><li>Ano lectivo 2005/2006; </li></ul><ul><li>Alunos do 11º ano do Cu...
Estudo <ul><li>1ª parte </li></ul><ul><li>Trabalho desenvolvido pelos alunos em pares com apoio do computador fixo.  </li>...
Objectivos <ul><li>Analisar as implicações que o uso do computador fixo e portátil tem: </li></ul><ul><li>Na aprendizagem ...
Português On-Line Página Web www.portuguesonline2.com.sapo.pt
Estudo  Computador Fixo <ul><li>Técnica de recolha de dados </li></ul><ul><li>Inquérito por questionário </li></ul><ul><li...
Estudo Piloto Computador Portátil <ul><li>Patrocinadores </li></ul><ul><li>IBM - portáteis ThinkPad  - 1:1 </li></ul><ul><...
Análise dos Resultados Computador Fixo (N=19) <ul><li>Literacia informática   </li></ul><ul><li>1.Correio Electrónico  </l...
Análise dos Resultados Computador Fixo <ul><li>Trabalho colaborativo em pares   </li></ul><ul><li>Confiança/competências n...
Análise dos Resultados Computador Fixo <ul><li>Trabalho colaborativo em pares   </li></ul><ul><li>Colaboração  </li></ul><...
Análise dos Resultados Computador Fixo <ul><li>Trabalho colaborativo em pares   </li></ul><ul><li>Colaboração  </li></ul><...
Análise dos Resultados Computador Fixo <ul><li>Trabalho colaborativo em pares   </li></ul><ul><li>Tempo Gasto </li></ul><u...
Análise dos Resultados Computador Fixo <ul><li>Trabalho colaborativo em pares   </li></ul><ul><li>Avaliação do Trabalho em...
Análise dos Resultados Computador Fixo <ul><li>Trabalho colaborativo em pares   </li></ul><ul><li>Limitações na Leitura no...
Análise dos Resultados Computador Fixo <ul><li>Trabalho colaborativo em pares   </li></ul><ul><li>Motivação  </li></ul><ul...
Análise dos Resultados Computador Fixo <ul><li>Trabalho colaborativo em pares   </li></ul><ul><li>Implicações na aprendiza...
Análise dos Resultados Computador portátil (N=19) <ul><li>A maioria dos alunos considerou apreciar </li></ul><ul><li>a por...
Análise dos Resultados Computador portátil <ul><li>Ter um computador portátil ligado à Internet 24 h por dia permitiu </li...
Análise dos Resultados Computador Portátil <ul><li>Atitude dos alunos perante a escola </li></ul><ul><li>A maioria dos alu...
Análise dos Resultados Desktop  Laptop <ul><li>dificuldade em usar o teclado e o rato  </li></ul><ul><li>pouca autonomia d...
Conclusões  <ul><li>A maioria dos alunos possui alguma proficiência em literacia informática básica, ao considerar ser cap...
Conclusões  <ul><li>Os resultados foram bastante positivos no que respeita às dimensões: colaboração, motivação e implicaç...
