SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 23
Baixar para ler offline
MELHORAR A 
APRENDIZAGEM
O que a comunidade e os próprios 
alunos esperam de uma escola? E 
quais são as características que fazem 
a diferença no que diz respeito ao 
nível da qualidade de ensino e de 
reputação na comunidade?
 O desejo de todos os pais é que seus filhos 
aprendam, e que não aprenda coisas erradas, 
que os conhecimentos, as habilidades, os 
valores tenham serventia para vida. 
Desejando que os alunos estejam motivados 
para estar nas aulas e se interesse pelas 
atividades da classe.
 Todas essas perspectivas resumiram-se em 
uma só idéia: as instituições escolares se 
diferenciam entre si pelo grau em que 
conseguem promover a aprendizagem dos 
alunos. Podemos considerar que as escolas 
necessitam ser mais bem organizadas e bem 
administradas para melhorar a qualidade da 
aprendizagem escolar dos alunos.
 Em alguns países vem sendo realizado 
pesquisas a respeito dos elementos da 
organização escolar no desempenho dos 
alunos, tais pesquisas mostram que a o 
modo de funcionamento de uma escola 
faz toda a diferença nos resultados 
escolares dos alunos.
 As escolas são todas iguais, não sendo 
possível estabelecer regras e 
procedimentos organizacionais geral, mas 
essas pesquisas nos possibilitam a 
compreensão do funcionamento delas, 
considerando os contextos e situações 
escolares específicas.
Algumas dessas características 
são: 
 a)Professores preparados,que tenham 
clareza de seus objetivos e conteúdos 
,que façam planos de aulas e consigam 
cativar os alunos que utilizem metodologia 
e procedimentos adequados. 
 b)Existência de um projeto pedagógico-curricular 
com um plano bem definido ,que 
assegure consenso mínimo entre a 
direção da escola e o corpo docente 
acerca dos objetivos a alcançar.
 c)Um bom clima de trabalho ,onde a 
direção contribua para conseguir o 
empenho de todos,em que os professores 
aceitem aprender com a experiência dos 
colegas. 
 d)Estrutura organizacional e boa 
organização do processo ensino 
aprendizagem.
 e) Papel significativo da direção e da 
coordenação pedagógica, que articulem o 
trabalho conjunto de todos os professores, e 
os ajudem a ter bons desempenho e suas 
aulas. 
 f)Disponibilidade de condições físicas e 
materiais ,de recursos didáticos ,de biblioteca 
e outras.
 g)Estrutura curricular e modalidades de 
organização do currículo com conteúdos bem 
selecionados. 
 h)Disponibilidade da equipe para aceitar 
inovações observando o critério de mudar 
sem perder a identidade.
 Também outras pesquisas mostram que, 
entre os fatores que propiciam de melhor 
qualidade das aprendizagens dos alunos, 
estão nas características organizacionais 
que representam 30% desses fatores, 
dando destaque para capacidade de 
liderança dos dirigentes.
 Expondo outro fator relevante é a 
autonomia escolar, implicando uma 
gestão descentralizada em que a escola 
executa o planejamento compatível com 
as realidades locais.
 Nóvoa (1995) apresenta outras características 
determinantes da eficácia das escolas, como 
liderança, organização, articulação curricular, 
estabilidade profissional do corpo docente, 
programas de formação continuada, 
participação dos pais, boa imagem da escola 
na comunidade e apoio das autoridades.
 As características apontadas reforçam a idéia 
de que a qualidade do ensino depende de 
mudanças no âmbito da organização escolar, 
envolvendo a estrutura física e as condições 
de funcionamento, a estrutura e a cultura 
organizacionais e as relações entre alunos, 
professores e funcionários.
 Partindo-se de uma visão sistêmica do 
conhecimento, pode-se perceber que a 
escola, enquanto organização, não é uma 
máquina, mas um organismo vivo. Nonaka 
(2001) faz a seguinte observação: Da mesma 
maneira como as pessoas, a organização é 
capaz de desenvolver um senso de identidade 
e um propósito fundamental coletivo.
 Nesse sentido, uma organização de 
aprendizagem é um lugar “onde as 
pessoas ampliam continuamente a 
capacidade de criar resultados 
verdadeiramente desejáveis, onde se 
fomentam novos padrões de pensamento 
mais abrangentes, onde se libera a 
aspiração coletiva e onde constantemente 
se aprende a aprender em conjunto.” 
(SENGE 1990)
 Dessa forma, o aprender em organizações 
significa testar continuamente nossa 
experiência e transformar essa experiência 
em conhecimento que seja pertinente ao 
propósito geral (missão) da organização ao 
tempo que o torne acessível a toda a 
organização.
 Para que a aprendizagem ocorra 
significativamente é necessária uma 
instituição que ofereça condições 
favoráveis de espaço físico, de higiene, 
de equipamentos, de alimentação, de 
comodidade, dentre outros.
 É necessário uma equipe comprometida e 
bem conduzida; 
 O grande desafio do gestor, coordenar à 
equipe, os espaços, a interação com a 
comunidade, os recursos etc.
 Projeto Político Pedagógico bem arquitetado, 
que busque mudanças qualitativas e que 
seja eficientemente executado; 
 Para que instituições escolares funcionem 
bem é necessário um trabalho 
conjunto/coletivo, que abranja todos os que 
estão ligados direto ou indiretamente na 
educação
 Vimos que os autores sugerem características 
e meios de organização para melhor 
funcionamento e qualidade da aprendizagem 
escolar; 
 Além do trabalho de todas as pessoas 
envolvidas na qualidade do ensino depende 
também de mudanças no âmbito da 
organização escolar;
 Partido da ideia de uma boa organização que 
a escola possui ela é vista como referência 
para a comunidade; 
 No entanto, vale ressaltar que é necessário 
uma escola limpa, bem conservada com 
aspecto físico adequado.
REFERÊNCIAS 
GURGEL, Thais. Todos pela qualidade. Disponível em: <novaescola@fvc.org.br>. 
Acesso em: 18/09/2014 
LIBÂNEO, José Carlos. As práticas de organização e gestão da escola e a 
aprendizagem de professores e alunos. Revista de Educação, CEAP-Salvador 
(BA), 2009, jan/abr 2009. 
LIBÂNEO, José Carlos. Educação escolar: políticas, estrutura e organização. 4 ed. 
São Paulo: Cortez, 2007. (Coleção Docência em Formação/ Coordenação Antônio 
Joaquim Severino, Selma Garrido Pimenta) 
NONAKA, I.; TAKEUCHI, H. A Criação do Conhecimento nas Empresas: como as 
empresas japonesas geram a dinâmica da inovação. Rio de Janeiro: Campus, 
2001. 
SENGE, Peter: A Quinta Disciplina - Arte e Prática da Organização que Aprende. 
Editora Best Seller. 1990.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

