problematização

1.148 visualizações

Publicada em

problematização

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.148
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

problematização

  1. 1. PROBLEMATIZAÇÃO
  2. 2. Fundamentos Teóricos • A Problematização é um elemento- chave na transição entre a prática e a teoria, isto é, entre o fazer cotidiano e a cultura elaborada; • O segundo passo consiste no questionamento dessa realidade e também do conteúdo. Os problemas postos pela prática social nem sempre podem ser tratados na sua totalidade em cada área do conhecimento;
  3. 3. Fundamentos Teóricos  Ao relacionar o conteúdo com a prática social, definem-se as questões que podem ser encaminhadas e resolvidas por meio desse conteúdo especifico;  Mesmo que muitos professores e diversas instituições de ensino busquem trabalhar os conteúdos definidos com base nos principais problemas postos pela prática social, essa não é a regra;
  4. 4. Fundamentos Teóricos  Quem propõe os conteúdos, portanto, é a própria sociedade;  O professor sempre enfatiza que o conteúdo é científico;
  5. 5.  É necessário lembrar na construção do conhecimento escolar, que a ciência é um produto social nascida de necessidades históricas, econômicas, políticas, ideológicas, filosóficas, religiosas, técnicas etc;  Na ordem prática escolar, a problematização se inicia pela discussão do marco teórico ou pelas grandes questões sociais que foram detectadas.
  6. 6. Procedimentos práticos  Esses programas e manuais didáticos utilizados pelos professores não precisam ser descartados.  Encontra-se o momento de questionar o conteúdo especificar a razão pelas quais deve ser apropriado pelos alunos, explicitando também suas múltiplas dimensões.  Relacionar o conteúdo escolar com a prática social desse conteúdo expõe a primeira fase do método, onde se define as principais questões, e por meio desse conteúdo podem ser encaminhadas e resolvidas.
  7. 7. Questionamento da prática social e do conteúdo escolar Com base nos dados apontados pelos alunos e nos desafios surgidos na Prática Social Inicial, onde o professor encaminha uma discussão numa reflexão cooperativa, com o objetivo de começar a entender melhor o conteúdo que será estudado. Este é o momento em que são expostas e discutidas as razões pelas quais os alunos devem aprender o conteúdo proposto, não por si mesmo, mas em função de necessidades sociais. Sendo importante evidenciar porque esse conhecimento é necessário no mundo atual.
  8. 8. DIMENSÕES DOS CONTEÚDOS TRABALHADAS  O conteúdo possui múltiplas faces que podem ser exploradas de maneira interdisciplinar partindo do conteúdo da unidade em questão e transformá-lo em problemas ou perguntas desafiadoras para os alunos, o professor pode prepará-la antecipadamente, quando da elaboração de seu planejamento.
  9. 9. Os procedimentos nessa fase são:  1. Levantamento da realidade social onde se encontra o conteúdo estudado.  2. Questões elaboradas que devem expressar as dimensões que se referem a natureza do conteúdo.  3. Perguntas relativas a cada tópico do conteúdo, expressando as dimensões mais adequadas.  4. Explorar diversas faces para dar continuidade as próximas problematizações.
  10. 10.  5. Selecionar questões fundamentais, envolvendo as dimensões mais pertinentes, as perguntas podem ser formuladas junto com os alunos.  6. As questões devem sempre ser mantidas sempre presentes durante todas as fases de estudo da unidade, pois elas, junto com os objetivos, tornam – se diretriz do processo pedagógico.  7. Deve-se mostrar o conteúdo programático onde se conecta com a pratica social para resolução.
  11. 11.  8. Transformar o conteúdo formal em questões dinâmicas com o objetivo de encaminhar soluções ainda que teóricas leve a tomada da consciência critica.  9. É necessário evidenciar com as diversas dimensões, por meio das quais o conteúdo é tratado, expressão ou a explicitação da totalidade construtiva da realidade de um determinado momento histórico, para aprender com maior precisão a realidade de hoje, através dos conteúdos escolares, dominá-los e atualizá-los em todas as dimensões que respondem aos desafios do tempo presente.
  12. 12. REFERÊNCIA GASPARIN, João Luiz. Uma Didática para a Pedagogia Histórico-Crítica. 5. ed. rev., 1.reimpr. Campinas, SP: Autores Associados, 2011. (Coleção educação contemporânea)

×