<ul><li>Obrigada pela vossa presença! </li></ul>
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Mobile Learning

1.575 visualizações

Publicada em

eLearning and mLearning

Publicada em: Educação, Tecnologia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.575
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
204
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
37
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Mobile Learning

    1. 1. DAS TECNOLOGIAS COM FIOS AO WIRELESS: IMPLICAÇÕES NO TRABALHO ESCOLAR INDIVIDUAL E COLABORATIVO EM PARES Adelina Moura Ana Amélia Carvalho V Conferência Internacional de Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação, Challenges 2007 17 e 18 de Maio Universidade do Minho
    2. 2. A educação na era da globalização <ul><li>Aprendizagem ao longo da vida para todos (life long learning for all); </li></ul><ul><li>Educação a distância (elearning); </li></ul><ul><li>Institucionalização de redes; </li></ul>
    3. 3. Do eLearning ao mLearning <ul><li>A aprendizagem a distância trouxe alguns benefícios - a formação é feita quando é preciso, a qualquer hora e em qualquer lugar; </li></ul><ul><li>No entanto, a dependência das tecnologias com fios obriga a um lugar fixo o que nem sempre cumpre as necessidades dos utilizadores; </li></ul><ul><li>O mLearning vem colmatar esta necessidade com a possibilidade de se poder aprender em qualquer lugar, a qualquer hora através de dispositivos móveis. </li></ul>
    4. 4. Estudo: do computador fixo ao computador portátil <ul><li>Ano lectivo 2005/2006; </li></ul><ul><li>Alunos do 11º ano do Curso Técnico de Construção Civil da Escola Profissional de Braga; </li></ul><ul><li>Seguimento do projecto “Português On-line” iniciado em 2003/2004; </li></ul>
    5. 5. Estudo <ul><li>1ª parte </li></ul><ul><li>Trabalho desenvolvido pelos alunos em pares com apoio do computador fixo. </li></ul><ul><li>2ª parte </li></ul><ul><li>Trabalho desenvolvido individualmente pelos alunos através de um computador portátil. </li></ul>
    6. 6. Objectivos <ul><li>Analisar as implicações que o uso do computador fixo e portátil tem: </li></ul><ul><li>Na aprendizagem individual e colaborativa </li></ul><ul><li>Na atitude dos alunos perante a escola </li></ul>
    7. 7. Português On-Line Página Web www.portuguesonline2.com.sapo.pt
    8. 8. Estudo Computador Fixo <ul><li>Técnica de recolha de dados </li></ul><ul><li>Inquérito por questionário </li></ul><ul><li>Parte 1 </li></ul><ul><li>Identificar as competências de literacia informática: </li></ul><ul><li>Ferramentas de comunicação </li></ul><ul><li>Software </li></ul><ul><li>World Wide Web </li></ul><ul><li>Periféricos Informáticos </li></ul><ul><li>Parte 2 </li></ul><ul><li>Analisar as percepções dos alunos sobre o trabalho colaborativo em pares com computador fixo ligado à Internet. </li></ul>Amostra = 19
    9. 9. Estudo Piloto Computador Portátil <ul><li>Patrocinadores </li></ul><ul><li>IBM - portáteis ThinkPad - 1:1 </li></ul><ul><li>VODAFONE - serviço GPRS 3G – 24 h </li></ul><ul><li>Objectivos </li></ul><ul><li>Identificar as dificuldades de adaptação dos alunos ao portátil e os principais problemas no funcionamento e na ligação à Internet; </li></ul><ul><li>Analisar as percepções dos alunos face ao trabalho realizado através de um portátil ligado à Internet; </li></ul><ul><li>Identificar a atitude dos alunos perante a escola; </li></ul><ul><li>Técnica de recolha de dados </li></ul><ul><li>Questionário, entrevista, diário de bordo e participação no fórum da turma </li></ul>Amostra = 19
    10. 10. Análise dos Resultados Computador Fixo (N=19) <ul><li>Literacia informática </li></ul><ul><li>1.Correio Electrónico </li></ul><ul><li>2. Chat e Messenger </li></ul><ul><li>3. Fórum </li></ul><ul><li>4. Blogue </li></ul><ul><li>5. Software </li></ul><ul><li>6. World Wide Web </li></ul><ul><li>7. Periféricos Informáticos </li></ul>