CONCEPÇÕES DE ORGANIZAÇÃO E DE GESTÃO ESCOLAR
CONCEPÇÕES  DE ORGANIZAÇÃO E DE GESTÃO ESCOLARCONCEPÇÕES  DE ORGANIZAÇÃO E DE GESTÃO ESCOLAR
CONCEPÇÕES DE ORGANIZAÇÃO E DE GESTÃO ESCOLARValéria Barreto
 
7. Papel político pedagógico do gestor educacional - Prof. Dr. Paulo Gomes Lima
7. Papel político pedagógico do gestor educacional - Prof. Dr. Paulo Gomes Lima7. Papel político pedagógico do gestor educacional - Prof. Dr. Paulo Gomes Lima
7. Papel político pedagógico do gestor educacional - Prof. Dr. Paulo Gomes LimaPaulo Lima
 
O sistema de organização
O sistema de organizaçãoO sistema de organização
O sistema de organizaçãoCida Barros
 
5.projeto político pedagógico da escola
5.projeto político pedagógico da escola5.projeto político pedagógico da escola
5.projeto político pedagógico da escolaUlisses Vakirtzis
 
OPGEAENE AULA 4: Planejamento, organização e gestão escolar
OPGEAENE  AULA 4: Planejamento, organização e gestão escolarOPGEAENE  AULA 4: Planejamento, organização e gestão escolar
OPGEAENE AULA 4: Planejamento, organização e gestão escolarprofamiriamnavarro
 
02 gestão escolar organização
02 gestão escolar organização02 gestão escolar organização
02 gestão escolar organizaçãoJoao Balbi
 
Encontro Teoria Pratica e Conhecimento de Gestao Escolar
Encontro Teoria Pratica e Conhecimento de Gestao EscolarEncontro Teoria Pratica e Conhecimento de Gestao Escolar
Encontro Teoria Pratica e Conhecimento de Gestao EscolarJanete Brito
 
Gestão educacional ii – concepções e fundamentos do ppp
Gestão educacional ii – concepções e fundamentos do pppGestão educacional ii – concepções e fundamentos do ppp
Gestão educacional ii – concepções e fundamentos do pppSusanne Messias
 
Gestão participativa no contexto escolar
Gestão participativa no contexto escolarGestão participativa no contexto escolar
Gestão participativa no contexto escolargcordeiro42
 
