SlideShare uma empresa Scribd logo

Aula 03 o egito

Arte no Egito.

Aula 03 o egito

1 de 29
Baixar para ler offline
Aula 03 
história da arte do 
EGITO 
Aula 03 
1. PANORAMA GERAL 
“O faraó era considerado um ser divino que exercia completo domínio 
sobre seu povo e que, ao partir deste mundo, voltava para junto dos 
deuses dos quais viera. As pirâmides, erguendo-se em direção ao céu, 
ajudá-lo-iam provavelmente a realizar essa ascenção. Em todo o caso, 
elas preservariam seu corpo sagrado da decomposição. Pois os egípcios 
acreditavam que o corpo tinha que ser preservado a fim de que a alma 
pudesse continuar vivendo no além. Por isso impediam a 
desintegração do cadáver, graças a um elaborado método de 
embalsamar e enfaixar em tiras de pano. Era para a múmia do rei que 
a pirâmide for a erigida, e seu corpo ficava depositado justamente no 
centro da gigantesca montanha de pedra, num pétreo esquife. Em toda 
a volta da câmara funerária, eram escritos fórmulas mágicas e 
encantamentos para ajudá-lo em sua jornada para o outro mundo.” 
GOMBRICH, 2011. pg.55
1. PANORAMA GERAL Aula 03 
Antes de 3000 a.C. 
- Faraó Menes unifica Alto e Baixo 
Egito 
- o faraó é a encarnação de um 
Deus 
- recebe excedentes em 
abundância: 
- faz obras públicas; 
- constrói cidades; 
- constrói templos dos Deuses; 
- constrói sua tumba 
monumental. 
1. PANORAMA GERAL Aula 03 
PERÍODOS HISTÓRICOS 
IMPÉRIO ANTIGO IMPÉRIO MÉDIO IMPÉRIO NOVO 
c. 2920 a 2134 a.C 
• as grandes pirâmides 
de Gisé 
• Beni-Hassan – 
túmulos nas rochas 
c. 1550 a 1070 a.C 
• templo de Eduf 
c. 2040 a 1640 a.C 
• templo de 
Hatshepsut 
• Deir-el-Bahari
1. PANORAMA GERAL Aula 03 
IMPÉRIO 
Cidade dos Homens 
-Morada temporária 
em breve será destruída ou 
abandonada 
ANTIGO 
Cidade Divina 
-Cidade independente 
-Deve ser eterna 
construções em pedra 
-Insignificante diante da Cidade 
Divina 
-Construída com tijolos 
-Acampamentos de operários junto 
às grandes construções 
abandonados com o fim 
das obras 
deve permanecer 
-Domina sobre a cidade dos 
homens 
-Para ser vista 
proporções monumentais 
formas geométricas simples 
estátuas gigantescas 
-Habitada por mortos 
1. PANORAMA GERAL Aula 03 
IMPÉRIO MÉDIO & NOVO 
Capital - Tebas 
-À direita do Nilo: povoado 
-À esquerda do Nilo: necrópole 
--EEddiiffíícciiooss mmaaiiss iimmppoorrttaanntteess –– tteemmppllooss nnoo ppoovvooaaddoo 
-Templo de Carnac 
-Templo de Luxor 
-Tumbas escavadas na pedra – visível somente o acesso, que é 
semelhante aos templos 
-Habitações populares em meio aos templos 
-Sociedade variada – riqueza mais difundida 
-Reino mais próspero
Aula 03 
ARQUITETURA 
1. PANORAMA GERAL 
PIRÂMIDES TÚMULOS TEMPLOS 
• mastabas 
• ESCALONADA 
• CEBOLA 
• TORTA 
• VERMELHA 
• GISÉ (complexo) 
• MASTABAS 
• TUMBAS NAS 
ROCHAS 
• HATSHEPSUT 
• ABU SIMBEL 
• LUXOR 
• RAMSÉS II 
• KARNAK 
1. PANORAMA GERAL Aula 03 
ESCULTURA / PINTURA / OUTRAS 
ESTÁTUAS ESFINGES BAIXOS RELEVOS 
• cabeças 
• Faraós / pessoas 
• esfinge de GISÉ 
• nas paredes dos 
templos e tumbas 
PINTURA 
ARTES 
DECORATIVAS 
MÚSICA e DANÇA 
• lei da frontalidade 
• fuga da lei 
• utensílios 
• instrumentos de 
sopro
2. ESCRITA Aula 03 
• complexa organização social 
• ricas e grandeosas realizações 
culturais 
• escrita bem estruturada 
HIERÓGLIFOS 
HHiieerróógglliiffoo éé uumm tteerrmmoo qquuee jjuunnttaa 
duas palavras gregas: 
• ἱερός (hierós) – sagrado 
• eγλύφειν (glýphein) – escrita 
Apenas os sacerdotes, membros da 
realeza, altos cargos, e escribas 
conheciam a arte de ler 
e escrever esses sinais sagrados 
2. ESCRITA Aula 03 
HIERÓGLIFOS 
• a escrita hieroglífica é, 
provavelmente, o mais antigo 
sistema 
• organizado de escrita no mundo 
eerraa uussaaddaa nnaass iinnssccrriiççõõeess ffoorrmmaaiiss 
nas paredes de templos e 
túmulos
2. ESCRITA Aula 03 
2. ESCRITA Aula 03 
HIERÓGLIFOS HIERÁTICO DEMÓTICO