    11. 11. Análise dos Resultados Computador Fixo <ul><li>Trabalho colaborativo em pares </li></ul><ul><li>Confiança/competências na utilização do computador </li></ul><ul><li>100% disse gostar de trabalhar com o computador; </li></ul><ul><li>84% concordou sentir-se à vontade a utilizar um computador; </li></ul><ul><li>84% disse que gostaria de saber mais sobre a utilização de um computador na aula; </li></ul><ul><li>74% discordou ter algumas dificuldades em utilizar funcionalidades do computador; </li></ul>
    12. 12. Análise dos Resultados Computador Fixo <ul><li>Trabalho colaborativo em pares </li></ul><ul><li>Colaboração </li></ul><ul><li>A maioria concordou que </li></ul><ul><li>duas cabeças pensam melhor do que uma; </li></ul><ul><li>partilhar o trabalho com outro colega é bom; </li></ul><ul><li>a escolha do par é muito importante; </li></ul><ul><li>a divisão de tarefas torna o trabalho menos cansativo; </li></ul><ul><li>há enriquecimento de ideias quando se discutem os assuntos a dois; </li></ul><ul><li>no trabalho em pares há ajuda mútua; </li></ul><ul><li>o par desenvolve todos os trabalhos em conjunto; </li></ul>
    13. 13. Análise dos Resultados Computador Fixo <ul><li>Trabalho colaborativo em pares </li></ul><ul><li>Colaboração </li></ul><ul><li>A maioria concordou que </li></ul><ul><li>sentiu que podia sempre exprimir as suas ideias; </li></ul><ul><li>as dúvidas foram sempre esclarecidas pelo par ou pela professora; </li></ul><ul><li>gosta de trabalhar em grupo; </li></ul><ul><li>Porém discordou </li></ul><ul><li>que os trabalhos sejam mais de um do que de outro; </li></ul>
    14. 14. Análise dos Resultados Computador Fixo <ul><li>Trabalho colaborativo em pares </li></ul><ul><li>Tempo Gasto </li></ul><ul><li>A maioria discordou que </li></ul><ul><li>trabalhar com o computador faz perder tempo; </li></ul><ul><li>acedendo à Internet o tempo de aula não rende; </li></ul><ul><li>quando há trabalho individual a fazer, enquanto um usa o computador o outro não faz nada prejudicando a aprendizagem; </li></ul><ul><li>apresentou opinião indefinida </li></ul><ul><li>sobre se para trabalhar com as tecnologias é preciso mais tempo de aula; </li></ul>
    15. 15. Análise dos Resultados Computador Fixo <ul><li>Trabalho colaborativo em pares </li></ul><ul><li>Avaliação do Trabalho em Pares </li></ul><ul><li>63% manifestou posição indefinida quanto a saber se é injusto ter a mesma nota quando um trabalha e o outro não; </li></ul><ul><li>53% concordou que avaliar o trabalho de pares é difícil; </li></ul><ul><li>42% disse que o professor tem dificuldade em saber quem trabalha e quem não faz nada; </li></ul>
    16. 16. Análise dos Resultados Computador Fixo <ul><li>Trabalho colaborativo em pares </li></ul><ul><li>Limitações na Leitura no Ecrã </li></ul><ul><li>58% concordou que ler no ecrã é fácil por permitir ajustar o tamanho da letra; </li></ul><ul><li>52% discordou que a leitura no ecrã seja mais lenta; </li></ul><ul><li>16% concordou continuar a preferir ler no papel; </li></ul>
    17. 17. Análise dos Resultados Computador Fixo <ul><li>Trabalho colaborativo em pares </li></ul><ul><li>Motivação </li></ul><ul><li>A maioria concordou que </li></ul><ul><li>trabalhar dois a dois num computador motiva mais; </li></ul><ul><li>é mais divertido; </li></ul><ul><li>os trabalhos nas aulas deveriam ser sempre realizados em pares; </li></ul><ul><li>Discordou </li></ul><ul><li>quando questionados sobre se quando um está a escrever o outro se desmotiva; </li></ul>