A organização Escola
A organização EscolaA organização Escola
A organização Escolaviviprof
 
Gestão e Pratica- Peose
Gestão e Pratica- PeoseGestão e Pratica- Peose
Gestão e Pratica- PeoseCamila Lisboa
 
03 dimensões da gestão escolar
03 dimensões da gestão escolar03 dimensões da gestão escolar
03 dimensões da gestão escolarJoao Balbi
 
GESTÃO DEMOCRÁTICA: O TRABALHO DOS GESTORES
GESTÃO DEMOCRÁTICA: O TRABALHO DOS GESTORESGESTÃO DEMOCRÁTICA: O TRABALHO DOS GESTORES
GESTÃO DEMOCRÁTICA: O TRABALHO DOS GESTORESAline Zugel
 
3. Gestão escolar democrática e gestão escolar participativa - Prof. Dr. Paul...
3. Gestão escolar democrática e gestão escolar participativa - Prof. Dr. Paul...3. Gestão escolar democrática e gestão escolar participativa - Prof. Dr. Paul...
3. Gestão escolar democrática e gestão escolar participativa - Prof. Dr. Paul...Paulo Lima
 
Como gerenciar o espaço físico da escola
Como gerenciar o espaço físico da escolaComo gerenciar o espaço físico da escola
Como gerenciar o espaço físico da escolaUlisses Vakirtzis
 

Mais procurados (20)

CONCEPÇÕES DE ORGANIZAÇÃO E DE GESTÃO ESCOLAR
CONCEPÇÕES  DE ORGANIZAÇÃO E DE GESTÃO ESCOLARCONCEPÇÕES  DE ORGANIZAÇÃO E DE GESTÃO ESCOLAR
CONCEPÇÕES DE ORGANIZAÇÃO E DE GESTÃO ESCOLAR
 
7. Papel político pedagógico do gestor educacional - Prof. Dr. Paulo Gomes Lima
7. Papel político pedagógico do gestor educacional - Prof. Dr. Paulo Gomes Lima7. Papel político pedagógico do gestor educacional - Prof. Dr. Paulo Gomes Lima
7. Papel político pedagógico do gestor educacional - Prof. Dr. Paulo Gomes Lima
 
O sistema de organização
O sistema de organizaçãoO sistema de organização
O sistema de organização
 
Aula 01 slide
Aula 01 slideAula 01 slide
Aula 01 slide
 
Organização Escolar
Organização EscolarOrganização Escolar
Organização Escolar
 
5.projeto político pedagógico da escola
5.projeto político pedagógico da escola5.projeto político pedagógico da escola
5.projeto político pedagógico da escola
 
OPGEAENE AULA 4: Planejamento, organização e gestão escolar
OPGEAENE  AULA 4: Planejamento, organização e gestão escolarOPGEAENE  AULA 4: Planejamento, organização e gestão escolar
OPGEAENE AULA 4: Planejamento, organização e gestão escolar
 
Heloisa Luck
Heloisa LuckHeloisa Luck
Heloisa Luck
 
02 gestão escolar organização
02 gestão escolar organização02 gestão escolar organização
02 gestão escolar organização
 
Encontro Teoria Pratica e Conhecimento de Gestao Escolar
Encontro Teoria Pratica e Conhecimento de Gestao EscolarEncontro Teoria Pratica e Conhecimento de Gestao Escolar
Encontro Teoria Pratica e Conhecimento de Gestao Escolar
 
Gestão educacional ii – concepções e fundamentos do ppp
Gestão educacional ii – concepções e fundamentos do pppGestão educacional ii – concepções e fundamentos do ppp
Gestão educacional ii – concepções e fundamentos do ppp
 
Aula 2 gestão educacional
Aula 2 gestão educacionalAula 2 gestão educacional
Aula 2 gestão educacional
 
Gestão participativa no contexto escolar
Gestão participativa no contexto escolarGestão participativa no contexto escolar
Gestão participativa no contexto escolar
 
Gestão da Educação Escolar
Gestão da Educação EscolarGestão da Educação Escolar
Gestão da Educação Escolar
 
A organização Escola
A organização EscolaA organização Escola
A organização Escola
 
Gestão e Pratica- Peose
Gestão e Pratica- PeoseGestão e Pratica- Peose
Gestão e Pratica- Peose
 
03 dimensões da gestão escolar
03 dimensões da gestão escolar03 dimensões da gestão escolar
03 dimensões da gestão escolar
 
GESTÃO DEMOCRÁTICA: O TRABALHO DOS GESTORES
GESTÃO DEMOCRÁTICA: O TRABALHO DOS GESTORESGESTÃO DEMOCRÁTICA: O TRABALHO DOS GESTORES
GESTÃO DEMOCRÁTICA: O TRABALHO DOS GESTORES
 
3. Gestão escolar democrática e gestão escolar participativa - Prof. Dr. Paul...
3. Gestão escolar democrática e gestão escolar participativa - Prof. Dr. Paul...3. Gestão escolar democrática e gestão escolar participativa - Prof. Dr. Paul...
3. Gestão escolar democrática e gestão escolar participativa - Prof. Dr. Paul...
 