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

História da Arte - Arte egipcia
História da Arte - Arte egipciaHistória da Arte - Arte egipcia
História da Arte - Arte egipciaGeraldo Mellado
 
Aula 10 arte e arquitetura romana [revisado em 180514]
Aula 10 arte e arquitetura romana [revisado em 180514]Aula 10 arte e arquitetura romana [revisado em 180514]
Aula 10 arte e arquitetura romana [revisado em 180514]glauci coelho
 
Arte Egipcia Prof Antonio Ribeiro Parte 1 Com Tut
Arte Egipcia Prof Antonio Ribeiro Parte 1 Com TutArte Egipcia Prof Antonio Ribeiro Parte 1 Com Tut
Arte Egipcia Prof Antonio Ribeiro Parte 1 Com TutAntonio Ribeiro
 
Linha do Tempo da Arquitetura Egípcia à Gótica
Linha do Tempo da Arquitetura Egípcia à GóticaLinha do Tempo da Arquitetura Egípcia à Gótica
Linha do Tempo da Arquitetura Egípcia à GóticaGabriel Felix
 
Arte grega
Arte gregaArte grega
Arte gregacattonia
 
As fases da escultura grega
As fases da escultura gregaAs fases da escultura grega
As fases da escultura gregaFlávia Marques
 
3 períodos da arte grega.
3 períodos da arte grega.3 períodos da arte grega.
3 períodos da arte grega.Estudantil
 
Linha do tempo história da arte
Linha do tempo história da arteLinha do tempo história da arte
Linha do tempo história da arteMalu Rosan
 
Egito história da arte 7º ano
Egito história da arte 7º anoEgito história da arte 7º ano
Egito história da arte 7º anojosivaldopassos
 
Arte grega e romana
Arte grega e romanaArte grega e romana
Arte grega e romanaAline Raposo
 

Mais procurados (20)

Arte Romana
Arte RomanaArte Romana
Arte Romana
 
História da Arte - Arte egipcia
História da Arte - Arte egipciaHistória da Arte - Arte egipcia
História da Arte - Arte egipcia
 
Arte paleocristã
Arte paleocristãArte paleocristã
Arte paleocristã
 
Arte egípcia
Arte egípciaArte egípcia
Arte egípcia
 
Aula 10 arte e arquitetura romana [revisado em 180514]
Aula 10 arte e arquitetura romana [revisado em 180514]Aula 10 arte e arquitetura romana [revisado em 180514]
Aula 10 arte e arquitetura romana [revisado em 180514]
 
Arte egípcia
Arte egípciaArte egípcia
Arte egípcia
 
Arte Egipcia Prof Antonio Ribeiro Parte 1 Com Tut
Arte Egipcia Prof Antonio Ribeiro Parte 1 Com TutArte Egipcia Prof Antonio Ribeiro Parte 1 Com Tut
Arte Egipcia Prof Antonio Ribeiro Parte 1 Com Tut
 
Linha do Tempo da Arquitetura Egípcia à Gótica
Linha do Tempo da Arquitetura Egípcia à GóticaLinha do Tempo da Arquitetura Egípcia à Gótica
Linha do Tempo da Arquitetura Egípcia à Gótica
 
Arte Grega
Arte GregaArte Grega
Arte Grega
 
Arte Egípcia
Arte EgípciaArte Egípcia
Arte Egípcia
 
HistóRia Da Arte
HistóRia Da ArteHistóRia Da Arte
HistóRia Da Arte
 
Arte grega
Arte gregaArte grega
Arte grega
 
As fases da escultura grega
As fases da escultura gregaAs fases da escultura grega
As fases da escultura grega
 
3 períodos da arte grega.
3 períodos da arte grega.3 períodos da arte grega.
3 períodos da arte grega.
 
Linha do tempo história da arte
Linha do tempo história da arteLinha do tempo história da arte
Linha do tempo história da arte
 
Arte egípcia
Arte egípciaArte egípcia
Arte egípcia
 
Arte grega
Arte gregaArte grega
Arte grega
 
Egito história da arte 7º ano
Egito história da arte 7º anoEgito história da arte 7º ano
Egito história da arte 7º ano
 
Arte grega e romana
Arte grega e romanaArte grega e romana
Arte grega e romana
 
Arte romana
Arte romanaArte romana
Arte romana
 

Destaque

Aula 07 idade média - a arte cristã primitiva 4
Aula 07   idade média - a arte cristã primitiva 4Aula 07   idade média - a arte cristã primitiva 4
Aula 07 idade média - a arte cristã primitiva 4Lila Donato
 
