Oxigênio dissolvido em água

786 visualizações

Publicada em

Química.

Publicada em: Ciências
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
786
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
18
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Oxigênio dissolvido em água

  1. 1. OXIGÊNIO DISSOLVIDO EM ÁGUA
  2. 2. OXIGÊNIO DISSOLVIDO EM ÁGUA OBJETIVO Determinar a quantidade de Oxigênio dissolvido em agua e expressá-la em ppm. INTRODUÇÃO O oxigênio dissolvido em agua e uma questão importante para manutenção da vida aquática. Durante a degradação da matéria orgânica, as bactérias consomem oxigênio em sua respiração podendo causar uma redução de sua concentração na agua. Uma das causas mais frequentes de mortes no meio aquático é a queda da concentração se O2 dissolvido. O valor mínimo para preservação da vida, segundo a CONAMA é de 5,0 mg/L sendo que esse valor de tolerância varia de acordo com a espécie de peixe. Em geral, valores de oxigênio dissolvido menores que 2mg/L são considerados perigosos, chamados de Hipóxia (baixa conc. De O2) A concentração de O2 dissolvido em agua varia conforme a temperatura e a pressão atmosférica. Aguas frias e baixas tem maior concentração de O2 do que em maiores altitudes e/ou com aguas mais quentes.
  3. 3. EXPERIMENTAL Materiais: Frasco de 50mL com tampa esmerilada, Erlenmeyer de 250mL, Pipeta graduada de 10mL, Pipeta volumétrica de 50mL, Bureta de 10mL. Reagentes: Solução de Ácido clorídrico concentrado Solução de Cloreto de manganês II Concentrado Solução de Hidróxido de sódio 4N + 2% de Iodeto de Potássio Solução de Amido Solução de Tiossulfato de sódio 0,01N PROCEDIMENTO Encheu-se completamente, evitando borbulhamento, um frasco de 250mL com tampa esmerilada, com agua da torneira dos laboratórios (ETECAP). A fixação do oxigênio dissolvido foi feita adicionando-se 1mL de solução de Cloreto de manganês II e 2mL de solução de Iodeto alcalino por meio de pipetas e agitou-se através de agitador magnético por 10 minutos, Observando-se a formação de precipitado de MnO2H. Deixou-se decantar e retirou-se cerca de 30mL de sobrenadante e guardando em um béquer de 100mL.Adicionou-se 25mL de acido clorídrico concentrado e completou o volume do frasco com a solução sobrenadante retirada anteriormente.
  4. 4. RESULTADOS E DISCUSSÕES Ao adicionar-se Hidróxido de manganês ele reagiu com O2 formando precipitado marrom (MnO2H) 2 Mn(OH)2 + 1/2 O2  2 MnO2H + H2O Ao adicionar-se o HCL conc. Ele dissolve o precipitado marrom e também o iodo adicionado no início q não participou da reação anterior 2 Mn(OH)2 + 6 H+ + 3 I  2 Mn+2 + I3 - + 4 H2O Resultando o Mn+2 em um precipitado amarelo e o Tri-iodeto dissolvido em agua na solução sobrenadante. Titulação: Ao adicionar Amido o tri-iodeto toma a coloração azul e é titulado de acordo com a seguinte reação: I3 - + 2 S2O3 -2  3 I - + S4O6 -2 Valores das titulações: 1° - 4,4 mL 2° - 4,5 mL 3° - 4,6 mL Média – 4,5 mL 1- Determinação de mols de O2 dissolvido: 1000 mL 0,005 mol de S2O3 -2 4,5 mL x X= 2,25*10-5 mol de S2O3 -2 X= 4,5*0,005 1000
  5. 5. 0,5 mol de O2 2 mol S2O3 -2 x mol de O2 2,25*10-5 mol S2O3 -2 2- Determinação da massa de O2 1 mol de O2 32g O2 5,625*10-6 x 3- Ppm 1,8*10-4g O2 50 mL x g O2 1000mL X= 0,5*2,25*10-5 X= 5,625*10-6 mol de O2 X= 5,625*10-6*32 X= 1,8*10-4 g de O2 X= 1,8*10-4*1000 X= 0,0036g de O2 em 1L Multiplicando por 1000 obtêm-se X= 3,6mg de O2 ppm= M1(mg) = 3,6 mg = 3,6 ppm CONCLUSÃO 2 1 50 V (L) 1 L Através dos experimentos realizados no laboratório e os cálculos estequiométricos realizados nas discussões podemos determinar a quantidade de O2 em mg presente na água, no caso 3,6mg/L. Mesmo não alcançando o valor determinado pela CONAMA (5,0 mg/L), os resultados obtidos foram satisfatórios, assim podemos concluir que uma pequena parte do Oxigênio, provavelmente antes de ser fixado, foi perdida no experimento. REFERENCIAS BIBLIOGRAFICAS http://www.aga.com.br/international/web/lg/br/likelgbr.nsf/docbyalias/prod_ig_o2 -Acessado dia 08/10/2014 http://qnesc.sbq.org.br/online/qnesc19/a10.pdf -Acessado dia 08/10/2014

×