Como gerenciar o espaço físico da escola
Como gerenciar o espaço físico da escolaComo gerenciar o espaço físico da escola
Como gerenciar o espaço físico da escola
 

Destaque

Abordagens comparativas
Abordagens comparativasAbordagens comparativas
Abordagens comparativasadrianamnf13
 
Aprendizagem organizacional
Aprendizagem organizacionalAprendizagem organizacional
Aprendizagem organizacionalAna Cunha
 
Gestão Pública: A aprendizagem organizacional e a mudança na Administração Pú...
Gestão Pública: A aprendizagem organizacional e a mudança na Administração Pú...Gestão Pública: A aprendizagem organizacional e a mudança na Administração Pú...
Gestão Pública: A aprendizagem organizacional e a mudança na Administração Pú...A. Rui Teixeira Santos
 
Nocoes de organizacao e gestao de pessoas
Nocoes de organizacao e gestao de pessoasNocoes de organizacao e gestao de pessoas
Nocoes de organizacao e gestao de pessoasAdriana Vasconcelos
 
Aprendizado organizacional trabalho
Aprendizado organizacional trabalhoAprendizado organizacional trabalho
Aprendizado organizacional trabalhoJhoseph Pinheiro
 
Organizações de aprendizagem ou aprendizagem organizacional
Organizações de aprendizagem  ou aprendizagem organizacionalOrganizações de aprendizagem  ou aprendizagem organizacional
Organizações de aprendizagem ou aprendizagem organizacionalFelipe Salles
 
Aula 5 aprendizagem_organizacional
Aula 5 aprendizagem_organizacionalAula 5 aprendizagem_organizacional
Aula 5 aprendizagem_organizacionalCarlos Alves
 

Destaque (7)

Abordagens comparativas
Abordagens comparativasAbordagens comparativas
Abordagens comparativas
 
Aprendizagem organizacional
Aprendizagem organizacionalAprendizagem organizacional
Aprendizagem organizacional
 
Gestão Pública: A aprendizagem organizacional e a mudança na Administração Pú...
Gestão Pública: A aprendizagem organizacional e a mudança na Administração Pú...Gestão Pública: A aprendizagem organizacional e a mudança na Administração Pú...
Gestão Pública: A aprendizagem organizacional e a mudança na Administração Pú...
 
Nocoes de organizacao e gestao de pessoas
Nocoes de organizacao e gestao de pessoasNocoes de organizacao e gestao de pessoas
Nocoes de organizacao e gestao de pessoas
 
Aprendizado organizacional trabalho
Aprendizado organizacional trabalhoAprendizado organizacional trabalho
Aprendizado organizacional trabalho
 
Organizações de aprendizagem ou aprendizagem organizacional
Organizações de aprendizagem  ou aprendizagem organizacionalOrganizações de aprendizagem  ou aprendizagem organizacional
Organizações de aprendizagem ou aprendizagem organizacional
 
Aula 5 aprendizagem_organizacional
Aula 5 aprendizagem_organizacionalAula 5 aprendizagem_organizacional
Aula 5 aprendizagem_organizacional
 

Semelhante a Melhorar aprendizagem escolar através organização

Administração educacional areas de atuação
Administração educacional areas de atuaçãoAdministração educacional areas de atuação
Administração educacional areas de atuaçãoIsrael serique
 
Uma releitura dos indicadores da qualidade na educação no contexto de na esco...
Uma releitura dos indicadores da qualidade na educação no contexto de na esco...Uma releitura dos indicadores da qualidade na educação no contexto de na esco...
Uma releitura dos indicadores da qualidade na educação no contexto de na esco...aninhaw2
 
Atividades relativas aos livros 01, 02, 03 e 04 etapa 01
Atividades relativas aos livros 01, 02, 03 e 04 etapa 01Atividades relativas aos livros 01, 02, 03 e 04 etapa 01
Atividades relativas aos livros 01, 02, 03 e 04 etapa 01heder oliveira silva
 