Aula 01 revisão e contextualização
Aula 01 revisão e contextualizaçãoAula 01 revisão e contextualização
Aula 01 revisão e contextualizaçãoLila Donato
 
Aula 07 idade média - a arte cristã primitiva 3
Aula 07   idade média - a arte cristã primitiva 3Aula 07   idade média - a arte cristã primitiva 3
Aula 07 idade média - a arte cristã primitiva 3Lila Donato
 
Aula 02 a pré-história
Aula 02   a pré-históriaAula 02   a pré-história
Aula 02 a pré-históriaLila Donato
 
Aula 03 arquitetura e arte bizantina
Aula 03 arquitetura e arte bizantinaAula 03 arquitetura e arte bizantina
Aula 03 arquitetura e arte bizantinaLila Donato
 
Aula 05 arquitetura gótica
Aula 05 arquitetura góticaAula 05 arquitetura gótica
Aula 05 arquitetura góticaLila Donato
 
Aula 07 idade média - a arte cristã primitiva 2b
Aula 07   idade média - a arte cristã primitiva 2bAula 07   idade média - a arte cristã primitiva 2b
Aula 07 idade média - a arte cristã primitiva 2bLila Donato
 
Aula 07 idade média - a arte cristã primitiva 2a
Aula 07   idade média - a arte cristã primitiva 2aAula 07   idade média - a arte cristã primitiva 2a
Aula 07 idade média - a arte cristã primitiva 2aLila Donato
 
Aula 05 o mundo egeu
Aula 05   o mundo egeuAula 05   o mundo egeu
Aula 05 o mundo egeuLila Donato
 
Aula 02 arquitetura e arte paleocristã
Aula 02 arquitetura e arte paleocristãAula 02 arquitetura e arte paleocristã
Aula 02 arquitetura e arte paleocristãLila Donato
 
Aula 07 idade média - a arte cristã primitiva 1
Aula 07   idade média - a arte cristã primitiva 1Aula 07   idade média - a arte cristã primitiva 1
Aula 07 idade média - a arte cristã primitiva 1Lila Donato
 
Aula 04 arquitetura românica parte 1
Aula 04 arquitetura românica parte 1Aula 04 arquitetura românica parte 1
Aula 04 arquitetura românica parte 1Lila Donato
 
Aula 04 arquitetura românica parte 2
Aula 04 arquitetura românica parte 2Aula 04 arquitetura românica parte 2
Aula 04 arquitetura românica parte 2Lila Donato
 
O egito antigo prof nélia
O egito antigo prof néliaO egito antigo prof nélia
O egito antigo prof néliahistoriando
 
Curiosidades sobre as pirâmides de gizé
Curiosidades sobre as pirâmides de gizéCuriosidades sobre as pirâmides de gizé
Curiosidades sobre as pirâmides de gizéguestb1469170
 
Função da arte
Função da arteFunção da arte
Função da arteCEF16
 
Escravidão
EscravidãoEscravidão
EscravidãoRodrigo
 

Destaque (20)

Aula 07 idade média - a arte cristã primitiva 4
Aula 07   idade média - a arte cristã primitiva 4Aula 07   idade média - a arte cristã primitiva 4
Aula 07 idade média - a arte cristã primitiva 4
 
Aula 01 revisão e contextualização
Aula 01 revisão e contextualizaçãoAula 01 revisão e contextualização
Aula 01 revisão e contextualização
 
Aula 07 idade média - a arte cristã primitiva 3
Aula 07   idade média - a arte cristã primitiva 3Aula 07   idade média - a arte cristã primitiva 3
Aula 07 idade média - a arte cristã primitiva 3
 
Aula 02 a pré-história
Aula 02   a pré-históriaAula 02   a pré-história
Aula 02 a pré-história
 
Aula 03 arquitetura e arte bizantina
Aula 03 arquitetura e arte bizantinaAula 03 arquitetura e arte bizantina
Aula 03 arquitetura e arte bizantina
 
Aula 05 arquitetura gótica
Aula 05 arquitetura góticaAula 05 arquitetura gótica
Aula 05 arquitetura gótica
 
Aula 07 idade média - a arte cristã primitiva 2b
Aula 07   idade média - a arte cristã primitiva 2bAula 07   idade média - a arte cristã primitiva 2b
Aula 07 idade média - a arte cristã primitiva 2b
 
Aula 07 idade média - a arte cristã primitiva 2a
Aula 07   idade média - a arte cristã primitiva 2aAula 07   idade média - a arte cristã primitiva 2a
Aula 07 idade média - a arte cristã primitiva 2a
 
Aula 05 o mundo egeu
Aula 05   o mundo egeuAula 05   o mundo egeu
Aula 05 o mundo egeu
 
Aula 02 arquitetura e arte paleocristã
Aula 02 arquitetura e arte paleocristãAula 02 arquitetura e arte paleocristã
Aula 02 arquitetura e arte paleocristã
 
