quatres midia

610 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

quatres midia

  1. 1. Segmentação de mercadoFacebook Segundo estatísticas do SocialBakers.com, com um total de 500 milhões deusuários, o maior grupo de idade presente no Facebook no Brasil é atualmente de 18a 24 anos, com um total de 15.043.539 de usuários, seguido pelos usuários na faixaetária de 25 a 34 anos. 46% dos usuários são do sexo masculino e 54% do sexofeminino, em comparação com 45% e 55% nos Estados Unidos e 73% e 27% na Índia.Twitter Segundo estatísticas da Bullet, o maior grupo de idade presente no Twitter noBrasil é atualmente de 21 a 25 anos, seguido pelos usuários na faixa etária de 26 a 30anos. Aproximadamente, 61% dos usuários são do sexo masculino e 39% do sexofeminino. Ainda no Brasil, o usuário padrão do Twitter são homens, jovens-adultos de 21a 30 anos, solteiros, do Estado de São Paulo e Rio de Janeiro. Pessoas qualifcadas,estudantes do ensino superior e pessoas já graduadas na universidade. São heavyusers de internet e costumam passar quase 50 horas semanais conectados.Conhecem e utilizam as principais ferramentas 2.0. A maioria possui ou utiliza o Orkut,Youtube, blog, Facebook. São formadores de opinião. A maioria dos membros da rede Twitter no Brasilpossui seu próprio blog, replica twitts interessantes para seus seguidores e leva asdiscussões e links interessantes que recebem no Twitter para seu próprio blog ouenvia para seus amigos em outras ferramentas da web.
  2. 2. No mundo:
  3. 3. Comercialização e Preços PraticadosFacebook A publicidade é a principal fonte de receita do Facebook, que abriu capital nocomeço do mês deste mês (17/05/2012) e levantou US$ 16 bilhões. Segundoespecialistas, o baixo preço cobrado no Brasil é uma estratégia da rede social paraampliar a baixa penetração da rede entre a população brasileira, de 23%. Ampliar abase de usuários em mercados como o do Brasil é uma meta pós-IPO. Como não produz conteúdo, o Facebook, ao cobrar pouco pelos anúncios,conta com o poder de atração dos conteúdos veiculados por empresas. "O Facebookcobra custos baixos para estimular a entrada das marcas", diz Gustavo Fortes, sócioda agência digital Espalhe. "O risco é a rede nunca mais conseguir levantar esse valorsem afastar as empresas", afirma Roberto Eckersdorff, VP de Fornecedores do IAB(Internet Bureau Advertising). Segundo estatísticas do SocialBakers.com, os preços são relativamente baixospara o investimento. Atualmente, o CPC* (custo por clique) médio no Facebook giraem torno de US$ 0,58, enquanto o CPM* (custo por mil impressões) está na casa deUS$ 0,25. Estes valores colocam o Brasil na 47ª posição no ranking de ads na rede. Fazendo uma pesquisa rápida na configuração dos anúncios dentro da redesocial, pode-se observar a quantidade de usuários que é possível atingir com umacampanha bastante abrangente: 17.611.180 perfis. Trata-se do atual número depessoas usando o Facebook no Brasil (certamente já terá subido nesse momento). Além disso, Facebook lançou recentemente seu novo formato de anúnciosposicionado quando as pessoas fazem logout da página. A propaganda na rede socialvai ter espaço próprio e vai deixar de competir diretamente com o conteúdo que circulana parte interna do site. As ações podem ser segmentadas por sexo, idade,localização, entre outros dados, o que aumenta a penetração de mercado daspropagandas. Esta ação custará cerca de 700 mil dólares por dia e serácomercializada de forma única, os interessados terão que pagar 550 mil pelosanúncios na news feed (página de notícias) e mais 160 mil para ter direitos ao novomodelo.*O CPC é a maneira mais tradicional onde cada clique de um usuário sobre seu anúncio gera o custo dovalor determinado na configuração da campanha. É indicado em 80% dos casos. Geralmente, quemanúncia online quer provocar o usuário a executar uma determinada ação (comprar, preencher umformulário, curtir, registrar, baixar um arquivo, etc)*O CPM cobra apenas quando tal anúncio atingir a milésima impressão no Facebook, ou seja, quando eleaparecer mil vezes para o público alvo. Tem um tom mais informativo, com anúncios que mostram umadeterminada ação programada, um evento, uma novidade da marca. Algo que estimule a curiosidade dousuário e desperte a atenção para conhecer um pouco mais posteriormente.
  4. 4. Twitter As vendas de publicidade do Twitter podem chegar a R$ 419 milhões em 2012,afirma Debra Aho Williamson, analista da EMarketer. Entre as empresas que jáutilizaram os “tuítes promovidos”, que aparecem em destaque nos Trending Topics domicroblog, estão a Nissan, Hewlett-Packard e Starbucks. As soluções “Account Promoted” e “Promoted Tweets”, desenvolvidas peloTwitter em 2010 e 2011 respectivamente, chegaram ao Brasil no ano passado.Utilizando os modelos “Cost per Follower” (CPF – Custo por seguidor) para o AccountPromoted e o “Cost per Engagement” (CPE – Custo por engajamento) para açõesrealizadas via o Promoted Tweet. “O valor das campanhas será estimado de acordo com o volume e ascaracterísticas de cada ação”, explica Paulo Arruda, diretor comercial da Harrenmedia(escolhida pelo Twitter para realizar o lançamento no mercado brasileiro ecomercializar as campanhas.)Promoted Tweets Lançado em 2011, os Promoted Tweets são uma forma de capitalizar o Twittere tornar a empresa mais lucrativa, onde o Twitter negocia diretamente com agênciasde publicidade a venda de tuítes pagos. O serviço firmou parceira com a Google paraexibição dessas mensagens pagas, quando relevantes, na lista dos resultados debusca desta segunda. Ao comprar Promoted Tweets, os anunciantes podem esperarpagar de $0.75 a $2.50 por engajamento (o que inclui cliques, favoritos, retweets e@replies). O sucesso de uso e audiência do Twitter parece não se traduzir em resultadosfinanceiros, e por isto o serviço empenhou-se em criar uma solução que nãodesagradasse seus usuários, criando uma rede de anúncios naturais exibidos nastimelines de resultados de busca do Twitter a partir de um algoritmo que calculasua relevância em acordo com o interesse dos usuários.
  5. 5. Promoted Accounts Esse modelo de promoção permite aos adeptos serem exibidos na função“sugestão para você”, que fica na barra lateral (Who to follow), e é baseada em umalgorítimo que detecta os interesses dos usuários. Quando um anunciante promoveuma conta, o algoritmo do Twitter procura por seguidores com o perfil adequado edetermina outras contas que os usuários tendem a seguir. Se um usuário seguealgumas dessas contas, mas não a conta do anunciante, então, o Twitter poderecomendar a conta promovida pelo anunciante para esse usuário. Por exemplo,pessoas que seguem várias contas de jogos relacionadas também podemacompanhar o @xbox. Se alguém segue contas relacionadas com videogame, masnão o @xbox, o Twitter pode recomendar @xbox para essa pessoa. Ao comprar umPromoted Account, anunciantes podem esperar pagar de $2.50 a $4.00 por seguidor. Os anunciantes que querem participar desse programa devem estar dispostosa cometer um mínimo de $15,000 a $25,000 por um período de três meses.

×