Atividades relativas aos livros 01, 02, 03 e 04 etapa 01
Atividades relativas aos livros 01, 02, 03 e 04 etapa 01Atividades relativas aos livros 01, 02, 03 e 04 etapa 01
Atividades relativas aos livros 01, 02, 03 e 04 etapa 01heder oliveira silva
 
Plano Anual de Ação da Direção Escolar
Plano Anual de Ação da Direção Escolar Plano Anual de Ação da Direção Escolar
Plano Anual de Ação da Direção Escolar LOCIMAR MASSALAI
 
Escola democrática
Escola democráticaEscola democrática
Escola democráticaPaula Alves
 
CONTRIBUIÇÕES DA PESQUISA COLABORATIVA PARA A FORMAÇÃO E A PRÁTICA DE FUTUROS...
CONTRIBUIÇÕES DA PESQUISA COLABORATIVA PARA A FORMAÇÃO E A PRÁTICA DE FUTUROS...CONTRIBUIÇÕES DA PESQUISA COLABORATIVA PARA A FORMAÇÃO E A PRÁTICA DE FUTUROS...
CONTRIBUIÇÕES DA PESQUISA COLABORATIVA PARA A FORMAÇÃO E A PRÁTICA DE FUTUROS...ProfessorPrincipiante
 
Formação Lucas do Rio Verde
 Formação Lucas do Rio Verde Formação Lucas do Rio Verde
Formação Lucas do Rio VerdeSara Cristina
 
Planejamento 2013 sme (sem vídeos)
Planejamento 2013   sme (sem vídeos)Planejamento 2013   sme (sem vídeos)
Planejamento 2013 sme (sem vídeos)Rosemary Batista
 
Estagio curricular obrigatorio na gestao escolar observacoes participacoes e ...
Estagio curricular obrigatorio na gestao escolar observacoes participacoes e ...Estagio curricular obrigatorio na gestao escolar observacoes participacoes e ...
Estagio curricular obrigatorio na gestao escolar observacoes participacoes e ...Nelma Quinto
 
Coordenacao pedagogica 6
Coordenacao pedagogica 6Coordenacao pedagogica 6
Coordenacao pedagogica 6Liberty Ensino
 
Gorete exercicio
Gorete exercicioGorete exercicio
Gorete exercicioNaya Vitas
 
Artigo em Gestão do trabalho coletivo
Artigo em Gestão do trabalho coletivoArtigo em Gestão do trabalho coletivo
Artigo em Gestão do trabalho coletivoJose Arnaldo Silva
 
Referenciais para o_exame_nacional_de_ingresso_na_carreira_docente
Referenciais para o_exame_nacional_de_ingresso_na_carreira_docenteReferenciais para o_exame_nacional_de_ingresso_na_carreira_docente
Referenciais para o_exame_nacional_de_ingresso_na_carreira_docenteAmorim Albert
 
80 conceitos importantes_na_pr
80 conceitos importantes_na_pr80 conceitos importantes_na_pr
80 conceitos importantes_na_prafermartins
 
Supervisor educacional
Supervisor educacionalSupervisor educacional
Supervisor educacionalDavi Brandão
 
Artigo - Gestão do trabalho coletivo
Artigo - Gestão do trabalho coletivoArtigo - Gestão do trabalho coletivo
Artigo - Gestão do trabalho coletivoJose Arnaldo Silva
 

Semelhante a Melhorar aprendizagem escolar através organização (20)

Administração educacional areas de atuação
Administração educacional areas de atuaçãoAdministração educacional areas de atuação
Administração educacional areas de atuação
 
Uma releitura dos indicadores da qualidade na educação no contexto de na esco...
Uma releitura dos indicadores da qualidade na educação no contexto de na esco...Uma releitura dos indicadores da qualidade na educação no contexto de na esco...
Uma releitura dos indicadores da qualidade na educação no contexto de na esco...
 
Apresentação 3 (1)
Apresentação 3 (1)Apresentação 3 (1)
Apresentação 3 (1)
 
Atividades relativas aos livros 01, 02, 03 e 04 etapa 01
Atividades relativas aos livros 01, 02, 03 e 04 etapa 01Atividades relativas aos livros 01, 02, 03 e 04 etapa 01
Atividades relativas aos livros 01, 02, 03 e 04 etapa 01
 
Atividades relativas aos livros 01, 02, 03 e 04 etapa 01
Atividades relativas aos livros 01, 02, 03 e 04 etapa 01Atividades relativas aos livros 01, 02, 03 e 04 etapa 01
Atividades relativas aos livros 01, 02, 03 e 04 etapa 01
 
Plano Anual de Ação da Direção Escolar
Plano Anual de Ação da Direção Escolar Plano Anual de Ação da Direção Escolar
Plano Anual de Ação da Direção Escolar
 