Aula de Antigo Egito
Aula de Antigo EgitoAula de Antigo Egito
Aula de Antigo Egito
 
Aula 07 idade média - a arte cristã primitiva 1
Aula 07   idade média - a arte cristã primitiva 1Aula 07   idade média - a arte cristã primitiva 1
Aula 07 idade média - a arte cristã primitiva 1
 
Aula 04 arquitetura românica parte 1
Aula 04 arquitetura românica parte 1Aula 04 arquitetura românica parte 1
Aula 04 arquitetura românica parte 1
 
Aula 04 arquitetura românica parte 2
Aula 04 arquitetura românica parte 2Aula 04 arquitetura românica parte 2
Aula 04 arquitetura românica parte 2
 
O egito antigo prof nélia
O egito antigo prof néliaO egito antigo prof nélia
O egito antigo prof nélia
 
Curiosidades sobre as pirâmides de gizé
Curiosidades sobre as pirâmides de gizéCuriosidades sobre as pirâmides de gizé
Curiosidades sobre as pirâmides de gizé
 
As PirâMides Do Egito
As PirâMides Do EgitoAs PirâMides Do Egito
As PirâMides Do Egito
 
Funções da arte
Funções da arteFunções da arte
Funções da arte
 
Função da arte
Função da arteFunção da arte
Função da arte
 
Escravidão
EscravidãoEscravidão
Escravidão
 

Semelhante a Aula 03 o egito

Arte egipicia 1° ano
Arte egipicia 1° anoArte egipicia 1° ano
Arte egipicia 1° anoAline Raposo
 
ARTE na Antiguidade Oriental (Carla Camuso).ppsx
ARTE na Antiguidade Oriental (Carla Camuso).ppsxARTE na Antiguidade Oriental (Carla Camuso).ppsx
ARTE na Antiguidade Oriental (Carla Camuso).ppsxCarla Camuso
 
Arte na mesopotâmia [modo de compatibilidade]
Arte na mesopotâmia [modo de compatibilidade]Arte na mesopotâmia [modo de compatibilidade]
Arte na mesopotâmia [modo de compatibilidade]Viviane Marques
 
A ARTE NO EGITO - AULA 3
A ARTE NO EGITO - AULA 3A ARTE NO EGITO - AULA 3
A ARTE NO EGITO - AULA 3VIVIAN TROMBINI
 
3º ano historia da arte- pdf
3º ano  historia da arte- pdf3º ano  historia da arte- pdf
3º ano historia da arte- pdfMariam Jenani
 
Atividades com pintura artes1o ano 2009
Atividades  com pintura artes1o ano 2009Atividades  com pintura artes1o ano 2009
Atividades com pintura artes1o ano 2009beljinaldo
 
Revisão - Arte Medieval, Antiguidade clássica e Idade Média
Revisão - Arte Medieval, Antiguidade clássica e Idade MédiaRevisão - Arte Medieval, Antiguidade clássica e Idade Média
Revisão - Arte Medieval, Antiguidade clássica e Idade MédiaMaiara Giordani
 
Arte egípcia: os mistérios da mumificação. parte 3
Arte egípcia: os mistérios da mumificação.  parte 3Arte egípcia: os mistérios da mumificação.  parte 3
Arte egípcia: os mistérios da mumificação. parte 3Professor Gilson Nunes
 

Semelhante a Aula 03 o egito (20)

O Egito
O EgitoO Egito
O Egito
 
Arte egipicia 1° ano
Arte egipicia 1° anoArte egipicia 1° ano
Arte egipicia 1° ano
 
Arte egípcia,1
Arte egípcia,1Arte egípcia,1
Arte egípcia,1
 
Arte Egípcia
Arte EgípciaArte Egípcia
Arte Egípcia
 
Arte egípcia
Arte egípciaArte egípcia
Arte egípcia
 
A arte egípcia
A arte egípciaA arte egípcia
A arte egípcia
 
ARTE EGÍPCIA
ARTE EGÍPCIAARTE EGÍPCIA
ARTE EGÍPCIA
 
Arte pré histórica
Arte pré históricaArte pré histórica
Arte pré histórica
 
ARTE na Antiguidade Oriental (Carla Camuso).ppsx
ARTE na Antiguidade Oriental (Carla Camuso).ppsxARTE na Antiguidade Oriental (Carla Camuso).ppsx
ARTE na Antiguidade Oriental (Carla Camuso).ppsx
 
Arte na mesopotâmia [modo de compatibilidade]
Arte na mesopotâmia [modo de compatibilidade]Arte na mesopotâmia [modo de compatibilidade]
Arte na mesopotâmia [modo de compatibilidade]
 
2 arte egito 2020
2 arte egito 20202 arte egito 2020
2 arte egito 2020
 
A ARTE NO EGITO - AULA 3
A ARTE NO EGITO - AULA 3A ARTE NO EGITO - AULA 3
A ARTE NO EGITO - AULA 3
 
3º ano historia da arte- pdf
3º ano  historia da arte- pdf3º ano  historia da arte- pdf
3º ano historia da arte- pdf
 