    18. 18. Análise dos Resultados Computador Fixo <ul><li>Trabalho colaborativo em pares </li></ul><ul><li>Implicações na aprendizagem </li></ul><ul><li>A maioria discordou que </li></ul><ul><li>trabalhar em pares distrai mais; </li></ul><ul><li>em tarefas individuais se perde muito tempo porque enquanto um usa o computador o outro não faz nada; </li></ul><ul><li>tenha dificuldade em acompanhar os conteúdos curriculares a trabalhar em pares; </li></ul><ul><li>Mas concordou que </li></ul><ul><li>a trabalhar em pares se aprende mais; </li></ul><ul><li>encoraja ao debate dos assuntos; </li></ul>
    19. 19. Análise dos Resultados Computador portátil (N=19) <ul><li>A maioria dos alunos considerou apreciar </li></ul><ul><li>a portabilidade </li></ul><ul><li>a mobilidade </li></ul><ul><li>a ubiquidade </li></ul><ul><li>que o computador portátil permite </li></ul><ul><li>Assim como </li></ul><ul><li>a possibilidade de poder estar sempre on-line, aquilo a que se chama “evernet” </li></ul>
    20. 20. Análise dos Resultados Computador portátil <ul><li>Ter um computador portátil ligado à Internet 24 h por dia permitiu </li></ul><ul><li>Optimizar o tempo de estudo e de lazer; </li></ul><ul><li>Poder realizar tarefas em qualquer local e a qualquer hora; </li></ul><ul><li>Continuar as actividades para além da sala de aula; </li></ul><ul><li>Poder trabalhar para outras disciplinas dentro e fora da escola </li></ul>
    21. 21. Análise dos Resultados Computador Portátil <ul><li>Atitude dos alunos perante a escola </li></ul><ul><li>A maioria dos alunos considerou que o facto de ter usado um portátil </li></ul><ul><li>não alterou a sua atitude perante a escola; </li></ul><ul><li>Porém </li></ul><ul><li>alterou positivamente o seu empenho na escola; </li></ul><ul><li>sentiu-se mais motivada para vir à escola </li></ul>
    22. 22. Análise dos Resultados Desktop Laptop <ul><li>dificuldade em usar o teclado e o rato </li></ul><ul><li>pouca autonomia da bateria </li></ul><ul><li>instabilidade na ligação à Internet </li></ul><ul><li>portabilidade </li></ul><ul><li>conectividade </li></ul><ul><li>comunicação ubíqua </li></ul><ul><li>mobilidade </li></ul><ul><li>facilidade de transporte </li></ul><ul><li>possibilidade de dar continuidade ao trabalho fora da sala de aula </li></ul><ul><li>utilidade </li></ul><ul><li>fixação/permanência </li></ul><ul><li>impossibilidade de mobilidade </li></ul><ul><li>dificuldade de transporte </li></ul><ul><li>limitação a um local fixo </li></ul><ul><li>necessidade de fios </li></ul><ul><li>facilidade de utilização do teclado e do rato </li></ul><ul><li>uma tecnologia mais familiar </li></ul>desvantagens vantagens desvantagens vantagens
    23. 23. Conclusões <ul><li>A maioria dos alunos possui alguma proficiência em literacia informática básica, ao considerar ser capaz de usar ferramentas de comunicação, software do Office, navegar na World Wide Web e utilizar alguns periféricos informáticos; </li></ul><ul><li>Quando se trata de conhecimentos mais avançados revelou sentir-se pouco à vontade ou mesmo ser incapazes de os utilizar; </li></ul><ul><li>Todos os alunos referiram gostar de usar o computador em contexto de sala de aula e reconheceram potencialidades ao trabalho colaborativo em pares com um computador fixo; </li></ul>
    24. 24. Conclusões <ul><li>Os resultados foram bastante positivos no que respeita às dimensões: colaboração, motivação e implicações na aprendizagem; </li></ul><ul><li>Houve uma grande unanimidade dos alunos em considerar os computadores portáteis mais vantajosos quer no processo de ensino/aprendizagem, quer no lazer; </li></ul><ul><li>Assim </li></ul><ul><li>Estes resultados abrem caminho a uma nova área de investigação no domínio educativo – a aprendizagem móvel </li></ul>
    25. 25. <ul><li>Obrigada pela vossa presença! </li></ul>

    ×