Escola democrática
Escola democráticaEscola democrática
Escola democrática
 
CONTRIBUIÇÕES DA PESQUISA COLABORATIVA PARA A FORMAÇÃO E A PRÁTICA DE FUTUROS...
CONTRIBUIÇÕES DA PESQUISA COLABORATIVA PARA A FORMAÇÃO E A PRÁTICA DE FUTUROS...CONTRIBUIÇÕES DA PESQUISA COLABORATIVA PARA A FORMAÇÃO E A PRÁTICA DE FUTUROS...
CONTRIBUIÇÕES DA PESQUISA COLABORATIVA PARA A FORMAÇÃO E A PRÁTICA DE FUTUROS...
 
Formação Lucas do Rio Verde
 Formação Lucas do Rio Verde Formação Lucas do Rio Verde
Formação Lucas do Rio Verde
 
Planejamento 2013 sme (sem vídeos)
Planejamento 2013   sme (sem vídeos)Planejamento 2013   sme (sem vídeos)
Planejamento 2013 sme (sem vídeos)
 
Estagio curricular obrigatorio na gestao escolar observacoes participacoes e ...
Estagio curricular obrigatorio na gestao escolar observacoes participacoes e ...Estagio curricular obrigatorio na gestao escolar observacoes participacoes e ...
Estagio curricular obrigatorio na gestao escolar observacoes participacoes e ...
 
Coordenacao pedagogica 6
Coordenacao pedagogica 6Coordenacao pedagogica 6
Coordenacao pedagogica 6
 
Gestão da Educação Especial
Gestão da Educação EspecialGestão da Educação Especial
Gestão da Educação Especial
 
Gorete exercicio
Gorete exercicioGorete exercicio
Gorete exercicio
 
Artigo em Gestão do trabalho coletivo
Artigo em Gestão do trabalho coletivoArtigo em Gestão do trabalho coletivo
Artigo em Gestão do trabalho coletivo
 
Referenciais para o_exame_nacional_de_ingresso_na_carreira_docente
Referenciais para o_exame_nacional_de_ingresso_na_carreira_docenteReferenciais para o_exame_nacional_de_ingresso_na_carreira_docente
Referenciais para o_exame_nacional_de_ingresso_na_carreira_docente
 
80 conceitos importantes_na_pr
80 conceitos importantes_na_pr80 conceitos importantes_na_pr
80 conceitos importantes_na_pr
 
Planejamento Pedagógico
Planejamento PedagógicoPlanejamento Pedagógico
Planejamento Pedagógico
 
Supervisor educacional
Supervisor educacionalSupervisor educacional
Supervisor educacional
 
Artigo - Gestão do trabalho coletivo
Artigo - Gestão do trabalho coletivoArtigo - Gestão do trabalho coletivo
Artigo - Gestão do trabalho coletivo
 

Mais de Lílian Reis

Educação dos surdos
Educação dos surdosEducação dos surdos
Educação dos surdosLílian Reis
 
O exílio em Londres, a Economia Política e O Capital
O exílio em Londres, a Economia Política e O CapitalO exílio em Londres, a Economia Política e O Capital
O exílio em Londres, a Economia Política e O CapitalLílian Reis
 
Esboço de organização de sistema de ensino com base no princípio educativo
Esboço de organização de sistema de ensino com base no princípio educativoEsboço de organização de sistema de ensino com base no princípio educativo
Esboço de organização de sistema de ensino com base no princípio educativo Lílian Reis
 
Quando deus fez os especiais
Quando deus fez os especiaisQuando deus fez os especiais
Quando deus fez os especiaisLílian Reis
 
Política Nacional da Ed. Infantil
Política Nacional da Ed. InfantilPolítica Nacional da Ed. Infantil
Política Nacional da Ed. InfantilLílian Reis
 
Pensamentos René Descartes
Pensamentos René DescartesPensamentos René Descartes
Pensamentos René DescartesLílian Reis
 
O direito à educação infantil
O direito à educação infantilO direito à educação infantil
O direito à educação infantilLílian Reis
 
Concepção de infância ao longo da história
Concepção de infância ao longo da históriaConcepção de infância ao longo da história
Concepção de infância ao longo da históriaLílian Reis
 
EJ.A paraiba e rio grande do sul
 EJ.A  paraiba e rio grande do sul EJ.A  paraiba e rio grande do sul
EJ.A paraiba e rio grande do sulLílian Reis
 
A educação na antiguidade clássica grécia
A educação na antiguidade clássica  gréciaA educação na antiguidade clássica  grécia
A educação na antiguidade clássica gréciaLílian Reis
 