3º ano
3º ano3º ano
3º ano
 
Atividades com pintura artes1o ano 2009
Atividades  com pintura artes1o ano 2009Atividades  com pintura artes1o ano 2009
Atividades com pintura artes1o ano 2009
 
Egito antigo
Egito antigo   Egito antigo
Egito antigo
 
Egipto arte
Egipto arteEgipto arte
Egipto arte
 
Arte Egípcia
Arte EgípciaArte Egípcia
Arte Egípcia
 
Revisão - Arte Medieval, Antiguidade clássica e Idade Média
Revisão - Arte Medieval, Antiguidade clássica e Idade MédiaRevisão - Arte Medieval, Antiguidade clássica e Idade Média
Revisão - Arte Medieval, Antiguidade clássica e Idade Média
 
Arte egípcia: os mistérios da mumificação. parte 3
Arte egípcia: os mistérios da mumificação.  parte 3Arte egípcia: os mistérios da mumificação.  parte 3
Arte egípcia: os mistérios da mumificação. parte 3
 

Mais de Lila Donato

Aula 06 os engenhos de açúcar
Aula 06 os engenhos de açúcarAula 06 os engenhos de açúcar
Aula 06 os engenhos de açúcarLila Donato
 
Breve histórico do paisagismo no mundo_parte 01
Breve histórico do paisagismo no mundo_parte 01Breve histórico do paisagismo no mundo_parte 01
Breve histórico do paisagismo no mundo_parte 01Lila Donato
 
Elaboração de plano conceitual no Projeto Paisagístico.
Elaboração de plano conceitual no Projeto Paisagístico.Elaboração de plano conceitual no Projeto Paisagístico.
Elaboração de plano conceitual no Projeto Paisagístico.Lila Donato
 
Urbanismo medieval e renascentista - breves abordagens.
Urbanismo medieval e renascentista - breves abordagens.Urbanismo medieval e renascentista - breves abordagens.
Urbanismo medieval e renascentista - breves abordagens.Lila Donato
 
Sistemas construtivos tradicionais no brasil - arquitetura indígena.
Sistemas construtivos tradicionais no brasil - arquitetura indígena.Sistemas construtivos tradicionais no brasil - arquitetura indígena.
Sistemas construtivos tradicionais no brasil - arquitetura indígena.Lila Donato
 
Aula História da Arte_Introdução à história da arte segundo Gombrich
Aula História da Arte_Introdução à história da arte segundo GombrichAula História da Arte_Introdução à história da arte segundo Gombrich
Aula História da Arte_Introdução à história da arte segundo GombrichLila Donato
 
Aula História da Arte_As funções da arte
Aula História da Arte_As funções da arteAula História da Arte_As funções da arte
Aula História da Arte_As funções da arteLila Donato
 

Mais de Lila Donato (7)

Aula 06 os engenhos de açúcar
Aula 06 os engenhos de açúcarAula 06 os engenhos de açúcar
Aula 06 os engenhos de açúcar
 
Breve histórico do paisagismo no mundo_parte 01
Breve histórico do paisagismo no mundo_parte 01Breve histórico do paisagismo no mundo_parte 01
Breve histórico do paisagismo no mundo_parte 01
 
Elaboração de plano conceitual no Projeto Paisagístico.
Elaboração de plano conceitual no Projeto Paisagístico.Elaboração de plano conceitual no Projeto Paisagístico.
Elaboração de plano conceitual no Projeto Paisagístico.
 
Urbanismo medieval e renascentista - breves abordagens.
Urbanismo medieval e renascentista - breves abordagens.Urbanismo medieval e renascentista - breves abordagens.
Urbanismo medieval e renascentista - breves abordagens.
 
Sistemas construtivos tradicionais no brasil - arquitetura indígena.
Sistemas construtivos tradicionais no brasil - arquitetura indígena.Sistemas construtivos tradicionais no brasil - arquitetura indígena.
Sistemas construtivos tradicionais no brasil - arquitetura indígena.
 
Aula História da Arte_Introdução à história da arte segundo Gombrich
Aula História da Arte_Introdução à história da arte segundo GombrichAula História da Arte_Introdução à história da arte segundo Gombrich
Aula História da Arte_Introdução à história da arte segundo Gombrich
 
Aula História da Arte_As funções da arte
Aula História da Arte_As funções da arteAula História da Arte_As funções da arte
Aula História da Arte_As funções da arte
 

Último

Suplemento Acre 031 - fevereiro e março 2024
Suplemento Acre 031 - fevereiro e março 2024Suplemento Acre 031 - fevereiro e março 2024
Suplemento Acre 031 - fevereiro e março 2024AMEOPOEMA Editora
 
Artigo Sobre Técnicas de Fotografia.pdf
Artigo Sobre Técnicas de Fotografia.pdfArtigo Sobre Técnicas de Fotografia.pdf
Artigo Sobre Técnicas de Fotografia.pdfprojetorypess
 
