Ciclagem de matéria e energia

814 visualizações

Publicada em

Apresentação sobre Ciclagem de Matéria e Energia do I Curso de Verão em Limnologia

Publicada em: Meio ambiente
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
814
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
188
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ciclagem de matéria e energia

  1. 1. ICursodeVerãoemLimnologia CiclagemdeMatériaeEnergia:históricoe perspectivasemsistemaslóticos LeonardoKlebaLisboa
  2. 2. Histórico - riachos • Lindeman • Escola de Hutchinson • Odum, 1956 e 1957 - Primary production in flowing waters - Trophic structure and productivity of Silver Springs
  3. 3. Odum,1956 Metabolismo da comunidade Produção Primária
  4. 4. Odum, 1957 Estrutura trófica e funcionamento de sistemas de águas correntes Abordagem de fluxo de energia e biomassa Produção Primária
  5. 5. Minshall, 1967 Incluíram Importância da Produção Alóctone
  6. 6. Cummins, 1974 Incluíram Importância da Produção Alóctone
  7. 7. Fisher e Likens, 1973 Estudos de Balanço total de MO Simples razão P/R não define autotrofia heterotrofia: incluir inputs e outputs
  8. 8. Fisher e Likens, 1973 Estudos de Balanço total de MO Mais de 98% da energia alóctone
  9. 9. Minshal, 1978 Controversas da importância alóctone Sistemas podem ser autotróficos com predominância de PP
  10. 10. Ciclo de nutrientes Rios tem características únicas!!
  11. 11. Ciclo de nutrientes em Sistemas Lóticos = Spiraling COD C Groundwater Webster, 1975 Wallace, 1977 Newbold, 1982 Conceitos para C e Nutrientes
  12. 12. Ciclo de nutrientes em Sistemas Lóticos = Spiraling Webster, 2007
  13. 13. Perspectivas em Autotrofia Heterotrofia de riachos: Isótopos estáveis Bunn, 2003 Brito, 2006 Moulton, 2006 Eficiência de assimilação e fluxo de ingestão
  14. 14. Perspectivas em Autotrofia Heterotrofia de riachos: Isótopos estáveis Bunn, 2003 Brito, 2006 Moulton, 2006 1ª Lei Termodinâmica: I=O 2 ª Lei Termodinâmica: Entropia aumenta (dispersão de calor)
  15. 15. Perspectivas em Autotrofia Heterotrofia de riachos: Isótopos estáveis de Vinicius Lima, 2013 Identificação da origem da biomassa através da proporção de C13 e C14
  16. 16. MuitoObrigado LeonardoKlebaLisboa

×