Aula construção espaço geográfico
Aula construção espaço geográficoAula construção espaço geográfico
Aula construção espaço geográficoLílian Reis
 

Mais de Lílian Reis (20)

Dadaísmo
Dadaísmo Dadaísmo
Dadaísmo
 
Educação dos surdos
Educação dos surdosEducação dos surdos
Educação dos surdos
 
O exílio em Londres, a Economia Política e O Capital
O exílio em Londres, a Economia Política e O CapitalO exílio em Londres, a Economia Política e O Capital
O exílio em Londres, a Economia Política e O Capital
 
Esboço de organização de sistema de ensino com base no princípio educativo
Esboço de organização de sistema de ensino com base no princípio educativoEsboço de organização de sistema de ensino com base no princípio educativo
Esboço de organização de sistema de ensino com base no princípio educativo
 
Quando deus fez os especiais
Quando deus fez os especiaisQuando deus fez os especiais
Quando deus fez os especiais
 
Varicela
VaricelaVaricela
Varicela
 
Política Nacional da Ed. Infantil
Política Nacional da Ed. InfantilPolítica Nacional da Ed. Infantil
Política Nacional da Ed. Infantil
 
Pensamentos René Descartes
Pensamentos René DescartesPensamentos René Descartes
Pensamentos René Descartes
 
Higiene pessoal
Higiene pessoalHigiene pessoal
Higiene pessoal
 
Feminismo
FeminismoFeminismo
Feminismo
 
Genero
GeneroGenero
Genero
 
O direito à educação infantil
O direito à educação infantilO direito à educação infantil
O direito à educação infantil
 
Concepção de infância ao longo da história
Concepção de infância ao longo da históriaConcepção de infância ao longo da história
Concepção de infância ao longo da história
 
EJ.A paraiba e rio grande do sul
 EJ.A  paraiba e rio grande do sul EJ.A  paraiba e rio grande do sul
EJ.A paraiba e rio grande do sul
 
Sondagem
SondagemSondagem
Sondagem
 
A educação na antiguidade clássica grécia
A educação na antiguidade clássica  gréciaA educação na antiguidade clássica  grécia
A educação na antiguidade clássica grécia
 
metodo fônico
metodo fônicometodo fônico
metodo fônico
 
Louis althusser
Louis althusserLouis althusser
Louis althusser
 
Lev vygotsky
Lev vygotsky Lev vygotsky
Lev vygotsky
 
Aula construção espaço geográfico
Aula construção espaço geográficoAula construção espaço geográfico
Aula construção espaço geográfico
 

Último

HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfdio7ff
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?MrciaRocha48
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.HildegardeAngel
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptxAULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptxrenatacolbeich1
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 

Último (20)

HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptxAULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 