01837600010fffffffffffffffffffffffffffff1011 (24).pdf
01837600010fffffffffffffffffffffffffffff1011 (24).pdf01837600010fffffffffffffffffffffffffffff1011 (24).pdf
01837600010fffffffffffffffffffffffffffff1011 (24).pdfRenandantas16
 
FDFDFDFDFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFF
FDFDFDFDFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFDFDFDFDFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFF
FDFDFDFDFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFRenandantas16
 
Apresentação sobre a arte, os conceitos, funções, experimentações, análise de...
Apresentação sobre a arte, os conceitos, funções, experimentações, análise de...Apresentação sobre a arte, os conceitos, funções, experimentações, análise de...
Apresentação sobre a arte, os conceitos, funções, experimentações, análise de...CarlaKohlCamargo
 
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...mariaclarinhaa2723
 

Último (6)

Suplemento Acre 031 - fevereiro e março 2024
Suplemento Acre 031 - fevereiro e março 2024Suplemento Acre 031 - fevereiro e março 2024
Suplemento Acre 031 - fevereiro e março 2024
 
Artigo Sobre Técnicas de Fotografia.pdf
Artigo Sobre Técnicas de Fotografia.pdfArtigo Sobre Técnicas de Fotografia.pdf
Artigo Sobre Técnicas de Fotografia.pdf
 
01837600010fffffffffffffffffffffffffffff1011 (24).pdf
01837600010fffffffffffffffffffffffffffff1011 (24).pdf01837600010fffffffffffffffffffffffffffff1011 (24).pdf
01837600010fffffffffffffffffffffffffffff1011 (24).pdf
 
FDFDFDFDFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFF
FDFDFDFDFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFDFDFDFDFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFF
FDFDFDFDFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFF
 
Apresentação sobre a arte, os conceitos, funções, experimentações, análise de...
Apresentação sobre a arte, os conceitos, funções, experimentações, análise de...Apresentação sobre a arte, os conceitos, funções, experimentações, análise de...
Apresentação sobre a arte, os conceitos, funções, experimentações, análise de...
 
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...
 