Melhorar aprendizagem escolar através organização

  • 2. O que a comunidade e os próprios alunos esperam de uma escola? E quais são as características que fazem a diferença no que diz respeito ao nível da qualidade de ensino e de reputação na comunidade?
  • 3.  O desejo de todos os pais é que seus filhos aprendam, e que não aprenda coisas erradas, que os conhecimentos, as habilidades, os valores tenham serventia para vida. Desejando que os alunos estejam motivados para estar nas aulas e se interesse pelas atividades da classe.
  • 4.  Todas essas perspectivas resumiram-se em uma só idéia: as instituições escolares se diferenciam entre si pelo grau em que conseguem promover a aprendizagem dos alunos. Podemos considerar que as escolas necessitam ser mais bem organizadas e bem administradas para melhorar a qualidade da aprendizagem escolar dos alunos.
  • 5.  Em alguns países vem sendo realizado pesquisas a respeito dos elementos da organização escolar no desempenho dos alunos, tais pesquisas mostram que a o modo de funcionamento de uma escola faz toda a diferença nos resultados escolares dos alunos.
  • 6.  As escolas são todas iguais, não sendo possível estabelecer regras e procedimentos organizacionais geral, mas essas pesquisas nos possibilitam a compreensão do funcionamento delas, considerando os contextos e situações escolares específicas.
  • 7. Algumas dessas características são:  a)Professores preparados,que tenham clareza de seus objetivos e conteúdos ,que façam planos de aulas e consigam cativar os alunos que utilizem metodologia e procedimentos adequados.  b)Existência de um projeto pedagógico-curricular com um plano bem definido ,que assegure consenso mínimo entre a direção da escola e o corpo docente acerca dos objetivos a alcançar.
  • 8.  c)Um bom clima de trabalho ,onde a direção contribua para conseguir o empenho de todos,em que os professores aceitem aprender com a experiência dos colegas.  d)Estrutura organizacional e boa organização do processo ensino aprendizagem.
  • 9.  e) Papel significativo da direção e da coordenação pedagógica, que articulem o trabalho conjunto de todos os professores, e os ajudem a ter bons desempenho e suas aulas.  f)Disponibilidade de condições físicas e materiais ,de recursos didáticos ,de biblioteca e outras.
  • 10.  g)Estrutura curricular e modalidades de organização do currículo com conteúdos bem selecionados.  h)Disponibilidade da equipe para aceitar inovações observando o critério de mudar sem perder a identidade.
  • 11.  Também outras pesquisas mostram que, entre os fatores que propiciam de melhor qualidade das aprendizagens dos alunos, estão nas características organizacionais que representam 30% desses fatores, dando destaque para capacidade de liderança dos dirigentes.
  • 12.  Expondo outro fator relevante é a autonomia escolar, implicando uma gestão descentralizada em que a escola executa o planejamento compatível com as realidades locais.
  • 13.  Nóvoa (1995) apresenta outras características determinantes da eficácia das escolas, como liderança, organização, articulação curricular, estabilidade profissional do corpo docente, programas de formação continuada, participação dos pais, boa imagem da escola na comunidade e apoio das autoridades.
  • 14.  As características apontadas reforçam a idéia de que a qualidade do ensino depende de mudanças no âmbito da organização escolar, envolvendo a estrutura física e as condições de funcionamento, a estrutura e a cultura organizacionais e as relações entre alunos, professores e funcionários.
  • 15.  Partindo-se de uma visão sistêmica do conhecimento, pode-se perceber que a escola, enquanto organização, não é uma máquina, mas um organismo vivo. Nonaka (2001) faz a seguinte observação: Da mesma maneira como as pessoas, a organização é capaz de desenvolver um senso de identidade e um propósito fundamental coletivo.
  • 16.  Nesse sentido, uma organização de aprendizagem é um lugar “onde as pessoas ampliam continuamente a capacidade de criar resultados verdadeiramente desejáveis, onde se fomentam novos padrões de pensamento mais abrangentes, onde se libera a aspiração coletiva e onde constantemente se aprende a aprender em conjunto.” (SENGE 1990)
  • 17.  Dessa forma, o aprender em organizações significa testar continuamente nossa experiência e transformar essa experiência em conhecimento que seja pertinente ao propósito geral (missão) da organização ao tempo que o torne acessível a toda a organização.
  • 18.  Para que a aprendizagem ocorra significativamente é necessária uma instituição que ofereça condições favoráveis de espaço físico, de higiene, de equipamentos, de alimentação, de comodidade, dentre outros.
  • 19.  É necessário uma equipe comprometida e bem conduzida;  O grande desafio do gestor, coordenar à equipe, os espaços, a interação com a comunidade, os recursos etc.
  • 20.  Projeto Político Pedagógico bem arquitetado, que busque mudanças qualitativas e que seja eficientemente executado;  Para que instituições escolares funcionem bem é necessário um trabalho conjunto/coletivo, que abranja todos os que estão ligados direto ou indiretamente na educação
  • 21.  Vimos que os autores sugerem características e meios de organização para melhor funcionamento e qualidade da aprendizagem escolar;  Além do trabalho de todas as pessoas envolvidas na qualidade do ensino depende também de mudanças no âmbito da organização escolar;
  • 22.  Partido da ideia de uma boa organização que a escola possui ela é vista como referência para a comunidade;  No entanto, vale ressaltar que é necessário uma escola limpa, bem conservada com aspecto físico adequado.
  • 23. REFERÊNCIAS GURGEL, Thais. Todos pela qualidade. Disponível em: <novaescola@fvc.org.br>. Acesso em: 18/09/2014 LIBÂNEO, José Carlos. As práticas de organização e gestão da escola e a aprendizagem de professores e alunos. Revista de Educação, CEAP-Salvador (BA), 2009, jan/abr 2009. LIBÂNEO, José Carlos. Educação escolar: políticas, estrutura e organização. 4 ed. São Paulo: Cortez, 2007. (Coleção Docência em Formação/ Coordenação Antônio Joaquim Severino, Selma Garrido Pimenta) NONAKA, I.; TAKEUCHI, H. A Criação do Conhecimento nas Empresas: como as empresas japonesas geram a dinâmica da inovação. Rio de Janeiro: Campus, 2001. SENGE, Peter: A Quinta Disciplina - Arte e Prática da Organização que Aprende. Editora Best Seller. 1990.