Aula 03 o egito

  • 1. Aula 03 história da arte do EGITO Aula 03 1. PANORAMA GERAL “O faraó era considerado um ser divino que exercia completo domínio sobre seu povo e que, ao partir deste mundo, voltava para junto dos deuses dos quais viera. As pirâmides, erguendo-se em direção ao céu, ajudá-lo-iam provavelmente a realizar essa ascenção. Em todo o caso, elas preservariam seu corpo sagrado da decomposição. Pois os egípcios acreditavam que o corpo tinha que ser preservado a fim de que a alma pudesse continuar vivendo no além. Por isso impediam a desintegração do cadáver, graças a um elaborado método de embalsamar e enfaixar em tiras de pano. Era para a múmia do rei que a pirâmide for a erigida, e seu corpo ficava depositado justamente no centro da gigantesca montanha de pedra, num pétreo esquife. Em toda a volta da câmara funerária, eram escritos fórmulas mágicas e encantamentos para ajudá-lo em sua jornada para o outro mundo.” GOMBRICH, 2011. pg.55
  • 2. 1. PANORAMA GERAL Aula 03 Antes de 3000 a.C. - Faraó Menes unifica Alto e Baixo Egito - o faraó é a encarnação de um Deus - recebe excedentes em abundância: - faz obras públicas; - constrói cidades; - constrói templos dos Deuses; - constrói sua tumba monumental. 1. PANORAMA GERAL Aula 03 PERÍODOS HISTÓRICOS IMPÉRIO ANTIGO IMPÉRIO MÉDIO IMPÉRIO NOVO c. 2920 a 2134 a.C • as grandes pirâmides de Gisé • Beni-Hassan – túmulos nas rochas c. 1550 a 1070 a.C • templo de Eduf c. 2040 a 1640 a.C • templo de Hatshepsut • Deir-el-Bahari
  • 3. 1. PANORAMA GERAL Aula 03 IMPÉRIO Cidade dos Homens -Morada temporária em breve será destruída ou abandonada ANTIGO Cidade Divina -Cidade independente -Deve ser eterna construções em pedra -Insignificante diante da Cidade Divina -Construída com tijolos -Acampamentos de operários junto às grandes construções abandonados com o fim das obras deve permanecer -Domina sobre a cidade dos homens -Para ser vista proporções monumentais formas geométricas simples estátuas gigantescas -Habitada por mortos 1. PANORAMA GERAL Aula 03 IMPÉRIO MÉDIO & NOVO Capital - Tebas -À direita do Nilo: povoado -À esquerda do Nilo: necrópole --EEddiiffíícciiooss mmaaiiss iimmppoorrttaanntteess –– tteemmppllooss nnoo ppoovvooaaddoo -Templo de Carnac -Templo de Luxor -Tumbas escavadas na pedra – visível somente o acesso, que é semelhante aos templos -Habitações populares em meio aos templos -Sociedade variada – riqueza mais difundida -Reino mais próspero
  • 4. Aula 03 ARQUITETURA 1. PANORAMA GERAL PIRÂMIDES TÚMULOS TEMPLOS • mastabas • ESCALONADA • CEBOLA • TORTA • VERMELHA • GISÉ (complexo) • MASTABAS • TUMBAS NAS ROCHAS • HATSHEPSUT • ABU SIMBEL • LUXOR • RAMSÉS II • KARNAK 1. PANORAMA GERAL Aula 03 ESCULTURA / PINTURA / OUTRAS ESTÁTUAS ESFINGES BAIXOS RELEVOS • cabeças • Faraós / pessoas • esfinge de GISÉ • nas paredes dos templos e tumbas PINTURA ARTES DECORATIVAS MÚSICA e DANÇA • lei da frontalidade • fuga da lei • utensílios • instrumentos de sopro
  • 5. 2. ESCRITA Aula 03 • complexa organização social • ricas e grandeosas realizações culturais • escrita bem estruturada HIERÓGLIFOS HHiieerróógglliiffoo éé uumm tteerrmmoo qquuee jjuunnttaa duas palavras gregas: • ἱερός (hierós) – sagrado • eγλύφειν (glýphein) – escrita Apenas os sacerdotes, membros da realeza, altos cargos, e escribas conheciam a arte de ler e escrever esses sinais sagrados 2. ESCRITA Aula 03 HIERÓGLIFOS • a escrita hieroglífica é, provavelmente, o mais antigo sistema • organizado de escrita no mundo eerraa uussaaddaa nnaass iinnssccrriiççõõeess ffoorrmmaaiiss nas paredes de templos e túmulos
  • 6. 2. ESCRITA Aula 03 2. ESCRITA Aula 03 HIERÓGLIFOS HIERÁTICO DEMÓTICO
  • 7. 2. ESCRITA Aula 03 HIERÓGLIFOS HIERÁTICO DEMÓTICO 2.ESCRITA Aula 03 PEDRA DE ROSETA
  • 8. 2. ESCRITA Aula 03 PALETA DE NARMER Contam que o Faraó Narmer teria sido o primeiro a unificar as terras do Egito. 3. PINTURA Aula 03 • Por estar intimamente ligada à religião, a arte egípcia era bastante padronizada, não dando margem à criatividade ou à imaginação pessoal. • Os artistas foram criadores de uma arte anônima. • A obra deveria revelar um perfeito domínio das técnicas de execução e não o estilo do artista e devido a esse domínio era impregnada de regras aa sseerreemm sseegguuiiddaass.. • A decoração colorida era um poderoso elemento de complementação das atitudes religiosas. • Suas características gerais são: ®ausência de três dimensões ®ignorância da profundidade ®colorido a tinta lisa, sem claro-escuro e sem indicação do relevo
  • 9. 3. PINTURA Aula 03 LEI DA FRONTALIDADE Determinava que o tronco da pessoa fosse representado sempre de frente, enquanto sua cabeça, suas pernas e seus pés eram vistos de perfil. 3. PINTURA Aula 03 • Quanto a hierarquia na pintura: eram representadas maiores as pessoas com maior importância no reino, ou seja, nesta ordem de grandeza: o rei, a mulher do rei, o sacerdote, os soldados e o povo. • As figuras femininas eram pintadas em ocre, enquanto que as masculinas pintadas de vermelho. • A arte egípcia não deveria apresentar uma reprodução naturalista que ssuuggeerriissssee iilluussããoo ddee rreeaalliiddaaddee,, aaoo ccoonnttrráárriioo,, ddeevveerriiaa oo oobbsseerrvvaaddoorr ddeevveerriiaa reconhecer claramente que se tratava de uma representação.
  • 10. 4. ESCULTURA Aula 03 De todas as manifestações artísticas no Egito a que ganhou as mais belas representações foi a escultura. 4. ESCULTURA Aula 03 AS ESFINGES EGÍPCIAS • corpo de LEÃO e cabeça HUMANA – normalmente do faraó • demonstação de poder • guardiãs das estátuas ANDROSFINGE corpo de leão CRIOSFINGE corpo de leão cabeça de pessoa cabeça de ovelha
  • 11. 4. ESCULTURA Aula 03 A AVENIDA DAS ESFINGES • 900 esfinges ao longo de 3 km de estrada • a estrada unida os templos de Luxor e Karnak 4. ESCULTURA Aula 03 A AVENIDA DAS ESFINGES
  • 12. 4. ESCULTURA Aula 03 A GRANDE ESFINGE DE GISÉ – Sesheps • situada no planalto de Gisé, margem Oeste do rio Nilo • c. 2723-2563 a.C. • corpo de LEÃO e cabeça HUMANA • cabeça do faraó Quéfren, ou do seu irmão o faraó Djedefré • lavrada em uma única pedra (calcária) •• 5577 mm ddee ccoommpprriimmeennttoo && 66 mm ddee llaarrgguurraa && 2200 mm ddee aallttuurraa • olha para o Leste • tem um pequeno templo situado entre suas patas 4. ESCULTURA Aula 03 A GRANDE ESFINGE DE GISÉ – Sesheps
  • 13. 4. ESCULTURA Aula 03 A ESFINGE GREGA antiguidade clássica “ESFINGE” grego * a esfinge da mitologia grega estrangulava todos que não conseguissem decifrar suas charadas σφινξ sphingo ESTRANGULAR 4. ESCULTURA Aula 03 ESFINGE GREGA • corpo de LEÃO e cabeça de MULHER, cauda de SERPENTE e asas de ÁGUIA • pergunta a todos que passam o quebra cabeça conhecido como enigma da esfinge: “Decifra-me ou devoro-te” Que criatura pela manhã tem quatro pés, ao meio-dia tem dois, e à tarde tem três? ÉDIPO O homem – engatinha como bebê, anda sobre dois pés na idade adulta, e usa bengala na velhice.
  • 14. 4. ESCULTURA Aula 03 ESTÁTUAS A estátua revela dados particulares do retratado: ®sua fisionomia ®seus tratos raciais ®sua condição social 4. ESCULTURA Aula 03 A estátua revela dados particulares do retratado: ®sua fisionomia ®seus tratos raciais ®sua condição social Um escriba representado no gesto típico de sua função
  • 15. 5. ARQUITETURA Aula 03 1-poço em ângulo reto; 2-câmara funerária; 3-sarcófago; 4-capela - em cima do MASTABAS sarcófago; 5-mesa para oferendas; 6-corredor ou serdab; 7-estátua do morto. 5. ARQUITETURA Aula 03 MASTABAS
  • 16. 5. ARQUITETURA Aula 03 5. ARQUITETURA Aula 03
  • 17. 5. ARQUITETURA Aula 03 EVOLUÇÃO DA PIRÂMIDE -evolução do ritual religioso - + importância ao faraó - zelo pelo espírito do faraó - desenvolvimento da mastaba até à forma clássica da pirâmide 5. ARQUITETURA Aula 03 SAQQARA Pirâmide Escalonada
  • 18. 5. ARQUITETURA Aula 03 SAQQARA Pirâmide Escalonada 5. ARQUITETURA Aula 03 SAQQARA Pirâmide Escalonada
  • 19. 5. ARQUITETURA Aula 03 SNEFERU -Pirâmide Cebola -Pirâmide Torta -Pirâmide Vermelha 5. ARQUITETURA Aula 03 GISÉ -Pirâmide de Quéops (Khufu) -Pirâmide de QQuuééffrreenn ((KKhhaaffrree)) -Pirâmide de Miquerinos (Menkaure)
  • 20. 5. ARQUITETURA Aula 03 GISÉ Pirâmide de Quéops (Khufu) 5. ARQUITETURA Aula 03 GISÉ Pirâmide de Quéops (Khufu)
  • 21. 5. ARQUITETURA Aula 03 GISÉ Pirâmide de Miquerinos (Menkaure) 5. ARQUITETURA Aula 03 BENI-HASSAN Tumbas nas rochas
  • 22. 5. ARQUITETURA Aula 03 BENI-HASSAN Tumbas nas rochas 5. ARQUITETURA Aula 03 DEIR EL-BAHARI mosteiro do norte • o sítio comporta 3 templos: ®Templo de Mentouhotep ®Templo de Hatshepsuts ®TTeemmpplloo ddee TThhoouuttmmêêssiiss IIIIII • o templo de maior destaque é o da raínha Hatshepsuts
  • 23. 5. ARQUITETURA Aula 03 DEIR EL-BAHARI Templo de Hatshepsuts 5. ARQUITETURA Aula 03 ABU SIMBEL Templo de Ramsés II
  • 24. 5. ARQUITETURA Aula 03 ABU SIMBEL – Templo de Nefertari 5. ARQUITETURA Aula 03 ABU SIMBEL Templo de Nefertari
  • 25. 5. ARQUITETURA Aula 03 ABU SIMBEL – templos de Ramsés II & Nefertari 5. ARQUITETURA Aula 03 TEMPLO DE LUXOR 1. Av. Das Esfinges 2. Muralha 3. Pilono 4. Pátio porticado 5. Sala hipóstila 6. Lago sagrado 7. Santuário sagrado 8. Graneros 9. Embarcadouro sagrado
  • 26. 5. ARQUITETURA Aula 03 TEMPLO DE LUXOR 5. ARQUITETURA Aula 03 TEMPLO DE LUXOR
  • 27. 5. ARQUITETURA Aula 03 TEMPLO DE LUXOR 5. ARQUITETURA Aula 03 TEMPLO DE LUXOR
  • 28. 5. ARQUITETURA Aula 03 Colunas egípcias 5. ARQUITETURA Aula 03 COLUNAS EGÍPCIAS
  • 29. 5. ARQUITETURA Aula 03 Colunas egípcias